Você está na página 1de 2

GESTÃO DE PLANOS DE SAÚDE

Turma 3 (ingresso em agosto de 2009)

Avaliação Extemporânea
Tempo de Duração: 1 hora

Disciplina: Metodologia da Pesquisa

ATENÇÃO! A prova é composta de SEIS questões e as respostas


deverão ser assinaladas no gabarito que consta na folha de respostas
que será entregue pela unidade.
Esta folha de questões não será aceita com prova.

1) Pode-se afirmar que pesquisa participante é:

a) Dedicada a reconstruir teorias, conceitos, idéias, ideologias, polêmicas, tendo como


objetivo aprimorar fundamentos teóricos e aprimorar práticas;
b) Quando se desenvolve a partir de interação entre pesquisadores e membros das
situações investigadas;
c) Dedicada a inquirir métodos e procedimentos a serviço da cientificidade, polêmicas e
paradigmas metodológicos;
d) Relacionada a levantamento de dados empíricos para comprovação ou não de uma
hipótese.

2) Dentro os tipos de conhecimentos, temos o conhecimento filosófico que pode ser definido
como:

a) Aceitação não problematizada do que se tem por válido;


b) Não tem como alvo central tratar a realidade, mas justificar posição política;
c) Fruto do raciocínio e da reflexão humana. É o conhecimento especulativo sobre
fenômenos, gerando conceitos subjetivos;
d) Conhecimento racional, sistemático, exato e verificável da realidade.

3) Para elaborar uma pesquisa, temos o planejamento como sua primeira fase e este se
concretiza mediante a elaboração de um projeto de pesquisa, que deve oferecer respostas
para os seguintes questionamentos:

a) Temas já pesquisados, estruturados e formalizados;


b) O que, por que, para que, como e quando pesquisar;
c) Temas já investigados, porem menos estruturados e formalizados;
d) Temas pouco pesquisados e pouco estruturados.
4) A Metodologia de pesquisa vai muito além de uma série de normas técnicas a serem
seguidas e tem como premissa o resgate do ato de pensar, da arte da leitura e interpretação
de texto e principalmente ensinar a fazer captando o lado ético do saber humano. Sendo
que a metodologia cientifica atém-se aos seguintes itens:

a) Bagagem cultural e evolucionaria que a sociedade traz consigo, por meio da qual sabe-
se constituir família, educar os filhos, alimentar-se, cuidar da saúde, sem ser pedagogo
ou medico;
b) História concreta, politicamente marcada, pois não se vê a realidade de modo neutro,
mas postados em algum lugar da sociedade, tendo por trás de si historia que já passou,
e a frente de si historia que esta por vir;
c) Estatística aplicada à pesquisa, planejamento da pesquisa, teorias e modelos científicos,
problemas, temas hipóteses, e variáveis, trabalhos de comunicação cientifica, tipologia
do conhecimento, classificação da ciência;
d) O procedimento racional e sistemático que tem como objetivo proporcionar respostas
aos problemas que são propostos.

5) Existem várias técnicas para coleta de dados, como formulários, observação, estudo de caso
e outros. Sendo que a técnica de historia de vida é:

a) Coleta de informações sobre um determinado assunto, diretamente solicitado aos


sujeitos pesquisados. Trata-se, portanto, de uma interação entre o pesquisador e
pesquisado. Podendo ser não diretivas – discurso livre – ou estruturadas – questões
direcionadas, com respostas mais facilmente categorizáveis;
b) Toda forma de registro e sistematização de dados, informações, colocando-os em
condições de analise por parte do pesquisador;
c) Instrumento útil para obtenção de opinião e atitudes a respeito de políticas, serviços,
instituições, produtos etc. bem como para se identificar percepções e representações
sociais;
d) Coleta de informações de um ou vários informantes. Pode assumir formas variadas:
autobiografia, memorial, crônicas, em que se possa expressar as trajetórias pessoais
dos sujeitos;

6) A pesquisa cientifica pode ser classificada de acordo com sua natureza quanto à forma de
abordagem, quanto aos objetivos, procedimentos técnicos entre outros. E o método de
pesquisa exploratória consiste em:

a) Descrever as características de determinada população ou fenômeno ou o


estabelecimento de relações variáveis;
b) Proporcionar maior familiaridade com o problema com vistas a torná-lo explicito ou a
construir hipóteses.
c) Manipulação de uma ou mais variáveis independentes (causas) sob controle, a fim de se
observar e interpretar as reações e as modificações ocorridas no objeto-estudo;
d) Estudo profundo e exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu
amplo e detalhado conhecimento.

Você também pode gostar