Você está na página 1de 6

TESTE DE DIAGNÓSTICO

TESTE DE DIAGNÓSTICO

Nome: ________________________________________________ Nº ____ Turma ____ Data: ____/ ____/ ____

GRUPO I – LEITURA E EDUCAÇÃO LITERÁRIA

PARTE A

O rei D. Dinis viveu nos séculos XIII e


XIV. Este rei foi poeta e fundou a
Universidade de Coimbra, a única que,
durante muitos anos, existiu em
Portugal. Repara na página de banda
desenhada que te apresentamos sobre
esse rei.

Manuel Pinheiro Chagas, História Alegre de Portugal, Bertrand Editora, Lisboa, 2010 (com supressões).

Responde ao que te é pedido sobre o texto que acabas de ler, segundo as orientações
que te são dadas.

1. Foram suprimidas as legendas seguintes à página de banda desenhada que leste.


Indica a que vinheta cada legenda pertence, associando os elementos das duas colunas.

□ 1. Mandou vir capitães de navios de Itália, para ensinarem os nossos, e


A. Vinheta 1
ajudou os navegantes do porto a cria uma espécie de companhia de seguros.
B. Vinheta 3
□ 2. Ele fazia os seus versos de pé quebrado que eram já escritos numa
C. Vinheta 5 língua com termos…

□ 3. … e quis também ter uma, que foi a Universidade de Coimbra!…

© Areal Editores 1
TESTE DE DIAGNÓSTICO

2. Identifica as afirmações verdadeiras (V) e as afirmações falsas (F).


V F
a. O rei D. Dinis escrevia versos.
b. Antes do rei D. Dinis, não existia nenhuma universidade em Coimbra.
c. Para criar a universidade, este rei mandou vir professores de Itália.
d. Este rei interessou-se também pelos marinheiros portugueses.
e. Os capitães dos navios portugueses eram mais experientes que os italianos.

2.1. Corrige as afirmações falsas.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Nesta página de banda desenhada, distinguem-se personagens que pertencem à época do rei D.
Dinis e outras que pertencem à época em que a história é contada, o século XX.
Completa a frase seguinte com as expressões adequadas.
As vinhetas 1, 3 e 5 dizem respeito ________________________________; as vinhetas 2 e 4
dizem respeito ________________________________.

PARTE B
Lê o texto com atenção.

ERA UMA VEZ UM REI E o príncipe real


não se conseguiu conter:
Era uma vez um rei
– Ó pai, dê-me um batalhão,
que tinha enorme tesouro:
que eu gosto de combater.
esmeraldas, diamantes
e muitas moedas de ouro. 25 O rei franziu o nariz,
não ficou nada contente.
5 Uma fortuna guardada
Ele tinha outra ideia
merecia aplicação.
há tempos na sua mente.
Ali, fechada num cofre,
ainda chamava um ladrão. Ergueu um grande edifício
30 forrou-o todo com estantes
– Que hei de fazer, digam lá? –
mandou vir imensos livros
10 perguntou ele ao serão.
no dorso de elefantes.
– Antes de me decidir
quero a vossa opinião. Vieram livros de barco,
de cavalo, de camelo,
A rainha então lhe disse:
35 das terras quentes com sol,
– Podias comprar para mim
das terras frias com gelo.
15 um palácio com dez torres
e telhado de marfim. Que lembrança tão maluca,
que não lembra a um careca,
A princesa sua filha
ir gastar tanto dinheiro
lhe falou desta maneira:
40 assim, numa biblioteca!
– Quero mil metros de sedas
Luísa Ducla Soares, A Fada Palavrinha e o Gigante das
20 para levar à costureira. Bibliotecas, 2.ª edição, Livros Horizonte, Lisboa, 2009.

© Areal Editores 2
TESTE DE DIAGNÓSTICO

Responde ao que te é pedido sobre o texto que acabas de ler, segundo as orientações
que te são dadas.

4. Assinala com , de 4.1. a 4.3., a opção que completa a frase, de acordo com o sentido do texto.
4.1. A família do rei era constituída pelos elementos seguintes:
□ a. o rei, a rainha e a filha.
□ b. o rei, a rainha, o filho, a filha e a costureira.
□ c. o rei, a rainha, o príncipe e a princesa.
□ d. o rei, a rainha e o filho.

4.2. “Ali, fechada num cofre, / ainda chamava um ladrão.” (vv. 7-8)
Estes versos querem dizer que aquela fortuna
□ a. era incalculável.
□ b. estava segura num cofre.
□ c. era cobiçada por um ladrão.
□ d. não estava segura no cofre.

4.3. Nos versos “– Ó pai, dê-me um batalhão, / que eu gosto de combater.” (vv. 23-24), as palavras
sublinhadas referem-se
□ a. ao rei e à rainha.
□ b. ao rei e à princesa.
□ c. à mesma pessoa.
□ d. ao rei e ao príncipe.

5. Antes de tomar uma decisão, o rei consultou a sua família.


Transcreve, do texto, os dois versos que comprovam esta afirmação.
____________________________________________________________________________________

6. Que sugestão lhe deu a rainha?


____________________________________________________________________________________

7. Atenta, agora, no pedido da princesa.


O que nos diz esse pedido sobre a sua maneira de ser?
____________________________________________________________________________________

8. “– Ó pai, dê-me um batalhão, / que eu gosto de combater.” (vv. 23-24)


8.1. Estes versos mostram que o príncipe era
□ a. caçador.
□ b. guerreiro.
□ c. malfeitor.
□ d. bombeiro.

© Areal Editores 3
TESTE DE DIAGNÓSTICO

9. Ordena as afirmações seguintes, de acordo com a sequência em que as informações são


apresentadas no texto.
□ A. Foi construído um grande edifício.
□ B. Nesse edifício, colocaram-se muitos livros.
□ C. O rei tomou uma decisão inesperada.
□ D. Um dia, decidiu consultar as pessoas mais próximas.
□ E. A rainha, a princesa e o príncipe deram-lhe a sua opinião.
□ F. O rei começou a pensar que deveria aplicar o seu tesouro.

10. O que pensas da decisão do rei? Justifica bem a tua resposta, dizendo por que razão estás ou
não de acordo com essa decisão.
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

GRUPO II – GRAMÁTICA

Responde aos itens seguintes segundo as orientações que te são dadas.

1. Coloca as palavras seguintes por ordem alfabética.


a. cofre ______________________
b. sedas ______________________
c. torre ______________________
d. nariz ______________________
e. barco ______________________
____________________________________________________________________________________
2. Separa, por sílabas gramaticais, as palavras seguintes:
a. fortuna ______________________
b. princesa ______________________
c. combater ______________________
d. nariz ______________________
e. camelo ______________________
____________________________________________________________________________________

3. Repara, agora, na frase seguinte:


A princesa pediu um vestido de seda.

Copia, para o quadro, o determinante artigo definido e o determinante artigo indefinido que aí
encontras.

Determinante artigo definido

Determinante artigo indefinido


© Areal Editores 4
TESTE DE DIAGNÓSTICO

4. Escreve o plural das palavras seguintes:


a. palácio
b. torre
c. telhado
d. costureira
e. edifício
f. barco
g. cantil
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

5. Preenche os espaços em branco com as formas corretas dos verbos entre parênteses, nos
tempos do modo indicativo.
a. No tempo do rei D. Dinis, os senhores nobres _________________ (dedicar – pretérito
imperfeito)-se à caça.
b. Um dia, este rei _________________ (ter – futuro) uma ideia fantástica.
c. Hoje em dia, a Universidade de Coimbra _________________ (ser – presente) conhecida em
todo o mundo.

6. Considera a frase seguinte:


A princesa e o príncipe deram a sua opinião.

Volta a escrevê-la, substituindo a expressão “A princesa e o príncipe” pelo pronome pessoal


adequado.
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

7. Repara nas palavras seguintes:


a. batalhão
b. cavalo
c. costureira
d. esmeralda
e. seda
f. telhado
Copia as palavras simples e as palavras complexas para o quadro.

Palavras simples

Palavras complexas

© Areal Editores 5
TESTE DE DIAGNÓSTICO

8. Distingue, em cada frase, o sujeito do predicado, copiando-os para o quadro.


A. A rainha empalideceu.
B. O rei teve uma ideia.
C. A princesa respondeu ao rei.
D. O tesouro está no cofre.
E. O rei forrou o edifício com estantes.

Sujeito Predicado

Frase A

Frase B

Frase C

Frase D

Frase E

GRUPO III – ESCRITA

O príncipe real de que se fala no texto poético “Era uma vez um rei” partiu em combate para
bem longe da sua família. Imagina a carta que este escreveu ao rei, dando-lhe notícias das aventuras
que viveu. Redige essa carta referindo os tópicos seguintes:
• os lugares por onde passou;
• as pessoas que conheceu;
• as dificuldades que teve de ultrapassar;
• os seus projetos para o futuro.

Respeita a estrutura e a linguagem da carta familiar.


N.B.: Usa a tua imaginação para te referires aos tópicos indicados acima.

© Areal Editores 6

Você também pode gostar