Você está na página 1de 10

PAVIMENTO RÍGIDO

WHITETOPPING
Introdução

• Os pavimentos “whitetopping” surgiram em 1918 nos EUA.

• Esse pavimento consiste em uma camada rígida construída


com concreto de cimento Portland sobreposta a um
pavimento asfáltico existente (Norma DNIT 068/2004).

Camadas não
ligadas

Não existe aderência


entre a laje de
concreto e o
pavimento asfáltico
existente!!!

Fonte: RASMUSSEN (2004)

Não há propagação de fissuras do revestimento


asfáltico para a laje de concreto!!!
Introdução (cont…)
• Nesta alternativa de reabilitação, as deficiências do
pavimento antigo são corrigidas e o pavimento reabilitado
passa a ter comportamento de pavimento rígido novo.

Fonte: HARRINGTON et al. (2008)


Introdução (cont…)

• A utilização do “whitetopping” pode ser escolhida quando


um pavimento flexível apresenta elevado grau de
deterioração ou ainda quando exista o risco de degradação
acelerada devido ao tráfego pesado ou em meio ambiente
agressivo.

Fonte: NEVES (2009)


Introdução (cont…)

• Neste caso, aplica-se uma camada asfáltica nivelante sobre o


revestimento existente a fim de corrigir as irregularidades
da superfície, antes da execução da laje de concreto de
cimento Portland.

https://bitafal.com.uy/whitetopping-en-ruta-3-por-consorcio-incoci-cujo/
Introdução (cont…)

• A nova laje de concreto de cimento Portland é dimensionada


como um novo pavimento rígido.

• No dimensionamento dessa laje considera-se o pavimento


antigo existente como um suporte composto da fundação.

• Assim, determina-se inicialmente o módulo de reação


(coeficiente de recalque – k) do pavimento existente e na
sequência dimensiona-se a espessura da laje como um novo
pavimento rígido.

• Neste caso a espessura da laje de concreto deve ser igual


ou superior a 20cm!!!
Tipos de pavimento whitetopping

• O pavimento “whitetopping” pode se dividido em:

• A) Pavimento whitetopping de concreto simples (dimensionado


pelo método da PCA)
• Com armadura não estrutural (para combate à retração)
• Sem armadura
• Utilizar barras para transferência de carga
• Não utilizar barras para transferência de carga

• B) Pavimento whitetopping estruturalmente armado

• C) Pavimento whitetopping delgado-WTD

• D) Pavimento whitetopping ultra-delgado-WTUD.


Requisitos prévios à execução da
laje de concreto

Tipos de defeito no revestimento


Preparo prévio
asfáltico existente
Afundamento de trilha de roda
Nenhum
< 5 cm
Afundamento de trilha de roda Fresagem e
≥ 5cm nivelamento
Panelas Enchimento
Falhas no subleito Remoção e reparo
Trincas em geral Nenhum
Deformação plástica excessiva Fresagem
Exsudação Nenhum
Desagregação superficial Limpeza
Fonte: PITTA (1997)
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 CPCA – Canadian Portland Cement Association (1984).


EB209P Thickness Design for Concrete Highway and
Street Pavements (Canadian Edition).
 DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de
Transportes (2005). Manual de pavimentos rígidos.
Instituto de Pesquisas Rodoviárias. Publicação 714. 2ª
edição. Rio de Janeiro.
 HARRINGTON, D. et al. (2008). Guide to Concrete
Overlays: Sustainable Solutions for Resurfacing and
Rehabilitating Existing Pavements. National Concrete
Pavement Technology Center. 2nd Edition.
 NEVES, M. A. (2019). Viabilidade técnica e econômica de
pavimento de concreto. Seminário. Evolução do projeto,
construção e manutenção do pavimento de concreto.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 PITTA, M. R. (1997). Whitetopping – A inversão de um


conceito. Associação Brasileira de Pavimentação – ABPv,
Boletim Técnico No. 156.
 RASMUSSEN, O. R. (2004). Thin and ultra-thin
whitetopping: A synthesis of highway practice. In:
National Cooperative Highway Research Program -
NCHRP. Washington, D. C.

Você também pode gostar