Você está na página 1de 72

ILUMINAÇÃO COM LED PARA CULTIVO INDOOR

SIMONE DA COSTA MELLO


DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO VEGETAL
ESALQ/USP scmello@usp.br
Radiação solar

UV (280-390 nm) Infravermelho


Radiação solar global (mol m-2 dia-1)

Local Rg (media Verão Inverno


annual)
Brasil NE 35,6 32,2 31,2
(5ºS)
Brasil Sul 30,6 43,5 15,8
(33ºS)
Verao Outono
Espanha 27,9 41,5 13,4
(40ºN)
França 25,3 41,5 9,1
(45ºS)

Inverno Primavera
USO DO LED NA HORTICULTURA
Suplementação luminosa
Aumento do fotoperíodo
Cultivo sem iluminação natural – indoor
Cultivo in vitro
Desafios da produção agrícola

1) Crescimento populacional

11.2 2) Mudanças climáticas


9.7
8.5
3) Redução de recursos naturais
7.3

4) Geração de resíduos

2015 2030 2050 2100


Cultivo protegido no mundo e no Brasil
Aumento de 400% nas últimas duas
décadas

No Brasil, estima-se que haja 28-30 mil hectares de


cultivo protegido (túneis e estufas).

Cerca de 11 mil ha em SP.


Agricultura 4.0

• Revolução verde do futuro: ciência e a tecnologia

• Uso de novas tecnologias para trazer a produção de alimentos


para os consumidores com maior eficiência da cadeia de
alimentos

• Produção urbana e vertical de alimentos (Urban farming)


Urban farming

• Métodos de cultivo hidropônico e aeropônico;

• O processo pode usar 95% menos água, fertilizantes e


suplementos nutricionais, e sem uso de pesticidas.
Iluminação artificial
Barras Led
LED no topo do dossel LED entre o dossel
CONDUÇÃO VERTICAL

23% da área foliar


1

3
Barras de Led indoor
Spots de Led
83%:17% 67%:33%

(460:660nm) (460:660nm)
Refletores

LEDs vermelho, branco e azul. O acessório


pode ser usado em uma ampla variedade de
aplicações e ambientes.
Heliospectra
LEDs vermelho, branco e azul. O
acessório pode ser usado em uma
ampla variedade de aplicações e
ambientes. E possível ajustar a
intensidade e regular o espectro
em tempo real.
Painel de iluminação

Simulação da iluminação natural


Como a luz afeta o crescimento das plantas?
Intensidade luminosa: Quantidade de radiação solar recebida
por uma superfície de área na unidade de tempo.

Radiação fotossinteticamente ativa


Unidades:

W m-2
µmol m-2 s-1
mol m-2 dia-1
Duração da luz e Direção

Quanto tempo as plantas recebem de luz: Número mínimo de horas de luz por dia:
depende da exigência luminosa de cada espécie.

Direção da luz: direta e difusa


Qualidade da luz: composição espectral das regiões de
comprimentos de ondas diferentes
Processo fotossintético

Atividade da
Rubisco
Pigmentos absorvedores de luz
Clorofilas

Clorofila a: picos de absorção em 430 nm e 662 nm

Clorofila b: picos de absorção em 453 nm e 642 nm


Carotenóides
Antocianinas
Pigmentos solúveis em água produzidos no citoplasma em células vegetais
coloridas
520 nm

Pétalas de flores de gerânio


Fotorreceptores
Fitocromos: absorvem luz principalmente na faixa do vermelho e vermelho distante

Criptocromos: faixa do azul

Fototropinas: faixa do azul, verde e ultravioleta A

UVR8: ultravioleta (280 – 315 nm)


Fitocromos
Fitocromos: absorvem luz principalmente na faixa do vermelho (Pr 665 nm) e
vermelho distante (Pr 725 nm)

Alta intensidade luminosa


Fitocromo inativo Luz vermelha Fitocromo ativo

Pr 665 nm Prf 725 nm

Baixa intensidade luminosa


Luz vermelha distante
Limitação da assimilação do CO2
Iluminação artificial no Brasil

Radiação refletida

Radiação
absorvida

Radiação difusa

Radiação direta
TIPOS DE LED APLICADOS NA HORTICULTURA

Barras de Led

Fluxo de fótons = 220 µmol/s

Vida útil (h) = 25.000

Consumo de energia = 105 W/h

Lâmpada LED da Phillips com pico


de emissão de luz no vermelho
(662 nm) e no azul (452 nm).
PESQUISAS REALIZADAS NA ESALQ/USP
LED NO CULTIVO DO TOMATE EM ESTUFA CLIMATIZADA

Pesquisa:

Ex-aluno de Doutorado: Renes Rossi Pinheiro

Local: ESALQ/USP

Período: 2014-2015
ESTUFA AGRÍCOLA CLIMATIZADA
SUPLEMENTAÇÃO LUMINOSA EM TOMATE
SUPLEMENTAÇÃO LUMINOSA EM TOMATE

• Espaçamento entre
plantas: 0,4 m

• Espaçamento entre
linhas: 0,8 m

• Espaçamento entre
linhas duplas: 1,2 m

• Densidade: 2,2
plantas/m²
C
A
R
R
O
C
E
L
Crescimento da planta de tomate

LED Comprimento Número de


haste cachos/haste
COM 8,0 a 11,9 a
SEM 7,8 b 10,5 b
Aumento (%) 2,5 13,3
Produtividade de mini tomate
LED P COMERCIAL P NÃO P TOTAL
COMERCIAL
Kg/m2
COM 16,9 1,7 18,7
SEM 14,5 2,5 17,0
GANHO 16.6% -32% 10%
LED NO CULTIVO DE PEPINO EM ESTUFA CLIMATIZADA
Pesquisa:

Ex-aluno de Doutorado: Gustavo Roldan Quesada

Local: ESALQ/USP

Período: 2016-2018
SUPLEMENTAÇÃO LUMINOSA EM PEPINO

• Substrato fibra de coco; vasos de 8 L.

• Espaçamento entre plantas: 0,4 m

• Espaçamento entre linhas: 0,8 m

• Espaçamento entre linhas duplas: 1,2 m

• 1 haste por planta. Densidade 2,2 plantas/m2


Resultados - Fotossíntese

55 DAT

Cond. Transpiraçã Transporte


Tratamento Fotossíntese Estom. CO2 int. o e-
µmol CO2m-2s-1 mol m-2s-1 µmol mmol µmol m-2s-1
CO2mol-1ar H2Om-2s-1
9,7 %
LED 8,52 0,40 357,63 6,40 52,29
Sem LED 2,22 0,41 386,61 7,69 51,11
Resultados - Produtividade

P. Comercial (kg/planta) P. Frutos tortos (kg/planta)

Dias após o transplante

27-55 56-107 27-107 27-55 56-107 27-107

Controle 0.67 b 3.05 b 3.72 b 0.11 a 1.08 a 1.20 a

LED 0.78 a 3.43 a 4.21 a 0.11 a 0.84 b 0.95 b

CV% 9.49 7.34 7.18 25.72 6.04 4.16


LED no cultivo de estacas de Impatiens híbrida

Pesquisa:

Doutoranda Márcia Maria Rabelo Guimarães Kobori

Propriedade: viveiro Bioplugs, Atibaia SP

Período: em andamento
Porque usar LED em Impatiens híbrida

- Menor produção de mudas, especialmente no inverno, mesmo usando


sistema de aquecimento da estufa

- Estacas estioladas

- Porte desuniforme das plantas


Padrão de qualidade das mudas

- Parte aérea compacta, sem


indução ao florescimento

- Bom calibre do caule

- Mudas saudáveis, sem deficiências


nutricionais e distúrbios
fisiológicos
Ciclo de produção das mudas
LED
4 tipos de lâmpadas/refletores LED

10R:2B (660:460nm)
9R:3B (660:460nm)
8R:4B (660: 460nm)
6R:3R:3B (630:660:450nm)

Espécie: Impatiens híbrida

Sumpatines Compact Royal Magenta


Sumpatines Compact White
83%:17% 67%:33
%

(460:660nm) (460:660nm)
75%:25% 50%:25%:25%

(460:660nm) (450:630:660nm)
Custo LED

- Nome comercial das lâmpadas: Grow LED Plant Light


- Custo: R$200-300/lâmpada e R$500-600/refletor
- Lâmpadas a 1m das bancadas e 0,80cm de distância entre elas
- Esquema da iluminação suplementar:
Início no dia do transplante até final do experimento
Horário: 5-11h e 15-21h = 12h, controle por timer
Número de estacas após o transplante das mudas
(1/02/2018)
Cultivar Magenta
100
10:02 (83%:17%)
90
T 08:04 10:02 09:03 06:03:03
80
70
60
50
40
30
20
10
0
27 54 83 118 139 167 202 222
Número de estacas após o transplante das mudas
(1/02/2018)
Cultivar White
100
90 T 08:04 10:02 09:03 06:03:03
80 08:04 (75%:25%)
70
60
50
40
30
20
10
0
27 54 83 118 139 167 202 222
LED NO CULTIVO INDOOR DE ALFACE
Pesquisa:

Mestrandos: Fernando Ferraz Silveira


Alessandro Sabino da Silva

Local: ESALQ/USP

Período: em andamento
LED NO CULTIVO DE ALFACE INDOOR X
AMBIENTE PROTEGIDO
Conjunto de LEDs
Período de luz: 16 horas

LED 1: 75% de luz vermelha e 25% de luz azul LED 2: 87,5% de luz vermelha e 12,5% de luz azul.
Manejo do ambiente fechado e aberto

Ambiente fechado

16 h de luz – 6 as 22 h

Solução nutritiva oxigenada

Aplicação foliar de cálcio no cultivo sob LED: 2 aplicações semanais

Ambiente aberto

Luz natural

Aplicação foliar de cálcio: 1 por semana


Solução nutritiva

Fertilizantes Fase de berçário (g/1000 L) Fase final (g/1000 L)


Nitrato de Cálcio 690 917
Nitrato de Potássio 138 183
Sulfato de Potássio 184 245
Sulfato de magnésio 230 306
MAP 92 122
Conmicros 25 25
Ferrilene (6% Fe) 20 20
CE (dS/m) 1,5 2,0
Número de estômatos – 14 DAT

LED 1

LED 2 1 amostra da parte


adaxial e abaxial de
cada folha para
contagem de estômatos
Pleno Sol
RESULTADOS – NÚMERO DE ESTÔMATOS

Parte da Folha
Fonte de Luz
Abaxial Adaxial

Natural Sunlight 19.6 B 15 B

75% Red, 25% Blue 23.2 A 26.2 A

87,5% Red, 25% Blue 19.5 B 16.3 B

CV% 21.68 13.64


RESULTADOS - BIOMASSA
Variáveis
Fonte de Luz
AF MFPA MFR MSPA MSR CF LF NF

Natural
2655.8 b 139.1 b 18.3 a 7.21 a 0.99 a 23,2 a 20.4 a 23.1 a
Sunlight

75% Red,
3190.9 ab 169.8 ab 17.6 a 7.28 a 1.03 a 20.7 b 17.0 b 31.5 b
25% Blue

87,5% Red,
3646.0 a 197.5 a 19.2 a 7.82 a 1.08 a 23.1 a 17.7 b 36.4 b
12,5% Blue

CV% 13.72 14.96 20.77 13.08 20.89 3.60 8.01 12.65


RESULTADOS – Área foliar (cm2)

SOL LED 1 LED 2


4000
3600
3200
2800
2400
2000
1600
1200
800
400
0
13/jun 20/jun 27/jun 04/jul 11/jul
RESULTADOS –MASSA FRESCA E SECA DA PLANTA

Massa Fresca Parte Aérea (g/planta) Massa Seca Parte Aérea (g/planta)
200 8
180
7
160
140 6
120 5
100 4
80
3
60
40 2
20 1
0 0
13/jun 20/jun 27/jun 04/jul 11/jul 13/jun 20/jun 27/jun 04/jul 11/jul

SOL LED 1 LED 2 SOL LED 1 LED 2


RESULTADOS –MASSA FRESCA E SECA DA RAIZ

Massa Fresca Raiz (g/planta) Massa Seca Raiz (g/planta)


20 1,2
1,0
15
0,8
10 0,6
0,4
5
0,2
0 0,0
13/jun 20/jun 27/jun 04/jul 11/jul 13/jun 20/jun 27/jun 04/jul 11/jul

SOL LED 1 LED 2 SOL LED 1 LED 2


CRESCIMENTO DA PLANTA

7 DAT

Radiação solar 75% verm: 5% azul 87,5% verm: 12,5% azul


CRESCIMENTO DA PLANTA

14 DAT

Radiação solar 75% verm: 25% azul 87,5% verm: 12,5% azul
CRESCIMENTO DA PLANTA

21 DAT

Radiação solar 75% verm:25% azul 87,5% verm:12,5% azul


CRESCIMENTO DA PLANTA
21 DAT

Luz Natural 75% luz vermelha; 25% luz azul 87,5% luz vermelha; 12,5% luz azul
CRESCIMENTO DA PLANTA

28 DAT

Radiação solar 75% ver, 25% azul 87,5% ver, 12,5% azul
LED no cultivo de manjericão indoor x ambiente
protegido

Luz Natural 75% luz vermelha; 25% luz azul 87,5% luz vermelha; 12,5% luz azul
LED no cultivo de manjericão indoor x ambiente
protegido

Luz Natural 75% luz vermelha; 25% luz azul 87,5% luz vermelha; 12,5% luz azul
Produtividde do manjericão

Tratamento MFPA MFR MSPA MSR AF

Conjunto LED 137.77 a 13.6250 ab 8.2750 a 0.8000 a 2174.45 b


75%:25%
Conjunto LED 156.55 a 17.0250 a 9.5500 a 0.8750 a 2783.27 a
87,5:12,5%
Luz Natural 142.48 a 11.4250 b 9.8500 a 0.6500 a 2308.67 ab

C.V. (% ) 12,48 20,3 14,22 24,23 14,31


Produtividde e qualidade do manjericão

Tratamentos Altura Diâmetro ClorTotais Carot. ClorTo/Carot.


Conjunto LED
232,75 a 267,50 a 1,4430 a 0,3886 a 3,7169 a
75%:25%
Conjunto LED
241,00 a 276,75 a 1,4807 a 0,4037 a 3,5925 b
87,5%/12,5%
Luz Natural 198,75 b 217,00 b 1,4552 a 0,386 a 3,7694 a
C.V. (% ) 7,27 8,98 4,75 4,74 2,31
OBRIGADA!!