Você está na página 1de 48

5.

Remédios para os que


sofrem de indecisão
5.1- Cerato
(Ceratostigma
willmottiana)
Não é uma planta silvestre inglesa, é
um arbusto do Tibete, cultivada nos
jardins internos. Tem cerca de 60 cm,
as flores desabrocham em pequenos
buquês, de agosto até outubro. A
essência floral é preparada pelo
método solar.

A virtude de Cerato é capacidade de


decidir confiando na voz interior, na
intuição.
A sabedoria de Cerato
estabelece uma ponte entre a
personalidade e o Eu
Superior, no momento de
fazer escolhas e tomar
decisões. É a possibilidade de
dirigirmos nossas vidas com
liberdade, decisão e
segurança.
Sintomas devidos
ao bloqueio de
energia:
No estado negativo de Cerato,
encontramos pessoas que possuem
grande conhecimento, intuitivas, com
opiniões próprias definidas e que, no
entanto, duvidam da própria
capacidade. São capazes de errar por
seguirem conselhos alheios em
detrimento do seu julgamento próprio e
acertado.
As pessoas do tipo Cerato fazem
perguntas o tempo todo, solicitam
demais o conselho dos outros,
colecionam informações e experiências
de vida dos outros, mesmo pedindo
conselhos, demoram demais para
decidir. Sempre querem saber o que os
outros fariam, nesta ou naquela
situação.
Alguma coisa que sabem
intuitivamente estar certa não
pode ser posta em prática
com convicção. Sobrevém um
conflito inconsciente, sugerindo
dúvidas quanto à correção das
suas próprias decisões.
Características que
chamam atenção:
· Tem sede excessiva de informações,
os conhecimentos são acumulados
mas não usados.
· Sua insegurança permite a si mesmo
ser desencaminhado, contra a sua
própria maneira de pensar e para sua
desvantagem.
· Precisa da aprovação dos outros.
· Suas opiniões são incertas,
mutáveis, vacilantes, sempre pensam
que a última sugestão ouvida é a
mais acertada.
· Tendência a imitar atitudes alheias,
é a “Maria vai com as outras”.
Transformação
potencial posterior

· Intuitivo e curioso, ávido


por aprender, é capaz de
organizar as informações e
utilizá-las.
· Boa coordenação do
pensamento abstrato com o
concreto.
· Aceita a orientação da "voz
interior", confia em si, e
defende as próprias
decisões.
Afirmações:
“Eu aprendo a escutar e
confiar em meu saber
interior.”
“Eu encontro a confiança
para seguir o que é certo
para mim.”
“Minhas ações são um Facho
de Luz para os outros.”
(KAMINSKI e KATZ, 1991)
Caso clínico:
Mulher, 55 anos, solteira.
Era uma pessoa constantemente acometida por algum incômodo. Ora um
resfriado, ora uma indigestão, uma dor de cabeça ou uma dor reumática; o
importante é que ela raramente estava totalmente bem. Embora fosse
bastante capaz de tomar decisões, não conseguia confiar nelas. No âmbito da
saúde, isso a levava a pular de um tratamento para outro, sendo que nenhum
se mostrava de grande ajuda. Era uma mulher talentosa, capaz de
desempenhar bem o seu trabalho e consciente disso. Pessoa de muitos
interesses, ela continuamente se equivocava pois, em vez de apoiar-se em seu
bom julgamento próprio, constantemente buscava o conselho dos outros. Ao
procurar-nos para tratamento, estava muito desencorajada e deprimida.
Prescreveu-se Cerato, o Remédio básico, junto com Gentian, para a falta de
coragem. Foi tratada por um longo período. Os sintomas físicos responderam
prontamente aos Remédios, custando-lhe, porém, dois anos inteiros para
sentir-se finalmente apta a dirigir a própria vida e apoiar-se em sua boa
capacidade de julgamento. (CHANCELLOR, 1995).
5.2- Gentian
(Gentiana amarella)

A Gentian é uma pequena planta


bianual de dez a vinte centímetros de
altura, que cresce nos pastos
montanhosos secos, rochedos e
dunas.
As flores, numerosas, parecem
pequenas rosas de pétalas firmes,
florescem de agosto a
outubro.
A essência floral é preparada pelo
método solar.

As virtudes de Gentian são a fé e


determinação na busca da alegria
interior.
Gentian relaciona-se com a fé
em Deus, fé no sentido da
vida, numa ordem mais
elevada, num certo principio
de vida, numa filosofia.
Aceitação da circunstância
presente.
Sintomas devidos ao
bloqueio de energia
No estado negativo de Gentian,
as pessoas têm uma visão
pessimista de tudo e sofrem de
depressões profundas e
melancolia intensa.
Sabem a razão desses
sentimentos, mas isto não é
suficiente para aliviar sua
depressão porque só
conseguem restabelecer a cura
à medida que buscam as saídas
dentro de si mesmos.
Ficam muito desanimados
quando as coisas não
acontecem conforme os seus
desejos, ou quando se vêem
diante de dificuldades.
Fraquejam e caem em
desalento perante as
contrariedades, seja em caso
de doença ou em assuntos da
vida diária. Normalmente,
têm dificuldades de elaborar
perdas emocionais,
materiais ou financeiras.
Os obstáculos sempre
parecem maiores do que
realmente são e isto os faz
perder a motivação para
superá-los.
Gentian pode ajudar
crianças que estão
desmotivadas nas
atividades escolares e que
se frustram diante da
primeira dificuldade; em
recaídas de enfermidades
crônicas, quando o
desânimo parece tomar
conta do paciente;
quando o indivíduo
se deprime por
circunstâncias da vida:
morte de um ente
querido, dificuldades
financeiras, divórcio, etc...
Características
que chamam
atenção:
· Sente-se deprimido e sabe
por quê.
· Ceticismo. As dúvidas são
proclamadas, seja qual for a
situação.
· Incerteza devido à falta de
fé, que traz o pessimismo.
· Esmorece diante das
frustrações e dificuldades.
Transformação
potencial
· Tornam-se capazes de conviver com
o conflito, compreendendo que os
conflitos e dificuldades da vida
exercem uma função necessária. Já
não entrarão em pânico
ao encontrar obstáculos, e são
sempre capazes de ver a luz na
escuridão.
· São pessoas que compreendem que
não existe fracasso quando o
indivíduo dá o melhor de si, sejam
quais forem os resultados aparentes.
· Sabem que não há obstáculo tão
poderoso nem meta tão grandiosa
que não possam ser encarados
quando se está convencido de poder
alcançar êxito.
Afirmações:
“Eu persevero apesar dos
aparentes reveses.”
“Eu aceito cada experiência
como uma lição valiosa.”
“Eu tenho confiança no
sucesso final”
“Eu sou direcionado pelo
Espírito.” (KAMINSKI e KATZ,
1991)
Caso clínico
Mulher, 78 anos.
Esta senhora sofria de dores reumáticas havia alguns anos e foi trazida ao
consultório por uma das filhas. Desde a mudança de sua filha caçula para
outra cidade, entrou em depressão, recusando-se a se alimentar direito,
sair da cama e até conversar, antigamente seu passatempo preferido. Até
então era uma senhora vaidosa, mas, agora, sequer queria tomar banho.
Queixava-se muito de suas dores, já andava com auxílio de uma bengala e
dizia sentir muitas saudades da filha que partiu.
Indicou-se Gentian + Honeysuckle. Gentian para a depressão e
Honeysuckle para a tristeza relativa à filha caçula. Tomou quatro gotas
destes florais, seis vezes ao dia, durante um mês.
Como as pessoas de terceira idade precisam de mais estimulações para
fornecer uma resposta, invariavelmente, costumo indicar seis vezes ao dia
os florais de Bach para estes pacientes.
Um mês depois, esta senhora mostrava-se mais animada. Durante suas
crises de dor, recomendou-se quatro gotas de Elm+ Rescue remedy a cada
5 minutos, e a resposta também foi positiva. (BARTOLO, 1993)
5.3- Gorse (Ulex
europaeus)

Gorse é um arbusto que


atinge até 2m de altura,
produz abundantes flores
amarelas.
Floresce de março a junho
e a essência é produzida
pelo método solar.

A virtude de Gorse é a
esperança.
“Mesmo nas horas mais escuras,
quando a vitória parece
impossível, lembremo-nos de
que os filhos de Deus não
devem nunca ter medo, que as
tarefas que nossas almas nos
dão são apenas as que somos
capazes de realizar e que, com
coragem e fé em nossa
divindade interior, a vitória virá
para todos os que continuam a
lutar."
Dr. Bach
Sintomas devidos ao
bloqueio de energia
No estado negativo de Gorse, há
uma completa falta de
esperança.
Geralmente são pessoas que
sofrem de doenças crônicas,
foram submetidas a inúmeros
tratamentos ineficazes e foram
informados, pelos seus médicos,
de que não há mais nada ser
feito e que, portanto, deverão
continuar carregando sua dor e
seu sofrimento até o fim de seus
dias.
Estas pessoas sentem que é
inútil tentar outro
tratamento, mas para
satisfazer algum parente ou
amigo, concordam em
"tentar mais uma vez",
embora, tenham certeza de
que esta tentativa é inútil.

Gorse proporciona ao
paciente uma esperança de
recuperação, o que constitui
o primeiro passo para uma
cura.
O Remédio também pode
ser usado nos casos em que
a pessoa está convencida de
que alguma condição ou
tendência hereditária a
condenou a um sofrimento
perpétuo.
Características que
chamam atenção:
· Desesperado, porque lhe disseram
que nada mais pode ser feito, já
desistiu de melhorar.
· Deprimido, resignado, desistiu.
· Desistiu intimamente, não tem mais
energia para fazer outras tentativas e
espera que alguma coisa lhe venha
de fora.
· Permite aos parentes que o
persuadam a tentar outro
tratamento, contrariando sua
convicção intima, depois fica
desapontado quando ocorrem
recidivas sem importância.
· Pálido, tem anéis escuros em torno
dos olhos.
Transformação
potencial
Tornam-se pessoas dotadas
de fé e de uma esperança
positivas, além de uma
certeza de que, no fim,
conseguirão vencer todas as
dificuldades.
· Não se deixam influenciar
por uma condição física ou
mental circunstancial nem
pela opinião dos outros.
Afirmações:

“Eu aceito os altos e baixos


da vida.”
“Eu permaneço cheio de
esperança apesar das
dificuldades.”
“Eu tenho Fé no correto
desenrolar do meu destino.”
(KAMINSKI e KATZ, 1991)
Caso Clínico:
Homem, 51 anos
Sofrera nos últimos vinte e cinco anos de uma psoríase nas pernas, acompanhada
de irritação e escamaduras. Essa aflição, ocasionada por um período de ansiedade
e preocupação, era motivo de grande tortura mental e de uma desesperança
quanto à possibilidade de cura. A natureza do paciente era demasiado séria;
embora dotado de senso de humor, não conseguia evitar um sentimento de
desgosto devido à enfermidade. Era francamente cético quanto à possibilidade de
uma cura, mas, a fim de agradar a esposa, concordou em consultar-se conosco.
Prescreveu-se GORSE para sua extrema desesperança, devido à persistência e a
longa duração da enfermidade, AGRIMONY, para combater a tortura mental
ocasionada pela psoríase, e CRAB APPLE para o desgosto consigo próprio e
como um depurador da mente e do corpo. Quatro semanas depois, ele escreveu
dizendo: "Sinto-me melhor comigo mesmo e mais esperançoso. Minha pele está
menos irritada do que em muito tempo, o volume de escamaduras é desprezível,
enquanto as feridas estão diminuindo de tamanho." O tratamento prosseguiu por
seis meses, ao fim dos quais ele pôde escrever: "Nunca me senti tão bem na vida.
É quase impossível acreditar que eu tenha sido curado dessa situação tão
prolongada. Estou melhorando a cada dia." (CHANCELLOR, 1995).
5.4- Hornbeam
(Carpinus betulus)

é uma árvore de
madeira bastante dura,
um tanto desconhecida
pela botânica em geral,
mas é interessante
notar que durante o
seu florescimento
ocorre um espetáculo
de força, vitalidade e
beleza. Suas flores tem
um brilho peculiar e
intenso, bastante belo
ao vê-lo.
“Para aqueles que acham que
não tem força suficiente,
quer mental quer física, para
carregar o fardo da vida
colocado sobre seus ombros.
Os assuntos do dia a dia
parecem muito difíceis de
executar, embora geralmente
consigam realizar com
sucesso as suas tarefas.
Para aqueles que acreditam
que alguma parte da mente
ou do corpo precisa ser
fortalecida antes que possam
realizar facilmente seu
trabalho.” Dr. Edward Bach
Sintomas devidos
ao bloqueio de
energia
No estado negativo de Hornbean, há um
grande cansaço, uma exaustão mais
mental do que física, uma dúvida quanto à
suficiência de suas forças ou de sua
habilidade para enfrentar a vida ou o
trabalho, apesar de normalmente cumprir
suas tarefas sem dificuldade.
É o cansaço da segunda-feira de manhã,
quando é preciso voltar ao trabalho e às
inúmeras e aborrecidas pequenas tarefas
rotineiras e monótonas, que não são
verdadeiros desafios, não trazem
entusiasmo, mas exigem muita atenção.
“Na convalescença, Hornbean ajuda aqueles
pacientes que põem em dúvida sua
capacidade física para usar seus membros
ou para andar, ajuda aqueles que
sentem não possuir suficiente energia
mental para voltar ao trabalho. Na saúde, o
medicamento dá "uma força" para os que se
sentem enfraquecidos no corpo e na
mente. “ (CHANCELLOR, 1995).
Características que
chamam atenção
· Cabeça pesada, cansado e exausto, sensação de
ressaca mental.
· Dor de cabeça depois de assistir à televisão por
muito tempo, depois de ler muito,
estudar muito, e outras exigências feitas aos sentidos.
· Procrastina as tarefas diárias.
· Precisa tomar algum estimulante pela manhã, como
o café, ou o guaraná em pó.
· Reanima-se quando ocorre inesperadamente alguma
coisa interessante.
· A vida está exageradamente organizada e tem um
excesso de rotina.
· Levanta-se mais cansado da cama, pela manhã, do
que se sentia ao deitar-se.
· Exaustão causada por um estilo de vida unilateral, de
ocupação sedentária, ou exercícios muito reduzidos.
Transformação
potencial
· Vitalidade mental,
reencontro com os
prazeres de trabalhar,
passear, namorar, os
prazeres comuns da vida.
· Confiança de que vai
conseguir cumprir com
todas as tarefas do dia.
Afirmações:
“Eu afirmo energia e vitalidade
para minhas tarefas na vida.”
“Eu estou interessado e
envolvido naquilo que faço.”
“Eu preencho o propósito de
minha Vida através do Servir
com determinação no
mundo.”
(KAMINSKI e KATZ, 1991)
Caso clínico
Mulher, 29 anos, casada.
Era bailarina profissional. Na época em que nos procurou, acordava a cada manhã
sentindo grande cansaço físico e mental, sem saber se conseguiria cumprir seu
extenuante dia de trabalho; estava começando a achar tudo aquilo algo além de
suas capacidades. Sofria de prisão de ventre e de visceroptosis, que lhe causavam
intensas dores após cada refeição. Como conseqüência, ficava sem se alimentar o
maior tempo possível, o que contribuía para o seu cansaço e fraqueza. Tinha um
medo anormal de ficar doente, porque, na infância, sua mãe se mostrava muito
contrariada quando ela adoecia. Prescreveu-se HORNBEAM para sua mente e seu
corpo cansados, MIMULUS para seu medo a doenças e GENTIAN para a
depressão e o desespero. Nos dez primeiros dias do tratamento, a paciente
começou a se sentir melhor. As dores que se seguiam às refeições já não se
apresentavam com a mesma regularidade de antes, embora ela ainda precisasse
se esforçar para enfrentar o dia-a-dia. Os Remédios foram repetidos e ela
prosseguiu tomando-os por mais três meses. Seu quadro foi melhorando
gradativamente. A prisão de ventre desapareceu e a evacuação se regularizou. A
paciente viu-se completamente livre das dores depois das refeições. Continuou
tornando os Remédios e, alguns meses mais tarde, escreveu: "Sinto-me
maravilhosamente bem! Nada tenho de ruim para contar. Estou bem mais forte e
cheia de vitalidade." (CHANCELLOR, 1995).
5.5- Scleranthus
(Scleranthus annus)

Planta anual que atinge no máximo os


70 cm, compactada e rastejante, com
numerosos caules emaranhados.
As flores se confundem com as folhas
e aparecem em cachos, no final de
maio até setembro.

Esta essência floral é preparada pelo


método solar.

As virtudes de Scleranthus são o


equilíbrio e a decisão.
Uma pessoa no estado negativo
de Scleranthus é como uma
balança em constante
movimento, oscilando de um
extremo a outro - no sétimo céu
ou miserável como o inferno,
extremamente ativo ou
completamente apático.
Num dia interessado por uma
idéia nova, no outro
completamente desinteressado.
Sintomas devidos ao
bloqueio de energia
Scleranthus é o Remédio das pessoas que tem
dificuldade para decidir, porque
ficam divididas entre dois caminhos ou
possibilidades.
Passa por extremos de alegria e tristeza, de
energia e apatia, de pessimismo e
otimismo, de riso e de pranto. Não pedem
opinião para os outros, tentam decidir
por si mesmos qual o melhor caminho a seguir,
porém perdem um tempo precioso
por não conseguirem tomar uma decisão,
sendo que, ocasionalmente, essa
incapacidade pode levá-las a perder boas
oportunidades.
Quando doentes, seus sintomas vão e vêm, as
dores mudam de lugar, tem prisão
de ventre e diarréia, tem apetite e anorexia,
podem apresentar sintomas físicos
como tontura, náuseas, labirintite que
simbolizam a sua falta de estabilidade e
equilíbrio internos.
Características que
chamam atenção
· É indeciso, por causa da agitação
interior.
· Seus pensamentos vacilam
constantemente entre dois caminhos
possíveis.
· Parece indigno de confiança, por
causa de opiniões variáveis.
· Não se concentra, salta de um
assunto para outro durante a
conversação.
Transformação
potencial
· Tem poder de concentração
e determinação.
· Capaz de manter o
equilíbrio interior, sejam
quais forem as circunstâncias.
· De uma mente clara e
calma, surgem às soluções
para os problemas.
Afirmações
“Eu afirmo estabilidade e
equilíbrio em tudo o que faço.”
“Eu sou decidido no
pensamento e na ação.”
“Eu atuo a partir da clara
Certeza e da firme Convicção da
minha Verdade Interior.”
(KAMINSKI e KATZ, 1991).
Caso clínico:
Menino, 12 anos.
Contou-nos que tinha uma "sensação gozada" no estômago. Era
uma criança carente de autoconfiança e constantemente
aborrecida. Não sabia o que desejava fazer e não conseguia tomar
decisões a respeito de coisa alguma.
Prescreveu-se SCLERANTHUS para sua indecisão e LARCH para sua
falta de confiança. Durante algum tempo ele apresentou melhoras,
acordando, porém, certa manhã, com a antiga dor no estômago.
Acrescentou-se GENTIAN à prescrição anterior, para
contra-atacar seu desencorajamento e sua depressão. Depois de
tomar os Remédios por mais um mês, sua mãe informou: "Agor a ele
está muito bem e muito estável. Decidiu entrar para o escotismo."
(CHANCELLOR, 1995).
5.6- Wild oat
(Bromus ramosus)
Gramínea comumente encontrada em
florestas úmidas, bosques cerrados e à beira
das estradas.

As flores hermafroditas são encerradas em


brácteas em suas espículas.
Floresce de julho a agosto, a essência floral é
preparada pelo método solar.

As virtudes de Wild Oat são a vocação e o


propósito.
"Cada pessoa tem uma vida
para viver, um trabalho a
realizar, uma personalidade
gloriosa, uma individualidade
maravilhosa. Se ela
compreender estas verdades e
conseguir mantê-las contra
todas as leis da massificação, ela
superará tudo e
ajudará os outros com o
exemplo do seu caráter”.
Dr. Bach.
Sintomas devidos ao
bloqueio de energia
Uma pessoa no estado negativo de Wild Oat não
conhece sua verdadeira vocação.
Costuma ter personalidade definida, é muito talentosa
mas indecisa quanto ao rumo a tomar. Não precisam
fazer grande esforço pessoal para realizar o que quer
que seja. Muitas coisas lhes caem simplesmente no colo.
São pessoas ambiciosas, podem ter uma idéia geral da
direção a seguir, desejam fazer alguma coisa especial,
mas têm apenas um vaga idéia do que isso pode ser.
Querem gozar a vida, não são convencionais,
recusam-se a seguir com a corrente, preferem dirigir o
próprio barco, acham difícil ajustar-se à sociedade.
“A vida está sempre oferecendo novas oportunidades às
pessoas do tipo de Wild Oat. Elas começam muitas
coisas, não raro têm certo número de profissões, em
que são bem-sucedidas, mas sempre lhes falta a certeza
interior real, que lhes permitirá uma decisão final e
definitiva”. (SCHEFFER, 1997).
Características que
chamam atenção
· Tem noções vagas no tocante a
metas, não encontra direção na
vida, o que acarreta
insatisfação, frustração e tédio.
· É ambicioso, quer fazer alguma
coisa especial, mas não sabe
exatamente o quê e esta
indefinição o deixa desanimado.
· Talentos e capacidades não
canalizados.
· Tem oportunidades demais, o
que a deixa indecisa.
Transformação
potencial

· Tornam-se capazes de
reconhecer o seu
potencial e
desenvolvê-lo
plenamente.

· Com clareza mental,


agem mais por intuição
do que por impulso, e
conseguem
perceber qual a sua
missão.
Afirmações:
“Eu crio e atraio as
oportunidades necessárias para
meu destino.”
“Cada experiência na vida traz
uma compreensão mais
profunda do meu propósito.”
“Eu sou uma alma plena de
propósito, encontrando
significado nas tarefas da
Vida.” (KAMINSKI e KATZ, 1991).
Caso clínico:

Homem, 30 anos.
Este paciente estava apaixonado, não queria mais morar
sozinho e, no entanto, não conseguia decidir-se pelo
casamento. Era professor universitário, mas planejava
trabalhar com grupos de estudos filosóficos, que seriam
atendidos no consultório de sua namorada. Queria também
terminar suas pesquisas em artes gregas. Tudo estava muito
confuso em sua cabeça e sua vida era uma seqüência
de idéias, sem nenhuma ação.
Esse paciente é um caso típico de Wild Oat, com toda
confusão interna e passividade. Este floral ajudou-o a agir e
descobrir os seus desejos. (BARTOLO,
1993)
6. Remédios para os
que sentem
desinteresse pelas
circunstâncias atuais

Você também pode gostar