Você está na página 1de 28

Manual Técnico Operacional

Rede AEDU e LFG


TRANSMISSÃO DO SINAL COM AS NOVAS
FREQUENCIAS

A PARTIR DE

06/04/2016

Índice

1. Conceito das transmissões de Satélite

2. Conceito de One Way

3. Instalações.

4. Exemplos de instalação de estação receptora

5. Indicações de Fornecedores

6. Guia Rápido de Solução de Problemas

7. Informação Complementar
Caro Polo, agora que você já estabeleceu a sua Unidade, é hora de cuidar da recepção do
sinal via satélite dos canais da Rede.

O objetivo deste manual é apresentar as diretrizes para as instalações técnicas mínimas


necessárias que garantem a qualidade da recepção do sinal, envolvendo os receptores,
antenas e cabos.

Importante

Seguir essas instruções é condição mínima para um bom funcionamento, mas pode não
ser a única. A inspeção e laudo de um especialista são fundamentais para verificar se há
alguma característica no local de instalação que demande outras ações ou especificações
mais avançadas que as estabelecidas nesse manual.

1 - Conceito das Transmissões de Satélite

O tipo de transmissão que utilizamos é conhecido como one way, que é definido por um
único ponto de transmissão com vários pontos de recepção. A figura a seguir ilustra esse
conceito.

Polo
Graduação ou LFG
2 - Conceito de One Way

O satélite adotado em nossa transmissão é do tipo geoestacionário, que fica sempre num
ponto fixo em relação ao planeta, acompanhando, portanto, a rotação da Terra. Para tanto,
esse satélite fica localizado a mais de 30.000 km da superfície da Terra, o que implica
dizer que o sinal gerado atravessa toda a atmosfera para chegar ao satélite, e faz o mesmo
do satélite para as antenas receptoras.

É importante ressaltar que a antena receptora precisa de visada direta com o satélite, sem
obstáculos. A frequência das transmissões de satélite é elevada, e nesse cenário não é
possível atravessar ou contornar obstáculos.

Veja a seguir o processo de instalação.

3 - Instalações

Antes de dar início ao processo de instalação, é fundamental que um especialista (técnico


local) faça uma inspeção no local para verificar as condições de funcionamento. Contrate
profissional na área de sua confiança e apresente a ele este manual.
 Primeiro ponto: analisar as condições de visada para o satélite

Obstáculos como árvores ou prédios em frente às antenas podem dificultar ou impedir a


recepção do sinal. Assim, a instalação deve ser feita num local livre na direção do satélite.

 Segundo ponto: verificar se há alguma fonte potencial de


interferência na região:

Antenas de telefonia celular wimax ou 3G, antenas de rádio e outros serviços de


telecomunicações podem interferir na recepção caso estejam próximos à antena de
recepção.

Importante

Algumas dessas fontes interferentes podem ser anuladas com medidas técnicas nas
instalações, mas, dependendo do caso, pode ser necessário avaliar outro local para a
instalação da antena, ou ainda acionar a Anatel para verificar se o sinal interferente está
irregular. Nesse caso, ele deve ser desativado pela agência.

 Terceiro ponto: iniciar instalação

Com estudo concluído e condições favoráveis, a instalação pode ter início.


EQUIPAMENTOS BÁSICOS NECESSÁRIOS

 ANTENA

Deve ser de Fibra fechada e de no mínimo de 1,80 metros de diâmetro.

Foto ilustrativa

Recomendação

Modelo da EMBRASAT modelo RTM 1800STD (http://www.embrasat.com.br/). No site


do fabricante constam as informações sobre a estrutura necessária para a instalação.

 RECEPTOR (DECODER)

Deve ser do tipo tecnologia MPEG4 /DVB-S2, com suporte à plataforma de criptografia
IRDETO (Entrada para cartão de encriptação).
Recomendação

Equipamentos da marca COSHIP, modelos N6752 e/ou N6760B ou TELESYSTEM,


modelos CDVB-5110B e TS-14, que têm apresentado um desempenho superior. Outro
modelo compatível é o Zinwellbr ZDX-650CN.

 CABEAMENTO

O cabo utilizado deve ser do tipo RG 06 com pelo menos 90% de malha, para garantir
uma baixa atenuação entre a antena e os receptores e uma melhor blindagem á ruídos e
interferências externas.

As pontas desse cabo recebem uma terminação chamada “F”, e ela deve estar bem feita
para evitar problemas de curto-circuito ou mau contato.
 LNBF - KU

Deve ser Profissional para banda KU

Com as seguintes configurações:

 LNBF Banda KU

 LNBF UNIVERSAL Banda KU SINGLE (Simples)


 Frequência de entrada na banda baixa: 10,70 ~ 11,70 GHz
 Frequência de entrada na banda alta: 11,70 ~ 12,75 GHz
 Frequência de saída na banda baixa: 950 ~ 1950 MHz
 Frequência de saída na banda alta: 1100 ~ 2150 MHz
 Frequência do oscilador local: 9750 (b. baixa) / 10600 MHz (b.alta)
 Hastes para adaptação em antena de 2,4 de diâmetro (antiga banda C).
 SISTEMA DE SONORIZAÇÃO

Caixas amplificadas acima de 100W com controle de nível.

 SISTEMA DE PROJEÇÃO DE VÍDEO

Com monitores em LCD de 42". Média de 01 Monitor ou TV para cada 25 alunos em


sala de aula.

4 - Exemplos de instalação de estação receptora

Os instaladores de antenas conhecem toda a terminologia técnica utilizada. Assim, ao


repassar o manual para o técnico especialista, ele terá condições de fazer as instalações
de forma adequada e de analisar a necessidade de incrementos, de acordo com as
características de cada instalação.

A seguir, veja um modelo de como as instalações devem ser feitas. Caso haja mais de três
pontos, é necessária a instalação de um amplificador de sinal de banda C para que a
potência dos equipamentos seja mantida. O divisor é de uso geral para banda L.

Instalações de Downlink

Amplificador
Receptor 01
Cabo coaxial RG06
(mínimo 90% de malha)

Receptor 02

Divisor RF
Receptor 03

Receptor 04
Cabo coaxial RG06 Antena receptora LNBF
(mínimo 90% de malha)
Lembrete!
Evite o acumulo de agua na antena, é bom
sempre verificar para evitar danos!

4.1 - Instalação da antena ( Novo Apontamento )

A posição da antena depende da localidade em que a unidade se encontra e deverá ser


posicionada por um técnico habilitado.

4.2 - Apontamentos da antena ( Novo Apontamento )

É muito importante que o apontamento da antena seja feito por um profissional técnico
habilitado.

Caso queira saber as informações sobre o apontamento, sugerimos o site:


www.portalbsd.com.br

Clique no link APRENDA AQUI, selecione a opção APONTAMENTO DE ANTENA,


localize na lista o nosso satélite 80W INTELSAT G-28 (Galaxy 28) em seguida coloque
o nome da rua e cidade e logo abaixo será indicado a informações de localidade (latitude
e longitude) e da antena (elevação, azimute, inclinação LNB).
EXEMPLO DE AJUSTES PARA O NOVO APONTAMENTO => DE BANDA C PARA BANDA KU

Atual apontamento – Satélite Operação


Banda C
Galaxy 28 / Banda KU

30º

DIRECIONAMENTO
Vertical ( Elevação ) Diminuir
Apontamento Futuro – Satélite operação aproximadamente 30º Graus.
Banda KU
Galaxy 28 / Banda KU

60º
Atual apontamento – Satélite Operação
Banda C

Apontamento Futuro – Satélite operação


Banda KU

DIRECIONAMENTO
Horizontal (Azimute ) Deslocar para a
esquerda aproximadamente 60º
Graus.

4.3 - Instalação e Configuração Básica dos Receptores: COSHIP


modelos N6752 ou N6760B

As instruções a
seguir são
válidas apenas
para os
modelos
mencionados.
1) Conectar o aparelho na rede elétrica (110 v ou 220 v) e o cabo coaxial da antena na
entrada traseira: LNB IN.

2) Conectar o cabo RCA Vermelho e Branco em R_Áudio e L_Áudio (OUT) e o cabo


amarelo em Vídeo (OUT) atrás do receptor. Ligar a outra extremidade do cabo Vermelho
e Branco em R_Áudio e L_Áudio(IN) e o cabo amarelo em Vídeo(IN) na TV ou no
sistema de projeção de vídeo e áudio.

3) Ao ligar o aparelho, pressione a tecla MENU no Controle Remoto e selecione a opção


Installation e, em seguida, Advanced Installation pressionando OK. Caso solicite a
senha insira os dígitos 0000 (senha universal).

4) No lado esquerdo, selecione a Posição 01 (Intelsat G-28 ou Intelsat Galaxy 28) e, do


lado direito, insira os seguintes valores:

LNB Type: UNIVERSAL


Freq: HI-BAND ( 10.6 G)
22K: OFF
DiSEqC: OFF
LNB Power: ON
Todas as frequências estão na Banda KU ALTA ( Ku Hi-band ), cujo oscilador local do
LNBF, normalmente, é de 10,60 GHz.

Selecione a opção TP Setup e pressione OK ou Aperte o botão AMARELO do controle


remoto.

5) Na Tela TP Edit:

Caso exista alguma frequência na coluna da esquerda da tela selecionar e deletar


apertando o botão azul do controle remoto e em seguida confirme com OK;

Agora vamos incluir as frequências da rede AEDU – GRADUAÇÃO E LFG

Aperte a tecla verde do controle remoto (ADD TP), selecione posição 01 do lado esquerdo
e insira os seguintes valores do lado direito:

SÃO PAULO => CH 01 AO CH 18

Frequency: 11830,07
Symbol Rate: 13451
Polarity: HOR (Horizontal)
Transmission: DVB-S2
FEC Rate: 3/5
Modulation: 8PSK
Pilot: OFF
NIT: OFF
Aperte a tecla verde do controle remoto (ADD TP), selecione posição 02 do lado esquerdo
e insira os seguintes valores do lado direito:

VALINHOS => CH 26 AO CH 36

Frequency: 11850,27
Symbol Rate: 8220
Polarity: HOR (Horizontal)
Transmission: DVB-S2
FEC Rate: 3/5
Modulation: 8PSK
Pilot: OFF
NIT: OFF
Aperte a tecla verde do controle remoto(ADD TP), selecione posição 03 do lado esquerdo
e insira os seguintes valores do lado direito:

CAMPO GRANDE => CH 41 AO CH 48

Frequency: 11841,75
Symbol Rate: 5978
Polarity: HOR (Horizontal)
Transmission: DVB-S2
FEC Rate: 3/5
Modulation: 8PSK
Pilot: OFF
NIT: OFF

Aperte a tecla verde do controle remoto(ADD TP), selecione posição 04 do lado esquerdo
e insira os seguintes valores do lado direito:

SALVADOR => CH 51

Frequency: 12083,05
Symbol Rate: 2400 ou 2521 ou 2522
Polarity: HOR (Horizontal)
Transmission: DVB-S
FEC Rate: 3/4
Modulation: QPSK
Pilot: OFF
NIT: OFF
6) SCAN

Obs.: Quando o cursor está do lado direito e é necessário voltar para o lado esquerdo basta
pressionar Exit ou Back no controle remoto.

Com as quatro posições com frequências criadas, selecione cada uma delas no lado
esquerdo pressionando OK.

Pressione a tecla VERMELHA do controle remoto, que iniciará o Scan, então vai
aparecer um quadro com uma pergunta coloque com o cursor em “ALL” e pressione OK.
Aguarde a barra Progress (cor Laranja) chegar a 100%.

Perceba que ao lado do ícone TV aparece o número e o nome de canais sintonizados, ao


final do Scan deve ter 38 canais de recepção.

Pressione MENU, para voltar a tela de canais e pressione OK, a configuração estará
finalizada, com a visualização da lista de canais.

7) ORDENANDO OS CANAIS NAS POSIÇÕES DO RECEPTOR:

Pressione MENU e selecione a opção Manage Channel e Channel Edit;

Ao pressionar a tecla VERMELHA em cima do canal, com a tecla direcional mova o


canal até a posição desejada, em seguida confirme pressionando novamente a tecla
VERMELHA.

Para finalizar; pressione Menu e em seguida OK e ao final das alterações clique em OK


para salvar.

Segue abaixo como sugestão, um exemplo para posicionamento dos canais, a fim de
facilitar a localização:
001 CANAL 01 - SÃO PAULO
002 CANAL 02 - SÃO PAULO
003 CANAL 03 - SÃO PAULO
004 CANAL 04 - SÃO PAULO
005 CANAL 05 - SÃO PAULO
006 CANAL 06 - SÃO PAULO
007 CANAL 07 - SÃO PAULO
008 CANAL 08 - SÃO PAULO
009 CANAL 09 - SÃO PAULO
010 CANAL 10 - SÃO PAULO
011 CANAL 11 - SÃO PAULO
012 CANAL 12 - SÃO PAULO
013 CANAL 13 - SÃO PAULO
014 CANAL 14 - SÃO PAULO
015 CANAL 15 - SÃO PAULO
016 CANAL 16 - SÃO PAULO
017 CANAL 17 - SÃO PAULO
018 CANAL 18 - SÃO PAULO
019 CANAL 26 - VALINHOS
020 CANAL 27 - VALINHOS
021 CANAL 28 - VALINHOS
022 CANAL 29 - VALINHOS
023 CANAL 30 - VALINHOS
024 CANAL 31 - VALINHOS
025 CANAL 32 - VALINHOS
026 CANAL 33 - VALINHOS
027 CANAL 34 - VALINHOS
028 CANAL 35 - VALINHOS
029 CANAL 36 - VALINHOS
030 CANAL 41 - CAMPO GRANDE
031 CANAL 42 - CAMPO GRANDE
032 CANAL 43 - CAMPO GRANDE
033 CANAL 44 - CAMPO GRANDE
034 CANAL 45 - CAMPO GRANDE
035 CANAL 46 - CAMPO GRANDE
036 CANAL 47 - CAMPO GRANDE
037 CANAL 48 - CAMPO GRANDE
038 CANAL 51 - SALVADOR

ZINWELLBR ZDX-650CN – PROCEDIMENTO DE SCAN

Pressione a tecla menu no controle remoto >

Selecione Installation e pressione OK >


Na tela installation selecione ANTENNA SETTING e pressionar OK >

Na tela antenna setting LOCALIZAR O SATÉLITE (Galaxy 28), (G-28), 80W ou


C_NEW SAT 80W) na lista da esquerda (a dica é procurar pela POSIÇÃO DO
SATÉLITE = 80W, ATENÇÃO, NÃO PROCURAR PELO NOME) E SELECIONE
PRESSIONANDO OK>

Selecione a lista da direita e pressione OK em TRANSPONDER>

SÃO PAULO => CH 01 AO CH 18

NA TELA TP SETUP DIGITE EM


FREQUÊNCIA>11830,07>
POLARISATION> HOR>
SYMBOL RATE> 13451>
FEC> 3/5>
OK>
PRESSIONAR> TECLA VERDE
(ADD)>
VALINHOS => CH 26 AO CH 36

FREQUÊNCIA> 11850,27>
POLARISATION> HOR>
SYMBOL RATE> 8220>
FEC> 3/5>
OK>
PRESSIONAR> TECLA VERDE
(ADD)>

CAMPO GRANDE => CH 41 AO CH 48

FREQUENCY >11841,75>
POLARISATION> HOR>
SYMBOL RATE> 5978>
FEC>3/5>
OK>
PRESSIONAR> TECLA VERDE
(ADD)>

SALVADOR => CH 51

FREQUENCY> 12083,05>
POLARISATION> HOR>
SYMBOL RATE> 2400 ou
2521 ou 2522
FEC> 3/4>
OK>
Agora com o cursor na coluna da esquerda pressione ok em cada uma das frequências
adicionadas, deixando marcadas as 4 frequências> pressionar a tecla azul (start search)
>

Aparecerá um quadro na tela com 2 perguntas, responda no, nas duas e depois
pressione ok>
1º pergunta >no>ok>
2º pergunta >no>ok> (all channels)>

Em seguida iniciará a busca dos canais.


Vai iniciar a busca de canais e a barra marrom completar 100%, indicando no quadro
tv a quantidade de canais encontrados que deve ser igual á 38.

Feito isso pronto a configuração do receptor e o scan das frequências com a busca de
canais está pronta, aperte menu para sair da tela de scan e voltar aos canais agora é só
conferir se estão todos disponíveis.

5 - Indicações de Fornecedores

www.antenasmundosat.com.br (35) 3211-0057/3526-6691

HBC Telecomunicações: (11) 3262-3039/(11) 8264-4302

Multifoco: (67) 9984-9167 / 9298-1671 / 3029/4668

Claudio Antenas: (19) 99715-8085

Chame Sat (19) 3238-8933


6 - Guia Rápido de Solução de Problemas

O objetivo deste guia rápido é agilizar o processo de solução de problemas. Antes de


contatar o suporte, verifique se as instruções desse tópico resolvem o problema.

6.1 - Sem sinal

Se aparecerem as mensagens no signal (sem sinal), waiting for signal (aguardando


sinal), searching for signal (procurando sinal) ou similar, é um indício de que o sinal que
vem da antena está com problemas. Verifique se o cabo está ligado atrás do aparelho, na
entrada LNB in, e confira se o conector apresenta algum defeito. Se estiver tudo OK,
entre em contato com o suporte.

Importante

Caso possua mais de um receptor, verifique se todos os equipamentos estão sem sinal. Se
sim, confira sua antena parabólica, pois é possível que ela esteja desalinhada, o que é
comum em casos de fortes ventos.

Pode ser ainda que o LNBF, a peça que fica situada no centro da parabólica, esteja
danificado. Nessas situações é necessária a visita de um técnico da sua escolha para
averiguar o problema.

6.2 - Sem vídeo ou sem áudio

Caso o receptor possua vídeo, mas esteja sem áudio, ou possua áudio, mas esteja sem
vídeo, pode ser que algum cabo esteja com problemas na saída do receptor. Mexa nos
cabos e verifique se o defeito apresenta indícios de ocorrência por mau contato. Em caso
afirmativo, substitua o cabo RCA danificado.

6.3 - Imagem “quadriculando”

Dependendo de algumas circunstâncias do tempo, do tamanho da sua antena e da sua


região, pode acontecer algum tipo de congelamento momentâneo da imagem, podendo o
áudio apresentar ou não defeito durante o mesmo tempo do congelamento, o que não
caracteriza, em primeira análise, um defeito. Se os congelamentos forem constantes, entre
em contato com o suporte.

6.4 - Canal codificado

Se aparecerem as mensagens Service is Currently Scrambled, No Vídeo or Scrambled


Channel (Sem Vídeo ou Canal Codificado) ou Scrambled Channel (Canal Codificado)
é sinal de que seu cartão está codificado, e não está apto a abrir o canal desejado. Verifique
com a central de atendimento se você tem permissão para abrir o canal em questão. Em
caso afirmativo, será enviado um pulso de atualização do seu cartão.

6.5 - Sem cartão

Se o erro Please insert Smartcard (Por favor, insira o cartão) ou Smartcard out (Sem
Cartão) aparecer, é indício de que não há nenhum cartão inserido no aparelho. Coloque
o cartão na posição correta (com o chip pra baixo) para que o sinal seja habilitado.

6.6 - Cartão inserido incorretamente

Se aparecer a mensagem Smartcard Failure (Falha no Cartão) ou Invalid Smartcard


(Cartão Inválido), é indício de que o cartão está inserido de forma incorreta. Nesse caso,
verifique o correto posicionamento do cartão para que o sinal seja habilitado.

Em alguns casos, as mensagens acima podem aparecer se o leitor do cartão estiver


danificado ou se o próprio cartão estiver com defeito. Caso as mensagens persistam,
experimente colocar o cartão em outro aparelho e verificar se a mesma mensagem
aparece. Caso afirmativo, solicite apoio do suporte para substituição do cartão. Caso o
receptor apresente a mensagem com qualquer cartão inserido, providencie a troca do
aparelho.
É interessante também verificar se os contatos do cartão (chip) estão limpos.
Preventivamente, limpe-os com um pano seco e faça nova tentativa.

6.7 - Problemas Diversos

Importante

Mantenha seu aparelho sempre ligado à tomada. O sistema faz uma varredura automática
e pode desabilitar os cartões não conectados, sendo necessário que o departamento de
tecnologia reabilite seu cartão.

O aparelho deve ser desligado apenas pelo controle-remoto, permanecendo em stand-by,


evitando assim que seu sinal fique inativo.

Caso haja qualquer dúvida,


o departamento de
transmissões e operações
estará à disposição para
orientar e ajudar.

Para qualquer um dos problemas descritos, caso os procedimentos orientados aqui não
surtam efeito, recomendamos, ainda, antes de contatar o suporte, que o aparelho seja
desligado da tomada e ligado novamente. Pode haver erros no processamento do receptor
que serão corrigidos após o reset.

7 - Informação Complementar

O satélite movimenta-se numa órbita ao redor da Terra que, por sua vez, movimenta-se
ao redor do sol. As estações terrenas apontam suas antenas para o satélite, que está fixo
em relação à Terra. Em duas épocas do ano (em torno de março e setembro), o Sol, devido
ao movimento de translação da Terra, provoca uma interferência percebida nas antenas
das estações terrenas. Isso acontece porque duas vezes ao ano o sol fica muito próximo
do satélite fazendo com que a irradiação solar seja mais intensa que a irradiação de dados
vinda da terra, o que provoca o desaparecimento do sinal. Esse fenômeno atinge toda a
comunicação de satélite e é sempre comunicado com antecedência às unidades, onde a
programação de aulas é especialmente elaborada para que não haja perda de conteúdo.

Dúvidas e Suporte Técnico


Para esclarecimentos de dúvidas técnicas, você pode enviar um e-mail para
centraldepolos@anhanguera.com.br ou contate a Central de Pólos.

19-3517-3600

Dúvidas e Suporte Técnico


Para esclarecimentos de dúvidas técnicas, você pode enviar um e-mail para
centraldefranquias.lfg@kroton.com.br ou contate a Central de Franquias LFG.

19-3517-3400