Você está na página 1de 2

TÓPICOS BEHAVIORISMO METODOLÓGICO

1- Definição de O objeto de estudo é o comportamento.


Objeto
2- Objetivo Prever e controlar o comportamento, estudado como uma função de certas variáveis
com o meio.

3- Métodos Observação, com ou sem uso de instrumento; métodos de testes, o método do relato
Utilizados verbal e o método do reflexo condicionado.

4- Influências e Influências de Três Tendências: A Concepção Filosófica do Empirismo,


Antecedentes Objetivismo e Mecanicismo; a Psicologia Animal e a Psicologia Funcional.
Histórico Antecedentes históricos: Os Estados Unidos passavam por um processo semelhante
ao europeu com expansões agrícolas, comerciais e industriais, propiciando um
ambiente favorável à críticas ao mentalismo como explicação e à introspecção como
forma de obtenção de dados passíveis de análise do comportamento humano.

5- Período / Local Início do século XX , com o primeiro artigo publicado em 1913. Nos Estados
(localização) Unidos da América.

6- Fundador John Broadus Watson (1878-1958)

7- Representantes Pavlov e Bechterev

8- Concepção do A visão de homem como gerador do universo e agente do mundo mudou, pois este
Homem passou a posição de um ser que se comporta como outro qualquer. O homem já não
observa, ele apenas se comporta. Essa idéia reforçou a imagem do homem como
máquina: basta um estímulo para ocorrer uma cadeia de respostas.

9- Fundamentação Watson queria criar uma ciência livre de noções mentalistas e de métodos
Teórica subjetivos, tão objetiva quanto a física. Então critica o mentalismo e a idéia de que
todas as explicações estão na mente. Ele acreditava que para se entender o
comportamento pode-se partir da observação, não precisando supor processos
mentais que explicariam tal comportamento.

10- Contexto A subjetividade é mais do que uma construção na relação diádica, de apenas dois
Histórico / Cultural vetores, mais fundamentalmente se estabelece a relação entre os grupos, fundados e
baseados numa cultura, por meio do comportamento social, tendo como instrumento
básico a construção desta subjetividade o comportamento verbal, por que senão for
expressa, não há subjetividade existente.

11- Compreensão Com análise dos tópicos fundamentais da psicologia, como instinto, aprendizagem,
das Relações entre emoção e pensamento, Watson enfatiza a influência do ambiente sobre o
Pesquisa e o comportamento dos organismos.
Orgânico
12- Limitações Não explicava comportamentos mais complexos nem os comportamentos que não
estavam associados diretamente a estímulos incondicionados.

13- Aspectos a O behauviorismo metodológico ao passar a idéia do homem como máquina, ignora
serem criticados seus aspectos psicológicos como se o homem fosse apenas um produto do
comportamento. O que não é sempre assim.
TÓPICOS BEHAVIORISMO RADICAL
1- Definição de O comportamento do organismo total é seu objeto de estudo.
Objeto
2- Objetivo Valorizar e considerar a forma como os comportamentos ocorrem, quais as
contingências envolvidas e os reforços existentes para a manutenção ou extinção de
um comportamento.

3- Métodos Observação, com ou sem uso de instrumento; métodos de testes, o método do relato
Utilizados verbal e o método do reflexo condicionado.

4- Influências e Influências: As ciências físicas, depois pelas ciências biológicas. A proposição da


Antecedentes seleção natural, apresentada por Charles Darwin;
Histórico Antecedentes históricos: Momento em que o capitalismo estava em pleno
desenvolvimento. Havia uma crescente concentração de capital e grande
desenvolvimento industrial e tecnológico.

5- Período / Local Início do século XX , em 1945. Nos Estados Unidos da América.


(localização)
6- Fundador Burrhus Frederic Skinner (1904-1990)

7- Representantes Pavlov e Bechterev

8- Concepção do O behaviorismo vê o homem como um ser que se comporta, devido a uma história
Homem pessoal e global, da qual são resultados tanto o seu comportamento quanto a sua
subjetividade. O comportamento específico de uma pessoa é a sua própria
subjetividade.

9- Fundamentação Skinner baseou-se em ciências anteriores a ele. Inicia sua obra tendo como modelo
Teórica as ciências físicas e as transformações que elas enfrentavam. Depois toma como
modelo as ciências biológicas, mais especificamente o fornecido pela teoria da
evolução por seleção natural.

10- Contexto Skinner possibilita uma análise e proposição de soluções para os problemas mais
Histórico / Cultural flagrantes de uma sociedade deteriorada que segue, em função de si mesma, para os
mais diversos caminhos de extinção da espécie humana, produzindo catástrofes
ambientais e tecnológicas que vão minando as possibilidades de sobrevivência
coletiva ao longo de milhares de ano.

11- Compreensão Entende por comportamento as relações do organismo com o ambiente, expresso
das Relações entre pela tríplice contingência de reforçamento. O ambiente em que se encontra o homem
Pesquisa e o determina e constrói as características que serão particulares a cada um.
Orgânico
12- Limitações Não explicava comportamentos mais complexos nem os comportamentos que não
estavam associados diretamente a estímulos incondicionados.

13- Aspectos a Nem sempre o homem pode ser condicionado por uma manipulação do
serem criticados comportamento, pois existem comportamentos referentes a uma patologia, que serão
necessários outros métodos.