Você está na página 1de 7

Apoio

26
IEC 61439 – Quadros, painéis e barramentos BT

Capítulo XI

IEC-61439-2 – Conjuntos de manobra e comando de baixa tensão


Parte 2: Conjuntos de manobra e comando de potência
Por Nunziante Graziano*

Prezado leitor, o intuito deste fascículo é destinado para aplicações industriais, parte de uma máquina são cobertos pela
apresentar em detalhes o projeto de revisão comerciais e similares, em que a operação série IEC 60204.
da norma brasileira para construção de por pessoas comuns não é prevista.
quadros elétricos e barramentos blindados Gostaria de lembrar aos leitores que Esta norma é aplicável a todos os
de baixa tensão. Desde o capitulo inicial, esta parte da norma só consegue ser lida e conjuntos que são projetados, fabricados
foram abordados temas como: panorama compreendida quando a parte “IEC-61439- e verificados sob encomenda (uma única
atual da ABNT NBR IEC 60439 e seus 1, Conjuntos de manobra e controle de vez) ou completamente padronizados e
principais pontos de interesse; definições baixa tensão – Parte 1: Regras gerais” estiver fabricados em quantidade.
e termos usuais; condições de instalação; bem entendida, em muitos casos, deve ser A fabricação e/ou a montagem pode
características de isolamento; proteção lida em conjunto. ser realizada por terceiros que não pelo
contra choques elétricos; requisitos de Sua particularização deve-se aos fabricante original (organização que realizou
marcação; resistência dos materiais e das seguintes aspectos: o projeto original e a verificação associada
partes; verificação dos materiais no tocante de um conjunto conforme a norma do
à corrosão; condições de verificação, − Conjuntos em que a tensão nominal não conjunto aplicável), ou seja, o montador do
construção e performance; proteção exceda 1.000 V em corrente alternada ou conjunto (uma organização que assume a
contra choques elétricos e os métodos de 1.500 V em corrente contínua; responsabilidade pelo conjunto completo),
incorporação de dispositivos de manobra − Conjuntos fixos ou móveis com ou sem sendo que esse montador do conjunto pode
e de componentes conjuntos; circuitos invólucro; ser uma organização diferente do fabricante
elétricos internos, conexões e refrigeração; − Conjuntos destinados para uso em original.
formas de avaliação e a qualificação dos conexão com a geração, transmissão, Esta norma não é aplicável aos
conjuntos de manobra, etc. distribuição e conversão de energia elétrica dispositivos individuais e aos componentes
O capítulo anterior analisou a IEC TR e para o comando de equipamentos que independentes como chaves de partida
61439-0, um guia para especificação dos
FASCÍCULO

consomem energia elétrica; de motores, fusíveis-interruptores,


conjuntos, importante ferramenta e grande − Conjuntos projetados para uso em equipamentos eletrônicos, etc., que
inovação em relação à versão atual. E neste condições de serviços especiais, como são conforme as normas dos produtos
capítulo, será analisada a parte 2 da norma, por exemplo, em navios e em veículos pertinentes.
que se ocupa de detalhar as particularidades ferroviários, na condição que outros Vamos nos dedicar a examinar algumas
e os requisitos específicos aplicáveis aos requisitos específicos pertinentes sejam partes importantes dos conjuntos-MCP.
conjuntos de manobra e comando de respeitados. Neste particular, requisitos
potência, Conjuntos-MCP. adicionais para Conjuntos-MCP em navios Separação interna dos conjuntos-MCP
Um Conjunto-MCP é um conjunto são tratados na IEC 60092-302. Os arranjos típicos para separação interna
de manobra e comando de baixa tensão − Conjuntos projetados para equipamento por barreiras ou divisórias são descritos
utilizado para distribuir e comandar a elétrico de máquinas. Os requisitos na Tabela a seguir e são classificados como
energia para todos os tipos de cargas e adicionais para os conjuntos que fazem formas (ver os exemplos a seguir).
Apoio

27
Formas de separação interna A forma de separação e os graus de
Critério principal Subcritério Forma proteção mais elevados devem ser objeto de
um acordo entre o montador do conjunto
Sem separação interna. Forma 1
e o usuário.
Bornes para condutores
A separação interna pode ser utilizada
externos não separados Forma 2a
para obter ao menos uma das condições
Separação entre barramentos e todas as dos barramentos.
seguintes entre as unidades funcionais, os
unidades funcionais. Bornes para condutores
compartimentos separados ou os espaços
externos separados dos Forma 2b
protegidos fechados:
barramentos.
- Separação entre barramentos e todas as Bornes para condutores
- Proteção contra os contatos com as partes
unidades funcionais. externos não separados Forma 3a
perigosas. O grau de proteção deve ser pelo
- Separação de todas as unidades funcionais, dos barramentos.
menos igual a IP XXB;
entre si.
- Proteção contra a penetração de corpos
- Separação entre os bornes para condutores Bornes para condutores
sólidos estranhos. O grau de proteção deve
externos e condutores externos associados externos separados dos Forma 3b
ser pelo menos igual a IP 2X. Este grau de
a uma unidade funcional, mas não para os barramentos.
proteção IP 2X abrange o grau de proteção
bornes de outras unidades funcionais.
IP XXB. A separação pode ser obtida por
- Separação entre barramentos e todas as Bornes para os
meio de divisórias ou de barreiras (metálicas
unidades funcionais. condutores externos no
ou não), por isolação das partes vivas ou
- Separação de todas as unidades funcionais, mesmo compartimento Forma 4a
colocando o dispositivo no interior de
entre si. que a unidade funcional
um invólucro fechado, por exemplo, um
- Separação entre os bornes dos condutores associada.
disjuntor em caixa moldada. No que se
externos associado a uma unidade funcional Bornes para condutores
refere à estabilidade e durabilidade das
e os bornes de qualquer outra unidade externos não no mesmo
barreiras e das divisórias, tal barreira só pode
funcional e os barramentos. compartimento que
ser removida com auxílio de uma chave ou
- Separação entre os condutores externos e a unidade funcional
ferramenta.
os barramentos. associada, mas em Forma 4b
- Separação dos condutores externos espaços separados,
Muito importante ressaltar que a
associados a uma unidade funcional de uma individuais ou
separação interna em conjuntos, descrita
outra unidade funcional e seus bornes. compartimentos
neste capítulo, não é destinada a garantir
- Os condutores externos não precisam estar fechados protegidos.
a integridade do conjunto no caso de arco
separados entre si.
interno devido à uma falha interna.
Apoio

28
Formas de separação internas +
Forma 3
IEC 61439 – Quadros, painéis e barramentos BT

Separação dos condutores externos dos


Separação entre barramentos e todas
barramentos
unidades funcionais
+
+
Separação dos condutores externos
Separação de todas unidades funcionais
associados a uma unidade funcional de
entre elas
outras unidades funcionais e seus bornes
+
+
Separação dos bornes para condutores
Os condutores externos não necessitam
externos e dos condutores externos das
estar separados uns dos outros
unidades funcionais, mas não os bornes
de outras unidades funcionais.
Figura 1 – Símbolos utilizados nas figuras.

Forma 1
Nenhuma separação interna

Forma 4a: Bornes estão no mesmo


compartimento da unidade funcional associada
Forma 3a: Bornes não separados dos
barramentos

Forma 2
Separação entre barramento e unidades
funcionais

Forma 4b: Bornes não estão no mesmo


compartimento da unidade funcional associada

Forma 3b: Bornes e condutores externos


separados dos barramentos No capítulo X deste fascículo,
Forma 2a: Bornes não separados dos
abordamos a parte IEC-61439-0, o guia
FASCÍCULO

barramentos
Forma 4 de especificação genérico para todos os
Separação entre barramentos e todas conjuntos.
unidades funcionais Aproveitando aquela metodologia,
+ apresentaremos a seguir a tabela que integra
Separação de todas unidades funcionais a IEC 61439-2, como itens sujeitos a acordo
entre elas entre montador do conjunto e o usuário. A
+ informação a seguir está sujeita a um acordo
Separação dos bornes para condutores entre o montador do Conjunto-MCP e o
externos associados a uma unidade usuário. Em certos casos, as informações
funcional dos bornes de qualquer outra indicadas pelo montador do conjunto
Forma 2b: Bornes separados dos barramentos unidade funcional e dos barramentos. podem substituir um acordo.
Apoio

30
Características Seção ou Construção Opções Requisições
subseção de padrão b relacionadas do usuárioa
IEC 61439 – Quadros, painéis e barramentos BT

referência nas normas


Sistema elétrico
5.6, 8.4.3.1, Padrão do montador, TT / TN-C / TN-C-S /
Esquema de aterramento 8.4.3.2.3, escolhido para atender aos IT, TN-S
8.6.2, 10.5, requisitos locais
11.4
Tensão nominal (V) 3.8.9.1, De acordo com as condi- 1000 V c.a máx
5.2.1, 8.5.3 ções da instalação local ou 1500 V c.c.
Sobretensões transitórias 5.2.4, 8.5.3, Determinado pelo sistema Categoria de sobretensão
9.1, Anexo G elétrico I / II / III / IV
Sobretensões temporárias 9.1 Tensão nominal do sistema Nenhum
+ 1 200 V
Frequência nominal fn (Hz) 3.8.12, De acordo com as
5.5, 8.5.3, condições da instalação c.c./ 50 Hz/ 60 Hz
10.10.2.3, local
10.11.5.4
Requisitos adicionais de ensaio no local da Padrão do montador de
instalação: cabeamento e funcionamento 11.10 acordo com a aplicação Nenhum
elétrico.
Suportabilidade ao curto-circuito
Corrente de curto-circuito presumida 3.8.7 Determinada pelo sistema Nenhum
nos bornes de alimentação Icp (kA) elétrico
Corrente de curto-circuito 10.11.5.3.5 Máx 60% dos valores Nenhum
presumida no neutro de fase
Corrente de curto-circuito 10.11.5.6 Máx 60% dos valores Nenhum
presumida no circuito de proteção de fase
Requisitos relativos à presença de um 9.3.2 De acordo com as condições Sim / Não
DPCC na unidade funcional de entrada da instalação local
Coordenação dos dispositivos de proteção De acordo com as
contra os curtos-circuitos e incluindo as 9.3.4 condições da instalação Nenhum
informações relativas ao dispositivo de local
proteção externa contra os curtos-circuitos
Dados associados às cargas suscetíveis de Nenhuma carga Nenhum
contribuir com a corrente de curto-circuito 9.3.2 suscetível de contribuir
significativamente
Proteção das pessoas contra os choques
elétricos conforme a IEC 60364-4-41
FASCÍCULO

Tipo de proteção contra os choques De acordo com as regras


elétricos – Proteção básica 8.4.2 Proteção básica de instalação local
(proteção contra o contato direto)
Tipo de proteção contra os De acordo com as Interrupção automática da
choques elétricos – Proteção em 8.4.3 condições da instalação alimentação / separação
caso de falta (proteção contra local elétrica / seccionamento total
o contato indireto)
Ambiente da instalação
Tipo do local 3.5, 8.1.4, Padrão do montador de Abrigado / ao tempo
8.2 acordo com a aplicação
Apoio

31
Características Seção ou Construção Opções Requisições
subseção de padrão b relacionadas do usuárioa
referência nas normas
Proteção contra a penetração de corpos 8.2.2, 8.2.3 Abrigado: IP 2X IP 00, 2X, 3X, 4X, 5X, 6X
sólidos estranhos e água Ao tempo (min.): IP 23 Após retirar as partes
removíveis: como no caso
da posição conectada /
Proteção reduzida conforme
a Padrão do montador
Impacto mecânico externo (IK) 8.2.1, 10.2.6 Nenhum Nenhum
Resistência à radiação UV (aplica-se Abrigado: não se aplica,
somente aos conjuntos ao tempo, salvo 10.2.4 Ao tempo: clima Nenhum
especificação em contrário) temperado
Resistência à corrosão Instalação abrigada ao
10.2.2 tempo, ambos em condições Nenhum
normais de serviço
Temperatura do ar ambiente – 7.1.1 Abrigado: –5 °C Nenhum
Limite inferior Ao tempo: –25 °C
Temperatura do ar ambiente – Limite superior 7.1.1 40 °C Nenhum
Temperatura do ar ambiente – 7.1.1, 9.2 35 °C Nenhum
Média diária máxima
Umidade relativa máxima 7.1.2 Abrigado: 50 % a 40 °C Nenhum
Ao tempo: 100% a 25 °C
Grau de poluição (do ambiente da instalação) 7.1.3 Industrial: 3 1, 2, 3 e 4
Altitude 7.1.4 ≤ 2.000 m Nenhum
Ambiente EMC (A ou B) 9.4, 10.12, A/B A/B
Anexo J
Condições especiais de serviço (por exemplo,
vibração, condensação excepcional, forte 7.2, 8.5.4,
poluição, ambiente corrosivo, campo elétrico 9.3.3 Nenhuma condição Nenhum
ou magnético elevados, fungos, pequenos Tabela 7 especial de serviço
animais, perigos de explosão, fortes choques
e vibrações, abalos sísmicos)
Método de instalação
Por exemplo, assentado
Tipo 3.3, 5.6 Padrão do montador no piso (autoportante),
montado na parede
Fixo / móvel 3.5 Fixo Fixo / Móvel
Dimensões externas máxima 5.6, 6.2.1 Padrão do montador de Nenhuma
e peso máximo acordo com a aplicação
Tipo(s) do(s) condutor(es) externo(s) 8.8 Padrão do montador Canaleta para cabos e
barramento pré-fabricado
Encaminhamento dos condutores externos 8.8 Padrão do montador Nenhum
Material do condutor externo 8.8 Cobre Cobre/Aluminio
Seção e terminação dos condutores 8.8 Como definido na norma Nenhum
de fase externos
Seção e terminação dos condutores 8.8 Como definido na Norma Nenhum
PE, N, PEN externos
Requisitos especiais de identificação 8.8 Padrão do montador Nenhum
dos bornes
Apoio

32
IEC 61439 – Quadros, painéis e barramentos BT

Características Seção ou Construção Opções Requisições


subseção de padrão b relacionadas do usuárioa
referência nas normas
Armazenamento e manuseio
Dimensões e peso máximos de 6.2.2, Padrão do montador Nenhum
unidades de transporte 10.2.5
Métodos de transporte (por exemplo, 6.2.2, Padrão do montador Nenhum
elevador em garfo, guindaste) 8.1.6
Condições ambientais diferentes das de serviço 7.3 Nas condições de serviço Nenhum
Detalhes de embalagem 6.2.2 Padrão do montador Nenhum
Instalações operacionais
Acesso aos dispositivos 8.4 Pessoa autorizada /
manobrado manualmente pessoa comum
Localização dos dispositivos 8.5.5 Facilmente acessível Nenhum
manobrados manualmente
Seccionamento dos equipamentos de 8.4.2, 8.4.3.3, Padrão do montador Individual/grupo/
instalação em carga 8.4.5.2 todos os tipos
Capacidade de manutenção e de atualização
Requisitos relativos à acessibilidade em serviço
por pessoas comuns; requisito para manobrar 8.4.6.1 Proteção básica Nenhum
os dispositivos ou troca de componentes
enquanto o conjunto é energizado
Requisitos relativos à acessibilidade para 8.4.6.2.2 Nenhum requisito Nenhum
inspeção ou operações similares relativo à acessibilidade
Requisitos relativos à acessibilidade para 8.4.6.2.3 Nenhum requisito Nenhum
manutenção em serviço por pessoas autorizadas relativo à acessibilidade
Requisitos relativos à acessibilidade para 8.4.6.2.4 Nenhum requisito Nenhum
extensão em serviço por pessoas autorizadas relativo à acessibilidade
Método para conexão de unidades funcionais 8.5.1, 8.5.2 Padrão do montador Nenhum
Proteção contra contato direto com Nenhum requisito relativo
partes internas vivas perigosas durante à proteção no decorrer
manutenção ou atualização (por exemplo, 8.4 de uma manutenção ou Nenhum
unidades funcionais, barramentos principais, atualização
barramentos de distribuição)
Corrente admissível
3.8.9.1, 5.3,
FASCÍCULO

8.4.3.2.3, Padrão do montador,


8.5.3, 8.8, conforme aplicação
Corrente nominal do conjunto InA (ampere) 10.10.2, Nenhum
10.10.3,
10.11.5,
Anexo E
Corrente nominal de circuitos 5.3.2 Padrão do montador, Nenhum
Inc (ampere) conforme aplicação
5.4, RDF para os grupos de
Fator de diversidade nominal 10.10.2.3, Como definido na norma circuitos / RDF para o
Anexo E conjunto completo
Apoio

33

Características Seção ou Construção Opções Requisições


subseção de padrão b relacionadas do usuárioa
referência nas normas
Relação da seção do condutor neutro
para os condutores fase: condutores 8.6.1 100 % Nenhum
fase até e inclusive 16 mm 2

Relação da seção do condutor neutro para 8.6.1 50 % (min. 16 mm2) Nenhum


os condutores fase: condutores fase até e
inclusive 16 mm2
a) Para aplicações excepcionalmente severas, o usuário pode necessitar especificar requisitos mais rigorosos que aqueles da norma.
b) Em certos casos, as informações indicadas para o montador do conjunto podem levar em conta um acordo

No próximo e último capítulo deste Comissão de Estudo de Manobra e Comando Brasileiro de Eletricidade (ABNT/CB-003).
fascículo faremos uma breve e superficial de Baixa Tensão (CE-003:121.002) do Comitê Até lá!
análise dos projetos de norma da ABNT IEC
*Nunziante Graziano é engenheiro eletricista, mestre em energia, redes e equipamentos
61439-3, referente a quadros de distribuição; pelo Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE/USP), Doutor em
da ABNT IEC 61439-4, referente a conjuntos Business Administration pela Florida Christian University, membro da ABNT/CB-003/CE 003
para canteiro de obra; da ABNT IEC 61439- 121 002 – Conjuntos de Manobra e Comando de Baixa Tensão e diretor da Gimi Pogliano
Blindosbarra Barramentos Blindados e da GIMI Quadros elétricos.
5, referente a conjuntos para distribuição de
CONTINUA NA PRÓXIMA EDIÇÃO
energia elétrica; e da ABNT IEC 61439-6
Acompanhe todos os artigos deste fascículo em www.osetoreletrico.com.br
referente às linhas elétricas pré-fabricadas, que Dúvidas, sugestões e comentários podem ser encaminhados para
se encontram em fase de estudo por parte da redacao@atitudeeditorial.com.br

Você também pode gostar