Você está na página 1de 118

Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

1
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

Sumário

DIREITO ADMINISTRATIVO ............................................................ 3


ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO ........................................................ 36
DIREITO PROCESSUAL CIVIL ........................................................ 40
DIREITO CONSTITUCIONAL .......................................................... 66
LÍNGUA PORTUGUESA .................................................................. 89
GABARITOS................................................................................ 117

2
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

DIREITO ADMINISTRATIVO

01. De acordo com a Lei n.º 8.666/1993, configura crime de fraude em licitação
instaurada para aquisição ou venda de bens ou mercadorias, ou contrato dela
decorrente, com prejuízo à fazenda pública,

a) reduzir preços dos bens ou mercadorias.


b) entregar uma mercadoria por outra.
c) ordenar despesa não autorizada por lei.
d) prestar garantia sem contragarantia.
e) onerar a proposta ou a execução do contrato, ainda que justificadamente.

02. A administração indireta inclui as sociedades de economia mista, cujos agentes são

a) empregados públicos regidos pela CLT e sujeitos às normas constitucionais relativas


a concurso público e à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

b) empregados públicos regidos pela CLT que não se submetem às normas


constitucionais relativas a concurso público nem à vedação de acumulação remunerada
de cargos públicos.

c) empregados públicos regidos pela CLT e sujeitos às normas constitucionais relativas


a concurso público, mas não à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

d) servidores públicos estatutários sujeitos às normas constitucionais relativas a


concurso público e à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

e) servidores públicos estatutários sujeitos às normas constitucionais relativas a


concurso público, mas não à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

03. O processo administrativo pode ser iniciado e impulsionado sem qualquer


provocação de particular. Além disso, adota formas simples, suficientes para propiciar
adequado grau de certeza, segurança e respeito aos direitos dos administrados. Esses
critérios, previstos na Lei n.º 9.784/1999, refletem observância, respectivamente, aos
princípios

a) da eficiência e da finalidade.
b) da verdade material e da segurança jurídica.
c) do interesse público e da verdade formal.
d) da finalidade e da instrumentalidade das formas.
e) da oficialidade e do informalismo procedimental.

04. Acerca do controle da administração pública, julgue os itens a seguir.

I Em nenhuma hipótese é possível a revogação, pelo Poder Judiciário, de atos praticados


pelo Poder Executivo.

II A reclamação para anulação de ato administrativo em desconformidade com súmula


vinculante é uma modalidade de controle externo da atividade administrativa.

3
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

III Nenhuma lei pode criar uma modalidade inovadora de controle externo não prevista
constitucionalmente.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

05. Para aquisição de bens e serviços comuns, isto é, aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos por edital, mediante
especificações usuais no mercado, a licitação

a) é dispensável.
b) pode ser feita na modalidade de pregão.
c) deve ser feita na modalidade de convite.
d) pode ser feita na modalidade de leilão.
e) deve ser feita na modalidade de tomada de preços.

06. Quanto à responsabilidade civil por danos causados por seus agentes a terceiros,
uma entidade da administração indireta, dotada de personalidade jurídica de direito
privado e exploradora de atividade econômica estará sujeita

a) ao regime da responsabilidade civil objetiva do Estado.


b) ao regime jurídico da responsabilidade civil privada.
c) à teoria do risco administrativo.
d) à teoria da falta do serviço
e) à teoria do risco integral.

07. De acordo com a Lei n.º 8.666/1993, configura crime de fraude em licitação
instaurada para aquisição ou venda de bens ou mercadorias, ou contrato dela
decorrente, com prejuízo à fazenda pública,

a) reduzir preços dos bens ou mercadorias.


b) entregar uma mercadoria por outra.
c) ordenar despesa não autorizada por lei.
d) prestar garantia sem contragarantia.
e) onerar a proposta ou a execução do contrato, ainda que justificadamente.

08. O processo administrativo pode ser iniciado e impulsionado sem qualquer


provocação de particular. Além disso, adota formas simples, suficientes para propiciar
adequado grau de certeza, segurança e respeito aos direitos dos administrados. Esses
critérios, previstos na Lei n.º 9.784/1999, refletem observância, respectivamente, aos
princípios

a) da eficiência e da finalidade.
b) da verdade material e da segurança jurídica.
c) do interesse público e da verdade formal.
d) da finalidade e da instrumentalidade das formas.
e) da oficialidade e do informalismo procedimental.

4
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

09. Acerca do controle da administração pública, julgue os itens a seguir.

I Em nenhuma hipótese é possível a revogação, pelo Poder Judiciário, de atos praticados


pelo Poder Executivo.

II A reclamação para anulação de ato administrativo em desconformidade com súmula


vinculante é uma modalidade de controle externo da atividade administrativa.

III Nenhuma lei pode criar uma modalidade inovadora de controle externo não prevista
constitucionalmente.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

10. A administração indireta inclui as sociedades de economia mista, cujos agentes são

a) empregados públicos regidos pela CLT e sujeitos às normas constitucionais relativas


a concurso público e à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

b) empregados públicos regidos pela CLT que não se submetem às normas


constitucionais relativas a concurso público nem à vedação de acumulação remunerada
de cargos públicos.

c) empregados públicos regidos pela CLT e sujeitos às normas constitucionais relativas


a concurso público, mas não à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

d) servidores públicos estatutários sujeitos às normas constitucionais relativas a


concurso público e à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

e) servidores públicos estatutários sujeitos às normas constitucionais relativas a


concurso público, mas não à vedação de acumulação remunerada de cargos públicos.

11. Quanto à responsabilidade civil por danos causados por seus agentes a terceiros,
uma entidade da administração indireta, dotada de personalidade jurídica de direito
privado e exploradora de atividade econômica estará sujeita

a) ao regime da responsabilidade civil objetiva do Estado.


b) ao regime jurídico da responsabilidade civil privada.
c) à teoria do risco administrativo.
d) à teoria da falta do serviço.
e) à teoria do risco integral.

12. Para aquisição de bens e serviços comuns, isto é, aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos por edital, mediante
especificações usuais no mercado, a licitação

5
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) é dispensável.
b) pode ser feita na modalidade de pregão.
c) deve ser feita na modalidade de convite.
d) pode ser feita na modalidade de leilão.
e) deve ser feita na modalidade de tomada de preços.

13. A propriedade da administração de, por meios próprios, pôr em execução suas
decisões decorre do atributo denominado

a) exigibilidade.
b) autoexecutoriedade.
c) vinculação.
d) discricionariedade.
e) E medidas preventivas.

14. O atributo ou característica do ato administrativo que assegura que o ato é


verdadeiro, mesmo que eivado de vícios ou defeitos, até que se prove o contrário,
denomina-se

a) finalidade.
b) exequibilidade.
c) autoexecutoriedade.
d) coercibilidade.
e) presunção de legitimidade.

15. Assinale a opção que apresenta a única modalidade licitatória possível para a
alienação de bens imóveis pertencentes a órgão público do Estado.

a) sistema de registro de preços


b) convite
c) tomada de preços
d) concorrência
e) leilão

16. A legislação prevê a inexigibilidade de licitação em caso de

a) coleta, processamento e comercialização de resíduos sólidos recicláveis.


b) impossibilidade jurídica de competição entre os participantes.
c) compra de peças ou componentes durante o período de garantia.
d) compra de navios, embarcações e aeronaves.
e) compra de materiais de uso pelas Forças Armadas.

17. Acerca da responsabilidade civil do Estado, assinale a opção correta.

a) É vedado ao Estado realizar pagamento administrativo de dano causado a terceiro,


devendo aguardar eventual condenação em ação judicial para proceder ao pagamento
mediante precatório.

b) O Estado não deve indenizar prejuízos oriundos de alteração de política econômico-


tributária caso não se tenha comprometido previamente por meio de planejamento
específico.

6
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) A nomeação tardia de candidatos aprovados em concurso público gera direito a


indenização caso se comprove cabalmente erro da administração pública.

d) A responsabilidade civil das pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de


serviço público é objetiva relativamente a terceiros usuários, mas subsidiária para não
usuários.

e) O inadimplemento dos encargos trabalhistas dos empregados de empresa


terceirizada não gera responsabilidade solidária do poder público, mas tão somente
subsidiária.

18. Acerca do processo administrativo disciplinar, assinale a opção correta.

a) Com base na autotutela, a administração pública pode agravar, a qualquer tempo, a


punição disciplinar já aplicada, caso não haja lei específica impondo limite temporal
para a revisão.

b) O excesso de prazo para a conclusão do processo administrativo disciplinar,


imputável ao Estado, é causa de nulidade absoluta.

c) Desde que motivada e com amparo em investigação ou sindicância, é permitida a


instauração de processo administrativo disciplinar com base em denúncia anônima.

d) Embora admissível a prova emprestada do processo penal, não pode haver


condenação disciplinar com base exclusivamente em prova emprestada

e) Por ausência de lei específica, não é obrigatória a presença de advogado em todas


as fases do processo administrativo disciplinar.

19. Nos casos de inexigibilidade de licitação, a autoridade superior de órgão público


possui uma função específica como condição para eficácia do ato de contratação direta.
Essa condição consiste em

a) ratificar o atestado de exclusividade expedido pelo órgão de registro do comércio


local, após a pesquisa de preços.

b) realizar a pesquisa de preço e publicá-la conjuntamente com a comissão de licitação.

c) aprovar e publicar o projeto básico antes do lançamento do respectivo edital.

d) ratificar e publicar os serviços considerados como de natureza singular.

e) ratificar e publicar a contratação direta na imprensa oficial, no prazo de cinco dias,


após receber a comunicação, feita dentro do prazo de três dias.

20. Com base na Lei n.º 8.666/1993, assinale a opção que indica o regime de execução
indireta de obra por meio do qual se contrata um empreendimento em sua
integralidade, incluídas todas as etapas das obras, dos serviços e das instalações
necessárias, sob inteira responsabilidade da contratada até a sua entrega ao
contratante em condições de entrada em operação, atendidos os requisitos técnicos e

7
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

legais para sua utilização em condições de segurança estrutural e operacional e com as


características adequadas às finalidades da contratação.

a) empreitada por preço global


b) empreitada integral
c) empreitada por tarefa global
d) empreitada por preço unitário
e) empreitada ampla por preço certo

21. Um órgão da administração pública lançou edital para adquirir determinado produto
de segurança eletrônica. Participaram do certame as empresas brasileiras A, B e C, as
quais ofertaram, pelo mesmo preço, produtos distintos que atendiam igualmente às
exigências do projeto básico.

A empresa A diferencia-se das demais por ter capital nacional e por importar seu
produto da China, onde o custo de produção é menor, comparado ao do Brasil.

A empresa B diferencia-se das demais por comprovar o cumprimento de reserva de


cargos prevista em lei para pessoa com deficiência ou para reabilitado da previdência
social e por atender às regras de acessibilidade previstas na legislação brasileira.

A empresa C diferencia-se das demais por produzir seu produto no Brasil e por investir
em pesquisa e no desenvolvimento de tecnologia no Brasil.

Considerando essa situação, assinale a opção que apresenta, respectivamente, a


empresa que faz jus à preferência na licitação e o critério de desempate primário que
justifica tal preferência nesse caso, conforme a Lei n.º 8.666/1993 e suas alterações.

a) empresa A — empresa brasileira de capital nacional


b) empresa A — menor custo de produção
c) empresa B — obediência à legislação de acessibilidade
d) empresa C — produto produzido no Brasil
e) empresa C — investimento no desenvolvimento de tecnologia

22. Acerca da administração direta, indireta, centralizada e descentralizada, assinale a


opção correta.

a) A descentralização consiste na repartição de competências exclusivamente entre


órgãos da administração pública.

b) O ente central da administração direta exerce, simultaneamente, a titularidade e a


execução do serviço público.

c) Diferentemente da descentralização administrativa, a descentralização política


pressupõe uma relação de subordinação entre os entes integrantes do sistema
federativo.

d) Os estados-membros são criados via descentralização administrativa e exercem


atribuições que decorrem do seu ente central.

8
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) O conceito de administração direta restringe-se ao Poder Executivo, na medida em


que este concentra a titularidade do desempenho das funções administrativas do
Estado.

23. O exercício do poder de polícia é

a) restrito aos órgãos de segurança pública discriminados na Constituição Federal de


1988.

b) condicionado a autorização judicial prévia, em qualquer hipótese.

c) insuscetível de controle judicial ou administrativo, em razão da indisponibilidade do


interesse público.

d) limitado à prática de atos concretos, não podendo se dar por meio de atos
normativos.

e) cabível tanto por meio de determinações de ordem pública quanto por


consentimentos de pedidos feitos à administração.

24. Segundo o entendimento majoritário do STJ, no caso de ação indenizatória ajuizada


contra a fazenda pública em razão da responsabilidade civil do Estado, o prazo
prescricional é

a) decenal, como previsto no Código de Processo Civil, em detrimento do prazo trienal


previsto pelas normas de direito público.

b) quinquenal, como previsto pelas normas de direito público, em detrimento do prazo


decenal contido no Código de Processo Civil.

c) trienal, como previsto pelo Código de Processo Civil, em detrimento do prazo


quinquenal contido no Código Civil.

d) quinquenal, como previsto pelas normas de direito público, em detrimento do prazo


trienal contido no Código Civil.

e) trienal, como previsto no Código Civil, em detrimento do prazo quinquenal contido


no Código de Processo Civil.

25. Com relação à distinção entre empresa pública e sociedade de economia mista,
assinale a opção correta.

a) Empresa pública é uma entidade privada criada por lei com a finalidade de realizar
um serviço público, enquanto a sociedade de economia mista é criada de forma similar
às empresas privadas, com a finalidade de exercer atividade econômica.

b) Empresa pública possui personalidade jurídica de direito público, enquanto a


sociedade de economia mista possui personalidade jurídica de direito privado.

c) Na empresa pública, o capital é exclusivo das pessoas jurídicas de direito público; na


sociedade de economia mista, o poder público detém a maioria das ações com direito a
voto, mas pode haver participação privada no capital.

9
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) Na empresa pública, as ações com direito a voto são exclusivas do ente público que
a controla; na sociedade de economia mista, o ente público controla a maior parte do
capital, mas pode não possuir a maioria das ações com direito a voto.

e) Na empresa pública, o capital social é inteiramente público; na empresa de economia


mista, o poder público detém a maioria do capital social da empresa.

26. De acordo com a Lei n.º 9.784/1999, o recurso administrativo deve ser dirigido à
autoridade

a) que tiver proferido a decisão, a qual, se não a reconsiderar, deverá encaminhá-lo à


autoridade superior.

b) que tiver proferido a decisão, a qual deve encaminhá-lo à autoridade superior sem
emitir novo juízo de valor sobre a decisão recorrida.

c) que tiver proferido a decisão, a qual deve limitar-se a decidir sobre a tempestividade
do recurso e a cumprir as formalidades legais.

d) hierarquicamente superior à que tiver proferido a decisão, sendo a indicação errônea


da autoridade motivo para o não conhecimento do recurso.

e) hierarquicamente superior à que tiver proferido a decisão, devendo ser corrigida de


ofício pelo agente público eventual indicação equivocada da autoridade julgadora.

27. De acordo com a doutrina administrativista clássica e majoritária, são atributos dos
atos administrativos

a) o sujeito, o objeto e a tipicidade.


b) a presunção de legitimidade, a imperatividade e a autoexecutoriedade.
c) a autoexecutoriedade, a tipicidade e a finalidade.
d) a imperatividade, a finalidade e a presunção de legitimidade.
e) a finalidade, o sujeito e o objeto.

28. Determinado órgão público deseja contratar uma associação de pessoas com
deficiência física para o fornecimento de mão de obra. O valor da contratação é de R$
10 milhões, preço compatível com o praticado no mercado. A associação é de
comprovada idoneidade e não tem fins lucrativos.

Nesse caso, de acordo com a Lei n.º 8.666/1993, a licitação é

a) dispensável.
b) inexigível.
c) dispensada.
d) deserta.
e) obrigatória.

29. Acerca da responsabilização de agentes públicos pela prática de ato administrativo


complexo em período eleitoral, assinale a opção correta.

10
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) O devido processo poderá tramitar regularmente, sem o chamamento de todos os


responsáveis pela prática dos atos de vontade que formaram o ato complexo.

b) Os agentes públicos dotados de autonomia não podem ser considerados


corresponsáveis pela prática de ato administrativo complexo.

c) A possibilidade de responsabilização de todos os agentes públicos responsáveis pelo


ato complexo não enseja a formação de litisconsórcio passivo necessário.

d) O devido processo deverá ser formado mediante litisconsórcio passivo facultativo.

e) Os agentes públicos dotados de autonomia para a prática das manifestações que


formaram o ato complexo podem ser corresponsáveis pela conduta vedada.

30. Nos termos do Decreto n.º 7.892/2013, a licitação para registro de preços

a) deve ser na modalidade de concorrência ou na modalidade de pregão.


b) dispensa pesquisa de mercado se o objeto for bem ou serviço comum.
c) somente pode ser realizada se houver indicação da dotação orçamentária.
d) terá ata de registro de preço, sem prazo máximo de vigência.
e) obriga a administração a contratar se houver preço registrado.

31. Autoridade administrativa de determinado ministério público de contas estadual


delegou a um de seus subordinados a decisão de recursos administrativos.

Nessa situação hipotética, conforme a Lei n.º 9.784/1999, esse ato de delegação é

a) legal, desde que publicado no Diário Oficial da União.


b) legal, desde que especifique as matérias delegadas.
c) legal, mas pode ser revogado a qualquer momento.
d) ilegal, pois tais decisões não podem ser delegadas.
e) ilegal, por ser o delegatário subordinado hierárquico.

32. A respeito de controle na administração pública, julgue os itens a seguir.

I O controle de legalidade tem foco na avaliação da conformidade dos procedimentos


administrativos com as normas e os padrões estabelecidos.

II O controle de gestão examina os resultados alcançados e os meios empregados,


exclusivamente com base em critérios de legalidade e legitimidade.

III Nos tribunais de contas brasileiros, o controle externo é exercido ex ante, de forma
predominante.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item III está certo.
c) Apenas os itens I e II estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

11
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

33. Ao contratar um serviço pela modalidade pregão, a licitação encerrou-se sem


manifestação imediata e motivada do licitante. Nessa situação, conforme a Lei n.º
10.520/2002,

a) a adjudicação é realizada pela autoridade competente, e a homologação é feita pelo


gestor do contrato.

b) a adjudicação e a homologação são realizadas pelo pregoeiro.

c) a adjudicação é realizada pelo pregoeiro e a homologação é feita pelo gestor do


contrato.

d) a adjudicação é realizada pelo pregoeiro e a homologação é feita pela autoridade


competente.

e) a adjudicação e a homologação são realizadas pela autoridade competente.

34. Por princípio, as agências reguladoras

a) são constituídas como pessoa jurídica de direito privado e, por isso, deveriam ser
classificadas como fundação.

b) são entes vinculados e podem celebrar contratos de gestão com respectivos


ministérios.

c) possuem independência e podem escolher instrumentos que incentivem a eficiência


produtiva e alocativa.

d) recebem certificação e podem celebrar termos de parceria com o poder público.

e) promovem gestão associada de serviços públicos e transferência de encargos e de


pessoal.

35. As práticas relativas às compras públicas e à contratação de serviços têm-se voltado


cada vez mais para o desenvolvimento de estratégias que possibilitem fomentar o
desenvolvimento local, bem como para dimensões de sustentabilidade. Nesse contexto,
a administração pública pode e deve organizar seus editais de licitação considerando
essa perspectiva. Com relação a esse assunto, é correto afirmar que as características
de uma licitação sustentável, além daquelas exigidas para outras licitações, incluem

a) estabelecer critérios de julgamento a partir dos princípios da eficiência e


impessoalidade.

b) apontar indicadores e metas de desempenho para determinadas compras.

c) estabelecer a possibilidade de registro de preços em seus procedimentos.

d) promover a inovação e melhoria no uso de recursos e insumos utilizados pela


administração pública.

e) permitir a escolha pelos preços mais vantajosos para a administração pública.

12
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

36. Acerca de contratação de consórcio público, julgue, nos termos da Lei n.º
11.107/2005, os itens que se seguem.

I É permitido consórcio público entre União e município sem a presença do estado em


cujo território se localize o município.

II O contrato de consórcio público deverá ser celebrado com a ratificação, mediante lei,
do protocolo de intenções, salvo no caso em que o ente da Federação, antes de
subscrever o protocolo de intenções, disciplinar por lei a sua participação no consórcio
público.

III O contrato de programa deverá continuar vigente mesmo quando extinto o consórcio
público que tenha autorizado a gestão associada de serviços públicos.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item III está certo.
c) Apenas os itens I e II estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

37. Na administração pública, o controle

a) interno de caráter gerencial é exercido sobre atos emitidos pela própria entidade.

b) interno de caráter administrativo é exercido sobre atos de uma entidade por outra
do mesmo poder.

c) externo de caráter técnico incide sobre atos de gestão de recursos públicos.

d) externo de caráter político é exercido pelos tribunais de contas, de forma exclusiva.

e) externo de caráter técnico é exercido pelo Poder Legislativo sobre decisões do Poder
Executivo.

38. Em processo licitatório realizado pela fazenda pública estadual, Rui elevou
arbitrariamente os preços das mercadorias que seriam adquiridas, sendo, por isso,
condenado à pena de detenção e multa.

Nesse contexto, a pena de multa arbitrada a Rui, de acordo com o disposto na Lei n.º
8.666/1993, será

a) dispensada, caso os índices de cálculo forem inferiores a 2% do valor do contrato


licitado.

b) descontada da garantia prestada pelo contratado.

c) revertida ao fundo penitenciário.

d) calculada em índice superior a 5% do valor do contrato celebrado com dispensa de


licitação.

13
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) estimada com base no valor da vantagem efetivamente obtida ou potencialmente


auferível por Rui.

39. A competência para o julgamento das contas do chefe do Executivo é do

a) Poder Legislativo, que deve ser precedido de parecer vinculativo emitido pelo tribunal
de contas.

b) Poder Judiciário, que deve ser precedido de parecer prévio e vinculativo do tribunal
de contas.

c) Poder Legislativo, que deve ser precedido de parecer prévio e apenas opinativo
emitido pelo tribunal de contas.

d) Poder Judiciário, que deve ser precedido de parecer prévio e apenas opinativo emitido
pelo tribunal de contas.

e) Tribunal de Contas da União (TCU), exclusivamente.

40. A respeito dos sistemas de controle da administração pública e do modelo de


controle adotado no Brasil, assinale a opção correta.

a) Em razão do sistema adotado no Brasil, o Poder Judiciário, no exercício do controle,


não pode revogar atos discricionários.

b) A existência de uma jurisdição especial administrativa formada por tribunais de


contas demonstra que o sistema de controle brasileiro admite o sistema do contencioso
administrativo.

c) Os limites do controle jurisdicional da administração pública brasileira incluem a


impossibilidade de submeter a esse controle a conveniência de uma contratação pública.

d) A obrigação do procurador-geral de justiça de prestar contas ao tribunal de contas é


uma função atípica e, por conseguinte, uma exceção ao sistema de jurisdição adotado
no Brasil.

e) O sistema de controle brasileiro não admite jurisdição una, logo as decisões dos
tribunais de contas são consideradas título executivo extrajudicial independentemente
do conhecimento do Poder Judiciário.

41. Um dos objetivos da Lei n.º 12.462/2011, que trata do regime diferenciado de
contratações públicas (RDC), é assegurar o tratamento isonômico aos licitantes e a
seleção da proposta mais vantajosa para a administração pública. Com relação ao RDC,
é correto afirmar que a contratação integrada

a) dispensa projetos executivos para a assinatura dos contratos de obras e serviços de


engenharia, que exigem urgência e rapidez na execução.

b) exige a apresentação do projeto básico, que deve ser aprovado por autoridade
competente e ficar disponível para exame dos interessados em participar do processo
licitatório.

14
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) permite a participação na licitação, de forma direta ou indireta, de pessoa física ou


jurídica que elaborou o projeto básico ou executivo correspondente.

d) poderá, em seu instrumento convocatório, dispensar a apresentação do anteprojeto


de engenharia.

e) compreende a elaboração e o desenvolvimento dos estudos de viabilidade técnica,


econômica e ambiental dos anteprojetos e dos projetos básicos e executivos.

42. Nos certames licitatórios, modalidade, regime de execução e tipo de licitação são
elementos que devem constar do preâmbulo do edital de licitação e estar perfeitamente
identificados de acordo com a Lei n.º 8.666/1993. Assinale a opção que apresenta, na
ordem em que aparecem, uma modalidade, um regime de execução e um tipo de
licitação.

a) concorrência / melhor técnica / tarefa


b) melhor técnica / empreitada por preço unitário / concurso
c) convite / empreitada integral / menor preço
d) empreitada por preço global / maior lance / tomada de preços
e) técnica e preço / leilão / empreitada por preço unitário

43. Se o orçamento estimado para a construção de uma unidade prisional federal de


segurança máxima for de R$ 1,5 milhão, então, conforme a Lei n.º 8.666/1993, nesse
caso, a licitação será

a) inexigível.
b) exigível e a modalidade é a tomada de preços.
c) exigível e a modalidade é o convite.
d) exigível e a modalidade é o pregão eletrônico.
e) exigível e a modalidade é o concurso.

44. O setor de engenharia civil de determinado órgão público solicitou a aquisição de


software de cálculo estrutural, desenvolvido por empresa que é também fornecedora e
distribuidora exclusiva do produto. Na documentação apresentada por aquele setor,
ficaram evidenciadas a singularidade da aquisição e a comprovação do fornecimento
exclusivo do produto.

Nesse caso, conforme a legislação vigente de licitação pública, a forma adequada de


adquirir o software é por meio da adoção de

a) inexigibilidade de licitação.
b) dispensa de licitação.
c) licitação pelo critério técnica e preço.
d) licitação pelo critério menor preço.
e) licitação pela modalidade pregão.

45. Em licitação de compra de cartuchos de impressão, é necessário definir a marca e


o modelo para garantir o princípio da padronização. Nesse caso, o procedimento
adequado é adotar, quanto à modalidade e ao tipo de licitação, respectivamente

a) convite; e menor preço.

15
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) concorrência; e técnica e preço.


c) pregão; e menor preço.
d) convite; e técnica e preço.
e) pregão; e técnica e preço.

46. A área de gestão de determinado órgão público solicitou a abertura de licitação para
a contratação do desenvolvimento de um sistema de gestão corporativo. Por
desconhecer esse mercado específico, a equipe de TI do órgão solicitou consultoria a
uma empresa de desenvolvimento para a elaboração da minuta do edital e do projeto
básico. Posteriormente, soube-se que a referida empresa também participou do
processo licitatório.

A respeito dessa situação hipotética, é correto afirmar que, de acordo com a Lei n.º
8.666/1993, a participação da empresa de consultoria no processo licitatório é

a) regular, pois proporcionou melhora da qualidade na documentação técnica.

b) irregular, dada a ilegalidade de ela fornecer consultoria terceirizada a órgão público.

c) regular, porque garantiu agilidade na contratação.

d) irregular, uma vez que feriu o princípio da isonomia.

e) regular, pois estimulou a inovação tecnológica.

47. Participam de determinado processo licitatório da administração pública três


empresas: W, Y e Z.

A empresa W é estrangeira, mas fabrica produtos manufaturados dentro do território


brasileiro, produtos esses que resultam de desenvolvimento e inovação tecnológica
realizados no Brasil.

A empresa Y é brasileira, produz e exporta matéria-prima para fora do Brasil e faz


reserva de cargos para pessoa com deficiência, conforme determina a legislação.

A empresa Z fabrica produtos manufaturados que atendem às normas técnicas


brasileiras e obedece às previsões legais de acessibilidade e de reserva de cargos para
pessoa reabilitada da previdência social.

A Lei de Licitações e Contratos (Lei n.º 8.666/1993) autoriza que, nessa situação, a
administração pública estabeleça margem de preferência somente para

a) as empresas W e Y.
b) as empresas Y e Z.
c) as empresas W e Z.
d) a empresa Z.
e) a empresa W.

48. Órgão da administração pública necessita adquirir os seguintes itens:

I componentes, de origem estrangeira, necessários à manutenção de equipamento


ainda dentro do período de garantia técnica;

16
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

II equipamento fornecido por representante comercial exclusivo.

O órgão pretende usufruir da garantia do equipamento a que se destina o item I e, para


isso, deve adquirir os referidos componentes junto ao fornecedor original do
equipamento.

No caso do item II, a condição de exclusividade do seu fornecedor está devidamente


atestada nos termos da legislação vigente.

A partir dessas informações, é correto afirmar que

a) tanto a aquisição do item I quanto a do item II são hipóteses de dispensa de licitação.

b) a aquisição do item I é hipótese de licitação inexigível, e a aquisição do item II é


hipótese de dispensa de licitação.

c) tanto a aquisição do item I quanto a do item II são hipóteses de licitação inexigível.

d) a aquisição do item I é hipótese de dispensa de licitação, e a aquisição do item II é


hipótese de licitação inexigível.

e) tanto a aquisição do item I quanto a do item II são hipóteses de licitação na


modalidade de concorrência.

49. Os itens a seguir apresentam definições de modalidades de licitação.

I Modalidade de licitação entre quaisquer interessados que comprovem, na fase inicial


de habilitação preliminar, possuir os requisitos mínimos de qualificação exigidos no
edital para execução de seu objeto.

II Modalidade de licitação entre interessados que atenderem a todas as condições


exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das
propostas, observada a necessária qualificação.

Os itens I e II referem-se, respectivamente, às modalidades de

a) concorrência e convite.
b) convite e pregão.
c) concorrência e tomada de preços.
d) tomada de preços e pregão.
e) tomada de preços e concorrência.

50. A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (CAERD), sociedade de economia


mista estadual, valendo-se de permissão genérica constante do ato normativo que
autorizou sua criação, instituiu uma empresa subsidiária integral com o objetivo de
desenvolver pesquisas para melhorar o abastecimento de água no estado.

Nessa situação hipotética, segundo o entendimento do STF, caso deseje alienar o


controle acionário da subsidiária integral, o estado de Rondônia

a) deverá obter autorização legislativa e proceder à licitação.

17
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) deverá obter autorização legislativa, sendo dispensável a licitação, desde que


observados os princípios da administração pública inscritos no art. 37 da Constituição
Federal de 1988.

c) não precisará obter autorização legislativa, mas será necessária a licitação na


modalidade concorrência.

d) não precisará obter autorização legislativa, podendo realizar a alienação sem


licitação, desde que se observem os princípios da administração pública inscritos no art.
37 da Constituição Federal de 1988, respeitada, sempre, a exigência de necessária
competitividade.

e) não precisará obter autorização legislativa, podendo a alienação ser realizada sem
licitação e sem qualquer condicionante.

51. Os contratos celebrados pela administração pública nem sempre são classificados
como contratos administrativos. Em alguns momentos, a administração pública atua
em relação de igualdade com o particular, quando então o contrato será de natureza
privada; outras vezes, com clara supremacia da administração pública em razão do
interesse público envolvido. Especificamente em relação aos contratos administrativos
e a seu regime jurídico, assinale a opção correta.

a) Os contratos administrativos regulam-se pelas suas cláusulas e pelos preceitos do


direito público, não lhes sendo aplicados os princípios da teoria geral dos contratos e as
disposições do direito privado.

b) A nulidade do procedimento licitatório não induz à nulidade do contrato dele


decorrente.

c) A duração dos contratos de aluguel de equipamentos e de utilização de programas


de informática poderá estender-se pelo prazo de até trinta e seis meses após o início
da vigência do contrato.

d) O regime jurídico dos contratos administrativos confere à administração, em relação


a eles, a prerrogativa de modificá-los, unilateralmente, inclusive relativamente às suas
cláusulas econômico-financeiras.

e) O contratado fica obrigado a aceitar, nas mesmas condições contratuais, os


acréscimos ou supressões que se fizerem nas obras, serviços ou compras, em até 25%
do valor inicial atualizado do contrato, e, no caso particular de reforma de edifício ou
de equipamento, até o limite de 50% para os acréscimos.

52. A respeito de consórcios públicos, assinale a opção correta.

a) Os consórcios públicos, salvo os de personalidade jurídica de direito privado, deverão


observar as normas de direito público no que se refere a licitação, celebração de
contratos, admissão de pessoal e prestação de contas.

b) Os consórcios públicos adquirem personalidade jurídica de direito privado apenas


com a entrada em vigor das leis de ratificação do protocolo de intenções.

18
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Os entes da Federação consorciados respondem solidariamente pelas obrigações do


consórcio público.

d) Os entes consorciados somente entregam recursos financeiros ao consórcio público


mediante contrato de rateio.

e) O consórcio público poderá ser contratado por ente consorciado — ou por entidade
que integre a administração indireta deste —, sendo, nesse caso, inexigível a licitação.

53. Considere as seguintes situações hipotéticas.

I João, agente de uma fundação pública de direito público, no exercício de suas funções,
causou dano a terceiro.

II Pedro, agente de sociedade de economia mista exploradora de atividade econômica,


no exercício de suas funções, causou dano a terceiro.

III Antônio, agente de empresa privada prestadora de serviços públicos, no exercício


de suas funções, causou dano a terceiro.

Assinale a opção que apresenta, na ordem em que aparecem, as formas de


responsabilidades das referidas pessoas jurídicas pelos danos causados por João, Pedro
e Antônio.

a) objetiva / objetiva / objetiva


b) objetiva / objetiva / subjetiva
c) objetiva / subjetiva / objetiva
d) subjetiva / objetiva / objetiva
e) subjetiva / subjetiva / objetiva

54. No ordenamento jurídico brasileiro, a regra geral é a realização de procedimento


licitatório. Há casos em que a própria Lei n.º 8.666/1993 dispensa a licitação; em
outros, a norma faculta ao administrador público afastar discricionariamente o certame
licitatório; por fim, há outros casos ainda em que a própria competição se mostra
inviável. Assinale a opção correspondente à hipótese de licitação dispensada pela
própria lei de regência.

a) contratação de profissional de setor artístico, por meio de empresário exclusivo,


consagrado pela crítica especializada e pela opinião pública

b) contratação da coleta, processamento e comercialização de resíduos sólidos urbanos


efetuados por associações ou cooperativas formadas exclusivamente por catadores de
materiais recicláveis

c) aquisição de obra de arte, de autenticidade certificada e compatível às finalidades do


órgão ou entidade

d) alienação gratuita de bem imóvel de uso comercial de âmbito local com área de 200
m² e inserido no âmbito de programa de regularização fundiária de interesse social
desenvolvido por órgão da administração pública

19
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) ausência de interessados à licitação anterior que, justificadamente, não possa ser


repetida sem que haja prejuízo para a administração, mantidas, neste caso, todas as
condições preestabelecidas

55. De acordo com a Lei n.º 9.784/1999 (Lei de Processo Administrativo), o prazo para
anular atos administrativos dos quais decorram efeitos favoráveis para os destinatários
decai em

a) quinze anos, contados da data em que foram praticados, em todos os casos.


b) vinte anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.
c) dez anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.
d) três anos, contados da data em que foram praticados, em todos os casos.
e) cinco anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.

56. Aplicação de multa a sociedade empresária em razão de descumprimento de


contrato administrativo celebrado por dispensa de licitação constitui manifestação do
poder

a) de polícia.
b) disciplinar.
c) hierárquico.
d) regulamentar.
e) vinculante.

57. Julgue os itens a seguir, acerca do controle da administração pública.

I O responsável pela administração de recursos de terceiros é, obrigatoriamente, o


titular da prestação de contas.

II A pessoa física estará desobrigada da prestação de contas em caso de pacto de


natureza pecuniária assumido em nome da União.

III As pessoas naturais que guardem recursos monetários colocados a sua disposição,
independentemente da personalidade, se pública ou privada, têm a responsabilidade e
o dever de prestar contas.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

58. No âmbito do controle na administração pública, o controle administrativo pode ser


corretamente entendido como

a) o preceito de accountability que os administradores públicos devem observar ao


elaborar a prestação de contas, a tempo de informar ao Poder Legislativo que a
aplicação dos recursos está em conformidade com a legislação vigente.

20
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) o preceito legal que compulsa o administrador a aplicar com eficiência e eficácia os


recursos monetários no atendimento das necessidades da população.

c) a emissão de juízo de valor proferida por agente público após fiscalizar determinado
projeto executado com recursos públicos.

d) a participação do cidadão em ato público reivindicando maior eficiência no combate


à corrupção, pois consubstancia exercício de controle social, que é uma forma de
controle incidente sobre a gestão pública.

e) a multiplicidade de controles, desde que devidamente aplicados, o que garante


efetividade na gestão pública.

59. A avocação de competência dentro de uma mesma linha hierárquica é chamada de

a) avocação vertical.
b) delegação administrativa.
c) desoneração horizontal.
d) avocação centrífuga.
e) controle ministerial.

60. Um ente, ao ter sido descentralizado, passou a deter a titularidade de uma atividade
e a executá-la de forma independente do ente que lhe deu origem, podendo até se opor
a interferências indevidas.

Nesse caso, o ente passou por uma descentralização

a) territorial.
b) geográfica.
c) por serviços.
d) política.
e) por colaboração.

61. No contexto da apreciação e do controle dos atos de concessão de aposentadoria


de servidores públicos, a posição majoritária do Supremo Tribunal Federal (STF) é a de
que a concessão de aposentadoria é um ato

a) jurídico perfeito praticado unicamente pelo tribunal de contas no ato de registro,


sendo de natureza meramente preparatória a manifestação prévia do poder público.

b) administrativo simples praticado unicamente pelo poder público e somente produz


efeitos financeiros a partir do seu registro no tribunal de contas.

c) instantâneo, de efeitos permanentes, e não depende do seu registro no órgão de


controle para se aperfeiçoar.

d) composto e só se aperfeiçoa com a sua publicação na imprensa oficial.

e) complexo e só se aperfeiçoa com o registro do ato no tribunal de contas.

21
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

62. À luz da legislação aplicável e do entendimento dos tribunais superiores, assinale a


opção correta a respeito das regras de processo administrativo e de processo
administrativo disciplinar (PAD).

a) O desligamento de servidor temporário afasta a imposição de PAD decorrente de ato


por ele cometido no exercício do cargo.

b) A instauração de PAD derivado de falta disciplinar praticada por servidor efetivo


cedido é de competência exclusiva do órgão público de origem a que estiver vinculado
o servidor.

c) A decadência administrativa se aplica mesmo na hipótese de o ato a ser anulado


afrontar diretamente a CF.

d) No caso de a matéria do processo administrativo envolver assunto de interesse geral


e ser aberta consulta pública para manifestação de terceiros, o comparecimento à
consulta conferirá a condição de interessado do processo.

e) Em processo administrativo, havendo a exigência de apresentação, por órgão


consultivo, de parecer obrigatório e vinculante, o processo não terá seguimento até a
apresentação do respectivo parecer.

63. Considerando a legislação pertinente e o entendimento do STJ, assinale a opção


correta acerca de licitações públicas.

a) Sociedade empresária em recuperação judicial não pode participar de licitação, ainda


que demonstre, na fase de habilitação, sua viabilidade econômica.

b) Em caso de parceria público-privada, é dispensável a submissão da minuta do edital


à realização de consulta pública.

c) A declaração de nulidade do contrato administrativo por ausência de prévia licitação


impossibilita, em qualquer hipótese, a administração de indenizar o contratado.

d) Segundo o entendimento do STJ, o prejuízo decorrente da dispensa indevida de


licitação não é presumido.

e) As minutas de editais de licitação devem ser previamente examinadas e aprovadas


por assessoria jurídica da administração.

64. Acerca do poder de polícia, assinale a opção correta considerando o entendimento


dos tribunais superiores e a doutrina.

a) A demolição de casa habitada determinada por força de ato de polícia administrativa


independe de prévia autorização judicial.

b) A licença para dirigir veículos automotores para a prática de atos sujeitos ao poder
de polícia do Estado não consiste em ato de polícia vinculado.

c) A liberação de veículo retido por autoridades de trânsito apenas pela prática de


transporte irregular de passageiros não está condicionada ao pagamento de multas e
despesas.

22
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) A polícia administrativa, ao contrário da judiciária, atua exclusivamente no campo


preventivo.

e) Não é admitida a delegação do exercício de poder de polícia de trânsito às guardas


municipais, exceto no que se refere a atos decorrentes de consentimento e fiscalização.

65. Assinale a opção que apresenta, na ordem em que estão, exemplos de atos
administrativos enunciativos, normativos, ordinatórios, negociais e punitivos.

a) certidões / regulamentos / ordens de serviço / autorizações / destruições de coisas


apreendidas.

b) certidões / pareceres / ordens de serviço / autorizações / destruições de coisas


apreendidas

c) pareceres / avisos / despachos / permissões / averbações

d) pareceres / instruções normativas / licenças / permissões / multas

e) pareceres / atestados / portarias / permissões / multas

66. A respeito da responsabilidade civil extracontratual do Estado, assinale a opção


correta à luz do entendimento da doutrina e dos tribunais superiores.

a) Conforme entendimento do STF, a responsabilidade civil do Estado por atos de


notários e oficiais de registro que, nessa qualidade, causarem danos a terceiros é direta,
primária e objetiva.

b) De acordo com o entendimento doutrinário predominante, o direito brasileiro acolheu


a teoria da irresponsabilidade do Estado.

c) A culpa concorrente da vítima, o fato de terceiro e a força maior são causas


excludentes do nexo de causalidade.

d) Não há responsabilidade civil do Estado por danos decorrentes de atos normativos,


mesmo quando se tratar de leis de efeitos concretos.

e) Segundo entendimento do STJ, a imprescritibilidade da pretensão de recebimento de


indenização decorrente de atos de tortura ocorridos durante o regime militar de exceção
não alcança as ações por danos materiais.

67. À luz da legislação pertinente e da jurisprudência dominante dos tribunais


superiores, assinale a opção correta a respeito do controle da administração pública.

a) O papel do TCU no controle financeiro e orçamentário, como órgão eminentemente


técnico, impede que o Poder Legislativo, exercitando o controle externo, aprecie as
contas daquele que, no particular, situa-se como órgão auxiliar.

b) É inconstitucional norma local que estabeleça a competência do TCU para realizar


exame prévio de validade de contratos firmados com o poder público.

23
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Há direito líquido e certo à prorrogação de contratos celebrados pelos tribunais de


contas com o poder público.

d) É vedado ao TCU, no exercício de suas atribuições, apreciar a constitucionalidade de


leis e de atos do poder público.

e) Cabe aos tribunais de contas julgar as contas daqueles que derem causa a perda ou
extravio mesmo que não resulte prejuízo ao erário público.

68. A respeito do controle da administração pública, assinale a opção correta.

a) Os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário manterão sistemas de controle, de


forma independente, com a finalidade de avaliar a execução dos programas de governo
e dos orçamentos da União.

b) O sistema de controle deve ser mantido pelos três poderes de forma integrada, tendo
como um dos seus principais objetivos elaborar e executar a programação financeira da
União.

c) Ao Tribunal de Contas da União (TCU) cabe apreciar a legalidade não só das


nomeações para os cargos de provimento em comissão, mas também das concessões
de aposentadorias, reformas e pensões.

d) A competência do Congresso Nacional para sustar atos normativos do Poder


Executivo que exorbitem do poder regulamentar ou dos limites de delegação legislativa
é uma hipótese de controle de legalidade.

e) Os tribunais de contas atuam de forma independente, exercendo o controle externo


e o produto dessa ação destina-se a auxiliar o Poder Legislativo em sua incumbência
constitucional.

69. Acerca dos controles interno e externo da administração pública, assinale a opção
correta.

a) Cabe ao controle interno auxiliar o Poder Legislativo no julgamento das contas


prestadas anualmente pelo presidente da República.

b) No controle interno, ao verificar se a administração tem respeitado disposições


imperativas no exercício de suas atribuições, dispensa-se a realização do controle de
mérito.

c) Os atos administrativos do Poder Executivo, do Legislativo e do Judiciário bem como


os atos de gestão de bens e valores públicos são objetos do controle externo.

d) O controle externo é efetivado por órgão pertencente à mesma estrutura do órgão


ou do poder responsável pela atividade controlada.

e) Hierarquicamente superior ao controle externo, o controle interno é único e atua


sobre toda a administração pública.

70. Para acelerar o processo de compras, o gestor de um órgão público pode priorizar
contratações que permitam a dispensa de licitação. Com relação a esse contexto,

24
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

assinale a opção correspondente a um objeto que pode ser adquirido com dispensa de
licitação.

a) acréscimo de serviço de engenharia no valor de R$ 35.000, cujo contrato inicial tenha


sido realizado na modalidade convite

b) acréscimo de compra de materiais didáticos no valor de R$ 18.500, cujo contrato


inicial tenha sido realizado com dispensa de licitação

c) serviços de restauração de pinturas artísticas em prédio público, cujos autores e


origens sejam desconhecidos

d) compra de vegetais para merenda escolar dos alunos de uma escola pública, cujo
pregão para definição do fornecedor esteja em andamento

e) acréscimo de compra de materiais de limpeza no valor de R$ 49.900, cujo contrato


inicial tenha sido realizado com dispensa de licitação nesse mesmo valor

71. No dossiê de contratação de materiais de consumo para determinado órgão público,


constatou-se uma relação de fornecedores cadastrados para os quais foi encaminhado
email que continha consulta dos preços a serem praticados em relação à contratação,
que se restringirá a um desses fornecedores.

Nesse caso, a modalidade de licitação praticada é denominada

a) concorrência.
b) convite.
c) leilão.
d) concurso.
e) tomada de preços.

72. Em determinado processo licitatório para a realização de estudo técnico com vistas
a ampliar uma malha viária estadual, o vencedor do certame foi decidido em função da
maior média ponderada que envolvia pontuações atribuídas a preço proposto e técnica
a ser utilizada, com pesos propostos pela administração e publicados em edital.

Nesse caso, foi praticada a licitação de tipo

a) menor preço.
b) preço e técnica.
c) melhor técnica.
d) melhor lance.
e) melhor oferta.

73. Determinado governador pretende que sejam criadas uma nova autarquia e uma
nova empresa pública em seu estado.

Nessa situação, serão necessárias

a) duas leis específicas: uma para a criação da autarquia e outra para a criação da
empresa pública.

25
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) uma lei específica para a criação da autarquia e outra para a autorização da


instituição da empresa pública.

c) uma lei específica para a criação da empresa pública e outra para a autorização da
instituição da autarquia.

d) autorizações legais na norma geral acerca da nova organização da administração


pública estadual, não havendo necessidade de a criação de nenhuma das entidades ser
feita por lei.

e) duas leis específicas: uma para a autorização da criação da empresa pública e outra
para a autorização da criação da autarquia.

74. No que se refere ao instituto da delegação no processo administrativo, assinale a


opção correta.

a) A delegação é medida excepcional que somente pode ser realizada por meio de
autorização legal específica para cada ato.

b) A delegação deve observar prazo determinado, não podendo ser revogada pela
autoridade delegante antes do fim desse prazo.

c) É necessária uma relação de hierarquia e subordinação entre a autoridade delegante


e a autoridade delegada.

d) É permitida a inclusão, no ato de delegação, de ressalva de exercício da atribuição


delegada.

e) Observadas as regras de competência, inexistem matérias que não possam ser


objeto de delegação.

75. Acerca dos atos administrativos, assinale a opção correta.

a) São atos administrativos somente os atos produzidos pelos poderes do Estado.

b) Licença é ato administrativo discricionário, na medida em que ao poder público


compete a análise do preenchimento dos requisitos legais exigidos para o exercício de
determinada atividade.

c) A imperatividade caracteriza-se pela permissão para a imposição de obrigações a


terceiros, ainda que estas venham a contrariar interesses privados.

d) Em virtude da inafastabilidade do interesse público, os atos administrativos devem


possuir destinatários gerais e indeterminados, sendo vedada a edição de atos com
destinatários individualizados, ainda que coletivos.

e) São atos administrativos simples somente os atos praticados por agente público de
forma isolada.

76. Constitui espécie de controle da administração pública prevista na organização


administrativa brasileira

26
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) o julgamento das contas do presidente da República pelo Tribunal de Contas da


União.

b) o poder de autotutela, que, observados os requisitos legais, permite à administração


rever de ofício um ato ilegal, ainda que o respectivo recurso administrativo interposto
não seja conhecido.

c) a competência das comissões parlamentares de inquérito para investigar e aplicar


sanções judiciais nos casos sob a sua análise.

d) o controle das entidades da administração indireta pelos órgãos da administração


direta aos quais elas se subordinam.

e) a revogação judicial de atos administrativos submetidos à apreciação da


administração pública, com base em critérios de conveniência e oportunidade.

77. Acerca dos órgãos públicos e dos institutos da centralização e da descentralização


administrativa, assinale a opção correta.

a) Os entes criados por descentralização permanecem hierarquicamente subordinados


aos órgãos dos quais foram descentralizados.

b) A administração centralizada atua por meio de órgãos públicos, que são unidades
dotadas de personalidade jurídica e que expressam a vontade do Estado.

c) A descentralização administrativa caracteriza-se pela retirada de atribuições da


esfera do interesse público e sua transferência para o domínio privado.

d) A criação e a extinção de órgãos públicos devem observar a exigência de lei ou


decreto específico.

e) A descentralização política ocorre quando o ente descentralizado exerce atribuições


próprias que não decorrem do ente central.

78. Com base na Lei de Licitações e Contratos (Lei n.º 8.666/1993), assinale a opção
que indica a modalidade de licitação utilizada para a venda de bens móveis inservíveis
para a administração a quem oferecer o maior lance, igual ou superior ao valor da
avaliação.

a) leilão
b) tomada de preços
c) convite
d) concorrência
e) concurso

79. A permissão para que o poder público interfira na órbita do interesse privado para
salvaguardar o interesse público, restringindo-se direitos individuais, fundamenta-se no

a) poder hierárquico.
b) poder regulamentar.
c) poder de polícia.
d) poder disciplinar.

27
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) abuso de poder.

80. De acordo com as disposições normativas acerca do pregão, julgue os itens a seguir.

I Na fase preparatória do pregão, a autoridade competente justificará a necessidade de


contratação, definirá o objeto do certame, as exigências de habilitação, os critérios de
aceitação das propostas, as sanções por inadimplemento e as cláusulas do contrato.

II Após a convocação dos interessados para participação da licitação, estes terão cinco
dias úteis para apresentar as propostas, contados da publicação do aviso em Diário
Oficial.

III Poderá ser adotada a licitação na modalidade de pregão para aquisição de serviços
comuns cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos
pelo edital por meio de especificações usuais no mercado.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

81. A revogação de licitação

a) é o desfazimento dos efeitos de uma licitação, por razão de interesse público que
decorra de fato superveniente.

b) pode ser realizada em qualquer fase e a qualquer tempo, antes da assinatura do


contrato e por se basear em ilegalidade no seu procedimento, desde que a
administração ou o judiciário verifique e indique a infringência à lei ou ao edital.

c) refere-se a procedimento licitatório ocasionado por motivo de ilegalidade que gera


obrigação de indenizar a fazenda nacional.

d) é um ato licitatório que exonera a administração pública do dever de indenizar o


contratado por prejuízos regularmente comprovados e, especialmente, pelo que ele
houver executado até a data em que a revogação for declarada.

e) pode ser aplicada durante a execução do contrato, após devidamente comprovado o


motivo da ilegalidade verificada e indicada pela administração pública ou pelo Poder
Judiciário.

82. A respeito do sistema de registro de preços (SRP), assinale a opção correta.

a) O SRP não poderá ser adotado quando, pelas características do bem ou serviço,
houver necessidade de contratações frequentes.

b) Nos casos em que não for possível definir previamente, pela natureza do objeto, o
quantitativo a ser demandado pela administração pública, o SRP não poderá ser
adotado.

28
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) O SRP poderá ser adotado caso seja conveniente a aquisição de bens com previsão
de entregas parceladas ou a contratação de serviços remunerados por unidade de
medida ou em regime de tarefa.

d) Os preços registrados deverão ser publicados, uma única vez, na imprensa oficial,
para orientação da administração pública.

e) A existência de preços registrados obriga a administração pública a firmar as


contratações que deles poderão surgir, não lhe sendo facultada a utilização de outros
meios.

83. Em uma licitação, o ato de adjudicação

a) ocorre quando a autoridade gestora verifica se o processo licitatório ocorreu de


acordo com a lei e com o edital.

b) consiste em verificar se o produto oferecido pelos licitantes está de acordo com o


que é indicado no edital, momento em que é gerada uma classificação com as melhores
condições em primeiro lugar.

c) consiste na entrega do objeto da licitação ao vencedor do certame.

d) consiste na validação das condições fiscais, econômicas, técnicas e trabalhistas dos


licitantes.

e) ocorre quando a área jurídica da organização autoriza a publicação do edital


licitatório.

84. Conforme a Lei n.º 8.666/1993, em licitações para a execução de obras e para a
prestação de serviços de engenharia, deve-se obedecer à seguinte sequência:

a) especificação técnica, edital e pregão.


b) projeto básico, projeto executivo e execução das obras e dos serviços.
c) termo de referência, instrução e contratação.
d) termo de solicitação de contratação, contratação e autorização de fornecimento.
e) instrução, análise jurídica e contratação.

85. Uma licitação deverá ser processada e julgada em estrita conformidade com
princípios básicos previstos na Lei n.º 8.666/1993 (Lei de Licitações e Contratos), entre
eles o princípio da probidade administrativa, que significa

a) impossibilidade de o gestor incluir cláusulas que restrinjam ou frustrem o caráter


competitivo favorecendo uns em detrimento de outros e que acabem por beneficiar,
mesmo que involuntariamente, determinado participante.

b) obrigatoriedade de o gestor vedar a pessoalização das realizações da administração


pública.

c) obrigatoriedade de a atuação do gestor público e a realização da licitação serem


processadas na forma da lei e das normas administrativas.

29
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) imposição ao agente público de um modo de atuar que produza resultados favoráveis


à concepção dos fins que cabem ao Estado alcançar.

e) procedimento de retidão e honestidade dos funcionários que integram ou realizam a


gestão de repartições públicas, sem objetivo de auferir qualquer tipo de vantagem
indevida.

86. As obras, serviços, inclusive de publicidade, compras, alienações, concessões,


permissões e locações da administração pública, quando contratadas com terceiros,
serão necessariamente precedidas de licitação, todavia a lei de licitações estabelece
situações de contratação direta. Para estas situações, as possibilidades são:

a) licitação dispensada, licitação dispensável e inexigibilidade de licitação.


b) convite e concurso.
c) licitação direta, licitação dispensável e autorização de fornecimento.
d) contratação direta e concurso.
e) concurso e doação.

87. Assinale a opção que indica a modalidade de licitação entre interessados


devidamente cadastrados ou que atendam a todas as condições exigidas para
cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas,
observada a necessária qualificação.

a) concorrência
b) convite
c) concurso
d) tomada de preço
e) leilão

88. Item fundamental em proposta de licitação de obra pública, as especificações


técnicas incluem

a) a curva ABC dos serviços e insumos.


b) generalidades como classificação dos serviços e regime de execução da obra.
c) o detalhamento da composição de custos unitários.
d) os catálogos de fornecedores e de fabricantes.
e) a memória de cálculo do levantamento de quantidade.

89. Conforme a Lei n.º 8.666/1993, que institui normas para licitações e contratos da
administração pública, é caso de inexigibilidade de licitação a

a) intervenção da União no domínio econômico para regular preços ou normalizar o


abastecimento.

b) contratação de serviços de treinamento de pessoal com profissionais de notória


especialização.

c) execução de obras e serviços complexos de engenharia, de qualquer valor.

d) grave perturbação da ordem ou o estado de guerra.

e) contratação de serviços de publicidade e divulgação.

30
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

90. Conforme a Lei n.º 8.666/1993, a modalidade de licitação entre interessados


devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições exigidas para
cadastramento até o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas,
observada a necessária qualificação, é

a) a concorrência.
b) a tomada de preços.
c) o convite.
d) o leilão.
e) o pregão.

91. Durante o processo licitatório de uma obra regida pela legislação que dispõe sobre
o regime diferenciado de contratações públicas (RDC), foram adotados o modo de
disputa aberto e o critério de julgamento de menor preço.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta, referente a


procedimento a ser adotado após o julgamento das propostas.

a) O licitante vencedor deverá reelaborar e apresentar as suas planilhas de custos


ajustadas ao lance vencedor.

b) A comissão de licitação deverá analisar a conformidade de todas as propostas


apresentadas por todos os licitantes.

c) A comissão de licitação deverá reabrir a fase de lances da licitação ao final do


julgamento, sempre que considerar pertinente.

d) O licitante deverá apresentar novos atestados, além dos solicitados no edital, para
confirmar a sua capacidade técnica.

e) O licitante deverá elaborar planilha que indique o desconto proposto linearmente


sobre os preços de todos os itens do orçamento.

92. Um dos pilares de um viaduto foi danificado por explosivos utilizados em ação
criminosa. Em razão do risco iminente de queda dessa edificação, a administração
pública atestou a necessidade de escorar a estrutura. Porém, por não haver
equipamentos e pessoal disponível para executar o serviço diretamente, o gestor
público responsável pretende contratar uma empresa privada para realizar o serviço.

Nessa situação hipotética, a administração pública deverá

a) isolar a área do viaduto e instaurar processo licitatório para realizar a contratação do


serviço de escoramento.

b) contratar o serviço de escoramento de maneira direta, por ser hipótese de


inexigibilidade de licitação.

c) comprar equipamentos para realizar o serviço de escoramento de maneira direta, por


ser hipótese de dispensa de licitação, e contratar mão de obra temporária para a
execução do serviço.

31
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) contratar o serviço de escoramento de maneira direta, por ser hipótese de dispensa


de licitação.

e) contratar de maneira direta o serviço de escoramento conjuntamente com o de


restauração do pilar, por ser hipótese de inexigibilidade de licitação.

93. Um órgão da administração pública federal gerencia uma ata de registro de preços
de fornecimento de peças de reposição de equipamentos. Outro órgão, do governo
estadual, precisa adquirir as mesmas peças constantes da referida ata.

Nesse caso, o órgão do governo estadual

a) não poderá aderir à referida ata por ser órgão externo da administração pública
estadual.

b) poderá utilizar a referida ata, independentemente de justificar a vantagem e de ter


a anuência do órgão gerenciador.

c) poderá utilizar a referida ata, independentemente de anuência do órgão gerenciador,


desde que justificada a vantagem.

d) não poderá aderir à referida ata, haja vista vedação legalmente expressa para tal.

e) poderá utilizar a referida ata, desde que justificada a vantagem e concedida a


anuência do órgão gerenciador.

94. A administração pública adotou a modalidade licitatória pregão para contratar uma
empresa para realizar a troca do piso de uma sala de órgão público.

Nesse caso, a escolha da referida modalidade licitatória foi

a) errada, pois o pregão é permitido apenas para contratar serviços de engenharia que
sejam de natureza estritamente intelectual.

b) errada, pois o pregão é vedado para qualquer tipo de obra ou serviço de engenharia.

c) correta, pois a troca de piso de uma sala é considerada um serviço de engenharia


comum.

d) errada, pois a troca de piso de uma sala é uma complexa obra de engenharia.

e) correta, pois a troca do piso de uma sala é apenas um serviço de fornecimento de


material comum.

95. A administração de uma empresa pública, durante a execução de uma obra


contratada conforme as disposições da Lei n.º 13.303/2016, verificou a necessidade de
acrescentar serviços e, consequentemente, propôs aumentar o valor do contrato em
20% do inicialmente pactuado. A contratada não concordou com o aditivo contratual,
alegando que os valores apresentados eram demasiadamente baixos para suportar os
acréscimos de serviços necessários.

Com relação a essa situação hipotética, é correto afirmar que

32
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) a contratada tem o direito de recusar o aditivo contratual, porque inexiste obrigação


legal para o aceite.

b) a contratada é obrigada a aceitar o aditivo contratual, porque os acréscimos de


valores propostos estão dentro dos limites legais.

c) a contratante não pode propor o aditivo contratual, porque este supera o limite de
acréscimo de valores permitido por lei.

d) a contratada é obrigada a aceitar o aditivo contratual, desde que a contratante


concorde em rever os valores iniciais pactuados.

e) a contratante não pode propor o aditivo contratual, porque a lei veda alterações
relativas a acréscimos ou supressões de valores.

96. Acerca das entidades paraestatais e do terceiro setor, assinale a opção correta.

a) Os serviços sociais autônomos são criados por meio de decreto.

b) As organizações da sociedade civil de interesse público (OSCIP) que firmem termo


de parceria com a União devem contratar mediante processo licitatório.

c) A outorga de qualificação como organização social é vinculada, desde que sejam


atendidos os requisitos legais.

d) Os serviços sociais autônomos executam essencialmente serviços públicos.

e) Os serviços sociais autônomos são custeados pelas contribuições de seus associados,


incidindo impostos sobre esses serviços.

97. No Brasil, as agências reguladoras desenvolvem, entre outras, a atividade de impor


limitações administrativas previstas em lei, além de fiscalizar e, se necessário,
repreender atividades que sejam consideradas incompatíveis com o bem-estar social.
Tais atribuições das agências reguladoras são exemplos de

a) fomento a atividades privadas.


b) uso do poder de polícia.
c) fiscalização de atividades econômicas.
d) normatização para exercício de atividade.
e) concessão de serviços públicos.

98. Com relação a licitações, julgue os seguintes itens.

I Subordinam-se ao regime da Lei n.º 8.666/1993, além dos órgãos da administração


direta e indireta, os fundos especiais, os cartórios notariais e de registro e as demais
entidades controladas direta ou indiretamente pela União, pelos estados, pelo Distrito
Federal e pelos municípios.

II Os contratos administrativos relativos a direitos reais sobre imóveis são formalizados


por meio de instrumento lavrado em cartório de notas.

33
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

III Os bens imóveis da administração pública poderão ser alienados por ato da
autoridade competente mediante adoção de procedimento licitatório sob a modalidade
de concorrência ou pregão eletrônico.

IV Qualquer cidadão é parte legítima para impugnar edital de licitação por irregularidade
na aplicação da Lei n.º 8.666/1993, devendo protocolar o pedido até cinco dias úteis
antes da data prevista para a abertura dos envelopes de habilitação.

Estão certos apenas os itens

a) I e II.
b) I e III.
c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

99. Conforme dispõe a lei que rege o processo administrativo no âmbito da


administração pública federal, na hipótese de interposição de recurso administrativo
junto a órgão incompetente, deverá ser

a) não conhecido o recurso, e o processo deverá ser julgado extinto imediatamente,


com resolução de mérito.

b) declarado totalmente improcedente o recurso.

c) não conhecido o recurso, e o processo deverá ser julgado extinto imediatamente,


sem resolução de mérito.

d) indicada ao recorrente a autoridade competente, sendo-lhe devolvido o prazo


recursal.

e) indicada ao recorrente a autoridade competente, sendo-lhe concedido prazo de cinco


dias úteis para retificação do endereçamento.

100. A respeito de organizações sociais, assinale a opção correta considerando o


entendimento do STF em sede de controle concentrado.

a) É inconstitucional a previsão legal de cessão de servidor público a organização social:


essa hipótese configura desvio de função.

b) O contrato de gestão não configura hipótese de convênio, uma vez que prevê negócio
jurídico de natureza comutativa e se submete ao mesmo regime jurídico dos contratos
administrativos.

c) As organizações sociais, por integrarem o terceiro setor, integram a administração


pública, razão pela qual devem submeter-se, em suas contratações com terceiros, ao
dever de licitar.

d) O indeferimento do requerimento de qualificação da organização social deve ser


pautado pela publicidade, transparência e motivação, mas não precisa observar critérios
objetivos, devendo ser respeitada a ampla margem de discricionariedade do Poder
Público.

34
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) A qualificação da entidade como organização social configura hipótese de simples


credenciamento, o qual não exige licitação em razão da ausência de competição.

35
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

01. A respeito de ética, moral, princípios e valores, julgue os itens a seguir.

I A ética tem como objeto uma reflexão crítica da dimensão moral do comportamento
social e busca o fundamento do valor que o norteia.

II A moral é atemporal e universal e, por isso, independe de valores locais de


determinada sociedade.

III Os princípios éticos são normas que determinam o comportamento social em função
de valores com dimensões existentes no indivíduo, no grupo ou na classe social, no
povo ou na própria humanidade.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

02. Todas as posturas éticas, sejam quais forem suas orientações, suas premissas, seus
engajamentos e suas preocupações, sempre elegem “o melhor” como a finalidade do
comportamento humano e para o direcionamento da ação humana.

Considerando o fragmento de texto apresentado como referência inicial, é correto


afirmar que a ética e a moral

a) subordinam a validade da lei na busca do que é ‘o melhor’.

b) exteriorizam as melhores normas de conduta dos seres humanos que convivem em


sociedade.

c) são normas jurídicas ideais à evolução da sociedade.

d) têm por atributo serem cogentes e heterônomas.

e) são subordinadas entre si, com prevalência da moral sobre a ética, de modo que o
que for moralmente aceitável será ético.

03. A ética dos direitos humanos extrapola o pensamento binário do “isto é certo” e
“aquilo é errado”, criando espaço para que o agente público tenha liberdade para formar
seu juízo de valor. Partindo da premissa da moral inclusiva, é correto afirmar que o
agente público

a) deverá zelar pelo princípio da lealdade para com seus pares, ainda que conivente
com alguma falta à lei.

36
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) poderá mentir, contrariamente aos interesses da pessoa interessada, em favor da


administração pública, porque isso demonstra zelo pelo interesse público.

c) deverá zelar pelo decoro, pela sociabilidade e pela saúde no local de trabalho, à luz
do espírito de solidariedade.

d) poderá desrespeitar o público, caso venha a ser desrespeitado, em nome do princípio


da reciprocidade.

e) poderá se eximir de atender ao público, caso essa atividade não esteja entre as
atribuições de seu cargo.

04. O exercício da cidadania como ferramenta para a convivência social tem sido um
desafio ético-racial. Nesse sentido e à luz dos valores éticos da igualdade, da
solidariedade e da dignidade humana, assinale a opção correta.

a) A população negra tem direito a participar de atividades educacionais, culturais,


esportivas e de lazer adequadas a seus interesses e a suas condições, de modo a
contribuir para o patrimônio cultural de sua comunidade e da sociedade brasileira.

b) O livre exercício dos cultos religiosos de matriz africana será assegurado, desde que
conforme a conveniência dos proprietários circunvizinhos.

c) O ensino da capoeira nas instituições públicas e privadas é de caráter obrigatório,


por se tratar de ferramenta de cidadania inclusiva.

d) O poder público não poderá incentivar a celebração das datas comemorativas


relacionadas à trajetória do samba e de outras manifestações culturais de matriz
africana, diante do princípio do Estado laico

e) O poder público, com o objetivo de dar efetividade ao Estatuto da Igualdade Racial,


poderá promover ações afirmativas com base na meritocracia decorrente dos melhores
resultados nos testes escolares.

05. Assinale a opção que indica fator que favorece a incidência de corrupção.

a) participação cidadã na política


b) falta de transparência
c) graus elevados de liberdade de imprensa
d) processos coletivos de tomada de decisão
e) existência de órgãos de controle interno e externo

06. Servidor público que, no exercício do cargo, tratar mal um contribuinte, sob o ponto
de vista das regras atinentes à ética no serviço público, praticará

a) ato ilegal.
b) ato injusto.
c) ato gerador de dano moral.
d) conduta de má-fé.
e) conduta atentatória à cidadania.

37
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

07. Os conceitos de ética e moral estão relacionados a noções de certo e errado, bem
e mal. Embora, às vezes, os conceitos sejam usados de forma intercambiável,
representam preceitos filosóficos diferentes, porque a ética
a) consiste em princípios gerais definidos pelo grupo

b) é governada por normas sociais e culturais.

c) é regida por normas legais ou profissionais aplicadas aos indivíduos.

d) tende a variar de uma sociedade para outra e depende de fatores como religião e
cultura.

e) é estruturada pelo grupo, não deixando margem de escolha individual.

08. Considerando-se que o exercício da cidadania deve basear-se na adoção da conduta


que de melhor forma promova o bem comum, estará exercitando sua cidadania a
pessoa que

a) conduzir seu carro na cidade, por motivos familiares, nos dias em que, em razão de
rodízio, estiver proibida de fazê-lo.

b) lavar as calçadas da vizinhança, utilizando água encanada, durante período de


racionamento.

c) cuidar, habitualmente, da conservação da área de lazer e esportes de seu bairro,


bem como de parques e jardins públicos.

d) votar em candidato que prometa realizar, em troca do voto, reparos no asfalto da


rua onde ela reside.

09. Julgue os itens a seguir, de acordo com os conceitos de ética e moral.

I- A moral é um sistema de normas, princípios e valores que regulam as relações entre


o indivíduo e a sociedade.

II- O termo moral vem do latim, e o termo ética do grego.

III- A moral é a ciência que tem a ética como objeto.

Assinale a opção correta.

a) Apenas os itens I e II estão certos.


b) Apenas os itens I e III estão certos.
c) Apenas os itens II e III estão certos.
d) Todos os itens estão certos.

10. Quando a distribuição de bens por determinado agente público resulta em benefícios
aos desfavorecidos, é correto afirmar que os princípios e valores que regem a conduta
desse agente se baseiam em uma abordagem

a) com ênfase na garantia de oportunidades a todos.

38
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) convencional da ética e do direito público.


c) utilitária da ética e da justiça social.
d) moralista dos direitos dos cidadãos.
e) individualista da ética.

39
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

DIREITO PROCESSUAL CIVIL


01. De acordo com o estabelecido no CPC, o pronunciamento do magistrado que na
justiça comum, em primeiro grau, revoga deferimento de gratuidade de justiça será

a) irrecorrível.

b) recorrível por agravo de instrumento em qualquer hipótese.

c) recorrível por apelação em qualquer hipótese.

d) recorrível, em regra, por agravo de instrumento, ressalvada a interposição de


apelação quando a questão for resolvida na sentença.

e) recorrível por agravo interno somente se a decisão for prolatada em audiência.

02. Ao tratar dos deveres das partes e dos procuradores, o CPC expressamente
estabelece que, sem prejuízo de outras sanções criminais, civis e processuais, constitui
ato atentatório à dignidade da justiça, passível de aplicação ao responsável multa de
até vinte por cento do valor da causa,

a) a inovação ilegal no estado de fato de bem litigioso realizada pelo executado.

b) a interposição de apelação com intuito protelatório.

c) o ajuizamento de petição inicial para reconhecimento de direito manifestamente


prescrito.

d) o oferecimento de contestação com tese jurídica contrária ao enunciado de súmula


vinculante.

e) a utilização abusiva de incidente de desconsideração de personalidade jurídica.

03. Segundo regramento estabelecido no CPC, o desmembramento do litisconsórcio


multitudinário em razão do número excessivo de litigantes

a) ocorre na fase de conhecimento, na liquidação de sentença ou na execução, desde


que o litisconsórcio seja facultativo.

b) é permitido somente antes da citação do réu, seja o litisconsórcio facultativo ou


necessário.

c) é vedado em sede de execução, seja ela decorrente de título judicial ou extrajudicial.

d) depende da concordância de todas partes do processo, se o litisconsórcio for


necessário e unitário.

e) não pode ocorrer antes da liquidação de sentença, se o litisconsórcio for ativo e


facultativo.

40
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

04. Maria deseja ajuizar ação indenizatória com pedidos cumulados de dano material e
dano moral contra a empresa aérea Y, em razão de cancelamento indevido de viagem
ao exterior.

Nessa hipótese, de acordo com o CPC, o valor da causa será

a) o valor do dano material apenas, porque o dano moral deverá ser requerido de forma
genérica.

b) o fixado pelo magistrado segundo seu prudente arbítrio.

c) o indicado pelo autor, segundo critérios de equidade e proporcionalidade.

d) o total decorrente da soma do valor pedido a título de dano moral e de dano material

e) o valor do maior dos pedidos realizado pela parte autora.

05. Determinado indivíduo, réu em processo que tramita no primeiro grau de juizado
especial cível, deseja impetrar mandado de segurança contra decisão interlocutória
teratológica prolatada pelo magistrado.

Considerando-se essa situação hipotética e o entendimento sumulado do STJ, o


mandado de segurança deve ser processado e examinado

a) pelo próprio órgão judicial prolator da decisão.


b) por vara cível da justiça comum.
c) por turma recursal.
d) pelo tribunal de justiça.
e) pelo STJ.

06. A respeito de provas previstas no Código de Processo Civil (CPC), julgue os itens a
seguir.

I A prova escrita é imprescindível para a comprovação de vício do consentimento em


contrato realizado entre particulares.

II A ata notarial é meio de prova idôneo para comprovar fatos que o tabelião declarar
que foram constatados em sua presença.

III Quando a parte invocar direito de natureza estadual ou municipal, o magistrado


somente poderá examinar a questão se houver provas nos autos que demonstre a
existência da regra jurídica invocada.

IV Cabe ao advogado da parte intimar a testemunha que arrolou por carta com aviso
de recebimento, devendo juntar aos autos, no prazo legal, cópia da correspondência de
intimação e do aviso de recebimento, sob pena de se considerar desistência da
inquirição o não comparecimento da testemunha.

Estão certos apenas os itens

a) I e II.
b) I e III.

41
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

07. Determinado indivíduo, réu em processo que tramita no primeiro grau de juizado
especial cível, deseja impetrar mandado de segurança contra decisão interlocutória
teratológica prolatada pelo magistrado.

Considerando-se essa situação hipotética e o entendimento sumulado do STJ, o


mandado de segurança deve ser processado e examinado

a) pelo próprio órgão judicial prolator da decisão.


b) B por vara cível da justiça comum.
c) por turma recursal.
d) pelo tribunal de justiça
e) pelo STJ.

08. De acordo com o estabelecido no CPC, o pronunciamento do magistrado que na


justiça comum, em primeiro grau, revoga deferimento de gratuidade de justiça será

a) irrecorrível.

b) recorrível por agravo de instrumento em qualquer hipótese.

c) recorrível por apelação em qualquer hipótese.

d) recorrível, em regra, por agravo de instrumento, ressalvada a interposição de


apelação quando a questão for resolvida na sentença.

e) recorrível por agravo interno somente se a decisão for prolatada em audiência.

09. Segundo regramento estabelecido no CPC, o desmembramento do litisconsórcio


multitudinário em razão do número excessivo de litigantes

a) ocorre na fase de conhecimento, na liquidação de sentença ou na execução, desde


que o litisconsórcio seja facultativo.

b) é permitido somente antes da citação do réu, seja o litisconsórcio facultativo ou


necessário.

c) é vedado em sede de execução, seja ela decorrente de título judicial ou extrajudicial.

d) depende da concordância de todas partes do processo, se o litisconsórcio for


necessário e unitário.

e) não pode ocorrer antes da liquidação de sentença, se o litisconsórcio for ativo e


facultativo.

10. Maria deseja ajuizar ação indenizatória com pedidos cumulados de dano material e
dano moral contra a empresa aérea Y, em razão de cancelamento indevido de viagem
ao exterior.

42
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

Nessa hipótese, de acordo com o CPC, o valor da causa será

a) o valor do dano material apenas, porque o dano moral deverá ser requerido de forma
genérica.

b) o fixado pelo magistrado segundo seu prudente arbítrio.

c) o indicado pelo autor, segundo critérios de equidade e proporcionalidade.

d) o total decorrente da soma do valor pedido a título de dano moral e de dano material.

e) o valor do maior dos pedidos realizado pela parte autora.

11. Ao tratar dos deveres das partes e dos procuradores, o CPC expressamente
estabelece que, sem prejuízo de outras sanções criminais, civis e processuais, constitui
ato atentatório à dignidade da justiça, passível de aplicação ao responsável multa de
até vinte por cento do valor da causa,

a) a inovação ilegal no estado de fato de bem litigioso realizada pelo executado.

b) a interposição de apelação com intuito protelatório.

c) o ajuizamento de petição inicial para reconhecimento de direito manifestamente


prescrito.

d) o oferecimento de contestação com tese jurídica contrária ao enunciado de súmula


vinculante.

e) a utilização abusiva de incidente de desconsideração de personalidade jurídica.

12. A respeito de provas previstas no Código de Processo Civil (CPC), julgue os itens a
seguir.

I A prova escrita é imprescindível para a comprovação de vício do consentimento em


contrato realizado entre particulares.

II A ata notarial é meio de prova idôneo para comprovar fatos que o tabelião declarar
que foram constatados em sua presença.

III Quando a parte invocar direito de natureza estadual ou municipal, o magistrado


somente poderá examinar a questão se houver provas nos autos que demonstre a
existência da regra jurídica invocada.

IV Cabe ao advogado da parte intimar a testemunha que arrolou por carta com aviso
de recebimento, devendo juntar aos autos, no prazo legal, cópia da correspondência de
intimação e do aviso de recebimento, sob pena de se considerar desistência da
inquirição o não comparecimento da testemunha.

Estão certos apenas os itens

a) I e II.
b) I e III.

43
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) II e IV.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

13. Caso um órgão da administração pública direta ou indireta seja polo passivo de
uma demanda jurisdicional, sua citação deverá preferencialmente se realizar por

a) edital.
b) hora certa.
c) via eletrônica.
d) via postal.
e) oficial de justiça.

14. Mafalda, domiciliada em bairro residencial e vizinha de Mateus, adolescente de


quinze anos de idade que sonha em ser DJ e passa parte do dia mixando músicas,
incomodada com o barulho provocado pela mixagem das músicas, buscou o Poder
Judiciário, após várias tentativas frustradas de resolver a situação diretamente com o
vizinho, e propôs ação de obrigação de não fazer na vara cível. Ela dispensou audiência
de conciliação. Citado, Mateus procurou um advogado a fim de receber orientações
sobre o ocorrido.

Tendo como base a situação hipotética e as regras de capacidade processual, assinale


a opção correta.

a) Mateus não tem capacidade processual para estar em juízo, devendo ser assistido
por seus representantes legais.

b) A citação assinada por Mateus é válida, embora, em razão de sua incapacidade


processual, ele deva ser representado por seus pais em juízo.

c) Se Mateus não tiver representante legal, o juiz lhe nomeará um curador especial.

d) Se for verificada a irregularidade da representação de Mateus, o juiz deverá


promover a extinção do processo por falta de capacidade processual.

e) Como aceitou a citação, Mateus será considerado revel caso não se manifeste em
juízo.

15. Márcio, domiciliado em Porto Alegre – RS, celebrou um contrato com Fábio,
domiciliado em Gramado – RS, relativo a empréstimo a título gratuito da quantia de R$
20.000. Ambos acordaram que Fábio deveria devolver a quantia para Márcio até o dia
12/11/2019. Diante do inadimplemento do valor, Márcio decidiu promover uma ação
contra Fábio.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta relativa a competência,


prazos, forma, tempo e lugar dos atos processuais.

a) Márcio deverá protocolar a ação em Porto Alegre – RS, pois o foro competente é o
do domicílio do autor.

b) Fábio terá o prazo de 15 dias corridos para protocolar sua contestação.

44
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) O advogado de Márcio não poderá praticar atos processuais durante o período de


férias forenses, excetuados os casos previstos em lei.

d) O juiz poderá alterar os prazos peremptórios ainda que Márcio e Fábio não tenham
anuído.

e) A citação de Fábio não poderá ser realizada no período de férias forenses.

16. O juiz e os auxiliares da justiça de uma localidade não têm competência para
praticar diligências em comarcas diferentes das que estão lotados. Nesse contexto, pode
ser necessário, por exemplo, solicitar a avaliação de bens passíveis de penhora que
estejam em localidade diferente daquela em que corre o processo. Em situações como
essa, expede-se ato de comunicação processual entre órgãos do Poder Judiciário, de
modo a respeitarem os limites territoriais de competência das comarcas.

Tal ato de comunicação processual denomina-se

a) carta precatória.
b) carta rogatória.
c) carta de mandado.
d) carta de autorização.
e) carta de ordem.

17. De acordo com o CPC, poderá ser punida como ato atentatório à dignidade da
justiça a conduta de

a) o autor expor fatos em notória desconformidade com a verdade.

b) a parte criar embaraços à efetivação de decisão judicial de natureza provisória.

c) o réu deixar de atualizar, caso haja mudança, o endereço onde receberá intimações.

d) qualquer das partes praticar, com finalidade protelatória, atos desnecessários à


defesa do direito.

e) o autor formular pretensão destituída de fundamento, ainda que o faça


inconscientemente.

18. No curso de ação cível, é defeso ao juiz conhecer de ofício

a) convenção de arbitragem.
b) falta de caução.
c) ausência de interesse processual.
d) conexão.
e) perempção.

19. Considera-se fundamentada a decisão interlocutória se o juiz apenas

a) expuser as razões que lhe formaram o convencimento.


b) indicar o dispositivo legal aplicável.
c) invocar precedente jurisprudencial aplicável.

45
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) reproduzir o ato normativo aplicável.


e) empregar conceitos jurídicos, ainda que indeterminados.

20. A intimação de empresa pública para o cumprimento de sentença, caso não haja
procurador constituído nos autos, será feita preferencialmente por

a) diário oficial.
b) mandado.
c) meio eletrônico.
d) edital.
e) carta com aviso de recebimento.

21. A regra de que as partes deverão submeter-se ao quanto decidido pelo órgão
jurisdicional coaduna-se com o princípio do(a)

a) inafastabilidade da apreciação pelo Poder Judiciário.


b) adequação.
c) segurança jurídica.
d) inevitabilidade.
e) dispositivo.

22. Em ação de indenização, se o autor pedir indenização por danos materiais e morais,
estará caracterizada a cumulação

a) sucessiva.
b) simples.
c) subsidiária.
d) alternativa.
e) eventual.

23. Com vistas a suspender episodicamente a eficácia do ato constitutivo de


determinada empresa, João, credor de um dos sócios do empreendimento, ajuizou
incidente de desconsideração da personalidade jurídica para tentar atingir a cota-parte
do sócio devedor.

Com relação a essa situação hipotética, assinale a opção correta.

a) Caso a ação de cobrança de João esteja em fase de cumprimento de sentença, o juiz


deverá inadmitir o incidente.

b) Sendo o caso de desconsideração inversa da personalidade jurídica, o juiz deverá


inadmitir a medida processual proposta por João.

c) Se o juiz decidir o incidente em um dos capítulos da sentença, o recurso cabível


contra a parte específica da decisão é o agravo de instrumento.

d) A desistência do incidente por João implicaria na assunção da demanda pelo


Ministério Público, independentemente de intervenção prévia do parquet na causa.

e) Ainda que seja hipótese de intervenção de terceiros, o incidente poderá ser admitido
se a causa estiver em tramitação nos juizados especiais.

46
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

24. O princípio da boa-fé, consagrado no CPC, demanda a observância de um padrão


de conduta ao longo do processo. Nesse sentido,

a) a constatação da violação da boa-fé objetiva processual não dispensa a comprovação


da intenção do sujeito na adoção de determinado comportamento.

b) o princípio da boa-fé objetiva é consagrado como cláusula geral processual, não


havendo manifestações concretas desse princípio ao longo do texto do CPC.

c) os destinatários do princípio da boa-fé objetiva processual incluem as partes e demais


sujeitos do processo, ressalvado o órgão jurisdicional competente para apreciação da
demanda.

d) o limite ao exercício de posições processuais constitui dimensão do princípio da boa-


fé objetiva processual.

e) a prescrição, por lei, de determinada forma sob pena de nulidade possibilitará que a
decretação desta seja requerida por qualquer parte.

25. De acordo com o entendimento do STJ, é correto afirmar que o rol de cabimento
de agravo de instrumento previsto no Código de Processo Civil (CPC)

a) é de taxatividade mitigada, admitindo-se a interposição desse recurso quando


verificada urgência decorrente da inutilidade do julgamento da questão no recurso de
apelação.

b) é exaustivo, não sendo admitida interpretação extensiva ou analógica.

c) é meramente exemplificativo, admitindo-se a interposição desse recurso contra


outras decisões interlocutórias.

d) não prevê a interposição desse recurso contra decisões interlocutórias proferidas na


fase de liquidação de sentença ou de cumprimento de sentença.

e) não contempla outras hipóteses de cabimento desse recurso previstas em lei.

26. A respeito de atos processuais, reconvenção e direito probatório, julgue os


seguintes itens, de acordo com o Código de Processo Civil (CPC).

I Na hipótese de ausência de citação ou de citação defeituosa, não será possível sanar


o vício processual, mesmo que o réu compareça posteriormente ao processo.

II Réu que não deseje contestar a petição inicial apresentada pelo autor pode oferecer
apenas reconvenção.

III É vedado ao magistrado determinar, de ofício, a produção de provas no processo:


essa conduta viola o princípio dispositivo e compromete a imparcialidade do juiz.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item II está certo.


b) Apenas o item III está certo.

47
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Apenas os itens I e II estão certos.


d) Apenas os itens I e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

27. Acerca de mandado de segurança impetrado contra decisão judicial, assinale a


opção correta, de acordo com a legislação vigente e com a jurisprudência do STJ.

a) Trata-se de medida manifestamente inadequada: o ordenamento pátrio veda, em


qualquer hipótese, a sua utilização contra ato de natureza jurisdicional.

b) Esse tipo de medida pode ser utilizada caso haja pronunciamento transitado em
julgado que se mostre teratológico por contrariar precedente persuasivo de tribunal.

c) Se o mandado de segurança for impetrado legitimamente, seu mérito deverá ser


apreciado independentemente de superveniente trânsito em julgado da decisão
questionada

d) O mandado de segurança não pode ser impetrado por terceiro, pois sua utilização é
restrita às partes do processo originário.

e) Esse remédio constitucional será ordinariamente admitido como sucedâneo recursal


se a parte demonstrar que há direito líquido e certo à reforma ou anulação de decisão
judicial.

28. Caso um credor ajuíze ação de natureza obrigacional contra seus dois devedores
solidários de determinada obrigação indivisível, esse litisconsórcio passivo será
classificado como

a) necessário e simples.
b) necessário e unitário.
c) facultativo e simples.
d) facultativo e unitário.
e) multitudinário.

29. No cumprimento definitivo de sentença que reconhece a exigibilidade de obrigação


de pagar quantia certa, o executado foi intimado a pagar o débito.

Nessa situação hipotética, findo o prazo para pagamento, o executado poderá


apresentar impugnação, na qual é lícito alegar

a) excesso de execução, sendo desnecessária a indicação do valor que o executado


entenda ser o correto.

b) prescrição do direito invocado, desde que existente à época da fase de


conhecimento.

c) inexigibilidade da obrigação reconhecida no título executivo judicial, se esta estiver


fundada em lei considerada inconstitucional pelo STF, proferida antes do trânsito em
julgado da decisão exequenda.

d) imperiosidade de atribuição de efeito suspensivo aos atos executórios,


independentemente de garantia do juízo.

48
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) incompetência absoluta do juízo da fase de conhecimento.

30. Davi ajuizou ação em desfavor do Estado, pleiteando o recebimento de


medicamento de alto custo. Ao apreciar o pedido, o magistrado o julgou liminarmente
improcedente, com fundamento em contrariedade a acórdão proferido pelo STJ em
julgamento de recursos repetitivos.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta.

a) Se Davi não recorrer dessa decisão, a ação transitará em julgado, sem intimação do
réu.

b) Interposta apelação, é garantido o juízo de retratação.

c) Davi poderá requerer ao tribunal a concessão de tutela antecipada recursal, desde


que posteriormente à distribuição da apelação.

d) Interposta apelação, o prazo para apresentação de contrarrazões terá início após a


intimação do réu.

e) A distribuição do pedido de tutela provisória recursal não torna o seu relator prevento
para julgamento de apelação interposta.

31. Em ação de prestação de contas ajuizada pela empresa Alfa em desfavor da


empresa Beta, o juiz determinou, de ofício, a realização de prova pericial.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta.

a) Por se tratar de prova determinada de ofício, a despesa será adiantada pela empresa
Beta.

b) É defeso às referidas empresas arguir impedimento ou suspeição do profissional após


a nomeação de perito pelo juiz.

c) As referidas empresas podem, de comum acordo, escolher perito para realizar o


encargo, mas a perícia consensual não dispensa a realização de perícia também por
perito nomeado pelo juiz.

d) O juiz somente poderá indeferir quesitos impertinentes que sejam formulados pela
empresa Alfa se provocado pela empresa Beta.

e) O cumprimento do encargo pelo perito nomeado pelo juiz independe de termo de


compromisso com o juízo.

32. Em determinado caso, após a interposição de recurso especial e apresentação das


contrarrazões, os autos foram conclusos ao presidente do tribunal recorrido, que negou
seguimento ao recurso sob o fundamento de ele ter sido interposto contra acórdão que
estava em conformidade com entendimento do STJ exarado no regime de recursos
repetitivos.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção que apresenta o único recurso
cabível contra essa decisão.

49
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) agravo de instrumento
b) agravo interno
c) agravo em recurso especial
d) recurso extraordinário
e) recurso ordinário

33. Advogado postulou em juízo sem procuração, sob o fundamento de que a medida
seria indispensável para evitar preclusão.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta.

a) A validade do ato do advogado está condicionada a comprovação de urgência,


independentemente da apresentação posterior do mandato.

b) É imprescindível a prestação de caução no ato do protocolo do pedido.

c) Por ter postulado em juízo sem procuração, o referido advogado poderá responder
por ato atentatório à dignidade da justiça.

d) Por esse ato, a parte poderá ser condenada por litigância de má-fé.

e) O ato terá validade, desde que a procuração seja regularmente exibida no prazo
dilatório de quinze dias.

34. A respeito de jurisdição e ação, assinale a opção correta.

a) A jurisdição civil é exercida pelos juízes e tribunais nacionais e internacionais.

b) Em regra, não é competência da jurisdição nacional ação cuja obrigação deva ser
cumprida no Brasil.

c) Para postular em juízo, é necessário haver interesse, legitimidade e possibilidade


jurídica do pedido.

d) É permitida a postulação de direito alheio em nome próprio, desde que autorizada


pelo ordenamento jurídico.

e) A cooperação jurídica internacional somente é possível sob a vigência de tratado


assinado pelo Brasil.

35. Litisconsórcio no qual a eficácia de uma sentença dependa da citação de todos que
devam ser litisconsortes, independentemente de a decisão ser uniforme para todos, é
do tipo

a) ativo.
b) facultativo.
c) unitário.
d) necessário.
e) sucessivo.

50
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

36. Roberto ajuizou ação de indenização em desfavor de Lucas por danos materiais
decorrentes de acidente de trânsito no qual os veículos de ambos haviam colidido. O
réu, por sua vez, tinha contrato de seguro com determinada empresa, com garantia de
ser por ela ressarcido em caso de colisão, dano ou avaria no automóvel ou ainda furto
ou roubo do veículo.

Caso Lucas queira que a empresa integre a lide, isso poderá ser feito sob a modalidade
de intervenção de terceiros denominada

a) amicus curiae.
b) denunciação da lide.
c) assistência simples.
d) chamamento ao processo.
e) assistência litisconsorcial.

37. Na atuação do Ministério Público como fiscal da ordem jurídica, é imprescindível


que

a) a demanda verse sobre interesse de incapaz, sobre litígios coletivos pela posse de
terra rural ou urbana ou sobre interesse público ou social.

b) a fazenda pública seja parte no processo.

c) seja oferecido parecer, sem o qual não será dado seguimento ao processo.

d) seja aplicado o benefício da contagem do prazo em dobro, ainda que em prazos


próprios.

e) as partes estejam de acordo com a decisão de recorrer.

38. Julgue os seguintes itens, acerca de citação, considerando o disposto no CPC.

I Citação é o ato pelo qual o réu, o executado ou o interessado são convocados para
integrar a relação processual.

II A citação do réu é indispensável para a validade do processo, ainda que haja


improcedência liminar do pedido.

III Sendo nula a citação, o comparecimento espontâneo do réu suprirá a falha e


determinará o início do prazo para contestação.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

39. Antônio propõe ação declaratória em desfavor de Bruno com o intuito de ver
reconhecida unicamente relação jurídica entre ambos.

51
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

Considerando a situação hipotética, assinale a opção correta a respeito da prolação da


sentença.

a) Decisão que reconheça a existência de relação jurídica entre Antônio e Bruno não
terá eficácia executiva, ainda que expresso o reconhecimento de obrigação certa, líquida
e exigível; portanto, não possuirá, por si só, o condão de obrigar Bruno a pagar Antônio.

b) A ausência de contestação por parte de Bruno em face da revelia irá impedi-lo de


produzir provas, o que enseja o reconhecimento pelo juiz da existência da relação
jurídica entre as partes.

c) A sentença será de procedência do pedido, ante o nemo venire contra factum


proprium processual, se Bruno elaborar a sua contestação com teses contraditórias de
mérito.

d) Bruno poderá desencadear o procedimento de cumprimento de sentença em desfavor


de Antônio se o juiz julgar improcedente o pedido, reconhecendo a existência de
obrigação de Bruno desfavoravelmente a Antônio.

e) A sentença poderá condicionar o reconhecimento da existência da relação jurídica a


determinada obrigação a ser adimplida por Bruno.

40. Proposta ação em uma das varas cíveis da justiça estadual do Pará, sendo
dispensada a fase instrutória, o juiz deverá

a) julgar liminarmente improcedente o pedido, sem a citação do réu, desde que o pedido
contrarie enunciado de súmula de tribunal regional federal.

b) determinar a citação do réu para apresentar contrarrazões no prazo de quinze dias,


se houver julgamento liminar de improcedência do pedido e interposição do recurso de
apelação, desde que inexista retratação do magistrado.

c) julgar liminarmente procedente o pedido, sem a citação do réu, se o pedido estiver


de acordo com súmula vinculante do STF.

d) julgar antecipadamente o mérito em caso de revelia, ainda que o réu tenha requerido
a produção de provas.

e) julgar liminarmente improcedente o pedido, sem a citação do réu, o que dará ensejo
à repropositura da demanda pelo autor.

41. A respeito da intervenção de terceiros no direito processual civil brasileiro, assinale


a opção correta.

a) Admite-se o ingresso de acionista de uma sociedade empresária como assistente


simples dessa sociedade se o interesse do acionista for limitado aos reflexos econômicos
de eventual sucumbência.

b) Em razão da necessidade de ampliação da dilação probatória, não se admite a


denunciação da lide àquele que estiver obrigado, por lei ou pelo contrato, a indenizar,
em ação regressiva, o prejuízo de quem for vencido no processo, quando introduzir
fundamento novo à causa.

52
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Na hipótese de uma seguradora ser denunciada em uma ação de reparação de danos,


a contestação do pedido não tem, por si só, o condão de vincular a sua condenação,
juntamente com o segurado, ao pagamento da indenização devida à vítima.

d) Se a ação ajuizada com o objetivo de fornecimento de medicamentos for proposta


em desfavor apenas do estado-membro, deverá ser chamada ao processo da União por
se tratar de obrigação solidária entre municípios, estados e União.

e) Considerando a relevância da matéria, o juiz poderá, por decisão irrecorrível, admitir


a participação de pessoa natural ou jurídica como amicus curiae na lide, ainda que isso
enseje alteração de competência.

42. Sem a especificação dos valores objeto da condenação, sentença condenou B a


indenizar A em razão de determinada conduta ilegal imputada a B. A mesma sentença
também condenou B a pagar honorários advocatícios, conforme o disposto no art. 85
do Código de Processo Civil.

Considerando-se essa situação hipotética, é correto afirmar que, por ocasião do


cumprimento de sentença,

a) será inadmissível a substituição processual, no polo ativo do cumprimento de


sentença, se A ceder o seu respectivo crédito a outrem, sem o consentimento de B.

b) se B for o estado do Pará, ainda que fique comprovada a validade do ato de cessão
dos honorários advocatícios sucumbenciais, realizado por escritura pública, e o valor
respectivo esteja discriminado no precatório, será inadmissível o reconhecimento da
legitimidade do cessionário para se habilitar ao crédito originário do advogado de A.

c) se B for o estado do Pará e o valor da causa for inferior a quinhentos salários mínimos,
será obrigatório o reexame de sentença, visto que é ilíquida a condenação proferida
contra o ente público.

d) o procedimento poderá prosseguir até a satisfação do crédito desde que haja


anteriormente a prévia liquidação, por cálculos do contador ou por arbitramento.

e) pendendo recurso de apelação no tribunal, A poderá propor o cumprimento de


sentença provisório; na hipótese de a sentença ser anulada, eventuais prejuízos de B
exigirão ação de ressarcimento autônoma.

43. Uma vez que, em determinado momento processual do cumprimento de sentença,


as partes não chegaram a um acordo sobre o modo de realização da alienação de bens
que haviam sido anteriormente penhorados, o autor requereu que prevalecesse o seu
pleito.

Considerando essa situação hipotética, assinale a opção correta.

a) Visto que o processo começa por iniciativa da parte e desenvolve-se por impulso
oficial, não caberá ao juiz determinar a alienação de bens em leilão.

b) Caso o autor tenha se posicionado no sentido de alienação por intermédio de corretor,


o juiz não poderá determinar a alienação na forma de leilão.

53
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Deverá ser atendido o pleito autoral, dada a necessária correspondência entre a


tutela jurisdicional e o pedido vindicado em juízo.

d) Será a decisão do juiz passível de impugnação, mediante o recurso de agravo de


instrumento, se ele determinar a forma de alienação.

e) É inadmissível a possibilidade de o juiz consultar as partes a respeito da solução da


forma de realização da alienação dos bens.

44. A respeito do devido processo legal e de suas consequências, assinale a opção


correta.

a) Os motivos fazem coisa julgada desde que sejam relevantes para determinar o
alcance da parte dispositiva da sentença.

b) A resolução de questão prejudicial decidida expressa e incidentalmente no processo


terá força de lei se dela depender o mérito.

c) Independentemente da origem do processo, o duplo grau de jurisdição sempre é


possível e garante a possibilidade de reexame integral de decisão terminativa
antecedente.

d) De acordo com o entendimento do STF, admite-se a apreensão de mercadorias como


meio coercitivo de pagamento de tributos, por ser uma prática que não viola o devido
processo legal.

e) Viola o devido processo legal a conexão do processo do corréu ao foro por


prerrogativa de função de um dos denunciados.

45. Em se tratando de causa em que a fase instrutória seja dispensada, o pedido da


parte que contrariar acórdão proferido pelo STJ em julgamento de recursos repetitivos
será julgado

a) liminarmente improcedente, após a necessária citação do réu.


b) liminarmente procedente, independentemente de citação do réu.
c) liminarmente procedente, após a necessária citação do réu.
d) liminarmente improcedente, independentemente de citação do réu.
e) somente após o prosseguimento do processo com a citação do réu.

46. Em razão de problemas técnicos no sistema informatizado, a contestação


apresentada pelo réu no processo eletrônico não foi juntada aos autos e,
posteriormente, foi registrado o andamento de decurso do prazo para esse ato
processual de defesa.

Acerca das consequências decorrentes do referido problema técnico, é correto afirmar


que, nessa situação hipotética,

a) extingue-se o direito de praticar o ato processual de defesa e produzem-se os efeitos


da revelia.

54
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) não se extingue o direito de praticar o ato processual de defesa, mas se produzem


os efeitos da revelia.

c) caracteriza-se hipótese de justa causa, cabendo ao juiz permitir ao réu a prática do


ato no prazo que lhe estipular.

d) não está configurada hipótese de justa causa, mas não se converte o réu em revel.

e) não se verifica hipótese de justa causa, mas se produzem os efeitos da revelia.

47. De acordo com o Código de Processo Civil, a gratuidade da justiça poderá ser
concedida

a) somente em relação a algum dos atos processuais, o que implica isenção do


beneficiário da gratuidade do pagamento, ao final, de multas processuais que lhe sejam
impostas.

b) em relação a todos os atos processuais, mas isso não isenta o beneficiário da


gratuidade do pagamento, ao final, das multas processuais que lhe sejam impostas.

c) somente em relação a algum dos atos processuais, mas isso não isenta o beneficiário
da gratuidade do pagamento, ao final, das multas processuais que lhe sejam impostas.

d) em relação a todos os atos processuais, o que implica a isenção do beneficiário da


gratuidade do pagamento, ao final, de multas processuais que lhe sejam impostas.

e) somente em relação a algum dos atos processuais, afastando-se a possibilidade de


aplicação de multas processuais ao beneficiário da gratuidade.

48. De acordo com o Código de Processo Civil, contra a decisão denegatória de


mandado de segurança que tenha sido decidido em única instância por tribunal regional
federal caberá

a) recurso especial.
b) apelação.
c) agravo de instrumento.
d) recurso extraordinário.
e) recurso ordinário.

49. A respeito dos efeitos e do cumprimento das sentenças, assinale a opção correta.

a) Sentença declaratória que reconheça a exigibilidade de obrigação de pagar não


possuirá eficácia executiva diante da ausência de condenação.

b) Prolação de sentença sobre relação jurídica sujeita a condição ou termo não é


admitida, pois isso impossibilitaria o cumprimento de sentença.

c) Decisão judicial transitada em julgado poderá ser levada a protesto após o prazo de
quinze dias para pagamento voluntário.

d) Sentença que julgue improcedente pedido de declaração de inexistência de relação


jurídica obrigacional entre demandante e demandado não possuirá eficácia executiva.

55
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) Execução de sentença arbitral estrangeira que reconheça obrigação de pagar não é


admitida pelo ordenamento jurídico brasileiro.

50. De acordo com os princípios constitucionais e infraconstitucionais do processo civil,


assinale a opção correta.

a) Segundo o princípio da igualdade processual, os litigantes devem receber do juiz


tratamento idêntico, razão pela qual a doutrina, majoritariamente, posiciona-se pela
inconstitucionalidade das regras do CPC, que estabelecem prazos diferenciados para o
Ministério Público, a Advocacia Pública e a Defensoria Pública se manifestarem nos
autos.

b) O conteúdo do princípio do juiz natural é unidimensional, manifestando-se na


garantia do cidadão a se submeter a um julgamento por juiz competente e pré-
constituído na forma da lei.

c) O novo CPC adotou o princípio do contraditório efetivo, eliminando o contraditório


postecipado, previsto no sistema processual civil antigo.

d) O paradigma cooperativo adotado pelo novo CPC traz como decorrência os deveres
de esclarecimento, de prevenção e de assistência ou auxílio.

e) O CPC prevê, expressamente, como princípios a serem observados pelo juiz na


aplicação do ordenamento jurídico a proporcionalidade, moralidade, impessoalidade,
razoabilidade, legalidade, publicidade e a eficiência.

51. José ajuizou ação de despejo cumulada com cobrança de aluguéis atrasados em
desfavor de Paulo, tendo o magistrado julgado procedentes os pedidos, declarando
rescindido o contrato de locação, determinando a desocupação do imóvel e condenando
Paulo ao pagamento dos valores atrasados. Paulo interpôs recurso de apelação, pedindo
a reforma integral da sentença. Durante o trâmite recursal, José iniciou a execução
provisória apenas em relação à cobrança dos aluguéis, pois Paulo, após interpor
apelação, desocupou voluntariamente o imóvel. Intimado para pagamento da parte
líquida da condenação, Paulo agravou da decisão, sustentando ser necessário aguardar
o julgamento da apelação antes de se dar andamento à execução provisória.

Nessa situação hipotética, assinale a opção correta à luz da jurisprudência do STJ.

a) O recurso de agravo de instrumento deverá ser provido, uma vez que, ficando a ação
limitada à cobrança dos aluguéis, seria autorizado o recebimento da apelação no efeito
suspensivo, visto que a ação passaria a ter natureza exclusivamente condenatória.

b) O recurso de agravo de instrumento deverá ser provido, pois a Lei n.º 8.245/1991
não prevê regramento específico em relação aos efeitos do recebimento do recurso de
apelação; portanto, o apelo deveria ter sido recebido nos efeitos devolutivo e
suspensivo, atendendo à regra geral no CPC.

c) O recurso de agravo de instrumento deverá ser denegado, porque a apelação que


ataca sentença proferida em ação de despejo, ainda que cumulada com ação de
cobrança de débitos atrasados, deve ser recebida somente no efeito devolutivo, em

56
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

razão de regramento específico da Lei n.º 8.245/1991 em relação aos efeitos do


recebimento da apelação.

d) O recurso de agravo de instrumento deverá ser denegado, já que, embora não haja
regramento específico acerca dos efeitos do recebimento da apelação na Lei n.º
8.245/1991, a desocupação voluntária implicou em desistência do recurso de apelação.

e) O recurso de agravo de instrumento não deverá ser conhecido, por ausência de


pressuposto objetivo de admissibilidade recursal, pois, além de existir regramento
específico acerca dos efeitos do recebimento da apelação na Lei n.º 8.245/1991, a
desocupação voluntária implicou desistência do recurso de apelação.

52. No que se refere à arguição de falsidade como instrumento processual para


impugnação de documentos, assinale a opção correta.

a) A falsidade documental pode ser suscitada em contestação, na réplica ou no prazo


de dez dias úteis, contado a partir da intimação da juntada do documento aos autos.

b) O STJ pacificou o entendimento de que a arguição de falsidade é o meio adequado


para impugnar a falsidade material do documento, mas não de falsidade ideológica.

c) Após os momentos processuais da contestação e da réplica, se arguida a falsidade,


esta será autuada como incidente em apartado e, nesse caso, o juiz suspenderá o
processo principal.

d) Após a instauração do procedimento de arguição de falsidade, a outra parte deverá


ser ouvida em quinze dias e, então, não será admitida a extinção prematura do feito
sem o exame pericial do documento, mesmo que a parte concorde em retirá-lo dos
autos.

e) Uma vez arguida, a falsidade documental será resolvida como questão incidental;
contudo, é possível que a parte suscitante requeira ao juiz que a decida como questão
principal, independentemente de concordância da parte contrária.

53. Um estudante de 28 anos de idade do oitavo semestre do curso de direito, foi


aprovado em concurso público para o cargo de analista de tribunal superior. Poucos
meses depois da aprovação, o concurso foi homologado, e o estudante foi chamado
para dar início aos trâmites para sua nomeação e posse. No entanto, por não ter ainda
concluído o curso de direito, o universitário ficou impedido de ser nomeado, pois o edital
do concurso exigia bacharelado em direito como requisito de investidura no cargo. Com
receio de perder a oportunidade, o rapaz procurou um advogado para obter medida
liminar que lhe resguardasse o direito de manter sua vaga até a conclusão do curso
superior.

Nessa situação hipotética, segundo a legislação vigente, o advogado do estudante


poderá

a) requerer tutela antecipada em caráter antecedente que, após estabilizada, poderá


ser desconstituída por meio de ação autônoma, que deverá ser ajuizada no prazo de
trinta dias a contar da ciência da decisão que tiver extinguido o processo.

57
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) requerer tutela provisória cautelar, visto que restam configurados os requisitos do


periculum in mora e do fumus boni iuris.

c) ajuizar ação de obrigação de fazer cumulada com pedido de tutela provisória cautelar.

d) requerer tutela antecipada em caráter antecedente, a qual, não sendo impugnada


ou recorrida, passará a ser estável no mundo jurídico.

e) impetrar mandado de segurança diretamente no STJ.

54. Acerca de atos processuais, assinale a opção correta.

a) Embora o processo seja regido pelo princípio da instrumentalidade das formas, não
é viável que depoimentos de testemunhas colhidos em audiência sejam registrados
somente em sistema de gravação de áudio ou de vídeo, pois, para serem formalizados,
devem ser devidamente transcritos.

b) É vedado o lançamento de cotas marginais e interlineares nos autos, e o


descumprimento dessa determinação incorrerá na sujeição do infrator à aplicação de
multa pela prática de ato atentatório à dignidade da justiça no importe de um a dois
salários mínimos.

c) De acordo com o Código de Processo Civil, o curso dos prazos processuais é suspenso
entre os dias 20 de dezembro e 20 de janeiro; no entanto, juízes, promotores,
defensores, procuradores federais e auxiliares da justiça exercerão atividades
normalmente durante o referido período.

d) Durante o período de férias forenses aplicáveis aos tribunais superiores, suspende-


se a prática de atos processuais, paralisando-se até mesmo os procedimentos de
jurisdição voluntária e os processos de nomeação ou remoção de tutor ou curador.

e) Segundo o Código de Processo Civil, mesmo na hipótese de o juiz e as partes criarem


um calendário processual, é essencial que haja a intimação das partes em relação aos
atos processuais a serem realizados.

55. Acerca da audiência de instrução e julgamento e do direito à produção de provas


no curso desse ato processual, assinale a opção correta.

a) De acordo com o Código de Processo Civil, as partes são impedidas de fazer


perguntas diretamente às testemunhas, bem como de dirigir-lhes questionamentos que
induzam as respostas ou tratem de fatos diversos do processo.

b) O não comparecimento injustificado do advogado de qualquer das partes na


audiência de instrução e julgamento não implicará a revelia para o réu nem a extinção
do processo para o autor; porém, o juiz poderá dispensar a produção de provas
requeridas pela parte cujo advogado estiver ausente.

c) Ao réu cabe comprovar fatos constitutivos de seu direito subjetivo; ao autor caberá
provar fatos impeditivos, modificativos ou extintivos do direito discutido na demanda.

58
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) A arguição de falsidade documental, por não ter natureza meritória, será resolvida
necessariamente como questão incidental, sendo vedado às partes requerer que o juiz
decida esse ponto como questão principal.

e) O juiz poderá proferir a sentença em audiência ou posteriormente, atendendo ao


prazo de trinta dias úteis previsto no Código de Processo Civil, fator esse que deve ser
observado pelo Judiciário por se tratar de prazo próprio expresso no referido código.

56. A respeito de pressupostos processuais subjetivos, assinale a opção correta.

a) Em regra, pessoas físicas e jurídicas possuem capacidade de serem partes em


processo, mas não as pessoas formais, tais como a massa falida, o condomínio edilício
e o espólio, por serem entes despersonalizados.

b) As pessoas incapazes de modo absoluto e aquelas que o sejam de modo relativo não
possuem capacidade para estar em juízo, razão pela qual precisam ser,
respectivamente, assistidas e representadas.

c) Embora o advogado possua capacidade postulatória plena, a parte poderá atuar nos
autos sem advogado em casos como nos juizados especiais cíveis em causas de primeira
instância cujo valor seja de até vinte salários mínimos.

d) Os magistrados podem ter duas extensões de parcialidade: a suspeição, que é fruto


de uma presunção absoluta; e o impedimento, que decorre de uma presunção relativa.

e) No processo, o dever de imparcialidade é do juiz, assim, não se aplicam aos auxiliares


da justiça as hipóteses legais de impedimento e de suspeição.

57. Servidor público de determinado estado da Federação, pelo fato de não receber
diversas gratificações a que tinha direito, propôs, com a assistência de advogado, ação
de cobrança em desfavor do respectivo estado. No entanto, a pretensão do autor tem
como obstáculo súmula do tribunal de justiça local, contrária aos fundamentos que o
servidor apresentou em sua demanda.

Nessa situação hipotética, o magistrado, com fundamento na referida súmula, deixará


de realizar a fase instrutória do processo e

a) promoverá a citação do réu para que compareça à audiência de conciliação ou


mediação.

b) julgará liminarmente improcedente o pedido com base na súmula do tribunal, sendo


dispensada a citação do réu.

c) extinguirá o feito em razão da súmula do tribunal, sendo dispensada a citação do


réu.

d) promoverá a citação do réu e, em seguida, julgará improcedente o pedido com base


na súmula do tribunal.

e) intimará a parte autora a fim de que emende a inicial em razão da incompatibilidade


do pedido com a súmula do tribunal.

59
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

58. Um cidadão ajuizou ação de cobrança em desfavor do município no qual reside.


Após o regular trâmite processual, o pedido foi julgado procedente e o município foi
condenado ao pagamento de quinze salários mínimos. Como não houve recurso, a
sentença transitou em julgado. Porém, em razão do não cumprimento do disposto em
sentença pelo município, o advogado do autor apresentou petição de cumprimento de
sentença.

Uma vez que a petição apresentada está regular, o juiz, à luz do disposto no Código de
Processo Civil, deverá determinar

a) a intimação da procuradoria do município para que apresente impugnação no prazo


de trinta dias.

b) a citação da procuradoria do município para que, no prazo de trinta dias, promova o


pagamento do valor da condenação ou apresente embargos, sob pena de penhora de
bens.

c) a intimação da procuradoria para que, no prazo de quinze dias, promova o pagamento


do valor da condenação, sob pena de incidência de multa diária de 2%.

d) a intimação do chefe do executivo do município para que pague o valor da


condenação ou demonstre, no prazo de trinta dias, a inclusão desse valor no orçamento
municipal do ano seguinte.

e) a expedição de ordem de pagamento no valor integral da condenação, acrescido de


multa no percentual de 15% sobre o valor da condenação.

59. Júlio, fiador de Vicente no contrato de aluguel de um imóvel, em certo dia recebeu
citação por estar sendo demandado em processo referente ao bem resguardado pela
fiança. Ao perceber que Vicente, como devedor principal não compunha o polo passivo
da ação, Júlio procurou um advogado para incluir Vicente na demanda.

Nesse caso, o procurador de Júlio deverá fazer um pedido de

a) denunciação da lide.
b) assistência simples.
c) assistência litisconsorcial.
d) chamamento ao processo.
e) amicus curiae.

60. No que concerne às regras estabelecidas para a tutela provisória, o Código de


Processo Civil determina que a concessão, pelo magistrado, da tutela de evidência

a) dependerá da demonstração de perigo de dano ou de risco ao resultado útil do


processo e ocorrerá nas situações em que os efeitos da decisão sejam reversíveis.

b) poderá ser deferida liminarmente caso os fatos sejam comprovados apenas pela via
documental e exista tese firmada em julgamento de casos repetitivos.

c) será realizada na forma de decisão interlocutória de mérito e produzirá coisa julgada


material caso não seja impugnada pelo réu.

60
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) será cabível somente na hipótese de verificação de abuso do direito de defesa da


parte ré, haja vista a natureza punitiva dessa modalidade de tutela provisória.

61. Um indivíduo impetrou mandado de segurança junto ao STJ para questionar ato
coator que, conforme afirmava na petição inicial, teria sido praticado por um ministro
de Estado. Após a autoridade supostamente coatora apresentar informações sobre o
mérito da questão, o relator verificou que o ato, na realidade, havia sido praticado
exclusivamente por um servidor subordinado ao ministro e ocupante do cargo de chefe
de divisão na pasta ministerial.

Nessa situação hipotética, de acordo com a jurisprudência do STJ, a denominada teoria


da encampação

a) deve ser aplicada, porque há hierarquia entre a autoridade que prestou as


informações e a que determinou a prática do ato.

b) deve ser aplicada, porque, ao apresentar informações sobre o mérito, a autoridade


indicada como coatora tacitamente concordou com a prática do ato.

c) não deve ser aplicada, porque a utilização desta teoria na via mandamental implica
sempre em violação do devido processo legal.

d) não deve ser aplicada, porque nesse caso o vício de legitimidade implica a
modificação de competência constitucionalmente prevista.

62. André interpôs recurso extraordinário contra acórdão proferido por tribunal de
justiça. Em sequência, ao realizar o juízo de admissibilidade do recurso, o presidente
do tribunal de justiça prolatou decisão inadmitindo o recurso, por entender que não
havia sido cumprido o requisito do prequestionamento de matéria constitucional. Dois
dias após ter sido intimado da decisão de inadmissão, André opôs embargos de
declaração, alegando haver obscuridade na decisão monocrática proferida na origem.

Nessa situação hipotética, de acordo com a jurisprudência do STF, os embargos de


declaração

a) não são cabíveis e, por isso, não haverá interrupção do prazo recursal para a
interposição de agravo em recurso extraordinário.

b) interrompem o prazo recursal para a interposição de agravo em recurso


extraordinário, ainda que não venham a ser conhecidos.

c) devem ser recebidos como agravo em recurso extraordinário, em decorrência do


princípio da fungibilidade recursal.

d) devem ser julgados pelo prolator da decisão de origem, mas, somente se forem
providos, será possível a interposição de novo recurso ao STF.

63. Renato, recém-nascido, e Antônia, sua mãe, são autores de ação ajuizada em
desfavor de Luiz, suposto pai de Renato. Na ação, são pleiteados a declaração de
paternidade de Luiz em favor de Renato e o ressarcimento de despesas decorrentes do
parto em favor de Antônia.

61
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

Essa situação configura hipótese de litisconsórcio facultativo e

a) unitário.
b) eventual.
c) sucessivo.
d) alternativo.

64. Paulo requereu o cumprimento provisório da sentença que condenou Fernando a


lhe pagar a quantia de cinquenta mil reais em uma demanda que tramitou pelo
procedimento comum. À petição em que requereu o início do cumprimento de sentença,
Paulo juntou cópia da decisão exequenda, certidão de interposição do recurso de
Fernando não dotado de efeito suspensivo e outros documentos necessários ao
cumprimento. Ele, ainda, requereu ao juízo no qual o título foi formado que:

• o cumprimento de sentença fosse remetido ao juízo da localidade onde Fernando


possui bens;

• fossem fixados honorários para a fase de cumprimento de sentença;

• fosse imposta multa por eventual inadimplemento de Fernando;

• dispensassem-no do pagamento de caução, em razão da sua situação de necessidade,


que foi demonstrada.

Com relação a essa situação hipotética, é correto afirmar que

a) o pedido de remessa à localidade onde Fernando possui bens deve ser rejeitado,
porque o cumprimento de sentença é de competência exclusiva do juízo que profere a
sentença.

b) não cabe o arbitramento de honorários na fase de cumprimento provisório da


sentença, porque essa fase processual é um ato facultativo de Paulo.

c) Fernando poderá depositar o referido valor com o único intuito de evitar a incidência
da multa, ato que não será tido como incompatível com o recurso interposto por ele.

d) Paulo poderá ser dispensado do pagamento de caução apenas se tiver firmado com
Fernando negócio processual com essa finalidade e devidamente homologado pelo juízo
competente.

65. Com relação a procedimentos, posturas, condutas e mecanismos apropriados para


a obtenção da solução conciliada de conflitos, assinale a opção correta, à luz da
legislação pertinente.

a) Os advogados podem estimular a conciliação e outros métodos de solução consensual


de conflitos nos processos que atuem, desde que autorizados pelo juiz competente.

b) A audiência de conciliação ou de mediação deverá ser necessariamente realizada de


forma presencial.

62
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) Incumbe ao juiz promover, a qualquer tempo, a autocomposição, preferencialmente


com auxílio de conciliadores e mediadores judiciais.

d) Para que a realização da audiência de conciliação ou de mediação seja dispensada,


basta que uma das partes manifeste, expressamente, o desinteresse na composição
consensual.

e) É vedado às partes do processo judicial escolher livremente o conciliador ou o


mediador: elas devem selecionar profissional inscrito no cadastro do tribunal pertinente.

66. Uma pessoa ajuizou demanda, pelo procedimento comum, com pedido único de
natureza patrimonial disponível que versava sobre questão de direito local. Ao receber
a petição inicial, o magistrado julgou liminarmente improcedente o pedido formulado
pelo autor, sem observar a ordem cronológica de julgamento. Em sua decisão, o juiz
consignou que o pedido contrariava expressamente enunciado de súmula do tribunal de
justiça sobre a matéria e que a causa dispensava instrução probatória.

Nessa situação hipotética, o magistrado

a) deveria, obrigatoriamente, ter dado ao réu a oportunidade de se manifestar, antes


de realizar o exame do mérito do processo.

b) desrespeitou norma fundamental referente à ordem cronológica de conclusão e


julgamento, o que configura grave falha funcional sujeita a controle correcional pelo
Poder Judiciário.

c) prolatou decisão que não se sujeita aos efeitos da coisa julgada material.

d) agiu em conformidade com o CPC para julgar liminarmente improcedente o pedido,


cabendo ao autor interpor recurso de apelação caso deseje reformar a decisão.

e) estará dispensado de comunicar ao réu o resultado do julgamento, caso não seja


interposto recurso pelo autor.

67. De acordo com a jurisprudência do STJ acerca do Código de Processo Civil de 2015
(CPC), assinale a opção correta.

a) O benefício da gratuidade de justiça não poderá ser concedido a estrangeiro não


residente no Brasil.

b) O trânsito em julgado de sentença estrangeira é requisito legal indispensável para a


homologação desta no Brasil.

c) São devidos honorários advocatícios na fase de cumprimento individual de sentença


decorrente de ação coletiva, ainda que a fazenda pública não apresente impugnação.

d) A comprovação da tempestividade de recurso especial, no caso de prorrogação de


prazo em razão de feriado local, pode ocorrer posteriormente ao ato de interposição
desse recurso.

e) Associação de municípios e prefeitos possui legitimidade ativa para atuar como


substituto processual de pessoas jurídicas de direito público.

63
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

68. Elder e César firmaram contrato de locação de imóvel residencial urbano, na


qualidade, respectivamente, de locador e locatário. Em seguida, o imóvel foi
legitimamente sublocado por César para Roberto. Meses depois, em razão de suposta
prática de um ilícito contratual, Elder ajuizou ação de despejo contra César.

Nessa situação hipotética, o ingresso voluntário de Roberto no processo para defesa de


seus interesses

a) dependerá de autorização prévia das partes principais e ocorrerá por meio de


chamamento ao processo.

b) deverá ser feito na qualidade de assistente litisconsorcial do locatário.

c) somente poderá ser realizado até o momento do saneamento do processo.

d) é expressamente vedado segundo regra prevista na lei que regulamenta a locação


de imóveis urbanos.

e) não obsta que a parte principal reconheça a procedência do pedido da ação de


despejo.

69. No que concerne ao processo de execução, à ação civil pública e ao mandado de


segurança, julgue os itens a seguir.

I O exequente que possui título executivo extrajudicial contendo obrigação alimentar


pode optar pelo procedimento padrão para execução de quantia certa e, nesse caso, se
houver penhora sobre dinheiro, eventual concessão de efeito suspensivo aos embargos
à execução não impede o levantamento mensal das prestações alimentares devidas.

II Segundo a atual jurisprudência do STJ, o Ministério Público possui legitimidade ativa


para, em sede de tutela coletiva, defender direitos de consumidores que celebram
contratos de compra e venda de imóveis com cláusulas pretensamente abusivas.

III De acordo com o STJ, caso ocorra o óbito do impetrante durante a fase de
conhecimento de mandado de segurança, o magistrado deverá determinar a suspensão
do processo para posterior sucessão do espólio ou dos herdeiros do falecido.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item III está certo
c) Apenas os itens I e II estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

70. No que concerne às disposições processuais civis que regem a atuação do Ministério
Público, o CPC determina que

a) a intervenção desse órgão é obrigatória nos casos em que a fazenda pública for parte
ou interessada.

64
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) a curatela especial deve ser exercida, preferencialmente, pela promotoria de justiça.

c) a alegação de impedimento ou suspeição de membro do Ministério Público por via


incidental suspende o processo judicial.

d) esse órgão tem legitimidade concorrente para requerer a abertura de inventário e de


partilha, a depender da existência de herdeiro incapaz.

e) o juiz deverá aplicar multa pecuniária aos membros do Ministério Público que
praticarem ato atentatório à dignidade da justiça.

65
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

DIREITO CONSTITUCIONAL
01. O artigo 37 da Constituição Federal de 1988 prevê que a publicidade de atos,
programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos

a) fomente a promoção pessoal de autoridades públicas.


b) seja distribuída por mídia impressa, rádio e televisão.
c) seja amplamente disseminada em termos territoriais e demográficos.
d) adote padrões de identidade visual estabelecidas pelo governo federal.
e) tenha caráter educativo, informativo ou de orientação social.

02. Determinado estado da Federação pretende instituir regiões metropolitanas,


aglomerações urbanas e microrregiões constituídas por agrupamentos de municípios
limítrofes, para integrar a organização, o planejamento e a execução de funções
públicas de interesse comum.

Nessa situação, o ente federativo poderá efetivar tal medida mediante

a) lei ordinária federal.


b) lei complementar federal.
c) medida provisória estadual.
d) lei ordinária estadual de iniciativa do Poder Executivo.
e) lei complementar estadual de iniciativa parlamentar.

03. Um grupo de pais apresentou requerimento a determinado município, solicitando


autorização para realizar manifestação pacífica na praça pública onde está sediada a
prefeitura, a fim de protestar contra políticas públicas municipais. A autoridade pública
competente negou o pedido, sob o fundamento de que frustraria outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo horário e local.

Nessa situação hipotética, para realizar a referida manifestação, o grupo de pais utilizou
o instrumento

a) inadequado, porque o direito de reunião não requer autorização, mas apenas prévio
aviso.

b) inadequado, entretanto a autoridade competente não poderia ter negado o direito


com base no fundamento utilizado.

c) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo ajuizar ação popular contra a decisão que negou o referido pedido.

d) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo impetrar habeas corpus contra a decisão que negou o referido pedido.

e) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo impetrar mandado de segurança contra a decisão que negou o
referido pedido.

04. Segundo o STF, lei editada pelo Poder Legislativo de estado da Federação para
regulamentar o inquérito policial deverá ser considerada

66
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) inconstitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é privativa da


União.

b) inconstitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é exclusiva da


União.

c) constitucional, porque a competência legislativa para tratar de direito processual é


comum à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios.

d) constitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é concorrente,


porém a superveniência de lei federal com normas gerais sobre o tema revogará a lei
estadual.

e) constitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é concorrente


e, caso não haja lei federal sobre normas gerais, o estado poderá exercer a competência
legislativa plena.

05. Determinado estado da Federação pretende instituir regiões metropolitanas,


aglomerações urbanas e microrregiões constituídas por agrupamentos de municípios
limítrofes, para integrar a organização, o planejamento e a execução de funções
públicas de interesse comum.

Nessa situação, o ente federativo poderá efetivar tal medida mediante

a) lei ordinária federal.

b) lei complementar federal.

c) medida provisória estadual.

d) lei ordinária estadual de iniciativa do Poder Executivo.

e) lei complementar estadual de iniciativa parlamentar.

06. Segundo o STF, lei editada pelo Poder Legislativo de estado da Federação para
regulamentar o inquérito policial deverá ser considerada

a) inconstitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é privativa da


União.

b) inconstitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é exclusiva da


União.

c) constitucional, porque a competência legislativa para tratar de direito processual é


comum à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios.

d) constitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é concorrente,


porém a superveniência de lei federal com normas gerais sobre o tema revogará a lei
estadual.

67
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) constitucional, porque a competência legislativa para tratar do tema é concorrente


e, caso não haja lei federal sobre normas gerais, o estado poderá exercer a competência
legislativa plena.

07. Um grupo de pais apresentou requerimento a determinado município, solicitando


autorização para realizar manifestação pacífica na praça pública onde está sediada a
prefeitura, a fim de protestar contra políticas públicas municipais. A autoridade pública
competente negou o pedido, sob o fundamento de que frustraria outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo horário e local.

Nessa situação hipotética, para realizar a referida manifestação, o grupo de pais utilizou
o instrumento

a) inadequado, porque o direito de reunião não requer autorização, mas apenas prévio
aviso.

b) inadequado, entretanto a autoridade competente não poderia ter negado o direito


com base no fundamento utilizado.

c) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo ajuizar ação popular contra a decisão que negou o referido pedido.

d) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo impetrar habeas corpus contra a decisão que negou o referido pedido.

e) adequado, porque o direito de reunião requer prévia autorização administrativa,


cabendo ao grupo impetrar mandado de segurança contra a decisão que negou o
referido pedido.

08. Assinale a opção que apresenta o princípio constitucional que se aplica diretamente
à carreira de defensoria pública.

a) livre exercício da ação penal


b) independência funcional
c) inamovibilidade
d) vitaliciedade
e) irrecusabilidade

09. Assinale a opção que apresenta um princípio que rege as relações internacionais do
Brasil.

a) prevalência dos direitos humanos


b) garantia do desenvolvimento nacional
c) valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
d) pluralismo político
e) construção de sociedade livre, justa e solidária

10. A autonomia do Estado para gerir negócios próprios, pela ação administrativa do
governador, denomina-se

a) autogestão.
b) autolegislação.

68
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) autoadministração.
d) autogoverno.
e) soberania.

11. A União, os estados e o Distrito Federal têm competência concorrente para

a) promover programas de construção de moradias e a melhoria das condições


habitacionais e de saneamento básico.

b) legislar sobre direito tributário, financeiro, penitenciário, econômico e urbanístico.

c) zelar pela guarda da Constituição Federal e das leis e conservar o patrimônio público.

d) legislar sobre desapropriação, águas, energia, informática, telecomunicações e


radiodifusão.

e) legislar sobre assuntos de interesse particular de determinado município.

12. Acerca da organização político-administrativa do Brasil, julgue os itens a seguir.

I A organização político-administrativa do Brasil compreende a União, os estados, o


Distrito Federal e os municípios, sendo considerados autônomos apenas os estados e o
Distrito Federal.

II Conforme o direito de secessão, os estados podem subdividir-se ou desmembrar-se


para se anexarem a outros ou para formarem novos estados, mediante aprovação da
população diretamente interessada, via plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei
complementar.

III A criação, a fusão e o desmembramento de municípios devem ser feitos por lei
estadual, dentro do período determinado por lei complementar federal, desde que
submetidos a consulta prévia das populações dos municípios envolvidos, após
divulgação dos estudos de viabilidade municipal.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item III está certo.
c) Apenas os itens I e II estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

13. Em razão de queimadas florestais, a Assembleia Legislativa do Pará aprovou e o


governador sancionou determinada lei que amplia para cem metros a área de proteção
em torno de nascentes.

Nessa situação hipotética, a lei é

a) inconstitucional, porque a competência para legislar sobre florestas é privativa da


União.

69
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) inconstitucional, porque a competência para legislar sobre florestas é exclusiva da


União.

c) constitucional, porque a competência para legislar sobre florestas é privativa dos


estados.

d) constitucional, porque a competência para legislar sobre florestas é comum da União,


do Distrito Federal e dos estados.

e) constitucional, porque a competência para legislar sobre florestas é concorrente entre


a União, o Distrito Federal e os estados.

14. De acordo com o texto constitucional, a competência legislativa para tratar de


trânsito é

a) comum à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios.

b) concorrente para a União e os estados e comum para o Distrito Federal e os


municípios, no tocante ao interesse local.

c) concorrente da União, dos estados e do Distrito Federal.

d) exclusiva da União, no tocante às normas gerais.

e) privativa da União.

15. Determinado servidor público aposentou-se no dia 1.º/6/2019 na modalidade


aposentadoria voluntária, com fundamento na Emenda Constitucional n.º 47/2005.

Considerando-se essa situação hipotética, é correto afirmar que o referido servidor se


aposentou com, no mínimo,

a) sessenta anos de idade.


b) vinte e cinco anos de efetivo exercício no serviço público.
c) dez anos de carreira.
d) dez anos no cargo em que se deu a aposentadoria.
e) trinta anos de tempo de contribuição.

16. Julgue os itens a seguir, referentes à organização do Estado.

I A competência administrativa dos estados federados é residual ou remanescente, logo


a eles competem as matérias que não lhes sejam vedadas.

II A CF permite a edição de lei complementar federal que autorize os estados a legislar


sobre questões específicas das matérias de competência privativa da União.

III No âmbito da competência legislativa concorrente, os estados, em regra, têm


competência supletiva: não havendo norma geral federal sobre tema específico, o
estado tem permissão para editar normas gerais e normas específicas sobre a matéria,
adquirindo competência plena enquanto não editada norma geral federal.

Assinale a opção correta.

70
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item III está certo.
c) Apenas os itens I e II estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

17. Cada uma das opções a seguir apresenta uma situação hipotética seguida de uma
assertiva a ser julgada com base nas disposições da CF.

a) Pedro, servidor público federal, contribuinte havia vinte anos para o regime próprio
de previdência social, contraiu doença grave no exercício da sua atividade laboral.
Nessas circunstâncias, ele pode ser aposentado com o valor integral da remuneração
que serviu de base para a incidência das suas contribuições previdenciárias.

b) Manoel, servidor público de determinado estado, com setenta anos de idade


completos, contribui para o respectivo regime próprio de previdência há vinte anos.
Nessas condições, ele pode ser aposentado com proventos integrais, em razão da sua
idade, que atrai a aposentadoria compulsória.

c) Mariana, de cinquenta e cinco anos de idade, ocupa o cargo de juíza estadual há


vinte e sete anos; antes de ser juíza, trabalhou, durante cinco anos, como técnica
judiciária na justiça federal do estado do Pará. Nesse caso, Mariana tem direito a
proventos de aposentadoria calculados sobre a proporcionalidade da sua remuneração
que serviu de base de cálculo para a incidência de sua contribuição previdenciária.

d) Alexandra, de cinquenta anos de idade, é professora de uma rede de ensino estadual


há vinte e cinco anos. Nessa situação, ela tem direito a proventos de aposentadoria
calculados sobre a proporcionalidade da sua remuneração, devendo ser incluídos no
cálculo os valores referentes ao adicional ou terço de férias.

e) Valentina é cônjuge sobrevivente de Ricardo, servidor público estadual falecido


quando ainda estava em atividade. Nessas circunstâncias, Valentina tem direito a
pensão por morte no mesmo valor ao dos proventos de aposentadoria a que Ricardo
teria direito.

18. De acordo com entendimento do STF consagrado em súmula vinculante, é correto


afirmar que

a) é indispensável a presença de advogado ou de defensor dativo em processo


administrativo disciplinar, mesmo na fase instrutória do procedimento.

b) lei estadual pode exigir depósito prévio de multa como requisito de admissibilidade
de recurso administrativo em que se discute a referida sanção.

c) é legítima a cobrança de taxa de matrícula em universidade pública, embora a CF


assegure a gratuidade do ensino público em estabelecimento oficial.

d) a observância à cláusula de reserva de plenário não é exigida para situações em que


órgão fracionário de tribunal apenas afaste a incidência de lei em caso concreto.

71
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) o princípio da anterioridade tributária não se aplica à hipótese de norma legal que


altere o prazo de recolhimento de obrigação tributária.

19. Ao tratar da organização político-administrativa do Estado, a CF expressamente


estabelece que, entre outras competências, cabe à União, aos estados e ao Distrito
Federal legislar de forma concorrente sobre

a) custas dos serviços forenses, direito urbanístico e condições para o exercício de


profissões.

b) jazidas, minas, outros recursos minerais e metalurgia.

c) orçamento, juntas comerciais e proteção à infância e à juventude.

d) serviço postal, registros públicos e direito financeiro.

e) procedimentos em matéria processual, produção e consumo e populações indígenas.

20. Ao tratar das denominadas funções essenciais à justiça, a Constituição Federal de


1988 (CF) exige que a representação judicial dos entes da federação deva ser feita por
órgão ou instituição composta por advogados públicos

a) da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.


b) da União, dos estados e do Distrito Federal apenas.
c) dos estados, do Distrito Federal e dos municípios apenas.
d) dos municípios apenas.
e) da União apenas.

21. De acordo com as normas constitucionais, tem prioridade de recebimento de seus


créditos por sentença judicial transitada em julgado

a) beneficiário de precatório alimentar sobre beneficiário de requisição de pequeno


valor.

b) beneficiário de requisição de pequeno valor sobre beneficiário de precatório portador


de doença grave.

c) beneficiário de precatório, que tenha deficiência, sobre beneficiário de requisição de


pequeno valor.

d) beneficiário de precatório alimentar sobre beneficiário de precatório que tenha mais


de sessenta anos de idade.

e) beneficiário de precatório alimentar sobre beneficiário de precatório portador de


doença grave.

22. Considerando-se as disposições da CF e o entendimento do STF sobre repartição


de competência, é correto afirmar que compete

a) aos estados legislar sobre a definição de crimes de responsabilidade praticados pelos


governadores e sobre as normas do seu processo e julgamento.

72
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) aos estados explorar diretamente, ou mediante concessão, os serviços locais de gás


canalizado, sendo possível a edição de medida provisória para sua regulamentação.

c) aos estados legislar, de forma concorrente, sobre bingos e loterias.


d) aos municípios organizar e prestar, diretamente ou sob regime de concessão ou
permissão, o serviço público de transporte coletivo.

e) à União legislar sobre o horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais,


até mesmo os que comercializem bebidas alcoólicas.

23. De acordo com a CF, aplicam-se aos membros do Ministério Público de Contas os
mesmos direitos, as mesmas vedações e a mesma forma de investidura dos membros
do Ministério Público comum. Esse regime jurídico inclui

a) a legitimidade para impetrar mandado de segurança contra acórdão do tribunal de


contas no qual o membro Ministério Público atua.

b) o ingresso mediante concurso público de provas e títulos, com a participação da OAB,


exigindo-se do bacharel em direito, no mínimo, três anos de atividade jurídica.

c) a prerrogativa de iniciar o processo legislativo em caso de matéria relacionada à


competência institucional do órgão.

d) o exercício do controle externo da atividade policial, o que inclui a requisição de


diligências investigatórias.

e) a legitimidade para ajuizar ação civil pública contra convênio celebrado entre estado
e entidade privada sem fins lucrativos.

24. Determinado estado emendou artigo de sua Constituição que tratava dos subsídios
dos agentes públicos do estado e dos respectivos municípios, estabelecendo como limite
único desses subsídios o subsídio mensal dos desembargadores do tribunal de justiça
estadual.

À luz das disposições da CF acerca da sistemática afeta ao regime de subsídios, é correto


afirmar que, devido à emenda, o referido artigo da Constituição estadual pode ser
considerado

a) parcialmente inconstitucional, pois a Constituição estadual não poderia estabelecer


o referido limite único para os subsídios dos agentes públicos dos municípios daquele
estado.

b) parcialmente inconstitucional, pois a Constituição do estado não poderia estender o


referido limite único aos deputados estaduais e àqueles que possuem vínculo com os
municípios.

c) constitucional, pois a Constituição do estado, em observância à isonomia, deve


estabelecer limite único para todos os servidores estaduais e municipais.

d) inconstitucional, pois a Constituição do estado não poderia estabelecer o subsídio


mensal dos desembargadores como limite único a ser observado para os subsídios dos
agentes públicos estaduais e municipais.

73
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) constitucional, desde que o referido subsídio único tenha sido estabelecido a partir
de proposta de iniciativa legislativa do Poder Judiciário.

25. Considerando as disposições da Constituição Federal de 1988 (CF), assinale a opção


correta acerca da competência para legislar sobre orçamento e finanças públicas.

a) Para os municípios, a referida competência é residual.

b) Os estados-membros, ante a autonomia federativa, não necessitam observar as


normas gerais editadas pela União; logo, a competência é enumerada e comum.

c) Havendo conflito entre normas orçamentárias editadas pela União e normas


orçamentárias editadas pelos estados-membros, deverão prevalecer aquelas, porque
as normas federais são hierarquicamente superiores às normas estaduais.

d) A referida competência é enumerada e concorrente, cabendo aos estados-membros


a edição de normas específicas para atender às peculiaridades locais, respeitando as
normas gerais da União nesse campo.

e) Trata-se de competência advinda de rol exemplificativo, havendo possibilidade de


delegação por parte da União, aos estados-membros, aos municípios e ao Distrito
Federal, das matérias elencadas no art. 24 da CF.

26. No que concerne à administração do Estado, julgue os itens a seguir.

I Para viger, lei orgânica de município deve ser votada em dois turnos, com interstício
mínimo de dez dias, aprovada por dois terços dos membros da câmara municipal e
promulgada pelo chefe do Poder Executivo municipal.

II A CF estabelece competência suplementar dos municípios, consistente na autorização


de regulamentar normas estaduais para ajustar sua execução a peculiaridades locais,
sempre em concordância com as normas legislativas federais.

III Os municípios detêm autonomia política, legislativa, administrativa e financeira,


respeitados os princípios estabelecidos na respectiva Constituição estadual e na CF.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

27. No que tange à remuneração dos servidores públicos, a CF assegura

a) vinculação de espécies remuneratórias entre cargos semelhantes nos diferentes


Poderes.

b) vencimentos superiores aos do Poder Executivo para cargos nos Poderes Judiciário e
Legislativo.

74
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) irredutibilidade de subsídios e vencimentos, como regra geral, aos ocupantes de


cargos e empregos públicos.

d) possibilidade de acumulação remunerada de cargos, como regra geral, desde que


haja compatibilidade de horários.

e) precedência de pagamento aos servidores fiscais, dentro de suas áreas de


competência e jurisdição.

28. É fundamento da República Federativa do Brasil

a) a erradicação da pobreza.

b) a promoção do bem de todos, sem preconceito de origem, raça, sexo, cor e quaisquer
outras formas de discriminação.

c) a construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

d) a forma democrática de Estado.

e) a dignidade da pessoa humana.

29. À luz da doutrina e da jurisprudência do STF acerca da organização do Estado


brasileiro e da distribuição de competências federativas, assinale a opção correta.

a) A imunidade constitucional sobre opiniões, palavras e votos proferidos por vereador


no exercício do mandato estende-se além do limite territorial do município ao qual ele
esteja funcionalmente vinculado.

b) É inconstitucional disposição de Constituição estadual que condicione a instauração


de ação penal por crime comum contra governadores a prévia autorização legislativa.

c) Cabe intervenção federal em município em caso de descumprimento de decisão de


tribunal federal.

d) Pertence à União a competência para a edição de lei que institua regiões


metropolitanas.

e) Aos estados compete legislar sobre as hipóteses em que é permitido o porte de arma
para servidores públicos de seus quadros.

30. Sobre as possibilidades de interferência estatal no direito fundamental à liberdade


de associação, assinale a opção correta.

a) Cabe ao Poder Executivo determinar a dissolução compulsória de associação que


tenha por objetivo a promoção de fins ilícitos.

b) A produção dos efeitos da decisão judicial que determina a dissolução compulsória


de associação depende do seu trânsito em julgado.

75
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) A legitimidade da associação para a representação de seus filiados restringe-se ao


âmbito judicial.

d) A atuação judicial de associação na condição de substituta processual depende de


autorização dos associados por meio de procuração.

e) A exclusão de um associado de uma entidade religiosa por questões ideológicas está


sujeita a revisão pelo Estado.

31. No que se refere à teoria geral dos direitos fundamentais e aos direitos e deveres
individuais e coletivos, é correto afirmar que

a) o chamado direito de resistência inclui-se entre os direitos fundamentais de segunda


dimensão.

b) a igualdade formal é característica típica dos direitos fundamentais de segunda


dimensão.

c) o direito de greve é classificado como direito fundamental de terceira dimensão.

d) a titularidade dos direitos fundamentais de terceira dimensão é sempre individual.

e) o direito à comunicação inclui-se entre os direitos fundamentais de terceira


dimensão.

32. O governador de determinado estado da Federação pretende editar decreto que


estabeleça as consequências administrativas do ato de greve de servidor público e as
providências a serem adotadas pela administração pública para garantir a continuidade
dos serviços públicos em caso de paralisação.

Considerando essa situação hipotética, as disposições da Constituição Federal de 1988


(CF) e o entendimento do STF, assinale a opção correta com relação ao direito de greve.

a) O direito de greve de servidores públicos civis estatutários exige, nos termos da CF,
regulamentação por lei complementar específica.

b) A CF proíbe a greve pelos militares, mas admite a sindicalização.

c) O referido decreto estadual será inconstitucional, por invadir competência privativa


da União para legislar sobre direito do trabalho, independentemente de o regime
jurídico ser estatutário ou celetista.

d) Não se pode estabelecer mediante decreto do governador o desconto em folha de


pagamento quanto aos dias de paralisação.

e) O referido decreto pode prever hipótese de contratação temporária excepcional


limitada ao período de duração da greve para garantir a continuidade de serviços
públicos essenciais.

33. Considerando as disposições da CF, assinale a opção correta, no que se refere à


acumulação de cargos públicos.

76
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) A proibição de acumulação remunerada de cargos públicos na administração direta


não admite exceções.

b) A proibição de acumulação remunerada de cargos públicos não se estende a


empregos públicos.
c) A proibição de acumulação remunerada de cargos públicos abrange o exercício de
cargo público privativo de médico concomitante com o exercício de medicina em clínica
particular.

d) A acumulação remunerada de dois cargos públicos de professor é permitida, desde


que haja compatibilidade de horários.

e) Não se estende a sociedades controladas indiretamente pelo poder público a


proibição de acumulação remunerada de cargos públicos.

34. Considerando-se as disposições da CF, é correto afirmar que o procurador-geral da


República, chefe do Ministério Público da União, é nomeado pelo presidente da República
dentre

a) integrantes da carreira, para mandato de dois anos, podendo ser destituído por
iniciativa do presidente da República, desde que haja prévia autorização da maioria
absoluta do Senado Federal.

b) cidadãos de mais de trinta e cinco anos de idade de notório saber jurídico e conduta
ilibada, após sabatina e aprovação pelo STF, para mandato de três anos, sem
possibilidade de posterior destituição.

c) integrantes de lista tríplice da carreira, para mandato de dois anos, após prévia
autorização da maioria absoluta do Senado Federal, sem possibilidade de posterior
destituição, salvo em caso de processo disciplinar ou decisão judicial.

d) cidadãos de mais de trinta e cinco anos de idade de notório saber jurídico e conduta
ilibada, integrantes ou não das carreiras do Ministério Público, para mandato de dois
anos, podendo ser destituído por iniciativa do presidente da República, desde que haja
prévia autorização da maioria absoluta do Senado Federal.

e) integrantes da carreira, para mandato de três anos, podendo ser destituído por
iniciativa do presidente da República, desde que haja prévia autorização da maioria
absoluta do STF.

35. Considerando-se as disposições da Constituição Federal de 1988 (CF), é correto


afirmar que a subvenção a cultos religiosos e igrejas

a) pode ser realizada independentemente de lei, desde que não seja mantida relação
de dependência entre um ente federado e eventuais cultos religiosos e igrejas por ele
subvencionados.

b) é admitida no caso de colaboração de interesse público, desde que seja feita na


forma da lei.

c) é legítima se prevista na Lei Orgânica do município, independentemente de


caracterizar-se como colaboração de interesse público.

77
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) é vedada aos municípios em qualquer hipótese, sendo permitida apenas à União, aos
estados e ao Distrito Federal.

e) somente é admitida no caso de religiões que sejam oficialmente adotadas pelo Estado
brasileiro, que consiste em uma federação não laica.

36. No que se refere às funções essenciais à justiça, conforme os dispositivos da CF,


julgue os itens a seguir.

I Cabe ao Ministério Público a defesa judicial dos direitos das populações indígenas.

II São reconhecidas ao advogado público independência funcional e inamovibilidade.

III É vedado aos defensores públicos o exercício da advocacia fora das atribuições
institucionais.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos.
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

37. Acerca de democracia, representação e participação social no Brasil, assinale a


opção correta.

a) No Brasil, o exercício da democracia efetiva-se unicamente por meio do voto nas


eleições.

b) Plebiscito é a convocação do povo para ratificar ou rejeitar ato legislativo ou


administrativo previamente aprovado pelo Poder Legislativo.

c) No caso de alteração territorial relativa à divisão de estado para originar novos


estados, o respectivo projeto de lei proposto no Congresso Nacional deverá ser, depois
de aprovado, submetido a referendo da população interessada.

d) A iniciativa popular é uma forma de democracia indireta.

e) No Brasil, é possível a participação da população em decisões relativas a formulação,


deliberação, monitoramento, avaliação e financiamento de políticas públicas.

38. A Constituição Federal de 1988 veda expressamente

a) transferência voluntária de recursos financeiros pelo governo estadual para fins de


pagamento de despesas com pessoal ativo dos municípios.

b) o acúmulo, de forma remunerada, de dois cargos técnicos, exceto se houver


compatibilidade de horários entre eles.

78
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

c) a edição de medida provisória para dispor sobre a criação e extinção de órgãos da


administração pública direta e indireta.

d) a vinculação da receita de impostos a despesas relacionadas às ações de manutenção


e desenvolvimento do ensino.
e) o remanejamento de recursos de uma categoria de programação para outra com o
objetivo de viabilizar resultados de projetos vinculados à ciência, tecnologia e inovação.

39. De acordo com a Constituição Federal de 1988, exercem função essencial à justiça

a) os órgãos integrantes do sistema de controle interno.


b) os tribunais de contas estaduais.
c) as procuradorias dos estados.
d) os juízes de paz.
e) os órgãos da administração fazendária.

40. Conforme os dispositivos constitucionais e a jurisprudência do STF com relação à


repartição de competências, é correto afirmar que compete

a) aos municípios planejar e promover a defesa permanente contra calamidades


públicas, especialmente as secas e as inundações.

b) aos estados legislar, de forma concorrente, sobre as normas de processo e


julgamento dos crimes de responsabilidade praticados por governadores.

c) aos municípios explorar diretamente, ou mediante concessão, os serviços locais de


gás canalizado, vedada a edição de medida provisória para a sua regulamentação.

d) aos estados legislar, de forma concorrente, sobre direito econômico, urbanístico e


financeiro e sobre orçamento.

e) à União legislar, privativamente, sobre licitações e contratos e sobre previdência


social.

41. Acerca de bens públicos, assinale a opção correta.

a) Os bens da União não alcançam terras de aldeamentos extintos, ainda que ocupadas
por indígenas em passado remoto.

b) Os bens dominicais podem ser adquiridos por usucapião.

c) As águas dos rios que banhem territórios de mais de um estado-membro são de


domínio desses entes federados.

d) Domínio público compreende os bens de uso ou alcance comum que não sejam
resguardados por direitos privados ou por proteção legal.

e) São de competência comum da União e dos estados federados as terras devolutas


arrecadadas pelos estados por necessidade de proteção dos ecossistemas naturais.

42. Acerca da organização contemporânea do Estado brasileiro, é correto afirmar que

79
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) a forma de Estado vigente é denominada Estado unitário.


b) a forma de governo adotada é a presidencialista.
c) o presidente da República é o chefe de Estado, mas não o chefe de governo.
d) a forma de Estado vigente é o Estado democrático de direito.
e) a forma de governo adotada é a república e o regime político é o democrático.

43. Servidor público federal em período de licença para tratar de interesse particular
requereu a acumulação do seu cargo público com uma função pública de titularidade de
serventia extrajudicial.

Com base no entendimento do STF, é correto afirmar que, nessa situação hipotética,

a) é viável a acumulação, desde que haja compatibilidade de horário

b) é viável a acumulação, pois o servidor a requereu enquanto estava licenciado.

c) é viável a acumulação, pois a vedação constitucional a acumulação se aplica somente


a cargos e empregos públicos.

d) não é viável a acumulação, porque a referida licença é remunerada.

e) não é viável a acumulação, porque a vedação constitucional à acumulação se aplica


a cargos, funções e empregos públicos.

44. No Poder Judiciário, composto majoritariamente por juízes de carreira, há um


instituto que visa à oxigenação de ideias, ao ampliar sua representatividade. Todavia,
alega-se que o referido instituto pode ser um meio de perpetrar a prática de nepotismo,
porque os seus critérios legais para a assunção ao cargo da magistratura são formais,
não prevendo requisitos qualitativos. Logo, critérios subjetivos e discricionários podem
privilegiar candidatos que detenham heranças de capitais simbólicos.

Willian Carneiro Bianeck. A porta dos fundos do Judiciário: o quinto constitucional e


o nepotismo. Internet: (com adaptações).

É correto afirmar que o quinto constitucional, referido no texto, será composto por
membros do Ministério Público e da advocacia que

a) tenham, pelo menos, dez anos de carreira, para atuar em todos os tribunais
superiores.

b) tenham, pelo menos, cinco anos de efetiva atividade profissional e reputação ilibada.

c) sejam indicados em lista tríplice pelos respectivos órgãos de classe.

d) serão nomeados após escolha, pelo Poder Executivo, a partir de lista tríplice enviada
pelo respectivo tribunal.

e) serão nomeados após escolha, pelo STJ, a partir de lista sêxtupla indicada pelos
órgãos de representação das respectivas classes.

80
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

45. A Constituição Federal de 1988 garante, entre outros direitos e garantias


fundamentais, que

a) a manifestação do pensamento é livre, sendo garantido o direito ao anonimato.

b) ninguém será privado de direitos por motivo de convicções filosóficas, políticas ou


religiosas, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta.

c) a casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem o


consentimento do morador, salvo por determinação judicial, a qualquer hora do dia ou
da noite.

d) todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público,


desde que seja concedida permissão por autoridade competente.

e) os autores de inventos industriais terão privilégio de caráter permanente para sua


utilização, haja vista a promoção do desenvolvimento tecnológico do país.

46. O Estado brasileiro deve obediência irrestrita à própria Constituição, mas, ainda
assim, assumiu, nos termos desse estatuto político, o compromisso de reger-se, nas
suas relações internacionais, pelo princípio da

a) prevalência dos direitos humanos.


b) erradicação de todas as formas de discriminação.
c) dignidade da pessoa humana.
d) redução das desigualdades regionais.
e) inviolabilidade do direito à segurança.

47. As ilhas costeiras são bens públicos que pertencem

a) aos estados, no caso de ilhas situadas nas águas interiores e na zona contígua, até
o limite interior da plataforma continental, ou à União, no caso de ilhas situadas na
plataforma continental.

b) à União, com exceção das ilhas que contenham as sedes de capitais ou que possuam
unidades de conservação estadual ou municipal.

c) à União, ressalvadas as ilhas que contenham a sede de municípios, que podem ter
áreas sob domínio municipal ou particular, e as áreas sob o domínio dos estados.

d) aos municípios, no caso de ilhas situadas aquém das águas interiores, ou aos
estados, no caso de ilhas situadas nas águas interiores até o fim da zona contígua.

e) aos estados, salvo as que contenham a sede de municípios, as áreas afetadas ao


serviço público dos demais entes e as unidades ambientais federais.

48. Na propriedade de Roberto, localizada em um município do estado de Santa


Catarina, existe um conjunto de cavidades naturais subterrâneas, sobre o qual Roberto
pretende construir um empreendimento.

De acordo com a Constituição Federal de 1988, a pretensão de Roberto é juridicamente


inviável, porque essas cavidades são bens de titularidade

81
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) do estado de Santa Catarina.

b) do município de localização da propriedade.

c) da União.

d) comum da União, do estado de Santa Catarina e do município de localização da


propriedade.

e) concorrente da União, do estado de Santa Catarina e do município de localização da


propriedade.

49. Com relação à garantia constitucional de tratamento igualitário sem distinção de


qualquer natureza, a CF estabelece que

a) homens e mulheres sejam iguais em direitos, ressalvadas hipóteses de


vulnerabilidade da mulher quanto às obrigações.

b) votos de analfabetos são facultativos e, em razão da condição particular desse grupo,


não têm o mesmo caráter de sigilo dos votos dos demais cidadãos.

c) a igualdade perante a lei seja garantida aos estrangeiros residentes no Brasil, desde
que naturalizados, e aos brasileiros.

d) haja igualdade de direitos entre trabalhador com vínculo empregatício permanente


e trabalhador avulso.

e) sejam assegurados à categoria dos trabalhadores domésticos todos os direitos


previstos para os trabalhadores urbanos e rurais.

50. É fundamento da República Federativa do Brasil

a) a dignidade da pessoa humana.


b) o desenvolvimento nacional.
c) a independência nacional.
d) a erradicação da pobreza.
e) a solidariedade.

51. Ao definir a organização político-administrativa do Estado brasileiro, o constituinte


determinou que o Distrito Federal

a) deve ser regido por sua Constituição e pelas leis que adotar, observados os princípios
da CF.

b) é competente para organizar e manter sua polícia civil, sua polícia militar e seu corpo
de bombeiros militar.

c) acumula as competências legislativas reservadas aos estados e aos municípios.

d) é competente para explorar diretamente serviços e instalações de energia elétrica.

82
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) é competente para legislar sobre a organização administrativa do Poder Judiciário,


do Ministério Público e da Defensoria Pública.

52. A CF assegura aos cidadãos, independentemente do pagamento de taxas, da


comprovação de estado de pobreza ou de insuficiência de recurso,

a) a certidão de casamento.
b) a obtenção de certidões em repartições públicas.
c) a assistência jurídica integral.
d) a certidão de óbito.
e) a criação e a dissolução de associações.

53. De acordo com disposições da Constituição Federal de 1988, para integrar a


organização, o planejamento e a execução de funções públicas de interesse comum, os
estados podem instituir aglomerações urbanas, constituídas por agrupamentos de
municípios limítrofes, mediante

a) lei ordinária.
b) lei complementar.
c) decreto legislativo.
d) resolução.

54. De acordo com as normas constitucionais para os pagamentos devidos em


decorrência de sentença judiciária, deve a administração pública pagar seus débitos da
seguinte forma: inicialmente os créditos

a) destinados às pessoas físicas e, depois, às pessoas jurídicas.

b) equivalentes a requisições de pequeno valor e, depois, os demais.

c) relativos à reforma agrária e, depois, os demais.

d) destinados aos idosos e, depois, aos deficientes.

e) advindos de processos sobre salários e, depois, de processos de benefícios


previdenciários.

55. De acordo com a Constituição Federal de 1988, compete privativamente à União


legislar sobre

a) a defesa do solo e dos recursos naturais.


b) a proteção do meio ambiente e o combate à poluição.
c) a preservação das florestas e da flora.
d) as florestas e a fauna.
e) as águas e a metalurgia.

56. Edital de concurso público para o cargo de policial civil de determinado estado da
Federação vedou a possibilidade de remarcação de teste de aptidão física dos
candidatos em razão de eventual problema temporário de saúde.

De acordo com o entendimento jurisprudencial do STF, a referida cláusula editalícia

83
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) ofende o princípio da isonomia.


b) contraria o princípio da impessoalidade.
c) trata com desigualdade os candidatos.
d) depende de previsão legal anterior
e) coaduna-se com a Constituição Federal de 1988.

57. Conforme a Constituição Federal de 1988 quanto às condições de elegibilidade, o


candidato está dispensado de comprovar

a) o alistamento eleitoral.
b) o domicílio eleitoral.
c) a nacionalidade.
d) a filiação sindical.
e) o pleno exercício de direitos políticos.

58. Felipe é brasileiro naturalizado e foi morar no Japão, onde se casou com Júlia, uma
mexicana. Quando Júlia estava a serviço de seu país na Alemanha, nasceu Alberto, filho
do casal, que não foi registrado no consulado brasileiro nem no mexicano. Aos vinte
anos de idade, Alberto veio para o Brasil, onde instaurou residência e, ato contínuo,
optou pela nacionalidade brasileira.

Nessa situação hipotética, no que diz respeito à nacionalidade, a CF estabelece que


Alberto

a) é alemão e brasileiro, tendo obrigatoriamente dupla nacionalidade.

b) é brasileiro naturalizado.

c) é brasileiro nato.

d) não pode optar pela nacionalidade brasileira por não estar residindo, sem condenação
penal, há mais de quinze anos ininterruptos no Brasil.

e) é alemão, brasileiro e mexicano, tendo obrigatoriamente cidadania múltipla.

59. À luz do disposto na CF, assinale a opção correta no que se refere aos princípios
fundamentais da CF.

a) O Legislativo, o Executivo e o Judiciário — poderes independentes e harmônicos entre


si, integrantes da República Federativa do Brasil — não estão sujeitos ao princípio da
indissolubilidade do vínculo federativo.

b) A República Federativa do Brasil é composta pela união entre os estados federados,


municípios e o Distrito Federal, não podendo ser nem mesmo objeto de deliberação
uma proposta de emenda constitucional tendente a abolir a forma federativa.

c) A independência nacional como princípio significa a manifestação da soberania na


ordem interna com superioridade a todas as demais manifestações de poder em âmbito
global.

d) A solução pacífica dos conflitos é um dos objetivos fundamentais da República


Federativa do Brasil.

84
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) O Legislativo, o Executivo e o Judiciário são poderes harmônicos e preservam o


equilíbrio no exercício das funções estatais essenciais, coibindo o sistema de freios e
contrapesos.

60. Com base nas normas constitucionais que versem sobre as funções essenciais à
justiça, assinale a opção correta.

a) A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional integra o Ministério Público Federal.

b) Incumbe à Advocacia Geral da União representar a União, judicial e


extrajudicialmente.

c) A Defensoria Pública da União faz parte do Conselho Nacional do Ministério Público.

d) Aos membros da Defensoria Pública e aos integrantes da Advocacia Geral da União


são asseguradas as prerrogativas constitucionais da inamovibilidade e da vitaliciedade.

e) A autonomia administrativa é garantida constitucionalmente ao Ministério Público, à


Defensoria Pública e à Advocacia Pública.

61. A respeito da organização do Estado, a União, os estados federados e o Distrito


Federal podem legislar concorrentemente sobre

a) direito tributário, financeiro, penitenciário, econômico e urbanístico.

b) ordenamento territorial, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento


e da ocupação do solo urbano.

c) combate às causas da pobreza e aos fatores de marginalização, promovendo a


integração social dos setores desfavorecidos.

d) direito civil, comercial, penal, processual, eleitoral, agrário, marítimo, aeronáutico,


espacial e do trabalho.

e) política de crédito, câmbio, seguros e transferência de valores.

62. A exploração de serviços de radiodifusão sonora bem como de sons e imagens pode
ocorrer mediante

a) autorização, apenas.
b) permissão, apenas.
c) concessão, apenas.
d) autorização, permissão e concessão.
e) autorização e concessão, apenas.

63. A lei estadual X estabeleceu a obrigatoriedade da realização de adaptações nos


veículos de transporte coletivo intermunicipal de propriedade das empresas
concessionárias do serviço, com a finalidade de facilitar o acesso de pessoas com
deficiência física ou com dificuldades de locomoção.

85
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

Conforme as disposições do texto constitucional, a legislação, a doutrina e a


jurisprudência do STF, a lei estadual X é

a) inconstitucional por ofensa à competência privativa da União para legislar sobre


trânsito e transporte.

b) inconstitucional por ofensa à competência concorrente dos entes federados, ainda


que inexistente lei geral nacional.

c) inconstitucional por ofensa à livre iniciativa e ao caráter competitivo das licitações


públicas para a área de transportes.

d) constitucional, pois está compatível com a CF e com a Convenção Internacional sobre


os Direitos das Pessoas com Deficiência, incorporada ao direito nacional como norma
de caráter supralegal.

e) constitucional, pois está compatível com a CF e com a Convenção Internacional sobre


os Direitos das Pessoas com Deficiência, incorporada ao direito nacional como norma
constitucional.

64. Assinale a opção que indica o instrumento da democracia direta ou participativa


que constitui consulta popular ao eleitorado sobre a manutenção ou revogação de um
mandato político.

a) impeachment
b) referendo
c) plebiscito
d) recall
e) moção de desconfiança

65. No que se refere à liberdade de expressão, à liberdade de imprensa e aos seus


limites, assinale a opção correta.

a) De acordo com o STF, o consumo de droga ilícita em passeata que reivindique a


descriminalização do uso dessa substância é assegurado pela liberdade de expressão.

b) A legislação pertinente determina que os comentários de usuários da Internet nas


páginas eletrônicas dos veículos de comunicação social se sujeitem ao direito de
resposta do ofendido.

c) A publicação de informações falsas em veículos de comunicação social não está


assegurada pela liberdade de imprensa.

d) A retratação ou retificação espontânea de mensagem de conteúdo ofensivo à honra


ou imagem de outrem impede eventual direito de resposta do ofendido.

e) Além do direito de resposta, a liberdade de expressão garante o direito de acesso e


exposição de ideias em veículos de comunicação social.

66. Acerca da organização dos estados, é correto afirmar que

a) a criação de um território federal é regulada por lei ordinária.

86
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) aos estados-membros compete explorar os serviços locais de gás canalizado.


c) a iniciativa popular no processo legislativo estadual não é admitida.
d) a competência da União para legislar sobre normas gerais exclui a competência
suplementar dos estados-membros para legislar.
e) o texto constitucional autoriza a criação de tribunais de contas municipais.

67. Com relação ao direito à associação, assinale a opção correta.

a) As atividades das associações somente poderão ser suspensas por decisão judicial.

b) A liberdade de associação é plena, mesmo para associação de caráter paramilitar.

c) A criação de associação depende de autorização do poder público.

d) A associação pode prever, em seu estatuto, hipóteses para compelir alguém a


permanecer associado.

e) As associações, ainda quando não autorizadas expressamente, possuem legitimidade


para representar seus filiados judicial ou extrajudicialmente.

68. Um município de determinado estado da Federação apresentava graves dificuldades


com transportes, o que resultava em problemas no cotidiano da população,
especialmente pela dificuldade de entrega de documentos e encomendas via postal.
Atenta a essa demanda, a assembleia legislativa municipal editou lei para regulamentar
o serviço postal no município, considerando as especificidades locais da comunidade,
em nome do interesse público, e buscando atender adequadamente à população.

Conforme os dispositivos constitucionais referentes à organização do Estado, a lei


editada pela assembleia legislativa desse município é

a) inconstitucional, porque é da União a competência privativa para legislar sobre


serviço postal.

b) constitucional, porque a assembleia legislativa municipal detém autonomia e


legitimidade para legislar privativamente sobre demandas específicas locais.

c) inconstitucional, porque é do respectivo estado a competência privativa para legislar


sobre serviço postal em seus municípios.

d) constitucional, porque a assembleia legislativa municipal detém legitimidade para


legislar concorrentemente com a União e com o respectivo estado sobre serviço postal.

e) constitucional, porque a assembleia legislativa municipal detém competência comum


com os demais entes da Federação para legislar sobre serviço postal.

69. É fundamento da República Federativa do Brasil

a) a igualdade entre homens e mulheres.


b) a defesa da paz.
c) o valor social da livre iniciativa.
d) o repúdio ao racismo.
e) a solução pacífica de conflitos.

87
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

70. A União e o estado do Rio Grande do Sul poderão legislar concorrentemente sobre

a) direito marítimo.
b) direito econômico.
c) trânsito.
d) sorteios.
e) informática.

88
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

LÍNGUA PORTUGUESA

01. Infere-se do texto CG4A1-I que a personagem Eurídice dedicava-se à culinária


porque

a) essa atividade era um meio de expressar suas potencialidades.


b) ela alimentava aversão aos estudos acadêmicos.
c) essa atividade consistia em uma das suas habilidades natas.
d) ela tinha receio de fazer um curso superior.
e) essa atividade permitia expandir suas relações interpessoais.

89
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

02. Mantendo-se a coerência e a correção gramatical do texto CG1A1-II, o verbo


“aceitar” (R.15) poderia ser substituído por

a) consentir.
b) prescindir.
c) assistir.
d) obstar.
e) enjeitar.

03. Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto CG1A1-II, a


forma verbal “há” (R.12) poderia ser substituída por

a) existem.
b) existe
c) ocorre.
d) têm.
e) tem.

90
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

91
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

04. De acordo com o último parágrafo do texto CG1A1-I, um sujeito não engendrado

a) inverte a ordem de transmissão familiar existente.

b) sente-se isento de dívidas para com a geração precedente.

c) relaciona-se com os demais a partir da construção de vínculos sólidos.

d) é mais envolvido com a geração vindoura do que com a geração precedente.

e) tem capacidade crítica reduzida e não demonstra compromisso com os laços


familiares.

92
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

05. Segundo as ideias veiculadas no texto CG1A1-II,

a) questões relativas a origem racial ou étnica, convicções religiosas, opiniões políticas,


saúde ou vida sexual são as que mais motivam atos de discriminação, e, por isso, os
dados sensíveis devem ter maior nível de proteção.

b) a Lei Geral de Proteção de Dados prevê obrigações tanto para as empresas que
coletam os dados quanto para o titular desses dados, de forma proporcional.

c) a norma legal é válida em caso de bens e serviços ofertados a brasileiros,


independentemente do país onde a coleta dos dados pessoais for feita.

d) o Estado é autorizado a coletar e a tratar dados pessoais de brasileiros da forma que


julgar mais adequada

e) o Brasil é pioneiro na edição de uma lei acerca da coleta e do uso de dados sensíveis.

93
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

06. Seria mantida a correção gramatical do texto CG1A1-I se o segmento “em que”,
nas linhas 8 e 13, fosse substituído, respectivamente, por

a) onde e onde.
b) onde e que.
c) a qual e o qual.
d) no qual e onde.
e) que e no qual.

07. As autoras do texto CG1A1-I consideram que

a) o fato de duas ou mais pessoas viverem juntas é bastante para que sejam
consideradas uma família.

b) a família, na atualidade, define-se como instituição cujos membros não se


comprometem uns com os outros.

c) a família concebida nos moldes tradicionais não existe no século XXI.

d) o conceito geral de família sempre esteve em constante mudança.

e) a definição de família constitui um grande desafio.

94
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

08. Sem prejuízo da correção gramatical e do sentido original do texto CG1A1-II, a


forma verbal “há” ( 12) poderia ser substituída por

a) existem.
b) existe.
c) ocorre.
d) têm.
e) tem.

09. Mantendo-se a coerência e a correção gramatical do texto CG1A1-II, o verbo


“aceitar” ( 15) poderia ser substituído por

a) consentir.
b) prescindir.
c) assistir.
d) obstar.
e) enjeitar.

95
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

10. Cada uma das opções a seguir apresenta uma proposta de reescrita para o seguinte
trecho do texto CG1A1-I: “Trata-se de uma condição que comporta riscos, pois,
segundo Dufour, desaparece o motivo geracional.” (R. 33 a 35).

Assinale a opção em que a proposta de reescrita apresentada mantém os sentidos


originais e a correção gramatical do texto.

a) Isso se trata de uma condição que comporta riscos, pois, segundo Dufour,
desaparece o motivo geracional.

b) Segundo Dufour, trata-se de uma condição que comporta riscos, pois desaparece o
motivo geracional.

c) Trata-se de uma condição que comporta riscos pois, segundo Dufour, desaparece o
motivo geracional.

d) Trata-se de uma condição que comporta riscos, visto que o motivo geracional,
segundo Dufour, desaparece.

e) Se trata de uma condição que redunda em riscos, pois, segundo Dufour, o motivo
geracional desaparece.

11. No terceiro parágrafo do texto CG1A1-I, a forma pronominal “o”, em “o lançam”


(R.29), faz referência a

a) “esforço” (R.25).
b) “homem” (R.26).
c) “outro” (R.27).
d) “espaço” (R.28).
e) “interior” (R.28).

96
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

12. No texto CB1A1-I, o trecho “quanto mais cresce a riqueza, mais aumenta a péssima
distribuição dos bens” (l. 16 e 17) expressa uma relação de

a) comparação.
b) oposição.
c) proporcionalidade.
d) conformidade.
e) alternância

13. Sem alteração dos sentidos do texto CB1A1-I, o vocábulo “equitativa” (l.21) poderia
ser substituído por

a) ampla.
b) qualitativa.
c) divergente.
d) uniforme.
e) imediata.

14. Cada uma das opções a seguir apresenta uma proposta de reescrita para o
segmento “a instrução, o saber e a técnica levariam, necessariamente, à felicidade
coletiva” (l. 35 e 36), do texto CB1A1-I. Assinale a opção em que a proposta indicada
mantém os sentidos e a correção gramatical do texto.

a) a instrução, o saber e a técnica motivariam, necessariamente, à felicidade coletiva

b) a instrução, o saber e a técnica implicariam, necessariamente, à felicidade coletiva

c) a instrução, o saber e a técnica chegariam, necessariamente, à felicidade coletiva

d) a instrução, o saber e a técnica conduziriam, necessariamente, a felicidade coletiva

e) a instrução, o saber e a técnica proporcionariam, necessariamente, a felicidade


coletiva

15. Cada uma das opções a seguir apresenta uma proposta de reescrita que altera o
seguinte trecho do texto CB1A1-I: “o que permite imaginar a possibilidade de resolver
grande número de problemas materiais do homem, quem sabe, inclusive, o da
alimentação” (l. 5 a 7). Assinale a opção em que a proposta apresentada mantém a
correção gramatical e os sentidos originais do texto.

a) o que permite imaginar a possibilidade de resolver grande número de problemas


materiais do homem: quem sabe, inclusive, o da alimentação

b) permitindo imaginar a possibilidade de resolver grande número de problemas


materiais do homem; quem sabe, inclusive, o da alimentação

c) o que permite imaginar a possibilidade de resolver grande número de problemas


materiais do homem — quem sabe, inclusive, o da alimentação

d) o que permite imaginar a possibilidade de resolver grande número de problemas


materiais, do homem quem sabe, inclusive, o da alimentação

97
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) permitindo imaginar a possibilidade de resolver grande número de problemas


materiais do homem quem sabe, inclusive, o da alimentação

16. De acordo com o texto CB1A1-I, o progresso

a) gera maior distribuição dos bens


b) perpetua a felicidade coletiva.
c) causa a degradação da humanidade.
d) prolonga a barbárie entre os homens.
e) produz força criadora.

17. No texto CB1A1-I, a forma pronominal presente na contração “nisso” (l.24) refere-
se a

a) “uma distribuição equitativa dos bens materiais” (I.21).


b) “superar as formas brutais de exploração do homem” (I. 22 e 23).
c) “criar abundância para todos” (l.23).
d) “Essa insensibilidade” (l.25).
e) “ideias amadurecidas no correr dos séculos XVIII e XIX” (l. 27 e 28).

18. Conforme o texto CB1A1-I, a humanidade atingiu sua capacidade máxima de

a) respeito aos direitos humanos.


b) racionalidade técnica.
c) resolução de todos os problemas materiais do homem.
d) padronização do comportamento.
e) produção de alimentos.

19. No texto CB1A1-I, indica o momento da produção textual a expressão

a) “em nosso tempo” (l.1).


b) “eras passadas” (l.3).
c) “ao mesmo tempo” (l.11).
d) “séculos XVIII e XIX” (l.28).
e) “durante muito tempo” (I.31).

20. Assinale a opção que apresenta o tema central do texto CB1A1-I.

a) “somos contraditórios no que diz respeito aos direitos humanos” (l 1 e 2)

b) “chegamos a um máximo de racionalidade técnica e de domínio sobre a natureza” (l


3 e 4)

c) “a irracionalidade do comportamento é também máxima” (l 8 e 9)

d) “as conquistas do progresso seriam canalizadas no rumo imaginado pelos utopistas”


(l 33 e 34)

e) “a barbárie continuou entre os homens” (l37)

98
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

99
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

21. No texto CB1A1-II, predomina a tipologia

a) injuntiva.
b) narrativa.
c) descritiva.
d) expositiva.
e) argumentativa.

22. No texto CB1A1-I, poderia ser substituído por havia o verbo ter empregado em

a) “Não tinha mais que vinte casas mortas” (l. 1 e 2).


b) “Algumas construções nem sequer tinham telhado” (l.3).
c) “Nem o ar tinha esperança de ser vento” (l. 4 e 5).
d) “Em Juazeiro tinha gente” (l. 11 e 12).
e) “Não tinha tanto dinheiro para comer” (l. 31 e 32).

23. Mantendo-se a correção gramatical e os sentidos do texto CB1A1-I, poderia ser


inserida uma vírgula logo após

a) “construções” (l.3).
b) “música” (l.16).
c) “azul” (l.17).
d) “porta” (l.23).
e) “triste” (l.10).

24. Considerando os sentidos e os aspectos linguísticos do texto 1A3-II, julgue os itens


seguintes.

I No trecho “o poder de tributar está na origem do Estado ou do ente político” (ℓ. 5 e


6), a substituição de “ou” por e prejudicaria a correção gramatical do texto.

100
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

II A supressão dos parênteses empregados no trecho “(ou a vida pré-política da


humanidade)” (ℓ.8) alteraria os sentidos originais do texto.

III No trecho “seria comparável a usurpação ou roubo” (ℓ.19), a forma verbal “seria”
expressa dúvida quanto à possibilidade de concretização da referida comparação.

Assinale a opção correta.

a) Apenas o item I está certo.


b) Apenas o item II está certo.
c) Apenas os itens I e III estão certos
d) Apenas os itens II e III estão certos.
e) Todos os itens estão certos.

25. Com relação às propriedades linguísticas do texto 1A3-II, julgue os itens a seguir.

I O referente da forma verbal “passassem” (͏ℓ.8) é o termo “as pessoas” (͏ℓ.6).

II As formas pronominais presentes em “geri-la” (͏ℓ.9) e “financiá-la” (͏ℓ.10) possuem


referentes distintos no texto.

III O referente da forma pronominal “ele” (͏ℓ.18) é a expressão “o poder de tributar”


(͏ℓ.17).

IV A inserção do sinal indicativo de crase em “a usurpação” (͏ℓ.19) não prejudicaria a


correção gramatical do texto.

Estão certos apenas os itens

a) I e III.
b) I e IV.
c) II e IV.
d) I, II e III.
e) II, III e IV.

101
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

26. A correção gramatical e os sentidos do texto 1A3-I seriam preservados caso o


fragmento “favorecendo-se, assim, a elevação dos seus investimentos” (l.15 e 16) fosse
reescrito da seguinte forma.

a) que favorecerá, assim, a elevação dos seus investimentos


b) em que favorece, assim, a elevação dos seus investimentos
c) à qual favoreça, assim, a elevação dos seus investimentos
d) cuja elevação dos investimentos seria, assim, favorecida
e) o que favoreceria a elevação dos seus investimentos

102
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

27. A correção gramatical e os sentidos do texto 1A3-II seriam preservados se o termo


“Em decorrência disso” (ℓ.16) fosse substituído pela seguinte expressão.

a) Devido isso
b) Em suma
c) Por conseguinte
d) Consoante isso
e) Para tanto

28. Cada uma das opções a seguir apresenta trecho do texto 1A11-I seguido de uma
proposta de reescrita. Assinale a opção cuja proposta preserva os sentidos do texto e
suas relações coesivas.

a) “distante ano” (ℓ.2): ano distante


b) “desconhecido compositor” (ℓ.4): compositor desconhecido
c) “público refinado” (ℓ.7): refinado público
d) “músico menor” (ℓ.14): menor músico
e) “desprezo coletivo” (ℓ.12): coletivo desprezo

103
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

29. A correção e os sentidos do texto 1A11-I seriam preservados se a palavra


“enxovalhada” (ℓ.24) fosse substituída por

a) desassistida.
b) desagravada.
c) afamada.
d) aplaudida.
e) desdenhada.

30. Os sentidos originais e a correção gramatical do texto 1A11-I seriam preservados


se a forma verbal “invertera” (ℓ.20) fosse substituída por

a) inverteria.
b) teria invertido.
c) invertesse.
d) havia invertido.
e) houve de inverter.

104
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

31. Em cada uma das opções a seguir, é apresentada uma proposta de reescrita do
seguinte trecho do texto 1A1-I: “É preciso integrar-se aos países do MERCOSUL” (ℓ. 32
e 33). Assinale a opção cuja proposta de reescrita, além de estar gramaticalmente
correta, preserva os sentidos originais do texto.

a) É preciso que o Brasil se integre aos países do MERCOSUL


b) É preciso ao Brasil a integração dos países do MERCOSUL
c) É preciso que o Brasil seja integrado pelos países do MERCOSUL
d) É preciso que os países do MERCOSUL integrem-se ao Brasil
e) É preciso ao Brasil integrar o MERCOSUL

32. No texto 1A1-I, o emprego de vírgulas para isolar as expressões “adotado no país”
(l.22) e “embora se pareça com o IVA” (ℓ. 23 e 24) é

a) facultativo em ambas as expressões.


b) obrigatório apenas na primeira expressão.
c) apenas uma escolha estilística do autor.
d) justificado por regras distintas de pontuação.
e) necessário devido ao deslocamento dessas expressões dentro do período.

33. Mantendo-se a correção gramatical e o sentido original do trecho “O direito


tributário brasileiro depara-se com grandes desafios” (ℓ. 1 e 2), do texto 1A1-I, o
segmento “depara-se com” poderia ser substituído por

a) depara-se a.
b) confronta com.
c) depara-se diante de.
d) confronta-se a.
e) depara com.

34. Em cada uma das opções a seguir, é apresentada uma proposta de reescrita do
seguinte período do texto 1A1-I: “A harmonização com os outros sistemas tributários é
outro desafio que deve ser enfrentado.” (ℓ. 31 e 32). Assinale a opção cuja proposta de
reescrita, além de estar gramaticalmente correta, preserva os sentidos originais do
texto.

a) A harmonização com outros sistemas tributários deve enfrentar também o desafio.

b) O desequilíbrio com outros sistemas tributários é outro desafio a ser resgatado.

c) A harmonização com os demais sistemas tributários consiste em outro desafio a ser


enfrentado.

d) A harmonização de outros sistemas tributários é mais um desafio que deve ser


enfrentado.

e) A hierarquização com outros sistemas tributários é também um desafio ao qual deve-


se combater.

35. A correção gramatical e os sentidos originais do texto 1A1-I seriam preservados se,
no trecho “A competência estadual do ICMS gera ainda dificuldades na relação entre as

105
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

vinte e sete unidades da Federação” (ℓ. 26 a 28), o vocábulo “ainda” fosse substituído
pela seguinte expressão, isolada por vírgulas.

a) até então
b) ao menos
c) além disso
d) até aquele tempo
e) até o presente momento

106
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

36. Assinale a opção que reproduz trecho do texto 1A2-II em que predomina a tipologia
descrição.

a) “Ninguém é obrigado a parecer velho” (ℓ. 4)

b) “Neide considerou que, aos sessenta e quatro anos, até que não parecia velha. Mexeu
o creme com mais vigor” (ℓ. 6 a 8)

c) “Alguns estudos afirmam que a velhice começa aos trinta e seis anos de idade” (ℓ. 9
e 10)

d) “Foi bem na hora em que João Carlos entrou na cozinha: estava com sede” (ℓ. 31 e
32)

e) “a barriga do marido esgarçava as casas dos dois últimos botões” (ℓ. 35 e 36)

37. No último parágrafo do texto 1A2-II, os dois-pontos, em suas duas ocorrências,


introduzem, nos períodos em que ocorrem,

a) opiniões da personagem Neide sobre a personagem João Carlos.

b) esclarecimentos do narrador sobre a personagem João Carlos e sobre a visão de


Neide diante do marido.

c) impressões do narrador e da personagem Neide sobre a personagem João Carlos.

d) constatações do narrador e da personagem Neide sobre a personagem João Carlos.

e) suposições do narrador e da personagem Neide sobre a personagem João Carlos.

107
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

38. Predominam no texto 1A1-I as tipologias textuais

a) descrição e narração.
b) argumentação e injunção.
c) exposição e narração.
d) exposição e injunção.
e) descrição e argumentação.

39. No trecho “A Nota Fiscal Gaúcha é um programa que estimula o cidadão a pedir
notas fiscais em todas as suas compras, combatendo a sonegação fiscal. Pelo programa
os cidadãos concorrem a prêmios de até R$ 1 milhão, e as entidades sociais por eles
indicadas são beneficiadas com recursos do estado”, do texto 1A1-I, a correção
gramatical ficaria comprometida caso fosse introduzida uma vírgula imediatamente
após

108
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) “notas fiscais”.
b) “Pelo programa”.
c) “prêmios”.
d) “indicadas”.
e) “recursos”.

40. Em cada uma das opções a seguir, é apresentada uma proposta de reescrita para
o trecho “as entidades sociais por eles indicadas são beneficiadas com recursos do
estado”, do texto 1A1-I. Assinale a opção em que a reescrita proposta preserva os
sentidos originais e a correção gramatical do texto.

a) recursos do estado beneficiam as entidades sociais por ele indicadas


b) beneficia-se com recursos do estado as entidades sociais indicadas por parte deles
c) por eles indicadas, as entidades sociais são beneficiadas com recursos do estado
d) as entidades sociais indicadas são beneficiadas por eles com recursos do estado
e) as entidades sociais que eles indicaram beneficiam-se com recursos do estado

41. Os sentidos e a correção gramatical do texto 1A2-I seriam preservados se o trecho


“Todos merecem estes direitos, sem discriminação.” (l. 6 e 7) fosse substituído por:

a) Todos sem discriminação, merecem estes direitos.

109
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

b) Todos, sem discriminação merecem tais direitos.


c) Todos, sem discriminação, merecem estes direitos.
d) Sem discriminação, todos, merecem tais direitos.
e) Todos, merecem, sem discriminação estes direitos.

42. Com relação à tipologia textual, é correto afirmar que o texto 1A2-I apresenta
predominantemente

a) uma combinação de recursos descritivos e narrativos.


b) recursos da tipologia textual argumentativa.
c) elementos que caracterizam textos narrativos.
d) uma articulação entre as tipologias expositiva e narrativa.
e) elementos que caracterizam a tipologia expositiva.

43. Com relação à tipologia textual, é correto afirmar que o texto 1A1-II é
predominantemente

a) descritivo.
b) informativo.
c) argumentativo.
d) narrativo.
e) prescritivo.

44. Cada uma das opções a seguir apresenta uma proposta de reescrita para o trecho
“Essa arrecadação, recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios, não é

110
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

exclusivamente destinada a asfaltamento de ruas e colocação de sinais, isto é, a


manutenção de rodovias, mas pode abranger despesas com educação, saúde,
segurança, saneamento, entre outros.” (l. 8 a 13), do texto 1A1-II. Assinale a opção
em que a proposta mantém a correção gramatical e a coerência do texto.

a) Essa arrecadação recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios não é
destinada a asfaltamento de ruas e colocação de sinais, isto é, a manutenção de
rodovias, mas sim, a despesas com educação, saúde, segurança, saneamento, entre
outros.

b) Essa arrecadação recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios, não se
destina apenas a asfaltamento de ruas, colocação de sinais e manutenção de rodovias,
mas, também, a despesas com educação, saúde, segurança, saneamento, entre outros.

c) Recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios, essa arrecadação, não é
somente destinada a asfaltamento de ruas e colocação de sinais, isto é, a manutenção
de rodovias, mas, sim, a despesas com a educação, saúde, segurança, saneamento,
entre outros.

d) Essa arrecadação recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios não é
destinada unicamente ao asfaltamento de ruas e à colocação de sinais, isto é, à
manutenção de rodovias; pode abranger despesas com educação, saúde, segurança,
saneamento, entre outros.

e) Essa arrecadação, recolhida pela União, pelos estados ou pelos municípios, não só é
destinada ao asfaltamento de ruas e colocação de sinais, isto é, à manutenção de
rodovias, como também cobrem despesas com educação, saúde, segurança,
saneamento, entre outros.

111
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

45. Cada uma das opções a seguir apresenta uma proposta de reescrita para o trecho
“Os mais sortudos eram empregados para realizar a colheita ou para retirar lama dos
canais da cidade. Os menos afortunados entravam para o exército, com grandes
chances de morrer em uma guerra.” (l. 8 a 11), do texto 1A1-I. Assinale a opção em
que a proposta mantém a correção gramatical e os sentidos originais do texto.

a) Os mais sortudos eram empregados para realizar a colheita ou para retirar lama dos
canais da cidade; os menos afortunados, entravam para o exército, com grandes
chances de morrer em uma guerra.

b) Os mais sortudos eram empregados tanto na colheita quanto para retirar lama dos
canais da cidade. Os menos afortunados entravam para o exército e tinham grandes
chances de morrer em uma guerra.

c) Os empregados mais sortudos realizavam a colheita ou retiravam lama dos canais


da cidade, os menos afortunados entravam para o exército, cujas chances de morrer
em uma guerra eram grandes.

112
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

d) Os mais sortudos eram empregados para colher ou para retirar lama dos canais da
cidade, a despeito dos menos afortunados que entravam para o exército, com grandes
chances de morrer numa guerra.

e) Enquanto os mais sortudos eram empregados para realizar a colheita ou para retirar
lama dos canais da cidade, os menos afortunados, por sua vez, entravam para o
exército, com grandes chances de morrer em uma guerra.

46. A correção gramatical do texto 1A1-I seria mantida caso se substituísse

a) “encontradas” (R.1) por que encontravam-se.


b) “faz referência” (R. 3) por referem-se.
c) “que produziam” (R.5) por produzidos
d) “fiscalizavam” (R.20) por fiscalizavam-se.
e) “dava” (R.28) por davam.

47. A correção gramatical do texto CG1A1-I seria mantida, ainda que seu sentido fosse
alterado, caso se inserisse uma vírgula logo após

113
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

a) “combinado” (ℓ.4).
b) “ambiente” (ℓ.14).
c) “superado” (ℓ.20).
d) “democracia” (ℓ.30).
e) “Ambas” (ℓ.31)

48. A correção gramatical e os sentidos do texto CG1A1-I seriam mantidos caso o trecho
“A ciência nos esclarece sobre as questões mais profundas das origens, das naturezas
e dos destinos — de nossa espécie, da vida, de nosso planeta, do Universo.” (ℓ. 16 a
18) fosse reescrito da seguinte forma:

a) As questões mais profundas das origens, das naturezas e dos destinos de nossa
espécie, da vida, de nosso planeta e do Universo nos são esclarecidas pela ciência.

b) A ciência nos esclarece sobre as questões mais profundas das origens, das naturezas,
dos destinos, de nossa espécie, da vida, de nosso planeta, do Universo.

c) A ciência nos esclarece sobre as questões mais profundas das origens, das naturezas
e dos destinos, assim como de nossa espécie, da vida, de nosso planeta, do Universo.

d) A ciência nos esclarece sobre as questões mais profundas de nossa espécie, da vida,
de nosso planeta, do Universo — das origens, das naturezas e dos destinos.

e) As origens, as naturezas e os destinos de nossa espécie, da vida, de nosso planeta


e do Universo são as questões mais profundas esclarecidas pela ciência.

49. Em cada uma das opções a seguir, é apresentada uma proposta de reescrita do
seguinte trecho do texto CG1A1-I: “Um esforço combinado que vise transmitir a todos
os cidadãos a ciência — por meio de rádio, TV, cinema, jornais, livros, programas de
computadores, parques temáticos, salas de aula — deve pautar-se em quatro razões
principais.” (ℓ. 3 a 7). Assinale a opção que apresenta uma proposta de reescrita que
mantém a correção gramatical e a coerência do trecho.

a) Para expandir a ciência em um esforço combinado, o rádio, TV, cinema, jornais,


livros, programas de computadores, parques temáticos e salas de aula baseiam-se em
quatro razões principais.

b) Para transmitir a ciência a todos os cidadãos, há quatro razões principais para um


esforço combinado do rádio, TV, cinema, jornais, livros, programas de computadores,
parques temáticos e salas de aula.

c) Deve orientar-se por quatro razões principais um esforço combinado que vise
transmitir a ciência a todos os cidadãos por meio de rádio, TV, cinema, jornais, livros,
programas de computadores, parques temáticos e salas de aula.

d) Existe quatro razões para um esforço combinado que vise transmitir a ciência à todos
os cidadãos: por rádio, TV, cinema, jornais, livros, programas de computadores,
parques temáticos, salas de aula.

114
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) Para transmitir a ciência, a todos os cidadãos — por rádio, TV, cinema, jornais, livros,
programas de computadores, parques temáticos e salas de aula, há quatro razões
principais para um esforço combinado.

50. Assinale a opção em que a reescrita do primeiro parágrafo do texto CG4A1FFF está
de acordo com as informações originais e com as exigências gramaticais.

a) O Complexo Cultural Bumba Meu Boi, sete anos após receber o título de Patrimônio
Cultural do Brasil, uma das manifestações culturais mais marcantes do estado do
Maranhão, pode receber reconhecimento internacional.

b) Sete anos após receber reconhecimento internacional, pode receber o título de


Patrimônio Cultural do Brasil, o Complexo Cultural Bumba Meu Boi, uma das
manifestações culturais mais marcantes do estado do Maranhão.

c) O Complexo Cultural Bumba Meu Boi, uma das manifestações culturais mais
marcantes do estado do Maranhão, sete anos após receber o título de Patrimônio
Cultural do Brasil, pode receber reconhecimento internacional.

d) Sete anos após receber o título de Patrimônio Cultural do Brasil, o Complexo Cultural
Bumba Meu Boi, pode receber reconhecimento internacional, uma das mais marcantes
manifestações do estado cultural do Maranhão.

115
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

e) Sete anos após uma das manifestações culturais mais marcantes do estado do
Maranhão receber reconhecimento internacional, o Complexo Cultural Bumba Meu Boi
pode o título de Patrimônio Cultural do Brasil.

116
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

GABARITOS

DIREITO ADMINSITRATIVO
01: B 02: A 03: E 04: E 05: B 06: B 07: B
08: E 09: E 10: A 11: B 12: B 13: B 14: E
15: D 16: B 17: B 18: C 19: E 20: B 21: D
22: B 23: E 24: D 25: C 26: A 27: B 28: A
29: E 30: A 31: D 32: A 33: D 34: C 35: D
36: D 37: C 38: E 39: C 40: C 41: C 42: C
43: B 44: A 45: C 46: D 47: C 48: D 49: C
50: D 51: E 52: D 53: C 54: D 55: E 56: B
57: A 58: C 59: A 60: C 61: E 62: E 63: E
64: C 65: A 66: A 67: B 68: E 69: C 70: D
71: E 72: B 73: B 74: D 75: C 76: B 77: E
78: A 79: C 80: C 81: A 82: C 83: C 84: B
85: E 86: A 87: D 88: B 89: B 90: B 91: A
92: D 93: E 94: C 95: A 96: B 97: B 98: C
99: D 100: E

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO


01: C 02: B 03: C 04: A 05: B 06: C 07: C
08: C 09: A 10: C

DIREITO PROCESSUAL CIVIL


01: D 02: A 03: A 04: D 05: C 06: C 07: C
08: D 09: A 10: D 11: A 12: C 13: C 14: C
15: C 16: A 17: B 18: A 19: A 20: C 21: D
22: B 23: E 24: D 25: A 26: A 27: C 28: D
29: C 30: B 31: E 32: B 33: E 34: D 35: D
36: B 37: A 38: C 39: D 40: B 41: B 42: C
43: D 44: B 45: D 46: C 47: B 48: E 49: C
50: D 51: C 52: E 53: D 54: C 55: B 56: C
57: B 58: A 59: D 60: B 61: D 62: A 63: C
64: C 65: C 66: D 67: C 68: E 69: C 70: D

DIREITO CONSTITUCIONAL
01: E 02: E 03: A 04: A 05: A 06: A 07: A
08: B 09: A 10: C 11: B 12: B 13: E 14: E
15: B 16: E 17: A 18: E 19: C 20: B 21: B
22: D 23: B 24: B 25: D 26: D 27: C 28: E
29: B 30: B 31: E 32: E 33: D 34: A 35: B
36: C 37: E 38: A 39: C 40: D 41: A 42: E
43: E 44: D 45: B 46: A 47: C 48: C 49: D
50: A 51: C 52: B 53: B 54: B 55: E 56: E

117
Clique Aqui - Dicas Exclusivas no Grupo do Telegram TJ RJ

57: D 58: C 59: B 60: B 61: A 62: D 63: E


64: D 65: C 66: B 67: A 68: A 69: C 70: B

LÍNGUA PORTUGUESA
01: A 02: D 03: A 04: D 05: E 06: C 07: C
08: B 09: A 10: A 11: E 12: D 13: A 14: E
15: C 16: D 17: C 18: B 19: B 20: C 21: E
22: D 23: D 24: B 25: A 26: E 27: C 28: E
29: E 30: D 31: A 32: D 33: E 34: C 35: C
36: E 37: B 38: D 39: D 40: E 41: C 42: E
43: B 44: D 45: E 46: C 47: B 48: A 49: C
50: C

118

Você também pode gostar