Você está na página 1de 11

T

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

EDITAL Nº 007/2014

CONCURSO PÚBLICO para o cargo de

Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico – EBTT

Área de Atuação: Antropologia/Sociologia/Etnologia do


Alto Rio Negro/Etnodesenvolvimento

CÓDIGO
S07
TARDE

TRANSCREVA, EM ESPAÇO DETERMINADO NO SEU CARTÃO DE RESPOSTAS,


A FRASE DE MÁRIO QUINTANA PARA EXAME GRAFOTÉCNICO
“Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem.”

ATENÇÃO

DURAÇÃO DA PROVA: 4 horas.

ESTE CADERNO CONTÉM 50 (CINQUENTA) QUESTÕES


DE MÚLTIPLA ESCOLHA, CADA UMA COM 5 ALTERNATIVAS DE
RESPOSTA – A, B, C, D e E – CONFORME DISPOSIÇÃO ABAIXO.

Quantidade de Valor de cada


Disciplinas
questões questão

Língua Portuguesa 15 1
Legislação e Ética na Administração Pública 5 1
Conhecimentos Pedagógicos 10 2
Conhecimentos Específicos 20 3

VERIFIQUE SE ESTE MATERIAL ESTÁ EM ORDEM. CASO


CONTRÁRIO, NOTIFIQUE IMEDIATAMENTE O FISCAL.

RESERVE OS 30 (TRINTA) MINUTOS FINAIS


PARA MARCAR SEU CARTÃO DE RESPOSTAS.

BOA PROVA!
www.funcab.org
www.pciconcursos.com.br
LÍNGUA PORTUGUESA O conhecimento continua a ser condição
indispensável para a crítica. A informação, que
parece ocupar o lugar desse conhecimento,
Texto para responder às questões de 01 a 15.
tornou-se, ela própria, a base para a reprodução do
sistema, uma mercadoria a mais em circulação nessa
São os meios de comunicação, em especial a
totalidade.
televisão, que divulgam, em escala mundial,
A confusão entre conhecimento e informação,
informações (fragmentadas) hoje tomadas como
entre totalidade e fragmentação, leva à concepção de
conhecimento, construindo, desse modo, o mundo
que a informação veiculada pelos meios é suficiente
que conhecemos. Trata-se, na verdade, de processo
para a formação do cidadão, de que há um
metonímico – a parte escolhida para ser divulgada,
pressuposto de interação entre os meios e os
para ser conhecida, vale pelo todo. É como se “o
cidadãos e de que todas as vozes circulam
mundo todo” fosse constituído apenas por aqueles
igualmente na sociedade.
fatos/notícias que chegam até nós.
É a chamada posição liberal, a qual parece
Informação, porém, não é conhecimento,
esquecer-se de que ideias, para circular, precisam de
podendo até ser um passo importante. O
instrumentos, de suportes – rádio, televisão, jornal
conhecimento implica crítica. Ele se baseia na
etc. – que custam caro e que, por isso, estão nas
inter-relação e não na fragmentação. Todos temos
mãos daqueles que detêm o capital. [...]
observado que essa troca do conhecimento pela BACCEGA. Maria Aparecida. In: A TV aos 50 – Criticando a
informação tem resultado na diminuição da televisão brasileira no seu cinquentenário. São Paulo:
criticidade. Perseu Abramo, 2000, p. 106-7.
O conhecimento é um processo que prevê a
condição de reelaborar o que vem como um “dado”,
possibilitando que não sejamos meros reprodutores; Questão 01
inclui a capacidade de elaborações novas, permitindo
reconhecer, trazer à superfície o que ainda é virtual, o Com a argumentação que desenvolve ao longo do
que, na sociedade, está ainda mal desenhado, com texto, pretende a autora persuadir o leitor a concluir
contornos borrados. Para tanto, o conhecimento que:
prevê a construção de uma visão que totalize os
fatos, inter-relacionando todas as esferas da A) no liberalismo, a informação midiática transmite
sociedade, percebendo que o que está acontecendo uma visão fragmentária e unilateral – e, pois, não
em cada uma delas é resultado da dinâmica que faz crítica – da sociedade.
com que todas interajam, de acordo com as B) os meios de comunicação, sobretudo a TV,
possibilidades daquela formação social, naquele transformam a notícia em espetáculo para iludir o
momento histórico; permite perceber, enfim, que os povo.
diversos fenômenos da vida social estabelecem suas C) o informação amplia a visão crítica do cidadão,
relações tendo como referência a sociedade como possibilitando-lhe reelaborar os fatos noticiados
um todo. Para tanto, podemos perceber, as pela mídia.
informações – fragmentadas – não são suficientes. D) todas as esferas da sociedade interagem, num
Os meios de comunicação, sobretudo a dado momento histórico, por força da dinâmica
televisão, ao produzirem essas informações, da informação.
transformam em verdadeiros espetáculos os E) apenas o conhecimento pode converter a TV em
acontecimentos selecionados para se tornar notícias. um espaço propício ao desenvolvimento do ser
Já na década de 1960, Guy Debord percebia “na vida humano.
contemporânea uma ‘sociedade de espetáculo’, em
que a forma mais desenvolvida de mercadoria era
antes a imagem que o produto material concreto”, e Questão 02
que “na segunda metade do século XX, a imagem
substituiria a estrada de ferro e o automóvel como O tópico do segundo parágrafo – “Informação,
força motriz da economia”. porém, não é conhecimento, podendo até ser um
Por sua condição de “espetáculo”, parece que passo importante.” – é proposição que a autora, no
o mais importante na informação passa a ser aquilo desenvolvimento, busca:
que ela tem de atração, de entretenimento. Não
podemos nos esquecer, porém, de que as coisas se A) justificar.
passam desse modo exatamente para que o B) exemplificar.
conhecimento – e, portanto, a crítica – da realidade C) concluir.
fique bastante embaçada ou simplesmente D) resumir.
não se dê. E) generalizar.

02 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 03 Questão 07

Ao longo da argumentação, a autora entende como Mantém-se o sentido de: “POR sua condição de
ideologicamente afins os termos relacionados na ‘espetáculo’, parece que o mais importante na
seguinte alternativa: informação passa a ser aquilo que ela tem de
atração...” (§ 5) com a substituição da preposição
A) informação / visão da sociedade como um todo. destacada pela seguinte locução:
B) conhecimento / formação do cidadão crítico.
C) posição liberal / conhecimento. A) Além de
D) crítica da realidade / informação. B) A par de
E) posição liberal / formação do cidadão. C) A propósito de
D) Em razão de
E) Por trás de
Questão 04

Preserva-se o sentido de: “... o que está acontecendo Questão 08


em cada uma delas é RESULTADO da dinâmica
que faz com que todas interajam...” (§ 3) com a Altera-se o sentido de: “Para tanto, podemos
substituição do nome em destaque pela seguinte perceber, as informações – fragmentadas – não são
metáfora: suficientes.” (§ 3) com a mudança de pontuação
proposta em:
A) matriz.
B) fonte. A) Para tanto – podemos perceber – as informações
C) eco. (fragmentadas) não são suficientes.
D) mola. B) Para tanto – podemos perceber – as
E) germe. informações, fragmentadas, não são suficientes.
C) Para tanto, podemos perceber, as informações,
Questão 05 fragmentadas, não são suficientes.
D) Para tanto (podemos perceber) as informações –
Entre os processos metonímicos exemplificados a fragmentadas – não são suficientes.
seguir, aquele de que a cronista se vale em sua E) Para tanto, podemos perceber, as informações
argumentação (§ 1) é: “fragmentadas” não são suficientes.

A) comprar cem cabeças de gado.


B) viver lendo Machado de Assis.
C) pregar respeito aos cabelos brancos. Questão 09
D) comer um bom prato.
Em: “... está ainda mal desenhado, com contornos
E) cravar o aço no peito do rival.
borrados.” (§ 3), “mal” tem o mesmo valor significativo
que em:

Questão 06 A) Era preciso escapar à tentação do mal.


B) O mal é que só agora ela caiu em si.
Em: “... a forma mais desenvolvida de mercadoria era C) Para mim o problema estava mal formulado.
ANTES a imagem que o produto material concreto...” D) Não tinha cura o mal que o acometeu.
(§ 4), a palavra em destaque está empregada com E) Mal se viu na rua, chamou um táxi.
o mesmo sentido que em:

A) Não se emendou na prisão, antes tornou-se pior.


B) É antes alto que baixo, e não magro.
C) O animal ficou livre do peso que antes trazia.
D) Atente, antes, para o caráter de quem se diz seu
amigo.
E) Os tempos mudaram: antes, a vida era melhor.

03 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 10 Questão 13

Com a substituição do complemento verbal por um A gramática normativa censura, no português


pronome átono, infringe-se norma de regência em: padrão, a mudança de posição do pronome átono
proposta em:
A) “... reelaborar o que vem como um ‘dado’...” (§ 3) /
reelaborá-lo A) “Ele se baseia na inter-relação e não na
B) “... prevê a construção de uma visão que totalize fragmentação.” (§ 2) / baseia-se
os fatos...” (§ 3) / a prevê B) “... selecionados para se tornar notícias.” (§ 4) /
C) “... inter-relacionando todas as esferas da tornar-se
sociedade...” (§ 3) / inter-relacionando-as C) “Não podemos nos esquecer...” (§ 5) / nos
D) “... transformam [...] os acontecimentos podemos esquecer
selecionados (§ 4)...” / transformam-nos D) “.... de que as coisas se passam desse modo...”
E) “... substituiria a estrada de ferro e o automóvel...” (§ 5) / passam-se
(§ 4) / lhes substituiria E) “A informação [...] tornou-se [...] a base para a
reprodução do sistema...” (§ 6) / se tornou

Questão 11
Questão 14
Pode-se, no texto, sem prejuízo da concordância,
substituir a forma verbal em destaque pela forma que
O verbo que se flexiona em todos os tempos e modos
se propõe em:
como aquele que se destaca em: “... é um processo
que PREVÊ a condição de reelaborar o que vem
A) “... TRATA-SE [...] de processo metonímico...”
como um ‘dado’...” (§ 3) é:
(§ 1) / tratam-se
B) “... INCLUI a capacidade de elaborações
A) intervir.
novas...” (§ 3) / incluem
B) provir.
C) “... ao PRODUZIREM essas informações...” (§ 4)
C) prover.
/ produzir
D) prescrever.
D) “... LEVA à concepção...” (§ 7) / levam
E) entrever.
E) “... que CUSTAM caro...” (§ 8) / custa

Questão 15
Questão 12
Em: “... continua a ser condição indispensável PARA
Observando as construções: a) “Todos temos A CRÍTICA.” (§ 6), a reescrita do complemento
observado” (§ 2), e b) “todas interajam” (§ 3), é nominal em destaque torna obrigatório o uso do
possível afirmar, acerca da concordância verbal, que: acento grave no “a” que se lê em:
A) em a) e b) ela se faz em pessoa e número. A) a uma visão crítica.
B) em a) e b) ela se faz apenas em pessoa. B) a crítica social.
C) em a) e b) ela se faz apenas em número. C) a nossa crítica.
D) em a) ela se faz apenas em número; em b), em D) a essa crítica.
número e pessoa. E) a toda e qualquer crítica.
E) em a) ela se faz em pessoa e número; em b),
apenas em pessoa.

04 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
LEGISLAÇÃO E ÉTICA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Questão 19

Questão 16 A alternativa que aponta característica dos contratos


administrativos é:
Sobre o regime jurídico dos empregados públicos,
assinale a resposta correta. A) o desequilíbrio econômico-financeiro.
B) a possibilidade de alteração unilateral do objeto
A) Os empregados de empresa pública ou do contrato.
sociedade de economia mista não podem ser C) a liberdade de forma.
demitidos imotivadamente. D) a ausência de sinalagma.
B) Após a posse, os empregados públicos não têm E) o caráter personalíssimo absoluto.
estágio probatório, mas se sujeitam ao período
de experiência com duração de 90 dias, previsto
na CLT. Questão 20
C) Os agentes públicos não podem ser contratados
pelo regime de emprego público para o exercício Nos convênios regulados pela Portaria
de funções materiais subalternas na Interministerial 507/2011, a realização, sob sua
Administração Pública. inteira responsabilidade, do processo licitatório,
D) Os empregados públicos gozam de todas as compete ao(à):
garantias conferidas constitucionalmente aos
servidores estatutários. A) convenente.
E) Os empregados públicos ocupam cargos B) concedente.
vitalícios efetivos na Administração Pública, não C) órgão de controle.
se sujeitando a regime contratual. D) beneficiário final.
E) instituição financeira mandatária da União.

Questão 17
CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS
Está sujeito à punição por ato de improbidade
administrativa o agente público que, agindo de forma Questão 21
meramente culposa e gerando prejuízo ao erário:
Há uma distinção estabelecida entre vários níveis de
A) recebe presente no exercício da função pública. currículo, cada qual com suas especificidades. Sobre
B) utiliza em proveito próprio veículo pertencente ao o currículo formal, pode-se afirmar corretamente que:
serviço público.
C) deixa de coferir publicidade aos atos oficiais. A) é oriundo da prática docente.
D) dispensa indevidamente processo licitatório. B) não se expressa no planejamento.
E) pratica ato sem observar regra de competência. C) é isento de intencionalidade sociopolítica.
D) é a efetivação prática do que foi planejado.
Questão 18 E) são diretrizes normativas prescritas.

Configura princípio das licitações, de acordo com o


ordenamento jurídico brasileiro:

A) o informalismo procedimental.
B) a não vinculação ao instrumento convocatório.
C) a vedação ao sistema de registro de preços.
D) o julgamento subjetivo das propostas.
E) o sigilo das propostas.

05 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 22 Questão 25

Sobre o erro, Hoffmann (2012) considera “a análise A atuação docente é um diferencial fundamental para
da postura do educador diante dos erros observados propiciar ao aluno uma aprendizagem significativa.
nas tarefas mais sérias do que estudos sobre Uma das atitudes que o docente deve tomar e que
elaboração de instrumentos de avaliação.” Nesse contribuem para esse fim é:
fragmento, a autora expressa que a forma como se
observa o erro do aluno é mais relevante do que o A) trabalhar a ancoragem evitando que ela
estudo de métodos para a construção de exercícios. influencie nos organizadores prévios.
Em uma visão construtivista do erro é: B) identificar quais subsunçores são relevantes
para a nova aprendizagem.
A) mais importante analisar se o aluno seguiu com C) diagnosticar os subsunçores, ou seja, o que o
exatidão o comando dado para a resolução do aluno ainda não sabe.
exercício. D) reconhecer quais são as dificuldades dos alunos
B) preciso orientar o aluno a resolver as atividades e evitar exercitá-las para prevenir desgastes.
utilizando como parâmetro a expectativa do E) hierarquizar o conteúdo partindo do mais
docente para o resultado. complexo e ainda desconhecido para o aluno.
C) indicado que o docente garanta a precisão dos
resultados, privilegiando atividades objetivas que
não suscitem dúvidas maiores nos alunos. Questão 26
D) importante estudar as dificuldades dos alunos na
realização das tarefas, pensando em como O pensamento filosófico referente à relação
esses compreendem o que foi proposto. educação e sociedade expressa três tendências
E) esperado que os docentes auxiliem os alunos a básicas. Uma dessas tendências possui uma visão
uniformizarem as respostas, evitando a crítica da educação e a entende como elemento da
subjetividade nos resultados. própria sociedade, determinada por seus
condicionantes econômicos, sociais e políticos.
Entretanto, não traça um modo de agir para a
Questão 23 educação intervir na sociedade. Essa referida
tendência filosófico-política compreende a educação
A tendência pedagógica liberal que possui a como:
finalidade de subordinar a educação à demanda
social de recursos humanos, ou seja, possui como A) reprodução.
filosofia o desenvolvimento econômico através da B) mediação.
qualificação de mão de obra, conceitua-se como: C) redenção.
D) democratização.
A) renovada não diretiva. E) transformação.
B) crítico-social.
C) tecnicista.
D) progressista. Questão 27
E) libertária.
Nos últimos anos, uma modalidade de bullying
relativamente nova que ganha espaço nas
Questão 24 discussões sobre o tema é o cyberbullying. Essa
modalidade possibilita mais facilmente a realização
Na teoria de Piaget, características como das agressões de forma:
preponderância do pensamento lógico, objetivo,
menos egocêntrico, reversível, com capacidade de A) física e esporádica.
compreensão da noção de conservação e, B) anônima e indireta.
entretanto, condicionado ainda a observação para C) pontual e verbal.
atingir a compreensão, pertencem à etapa do D) consensual e direta.
desenvolvimento cognitivo denominada: E) frequente e corretiva.

A) operatório-formal.
B) sensório-motora.
C) pré-operatória.
D) operatório-motora.
E) operatório-concreta.

06 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 28 Questão 30

No projeto político-pedagógico, o marco referencial: De acordo com Libâneo (2008), “há vários sentidos
consiste: de competência e o mais conhecido está ligado a uma
visão economicista segundo a qual a busca da
A) no planejamento, aplicação e apuração da produtividade econômica requer pessoas
avaliação institucional para diagnosticar as competentes, isto é, pessoas tecnicamente
necessidades de mudança da escola. eficientes”. Entretanto, o autor afirma ainda, que o
B) em um plano de desenvolvimento institucional de sentido de competência no processo de elaboração
médio e curto prazo para a escola. da proposta curricular e do planejamento docente é
C) no diagnóstico de como os temas políticos estão outro. Sobre a abordagem de competência no
sendo desenvolvidos na escola. planejamento e prática escolar é correto afirmar que:
D) no posicionamento político da escola, em que ela
expressa o que almeja ser na sua ação educativa. A) o conteúdo é irrelevante para a formação e
E) na pesquisa pormenorizada e relatada em dados prática da competência.
quantitativos a realidade entre o ideal a ser B) esta se refere à relação significativa e operativa
atingido e o concreto. do aluno com o conteúdo.
C) é mais importante a aquisição de saberes
teóricos do que de competências.
Questão 29 D) está ligada a uma prática desvinculada
obrigatoriamente de saberes teóricos.
De acordo com a Lei nº 9.394/1996 (LDB), Capítulo II E) predomina ainda o conceito de saber puramente
referente à educação básica, está correto afirmar técnico e mecânico na aprendizagem.
que:

A) na educação infantil, a avaliação possui objetivo CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS


de promoção para o ensino fundamental.
B) o ensino fundamental gratuito possui duração de Questão 31
nove anos iniciando-se aos seis anos.
C) a educação profissional técnica de nível médio A Antropologia, assim como a Sociologia, surgiu no
deve ser oferecida apenas de forma subsequente século XIX. À primeira fase de formação da
ao ensino médio. Antropologia está embutida a ideia de que:
D) serão oferecidas duas línguas estrangeiras
modernas em caráter obrigatório. A) as culturas independem do tipo físico e das
E) o estudo sobre os símbolos nacionais e cultura condições do meio (natural).
regional passa a ser obrigatório e inserido como B) os traços culturais são invenções únicas, que se
disciplina no currículo. difundem por todo o mundo.
C) os povos “primitivos” ou “selvagens” representam
o passado dos “civilizados”.
D) a humanidade não se desenvolve ou aprimora de
acordo com as leis naturais.
E) a s s o c i e d a d e s h u m a n a s p o s s u e m
características estruturais universais.

Questão 32

O etnocentrismo é a atitude de valorização da própria


cultura. É correto afirmar que, no plano teórico, o
etnocentrismo está estritamente relacionado ao:

A) darwinismo.
B) marxismo.
C) estruturalismo.
D) evolucionismo.
E) historicismo.

07 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 33 Questão 35

As teorias funcionalistas alcançaram seu apogeu na Muito comum nas pesquisas antropológicas do
Sociologia e na Antropologia em meados do século XIX, época marcada pela expansão colonial
século XX. Entre as principais abordagens teóricas europeia, foi o método de análise comparativo. É
do funcionalismo NÃO se encontra a noção de que: correto afirmar que esse método:

A) a religião e a magia cumprem a função de manter A) entrou em completo desuso no século XX, em
a sociedade unida. grande parte devido às críticas de
B) os sistemas socioculturais só podem ser Radcliffe-Brown, adepto do método histórico.
analisados em um determinado momento B) está associado ao nome de Herbert Spencer, um
histórico. de seus precursores e principais expoentes.
C) as sociedades são semelhantes aos organismos C) ganhou o apoio e a adesão de Franz Boas,
animais, nos quais as partes funcionam juntas apesar do relativismo cultural defendido pelo
para manter o todo vivo. antropólogo.
D) as instituições sociais, como o casamento e a D) se encontra estreitamente vinculado ao
família, guardam relação com as necessidades funcionalismo, cujo aspecto marcante é a
biológicas. comparação de instituições pertencentes a
E) a função do cientista social é saber como contextos sociais distintos.
funciona a sociedade, quais as suas leis de E) serve ainda hoje de base para a divisão das
funcionamento. sociedades entre primitivas e civilizadas,
tradicionais e modernas, defendidas pela maioria
dos antropólogos.
Questão 34

Embora criadas no século XIX, o positivismo e o Questão 36


marxismo foram as principais doutrinas que
embasaram os estudos sociais no século XX. Apesar Hoje muito cara às Ciências Sociais, a ideia do
de antagônicas em princípio, essas doutrinas relativismo ganhou força a partir do final do século
convergem para o entendimento de que: XIX. Tendo assumido várias facetas, o relativismo:

A) os fenômenos sociais só podem ser A) guarda identidade ou relação com as ideias


compreendidos e explicados através da história. fundamentais do culturalismo.
B) os conflitos sociais fazem parte da dinâmica de B) concebe como universais as categorias mentais
funcionamento das sociedades. ou de pensamento.
C) as leis e os princípios básicos da vida social C) considera os conhecimentos científicos como
podem ser descobertos através do uso de verdades absolutas.
métodos associados às ciências físicas ou D) se dedica à tarefa de conhecer e explorar a
naturais. natureza humana, a qual toma como
D) a ciência deve ocupar o lugar da religião como preponderante na determinação do
sistema explicativo do mundo. comportamento social.
E) a análise científica não está totalmente livre de E) julga as ações humanas com base em ideias
elementos ideológicos e especulativos, pois é o gerais e abstratas.
homem, com seus valores e crenças, o sujeito do
conhecimento.

08 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 37 Questão 39

Família, casamento e parentesco são temas afins da Tanto na linguagem ordinária (das pessoas comuns)
Antropologia, estudados por incontáveis como na acadêmica, tradição e modernidade são
especialistas. Estudiosos que se debruçam sobre palavras de sentido antagônico. A primeira encarna a
esses assuntos observam que: ideia do passado; a outra, dos tempos presentes ou
vindouros. Nos termos das Ciências Sociais, é
A) a autoridade da linhagem sempre recai sobre as correto afirmar que:
mulheres nas sociedades matrilineares.
B) a poligamia é permitida apenas em uma pequena A) as tradições não guardam relação com as
minoria de sociedades, dada a imposição identidades de grupo.
judaico-cristã do casamento monogâmico. B) os princípios da racionalidade, weberianamente
C) o clã é, geralmente, exogâmico – o impulso falando, vão em grande medida ao encontro da
sexual é orientado para pessoas fora do grupo de tradição.
parentesco essencial. C) a herança cultural dos povos não pode ser
D) a linhagem, assim como quase sempre o clã, “resgatada”, já que sua autenticidade é posta em
pode remontar ao ancestral comum histórico e dúvida pelos tempos novos.
nomeá-lo. D) a tradição é o meio pelo qual os indivíduos se
E) a família extensa ou “indivisa” é uma comunidade aculturam, adquirindo modos de atitude, gosto ou
formada de pequenas famílias justapostas, crença de seus antepassados.
dirigida por um chefe único e poderoso. E) a modernidade deu autonomia absoluta ao
indivíduo, libertando-o da tradição – assim
considera o sociólogo Émile Durkheim.
Questão 38

A relação entre cultura e identidade sempre foi tema Questão 40


importante de estudo nas Ciências Sociais, embora
tenha adquirido maior centralidade nas últimas Por estratificação entende-se a forma de
décadas. NÃO é correto afirmar, em relação ao desigualdade existente entre indivíduos e grupos em
assunto, que: uma sociedade, seja ela moderna ou tradicional. As
castas, os estamentos e as classes sociais estão
A) a cultura e a identidade nacionais são entre os principais tipos de estratificação social. Em
substituídas por “culturas minoritárias”, segundo relação ao assunto, é certo afirmar que:
teóricos do mundo contemporâneo.
B) o conceito de “subcultura” denota simplesmente A) as posições de classe ocupadas pelos indivíduos
a inferioridade de grupos minoritários da em sociedade é, rigorosamente, definida pelo
sociedade, portadores de identidades nascimento.
específicas. B) a modernização capitalista pouco ou nada
C) a identidade do indivíduo é construída através de contribuiu para o declínio dos sistemas de casta
papéis sociais culturalmente estabelecidos, de existentes no mundo.
acordo com o interacionismo simbólico. C) as condições de gênero e raça, nas sociedades
D) as multiculturas regionais e locais expressam a modernas, geralmente determinam o estrato ou a
divisão da sociedade em classes sociais, posição social dos indivíduos.
segundo estudiosos de orientação marxista. D) a o p o r t u n i d a d e d a m o b i l i d a d e s o c i a l
E) a crise dos antigos quadros de sociabilidade praticamente não se configura nas sociedades
(família, trabalho) deu às pessoas em geral maior estamentais.
autonomia em relação à cultura. E) a África do Sul, durante o regime segregacionista
do Apartheid, foi exemplo de sociedade
estratificada em casta, segundo critérios
estritamente raciais.

09 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 41 Questão 43

As sociedades sem Estado – denominadas acéfalas, A Sociologia, assim como sua “ciência irmã”, a
segmentares ou sociedades de linhagem – são Antropologia, tem como um de seus objetos
marcadas pela relação estreita entre o poder e o principais de estudo a religião. É correto afirmar que
sagrado. Essas sociedades NÃO têm como uma de para os sociólogos:
suas características:
A) as religiões não estão no mundo moderno entre
A) a s s a n ç õ e s m o r a i s o u r e l i g i o s a s d a as instituições mais importantes da sociedade.
desobediência. B) o indivíduo, através da atitude religiosa, se
B) a obediência de todos os membros ao costume emancipa da sociedade, à qual transcende
ancestral, que desempenha papel de leis e de espiritualmente.
governo. C) as crenças religiosas devem ser descortinadas
C) a existência de poder central ou monopólio da como verdadeiras ou falsas, invés de
liderança. simplesmente compreendidas e explicadas.
D) o equilíbrio social mantido em parte pela D) as religiões estão nas sociedades industriais
igualdade das condições materiais. estabelecidas em instituições próprias, sem
E) a ausência de comando estabelecido conexão direta ou estreita com outras esferas da
institucionalmente e de força pública. vida coletiva.
E) os fatores de ordem espiritual e psicológica são,
para os sociólogos, tão relevantes como os
Questão 42 fatores de ordem social.

Presente em todas as culturas, a religião é uma


especialidade da Antropologia, que a estuda sem, Questão 44
contudo, querer decifrar seus mistérios. Uma das
posições defendidas nos estudos sociais sobre Para os teóricos sociais contemporâneos, o mundo
religião é a de: vem passando por grandes transformações nas
últimas décadas, como o fim da produção industrial
A) Edward Taylor, para o qual as crenças religiosas fordista. Outra importante mudança dos tempos
se encontram em estágios evolutivos atuais, apontadas por esses teóricos, é:
diferenciados.
B) Malinowski, que estabeleceu a distinção entre A) a ampliação da esfera cultural e a estetização da
religião e magia, com base no caráter mau da vida, no estágio do capitalismo pós-moderno.
primeira e no caráter bom da última. B) o fortalecimento dos Estados nacionais, em
C) Émile Durkheim, segundo o qual religião e a contrapartida da globalização.
magia em nada diferem uma da outra, C) a polarização política radical entre direita e
pertencendo ambas à mesma ordem de esquerda ideológicas.
fenômenos. D) o ressurgimento de movimentos sociais
D) Lévi-Strauss, que apontou a relação entre tradicionais, como o da classe trabalhadora.
totemismo, identificação espiritual de seres E) o desaparecimento das culturas regionais e
humanos com plantas e animais, e endogamia subnacionais, sob o impacto da globalização.
(casamento dentro do mesmo grupo).
E) Radcliffe-Brown, que negou qualquer significado
prático ou econômico no totemismo,
restringindo-se este ao seu aspecto puramente
simbólico.

10 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br
Questão 45 Questão 48

Casa Grande & Senzala, a obra clássica de Gilberto O conceito-chave de “Os donos do poder”, obra de
Freyre, é vista como um divisor de águas na história Raymundo Faoro, é o de estamento, grupo de
do pensamento social brasileiro. Entre as ideias de comando que se caracteriza pelo desejo de prestígio
Freyre defendidas na obra NÃO figura a de que: e honra social. Faoro observa que o estamento no
Brasil esteve sempre a serviço:
A) a necessidade de povoar o território e a escassez
de mulheres brancas foram estímulos à A) dos grandes senhores de terras.
miscigenação no Brasil. B) da burguesia ascendente.
B) o meio físico ou natural e a miscigenação C) da sociedade como um todo.
estiveram sempre nas bases do “atraso” D) da pequena nobreza, que almejava a glória.
brasileiro. E) dos detentores do poder político.
C) a miscigenação assumiu no Brasil papel
civilizador, na medida em que impediu o Questão 49
confronto extremado entre negros e brancos.
D) a mistura de raças, a que já estavam Por racionalização o sociólogo alemão Max Weber
acostumados, contribuiu para a permanência dos entende o processo que tomou forma acentuada nas
portugueses nos trópicos. sociedades industriais modernas. De acordo com
E) a iniciativa particular (a família), e não o Estado Weber, a racionalização:
português propriamente, atuou no Brasil como
principal agente colonizador do país. A) não afeta, contudo, a preponderância dos valores
tradicionais.
B) se limita à esfera produtiva ou econômica da
Questão 46 sociedade.
C) se expressa, notadamente, na burocracia, forma
O renomado antropólogo Roberto da Matta formulou de organização encontrada somente no mundo
tese enfatizando o lado negativo da sociabilidade moderno.
brasileira no que se caracteriza pelo chamado D) caracteriza o comportamento do empreendedor,
“jeitinho”, o jeito de burlar regras formais e comuns a do técnico, do funcionário, enfim de todos que
todos para obter vantagens pessoais. Essa tendência buscam os meios mais eficazes para atingir seus
da cultura brasileira já fora apontada por Sérgio objetivos.
Buarque de Holanda em Raízes do Brasil através do E) só existe nas civilizações ocidentais, orientadas
conceito de: para fins e valores de mercado.

A) parasitismo. Questão 50
B) “insolidarismo”.
C) “homem cordial”. O declínio de comunidades específicas, como a de
D) patrimonialismo. pescadores do litoral sudeste brasileiro, é parte de
E) antirrepublicanismo. um processo chamado por antropólogos e sociólogos
de homogeneização cultural. A ideia de que as
especificidades culturais devem ser defendidas por
Questão 47 leis recebe o nome de multiculturalismo. Sobre a
tensão entre homogeneização e diversidade cultural
Sertão, raças e centralização política são temas é correto afirmar que:
importantes da obra de Oliveira Viana, autor visto por
Francisco Weffort como um dos fundadores da A) as sociedades contemporâneas como um todo
Sociologia brasileira. É correto afirmar que se são homogêneas culturalmente.
encontra na obra de Oliveira Viana: B) as diferenças religiosas e sexuais não são
levadas em conta pelos defensores do
A) a exaltação do mestiço e do negro, contra o multiculturalismo.
arianismo aristocrático. C) as comunidades tradicionais em geral se
B) o entusiasmo pelas instituições políticas liberais. recusam a se integrar ao mercado e à sociedade
C) a crítica ao latifúndio, visto como entrave à moderna, e por isso desaparecem.
integração nacional, a qual defendia. D) as migrações e o crescimento da vida urbana
D) a d e f e s a d o c o s m o p o l i t i s m o o u d o estão entre os principais fatores que contribuem
multilateralismo. para a pluralidade étnica.
E) o fascínio pelo socialismo bolchevique, que via E) as chamadas ações sociais afirmativas não
como modelo político para o Brasil. podem ser tomadas como exemplo do
multiculturalismo.
11 FUNCAB - Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt

www.pciconcursos.com.br