Você está na página 1de 2

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, FORMAÇÃO E EVENTOS


DISCIPLINA: QUÍMICA APLICADA
PROFESSOR: ROBERTO MATOS
CURSO: TÉCNICO EM CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

EMENTA

Princípios básicos de química e sua aplicação na conservação e restauração de bens culturais móveis.
Percepção da obra em seu aspecto material. Materiais constitutivos da pintura, da escultura e de obras
sobre papel. Métodos de exames e análises. Produtos utilizados em restauração: adesivos, consolidantes,
tintas, vernizes e solventes. Toxicologia dos solventes orgânicos. Nocões básicas de conservação
preventiva. Noções básicas de análise científica da obra de arte.

OBJETIVO GERAL

Reconhecer a importância dos princípios químicos e das técnicas de análise química na elaboração dos
projetos de conservação e restauração dos bens culturais móveis.

OBJETIVOS GERAIS

I.Compreender os princípios químicos inseridos nos processos de conservação e restauração das obras
de arte;
II. Identificar os fundamentos técnico-científicos que regem as análises químicas de restauração e uso dos
solventes orgânicos;
III. Discutir sobre a natureza físico-química dos adesivos, consolidantes, tintas, vernizes e solventes no
processo de conservação e restauração;
IV. Analisar a estrutura química das obras de arte e os impactos dos fatores externos no processo de
prevenção e restauração.

METODOLOGIA DE ENSINO

Aulas expositivas com recursos multimídias, atividades experimentais e leitura crítica de artigos científicos
sobre o contexto das técnicas de conservação e restauração de obras de arte móveis.

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

•Prova e teste escrito sobre assuntos relevantes da programação de curso;


• Avaliação qualitativa: frequência e participação nas aulas práticas e teóricas;
• Fichamento de artigos e relatórios de experimentos em laboratório químico.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

I - UNIDADE
1.0 – Concepções fundamentais sobre Tabela Periódica, substância, mistura e transformações materiais;
2.0 – Análise sobre as interações interatômicas e interpartículas ou intermoleculares das substâncias;
3.0 – Reconhecimento sobre a natureza das substâncias orgânicas e inorgânicas; 4.0 - Identificação da
natureza das reações química: reações de neutralização, de óxido-redução e precipitação;
5.0 – Princípios físico-quimicos e utilidade dos solventes orgânicos.
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA
CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, FORMAÇÃO E EVENTOS
DISCIPLINA: QUÍMICA APLICADA
PROFESSOR: ROBERTO MATOS
CURSO: TÉCNICO EM CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

II – UNIDADE
1.0 - Adesivos e consolidantes: conceito classificação e propriedades físico-químicas;
2.0 - Tintas e vernizes: componentes, estrutura química , deterioração de materiais pictóricos e uso na arte
e na restauração;
3.0 – Papel: fundamentos básicos sobre a química do papel; processos físico-químicos de conservação e
restauração.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

FIGUEIREDO JUNIOR, João Cura D’ars de. Química aplicada à conservação e restauração de bens
culturais: uma introdução. Belo Horizonte: São Jerônimo, 2012.USBERCO, João; Salvador,
Edgard. Química Geral. 12ª.ed. São Paulo: Saraiva, 2006. 480 p.
FONSECA, Martha Reis Marques da. Completamente Química, Ciências, Tecnologia & Sociedade.
São Paulo: Editora FTD S.A., 2001, 624 p.
McMURRY, J., Química Orgânica vol. 1 e vol. 2. Editora CENGAGE Learning. Tradução da 6ª Edição
Norte Americana, 2008KOTZ, John C.; TREICHEL.