Você está na página 1de 7

Centro Educacional Sesc Cidadania

Ensino Médio
N2
Professor: Vilson Mendes Disciplina: Física I

Aluno (a):_______________________________________________________________________Nº ______ Lista

Série: 3ª Turma: ______ Data: ____/____/_____


Lista 4 – Revisão Eletrostática

01 - (UFRGS/2018) a) o couro e o PVC.


Uma carga negativa Q é aproximada de uma esfera b) o couro e o vidro.
condutora isolada, eletricamente neutra. A esfera é, c) o PVC e o teflon.
então, aterrada com um fio condutor. d) o âmbar e o vidro.
Assinale a alternativa que preenche corretamente as e) o âmbar e o couro.
lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que
aparecem. 04 - (UEA AM/2017)
Se a carga Q for afastada para bem longe enquanto a Considere um condutor elétrico inicialmente neutro e
esfera está aterrada, e, a seguir, for desfeito o um corpo isolante carregado positivamente. O
aterramento, a esfera ficará ........ . condutor e o corpo são aproximados um do outro, mas
Por outro lado, se primeiramente o aterramento for sem que ocorra contato físico entre eles, de modo a
desfeito e, depois, a carga Q for afastada, a esfera se efetuar o processo de indução elétrica do condutor,
ficará ........ . através de uma ligação com a terra, como mostra a
figura.
a) eletricamente neutra – positivamente carregada
b) eletricamente neutra – negativamente carregada
c) positivamente carregada – eletricamente neutra
d) positivamente carregada – negativamente
carregada
e) negativamente carregada – positivamente
carregada

02 - (FCM PB/2017) Durante o processo de eletrização do condutor houve


Um corpo originalmente neutro perde elétrons e passa a) migração de elétrons da terra para o condutor,
eletrizando-o negativamente.
a apresentar uma carga de 2  107 C. Quantos elétrons
foram perdidos por esse corpo? Dado: e = 1,6  10–19C b) migração de elétrons da terra para o condutor,
a) 1,25  1026 elétrons eletrizando- o positivamente.
b) 2,5  1020 elétrons c) migração de elétrons do condutor para a terra,
c) 5  1015 elétrons eletrizando- o negativamente.
d) 1  1010 elétrons d) migração de elétrons do condutor para a terra,
eletrizando- o positivamente.
e) 1000 elétrons
e) migração de elétrons do condutor para o corpo
03 - (Uni-FaceF SP/2017) isolante, eletrizando o condutor positivamente.
A tabela mostra uma série triboelétrica envolvendo
seis materiais. Ao se atritar dois desses materiais, o 05 - (UEPG PR/2016)
de valor mais alto cede elétrons para o de valor mais Com o experimento da gota de óleo realizado pelo
físico Robert Andrews Millikan (1868-1953), foi
baixo.
possível observar a quantização da carga elétrica e
estabelecer numericamente um valor constante para a
mesma. Sobre a carga elétrica e o fenômeno de
eletrização de corpos, assinale o que for correto.
01. A carga elétrica é uma propriedade de natureza
eletromagnética de certas partículas elementares.
02. Um corpo só poderá tornar-se eletrizado
negativamente se for um condutor.
04. Quando atrita-se um bastão de vidro com um pano
Suponha que os seis materiais estão inicialmente de lã, inicialmente neutros, ambos poderão ficar
neutros eletricamente. Depois de a lã ser atritada com eletrizados. A carga adquirida por cada um será igual
o couro, o PVC com o vidro e o teflon com o âmbar, em módulo.
haverá atração eletrostática entre 08. Qualquer excesso de carga de um corpo é um
múltiplo inteiro da carga elétrica elementar.
06 - (Mackenzie SP/2018) Para o sistema em equilíbrio nessa configuração final,
Duas cargas elétricas +6,0 C e +1,0 C estão fixadas determine
em uma região no vácuo a uma distância de 1,0 m 
uma da outra. A força resultante que atua em uma b) o módulo da tensão T em um dos fios isolantes;
carga de –2,0 C , colocada entre elas, será igual a c) o módulo da carga q2 da esfera E2;
zero, quando esta estiver a uma distância da carga de d) a diferença N entre o número de elétrons e de
+1,0 C de, aproximadamente, prótons na esfera E2 após a eletrização.
Considere: 2 = 1,4 e 3 = 1,7
Note e adote:
a) 0,3 m Para a situação descrita, utilize: cos  = 1 e sen  = 0,1.
b) 0,4 m Aceleração da gravidade: 10 m/s2.
c) 0,5 m Força elétrica entre duas cargas puntiformes Q1 e Q2,
d) 0,7 m distantes r uma da outra: K Q1Q2/r2
e) 1,2 m K = 9  109Nm2/C2.
Carga do elétron: 1,6  10–19 C.
07 - (UERJ/2018) Ignore a massa dos fios.
O esquema abaixo representa as esferas metálicas A
e B, ambas com massas de 10–3 kg e carga elétrica de 09 - (FCM PB/2018)
módulo igual a 10–6 C. As esferas estão presas por Para dois corpos carregados, respectivamente com
fios isolantes a suportes, e a distância entre elas é de cargas 2  10–5C e –4  10–3C, distantes 0,4 metros,
1 m. qual o módulo da força de atração entre eles? Dado:
Constante eletrostática igual a 9  109Nm2/C2.
a) 4,5  103 N
b) 4  104 N
c) 5  103 N
d) 6  106 N
Admita que o fio que prende a esfera A foi cortado e e) 100 N
que a força resultante sobre essa esfera corresponde
apenas à força de interação elétrica. 10 - (UEFS BA/2017)
Calcule a aceleração, em m/s2, adquirida pela esfera A Três partículas eletrizadas com cargas positivas, qA =
imediatamente após o corte do fio. qB = qC, estão fixas em três vértices de um cubo,
conforme a figura.
08 - (FUVEST SP/2018)
Um grupo de alunos, em uma aula de laboratório,
eletriza um canudo de refrigerante por atrito, com um
lenço de papel. Em seguida, com o canudo, eles
eletrizam uma pequena esfera condutora, de massa 9
g, inicialmente neutra, pendurada em um fio de seda
isolante, de comprimento L, preso em um ponto fixo P.
No final do processo, a esfera e o canudo estão com
cargas de sinais opostos.
Sendo FAB a intensidade da força de repulsão entre qA
e qB, FBC a intensidade da força de repulsão entre qB e
qC, e FAC a intensidade da força de repulsão entre qA e
qC, é correto afirmar que
a) FAB = 2  FBC = 3  FAC
b) FAB = 1,5  FBC = 2  FAC
c) 2  FAB = 3  FBC = 4  FAC
d) 2  FAB = 3  FBC = 2  FAC
e) FAB = 2  FBC = 3  FAC

11 - (UniRV GO/2017)
A estrutura cristalina básica do cloreto de césio (CsCl)
é constituída por oito íons Cs+, os quais ocupam os
a) Descreva as etapas do processo de eletrização da vértices de um cubo, e um íon Cs–, ocupando o centro
esfera. do cubo, conforme ilustra a figura.

Em seguida, os alunos colocam a esfera eletrizada


(E1) em contato com outra esfera (E2), idêntica à
primeira, eletricamente neutra e presa na extremidade
de outro fio de seda isolante, também de comprimento
L, fixo no ponto P. O sistema adquire a configuração
ilustrada na figura, sendo d = 8 cm.

De acordo com seus conhecimentos em relação à Considerando que E representa o vetor campo
interação elétrica, assinale V (verdadeiro) ou F (falso) elétrico criado por uma carga elétrica puntiforme em
para as alternativas. determinado ponto e que E representa o módulo
a) A força elétrica resultante sobre o átomo de cloro, desse vetor, é correto afirmar que, no ponto O:
 
no centro do cubo, devido aos oito átomos de césio é a) E 2 = −2  E1
 8kq 2  
F= î , onde k é a constante elétrica e q é o b) E 2 = 2  E 1
(0,40nm) 2  
c) E 2 = E 1
valor da carga elementar.
b) A força elétrica resultante sobre o átomo de cloro, d) E2 = –E1
no centro do cubo, devido aos oito átomos de césio é e) E2 = –2  E1
 8kq 2
F= ĵ , onde k é a constante elétrica e q é o 14 - (FCM PB/2018)
(0,20 2 nm) 2 Qual a intensidade do vetor campo elétrico observado
valor da carga elementar. em um ponto 3 metros distante da carga de 3  10–4C
c) A força elétrica resultante sobre o átomo de cloro, que produz o campo?
no centro do cubo, devido aos oito átomos de césio é Dado: a constante eletrostática vale 9  109 Nm2 / C2.
 8kq 2 a) 1,5  10–5 N/C
F= k̂ , onde k é a constante elétrica e q é o
(0,40 2 nm) 2 b) 5  105 N/C
c) 9  105 N/C
valor da carga elementar.
d) 3  104 N/C
d) A força elétrica resultante sobre o átomo de cloro,
e) 3  105 N/C
no centro do cubo, devido aos oito átomos de césio é
 8kq 2 8kq 2 8kq 2
F= î + ĵ + k̂ , 15 - (FPS PE/2017)
2 2
(0,20 2 nm) (0,20 2 nm) (0,20 2 nm) 2 Duas cargas elétricas pontuais de mesmo valor QA =
onde k é a constante elétrica e q é o valor da carga QB = –10–10 C são fixadas nos vértices A e B do
elementar. triângulo equilátero de lado igual a 10–6m, como
ilustrado na figura ao lado. Qual a direção e sentido do
12 - (UESB BA/2017) vetor campo elétrico resultante no vértice C?

a)
Três cargas puntiformes, Q1, Q2 e Q3, respectivamente
iguais a 2,0 C , –3,0 C e 4 C , são dispostas nos
b)
vértices de um triângulo retângulo, conforme mostra a
figura. Considerando-se a constante eletrostática igual
a 9,0  109N.m2/C2 e as distâncias a e b, c)
respectivamente iguais a 5,0cm e 3,0cm, é correto
afirmar que o valor aproximado da intensidade da
d)
força resultante sobre a carga Q3, em kN, é igual a
01. 0,11 e)
02. 0,13
03. 0,15 16 - (ENEM/2017)
04. 0,17 Um pente plástico é atritado com papel toalha seco. A
05. 0,19 seguir ele é aproximado de pedaços de papel que
estavam sobre a mesa. Observa-se que os pedaços
13 - (UEFS BA/2018) de papel são atraídos e acabam grudados ao pente,
Duas cargas elétricas puntiformes, Q1 e Q2, estão como mostra a figura.
fixas sobre uma circunferência de centro O, conforme
a figura.
Nessa situação, a movimentação dos pedaços de elétron é 1,6  10–19 C, a energia adquirida pelo elétron
papel até o pente é explicada pelo fato de os nesse deslocamento era de
papeizinhos a) 2,0  10–25 J.
a) serem influenciados pela força de atrito que ficou b) 3,2  10–20 J.
retida no pente. c) 8,0  10–19 J.
b) serem influenciados pela força de resistência do ar d) 1,6  10–17 J.
em movimento. e) 1,3  10–13 J.
c) experimentarem um campo elétrico capaz de
exercer forças elétricas. 20 - (Universidade Iguaçu RJ/2018)
d) experimentarem um campo magnético capaz de As células animais são envolvidas por uma membrana
exercer forças magnéticas. constituída por uma camada dupla contendo
e) possuírem carga elétrica que permite serem proteínas. Em relação ao exterior da célula, os valores
atraídos ou repelidos pelo pente. absolutos do potencial da membrana variam, em
média, entre 40,0mV e 80,0mV.
17 - (UEA AM/2017) Considerando-se uma membrana de 8,0nm de
Duas cargas elétricas A e B contêm 1,0 coulomb cada espessura, que se encontra despolarizada a um
e estão separadas 1,0 metro uma da outra, como potencial de 60,0mV, conclui-se que a intensidade do
mostra a figura. campo elétrico a que está submetida, em MV/m, é
igual a
01) 6,0
02) 6,5
03) 7,0
Considerando a constante eletrostática do meio entre
04) 7,5
as cargas igual a k, os módulos da força elétrica entre
05) 8,0
elas e do campo elétrico que uma gera na outra,
respectivamente, são iguais a
21 - (Fac. Direito de São Bernardo do Campo
a) k e 2k.
SP/2018)
b) 2k e k.
Uma partícula de massa igual a 1,7  10–27kg, executa
c) 2k e 2k.
um movimento retilíneo e uniforme na direção
d) k2 e k2.
horizontal sobre uma extensa placa metálica plana e
e) k e k.
horizontal. A placa está intensamente eletrizada, com
carga uniformemente distribuída em toda sua
18 - (UCB DF/2018)
superfície. Sendo a intensidade do módulo do campo
elétrico igual a 1,06  10–7 V/m, determine, em
coulombs, o módulo aproximado da carga elétrica da
partícula. Adote g = 10m/s2.
a) 1,8  10–34
b) 1,6  10–34
c) 1,8  10–19
d) 1,6  10–19

Uma partícula com carga elétrica positiva sofre 22 - (UNIME BA/2018)


influência de um campo elétrico, conforme esquema Um neurônio é uma célula animal recoberta por uma
da figura apresentada. Com relação à situação fina membrana, denominada de membrana neuronal,
descrita, assinale a alternativa correta. que apresenta uma diferença de potencial elétrico
a) A força elétrica sobre a partícula terá a direção entre o lado de fora e o de dentro de,
perpendicular à do campo elétrico. respectivamente, –50mV e –90mV.
b) A força elétrica sobre a partícula terá módulo Considerando-se que a membrana de um neurônio de
inversamente proporcional à intensidade do campo 6,5nm de espessura esteja submetida a uma ddp de
elétrico. 78,0mV, é correto afirmar que a intensidade do campo
c) A força elétrica sobre a partícula dependerá da elétrico ao qual está submetida, em 107V/m, é igual a
massa desta. 01) 1,8
d) A força elétrica sobre a partícula terá direção e 02) 1,6
sentido iguais aos do campo elétrico. 03) 1,4
e) Ao ficar livre para se deslocar, a partícula não 04) 1,2
apresentará variação de energia cinética, pois 05) 1,0
permanecerá sobre uma equipotencial.
23 - (ACAFE SC/2016)
19 - (PUCCAMP SP/2018) Na figura abaixo temos o esquema de uma impressora
No interior das válvulas que comandavam os tubos jato de tinta que mostra o caminho percorrido por uma
dos antigos televisores, os elétrons eram acelerados gota de tinta eletrizada negativamente, numa região
por um campo elétrico. Suponha que um desses onde há um campo elétrico uniforme. A gota é
campos, uniforme e de intensidade 4,0  102 N/C, desviada para baixo e atinge o papel numa posição P.
acelerasse um elétron durante um percurso de 5,0 
10–4 m. Sabendo que o módulo da carga elétrica do
a) –1,5  10–14 J
b) –8,0  10–15 J
c) –1,6  10–15 J
d) –9,0  10–15 J
e) –1,2  10–14 J

26 - (UNESP/2017)
O vetor campo elétrico responsável pela deflexão Três esferas puntiformes, eletrizadas com cargas
nessa região é: elétricas q1 = q2 = +Q e q3 = –2Q, estão fixas e
dispostas sobre uma circunferência de raio r e centro
a)  C, em uma região onde a constante eletrostática é
b)  igual a k0, conforme representado na figura.
c) →
d) 

24 - (USF SP/2018)
Entendemos que um dos processos biológicos mais
importantes é a permeabilidade seletiva das
membranas celulares. Através dele há um controle de
quais substâncias entram e saem da célula num dado
momento. Considere uma membrana celular com Considere VC o potencial eletrostático e EC o módulo
espessura de 40 Å através da qual passará um íon do campo elétrico no ponto C devido às três cargas.
cálcio Ca+2. Considere que entre o meio intracelular e Os valores de VC e EC são, respectivamente,
o meio extracelular há um campo elétrico que pode 4  k0  Q
a) zero e
ser considerado uniforme, de intensidade 12,5  106 r2
N/C. Nessas circunstâncias, a variação da energia 4  k0  Q k0 Q
b) e
potencial elétrica do íon ao atravessar a membrana da r r2
célula corresponde a c) zero e zero
– Dados: 1 Å = 10–10 m e considere a carga elétrica 2  k0  Q 2  k0  Q
d) e
elementar como sendo 1,6  10–19C. r r2
a) 8  10–19 J. 2  k0  Q
b) 1,6  10–20 J. e) zero e
r2
c) 3,2  10–20 J.
d) 8  10–9 J. 27 - (Mackenzie SP/2017)
e) 1,6  10–9 J. 
()
A intensidade do campo elétrico E e do potencial
25 - (FAMEMA SP/2018) elétrico (V) em um ponto P gerado pela carga
N
Raios cósmicos constantemente arrancam elétrons puntiforme Q são, respectivamente, 50 e 100 V . A
das moléculas do ar da atmosfera terrestre. Esses C
elétrons se movimentam livremente, ficando sujeitos distância d que a carga puntiforme se encontra do
às forças eletrostáticas associadas ao campo elétrico ponto P, imersa no ar, é
existente na região que envolve a Terra. Considere a) 1,0 m b) 2,0 m c) 3,0 m d) 4,0 m e) 5,0 m
que, em determinada região da atmosfera, atue um
campo elétrico uniforme de intensidade E = 100 N/C, 28 - (Unievangélica GO/2017)
conforme representado na figura. Quatro cargas pontuais estão no vértice de um
quadrado de lado L, como descrito na figura a seguir.
Considere K como a constante eletrostática no vácuo.

Após a análise da figura, conclui-se que no ponto P o


potencial elétrico tem o valor de
−5 k
a)
L
−10 k
b)
L 2
Se um elétron de carga 1,6  10–19C e de massa
−k
desprezível, sujeito a uma força constante, se c)
L
movimenta verticalmente para cima nessa região,
percorrendo uma distância d = 500 m, a variação de −k
d)
energia potencial elétrica sofrida por ele, nesse trajeto, 5L
será de
29 - (FGV/2018) Isso ocorre porque
A gaiola de Faraday é um curioso dispositivo que a) os pássaros são aves perfeitamente isolantes.
serve para comprovar o comportamento das cargas b) os pássaros identificam fios de baixa potência
elétricas em equilíbrio. A pessoa em seu interior não elétrica para pousarem.
sofre descarga. c) os pés dos pássaros não proporcionam resistência
à corrente elétrica.
d) a diferença de potencial produzida entre os pés dos
pássaros é baixa.
e) os pássaros, ao tocarem os pés no fio, tornam-se
resistores ôhmicos.

32 - (PUC SP/2018)
Considere uma região do espaço onde existe um
campo elétrico uniforme de intensidade 10N/C e onde
temos duas minúsculas esferinhas metálicas
inicialmente separadas de 1 metro. Uma das esferas
(E1), de massa 1mg e eletrizada com carga elétrica de
módulo igual a 1 C , é lançada na mesma direção e
sentido das linhas do campo elétrico, com velocidade
Dessa experiência, conclui-se que o campo elétrico no de módulo igual a 4m/s, indo colidir frontalmente com
interior da gaiola é a outra esferinha (E2), idêntica à primeira, inicialmente
a) uniforme e horizontal, com o sentido dependente do neutra e estacionária. A colisão, que é frontal e
sinal das cargas externas. unidirecional, cujo coeficiente de restituição é de 0,7,
b) nulo apenas na região central onde está a pessoa. provoca a eletrização da segunda esferinha, devido ao
c) mais intenso próximo aos vértices, pois é lá que as breve contato entre elas. Desprezando o efeito do
cargas mais se concentram. campo gravitacional e a resistência do ar, calcule o
d) uniforme, dirigido verticalmente para cima ou para módulo da velocidade aproximada, em unidades do
baixo, dependendo do sinal das cargas externas. SI, adquirida pela segunda esferinha, após ela ter se
e) inteiramente nulo. deslocado 5,5m.

30 - (FCM PB/2017)
Em relação à superfície de um condutor eletrizado e
em equilíbrio eletrostático, assinale V para verdadeiro
e F para falso.
( ) A direção do vetor campo elétrico equivale à a) 5 b) 6 c) 8 d) 9
normal à superfície em cada ponto.
( ) O trabalho para mover-se uma carga elétrica ao GABARITO:
longo da superfície é independente da intensidade do
campo supostamente mantido em equilíbrio 1) Gab: A
eletrostático. 2) Gab: A
( ) A superfície de um condutor eletrizado e em 3) Gab: A
equilíbrio eletrostático não é equipotencial. 4) Gab: A
( ) Existem linhas de campo ligando dois pontos da 5) Gab: 13
superfície do condutor. 6) Gab: A
a) V V V V 7) Gab:
b) V V F F K  q1  q 2
c) F F F F FE = FR → = ma
d2
d) V F F F
9  10 9  10 −6  10 −6
e) V V V F = 10 −3  a
12
31 - (UEA AM/2016) 9  10 9  10 −6  10 −6
a= = 9m / s 2
Frequentemente observamos pássaros pousarem 10 −3
sobre os fios de alta tensão sem que sejam 8) Gab:
eletrocutados ou que sofram qualquer outro dano a) A esfera foi eletrizada por indução eletrostática.
físico. Quando o canudo eletricamente carregado é
aproximado da esfera, esta se polariza, passando a
apresentar as duas cargas (positiva e negativa) em
quantidades aproximadamente iguais à quantidade de
carga do canudo. Quando a esfera é aterrada, a carga
que possui mesmo sinal que a carga do canudo é
neutralizada. Com o final do aterramento, a carga de
sinal oposto à do canudo permanece na esfera, pois
esta continua pendurada em um fio isolante.
b) Em equilíbrio, as esferas estão sujeitas à ação de
três forças: gravitacional (peso), elétrica e tração.
Fazendo o diagrama de forças e impondo as 28) Gab: B
condições de equilíbrio:
29) Gab: E

30) Gab: B

31) Gab: D

32) Gab: D

Na vertical:
T  cos = P
P 9  10 −3  10
T= =
cos 1
T = 0,09 N
c) Na horizontal FEL = T  sen
k  Q2
= T  sen
d2
d 2  Tsen (8  10 −2 ) 2  0,09  0,1
Q= =
k 9  10 9
Q = 8  10–8
d) A quantidade de carga elétrica manifestada
por cada esfera pode ser obtida por:
Q = N  e  8  10–8 = N  1,6  10–19  N = 5  1011
partículas

9) Gab: A

10) Gab: E

11) Gab: FFFF

12) Gab: 02

13) Gab: B

14) Gab: E

15) Gab: D

16) Gab: C

17) Gab: E

18) Gab: D

19) Gab: B

20) Gab: 04

21) Gab: D

22) Gab: 04

23) Gab: A

24) Gab: B

25) Gab: B

26) Gab: E

27) Gab: B

Você também pode gostar