Você está na página 1de 4

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA


CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES

LABORATÓRIO DE FUNDAMENTOS: ELETRICIDADE E MAGNETISMO


16/07/2018

ATIVIDADE 6: PROPRIEDADES ELÉTRICAS DE ELEMENTOS RESISTIVOS

1. Introdução

Neste experimento você irá usar multímetros para medir diferença de potencial elétrico e corrente elétrica
em diversos dispositivos eletrônicos.
A diferença de potencial é medida com o multímetro no modo voltímetro. Observe que existe o modo
contínuo (---) e alternado (~). Neste experimento a diferença de potencial será contínua. Não é necessário se
preocupar com a escolha inicial da escala do voltímetro, pois devido à configuração interna este modo não
permite que o equipamento seja danificado caso você tente medir uma voltagem superior à escala escolhida.
A corrente elétrica é medida com o multímetro no modo amperímetro. Observe que também existe o
modo contínuo e alternado. O modo contínuo deve ser escolhido. Neste caso você deve escolher
adequadamente a escala do amperímetro. Se você tentar medir corrente elétrica acima da escala
escolhida no amperímetro, o equipamento será danificado de forma permanente. Por isso, sempre
inicie a medida de corrente elétrica na maior escala do amperímetro. Em seguida, você pode diminuir a
escala caso a corrente seja muito menor do que a maior escala.
A configuração dos terminais do multímetro é diferente para medir voltagem ou corrente. No
voltímetro a configuração é em paralelo e no amperímetro a configuração é em série.
Estudaremos o comportamento de três tipos de elementos resistivos: o resistor comum, o diodo
(LED) e o resistor dependente da luz (LDR). Em especial, verificaremos as propriedades destes elementos
quanto à validade ou não da lei de Ohm.

2. Objetivos

 Analisar o comportamento de elementos considerados ôhmicos e não-ôhmicos;


 Construir curvas de corrente versus voltagem de resistor e diodo;
 Operar o multímetro nos modos voltímetro e amperímetro.

3. Lista de Materiais

 Resistores diversos;
 Diodos (LED);
 Uma fonte de alimentação CC;
 Cabos com terminações pino banana - garra jacaré;
 Cabos com terminações pino banana - pino banana;
 Cabos com terminações BNC - pino banana;
 Cabos com terminações BNC - garra jacaré;
 Dois multímetros;
 Placa de prototipagem de circuitos tipo protoboard;
 Fios para conectar terminais da protoboard.
 Resistor do tipo LDR.
1
4. Procedimento experimental

4.1) Como a corrente elétrica depende da diferença de potencial num resistor?

Inicialmente você irá medir a diferença de potencial que aparece entre os terminais do resistor
quando uma corrente elétrica o atravessa. Para isto escolha um resistor cuja resistência esteja entre 330 Ω e
10 kΩ e monte o circuito ilustrado abaixo. O voltímetro está em paralelo com R1 e o amperímetro em série.
Use o voltímetro na escala de 20 V e modo contínuo (DC). Use o amperímetro na escala de 200 mA e modo
contínuo (DC).

Figura 1 - Medindo a voltagem e a corrente em um resistor.

(a) Preencha a Tabela 1 ajustando Vfonte até obter os valores sugeridos.

Tabela 1: Medidas elétricas para o resistor.


Vfonte (V) 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 8,0 9,0 10,0
VR (V)
IR (mA)

(b) Para cada valor de Vfonte, calcule e compare uns aos outros. Qual a sua conclusão? Justifique.
VR / IR

(c) A partir da Tabela 1 faça um gráfico da corrente versus a voltagem do resistor e anexe ao relatório. Qual
a equação matemática que melhor se ajusta aos dados do experimento? Justifique e obtenha os valores e
unidades dos parâmetros da equação. Algum desses parâmetros pode ser correlacionado ao valor da
resistência do resistor? Justifique.

4.2) Como a corrente elétrica depende da diferença de potencial num diodo?

Agora você irá medir como a corrente que atravessa um diodo depende da voltagem aplicada sobre
seus terminais. Para isso monte o circuito da figura abaixo. Atenção na conexão em série do diodo com o
resistor 100 Ω < R1 < 330 Ω de proteção. Sem este resistor o diodo irá queimar!

2
Aqui usaremos um diodo emissor de luz (no inglês, Light Emitting Diode, ou simplesmente, LED).
Os LED's emitem luz somente quando estão energizados com polaridade direta e com tensão superior à
limiar. Esta tensão é característica de um dado material semicondutor que compõe o diodo e é o fenômeno
chamado dopagem (adição de átomos de impurezas num cristal de modo a aumentar tanto o número de
elétrons livres quanto o número de lacunas).quem permite a geração de fótons com energia na faixa
desejada.
A emissão de luz neste dispositivo ocorre quando dá-se a recombinação dos pares elétron-lacuna, e
então há a emissão de energia em forma de fóton.

Figure 2 - Medindo a voltagem e corrente elétrica em um diodo.

(a) Preencha a Tabela 2 ajustando Vfonte até obter os valores de Vdiodo sugeridos na tabela.

Tabela 2: Medidas elétricas para o diodo.


Vfonte (V) Vdiodo (V) Idiodo (mA) Vfonte (V) Vdiodo (V) Idiodo (mA)
0,2 1,8
0,4 2,0
0,6 2,2
0,8 2,4
1,0 2,6
1,2 2,8
1,4 3,0
1,6 3,2

(b) Inverta os terminais do diodo na proto-board. Ajuste Vfonte até que 3,0 V apareça entre os terminais do
diodo. Qual o valor da corrente elétrica medida? Compare este valor com aquele obtido na Tabela 2 para a
mesma Vfonte. Qual a sua conclusão?

(c) A partir da Tabela 2, faça um gráfico da corrente versus a voltagem no diodo. O diodo conduz corrente
elétrica para qualquer valor de voltagem aplicada? Explique seus resultados.

4.3) Como a resistência do LDR varia com a intensidade de luz?

3
Agora você irá analisar de que maneira a resistência do LDR (light dependent resistor) depende da
intensidade de luz aplicada sobre sua face fotossensível.

a) Use o ohmimetro para medir a resistência elétrica do resistor dependente de luz (LDR). Observe o que
ocorre quando a intensidade luminosa, que incide sobre a face sensível do LDR, diminui ou aumenta. Para
realizar este experimento crie uma sombra com sua mão sobre o LDR e depois deixe a luz incidir sobre o
mesmo. Descreva abaixo suas conclusões e observações.

b) Suponha que você possui uma fonte de tensão CC, um amperímetro, um resistor (qualquer resistência que
desejar), um voltímetro e um LDR. Com base em suas observações anteriores projete um circuito capaz de
medir a intensidade da luz com os equipamentos e componentes disponibilizados neste item. Desenhe este
circuito abaixo e descreva seu comportamento.

5. Referências

BETZLER, A. S.; CASTRO, C. S. Laboratório de Fundamentos de Eletricidade e Magnetismo. Amargosa-


BA: CFP/UFRB, 2016.
HALLIDAY, D.; WALKER, J. Fundamentos de Física – Eletromagnetismo. Tradução e revisão técnica
Ronaldo Sérgio de Biasi. Rio de Janeiro: LTC, 2009.
MALVINO, P. Eletrônica, volume 1, McGraw-Hill, São Paulo, 1986.

Você também pode gostar