Você está na página 1de 4

24/11/13 Estácio

Avaliação: CEL0359_A V_201001493991 » FUND. DA EDUC. DE JOVENS E A DULTOS E EDUC. POPULA R


Tipo de Avaliação: A V
Aluno: 201001493991 - EMILIA BROSIG
CLA UDIO BA STOS MERON NEVES
Profe ssor: Turm a: 9005/A E
NA IDINA LVA FERNA NDES DA SILVA DA COSTA
Nota da Prova: 7,2 Nota de Partic.: 2 Data: 12/11/2013 09:01:59

1a Questão (R e f.: 201001755484) Pontos: 0,8 / 0,8

Temos acompanhado as profundas mudanças sociais relacionadas à atual fase do Capitalismo. Dentre estas,
destacam-se as gradativas mudanças observadas no mercado de trabalho. Neste novo cenário, o
trabalho/emprego, elemento central na dinâmica do capital, vem assumindo novas características,
dentre as quais destacam-se :

A. Uma maior valorização da formação técnica, de nível médio.


E. Uma maior valorização de profissionais pouco especializados, para maior lucratividade.
B. Uma maior valorização do saber especializado.
C . Uma gradativa desvalorização da mão de obra altamente qualificada, como meio de reduzir os
salários.
D. A procura por profissionais com um alto nível de formação e capazes de exercer diferentes
atividades.

2a Questão (R e f.: 201001654991) Pontos: 0,8 / 0,8

C abe a nós, professores, fazermos com que o aluno se mostre por inteiro, não só nos seus conhecimentos
cognitivos, mas que compartilhe seus saberes e vivências diárias mantendo uma relação de respeito, a partir
das diferenças, dos problemas e dos conhecimentos próprios. Nesse contexto, Paulo Freire nos afirma
que ensinar:

é transformar os conhecimentos do senso comum, em conhecimento verdadeiro, pois a cultura da elite é


um direito de todos.
exige uma formação técnica do educador, para que este possa ensinar para além dos saberes das
vivências dos educandos, afirmando a supremacia da tecnologia e da ciência.
é um ato de transferir conhecimentos úteis à vida do educando; portanto, faz-se necessário diagnosticar
a sua realidade cognitiva, incorporando os saberes não formais.
exige respeito aos saberes dos educandos e à possibilidade de associar as disciplinas estudadas as suas
realidades concretas.
é um ato de humildade, onde o educador precisa valorizar e reconhecer como válidos todos os saberes
dos educandos e trabalhar somente com estes saberes.

3a Questão (R e f.: 201001748393) Pontos: 0,8 / 0,8

O Brasil possui, hoje, uma base jurídica que muito contribuiu para avanços na materialização da
EJA enquanto política pública no último século, embora ainda haja necessidade de avançar no
sentido de garantir o acesso e a permanencia desses alunos na escola.

3. Perpetuam-se nos anos 2000 as ações focais, que tem conseguido, porém, universalizar a Educação
de Jovens e Adultos no Brasil.
bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=215336880&p1=201001493991&p2=1130787&p3=CEL0359&p4=101554&p5=AV&p6=12/11/2013&p10=4154796 1/4
24/11/13 Estácio
de Jovens e Adultos no Brasil.
1. Segundo dados do IBGE, temos uma taxa de analfabetismo da população com 15 anos ou mais, de
menos de 5% da população.
4. No âmbito da EJA, continua predominando políticas frágeis sob o ponto de vista institucional (recursos,
alcance, povisoriedade) e aligeiradas sob o ponto de vista.
5. No contexto das reformas neoliberais da educação, percebe-se um evidente avanço do Ministério da
Educação na área da escolarização de jovens e adultos.
2. O Brasil possui, hoje, uma base jurídica que muito contribuiu para avanços na materialização da EJA
enquanto política pública do último século.

4a Questão (R e f.: 201001748374) Pontos: 0,8 / 0,8

"O sistema fordista/taylorista, ao implantar a linha de produção, e reduzir a participação do trabalhador a


procedimentos repetitivos e mecânicos, processa a separação entre o sujeito e o saber, entre o pensar e o
fazer." Este trecho, extraído de uma de nossas aulas, nos ajuda a entender as razões que levaram a criação de
uma determinada: modalidade de ensino, chamada de:

5. Ensino Técnico/Profissionalizante.
2. Ensino Médio.
6. Ensino Regular
1. Educação de Jovens e Adultos.
3. Ensino Supletivo.

5a Questão (R e f.: 201001667733) Pontos: 0,8 / 0,8

Numa escola de Educação de Jovens e Adultos, desejava-se implantar um currículo que partisse da concepção
de conhecimentos em rede e que se aproximasse da vida cotidiana. Assinale a opção coerente com essa
concepção de organização curricular.

Aprendemos que relevante no nosso fazer é o que é possível de ser medido, quantificado,
regulamentado e controlado.
A aquisição do conhecimento orienta-se pela lógica da incorporação de saberes diversos que interagem
entre si e que criam condições mais plenas de aprendizagem.
A aquisição de conhecimento deve ser buscado sozinho, o sentido e o significado da aprendizagem
escolar.
A aquisição de conhecimento se dá nos campos de saberes previamente delimitados e fechados pela
estrutura disciplinar.
O conhecimento é, na dimensão das redes, uma propriedade ou uma característica do indivíduo.

6a Questão (R e f.: 201001675999) Pontos: 0,8 / 0,8

O educador Paulo Freire investigador histórico pedagógico, contribuiu com uma educação para formar cidadãos
plenos. Rompe com a passividade no processo de aprendizagem e com a neutralidade de docentes e discentes
nas relações sociais, nas humanas e justas. Dessa forma Paulo Freire entendia a educação como: I-
Instrumento de análise crítica da realidade. II- Repasse de conteúdos sem análise crítica. III- Ferramenta para
a transformação de estruturas sociais injustas. IV- Formação de eleitores acríticos. V- Leitura de mundo. Então
a resposta correta é:

B) (F) (F) (V) (V) (F)


D) (F) (V) (F) (V) (F)
E) (V) (F) (F) (F) (F)
C ) (V) (V) (F) (F) (V)
A) (V) (F) (V) (F) (V)

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=215336880&p1=201001493991&p2=1130787&p3=CEL0359&p4=101554&p5=AV&p6=12/11/2013&p10=4154796 2/4
24/11/13 Estácio

7a Questão (R e f.: 201001666998) Pontos: 0,8 / 0,8

Nas últimas décadas a Educação de Jovens e Adultos avançou no campo teórico e metodológico e não podemos
deixar de reconhecer a importância da trajetória dos movimentos populares nesse processo principalmente
aqueles ligados às demandas da alfabetização de adultos, que ao longo do seu processo de luta e mobilização
incorporaram temas e questões para essa modalidade. Nesse ínterim, alguns conceitos do pensamento do
educador Paulo Freire se tornaram referência para o debate curricular da Educação de Jovens e Adultos no
Brasil, no que se referia aos procedimentos metodológicos.

Analise o texto e depois assinale o item que melhor corresponde aos conceitos de Paulo Freire:

Opressão, conscientização e lealdade.


Leitura de mundo, empreendedorismo e ação.
C onscientização, libertação e lealdade.
C onscientização, libertação e autonomia.
Doutrinação, leitura de mundo e conscientização.

8a Questão (R e f.: 201001667738) DESCA RTA DA

Leia as colocações abaixo e assinale a alternativa INCORRETA. A formação inicial e continuada de


profissionais para a Educação de Jovens e Adultos terá como referência as diretrizes curriculares nacionais para
o ensino fundamental e para o ensino médio e as diretrizes curriculares nacionais para a formação de
professores, apoiada em:

Desenvolvimento de práticas educativas que correlacionem teoria e prática.


Ambiente institucional com organização adequada à proposta pedagógica.
Investigação dos problemas desta modalidade de educação, buscando oferecer soluções teoricamente
fundamentadas e socialmente contextuadas.
Utilização de modalidades de educação que contemplem uma organização adequada ao desenvolvimento
de práticas de aprendizagem socialmente contextualizadas às propostas pedagógicas.
Utilização de métodos e técnicas que contemplem códigos e linguagens apropriados às situações
específicas de aprendizagem.

9a Questão (R e f.: 201001676000) Pontos: 0,0 / 0,8

A referência principal de um novo paradigma teórico e pedagógico para a EJA será a do educador
pernambucano Paulo Freire. A sua proposta de alfabetização, teoricamente sustentada em uma outra visão
socialmente compromissada inspirará os programas de alfabetização e educação popular realizados no país
nesse início dos anos 1960. O debate baseado na Educação de Jovens e Adultos teve ai o seu nascimento nos
escritos de Paulo Freire e mais especificamente a partir do momento:

D) No Movimento de C ultura Popular (MC P).


E) No Movimento de Educação do Brasil (MEB)
C ) No 2º C ongresso Nacional de Educação de Adultos.
B) Nos C entros Populares de C ultura (C PC ).
A) Na C ampanha de Pé no C hão também se Aprende a Ler.

10a Questão (R e f.: 201001667904) Pontos: 0,8 / 0,8

Apresente os pressupostos que os professores tem que considerar para garantir uma ação
libertadora na Educação de Jovens e Adultos?

Resposta: O professor deve ter uma ação socialmente compromissada, promovento a problematização e a
criticidade. Autonomia, libertação e conscientização são palavras chaves.

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=215336880&p1=201001493991&p2=1130787&p3=CEL0359&p4=101554&p5=AV&p6=12/11/2013&p10=4154796 3/4
24/11/13 Estácio

Gabarito:

C abe à educação, como ato de conhecimento, estimular as opções para que o ser humano se afirme como
homem enfrentando os desafios que a realidade coloca, buscando soluções e transformando-a com seu
trabalho, criando seu próprio mundo. Dessa forma advogando por uma educação que forme cidadãos plenos,
Freire vê a educação como "processo de conhecimento, formação política, manifestação ética" (...) "uma
educação que não sendo fazedora de tudo é um fator fundamental na reinvenção do mundo". Plenitude no
sentido de libertação, de compromisso consigo mesmo e com o social.

11a Questão (R e f.: 201001663858) Pontos: 0,8 / 0,8

Que fatores podem causar maiores dificuldades no processo de aprendizagem do adulto em


relação ao mesmo processo quando ocorre em jovens e crianças?

Resposta: Os jovens e Adultos que voltam a estudar, em sua grande maioria, estãoinseridos no mercado de
trabalho e chegam cansados à aula. Muitos professores tratam-nos como se não fossem capazes, como se não
tivessem conhecimentos prévios. C abe a nós, professores, estimulá-los a compartilhar seus saberes e vivências
diárias e conhecimentos cognitivos, mantendo uma relação de respeito, a partir das diferenças, dos problemas
e dos conhecimentos próprios. Educar exige respeito aos saberes dos educandos e à possibilidade de associar
as disciplinas estudadas as suas realidades concretas.

Gabarito: Baixa auto estima, sentimento de incapacidade, cansaço, devido uma longa jornada de trabalho,
preconceito.

Pe ríodo de não visualização da prova: de sde 04/11/2013 até 22/11/2013.

bquestoes.estacio.br/entrada.asp?p0=215336880&p1=201001493991&p2=1130787&p3=CEL0359&p4=101554&p5=AV&p6=12/11/2013&p10=4154796 4/4

Você também pode gostar