Você está na página 1de 6

Escola Municipal Maria Izabel de Figueiredo

Palestina de Goiás, 04 de Setembro de 2019


Professoras: Antônio, Helânia e Patrícia
Série: 4º ano “A e B
Quarta – Feira
 Acolhida-Leitura bíblica e oração espontânea ou cantar música
 Curtindo a leitura
 Chamada
 Correção do para casa
 Sistematização da construção do conhecimento
 Para casa
 Avaliação do dia

Português/Geografia
Expectativas
 Ler com fluência e autonomia, construindo significados;
 Desenvolver a forma de expressão oral e entonação de frase;
 Escutar com atenção apresentação dos trabalhos dos colegas, formulando
perguntas pertinentes ao tema e solicitando esclarecimento sobre dados
apresentados e imagem, tabelas e textos;
 Escrever texto, com domínio e segurança;
 Ler e interpretar diferentes tipos de textos, como também interpretar e formular
respostas;
 Respeitar diferentes opiniões, sobre o mesmo texto;
 Desenvolver habilidades de leitura com diferentes objetivos: entretenimento,
consulta, busca de informações etc.;
 Seleciona em seus lugares de vivência e em suas histórias familiares, componentes
de culturas afro-brasileiras, indígenas, mestiças e migrantes;
 Descrever processos migratórios e suas contribuições para formação da sociedade
brasileira.
Conteúdo
 Pratica da leitura, compreensão e interpretação;
 A população brasileira – os negros africanos (escravos).
Estratégia de aprendizagem
A aula consiste num formato expositiva e dialogada. Explicar de onde vinha os escravos
para o brasil, de quais países da África eram capturados e vendidos para os navios
negreiros. Fazer alusão que a maioria dos escravos eram capturados por etnias diferentes
em momentos de guerras entre tribos ou capturados diretamente pelos europeus
traficantes de escravos, eram examinados no momento da compra, de forma que tinha
virado para os europeus um comercio marítimo lucrativo. Os negros eram trazidos para o
Brasil em navios que não dava condições de higiene e saúde, muitos dos escravos
morriam na viagem, mas os que chegavam ao Brasil era vendidos como animais para
o trabalho escravo em lavouras de café, tabaco, cacau, açúcar e algodão,
nas minas de ouro e prata, campos de arroz, de indústria de construção, corte de madeira
e como domésticos. Fazer menção de suas contribuições na cultura e religião preexistente.
Explicar como era a vida dos escravos no Brasil. E, em seguida, tirar as dúvidas e passar
atividades. Corrigir cadernos individual.
Assim que chegavam ao Brasil, eles eram postos em quarentena, a fim de evitar mais
perdas por doenças. E, para causarem boa impressão, submetidos à engorda e
besuntados em óleo de palma, que escondia feridas e dava vigor à pele. Faziam exercícios
para combater a atrofia muscular e a artrose. Depois, seguiam para os mercados de
negros da cidade, como o Valongo, na Gamboa, região central do Rio de Janeiro. De
cabelos raspados, velhos, jovens, mulheres e crianças eram avaliados pela clientela, que
apalpava dentes, membros e troncos. Um viajante alemão, em viagem à Bahia no século
19, descreveu: “Assim, pelados, sentados no chão, observando, curiosos, os transeuntes,
pouco se diferenciam, aparentemente, dos macacos.
Avaliação

A avaliação será diagnostica, porque o esperado é que os alunos depois da explicação do


docente possam desenvolver as atividades sem ou com mínima ajuda do educador,
aplicando suas habilidades e capacidades para solução da situação problema,
demonstrando interesse e participação ativa, ajudando os demais colegas.

Atividade/Para casa

Faça uma pesquisa e procure saber quanto tempo tem da abolição dos escravos até o dia
de hoje, e cite as leis que beneficiavam os negros antes lei Áurea.
OBS. 131 anos. Eusébio de queiros; ventre livre; sexagenário.
Matemática
Expectativas
 Reconhecer as frações unitárias mais usuais (1/2; 1/3; 1/4; 1/5; 1/10, e 1/100), como
unidades de medidas menores do que uma unidade, utilizando a reta numérica
como recurso.
Conteúdo:
 Números fracionários.
Estratégia de aprendizagem

Como de costume, explicar o conteúdo no quadro de forma contextualizada. Após observar


se houve aprendizagem, passar exercícios de fixação. Dar vistos nos cadernos
Atividade/ Para casa
1 – Desenhe a forma de representação das frações a seguir: em barras ou figuras
geométricas.
a) 1/2 b) 1/3 c) 2/3 d) 1/10 e) 1/5 f) 1/1 g) 9/9

Atividades/Matemática (xerox)

Você também pode gostar