Você está na página 1de 1

História da Arte – Arte Grega

ARTES

PINTURA
Restam poucos vestígios desta arte
(afrescos)
ARTE Pode ser vista nos vasos de uso cotidiano
Inicia-se em estilo geométrico
GREGA Figuras estilizadas e bidimensionais
Técnica em negro e vermelho ou Pintura
sobre o branco (Lécitos)

Valorização do humano - Antropocentrismo


Racionalismo – Valor do conhecimento (Filosofia)
Busca da perfeição – Arte como imitação
da Natureza - Ordem (Cosmos)
Identificação entre o Bom, o justo e o Belo
Revelação mítico dos dilemas humanos

ESCULTURA ARQUITETURA
Período Arcaico Obras com finalidade de uso público (teatros,
templos e estádios);
Kouros – Jovens atletas (heróis nos jogos) Perspectiva, simetria e proporção rigorosas
representados nus
Valorização do belo, equilíbrio e exatidão nas
Koré – Jovens mulheres representadas formas;
vestidas
Presença marcante de colunas e pórticos
Rígida frontalidade e desenho simplificado da
anatomia (herança egípcia)
Ordem Dórica
 Estilo simples e geométrico
Período Clássico  Sensação de firmeza
Mimese – Tentativa de imitar a Natureza

Busca da perfeição e do corpo proporcional


Ordem Jônica
Busca pelo movimento harmonioso  Acabamento minucioso e detalhado
Contraposto – pose grega  Tramitem leveza e delicadeza (volutas)
(Elegância e equilíbrio)

Ordem Coríntia
Período Helenístico  Deriva do estilo Jônico
 Ornamento exuberante (folhas)
Variedade de temas  Estilo menos usado na Grécia
Expressão de emoções -
Dramaticidade
O edifício do Teatro Grego
Intensidade do movimento
Teatro de Arena - Construções
Composições – Interação de ao ar livre em meia lua.
dois ou mais personagens
Aproveita-se o relevo local.
Intuição do elemento invisível
Acústica privilegiada