Você está na página 1de 4

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASCAIS

170732
Sede: Escola Secundária de Cascais
EB de Cascais  EB/JI Branquinho da Fonseca  EB n.º1 Aldeia de Juso  EB/JI Areia-Guincho  JI da Torre

Teste Diagnóstico
(Unidade 2)

A Procura da Mente

Apesar de ser a primeira vez que tem Psicologia, esta não é uma ciência desconhecida. Para ser
possível conhecer a sua relação com a disciplina propomos que responda às seguintes
questões:

1. O que é que a Psicologia estuda?

2. O que é o comportamento?

3. A psicologia é uma ciência válida nos nossos dias? Que perguntas ou que respostas nos
pode trazer?

4. Qual é o papel da Psicologia no nosso quotidiano? Para que é que ela serve?

5. O que diz a sabedoria popular sobre os comportamentos humanos? Este saber popular
também é Psicologia? Porquê?
6. Serão credíveis as revistas, documentários televisivos ou sítios na Internet que divulgam
temas da Psicologia? Porquê?

7. Considera que os termos derivados da Psicologia são correctamente utilizados no nosso


quotidiano? Porquê?

8. Conhece alguma(s) corrente(s)/teoria(s) da Psicologia? Qual/Quais?

9. O que fazem os psicólogos na sua prática profissional? Qual é o seu papel na vida das
pessoas?

10. Como está organizada a prática profissional de Psicologia em Portugal?

Nome: Nº: Turma:

Guião para a exploração da correcção do Teste Diagnóstico

1. O que é que a Psicologia estuda?


Psicologia é a ciência que estuda o comportamento (tudo o que um organismo faz) e os
processos mentais (experiências subjectivas inferidas através do comportamento). Assim, a
Psicologia procura descrever, compreender, explicar, prever e mudar o comportamento;
procura o que há de comum e o que distingue os indivíduos e os grupos a que pertencem.

2. O que é o comportamento?
Podemos definir comportamento como todos os actos e reacções observáveis, tudo o que o
organismo faz e que se pode observar: correr, falar, dormir, sorrir, chorar, escrever, etc.
3. A psicologia é uma ciência válida nos nossos dias? Que perguntas ou que respostas nos
pode trazer?
Sim é válida. A importância da Psicologia nas sociedades contemporâneas é caracterizada pela
crescente complexidade e pela alteração acelerada da vida social, exigindo, da parte dos
indivíduos, dos grupos e das organizações, esforços permanentes de adaptação. A Psicologia
responde-nos a várias perguntas e consequentemente leva a respostas adequadas ao tipo de
problemas que esta ciência aborda, como por exemplo, problemas a nível individual, de grupo e
sociais.

4. Qual é o papel da Psicologia no nosso quotidiano? Para que é que ela serve?
O papel da Psicologia não deve ser visto como a ciência «que resolve problemas», mas como
uma das ciências que se esforça por compreender o comportamento humano e que serve para
intervir na promoção do bem-estar. Por exemplo, existem outros profissionais que se socorrem
do saber psicológico (profissionais da educação, da saúde, da gestão, da publicidade, entre
outros).

5. O que diz a sabedoria popular sobre os comportamentos humanos? Este saber popular
também é Psicologia? Porquê?
Existem diferenças entre a ciência psicológica e a sabedoria popular; esta última assenta em
teorias implícitas do comportamento pessoal e dos outros e contribui para a gestão e regulação
das interacções (daí o interesse, hoje em dia, no seu estudo); a questão do vocabulário e do
discurso científico; a utilização frequente e inadequada de conceitos científicos como, por
exemplo, «trauma», «paranóico» ou «recalcado».

6. Serão credíveis as revistas, documentários televisivos ou sítios na Internet que divulgam


temas da Psicologia? Porquê?
Sim e Não. Quando escolhemos qualquer um destes meios, devemos certificar-nos da
fidedignidade dos mesmos. Existe muita informação, mas alguma é de má qualidade. Devemos
verificar se são profissionais da área da Psicologia os responsáveis por esta informação.

7. Considera que os termos derivados da Psicologia são correctamente utilizados no nosso


quotidiano? Porquê?
Existe uma utilização constante e inadequada dos termos de Psicologia, porque as pessoas os abordam
de um modo pouco fundamentado e descuidado. Assim sendo, usam determinados termos (como por
exemplo “psicose”) não sabendo o seu significado correcto.

8. Conhece alguma(s) corrente(s)/teoria(s) da Psicologia? Qual/Quais?


Exemplos de correntes/Teorias: Behaviorismo, Construtivismo, Cognitivismo; etc.

9. O que fazem os psicólogos na sua prática profissional? Qual é o seu papel na vida das
pessoas?
O trabalho do psicólogo passa pela avaliação e intervenção na modificação de comportamentos que
estejam a interferir no bem-estar da pessoa e/ou de quem a rodeia. Se uma pessoa está em sofrimento
devido a uma problemática ou acontecimento da vida, a terapia poderá ajudá-la a reencontrar o
equilíbrio emocional e desenvolver um processo de aprendizagem interna que lhe permita lidar mais
facilmente com adversidades futuras.

10. Como está organizada a prática profissional de Psicologia em Portugal?


Psicólogos, psiquiatras, neurologistas, psicoterapeutas e psicanalistas são técnicos de saúde mental
cujas competências e áreas de intervenção são frequentemente confundidas.
A actividade profissional dos psicólogos, quer Portugueses quer de outros Países, abrange muitas áreas
diferentes: a educacional, a criminal, a clínica, a organizacional, entre outras.
Embora trabalhem em diferentes contextos e com diferentes problemáticas, os psicólogos orientam a
sua acção por objectivos mais ou menos partilhados: a prevenção e a remediação da doença mental e
dos distúrbios comportamentais, a melhoria da adaptação das pessoas às suas experiências e relações
(as relações que mantêm quer consigo mesmos quer com os outros ou com a comunidade onde se
inserem) e ainda a promoção da autonomia e desenvolvimento pessoal.

"Para quem só sabe usar martelo, todo


problema é um prego."
Abraham Maslow

Professora: Rosário Silva

Você também pode gostar