Você está na página 1de 19

PROCESSO SELETIVO

Prefeitura Municipal
Catu - Bahia
Manual do Candidato
End: Rua D. Pedro II, 211, 2° Andar, Centro, Cep: 48.010.050, Alagoinhas - Ba
CRA: 01672
Site: www.seletaconsultoria.com.br
E-mail: seletaconsult@ibest.com.br
Tel/Fax(75) 3422-5561, 3182-7090, 3182-7091 e 3182-7092
Candidato: Leia atentamente as informações aqui relacionadas.
CRONOGRAMA PREVISTO PARA O PROCESSO SELETIVO
INSCRIÇÕES DE 03 A 13 DE NOVEMBRO DE 2010
CONSULTA DO LOCAL DA PROVA OBJETIVA 22 DE NOVEMBRO DE 2010.
PROVA OBJETIVA DATA A SER DEFINIDA PELA COMISSÃO
PUBLICAÇÃO DO GABARITO PARCIAL 24 HORAS APÓS APLICAÇÃO DA PROVA OBJETIVA
RESULTADO DA PROVA OBJETIVA DE 1 A 15 DIAS APÓS PUBLICAÇÃO DOS GABARITOS
ENTREGA DE TÍTULOS 48 HORAS APÓS O RESULTADO PARCIAL
RESULTADO FINAL 01 A 15 DIAS APÓS RESULTADO DA PROVA OBJETIVA E TÍTULOS

EDITAL DE ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS


NOS EMPREGOS EXISTENTES NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CATU.
EDITAL 01/2010
A PREFEITA DO MUNICIPIO DE CATU, estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais,
nos termos da Constituição Federal, da lei Orgânica Municipal e demais legislações
pertinentes, faz saber que estarão abertas as inscrições ao PROCESSO SELETIVO
simplificado por tempo determinado para provimento de vagas nos empregos existentes no
quadro da Prefeitura Municipal de CATU regido pela Lei Municipal: 161/2003 e suas
alterações posteriores, indicadas neste Edital, nos níveis correspondentes, que se regerá
pelas disposições que integram o presente Edital. O presente Processo Seletivo será
executado pela Seleta Consultoria, empresa registrada no Conselho Regional de
Administração sob o número: 01672.
CAPÍTULO I
D O S C A R G O S , AT R I B U I Ç Õ E S , E S C O L A R I D A D E , C A R G A H O R Á R I A ,
VAGAS,VENCIMENTOS E TAXA DE INSCRIÇÃO.
Art.1º - O ingresso no cargo far-se-á na referência inicial dos cargos em questão mediante a
aprovação no Proceso Seletivo e nomeação por ato da Prefeita Municipal, em conformidade
com a Lei nº161/2003 e as demais leis que regem o Município de Catu, compreendendo os
cargos e vagas distribuídas da seguinte forma:
COD/CARGO VAGAS C/H ESCOLARIDADE SALÁRIO INSCR.
R$ R$
01 - Aux. Administrativo 04 40 Nível Médio c/Informática 510,00 30,00
02 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
29
(Sede) Incompleto
03 - Coveiro (Centro) 40 Nível fundamental 510,00 20,00
02
Incompleto
04 - Coveiro (Sitio Novo) 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
05 - Coveiro (Bela Flor) 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
06 - Coveiro (Pau Lavrado) 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
07 - Op. de Roçadeira 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
08 - Pedreiro 40 Nível fundamental 510,00 20,00
03
Incompleto
09 - Op. de Motoserra 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
10 - Pintor 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Incompleto
11 - Podador de Àrvores 40 Nível fundamental 510,00 20,00
03
Incompleto
12 - Cuidador de Idosos 04 40 Nível fundamental completo 510,00 20,00
13 – Inspetor de 40 Nível Médio 510,00 30,00
04
Saneamento
14 - Porteiro 40 Nível fundamental 510,00 20,00
06
Incompleto
15 – Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
(Fazenda Flechas) Incompleto
16 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
Fazenda Pacas) Incompleto
17 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
(Fazenda Baixa de Cinzas) Incompleto
18 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
(Fazenda Pedras) Incompleto
19 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
(Fazenda Tauá) Incompleto
20 - Aux. Serviços Gerais 40 Nível fundamental 510,00 20,00
01
(Sítio Novo) Incompleto
21 - Auxiliar de Creche 03 40 Nível fundamental Completo 510,00 20,00
22 - Vigia 40 Nível fundamental 510,00 20,00
03
Incompleto
23 - Técnico de Laboratório 40 Nível Médio/Curso Técnico 805,20 40,00
03
com Registro no Conselho
24 – Técnico de Raio - X 26 Nível Médio/ Curso Técnico 805,20 40,00
02
com Registro no Conselho
Art. 2º - Fica reservado o percentual de 5% (cinco porcento) por cargo das vagas deste
Processo Seletivo para cada cargo, no presente Processo Seletivo para os candidatos
portadores de necessidades especiais em função compatível com a sua aptidão.
Art. 3º - Às pessoas portadoras de deficiência, que pretenderem fazer uso das prerrogativas
que lhes são facultadas no Inciso VIII do Art. 37 da Constituição Federal e Decreto 3.298 de
20/12/99, alterado pelo Decreto 5296/2004 é assegurado o direito de inscrição no presente
Processo Seletivo desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as
atribuições objeto do cargo em provimento.
Art. 4º - Consideram-se pessoas portadoras de deficiências aquelas que se enquadrarem
nas categorias discriminadas no artigo 04 do Decreto 3.298/99 alterado pelo Decreto
5296/2004
Art. 5º - Não serão considerados como deficiência os distúrbios visuais passíveis de
correção simples do tipo miopia, astigmatismo, estrabismo e congêneres. O candidato
cego ou amblíope deverá solicitar, por escrito e especificar o tipo de deficiência e o cargo
em que se inscreveu. Os candidatos que não o fizerem até o término da inscrição, seja qual
for o motivo alegado, não terão a prova especial preparada.
Art. 6º - As pessoas portadoras de deficiência, resguardadas as condições especiais
previstas no Decreto 3.298/99 em especial no seu Art. 04, alterado pelo Decreto 5296/2004,
participarão do Processo em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se
refere ao conteúdo das provas, avaliação e critérios de aprovação, ao horário e ao local de
aplicação das provas e à nota mínima exigida para todos os demais candidatos.
Art. 6.1 - Via internet: Observando porém, que o candidato que realizar sua inscrição
pela INTERNET até às 23:59 horas do dia 13/11, terá como data limite para efetuar o
pagamento do boleto bancário o dia 15/11.
6.2 - Os pagamentos efetuados com cheque somente serão considerados quitados após a
compensação respectiva.
6.3 - Não serão aceitas inscrições por depósito via postal, fac-símile, condicional e/ou
extemporânea.
6.4 - No ato da inscrição, o candidato portador de deficiência deverá declarar essa
condição e a deficiência da qual é portador preenchendo o campo, atestando a
espécie, o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código
correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a
provável causa da deficiência. Deverá enviar o Laudo médico até dez (10) dias após o
encerramento das inscrições pelos correios para o endereço da Seleta Consultoria à
rua D. PEDRO II, 211, CENTRO, ALAGOINHAS - BA, CEP: 48.010 - 050. Caso o
candidato não envie o laudo médico como comprovação da sua deficiência, não será
considerado como deficiente apto para concorrer às vagas reservadas, mesmo que
tenha assinalado tal opção no ato da Inscrição.
6.5 - Em qualquer hipótese, os candidatos deficientes aprovados, antes de sua nomeação,
serão submetidos a uma perícia médica indicada pela Prefeitura Municipal, a qual dará
parecer conclusivo sobre a condição do deficiente.
6.6 - O parecer abrangerá dois aspectos:
a) Que o deficiente enquadra-se nas condições da legislação que regula a matéria;
b) Que a deficiência não impede o deficiente de exercer normalmente as funções para a qual
se candidatou;
6.7 - Não cabe recurso administrativo quanto à decisão da perícia médica, exceto se por
motivo procedimental.
6.8 - Os candidatos à vaga de deficiente farão as mesmas provas que os demais candidatos e
submeter-se-ão às mesmas regras do Processo Seletivo, com as seguintes exceções:
a) O candidato cego ou amblíope deverá solicitar prova específica, por escrito e especificar o
tipo de deficiência e o cargo em que se inscreveu. Os candidatos que não o fizerem até o
término da inscrição, seja qual for o motivo alegado, não terão a PROVA ESPECIAL
preparada.
b) Suas provas serão corrigidas com os mesmos critérios que as demais. Também os critérios
de aprovação serão os mesmos. Entretanto, seus nomes formarão uma lista à parte, que será
divulgada no relatório final.

CAPÍTULO II - DAS INSCRIÇÕES PRESENCIAIS

Art. 7º - As inscrições ficarão abertas no período de 03 a 13 de novembro de 2010, no horário


das 8 às 12 e das 14 às 17 horas, de segunda à Sábado. Local: prédio da Prefeitura
Municipal situado à Rua Duque de Caxias, s/n - Centro.
Art. 8º - As condições para a inscrição:
I - Ser brasileiro nato ou naturalizado, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos
termos do Artigo 12, da Constituição Federal.
II - Estar em dia com as obrigações eleitorais;
III - Se do sexo masculino, estar em dia com as obrigações militares;
IV - Ter, na data da posse, idade mínima de 18 (dezoito) e máxima de 65 (sessenta e cinco)
anos completos;
V - Ter a escolaridade e a formação profissional exigida para o exercício do cargo, conforme
discriminado na tabela do item 1.1;
VI - Estar inscrito, no ato de admissão, no respectivo Conselho Regional da categoria
profissional, quando for o caso;
VII - Declarar, no Requerimento da Inscrição, que possui habilitação exigida para o cargo
pretendido e que conhece e aceita as normas constantes deste Edital;
VIII - Preencher todos os requisitos exigidos para a investidura no cargo.
Art. 9º - Para efetuar a inscrição o candidato deverá:
- Presencial:
I - Original da Cédula de Identidade (R.G.), podendo ser substituída por: Carteira de Trabalho
e Previdência Social, Carteira Nacional de Habilitação (com fotografia na forma da Lei nº
9.503/97)
- CPF (Cadastro de Pessoa Física)
II - São considerados desistentes os candidatos que, mesmo tendo feito o pagamento do valor
de inscrição, não tenham preenchido a respectiva Ficha de Inscrição no período das
inscrições.
III - Observar e cumprir as orientações contidas na própria Ficha e no Edital, pois não serão
admitidas quaisquer alterações posteriores à efetivação da inscrição.
- Via internet:
No site da empresa: www.seletaconsultoria.com.br
Art. 10º - Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos
os requisitos exigidos para a investidura no cargo.
10.1 - NÚMERO DA CONTA PARA PAGAMENTO DOS BOLETOS: AGÊNCIA; 3020-1,
CONTA CORRENTE: 46928-9 - BANCO: BRADESCO - AGÊNCIA CATU, EM FAVOR DA
PREFEITURA MUNICIPAL.
Art. 11º - Serão canceladas, a qualquer tempo, as inscrições, provas ou nomeação do
Candidato, se verificadas falsidade de declaração ou irregularidade nas provas ou
documentos.
Parágrafo 1º- Caso haja inexatidão das informações o candidato deverá entrar em contato
imediatamente com a comissão do Processo Seletivo na Prefeitura Municipal, Praça Duque
de Caxias s/n, Catu - Bahia ou pelo e-mail: seletaconsult@ibest.com.br
Parágrafo 2º - A Seleta- Seleção e Consultoria não se responsabiliza por solicitação de
inscrição via internet não recebida por motivos de ordem técnicas dos computadores, falhas
de comunicação, congestionamento da linhas de comunicação, bem como outros fatores de
ordem técnica, que impossibilitem a transferência de dados ou que a validação não tenha sido
postada ou entregue até o terceiro dia após o encerramento das inscrições

CAPÍTULO III
DAS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS - REFLEXO DA LEI 161/2004 E SUAS ALTERAÇÕES.

Auxiliar Administrativo - Descrição: Executar sob orientação e supervisão, serviços de


apoio à administração de natureza simples e rotineira, como efetuar registros em formulários
próprios, datilografar ou digitar correspondências e outros documentos, operar máquinas
copiadoras , atender público e executar outras tarefas similares para atendimento das
atividades administrativas.
Tarefas:
. datilografar e digitar os serviços necessários à unidade administrativa;
. preencher requisições e formulários;
. receber e distribuir correspondência;
. receber e transmitir mensagens telefônicas;
.controlar entrada e saída de documentos, protocolando-os em livros ou fichas, discriminando
tipo, origem, destino e outros dados;
. executar serviços da rotina de registros pertinentes à unidade administrativa;
. auxiliar nos serviços de bibliotecas, arrumando livros, catálogos, localizando-os para
empréstimo;
. recepcionar, orientar e encaminhar pacientes ou familiares;
. encaminhar prontuários ao arquivo médico;
. receber conferir e distribuir materiais, medicamentos e mercadorias;
. visitar pacientes de enfermaria, depois de orientada e autorizada pela nutricionista;
. executar serviços no setor de contabilidade;
. operar máquinas copiadoras ou duplicadoras, carregando-as com papel, tinta e outros
materiais necessários a operação, observando a qualidade das cópias;
. zelar pela conservação dos equipamentos da sua unidade de trabalho;
. colaborar na manutenção e disciplina na escola;
. promover arrumação das carteiras e reposição de material nas salas de aula;
. organizar e manter as fichas dos alunos para qualquer fim;
. controlar frequência e cumprimento de horário;
. acompanhar a conduta dos estudantes;
. orientar o comportamento dos estudantes no cumprimento das normas;
. executar outras tarefas semelhantes.
Inspetor de Saneamento - Descrição: Desenvolver de forma descentralizada ações básicas
de educação e vigilância sanitária.
Tarefas:
. aplicar normas sanitárias para aprovação de edificações familiares industriais comerciais e
de serviços;
. fiscalizar as condições sanitárias dos criadouros de animais da zona urbana e rural e dos
sistemas individuais de abastecimento de água;
. cadastrar, fiscalizar e licenciar o comércio e a produção de alimentos no âmbito de bares,
lanchonetes, supermercados, padarias, açougues, abatedores, docerias, bombonieres,
restaurantes, armazéns, mercearias e similares, feiras livres, hotéis, motéis, pensões, salões
de beleza, casas de banho, saunas, termas e massagens, academias de ginástica, cultura
física, natação , óticas, farmácias e locais de reuniões públicas;
. fiscalizar as condições sanitárias de água, esgoto e piscina de uso coletivo;
. fazer observar e cumprir normas sanitárias sobre coleta de lixo e destino final dos dejetos;
. executar outras tarefas semelhantes.
Auxiliar de Creche - Descrição: Orientam e cuidam de alunos na faixa de zero a seis anos;
organizam o trabalho; mobilizam um conjunto de capacidades comunicativas no
desenvolvimento das atividades.
Tarefas:
- Ensinar as crianças: Cantar músicas; Criar espaço para brincadeiras; brincar com as
crianças; contar estórias; dramatizar estórias e músicas; desenvolver atividades artísticas;
modelar massas e argila; colar materiais; recortar materiais; desenhar; pintar; escrever letras e
números; ensinar culinária.
- Orientar a construção do conhecimento: Conversar com as crianças (roda da
conversa);construir regras com as crianças;apresentar regras da escola; desenvolver
capacidades motoras; desenvolver capacidades emocionais; desenvolver capacidades
intelectuais; trabalhar dificuldades e potencialidades das crianças; explicar atividades
propostas; orientar atividades artísticas; orientar atividades com jogos e brinquedos; orientar
atividades de desenho; orientar manuseio de materiais (tesoura, lápis etc.); ler textos; elaborar
estórias com crianças; mostrar filmes; comentar filmes.
- Cuidar das crianças: Observar estado geral das crianças (higiene, saúde etc.); orientar
higiene pessoal; servir alimentação às crianças; alimentar as crianças; supervisionar
refeições; auxiliar crianças na colocação de peças de vestuário; trocar fralda das crianças;
trocar roupa das crianças; dar banho nas crianças; supervisionar entrada e saída das crianças;
supervisionar recreio; supervisionar momento do sono e descanso; acompanhar crianças em
eventos extracurriculares; observar higiene dos brinquedos; higienizar brinquedos; trocar
roupa de cama.
- Elaborar projetos pedagógicos: Analisar necessidades da criança e da comunidade;
investigar interesse da criança; debater projeto com a direção e coordenação; pesquisar
materiais e recursos disponíveis; especificar materiais de ensino-aprendizagem; apresentar
projeto às crianças.
- Auxiliar no planejamento ações didáticas: selecionar material didático; criar jogos e
brincadeiras; reestruturar estratégias; observar a socialização.
- Avaliar desempenho das crianças: Observar a linguagem; observar o desenvolvimento
motor; observar o raciocínio lógico; corrigir atividades; avaliar atividades das crianças; solicitar
material pedagógico.
- Preparar material pedagógico: Providenciar material pedagógico; confeccionar material
pedagógico; utilizar sucata; reciclar material; identificar material pedagógico; limpar material;
participar da definição do horário.
- Organizar o trabalho: Organizar espaços em geral; organizar espaço para momento do sono
e descanso; organizar sala de aula; organizar material pedagógico; organizar pastas de
atividades das crianças; organizar eventos na escola; limpar sala de aula e mobiliário; conferir
cadastro das crianças; reunir-se com a coordenação e a direção.
- Comunicar-se: Participar de reuniões com demais profissionais da escola; discutir plano de
aula com coordenação e direção; convocar pais e responsáveis; reunir-se com pais e
responsáveis; registrar observações; discutir resultados dos projetos; preencher fichas de
avaliação; elaborar relatórios; encaminhar crianças para outros profissionais.
- Demonstrar competências pessoais: Participar da associação de pais e mestres; participar
de conselhos; estabelecer vínculos; demonstrar criatividade; auto-avaliar-se; atualizar-se;
demonstrar paciência; demonstrar senso de organização; demonstrar afetividade;
demonstrar versatilidade; demonstrar sensibilidade; contornar situações adversas; trabalhar
em equipe; interagir com a comunidade; demonstrar autocontrole; participar de eventos de
qualificação profissional; servir como referencial de conduta; demonstrar capacidade de
observação.
Técnico em Laboratório - Descrição: Executar testes e exames de laboratório, valendo-se
de aparelhos e técnicas específicas, sob a supervisão do Médico Patologista ou Farmacêutico
Bioquímico.
Tarefas:
executar testes cutâneos e/ou mucosas, hormonais e análises hematológicas e sorológicas ;
. executar provas funcionais hepática, renal, exames bacteriológicos fazendo a leitura
microscópica;
. realizar exames de sangue, fezes, urina e escarros, coletando o material necessário;
. registrar as observações e conclusões dos testes, redigir relatórios e arquivar cópias dos
resultados dos exames;
. orientar e fiscalizar a limpeza das dependências do laboratório e dos equipamentos;
. zelar pela conservação do material utilizado na execução de suas tarefas;
. executar outras tarefas semelhantes.
Técnico em Raio X - Descrição: Executar serviços de radiologia, como seleção e controle de
filmes, operação de raio X e revelação de chapas.
Tarefas:
. fazer o cadastramento de pacientes;
. preparar os pacientes para exame;
. selecionar filmes a serem utilizados, verificando a sua validade e tipo de radiografia;
. operar aparelhos de raio X, revelar, fixar e verificar a qualidade das chapas radiográficas;
. controlar o estoque de filmes, contrastes e outros materiais de uso do setor;
. organizar o arquivo de radiografia, manter a ordem e a higiene do ambiente de trabalho;
. executar outras tarefas semelhantes.
Cuidador de Idosos - Descrição: Cuidam de idosos, a partir de objetivos estabelecidos pela
instituição ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene
pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida.
Tarefas:
- Cuidar da pessoa: Informar-se sobre o idoso; observar os horários das atividades diárias do
idoso; ajudar o idoso no banho, alimentação no andar e nas necessidades fisiológicas; estar
atento às ações do idoso; verificar as informações dadas pelo idoso; informar-se do dia-a-dia
do idoso no retorno de sua folga; relatar o dia-a-dia do idoso aos responsáveis; manter o lazer
e a recreação no dia-a-dia;
- Promover o bem-estar: Ouvir o idoso respeitando sua necessidade individual de falar; dar
apoio psicológico e emocional; ajudar a recuperação da auto-estima, dos valores e da
afetividade; promover momentos de afetividade; estimular a independência; acompanhar o
idoso na sua necessidade espiritual e religiosa; respeitar o idoso na sua necessidade
espiritual e religiosa;
- Cuidar da alimentação do idoso: participar na elaboração do cardápio; observar a
qualidade e a validade dos alimentos; preparar a alimentação; servir a refeição em
ambientes e em porções adequadas; estimular e controlar a ingestão de líquidos e de
alimentos variados; reeducar os hábitos alimentares do idoso.
- Cuidar da saúde: Controlar e observar a qualidade do sono; ajudar nas terapias ocupacionais
e físicas; ter cuidados especiais com deficiências e dependências físicas do idoso; manusear
adequadamente o idoso; observar alterações físicas; controlar guarda, horário e ingestão de
medicamentos, em domicílios; acompanhar o idoso em consultas e atendimentos médico-
hospitalar; relatar a orientação médica aos responsáveis; seguir a orientação médica.
- Cuidar do ambiente domiciliar e institucional: Manter o ambiente organizado e limpo;
promover adequação ambiental; prevenir acidentes; fazer compras para casa e para o idoso;
cuidar da roupa e objetos pessoais do idoso; preparar o leito de acordo com as necessidades
do idoso.
Incentivar a cultura e educação: Selecionar jornais, livros e revistas de acordo com a idade;
ler estórias e textos para o idoso; ajudar nas tarefas escolares.
Acompanhar o idoso em passeios, viagens e férias: Planejar e fazer passeios; listar objetos
de viagem; arrumar a bagagem; preparar a mala de remédios.
Demonstrar competências pessoais: Manter capacidade e preparo físico, emocional e
espiritual; cuidar da sua aparência e higiene pessoal; demonstrar educação e boas
maneiras; adaptar-se a diferentes estruturas e padrões familiares e comunitários; respeitar
a privacidade do idoso; demonstrar sensibilidade e paciência; saber ouvir; perceber e suprir
carências afetivas; manter a calma em situações críticas; demonstrar discrição; observar e
tomar resoluções em situações especiais, superar seus limites físicos e emocionais;
manter otimismo em situações adversas; reconhecer suas limitações e quando e onde
procurar ajuda; demonstrar criatividade; lidar com a agressividade; lidar com seus
sentimentos negativos e frustações; lidar com perdas e mortes; buscar informações e
orientações técnicas; obedecer normas e Estatutos; reciclar-se e atualizar-se por meio de
encontros, palestras, cursos e seminários; respeitar a disposição dos objetos do idoso;
dominar noções primárias de saúde; dominar técnicas de movimentação do idoso para não
se machucar; dominar noções de economia e atividade doméstica; dominar noções de
educação pedagógica; educar crianças e jovens; transmitir valores a partir do próprio
exemplo e pela fala; conciliar tempo de trabalho com tempo de folga; doar-se; demonstrar
honestidade; conduta moral.
Auxiliar de Serviços Gerais - Descrição: Auxiliar nas atividades de apoio em geral, executar
tarefas simples de manutenção e limpeza; executar tarefas de coleta e entrega de
documentos.
Tarefas:
. fazer a manutenção simples de máquinas, equipamentos;
. zelar pela limpeza e conservação do local de trabalho;
. auxiliar no transporte de materiais, peças, equipamentos e outros;
. efetuar transporte de material e equipamento necessário ao trabalho;
. realizar carregamento, descarga e entrega de mercadorias;
. coletar assinaturas em documentos diversos de acordo com a necessidade do órgão;
. preparar e servir café , água, lanches e refeições, quando for solicitado;
. executar serviços de preparação, lavagem, secagem de roupas hospitalares;
. executar serviços auxiliares no preparo de refeições e lanches, lavando descascando e
cortando alimentos a serem utilizados;
. auxiliar nos serviços simples de apoio administrativo, como atender telefone, operar
máquinas simples de reprodução, anotar recados, abrir pastas;
. proceder à verificação das condições de higiene do local e dos instrumentos de trabalho;
. executar sempre que necessário a limpeza da cozinha, cantina e demais áreas comuns das
unidades escolares;
. preparar a merenda escolar, sua distribuição e transporte;
. zelar pela conservação de equipamentos e mobiliários;
. solicitar, quando necessário reparo e reposição de material;
. executar outras tarefas semelhantes.
Coveiro - Descrição: Auxiliam nos serviços funerários, constroem, preparam, limpam, abrem
e fecham sepulturas. Realizam sepultamento, exumam cadáveres, trasladam corpos e
despojos. Conservam cemitérios, máquinas e ferramentas de trabalho. Zelam pela segurança
do cemitério.
Tarefas:
- Abrir Sepulturas: Verificar a disponibilidade de sepulturas; Selecionar as ferramentas; Cavar
terreno; Abrir portão; Remover tampão lajes ou jardins; Verificar as medidas das sepulturas;
Medir caixão; Acertar a sepultura.
- Realizar o sepultamento: Marcar a sepultura; transportar caixão ao local do sepultamento;
colocar caixão dentro da sepultura; fechar gavetas; datar gavetas; encaixar lajes e tampão;
calafetar sepulturas; cobrir sepulturas com terra; colocar coroas de flores; retirar o excesso de
terra e material do sepultamento.
- Confeccionar carneiros: Escorar paredes das sepulturas; preparar materiais para confecção
de carneiros; assentar ou encaixar tijolos; colocar lajes pré-moldadas.
- Exumar cadáveres: Sondar carneiros; desfazer fechos de gavetas; retirar lajes pré-
moldadas; retirar a tampa do caixão; quebrar o lacre; avaliar se há condições de exumação;
acondicionar ossos; transportar ossos ao local determinado; limpar sepulturas; fechar ossário.
-Trasladar corpos e despojos: Cumprir exigências judiciais; retirar caixão da sepultura; colocar
o corpo em outro caixão; levar corpo a ser trasladado até o local determinado; reinumar
despojos;
- Fazer conservação dos cemitérios: Recolher lixos não produzidos pelo cemitério; carpir,
restrelar e limpar sepulturas abandonadas; carregar caminhões com detritos produzidos pelo
cemitério; descarregar materiais para sepultamento e exumação; pintar áreas gerais do
cemitério; separar materiais para reaproveitamento; remarcar as identificações das
sepulturas; aplicar herbicidas; podar copas de árvores; cortar gramas; reformar calçadas.
- Conservar máquinas e equipamentos: Efetuar pequenos reparos elétricos; conservar
ferramentas de trabalho; lubrificar máquinas; lavar máquinas.
- Zelar pela segurança do cemitério: controlar a entrada de veículos em dias especiais; zelar
pelo patrimônio; alertar a segurança sobre suspeitos; alertar visitantes sobre locais e horários
impróprios; acompanhar pessoas pelo cemitério em dias especiais; colocar areia nos vasos.
Comunicar-se: informar a família sobre a localização de sepulturas; confirmar com a família se
pode proceder ao sepultamento; receber escala de serviços; verificar autorização e
numeração para sepultamento; devolver ordem de sepultamento, exumação ou traslado ao
responsável; orientar a família para procurar a administração para inteirar-se dos
procedimentos; colocar placas de orientação; comunicar à chefia a disponibilidade de
sepultura.
- Demonstrar competências pessoais: Executar as tarefas com presteza; manejar caixões;
demonstrar educação e paciência; agir com discrição; manter postura diante da família do
falecido.
Porteiro - Descrição: Fiscalizar, observar e orientar a entrada e saída de pessoas;
receber, identificar e encaminhar as pessoas aos destinatários.
- Comunicar-se: informar a família sobre a localização de sepulturas; confirmar com a
família se pode proceder ao sepultamento; receber escala de serviços; verificar
autorização e numeração para sepultamento; devolver ordem de sepultamento,
exumação ou traslado ao responsável; orientar a família para procurar a administração
para inteirar-se dos procedimentos; colocar placas de orientação; comunicar à chefia a
disponibilidade de sepultura.
- Demonstrar competências pessoais: Executar as tarefas com presteza; manejar
caixões; demonstrar educação e paciência; agir com discrição; manter postura diante da
família do falecido.
Tarefas:
. vigiar a entrada e saída de pessoas;
. Controlar a entrada de pessoas nos recintos de trabalho, bem como a saída de tais locais,
efetuando, quando for o caso, identificação ou registro de ocorrência;
. abrir e fechar as dependências de prédios;
. receber a correspondência e encaminhá-la ao protocolo;
. atender e efetuar ligações telefônicas na portaria;
. manter o quadro de chaves, controlando seu uso e guarda;
. comunicar à autoridade competente as irregularidades verificadas;
. executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.
Pintor - Descrição: Executar serviços simples de pintura lisa, a pistola e a trincha, com tintas
à base de óleo, esmalte, verniz, cal, laca e outras.
Tarefas:
- Executar serviços de pintura lisa, a pistola, a trincha, a pincel, a esponja, a vaporizar, com
tintas à base de óleo, esmalte, verniz, cal, laca e outras; emassar paredes, móveis e vidros;
executar tratamento anti corrosivo de estruturas metálicas; restaurar pinturas; executar
trabalhos de induntagem de peças metálicas; trabalhar em pinturas de prédios, interiores,
aparelhos, móveis, peças metálicas e de madeiras e pontes; operar com equipamentos de
pintura para a realização de trabalhos que não apresentem grandes dificuldades; organizar
especificações para o preparo de tintas, vernizes e outros.
Podador de Arvore - Descrição: Realizar podas em árvores em geral; fazer podas
ornamentais; cortar grama em praças, jardins, campos de futebol dentre outros; pintar o
tronco de árvores, manejar áreas verdes; fazer a limpeza do local da poda; Controlar
atividades de conservação e trabalhar seguindo normas de segurança, higiene, qualidade
e proteção ao meio ambiente.
Operador de Motoserra - Descrição: Executar trabalhos envolvendo operação e
manutenção de roçadeira e Moto serra; executar serviços de poda de grama, arvore e matos
em geral nas ruas, avenidas e logradouros públicos do município; executar serviços de
serragem de madeiras em geral para construção de pontes, bueiros, e serviços em gerais da
Prefeitura; Zelar pela manutenção e conservação da máquina e/ou moto serra; executar
outras atividades compatíveis com o cargo.
Operador de Roçadeira - Descrição: Desenvolver atividades de roçagem, manutenção e
limpeza, operando equipamento específico de roçadeira costal e lateral em áreas públicas do
Município, bem como próprios municipais, praças, parques, escolas e etc; prestar serviços
em quaisquer setores da Administração Municipal, dispondo-se a adquirir conhecimentos da
sua área de atuação; desenvolver atividades que exijam esforço físico; realizar limpezas de
ruas e beiras de guias de parques e jardins da unidade de trabalho; operar equipamentos
específicos de jardinagem; manejar e zelar pela guarda, conservação, limpeza e manutenção
das ferramentas e equipamentos peculiares ao trabalho, bem como dos locais; ter
disponibilidade para treinamento na área em que for requisitado; executar outras tarefas
correlatas e afins.
Pedreiro - Descrição: Verificar as características da obra, examinando plantas e outras
especificações da construção selecionar o material e estabelecer as operações a executar em
alvenaria com materiais de acordo com a especialização.
Tarefas:
- executar trabalhos de alvenaria, assentando pedras ou tijolos em camadas superpostas,
rejuntando e fixando-os, com argamassa, para edificação de muros, paredes, e outras obras;
- ajustar a pedra ou tijolo a ser utilizado, adaptando a forma e medida ao lugar onde vai ser
colocado, utilizando martelo e talhadeira, para possibilitar o seu assentamento;
- misturar areia, cimento e água, dosando esses materiais na quantidade conveniente, para
obter a argamassa a ser empregada no assentamento;
- recobrir as juntas entre os tijolos ou pedras, preenchendo-as com argamassa e retocando-as
com a colher para nivelar;
- verificar a horizontalidade e verticalidade da construção, controlando-as à nível de prumo a
medida que a mesma avança, para assegurar a sua correção;
- revestir as obras de alvenaria com placas de pedras, mármore, azulejos e materiais similares
de acabamento ou ornamentação;
- assentar pisos, telhas e retalhar edificações com telhas de argila ou de amianto;
- reformar e reparar obras já existentes
- executar outras tarefas semelhantes.
Vigia - Descrição: Exercer a vigilância dos prédios, percorrendo-os sistematicamente e
inspecionando suas dependências, observando possíveis anormalidades; vigiar a entrada e
saída de pessoas.
Tarefas:
. vigiar a entrada e saída de pessoas;
. atender aos visitantes, identificando-os e encaminhando-os às unidades administrativas;
. prestar informações aos servidores e ao público em geral, pessoalmente ou por telefone
. executar ronda nas dependências dos prédios;
. verificar portas, janelas, portões e outras vias de acesso, se estão fechadas corretamente;
. examinar as instalações hidráulicas e elétricas para constatar possíveis irregularidades e
adotar providências para evitar incêndios e outros danos;
. informar ao chefe imediato ocorrências de anormalidades nas rotinas de serviço;
. zelar pela conservação e guarda do material de trabalho.
. executar outras tarefas semelhantes.

CAPÍTULO IV - DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

Art. 12º - As provas serão realizadas no Município de Catu, a entrega de títulos com prazo de
até 48 horas após a publicação do resultado da Prova Objetiva, a data, horário e local serão
publicados no Quadro de Avisos da Prefeitura Municipal de Catu e através da Internet no
endereço eletrônico www.seletaconsultoria.com.br.
Art. 13º - O candidato somente fará a prova se munido de um dos documentos exigídos no ato
da inscrição, conforme Art.9º (II).
Art. 14º - Não serão aceitos protocolos ou quaisquer outros documentos de identificação
diferentes dos estabelecidos.
Art. 15º - Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com
clareza, a identificação do candidato;
Art. 16º - Havendo erros de digitação de nome, número de documento de identidade, sexo,
data de nascimento, o candidato deverá solicitar ao fiscal de classe a correção no dia da prova,
anexando-se a solicitação em Ata.
Art. 17º - É de responsabilidade exclusiva do candidato o conhecimento das publicações
relativas ao Processo Seletivo, bem como o comparecimento nas datas e horários
determinados nos Editais de Convocação para cada etapa.
Art. 18º - O candidato deverá, OBRIGATORIAMENTE, acompanhar as convocações, avisos
e/ou comunicados, através da divulgação no quadro de Avisos da Prefeitura Municipal e
demais locais públicos bem como no site da Seleta www.seletaconsultoria.com.br, obter
informações quanto ao local da prova através do citado site, ou se dirigir à Prefeitura Municipal
de Catu no horário das 8 às 12 e das 14 às 17: 00, de segunda à sexta-feira.
Art. 19º - O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas
com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos do horário fixado para o seu início, munido de
caneta esferográfica de tinta azul ou preta, comprovante de inscrição e documento de
identificação original.
Parágrafo 1º Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar no dia de realização das
provas, documentos de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser
apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há no
máximo trinta dias, ocasião em que será submetido a identificação especial, compreendendo
coleta de dados de assinatura e de impressão digital em formulário próprio.
Art 20º - A identificação especial será exigida também ao candidato cujo documento de
identificação apresente dúvidas relativas a fisionomia ou a assinatura do portador, o candidato
que não apresentar documento de identidade original na forma definida no sub-item (Art. 9º (I)
deste edital, não poderá fazer as provas e será automaticamente eliminado do Processo
Seletivo.
Art 21º - Não será permitida a entrada de candidatos, sob qualquer pretexto, após o
fechamento dos portões.
Art. 22º - Não haverá segunda chamada para as provas. O não comparecimento seja qual for o
motivo que tenha determinado a ausência do candidato, implicará em sua eliminação
automática do Processo Seletivo.
Art. 23º - O candidato deverá marcar suas respostas com caneta esferográfica de tinta azul ou
preta, na Folha de Respostas Óptica observando as seguintes orientações:
?O preenchimento correto dos quadrados ópticos, que deverão ser preenchidos conforme as
instruções específicas no Caderno de Questões, contidas também na própria Folha.
?As marcações incorretas na Folha de Respostas Óptica gera prejuízo ao candidato.
?Serão consideradas incorretas: dupla marcação, marcação rasurada, marcação emendada,
campos de marcação não preenchidos integralmente, marcação ultrapassando o campo
determinado e marcação que não seja feita com caneta esferográfica de tinta preta ou azul.
Art. 24º - Os fiscais da sala não estão autorizados a fazer retificações de qualquer natureza nas
instruções ou no enunciado das questões da prova. O candidato só deverá fazer qualquer ato,
que contrarie o que especifica o seu caderno de provas, se o próprio Coordenador da Área,
reconhecido por um dístico bem visível, percorrer pessoalmente as salas, avisando sobre
alguma alteração.
Art. 25º - Durante a realização das provas não serão permitidas a comunicação dos
candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras, aparelhos eletrônicos (bip, telefone
celular, walkman, receptor, gravador) e outros equipamentos similares, livros, anotações,
impressos. A Seleta não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de
equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização das provas, nem por danos a eles
causados.
Art. 26º - Aos portadores de deficiência serão asseguradas provas e/ou locais especiais, a
depender das necessidades específicas, cabendo à Coordenação do Processo Seletivo o
cumprimento das demais condições do Edital.
Art. 27º - Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação
das provas, que terá, impreterivelmente, a duração de três horas e meia, contadas a partir
do seu início.
Art. 28º - Ao término da prova, o candidato deverá devolver ao fiscal o Cartão-Resposta
devidamente assinado.
Art. 29º - A avaliação da prova será realizada por sistema eletrônico de processamento de
dados, considerados para esse efeito, exclusivamente, as respostas transferidas para o
Cartão-Resposta.
Art. 30º - Não será informado por telefone, o local e horário das provas, nem o gabarito e o
resultado.
Art. 31º - NENHUM CANDIDATO PODERÁ ENTRAR NA SALA DE PROVA PORTANDO
TELEFONE CELULAR.

CASOS ESPECIAIS
O Candidato que estiver hospitalizado na sede do Município Catu, deverá comunicar à
Comissão do Processo Seletivo ou ao Coordenador Local, até 12 horas, antes da realização
das provas. Para tanto, o seu representante, deverá comparecer, apresentando documento
oficial de identidade e munido de:
?Atestado do médico que esteja acompanhando o Candidato, declarando a impossibilidade
de locomoção e atestando que, o Candidato tem condições de ler, redigir e marcar o Cartão
de Respostas;
?Autorização do hospital para acesso do(s) fiscal(is) no horário de realização das provas;
?Documento de Identidade do Candidato (o mesmo apresentado no ato da inscrição);
?
CAPÍTULO V - DAS ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO

Art. 32º - O Processo Seletivo será realizado nas seguintes etapas:


Todos os candidatos serão submetidos a uma Prova Objetiva de Conhecimentos que
será de acordo com o cargo e constará de questões objetivas de múltipla escolha, com 5
(cinco) alternativas (A, B, C, D e E) para resposta, sendo adotada, para fins de correção,
uma única resposta correta por questão.

I - Distribuição das Questões:

Cargo de Nível Médio com Informática: 15 - Língua Portuguesa, 10 - Matemática, 10 -


Informática, 05 - Conhecimentos Gerais e Atualidades.

Cargo de Nível Médio sem Informática: 15 - Língua Portuguesa, 15 - Matemática, 10 -


Conhecimentos Gerais e Atualidades.

Cargos de Nível Fundamental Completo e Incompleto: 20 - Lingua Portuguesa, 20


Matemática.

Art. 34º - A Prova Objetiva valerá de 0 a 100 pontos. Serão divididos os 100 (cem) pontos
pelo número de questões que compõe a prova escrita, sendo que cada questão terá o
mesmo peso (2,50 pontos) na prova, considerando-se habilitados os candidatos que
obtiverem, no mínimo, 50 (cinquenta) pontos, o equivalente a 50% da prova. Terá duração
de 03:30h (três horas e meia)
Art. 35º - A Prova Objetiva será elaborada de acordo com os conteúdos constantes do
Programa que integram este Edital.
CAPÍTULO VI - DA DESCLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS

Art. 36º - Será desclassificado o candidato que:


Art. 37º - Não estiver presente na sala de provas no horário determinado para o seu início.
Art. 38º - Apresentar Laudo Médico ou qualquer outro documento, falso ou incompatível com a
deficiência alegada pelo candidato ou, ainda, quando a Perícia Médica entender que a
deficiência atestada é incompatível com o desempenho das atribuições do cargo.
Art. 39º - Usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais para a sua realização;
Art. 40º - Comunicar-se com outros candidatos durante a realização da prova;
Art. 41º - Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, sem a autorização e acompanhamento do
fiscal;
Art. 42º - Iniciadas as provas, retirar-se da sala antes de decorridos 60 (sessenta) minutos;
Art. 43º - Tiver procedimento inadequado ou descortês para com qualquer dos executores,
autoridades presentes e/ou candidatos;
Art. 44º - Fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata e for responsável por
falsa identificação pessoal;
Art. 45º - Não preencher qualquer um dos requisitos previstos no presente Edital para
investidura no Cargo;
Art. 46º - Obtiver nota inferior a 50% (cinquenta por cento) de acertos na prova aplicada;
Art. 47º - O candidato que não assinar o cartão-resposta.
Art. 48º - O candidato que não comparecer para realizar a prova objetiva.

CAPÍTULO VII - DA PROVA DE TÍTULOS

Art. 49° Em qualquer hipótese, a Comissão do Processo Seletivo poderá pedir informações
adicionais, aviar sindicâncias ou tomar qualquer outra medida que considere necessária no
sentido de confirmar as informações constantes dos títulos.
Art. 50°. A pontuação da prova de títulos se aplica a todos os cargos deste Processo Seletivo ,
ou seja Tempo de Serviço na Administração Pública ou Privada.
Art. 51° A prova de títulos terá valor máximo de 20 pontos.
Art. 52° Os títulos deverão ser entregues nas datas e forma prevista no edital.
Art. 53º - Na forma prevista no art. 19 das Disposições Transitórias da Constituição Federal, a
todos os candidatos que se habilitarem com média mínima de 50% de acertos da Prova
Objetiva será facultada a prova de títulos com caráter classificatório, a ser requerida no prazo
de até 48 horas contados a partir da publicação do resultado da Prova Objetiva. Os mesmos
devem ser protocolados conforme modelo disponível no site da Seleta Consultoria e
entregues a Comissão Especial do Processo Seletivo junto à Prefeitura Municipal.
Art. 54º - Mediante apresentação do original e cópia do contrato de trabalho ou da CTPS
(página de identificação e página do contrato), acrescidos de declaração do órgão ou
empresa, ou, no caso de servidor público, cópia do Decreto de Nomeação e certidão de tempo
de serviço, ambos emitidas pelo setor pessoal ou equivalente e autenticados em cartório, em
conformidade com a nomenclatura do cargo que concorre.
Art. 55º - A declaração do empregador deverá ser em papel timbrado, reconhecido firma que
conste claramente a função desempenhada, a descrição do serviço e o nível de desempenho
na área de atuação, conforme a nomenclatura do cargo que concorre.
Art. 56º - Não será computado como experiência profissional, o tempo de estágio ou monitoria.
Art. 57º - Todo documento apresentado para fins de comprovação de experiência profissional
deverá ser emitido pelo setor pessoal competente e conter o período do início e término do
trabalho realizado, obrigatoriamente acompanhados da CTPS, contratos de prestação de
serviços e/ou decreto de nomeação.
Art. 58º - A Prova de Títulos tem caráter meramente classificatório, com anexação dos pontos
da tabela abaixo à nota da prova objetiva.

Titulos
Tempo de serviço: Experiência profissional em
serviço público ou privado, estando diretamente
relacionado com a nomenclatura do cargo a que
concorre.
Pontuação de Títulos para anos trabalhados
De 01 a 02 anos: 04 pontos
De 03 a 04 anos: 08 pontos
De 05 a 06 anos: 12 pontos
De 07 a 08 anos: 16 pontos
De 09 a 10 anos: 20 pontos
Art. 59º - Os pontos serão somados de acordo com as comprovações declaradas pelos
candidatos e pela pontuação máxima demonstrada no quadro acima.
Art. 60º - As notas atribuídas aos títulos serão adicionadas à nota final, exclusivamente para
efeitos de classificação.
Art. 61º - Todos os documentos apresentados, cuja devolução não for solicitada no prazo de
90 dias, contados a partir da homologação do resultado final do Processo Seletivo, serão
incinerados pela SELETA.
Art.62º - O candidato somente poderá obter até o máximo de 20 pontos em títulos, sendo
desprezada pontuação superior a este número.
Art. 63º - Após o prazo, não serão aceitos pedidos de inclusão de títulos sob qualquer
hipótese ou alegação
CAPÍTULO VIII - DOS RECURSOS

Art. 64º - O prazo para interposição de recursos será de até 48 (quarenta e oito) horas,
contados a partir publicação dos respectivos resultados, tendo como termo inicial o 1º
(primeiro) dia útil subsequente.
Art. 65º - Os recursos do Processo Seletivo contra seus respectivos resultados deverão ser
enviados pelo e-mail: seletaconsult@ibest.com.br dentro do prazo de 48 horas após
públicado o resultado parcial (GABARITOS, PROVA OBJETIVA E TÍTULOS). O recurso
deverá estar fundamentado, devendo nele constar o nome do candidato, cargo, número de
inscrição e endereço para correspondência. (formulário do recurso disponível no site).
Art.66º- Será rejeitado liminarmente o recurso que: não possuir argumentação lógica e
consistente.
Art. 67º - Se dos julgamentos dos recursos resultarem em anulação de questão(ões), a
pontuação correspondente a essa(s) questão(ões) será atribuída a todos os candidatos,
independentemente de terem recorrido ou não.
- Recursos relativos às provas subjetivas:
Em formulário próprio.
Para cada ponto questionado, o candidato deverá, em linguagem sucinta, indicar o ponto
controverso, fundamentando especificadamente as suas alegações.
Não serão aceitos recursos vagos, genéricos, mal formulados e mal fundamentados.
No prazo do edital a organização comunicará ao candidato, através de publicação oficial,
fundamentadamente, sua decisão sobre o recurso.
Havendo alteração de nota para cima ou para baixo, nova lista será publicada.

CAPÍTULO IX - DO RESULTADO
Art. 68º - Somente serão aprovados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a
50% (cinquenta por cento) do total da prova.
Art. 69º - A Classificação Final dos candidatos será obtida através da soma dos escores
brutos de cada prova, convertidos em notas e somadas, gerando-se a apuração final, na
seguinte formula para todos os cargos:

Onde CF= Classificação Final


PO= Prova de Objetiva
PT= Somatória da Pontuação de Títulos

Art. 70º - Serão considerados aprovados no Processo Seletivo os candidatos que prestaram
as provas previstas para os cargos aos quais concorreram que não tenham sido eliminados e
que tenham sido classificados em ordem decrescente de classificação e correspondente ao
número das vagas oferecidas para cada cargo.
Art. 71º - Na hipótese de igualdade de pontos, para fins de classificação, terá preferência,
sucessivamente, o candidato:
Art. 72º - Seja mais idoso;
Art. 73º - Tiver maior número de dependentes;
Art. 74º - Sorteio Público realizado pela Comissão do Processo Seletivo, com a presença
dos candidatos empatados.
Art.75º - A Comissão do Processo Seletivo promoverá o resultado final do processo seletivo
relacionando o nome do candidato ao total de pontos obtidos.
Art. 76º - Os candidatos habilitados portadores de deficiência física serão relacionados
separadamente.
Art. 77º - Caso não haja candidatos portadores de deficiência aprovados, a vaga reservada
será destinada aos demais candidatos, com estrita observância da ordem classificatória.

CAPÍTULO X - DO PROVIMENTO

Art. 78º - A aprovação no Processo Seletivo não cria direito à nomeação, mas essa, quando
ocorrer, obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos.
Art. 79º - A nomeação dos aprovados obedecerá à ordem de classificação dos candidatos
habilitados, de acordo com a necessidade da Prefeitura Municipal de Catu.
Art. 80º - Os candidatos aprovados deverão tomar posse no prazo de 30 dias após a
publicação do ato de provimento, tendo o prazo máximo de 05 (cinco) dias para entrar em
exercício de função, no lugar para onde for designado.
Art. 81º - O candidato que nomeado através de Decreto do Poder Executivo Municipal, que
não tomar posse no prazo de 30 dias, perderá o direito à sua classificação, passando a ser o
último da lista de classificados.
Art. 82º - A nomeação, bem como todos os atos do presente Processo Seletivo serão
publicados no lugar de costume da Prefeitura Municipal e registrados no livro próprio dos
atos do Poder Legislativo.

CAPÍTULO XI - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 83º - Decairá do direito de impugnar os termos deste edital de concurso público, perante
a administração, o candidato que não o fizer até o segundo dia útil, após o encerramento das
inscrições.
Art. 84º - A inexatidão das declarações, as irregularidades de documentos ou as de outra
natureza, ocorridas no decorrer do concurso público, mesmo que só verificadas
posteriormente, eliminarão o candidato do Processo Seletivo, anulando todos os efeitos
decorrentes de sua inscrição.
Art. 85º - A Prefeitura Municipal aproveitará os candidatos aprovados em número
estritamente necessário ao atendimento de suas necessidades, não havendo, portanto,
obrigatoriedade de preenchimento imediato de todas as vagas.
Art. 86º - O cronograma do presente Processo Seletivo, poderá por iniciativa da Comissão, ser
antecipado ou prorrogado, devendo para tanto, ser publicado em Edital contendo prorrogação
ou antecipação de quaisquer das datas, no local de costume de publicação dos atos oficiais da
Prefeitura Municipal e no site da SELETA.
Art. 87º - Quaisquer informações adicionais sobre o Processo Seletivo serão obtidas na
Prefeitura Municipal de Catu ou na SELETA, através do telefone (075XX3422-5561) e home
page: www.seletaconsultoria.com.br.
Art. 88º - Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação
neste Processo Seletivo, valendo, para esse fim, a homologação pública.
Art. 89º - O ato de inscrição gera presunção absoluta de que o candidato conhece as instruções
e de que aceita as condições do Processo Seletivo estabelecidas neste Edital.
Art.90º - A Prefeitura Municipal e a Seleta não se responsabilizam por equívocos
eventualmente cometidos pelo candidato, POR DEIXAR DE LER ESTE EDITAL DO
PROCESSO SELETIVO.
Art. 91º - É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar os Editais, Comunicados e
demais publicações referentes a este Processo Seletivo através dos locais de costume e da
Prefeitura Municipal de Catu.
Art. 92º - Os casos omissos até a publicação final do Processo Seletivo serão resolvidos pela
Comissão do Processo Seletivo e, após a publicação do Resultado Final, pelo Prefeito
Municipal.
Art. 93º - O prazo de validade do Processo Seletivo será de 12 (doze) mêses, contados da data
da publicação de sua homologação, podendo, antes de esgotado, ser prorrogado uma vez, por
igual período, a critério da Prefeitura Municipal, por ato expresso do seu Prefeito.
Art. 94º - O Processo Seletivo será planejado e executado pela empresa SELETA.
Art. 95º - A publicação dos aprovados será de responsabilidade da Comissão do Processo
Seletivo
Art. 96º - A homologação do Processo Seletivo a que se refere este edital é de competência da
Prefeitura Municipal.
Art. 97º - Todas as informações referentes ao Processo Seletivo, após publicação do Resultado
Final, deverão ser obtidas na Prefeitura Municipal de Catu.
Art. 98° - O regime Jurídico de trabalho será Estatutário, com carga horária e remuneração
indicados no artigo 1º deste Edital.
Art. 99º - A contratação, quando se der, respeitará a ordem de classificação dos candidatos.
Art. 100º - A habilitação para o provimento será por Emprego, mediante Processo Seletivo
Público, de acordo com as especificações e requisitos mínimos descritos neste Edital.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO :

Auxiliar Administrativo, Técnico em Laboratório, Técnico em Raio - X e Inspetor de Saneamento.

Português – Compreensão e interpretação de textos; Som e fonema; Encontros vocálicos e


consonantais; Dígrafos; Divisão silábica; Substantivo, Adjetivo, Numeral, Pronome,
Conjunção e Preposição; Verbo; Termos da Oração; Ortografia Oficial; Pontuação; Emprego
de sinal indicativo de crase; Acentuação Gráfica; Sentido Conotativo e Denotativo; Relações
de homonímia e paronímia. Tipologia textual; . Noções de Semântica. Significação das
Palavras.
Matemática - Números Naturais e Inteiros, Divisibilidade, MMC, MDC, Decomposição em
Fatores Primos, Números Racionais, Noções de Números Reais, Relação de Ordem, Valor
Absoluto, Equação de 1º e 2º Grau, Problemas com as quatro operações, Função do 1º e 2º
Grau, Progressão Aritmética e Geométrica, Soma de Número Finito de Termos de uma PA e de
uma PG, Porcentagem, Razão, Proporção, Juros Simples e Noções de Estatística.

Específico para Auxiliar administrativo - Informática: Noções de Micro


Computadores(operação), Gerenciamento da Lixeira, Conhecimento de Windows
2003/XP/2007, Windows Explorer, Principais navegadores. Ferramentas de Busca e
pesquisa. Conhecimentos em Word (digitação, edição e modo de Seleção de textos, arquivos,
bordas, numeração, tabelas, inserção de figuras com “ Word art”, cabeçalho, rodapés,
impressão), conhecimento em Excel (formatação de dados, seleção e substituição de céluas,
fórmulas diversas).

Específico para Técnico em Laboratório - Amostras; Coleta, procedimentos e cuidados na


obtenção, conservação, transporte, armazenamento, descarte, utilização de coagulantes,
processamneto de amostras, principio das boas práticas de laboratório clinico. Noções de
biossegurança Bioquímica. Fundamento, valores de referencia, principais métodos utilizados
nas analises bioquímicas. Urianalise. Analise quantitativas e qualificativas e
sedimentosparasitológico. Nomenclatura e classificação dos parasitas de importância médica,
parasitas intestinais, do sangue e outros tecidos. Vidraria, tipos de limpeza e desinfecção.
Técnicas hematológicas, Contagem de glóbulos vermelhos e brancos, plaquetas e
reticulócitos, índices hematimétricos, coagulação, prova de falcização e célula L. E.
Eletroforese: princípios, métodos tampões e corantes. Microbiologia: classificação e função
dos meios de cultura, métodos de coloração. Testes de sensibilidade e antimicrobianos.
Imunologia: Fixação de complemento, aglutinação, reação de precipitação, técnica de
imunofluorescencia, antígeno, anticorpo e complemento.

Específico para Técnico em Raio - X: Fundamentos de patologia aplicada ao


radiodiagnóstico e diagnóstico por imagem. Técnicas de posicionamento para as principais
modalidades de imagem. Preparo para exames diagnósticos por imagem. Técnicas
radiológicas: urografia excretora uretrocistografia, enema opaco. Cialografia, colangiografia.
Radiologia em trauma e emergência. Equipamentos utilizados nos processamentos de
imagens digitais. Técnicas de administração de meios de contraste de diversas vias. Ética
profissional. Fundamentos de biofísica aplicada às metodologias radiodiagnosticas.

Específico para Inspetor de Saneamento:Noções de epidemiologia; Conhecimentos sobre


doenças veiculadas pela água e alimentos;Vigilância da qualidade da água e mananciais;
Noções sobre doenças transmitidas por vetores; Controle de vetores; Condições sanitárias
para o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de serviços de saúde; Noções de
biossegurança.

CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL I - (INCOMPLETO) : Auxiliar de Serviços Gerais,


Coveiro, Operador de Roçadeira, Operador de Motoserra, Pedreiro, Pintor, Podador de
árvores , Porteiro e Vigia.

PORTUGUÊS: Interpretação de textos, Emprego das Letras iniciais maiúsculas, Divisão


silábica, Encontro vocálico e consonontal, Acentuação gráfica( atualizada ao novo acordo
ortográfico), Classificação das palavras, Gênero e número( substantivo, adjetivo, artigo,
numeral, pronome), Sinônimos e Antônimos.

MATEMÁTICA: Número Pares e Ìmpares, Antecessor e Sucessor, Medida de Tempo, Medida


de Comprimento, Expressões Numéricas Simples, Sistema Decimal de Numeração, Noções
de Frações, Raciocínio Lógico e Problemas com as quatros Operações, Juros Simples,
Fração Ordinária e Porcentagem.

NÍVEL FUNDAMENTAL II - (COMPLETO): Cuidador de Idosos e Auxiliar de Creche

LÍNGUA PORTUGUESA: Interpretação de textos, Divisão silábica, Encontros vocálicos e


consonantais, Ortografia e Acentuação gráfica (atualizada com o novo acordo ortográfico),
Classificação de palavras, Flexões, Emprego (artigo, numeral, adjetivo, pronome, verbo,
advérbio, preposição e conjunção), Análise do período simples (termos essenciais, integrantes e
acessórios, Período composto (orações coordenadas e subordinadas), Semântica.

MATEMÁTICA: Números Pares e Impares, Antecessor e Sucessor, Números Primos, Múltiplos


e Divisores, Fatoração, Equação do 1º Grau, Divisibilidade, Expressões Simples, Razão,
Proporção, Porcentagem, Regra de Três Simples, Juros Simples, Operações com Números
Naturais, Fração Ordinária, Números Naturais e Inteiros, MMC, MDC.

Realização: Prefeitura Municipal de Catu

Catu, Ba 03 de novembro de 2010


Gilcina Lago de Carvalho - Prefeita do Municipio

Execução: Seleta Consultoria