Você está na página 1de 15

Refém

Cia Jeová Nissi

Personagens
Princesa Branca: Amanda
Rei: Jonatas
Palhaços: vermelha: Nayara
- azul: Nayara
- amarela: Isabele
Magnólia: Isabel

Cena 1

Magnólia sentada e palhaço azul entra, logo em seguida vermelho e amarelo entram em
cena... resmungando
Azul (fala aflito e bem baixinho): Ôh gente, a gente precisa fazer alguma coisa (olha pra
magnólia e sorri sem graça)
Vermelho: Mas isso é um absurdo, eu acho um absurdo, você viu que a gente ficou lá no sol
plantadas igual uns camelos
Azul (acena): Oi
Amarelo: Olha ele lá, ta se achando vamos lá... Por que que você veio primeiro?
Azul: deixa eu explicar te explicar rapidinho... É por que hoje é a apresentação pra senhora do
palácio.
Vermelha: Que senhora?!
Azul: A Magnólia
Vermelha: Quem é magnólia?
Azul: Aquela dali.. (Aponta para magnólia sentada no banco)
Amarela: E por que você deixou a gente vir a pé?!
Azul: A gente tem que...
Vermelho e amarelo ficam batendo no rosto dele e dizendo: cala a boca...
Azul: olha pro publico e diz, tem gente olhando.
Vermelho: Aonde?
Amarelo: Meu Deus é muita gente.
Azul: Então vamos fazer o que temos pra fazer..
Todos: ♪ O inverno chegou pra nos esquentar.  Empurra o calor pro lado de lá, empurra as
nuvens e faz sopro no céu. Pinte as estrelas e faz o sol no papel. (2x) O rei vamos alegrar, um
cântico entoar, a tristeza ficou do lado de fora é hora de cantar, esqueça tudo, e vamos pular,
brincar e respirar, abrir o sorriso e engolir o ar e engolir o ar. E engolir o aaaaaar... ♫
Magnólia: Bravo! Bravo! Bravo!
Azul: Você esta falando sério?
Vermelho: Isso significa que nos aprovou?
Magnólia: E por que não aprovaria? Vocês são incríveis!
Amarelo: Você não sabe como ensaiamos para sermos escolhidos os palhaços oficiais do reino,
Magnólia: Vocês são os melhores palhaços que eu conheci em todo o reino, tenho certeza que
alegraram os quatro cantos do palácio.
Azul: Dona Magnólia, o rei ira gostar de nós?!
Magnólia: Trabalho do lado dele a anos, tenho certeza que serão aceitos. Precisam se mudar
imediatamente. Por que a qualquer momento o rei poderá chama-los e terão que estar
prontos.
Vermelho: Pode deixar que não vamos desaponta-la, seremos fieis eternamente.
Azul: A princesa branca, irá nos conhecer?!
Magnólia: O rei guarda a princesa de baixo de muita segurança , é sua única filha, e por isso é
capaz de destruir reinos por causa dela.
Amarelo: O meu sonho é conhecer a princesa e sempre foi.
Magnólia: O que vocês tem que fazer agora e arrumar essas malas por que os cavalos estão
prontos e esperando. (sai de cena)
Palhaços correm de um lado para o outro dizendo , os cavalos é isso, os cavalos.
E saem de cena

Cena 2
Entra o Rei e a Princesa Branca.

Rei: Não se preocupe dessa vez será bem rápido eu prometo. Os mesonitas não têm
estratégias de guerra serão facilmente destruídos.
Princesa: Papai você sabe que meu sonho e que essas guerras acabassem. Eu não consigo
dormir tranquila quando você sai para essas batalhas.
Rei: Um Rei sem batalhas é um rei sem trono minha filha. Fique tranquila, o que me tranquiliza
nessas batalhas é saber que quando eu retorno eu te encontro em segurança.
Princesa: Pai eu não sei o que seria de mim sem você. Você é minha rocha, é a minha
segurança. Promete pra mim que não vai perder essa batalha.
Rei: Prometo por você eu salto qualquer muralha de qualquer reino que se levante contra nós.
Princesa: Oh pai, oh pai você me acha bonita?!
Rei: Que pergunta filha, você não é simplesmente bonita... Você é perfeita em tudo
Princesa: É que as vezes eu me acho tão feia e sem graça!
Rei: Não diga isso minha filha, eu tenho percebido que você anda com a mente um tanto
distante esses dias. Quando eu voltar dessa batalha eu prometo que tirarei um tempo para
cavalgarmos as montanhas.
Princesa: Verdade?! Pai eu preciso mesmo dar esse passeio, confesso que ficar aqui dentro
dessas paredes tem me sufocado.
Rei: Você nunca falou sobre isso comigo antes Branca.
Princesa: Pai não me leve a serio, eu só estou triste por que você vai pra essa batalha e eu vou
ficar aqui sozinha
Rei: A minha serva estará cuidando de tudo, agora eu preciso ir
Princesa: Não se esquece de mim
Rei: Eu não me esqueceria do seu rosto nem por um segundo.
Princesa: Então vai, vai lá e ganha essa batalha pai.
Rei: Antes eu vou ganhar um premio da minha filha amada.
Princesa: Um prémio?
Rei: Sim. Um beijo da minha filha (Princesa da um beijo em sua bochecha).
♪ Rei: Eu vou para as montanhas, não sei o que vai me encontrar... Das batalhas não poderei
fugir, mas me basta levantar as mão e ver o mal cair... Princesa: Toda vez que você se vai meu
coração arde com saudades na noite, sei que estarás longe mas a lua vai te encontrar...Por isso
respiro, te olho...Rei: te encontro.. Princesa: Me sinto segura, mesmo quando não estas por
perto... Rei: Sempre estarei aqui... Princesa: Sem você eu morro... Rei: Com você eu vivo...
Juntos: Juntos podemos cantar, juntos podemos sorrir, e sentidooooo da vidaaaa
encontraaaaar... ♫
Rei: Os cavalos já chegaram, não se preocupe eu estarei sempre ao seu lado.
Princesa: Volta logo pai.
♪Juntos: Juntos podemos cantar, juntos podemos sorrir, e sentidooooo da vidaaaa
encontraaaaar... ♫ (Rei vai saindo de cena, quando acabar a musica princesa sai).
Cena 3
(Palhaços entram e ficam admirando o local, super empolgados).
Azul: Uaaaaaau!
Amarelo: Olha aquilo, pelo amor de Deus
Azul: Esse castelo é fantástico!
Amarelo: Fantastico.
Azul: Como dizia nossos pais, nesse palácio deve ter suculentos bailes, pessoas lindas, sim, um
reino com muitas comidas, macarrão, lasanha, e deliciosos frangos assados...
Amarelo bate na cara de azul e diz: Cala boca, viemos aqui para alegrar e não comer, não se
esqueça da nossa missão.
Vermelho: ♫ Azul se lascou tomou-lhe um tapão. (HAHAHAHAHA) ♫
Azul: Escuta só o que eu tenho que falar pra vocês duas.. ♫Eu sou o Azul e sou muito legal ,
vocês que são chatas são todas do mal. ♫
Amarelo: ♫Você que é do mal um sem noção, todo azulzinho parece um smurf. ♫ Smurfão...
(Manda beijo)
Vermelho olha pro chão: ♫ Olha isso aqui, venha de pressa... ♫
Azul: Que cês tão vendo?
Vermelho e amarelo: Não interessa!
Azul: ♫Lembra da velha? ♫
Vermelho: ♫ A magnólia? ♫
Amarelo: ♫ A velha da praça? ♫
Azul: ♫ Me lembra chicória ♫
Vermelho: ♫ Garoto estranho da pra parar? ♫
Amarelo: ♫ Só pensa em comer. ♫
Azul: ♫E vocês criticar. ♫ Ajudar ninguém quer, parem de brigar , nossa brincadeira vai
continuar. ♫
Amarelo: ♫ São vocês agora.. Azul: Que vão rimar... Vermelho: O azul tem cara de..?! ♫
Amarelo puxa vermelho: Hmmmm, vamos lá (vai pro publico) Eu achei uma pessoa
interessante aqui, solte o som por favor!
♫ É você agora que vai rimar, o azul tem cara de ? ... ♫
Esse aqui agora é muito legal, rsrs... Agora é você...
Vermelho: Oi, tudo bom? ♫ É você agora que faz a rima, o azul tem cara de?!... ♫
Azul: Mas já?
Vermelho e Amarelo: Já, já...
Fazem uma rodinha e cochicham...
Vermelho : É claro, resolvido
Azul: Quem falou .....? Levanta a mão que eu quero ver, Levanta a mão que eu quero ver, fica
de pé que eu quero ver, agora senta que eu quero ver... ♫ Gostei de você vai participar♫
Amarelo e vermelho: ♫ E o nosso numero abrilhantar, vem, vem, vem, vem, e engolir o ar,
engolir o ar, engolir o ar... ♫
♫Azul: Fica aqui... Vermelho: E vê se não some... Amarelo: Queremos saber... Todos: qual é o
seu nome. ♫
Pessoa: Diz o nome...
Azul: ... Vamos fazer umas perguntas e você tem que responder, valendo:
Os três fazem um monte de perguntas...
Todos: Fala, fala, fala, fala... ♫Falaaaaa, Nossa vida é assim♫
Amarelo: Então o(a) __________ está aqui, vamos lá!
Azul: é isso mesmo ____________________, vamos gente aplauda o(a) __________, _____
Nós vamos te levar para um lugar muito legal, e te ensinar uma música muito legal, que diz
assim ♫ E engolir o ar... ♫

Cena 4
Entra Magnólia e Branca...
Magnólia: Eu estava te esperando princesinha, vamos arrumar seu cabelinho, mas
princesinha.. você não pode ficar tanto tempo sem comer, seu pai não ficará nada feliz em
saber que não esta se alimentando.
Princesa: Eu não consigo, Magnólia eu não sei o que esta acontecendo comigo, eu me sinto tão
fraca
Magnólia: Mas é claro que esta fraca, não come nada
Princesa: Eu não estou falando disso...Eu sinto a minha alma fraca, eu tenho tudo aqui, eu
tenho tudo mas isso não me preenche mais, será que se eu sair escondida eu consigo ser feliz?
Eu não sei como é lá fora
Magnólia: Se te ouvirem falando assim cortaram a minha cabeça, sabem que eu estou aqui
para cuidar de você, e os guardas são fiéis a seu pai não fale isso alto menina.
Princesa: Então como eu posso achar alegria aqui dentro?
Magnólia: O seu pai, ele contratou palhaços incríveis para te alegrar, mas eu só poderei deixar
que eles estejam com você quando ele voltar.
Princesa: Magnólia traga os aqui, isso é uma ordem!
Magnólia: Não faça isso
Princesa: Você esta me dando uma ordem?
Magnólia: Não, eu jamais faria isso.
Princesa: Então, por favor, não me desobedeça traga-os aqui
Magnólia: Não é uma questão de desobediência, só não tem permissão para estar como eles
ainda.
Princesa: Será que não posso ter um pouco de alegria com esses palhaços Magnólia?!
Magnólia: Mas os guardas não permitiriam
Princesa: Por favor, ninguém precisa saber e nós poderíamos traze-los aqui no meu quarto.
Magnólia: Mas ninguém pode entrar em sua intimidade.
Princesa: Magnólia, por favor, traga os aqui
Magnólia: Mas eu não posso
Princesa: TRAGA-OS AQUI AGORA, ISSO É UMA ORDEM
Magnólia: Menina teimosa, está na hora de levar umas palmadas... * Vai ate a porta e diz:
Palhaços venham vocês vão entrar...
Palhaços entram todos bobões
Azul: Tragam o ______
Magnólia: Palhaços ali esta os aposentos da princesa.
Amarelo: O o que ?
Magnólia: Os aposentos, ninguém pode entrar la, mas hoje vocês vão conseguir entrar e eu
quero que vocês tornem o dia dela muito feliz, como ela nunca teve. Vão lá, e façam tudo
quanto combinamos (sai de cena)
Amarelo: Ok, vamos la (cochichando)
Azul: Vocês viram quem está ali?
Amarelo: Você?
Vermelho: Não a princesa branca
Azul: Alguem tem que falar com ela...
Amarelo: Você
Azul: Eu? Mas eu não estudei..
Vermelho: sim, agora... Agora, Agora grita, AGORA
Amarelo: Fila...
Azul: Éh, oi! (Olha pros outros ) eu to um pouco nervoso
Amarelo: Vai você consegue...
Azul: É, viemos aqui hoje para contar uma historia pra você, minha voz ta falhando, uma
história que aconteceu a mais ou menos, a mais ou menos, fala você empurra amarela pra
frente...
Amarelo: Senhora princesa estamos aqui para apresentar um numero maravilhoso, que
ensaiamos 200 horas por dia, ta bem ensaiadinho, ta maravilhoso, ta bem legal, tipo
Broadway, ta bem bom, ta de mais, ta ... ops, (olha pros outros e cochicha) diarreia, vazou
tudo aqui, pelo amor de Deus, vai la... empurram azul
Azul: Oi, como seu estava tentando te falar, nós viemos aqui trouxemos até um amiguinho
para apresentar um número muito legal... princesa a exatamente 1500 anos atrás num reino
muito distante, existia uma princesa lindinha, a princesa indiana, e essa história que nós vamos
contar agora.. Sim a princesa indiana morava num castelo e todos os dias pelas manhãs
animais selvagens e ferozes gritavam sem parar, eis que então no grande castelo apareceu um
grande gorila vermelho, (é um perfil) vai gorila, mas ai apareceu o soldado escolhido pelo rei,
sim o nosso herói, é você vai (empurra o _____) ele se posicionou, olhou pro ceu, tirou sua
espada e disse bem alto _??_ , sim ele olhou pro gorila e deu uma facada no gorila, o gorila
morreu, mas a história não acaba por aqui, por que apareceu o canarinho amarelo da
Amazônia e ele tinha uma dança incrível e ele tentou ressucitar o seu amiguinho gorila, pra la
pra ca, dava tapa na cara do gorila, até que o gorila ressuscitou, foi incrível um grande
desespero na floresta e eu como narrador dessa história pude presenciar tudo aquilo que
aconteceu, o soldado então olhou pro gorila e disse _??_ até que então o gorila tira uma
espada da mao do soldado, olhou pro soldado e se matou, então o seu amigo canarinho não
quis deixar isso barato tirou a espada da mão do gorila olhou pro soldado e se matou eis que
então sobrou o grande herói dessa historia (empurra o ___ para o chão) morre...Acabou!
Princesa: Vocês são de mais de onde vem tanta alegria?
Amarelo: Nós sofríamos muito, mas agora alegramos as pessoas o tempo inteiro o tempo todo
Princesa: Nossa, vocês são tão bonitos, tão coloridos e vocês me acham assim tão bonita
quanto vocês?
Azul: é mais ou menos, mais ou menos (amarelo bate na cara dele) por que que você me
bateu? Você me bateu por que ela perguntou e eu respondi
Vermelho: Não foi isso que ele quis dizer não ta?
Azul: Quem falou que não foi isso que eu quis dizer? Depois a menina cresce ai e não tem
nenhum amigo de verdade pra dizer na cara dela o que ela é, tá feia, defunta
Princesa: É, você acha isso mesmo? É que nunca ninguém falou assim comigo antes
Azul: Olha princesinha com todo respeito que há no meu coração, mas você não sabe como é a
vida real fora desse palácio, você não sabe o que é acordar 5 horas da manha e pegar ônibus
lotado, você não sabe o que é a alegria de lavar uma roupa e estender no varal e chover, você
não sabe o que é uma fila de um banco, você não sabe bater uma laje garota...
Vermelha: E essa foi a apresentação do servo insolente
Amarelo: Depois de humilhar a princesa teve sua cabeça cortada, e entregue para os leões,
aplaudam todos...
Princesa: Não entendo por que não os conheci antes
Amarelo: É que a gente tava tudo ali dentro fazendo faxina, tava tudo sujo...
Princesa: Eu concordo mesmo com tudo o que você disse, eu tenho mesmo me sentido sem
cor e sem vida, vocês são tão coloridos, tão vivos e eu queria ser assim como vocês
Vermelho: Mas é claro doce princesa, nós podemos nos esforçar para deixar vossa roupa tão
colorida quando a nossa...
Amarelo: Princesa, eu posso tocar o seu cabelo?
Azul: Ai meu Deus vai tocar no cabelo, é muito sério tocar no cabelo
Princesa: Pode
Amarelo: Princesa, você usa neutrox? Barro minas? Tresseme? Head shoulders?
Azul: Head shoulders? Você usa Head shoulders? É o shampoo pentecostal Head shoulders...
Amarelo: Princesa, oh princesa, eu tenho algo aqui na minha roupa e com toda humildade do
meu ser, pelo deus da gentileza quero te dar, vai combinar com você, dar uma cor em você, é
tão lindo não acha? Maravilhoso..
Princesa: Mas olha, será que vou conseguir a alegria de vocês?
Azul: Vai, pega ônibus lotado pra ver..
Vermelho: Uaaaaaaaaaaaau... Já deu uma cor, tá ótimo, gostou?
Princesa: Gostei, você gostou:
Vermelho: Gostei é claro
Princesa: Então eu quero mais cores
Vermelho: Iuhul, ela quer mais cores.
Amarelo: Já esta ficando tarde, que tal voltarmos amanha?!
Princesa: Não, vocês podem ficar, está tão divertido
Amarelo: Yes.. Azul: Já que você está tão animada, vou te dar um pedaço da minha cor
Vermelho: Olha a gente pode fazer o seguinte também , tirar essa sua sainha branquinha sem
graça e trocar por um vestido coloridinho, o que você acha?
Amarelo: Princesa, e que tal soltar o seu cabelo? Todo tratado, Neutroxado, maravilhoso, vai
ficar linda, uma diva...
Princesa: Eu não posso soltar,
Amarelo: Mais por que?!
Princesa: Por que ele esta preso na coroa...
Vermelho: não tem problema, a gente guarda a coroa e você solta o cabelo
Princesa: Ta, pode ser
Azul: Princesa eu guardo a coroa pra você
Princesa: Ta, mas cuidado, ela é tão importante
Azul: Ta eu tomarei todo o cuidado do mundo, eu mesmo guardo ta bom
Vermelho: Ele vai cuidar, ele é todo cuidadoso
Amarelo, tira a coroa dela: Isso, ta linda , maravilhosa
Princesa: Eu nunca fiz isso na frente de ninguém, se meu pai me visse assim ele me mataria,
nossa eu queria ter os olhos assim como o seu
Azul: Invejosa, já tem tudo ainda quer ter os meus olhos, não concordo
Amarelo: Princesa, o seu desejo é uma ordem, podemos maquiar os seu olhos, realçar o seu
côncavo, passar um rímel, pluft vai saltar esse olho todo ai maravilhoso
Vermelho: Um olhar novo, e um vestido colorido
Princesa: Nossa, então nós podemos começar?
Vermelho: Agora
Azul: vamos transformar a princesa
Amarelo: Vamos produzir a princesa
Azul: 1, 2, 3, 4...
Enquanto arrumam a princesa cantam ♪ O inverno chegou pra nos esquentar.  Empurra o calor
pro lado de lá, empurra as nuvens e faz sopro no céu. Pinte as estrelas e faz o sol no papel. ♫
Vermelho: Diva
Amarelo: Maravilhosa
Princesa: Nossa,
Amarelo: Se olha no espelho... Ta bonita a bessa
Princesa: Eu me sinto tão viva assim e eu tenho certeza que se meu pai me visse desse jeito ele
teria tanto orgulho de mim, e é claro que quando ele voltar ele vai ter uma grande surpresa,
não vai?
Amarelo: Com certeza ele vai ficar surpreendido princesa, e eu faço questão de quando ele
perguntar quem te produziu você diga que fui eu por que eu arrebentei ai nesse figurino, ficou
muito bom
Princesa: Mas é claro que eu vou dizer, já que nos estamos aqui nos poderíamos brincar não?
Todos: Siiiim
Azul: Brincaaaaar, sim , a neném quer brincar de que? Cobra cega?
Princesa: Sim de cobra cega
Azul: Não eu não brinco disso, cobra cega é muito cobra cega e esse negocio de ficar com olho
tapado não é pra mim não
Princesa: Ain por favor, eu não tenho ninguém, eu sou tão sozinha, não tenho irmão
Vermelho: ain que dó, tadinha
Amarelo: Princesa estamos aqui so para servi-la e se a princesa quer brincar de cobra cega, É
DE COBRA CEGA QUE ELA VAI BRINCAR
Azul: (totalmente sem animo) êh cobra cega!
Princesa: Ta, então vamos. Primeiro sou eu
Amarelo: Tudo bem
Vermelho: Ta, então fecha os olhinhos (coloca a venda nela) e roda, roda, roda
Azul: Só não vale roubar ein princesa. Atenção! Valendo, tenta me pegar vai.
(eles rodam ela, jogando de um lado para o outro)
Princesa: Eu vou pegar todas vocês
Vermelho: Roda um pouco mais
Princesa: Parem eu to ficando muito tonta
Amarelo: (abraça ela e roda junto com ela e logo após joga ela pro vermelho) Fica um pouco
mais tonta
Princesa: Hey quem me jogou com tanta força assim? Eu vou pegar todos vocês
Azul: Então tenta nos pegar princesa (joga ela com força)
Princesa: você tem que prestar mais atenção
(vermelha segura nos bracos e amarelo nas pernas)
Amarelo: Princesa é uma boa companheira, princesa é uma boa companheira
Princesa: Me solta, eu já estou enjoada.
Azul: Joga ela no chão
Princesa: Como assim jogar... Aii... Machucou
Amarelo: Princesa você não queria diversão? Confie em nós.
Princesa: Ta bom ,vou tirar essa venda.
Vermelho: Eu acho melhor não
Princesa: Vocês são peraltas de mais
Azul: me da essa sua mão aqui (pega uma corda e a amarra)
Princesa: Pra que? Você não esta exagerando nao? Me solta, não precisa disso não, já esta
tarde vocês precisam ir
Amarelo: A noite será longa, não precisamos nem dormir
Princesa: Eu já estou ficando com medo dessa brincadeira
Vermelho: (pega ela pelo braço) Se eu fosse você também ficaria
Amarelo: Mas princesa, você esta tão colorida, tão viva, o medo não combina com você
Princesa: quem são vocês ein?
Os 3: ♫ A maldade está nos olhos de quem vê, e aquele que não viu não vai saber.(5x) Como
um porco que ama a sujeira mesmo num jardim florido.
O perverso só vê mal em meio ao grande bem. (2x) Nem tudo que é belo você pode confiar, eu
vou te seduzir, eu vou te conquistar. O homem é atraído pela própria concupiscência. Como um
anjo de luz eu venho te tentar, quando você menos esperar eu vou te cegar! ♫
Amarelo: ♫ A maldade está nos olhos de quem vê, e aquele que não viu não vai saber.
Vermelho: Nem tudo que é belo você pode confiar, eu vou te seduzir, eu vou te conquistar Azul:
♫ Como um porco que ama a sujeira mesmo num jardim florido. O perverso só vê mal em meio
ao grande bem. Todos: O homem é atraído pela própria concupiscência. (3x) Eu vou te cegar!

Princesa: (grita) Me solta! Guardas! Guardas! Guardas! Por favor!
Magnólia: Mas o que esta acontecendo aqui?
Princesa: Magnólia, Magnólia é você? Por favor, chame os guardas e retire esses palhaços
daqui, por favor.
Magnólia: Achei que estivesse se divertindo. Quando passei ouvi os risos e gargalhadas pelos
corredores, não era alegria que desejava?
Princesa: No começo sim, mas depois eles começaram a me machucar, eles me prenderam
aqui, Magnólia por favor chame os guardas agora, retirem os daqui e me solta, Eu preciso
tomar um banho, eu me sinto péssima.
Magnólia: Palhaços venham aqui agora, inclusive você! Façam tudo quanto eu mandei. Essa
garota mimada precisa entender quem manda aqui a partir de agora
Princesa: Como assim?
Azul: Pode deixar chefia, só que eu quero lembrar que eu ainda estou com fome.
Amarelo: Estamos fazendo tudo conforme pediu magnólia, tudinho sem tirar nem por.
Princesa: Me explique tudo que esta acontecendo aqui, Magnólia por favor
Magnólia: Ai que vozinha enjoada, anos ouvindo sua voz me tornou uma pessoa amarga
Princesa: Magnólia, não estou entendendo? O que esta acontecendo aqui? Você esta me
traindo? Eu sempre confiei em você, você sempre foi fiel a meu pai
Magnólia: Desde que sua mãe morreu, dediquei todos os meus dias a você e seu pai, desde o
seu parto eu cuidei de você com a minha própria vida, mas você foi crescendo e todo o amor
que ele tinha era seu. Eu sempre o amei, achei que ele olharia para mim, mas ele nunca me
olhou, nunca tive os olhos do rei sobre mim. Com você menina, ele conheceu o prazer da vida,
mas comigo conhecerá a dor da morte. E eu cuidarei dele nas noites de dor e angustia por ter
perdido sua única filha, quem sabe assim ele olhara para mim e entedera que seremos só eu e
ele para sempre.
Princesa: Não, não isso não vai ficar assim você esta louca alguma coisa vai acontecer, você vai
ver! O mal não vai prevalecer o reinado do meu pai!
Magnólia: Ai que voizinha irritante, agora me da licença que eu vou arrumar a cama do meu
rei. Fique ai com seus palhacinhos bonitos, coloridos, felizes alegres
Princesa: Não Magnólia, por favor não
Magnólia: Ah fica ai chorando fica.
Princesa: Por favor me solta, me tira daqui. Isso só pode ser um pesadelo, um engano, não!
Azul: Cale a sua boca, a alegria acabou, a brincadeira foi embora. E eu quero dizer que eu ainda
não comi nada.
Amarelo: Magnólia disse que traria algo para comermos
Vermelho: Eu quero comer a melhor ceia da minha vida.
Amarelo: Que bom, que temos uma escrava para nos servir.
Azul: A princesa aqui virou nossa refém
Vermelho: Olha que princesa mais bonitinha
Azul: Conta pra gente princesa como é ser mal amada, como é não ter o amor do seu próprio
pai ein?
Princesa; Me solta , me tira daqui
Vermelho: Cadê o rei agora aqui para te salvar ein? Você não é a queridinha do rei? Onde é
que eles está agora? Ein ein? Chama ele agora?
Princesa: Solte, ele vai voltar, vocês vão ver!
Amarelo: Como que é a vidinha no palácio ein? Deve ser muito chata igual a você!
Vermelho (cochicha): Sem graça
Azul: Vamos acabar logo com essa brincadeira. Vamos matar essa garota
Amarelo: Vamos , vamos matar a princesa uma morte digna no trono (arrasta ela ate uma
cadeira)
Princesa (gritando) Não.. me soltem
Todos (Enquanto sufocam ela): ♫ O rei vamos alegrar, um cântico entoar, a tristeza ficou do
lado de fora é hora de cantar, esqueça tudo, e vamos pular, brincar e respirar, abrir o sorriso e
engolir o ar e engolir o ar. E engolir o ar... ♫
Azul: Morre garota, morre.

Cena 5 (rei aparece)


Rei: Filha você está ai dentro?! Abra a porta!
Amarelo: É o rei.
Azul: É o rei.
Amarelo: Leve ela la pra tras
Azul: A Magnólia falou que ele não viria
Amarelo: Vai atender a porta
Rei ( Enquanto isso palhaços ficam desesperados para esconder a princesa): Filha você está ai
dentro? Abra a porta! Amarelo: Vai abrir a porta. Corre! Rei: Filha que barulho é esse ai
dentro? (grita) Branca se você não abrir a porta eu vou chamar os guardas. Branca?!
Azul: Majestade.
Rei: Quem é você?
Azul: Muito prazer eu sou o azul palhaço.
Rei: E vocês quem são?
Vermelho e Amarelo: Ninguém senhor.
Rei: O que estão fazendo dentro do quarto da princesa?
Azul: Viemos aqui pra alegrar a princesa
Rei: E aonde esta a princesa?
Amarela e Azul: A prin prin (e ficam gaguejando)
Rei: Será que vou ter que chamar os guardar para vocês dizerem aonde ela esta? Tragam a
princesa aqui imediatamente.
Princesa ( Sai correndo e abraça o rei) : Pai eu sabia que você ia voltar, me tira daqui pai. Me
tira daqui.
Rei (segura ela pelos braços e a empurra): Aparta-te de mim pois eu não te conheço.
Princesa: O que? Pai. Pai.
Rei: Não ouse tocar em mim. A princesa Branca jamais ousaria usar uma roupa e uma
maquiagem como essa.
Azul: Viu, eu disse... a menina era toda branquinha, bonitinha agora ta ai vestida desse jeito
igual uma palhaça, toda estranha.
Vermelho: Mas é claro, é claro rei mil desculpas essa daqui e uma de nossas palhacinhas, mas
ela não tem muita noção de brincadeira, desculpe! Que palhaaçada é essa ein, você esta
louca?
Rei grita: Parem com isso! Tragam essa menina aqui, (palhaços empurram a princesa) Você
nunca mais, ousa se passar pela minha filha. Entendeu?
Azul: Você nunca mais, ousa se passar pela minha filha. Entendeu?
Rei: A princesa Branca está aonde?
Amarelo: A princesa Branca foi passear no jardim ao redor do palácio.
Rei: E que horas ela foi?
Vermelho: Ainda agora
Rei: E com quem ela foi?
Todos: com os guardas. (rei sai)
Princesa: isso é mentira!
Azul: (voz fininha) pai, pai, sou eu a sua filha.
(voz grossa) aparta-te de mim pois eu não te conheço
(voz fina) pai sou eu sua filha a princesa branca
(voz grossa) nem se fosse a preta.
(voz fina) sou eu pai
(voz grossa) cala a boca...
O rei já foi.
Amarelo: O rei já foi. Por que você fez isso garota?
Vermelho: Quem você acha que é?
Azul: Ta achando que a gente tem cara de palhaço? A gente tem mas não interessa. Fica ai que
a gente vai planejar sua morte.
Amarelo: A gente vai ali planejar sua morte agora. Vem com a gente (puxa o ___________)

Cena 6 (só a princesa)

Eu não estou entendendo mais nada, meu pai... Meu pai não me reconheceu.
♫ Fui feita pedaços, vazia no espaço, presa pelo vento, sem saber voar, deixada de lado, fui
pega por dentro lá fora eu ando, sem saber parar. Eu tenho liberdade para andar pelas praças,
não uso algemas mais eu sou cativa dos meus olhos, ando livremente, mas parece que ralento
e çpvejo tanta gente pelas celas, bem mais vivas do que eu. Estou cheia de estar vazia, farta de
estar com fome, cansada de estar dormente, ter tudo é não ter o que ganhar! Fui feita
incompleta, medida e quebrada, numero não inteiro, estrada sem fim, me encho de tudo de
nada mentiras e tudo que vejo é , vazio em mim. Estou cheia de estar vazia, farta de estar com
fome, cansada de estar dormente, ter tudo é não ter o que ganhar. CHEIA DE ESTAR VAZIA,
FARTA DE ESTAR COM FOME, CANSADA DE ESTAR DORMENTE. Ter tudo é não ter o que
ganhar. Vaziaaaa.... Vaziaaaa.... Vaziaaaa.. ♫

Cena 7 (palhaços entram)


Amarelo: iih gente, olha ali. A gente já decidiu.
Princesa (bem baixinho): não aguento mais.
Vermelho: ta tudo decidido
Azul: Já esta tudo decidido. Antes de você morrer queremos realizar nossos sonhos
Amarelo: Sim, realizar nossos desejos de ser servidos pela princesa branca azeda. Vem, vem
limpar os meu sapatos agora (senta).
Princesa: Eu não vou limpar.
Amarelo: Ah mais vai.
Vermelho: Ela ta de brincadeira ne? (ri debochando)
Azul: Você quer que eu te machuque? Levanta dai agora e vai limpar o pé dela.

Amarelo: Ih gente tem que conversar, espera ai, você ta com TPM? Ta com infecção urinária?
Quer um unimesulida? Quer alguma coisa? Ou, ou menina, se você fizer tudo que a gente ta
mandando você vai ser livre, passarinha vai voar, let it go... Vem! Vem limpar os meus sapatos!
Princesa: Verdade?
Amarelo: Eu já menti pra você em toda a nossa amizade?! A vida inteira amiga? The best
friend. E eu vou mentir para você? Para de besteira e vem limpar logo... (azul ri debochando o
tempo todo.)
Princesa vai ate a amarela e esfrega seu vestido no pé dela...
Amarelo: Beije meu pé (princesa beija) agora beija o outro que ficou com ciúmes. Aiii meu
Deus, obrigada..
Vermelho: Já chega, minha vez. Esta vendo o chão como esta sujinho?! Sempre quis uma
escrava pra limpar o chão pra mim. Limpa agora. (princesa vai até la e limpa o chão com o
vestido) Aqui ó sujinho tudo aqui.
Azul vai ate lá fica esfregando o pé no chão
Vermelho: Ai que pena!
Azul: Está sujo ainda! Agora é minha vez. LEVANTA! Eu tenho o sonho de ser servido com o
melhor vinho desse palácio! Por favor me traga o vinho, AGORA!
Princesa: Sim senhor (fala bem baixinho e vai buscar o vinho)
Azul: Quer alguma coisa também _____?
- Abaixa a cabeça pra olhar pra mim, você e minha escrava. Me da isso daqui... (puxa o copo da
mão dela, bebe um pouco, cospe) Que cheiro horrível é esse? Vem aqui! (puxa o braço dela) É
isso que vocês servem aqui?! É isso aqui?! É ESSE VINHO QUE VOCÊ CEIA COM SEU PAI?!
Hahaha’ Então vou realizar meu outro sonho, que é tacar o vinho na cara da princesa!
Amarelo: Aonde ela foi?
Vermelho: O que aconteceu aqui?!
Amarelo: Você deixou a porta aberta seu idiota?!
Vermelho: Você deixou a princesa ir embora!
Azul: Eu estou assustado, você não viu o que aconteceu?!
Vermelho: Pelo amor de Deus a gente não pode perder essa garota.
Falam todos ao mesmo tempo
Azul: A menina sumiu eu taquei o vinho na cara dela e ela sumiu
Amarelo: PROCURA ELA. Ela sumiu, atrás dela! Não acredito
Princesa: Eu, eu to aqui! Hei já chega, isso é outra brincadeira de vocês?! Chega! Eu to aqui,
hei...
Azul: Aonde ela ta?! Eu so taquei o vinho
Vermelho: Como ela pode ter sumido assim? Ela deve estar em algum lugar
Voz do rei: Filha! Lembre-se disso todas as vezes que estiver em perigo. Filha! Filha!
Amarelo: Vou procurar lá dentro.
Azul: Eu achei!
Vermelho: Que brincadeira sem graça é essa?!
Azul: Você ta achando que a gente é o que garota? Você ta de brincadeira com a gente?
Vermelho: Vamos acabar com essa palhaçada agora.
Princesa: Eu não fiz nada.
Amarelo: Onde ela estava?
Azul: Agora a gente vai matar você. Aonde você estava?!
Vermelho: CHEGA! CHEGA! Acabou (tampa a boca da princesa)
Amarela: Você vai morrer (coloca a mão sobre a mão da vermelha)
Princesa: Deixa eu falar, calma.
Amarelo: Então fala logo
Princesa: Já que , já que vocês vão me matar mesmo, vocês vão ficar com todo nosso reino se
vocês quiserem eu ensino vocês a serem reis e rainhas.
Vermelho: Que papo é esse?
Azul: Reis?!
Princesa: Sim, claro
Amarelo: Rainhas?!
Princesa: é, é se vocês quiserem eu ensino vocês!
Amarelo: Então vai logo
Vermelho: Essa eu quero ver
Azul: Reis?! Rs é o meu sonho ser rei , por favor princesa ensina a gente. Agora ta?!
Princesa: Primeiro as mulheres
Amarelo: Ai meu Deus, eu tenho cara de rainha?!
Princesa: é claro que tem. Vem.. Aqui! Passos leves, o seu olhar ali ao longe olha, que
maravilha, meu Deus do céu... Isso! Pose de rainha. Maravilhosa (puxa a vermelha) Você,
vamos. Agora você vem, passos leves. Vamos leve.
Azul: Leve não da ai não.
Princesa: Liga não... Isso, pose de rainha. Mantenha seu olhar ali, longe (vá ate os palhaços)
Azul: Meu amigo também vai ser rei.
Princesa: Estufa aqui o peito né, isso maravilhoso! Você
Azul: Eu
Princesa: Isso, claro. Maravilhoso.
Azul: Éh princesa eu to meio torto aqui.
Princesa: é normal, é normal.
Azul: Olha só, eu to morrendo de fome. Da onde eu vou ser rei?
Princesa: Princesa não senhor. Vossa escrava.
Azul: Ta bom escrava. Da onde eu vou ser rei?!
Princesa: Olha, é... Deixa eu ver! Você, hmmm.. Você pode ser o rei da Suíça.
Azul: Da suíça? Lá vai ter comida? Se eu for la agora vai ter comida?
Princesa: Bem na suíça temos os melhores chocolate do mudo.
Azul: Chocolates? Suíços?
Princesa: É!
Vermelho: Oh escrava? Eu quero saber de que lugar desse mundo eu serei rainha. Ve
direitinho por que eu sou ótima.
Princesa: Obvio, você é maravilhosa! Você pode ser a rainha da África né?
Vermelho: Opaaaa! Curti! Vou arrasar sim.
Azul: Tem tudo haver com a África. (Vermelho olha com cara de raiva) Opa desculpa, tem não..
tem haver com a Alemanha, com a Rússia!(Olha pro ____ ) Xiii, esse ai eu não sei de onde é rei
não!
Princesa: Você pode ser o rei daqui mesmo, daqui de Samambaia! Ta em casa né?
Vermelho: Está diante do seu povo.
Princesa: E você, você podes ser a rainha das Índias!
Amarelo: Das Índias? Lá tem indianos, indíaticos, morenos, fortes, altos, sarados? Cabelos
lisos? Naturais, sem progressiva.
Princes: Tem.
Amarelo: Eu vou pra la hoje mesmo, lá é meu lugar. To indo, daqui a pouco eu vou!
Princesa: Vai, vai com Deus. Senhores eu gostaria de servi-los com o melhor vinho desse reino.
Azul: O melhor né? Por que aquela hora você também falou que era o melhor e não era. É
outro vinho né?
Princesa (desconcertada): é, é, claro que é...
Azul: Então vai, e vai rápido! Traz o vinho.
Vermelho fica batendo palma: 7, 8 minha filha, vambora, eu ein... escrava lerda!
Azul: Baixou o Rio de Janeiro. Ta bom, a gente tem que voltar como reis e rainha
(Voz do Rei) Filha, lembre-se disso todas as vezes que estiver em perigo. O sangue de Jesus te
torna invisível aos olhos do inimigo.
Princesa: O meu pai sempre dizia isso. E eu sei que foi isso que aconteceu aqui. Jesus eu não
tenho como escapar daqui, eu não tenho outra chance, se eu voltar la certamente eu
Irei morre, você é minha única esperança, por favor, me ajuda. Me ajuda a fugir daqui. (Bebe o
vinho e se molha com ele enquanto canta) ♫ O que nos lava dos pecados o que nos trás
restauração, nada além do sangue, nada além do sangue de Jesus. ♫ Por favor , me ajuda!
Voz rei: ♫ Alvo mais que a neve, alvo mais que neve se nesse sague lavado, mas alvo que a
neve serei. ♫ (Enquanto a voz do rei canta princesa foge).
Vermelha: Ai cansei.
Azul: Também, to cansado de ficar esperando, ela falou que ia ser rapidinho, ela falou que não
ia demorar a princesa; (voz de choro)
Vermelho: Mas por que, que já esta chorando?!
Azul: É que eu to com fome.
Vermelho: Novidade! Mas deixa eu falar um negocio muito mais importante. Eu estou mt feliz!
Azul: Por quê?
Vermelho: Por que minha mãe sempre me falou que eu tinha cara de rainha!
Azul: Sabe de nada inocente! Se você fosse a rainha da África cantaria que nem a rainha da
África. Você falaria que nem a rainha da África, coisa que você não faz e não é. Você não é a
rainha da África. Pronto falei, tenho que ser sincero, você não é nada não!
Vermelho: Só um minuto. (Som do rei Leão) AR-RA-SEI. Com licença, o que você estava falando
ai mermo?
Azul: ♫ Tá amarado Jesus♫ O rei de Samambaia também tem uma apresentação. Qualquer
coisa, vai la.
Vermelho: Mas será possível gente? Melhor que nada
Azul: Você ai no canto ta se achando a rainha da índia.
Vermelho: Não é rainha coisa nenhuma.
Amarelo se vira e faz coisas estranha com a boca.
Azul: É espiritual.
Vermelho: Para, para, para, PARAAAAA.
Azul: Para, vamos ter foco. Vamos ter foco aqui, por que depois a princesa some e a gente não
sabe pra onde ela foi e a culpa e toda nossa.
Vermelho: É verdade!
Azul: Princesa? PRINCESA! (Amarelo da um tapa na cara)
Amarelo: Um rei não grita jamas.
Azul: Princesa... Princesinha.
Todos chamam por ela e ficam procurando ela.
Amarelo pega o copo e leva até eles.
Azul: PRINCEEEEEEEESA
Vermelho: Acho que não.
Amarelo: a Princesa sumiu.
Azul: Sumiu?
Amarelo: E a culpa é sua.
Azul: Culpa minha?
Amarelo: a culpa é sua, sua e sua.
Vermelho entra em desespero e começa a correr e gritar: acabou tudo
Amarelo: Controle-se
Azul: A culpa é de vocês duas ai que deixou a princesa escapar.
Amarelo e Vermelho: A culpa é sua.
Vermelho: Tudo que dá errado a culpa é sua.
Azul: A culpa não é minha
Amarelo: Então de quem que é?
Azul: A culpa é do -----.
Amarelo: A culpa é do ----- pega ele.
Vermelho: Fala logo --- cadê a princesa?
Ficam falando um monte de coisa ao mesmo tempo.
Amarelo: Cala a boca todo mundo.
Azul: Responde pra gente, onde é que esta a princesa? Eu cansei de vocês.
Amarelo: vem cá, vem cá você
Azul: O que foi?
Amarelo: A culpa (bate no chão) é sua.
Azul: Eu não aceito essa macumba. SAAAI! O que que foi ?
Amarelo: Por que
Azul: Por que o que?
Amarelo: Você tava todo se achando
Azul: Achando o que?
Amaerelo: O rei da Suicia.
Saem todos resmungando.
Azul: Sabe nem falar, é Suíça.
Amarelo: Vou pra Índia, lá e meu lugar. Pelo amor de Deus
Azul: Sai todo mundo daqui. Vai pro Apocalipse
Vermelho: eu vou é reinar na África
Amarelo: La pros meus indianos, indiaticos
Azul: Vai timão, vai pro Rei Leão. Sai daqui.
Palhaços saem.
Cena 8 ( Rei e Branca)
Rei pega a coroa. E fica em um canto olhando para ela.
Princesa entra: Eu consegui. Meu Deus eu consegui. Consegui as minhas vestes, eu consegui
me limpar. Eu nem acredito. Jesus, obrigada! Eu sei que se não fosse por você eu estaria morta
agora. Obrigada por me salvar da morte. Obrigada por me salvar daqueles palhaços. Obrigada.
Obrigada, eu só não consigo entender por que eu precisei passar por isso tudo aqui. Jesus Você
sabe tudo o que eles fizeram aqui. Eu não sei por que eu me deixei levar por aquelas cores, por
que elas me seduziram tanto. Por que eu sempre quis ter aquela alegria que era tão falsa, tão
passageira. E agora, olha só pra mim. Eu tenho as mesmas vestes mais eu sei que já não sou a
mesma. Eu sei que existem coisas que eu jamais vou esquecer. Mas eu sei que existe uma
coisa muito maior que jamais vai sair de mim, que é a marca do teu Sangue. E eu não sei se é
possível Jesus, eu não sei. Mas eu queria te pedir mais uma coisa, eu sei que Você já fez de
mais por mim, eu so queria voltar para os braços do meu pai. Ajude-me a voltar para os braços
do meu pai. Ouve a minha oração ♫ Quero voltar ao inicio de tudo, encontrar-me contigo
Senhor, quero rever meus conceitos valores eu quero reconstruir. Vou regressar ao
caminho.Volver as primeiras obras Senhor. Eu me arrependo Senhor, me arrependo Senhor, me
arrependo Senhor. Eu quero voltar ao primeiro amor, ao primeiro amor, eu quero voltar a
Deus. ♫ Será que você pode cantar isso cmg igreja? ♫ Eu quero voltar ao primeiro amor, ao
primeiro amor. Eu quero voltar a Deus. ♫ Jesus eu, eu estou tão envergonhada, eu não
consigo, eu não sei se meu pai vai me reconhecer assim. Mas eu lembro que a bíblia diz que
nenhuma condenação a para aqueles que estão em Ti. O teu sangue me purifica de meu
pecado, então eu vou na Sua força e não na minha. E eu vou voltar para os braços do meu
pai... Pai? Pai?
Rei: Filha, eu te procurei por todo esse castelo onde você esteve? Eu estive aqui uns palhaços
tentaram me enganar, não era você, não tinha a sua beleza, não tinha os brancos da suas
vestes, o que acontece? Você se escondeu do seu pai? O que aconteceu, filha fala...
Princesa: Pai, é uma longa história, aconteceu tanta coisa quando você não estava aqui, vieram
sim uns palhaços enquanto você não estava, e eles me prenderam pai, eles quase me
mataram, mas eu lembrei daquilo que você sempre dizia sobre o sangue de Jesus e eu
consegui escapar pai. Eu consegui.
Rei: Você lembrou do sangue. Eu não disse que ele funcionava. Agora lembra da promessa?
Vamos cavalgar nas montanhas...
Juntos: ♫ Juntos podemos cantar, juntos podemos sorrir, e sentidooooo da vidaaaa
encontraaaaar... ♫
Saem de cena.

Cena 9 (Magnólia/ Palhaços, final da peça)

Magnolia: Incompetentes, incompetentes, onde estão esses palhaços incompetentes que


contratei? Venham todos aqui, apareçam! Inclusive esse ___ Reizinho aqui de Casa da Benção.
Eu quero uma explicação, eu contratei vocês pra arquitetar um plano para acabar com a
princesa e por que vocês não fizeram ein? Cansei de vocês, não fizeram nada do que eu
mandei, vocês vão ficar aqui por que os guardar vão vir aqui e vão cortas suas cabeças, eu vou
embora para que eles não cortem a minha. E ainda por cima vou ter que inventar uma historia
pro rei, por que é que eu... eu não tenho nada haver com isso. Vocês que são culpados de
tudo, eu vou embora daqui seus manés.
Azul: Vai batman vai,
Amarelo: Velha, velha, velha.
Azul: To muito chateado, a gente tava com a menina aqui, era só acabar com ela. Era só matar
ela. Mas a gente fracassou de novo, e a gente perdeu uma de nossas reféns. Mas não tem
problema não, por que nós perdemos uma refém , mas nós temos outro refém bem aqui
(Olham para o participante) Isso é engraçado pra você? Muito bem, isso quer dizer que você
não entendeu nada do que aconteceu aqui.
Amarelo: Você aplaudiu e riu da sua própria condição. Você é o refém! Ingênuo e manipulado,
está dentro do palácio, possui um quarto real mas não tem identidade de filho. E se o Pai
voltar hoje não vai te reconhecer, olha que legal você não é mais imagem e semelhança do Pai.
Vermelho: O interessante é que tiramos ele daqui, bem do meio de vocês, no meio de um
culto. E ao invés de ajuda-lo vocês se divertiram enquanto nós colocávamos as nossas roupas e
o deixávamos tão parecido conosco. Nós nos infiltramos no meio de vocês como lobos em pele
de ovelhas. Agradáveis e imperceptíveis!
Azul: E vocês aplaudiram, deram muitas risadas e participaram da nossa festa. É muito bom
rir da desgraça dos outros, mas fazer alguma coisa para ajudar? NUNCA! Salvação e individual.
Amarelo; Ain é sempre assim. Vocês nunca fazem nada, quantas pessoas se desviaram e vocês
nunca fazem nada. Quantos foram embora e você pensou da mesma maneira, mas a salvação
é individual eu tenho que cuidar da minha espiritualidade com Deus. Cuidado! Cuidado para
quem você empresta os seus ouvidos, cuidado com quem entra na sua casa, cuidado com
quem sobe no altar e pega no microfone, a igreja pede tantas coisas ao Senhor, mas esquece
de pedir uma muito importante *DICERNIMENTO DE ESPIRITOS* Cuidado com os falsos
profetas.
Azul: Mas a gente não vai te falar o que você deve fazer não. Por que a gente já sabe o que
você vai fazer... NADA. É o que você sempre faz, mais um culto, mas uma reunião e nada vai
mudar, você vai continuar sendo um refém e nós continuaremos aqui empenhados,
trabalhando para colocar um pouquinho da nossa cor em você, para que você ai no seu
lugarzinho.
Todos: Seja o próximo!

Você também pode gostar