Você está na página 1de 9

Interbits – SuperPro ® Web

1. Um pesquisador avaliou o efeito da temperatura do motor (em velocidade constante) e da


velocidade média de um veículo (com temperatura do motor constante) sobre a emissão de
monóxido de carbono (CO) em dois tipos de percurso, aclive e declive, com iguais distâncias
percorridas em linha reta. Os resultados são apresentados nas duas figuras.

A partir dos resultados, a situação em que ocorre maior emissão de poluentes é aquela na qual
o percurso é feito com o motor
a) aquecido, em menores velocidades médias e em pista em declive.
b) aquecido, em maiores velocidades médias e em pista em aclive.
c) frio, em menores velocidades médias e em pista em declive.
d) frio, em menores velocidades médias e em pista em aclive.
e) frio, em maiores velocidades médias e em pista em aclive.

2.

No dia 10 de abril de 2019, foi publicada a primeira imagem de um buraco negro.


Essa imagem foi produzida por uma rede de telescópios como resultado do projeto Event
Horizon Telescope, realizado pela Fundação Nacional de Ciências (National Science
Foundation).
O buraco negro fotografado possui uma massa 6,5 bilhões de vezes maior que a massa do
Sol, e se encontra a 5 milhões de anos-luz da Terra.

Considere que:
- 1 ano-luz é a distância percorrida pela luz em um ano;
7
- 1 ano é aproximadamente igual a 3,0  10 s;
5
- a velocidade da luz é igual a 3,0  10 km s.

Página 1 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

Sendo assim, a distância do buraco negro observado em relação à Terra é de:


25
a) 5,9  10 m.
22
b) 4,5  10 m.
15
c) 1,5  10 m.
15
d) 9,0  10 m.
14
e) 1,5  10 m.

3. Considere a situação em que um jogador de futebol esteja treinando e, para isso, chute
uma bola contra uma parede vertical. Suponha-se que a bola realize um movimento em linha
reta de ida e volta (jogador-parede-jogador), com velocidade constante na ida, e que, na volta,
a velocidade também seja constante, mas menor do que a da ida. Nessas condições e
considerando que o tempo de contato com a parede seja muito pequeno e possa ser
desprezado, o gráfico que melhor representa o deslocamento (S) da bola em relação ao tempo
de movimento (t) é:

a)

b)

c)

d)

Página 2 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

e)

4. Em 1977, a NASA enviou para o espaço a sonda Voyager I que, após realizar sua missão
primária de passar próximo a alguns planetas do Sistema Solar, segue até hoje espaço afora.
Atualmente, a sonda já se encontra bastante distante da Terra, a cerca de 20.000.000.000 km
de distância. Mesmo a esta distância, a Voyager I se comunica com a Terra utilizando ondas
eletromagnéticas que constituem a forma mais rápida de transporte de energia.

Considerando que a velocidade de propagação da ondas eletromagnéticas no vácuo, em


termos de sua ordem de grandeza, é de 1.000.000.000 km / h, então, um sinal transmitido pela
Voyager I será recebido aqui na Terra, aproximadamente, após
a) 10 horas.
b) 20 horas.
c) 2 dias.
d) 5 dias.
e) 1 mês.

5. Um longo trecho retilíneo de um rio tem um afluente perpendicular em sua margem


esquerda, conforme mostra a figura. Observando de cima, um barco trafega com velocidade
constante pelo afluente para entrar no rio. Sabe-se que a velocidade da correnteza desse rio
varia uniformemente, sendo muito pequena junto à margem e máxima no meio. O barco entra
no rio e é arrastado lateralmente pela correnteza, mas o navegador procura mantê-lo sempre
na direção perpendicular à correnteza do rio e o motor acionado com a mesma potência.

Pelas condições descritas, a trajetória que representa o movimento seguido pelo barco é:

Página 3 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

a)

b)

c)

d)

e)

6. Um motorista viaja da cidade A para a cidade B em um automóvel a 40 km/h. Certo


momento, ele visualiza no espelho retrovisor um caminhão se aproximando, com velocidade
relativa ao carro dele de 10 km/h, sendo a velocidade do caminhão em relação a um referencial
inercial parado é de 50 km/h. Nesse mesmo instante há uma bobina de aço rolando na estrada
e o motorista percebe estar se aproximando da peça com a mesma velocidade que o caminhão
situado à sua traseira se aproxima de seu carro. Com base nessas informações, responda: a
velocidade a um referencial inercial parado e a direção da bobina de aço é:

a) 10 km/h com sentido de A para B


b) 90 km/h com sentido de B para A
c) 40 km/h com sentido de A para B
d) 50 km/h com sentido de B para A
e) 30 km/h com sentido de A para B

7. Um drone voando na horizontal, em relação ao solo (como indicado pelo sentido da seta na
figura), deixa cair um pacote de livros. A melhor descrição da trajetória realizada pelo pacote de
livros, segundo um observador em repouso no solo, é dada pelo percurso descrito na

Página 4 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

a) trajetória 1.
b) trajetória 2.
c) trajetória 3.
d) trajetória 4.
e) trajetória 5.

8. Numa corrida de revezamento, dois atletas, por um pequeno intervalo de tempo, andam
juntos para a troca do bastão. Nesse intervalo de tempo,

I. num referencial fixo na pista, os atletas têm velocidades iguais.


II. num referencial fixo em um dos atletas, a velocidade do outro é nula.
III. o movimento real e verdadeiro dos atletas é aquele que se refere a um referencial inercial
fixo nas estrelas distantes.

Está(ão) correta(s)
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) I, II e III.

9. Hoje sabemos que a Terra gira ao redor do Sol (sistema heliocêntrico), assim como todos
os demais planetas do nosso sistema solar. Mas na Antiguidade, o homem acreditava ser o
centro do Universo, tanto que considerava a Terra como centro do sistema planetário (sistema
geocêntrico). Tal consideração estava baseada nas observações cotidianas, pois as pessoas
observavam o Sol girando em torno da Terra.

É CORRETO afirmar que o homem da Antiguidade concluiu que o Sol girava em torno da Terra
devido ao fato que:
a) considerou o Sol como seu sistema de referência.
b) considerou a Terra como seu sistema de referência.
c) esqueceu de adotar um sistema de referência.
d) considerou a Lua como seu sistema de referência.
e) considerou as estrelas como seu sistema de referência.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:


Formulário de Física

Página 5 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

  m  v2
d vt F  ma EC 
2
1  
d  v0  t  a  t2 P  mg
2
1 2
v  v0  a  t T  F  d  sen θ EPE  kx
2
v 2  v 02  2  a  d EPG  m  g  h
Δv
1m / s  3,6km / h a
Δt

Texto

Paraquedista

Ao saltar de um avião a 4 km de altura, um paraquedista tem, no início, a mesma sensação de


frio na barriga que você sente quando desce a primeira rampa de uma montanha-russa. Essa
impressão se deve à atração gravitacional, que imprime uma aceleração uniforme ao corpo do
paraquedista.
Mas, ao contrário do que se imagina, no salto, o frio na barriga acaba antes que o paraquedas
seja aberto. É que, em um determinado instante, a força de atração gravitacional é
contrabalançada pela força de resistência do ar, e o corpo adquire uma velocidade constante
de, aproximadamente, 200 km/h. A partir desse momento, o paraquedista não tem mais
sensação de queda, mas, sim, de flutuação. No entanto, para chegar ao solo com segurança, é
preciso reduzir ainda mais a velocidade. Ao abrir o velame, a resistência ao ar fica maior e a
velocidade cai para cerca de 20 km/h. Toda essa emoção da queda livre e da flutuação não é
privilégio de quem pratica o paraquedismo como esporte. Esta é também uma especialidade
dos profissionais militares de carreira. Os paraquedistas do Exército, da Marinha e da
Aeronáutica são oficiais que passam por quatro anos de formação para depois receber
treinamento nessa especialização, que será empregada em situações de combate e resgate.

Adaptado de: ALVARENGA, Beatriz; MÁXIMO, Antônio. Física. São Paulo: Scipione. 2004. p.
33.
Imagem disponível em: www.fotosearch.com.br. Acesso em: 04 jul. 2010.

10. Se a velocidade com que desce o paraquedista após abrir o paraquedas, de 20 km/h,
fosse expressa em m/s, teríamos...
a) 1,15 m/s.
b) 4,32 m/s.
c) 3,24 m/s.
d) 4,89 m/s.
e) 5,55 m/s.

Página 6 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

Gabarito:

Resposta da questão 1:
[D]

A primeira figura nos permite concluir que para menores temperaturas (motor frio) e em pista
em aclive a emissão de CO é maior.
A segunda figura mostra que a emissão de CO é maior para baixas velocidades médias e em
pista em aclive.

Resposta da questão 2:
[B]

O tal buraco negro está a 5 milhões de anos-luz da Terra. Isso significa que a luz emitida por
6
ele levaria 5,0  10 anos para chegar (se chegasse) aqui.
Calculando essa distância:
d  c t  3  108  5  106  3  107  d  4,5  10 22 m.

Resposta da questão 3:
[A]

Orientando a trajetória no sentido do jogador para a parede, na ida o movimento é progressivo,


portanto a velocidade escalar é positiva e, na volta, o movimento é retrógrado, sendo a
velocidade escalar negativa. Como essas velocidades são constantes, os gráficos dos
deslocamentos são segmentos de reta. O módulo da velocidade está associado à declividade
do segmento de reta: maior velocidade  maior declividade. Assim, como o módulo da
velocidade é menor na volta, nesse trecho a declividade do segmento de reta também é menor.

Resposta da questão 4:
[B]

d 2  1010
Δt    Δt  20h.
v 109

Resposta da questão 5:
[D]

A componente vertical da trajetória do barco se mantém com velocidade constante, enquanto


que a componente horizontal vai perdendo intensidade a uma taxa constante ao longo do
caminho. Sendo assim, a única alternativa que apresenta corretamente a sobreposição dessas
duas componentes é a [D].

Resposta da questão 6:
[E]

Admitindo que a bobina role para a direita, podemos escrever:

50  40  40  V  V  30km / h.

Resposta da questão 7:
[D]

Desprezando os efeitos resistivos, após ser abandonado, o pacote possui a mesma velocidade
horizontal do drone (constante) e é acelerado a partir do repouso na direção vertical. Logo, a
sua trajetória será um arco de parábola melhor representado pela trajetória 4.

Página 7 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

Resposta da questão 8:
[D]

I. Correta.
II. Correta.
III. Incorreta. Todo movimento (ou repouso) é real e verdadeiro, dependendo apenas do
referencial adotado. Não existe um referencial preferencial.

Resposta da questão 9:
[B]

Num referencial nas estrelas fixas (inercial), a Terra gira em torno do Sol. Porém, tomando
como referencial a Terra, podemos dizer, corretamente, que o Sol gira em torno da Terra.

Resposta da questão 10:


[E]

km 1.000 m 20
v  20  20   v  5,55 m / s.
h 3.600 s 3,6

Página 8 de 9
Interbits – SuperPro ® Web

Resumo das questões selecionadas nesta atividade

Data de elaboração: 13/04/2020 às 20:30


Nome do arquivo: Sim.415

Legenda:
Q/Prova = número da questão na prova
Q/DB = número da questão no banco de dados do SuperPro®

Q/prova Q/DB Grau/Dif. Matéria Fonte Tipo

1.............141370.....Baixa.............Matemática....Enem PPL/2014...................Múltipla escolha

2.............191187.....Média.............Física.............G1 - cotuca/2020..................Múltipla escolha

3.............169505.....Média.............Física.............Upf/2017...............................Múltipla escolha

4.............160308.....Baixa.............Física.............G1 - cps/2016.......................Múltipla escolha

5.............177112.....Baixa.............Física.............Enem PPL/2017...................Múltipla escolha

6.............126312.....Baixa.............Física.............Ibmecrj/2013........................Múltipla escolha

7.............190005.....Baixa.............Física.............Fuvest/2020.........................Múltipla escolha

8.............112971.....Baixa.............Física.............Ufsm/2012............................Múltipla escolha

9.............113393.....Baixa.............Física.............G1 - ifsc/2012.......................Múltipla escolha

10...........106274.....Baixa.............Física.............G1 - ifsc/2011.......................Múltipla escolha

Página 9 de 9