Você está na página 1de 2

fls.

91

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO


COMARCA DE SÃO PAULO
FORO CENTRAL CÍVEL
5ª VARA CÍVEL
Praça João Mendes s/nº, 6º andar - salas nº 623/625 - Centro
CEP: 01501-900 - São Paulo - SP
Telefone: 2171-6085 - E-mail: sp5cv@tjsp.jus.br

Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 1010020-54.2019.8.26.0006 e código 80A1137.
CONCLUSÃO
Em 16 de outubro de 2019, faço estes autos conclusos ao MM. Juiz de Direito da 5ª Vara Cível
Central. Eu, Francely Chevalier, Escrivã Judicial I, lavrei o presente termo.

DECISÃO

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por MARCOS ROBERTO DE SOUZA BERNICCHI, liberado nos autos em 16/10/2019 às 19:21 .
Processo nº: 1010020-54.2019.8.26.0006
Classe - Assunto Procedimento Comum Cível - Defeito, nulidade ou anulação
Requerente: Marcílio Tito
Requerido: Aricanduva S/A

Juiz(a) de Direito: Dr(a). Marcos Roberto de Souza Bernicchi

Vistos.

Indefiro o pedido de gratuidade.

O benefício deve ser concedido somente ao miserável, ao que não tem


recursos, de acordo com o art. 98, do CPC:

Art. 98. A pessoa natural ou jurídica, brasileira ou estrangeira, com insuficiência de


recursos para pagar as custas, as despesas processuais e os honorários advocatícios tem
direito à gratuidade da justiça, na forma da lei.

Assim, o próprio CPC exclui a possibilidade de concessão de gratuidade


para os que podem pagar honorários de seus advogados.

E a exceção prevista no artigo 99, § 4º, do CPC, deve ser entendida como
a assistência graciosa, acompanhada de renúncia do advogado ao direito de receber
honorários, junto com a declaração de pobreza, pois não haveria sentido o juízo
reconhecer que a pessoa não tem recursos para pagar advogado e conceder o benefício
sabendo que o advogado requerente recebeu algum recurso do mesmo beneficiado.

Não se pode assim considerar aquele que além de contratar advogado


particular e alega ser titular de terreno de mais de 7000 metros quadrados.

Processo nº 1010020-54.2019.8.26.0006 - p. 1
fls. 92

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO


COMARCA DE SÃO PAULO
FORO CENTRAL CÍVEL
5ª VARA CÍVEL
Praça João Mendes s/nº, 6º andar - salas nº 623/625 - Centro
CEP: 01501-900 - São Paulo - SP
Telefone: 2171-6085 - E-mail: sp5cv@tjsp.jus.br

Para conferir o original, acesse o site https://esaj.tjsp.jus.br/pastadigital/pg/abrirConferenciaDocumento.do, informe o processo 1010020-54.2019.8.26.0006 e código 80A1137.
Assim, deposite-se o valor das custas em 48 horas, sob pena de
indeferimento da petição inicial por falta de pressuposto processual de constituição válida
do processo.
Int.

Este documento é cópia do original, assinado digitalmente por MARCOS ROBERTO DE SOUZA BERNICCHI, liberado nos autos em 16/10/2019 às 19:21 .
São Paulo, 16 de outubro de 2019.

DOCUMENTO ASSINADO DIGITALMENTE NOS TERMOS DA LEI 11.419/2006,


CONFORME IMPRESSÃO À MARGEM DIREITA

Processo nº 1010020-54.2019.8.26.0006 - p. 2