Você está na página 1de 5

Seminários Paz Para Viver

Palestra 5 - Por que as Pessoas Sofrem ?

 Muito boa noite para nossos amigos e amigas. Saudamos os novos convidados que
vieram nos brindar com sua presença nesta reunião de investigação bíblica. Já por
algumas noites temos dedicado uma parte do tempo vespertino para buscar e encontrar
as preciosas verdades que Deus colocou em Sua Palavra para nosso conhecimento.

 Por que as Pessoas Sofrem? Esta é uma pergunta que todos nós fazemos em um tempo
ou outro a partir de certa idade. De modo geral até mais ou menos aos seis anos, a
criança acredita que o mundo é lindo e perfeito; seu pai é um herói, e sua mãe é
maravilhosa. A partir dessa idade porém, a criança vai percebendo cada vez mais que
nem tudo é tão bom assim. A criança recebe injustiças, sente a dor, vê os efeitos da
morte, e nota que todas as pessoas passam por estas experiências ruins. Se eu
perguntasse ‘quem nunca sofreu, levante-se’, a pessoa precisaria ter muita coragem para
levantar-se.

 Cada ser humano, de todas as raças e nações, de todas as religiões, agnósticos, ou ateus,
percebe que algo está errado no mundo. Existe alguma coisa que torna as pessoas más,
um espírito oculto que induz a humanidade a escolher o mau comportamento e a
cometerem os mais terríveis crimes, destruindo os próprios fundamentos da família e da
sociedade. A Palavra de Deus ensina que trata-se de uma Inteligência superior à nossa,
que constantemente está combatendo as boas coisas que Deus criou e ensinou, afligindo
assim os seres humanos. As Escrituras Sagradas o chama de Diabo e Satanás.

 Certa vez um ladrão aterrorizou todo um povoado do interior, porque com freqüência
assaltava e saqueava as casas. A vizinhança se ajuntou ajudando-se mutuamente na
vigilância, dificultando a ação do bandido. Então ele mandou um de seus comparsas
espalhar o boato de que ele fora assassinado. O povo ficou aliviado com a notícia e
aboliu a guarda, voltando a viver despreocupadamente. Ao sair de suas casas deixavam
sem vigilância, facilitando assim a ação do ladrão que voltou a atacar.

 Satanás usou estratégia similar, inventando a história de que ele não existe, ou que é um
personagem de lendas, e sua figura é bizarra, de cor vermelha, com chifres e grande
garfo na mão. Muitas pessoas acreditam assim, e afirmam que realmente ele não existe.

 Há outros que dizem que ele é meio abstrato, é como uma influência desprovida de
personalidade, ou uma força misteriosa que não vemos mas sentimos os efeitos. Há
pintores que o desenham com chifre e rabo, e pintam de vermelho, retratando a crendice
do povo. Satanás gosta disso, pois, as pessoas não vão acreditar que um ser assim seja
real, e enquanto isso, ele vai fazendo sua obra funesta de desviar as pessoas de Deus e
da verdade. Essas idéias a seu respeito foram criação da fantasia e da especulação,
instigadas por ele mesmo.

1
 Porém, Satanás é um inimigo astuto e cheio de artimanhas, aplicando diferentes táticas
e tentações para enganar o maior número de pessoas que possa. Seu único propósito é
afastar cada pessoa de Deus e da verdade das Escrituras Sagradas. Ele tenta as pessoas à
incredulidade; à indiferença; a acreditar em falsas doutrinas; a dar mais atenção e
valorizar os prazeres passageiros e as vaidades do que à vida eterna com Deus; a
entregar-se ao desespero quando sofrem aflições; a negligência para com o estudo da
Palavra de Deus; a duvidar dos ensinos divinos, etc. Ele sabe que na Bíblia ele será
desmascarado pela verdade ali contida a seu respeito. A Bíblia trata desta questão
milenar com sua habitual simplicidade e exatidão.

 I Pedro5: 8 (ler o texto)


De acordo com este texto Satanás não é um personagem de lendas, ele existe e é
comparado com um leão feroz buscando destroçar e engolir a você e a mim.

O termo ‘Satanás’ é de origem hebraica e significa ‘adversário’. Este vocábulo aparece


19 vezes no Antigo Testamento e 35 no Novo Testamento. O termo ‘Diabo’ é de
origem grega e significa ‘acusador falso’, e é encontrado 54 vezes no Novo Testamento.
Há outros adjetivos e termos para identifica-lo como: “príncipe deste mundo”, “príncipe
das trevas deste século”, “potestade do ar”, “dragão”, “antiga serpente”.

 João 8: 44 (ler o texto)


As Escrituras Sagradas mostram a determinação e o propósito de Satanás que é de
confrontar Deus mentindo para as pessoas. Para que possa mentir e ser o primeiro
homicida, vemos que ele tem de ser real, ter personalidade e ser moralmente
responsável.

 Tiago 2: 19 (ler o texto)


Os demônios, cujo chefe é Satanás, temem ouvir o santo nome de Deus. Eles crêem que
Deus existe, e estremecem.

 II Corintios 11: 14 (ler o texto)


Satanás não poderia aparecer na forma de um anjo se não fosse um ser inteligente.

 II Tessalonicenses 2: 8, 9 (ler o texto).


Ele é capaz de operar milagres por meio de seres iníquos, e de realizar grandes
prodígios misteriosos fazendo o povo crer que os mesmos provêm de Deus. Portanto ele
é um ser real e poderoso. Todos nós perguntamos em algum momento da vida: De onde
veio este ser extraordinário e controvertido que é Satanás? Quem o criou?

 Lucas 10: 18 (ler o texto).


Quando esteve aqui na Terra Jesus disse que viu quando Satanás caiu do Céu.

 Apocalipse 12: 7-9, 4 pp, e 12. (ler o texto).


A habitação original de Satanás era no Céu, no centro do Universo insondável de Deus.
Porém, depois de rebelar-se abertamente contra Deus, houve guerra do Céu entre
Satanás liderando uma terça parte dos anjos que escolheram segui-lo, e Jesus liderando

2
as duas terças partes de anjos fiéis a Deus. Jesus aqui é chamado de Miguel, nome, cujo
significado é: Quem é como Deus? Satanás e os que o seguiram foram expulsos do Céu.
Ele foi expulso da morada do Eterno porque concebeu e desenvolveu o pecado e a
rebelião em seu coração. O verso 12 nos diz que ele tem sentimentos e está cheio de
grande cólera, de ira, e está consciente de que resta pouco tempo para ele.

 Alguns perguntam: ‘Por que Deus como o autor da vida foi criar Satanás?’ – Amigos,
amigas, notem que todas as coisas no Universo vieram à existência por vontade e poder
de Deus, menos Satanás. Deus criou a Lúcifer, o mais inteligente, poderoso e belo de
todos os seres criados. Lúcifer significa anjo de luz, ou “estrela da manhã”.

Ezequiel 28: 13-17 (ler o texto).


Deus criou Lúcifer, e o colocou na função de querubim cobridor. Os querubins formam
a categoria angelical mais elevada, os quais assistem diante do trono de Deus. Salmos
99: 1 (ler o texto).

Lúcifer, portanto, era o anjo principal, cheio de sabedoria, poder e beleza, mas se
transformou por sua própria vontade e determinação em Diabo e Satanás, ou seja, em
adversário e falso acusador de Deus. Ele se orgulhou e se corrompeu por causa de sua
sabedoria, formosura e desejo de mais poder.

Hoje ele tenta as pessoas com essas mesmas coisas, para que tenham orgulho de possuir
poder, posição social, e tenham vaidade pela beleza física, como também pela
sabedoria, habilidades e conhecimentos adquiridos. Os textos lidos revelam o
egocentrismo, egoísmo, auto-suficiência, e engrandecimento próprio. Quando alguém
se torna egocêntrico, pensa que tudo pode conseguir sem a ajuda de Deus, e assim
coloca-se no plano em que esteve Lúcifer quando se desviou da senda do bem.

 Isaias 14: 12-14 (ler o texto).


Lúcifer também quis ser igual a Deus. Este ser que foi coberto de grandes talentos e
honras por parte de Deus, quis fazer-se semelhante a Ele, e usurpou os atributos do
próprio Criador, o único que tem vida inerente. Ninguém tem vida por si mesmo, nem
pode conserva-la a menos que o Criador intervenha dando-a e sustentando-a.

 Alguém poderá dizer: ‘Deus é perfeito e criou a Lúcifer perfeito, como pode este
corromper-se? Por que Deus não o fez, bem como a todos os seres criados, de tal
maneira que não pudessem rebelar-se contra Ele?’

Neste caso todos os seres criados inclusive os anjos, você e eu, seríamos autômatos,
tipo robôs, sem personalidade própria, incapazes de fazer escolhas e de reconhecer a
beleza e perfeição do amor de Deus. Por esta razão, em Seu desejo de criar seres com os
quais pudesse manter um relacionamento inteligente, e que fossem capazes de
compreender Seu amor por eles, Deus dotou os anjos e os habitantes dos planetas de
livre arbítrio, isto é, conferiu-lhes o inestimável dom de avaliar, analisar e seguir o bem
ou o mal segundo quisessem escolher.

3
Vocês que são pais e mães, não gostariam que seus filhos viessem abraça-los e beija-los
movidos por uma ordem sua, ou por apertar um botão de comando. O que vocês
apreciam no afeto e amizade de seus filhos é a espontaneidade que nasce do coração
deles. Para que haja esta espontaneidade é necessário que haja a livre escolha com a
qual Deus nos criou, e que tanto promove a felicidade de todos.

 Dando a faculdade do livre arbítrio, uma porta ficou aberta para a possibilidade de
alguém fazer mau uso deste dom. Foi um risco que Deus correu. E para fazer face a este
risco, Deus preparou um plano de resgate desde os tempos eternos. Não podemos culpar
a Deus por haver criado os seres superiores do Universo com a faculdade do livre
arbítrio, quando estes o usam mal. Que razões teria tido Lúcifer para deixar sua alta
posição no Céu como querubim cobridor para transformar-se no falso acusador e
adversário de Deus? Não há razão alguma que justifique o pecado, se houvesse não
seria pecado. Rebelar-se contra Deus é incompreensível.

 Há pessoas que questionam: ‘Por que Deus não destruiu Lúcifer quando em seu orgulho
se rebelou contra Ele e se tornou Seu adversário? Assim o mal não atingiria outros’.
Esta é uma pergunta válida.

Satanás um ser inteligente, começou a espalhar entre os anjos que possuía uma maneira
melhor de governar, e que Deus era sábio e poderoso, mas governava de maneira rígida
e que ninguém conseguiria atender Suas exigências. Um terço dos anjos, fazendo uso
do seu livre arbítrio, aderiram à tese de Satanás, e dois terços dos anjos não o seguiram,
fazendo uso do seu livre arbítrio. Mas, provavelmente pensaram: ‘Que razão terá
Lúcifer para acusar Deus? Será que ele sabe de algo que nós não sabemos?’. Se
Satanás fosse destruído imediatamente por Deus, todos os seres do Universo se
relacionariam com Ele baseados no medo e não no amor e no livre arbítrio. A dúvida
permaneceria fustigando a mente de todos os seres inteligentes. Em lugar disso, Deus
permitiu que Satanás demonstrasse sua forma de governo.

 Vocês poderão pensar: ‘Eu concordo com a argumentação apresentada para que Satanás
não fosse destruído, mas porque ele foi mandado logo para a Terra?’

Ele esteve batendo nas portas de outros planetas habitados, mas sem sucesso. A Terra,
porém, estava recém criada, e habitada por somente duas pessoas. Ambos sabiam que
rebelar-se contra Deus seria morte certa para eles. Também foram avisados de tudo o
que acontecera no Céu, do perigo que havia, e o que deveriam fazer para evitar serem
enganados. No entanto Satanás se disfarçou em serpente e enganou Eva, que escolheu
rebelar-se contra Deus, e ela induziu Adão.

 Naquele momento Satanás pensou ter colocado Deus em um impasse sem solução,
porque se Deus destruísse o casal, estaria provada sua tese de que as normas divinas
eram exigentes e impossíveis de serem obedecidas; e se Deus não os destruísse, estaria
descumprindo Sua palavra e seria um Deus mentiroso, indigno de ser louvado.

4
 Satanás, seus anjos e todos do Universo estavam em grande expectativa presenciando a
cena. Agora, vejamos a beleza, a sublimidade das Escrituras, mostrando que o amor tem
recursos que só o amor conhece. Deus chegou para Adão e Eva e disse: “Vocês
pecaram, e sabem que devem morrer. Mas eu os criei para viver, eu os amo muito, por
isso Eu vou morrer no lugar de vocês. Vou correr o risco de como Deus, me transformar
em ser humano, viver na Terra, morrer, e ressuscitar, pagando o preço da sua culpa, a
fim de que vocês tenham uma segunda chance”. A experiência humana poderia ter
acabado ali no Éden, sem nenhuma esperança de vida para o ser humano. Mas Jesus
disse corajosamente: “Vou esmagar a cabeça da serpente”. Ele começou a esmagar a
cabeça da antiga serpente, e o golpe final será no dia da Sua gloriosa segunda vinda.

 Apocalipse 21: 4, 5.
Eu creio nestas Palavras fiéis e verdadeiras, elas nos dão esperança para viver! O caos
que se instalou sobre a Terra devido ao governo de Satanás é doloroso, mas é
momentâneo e passageiro. O Deus Eterno fará novas todas as coisas!

 Jesus começou a esmagar a cabeça da serpente para você quando conheceu hoje esta
história. Você e eu precisamos crer nesta história da redenção em Jesus. Não há outra!
Eu quero me beneficiar das providências que Ele tomou para que a dor e o sofrimento
terminem ao Ele retornar em glória e majestade. Eu quero estar ao Seu lado e participar
de uma eternidade feliz, quando o Universo inteiro terá descoberto que não vale a pena
a rebeldia contra Deus.

 Quanto a você meu amigo, minha amiga, deseja vir ao encontro de Jesus? Ele diz
“Vinde a mim, vós que estais cansados de sofrer e oprimidos pela dor, e eu vos
aliviarei”. Você está disposto a conhecer mais deste amorável Salvador, estudando Sua
Palavra? Levantem a mão. Oremos.

 Convido a você para que venha amanhã fazer novas investigações bíblicas a fim de
descobrirmos o que Deus fez, em Seu grandioso amor, para que você e eu pudéssemos
um dia viver sem pecado, sem dores e sofrimentos eternamente.