Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA – UFPB

CENTRO DE CIENCIAS JURÍDICAS – CCJ


PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS JURÍDICAS – PPGCJ
DISCIPLINA: ESTADO, CONSTITUIÇÃO E DESENVOLVIMENTO
CARGA HORÁRIA: 45h/a CRÉDITOS: 3 SEMESTRE: 2019.1
PROFESSOR: Dr. JAILTON MACENA DE ARAÚJO

PLANO DE CURSO

EMENTA:
A evolução do Estado moderno e as relações entre as razões políticas e as razões
econômicas. O fenômeno da globalização e seus efeitos na ordem político-jurídica dos
Estados. Noções econômicas e sociopolíticas de Desenvolvimento. O processo e a
programação do desenvolvimento. A Constituição Federal e o projeto político de
desenvolvimento nacional; princípios constitucionais do projeto político de desenvolvimento
nacional na Constituição de 1988. Crescimento econômico não é desenvolvimento. As opções
de desenvolvimento do Brasil e a gestão da política energética.

OBJETIVOS:
GERAL: Contribuir de forma interdisciplinar para a formação crítica das análises sobre a
concepção contemporânea de Estado e a importância do (neo)constitucionalismo para a
promoção do desenvolvimento.
ESPECÍFICOS:
1) Identificar na perspectiva histórica do Estado Constitucional os elementos que levaram a
formação dos atuais mecanismos de intervenção econômica e ao contexto hodierno de crise
do Estado Social.
2) Reconhecer, sob a perspectiva dialógica, as críticas ao (neo)constitucionalismo a partir da
análise da constituição econômica, e o custo dos direitos, que levam à inversão da chamada
constituição dirigente invertida.
3) Discutir o conceito e conteúdo do (Sub)Desenvolvimento, a partir da identificação do papel
estatal na sua promoção, de modo à avaliar suas acepções e suas perspectivas futuras no
contexto de crises do capital.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E CRONOGRAMA DE ATIVIDADES:

Aula 1 – Apresentação da disciplina (definição das atividades acadêmicas e


distribuição dos temas de seminário) – 16/05/2019

Parte I – Premissas
Aula 2 - Estado, Constituição e Desenvolvimento – 30/05/2019
ARAÚJO, J. M. Constituição, cidadania e trabalho: premissas para o reconhecimento de uma
racionalidade estatal pautada na solidariedade.
POLLACK, M. O alto custo de não ter direitos positivos, uma perspectiva dos Estados Unidos.

Parte II - Estado
Aula 3 - Liberalismo, Estado Constitucional e Separação de Poderes – 06/06/2019
CANOTILHO, J. J. Direito constitucional e teoria da constituição (p. 87-100)
BONAVIDES, P. Do Estado Liberal ao Estado Social (caps. 1 e 2)

Aula 4 – O Estado de Bem-Estar Social: Origens e Perspectivas – 13/06/2019


KERTENETZKY, C. O Estado de Bem-Estar Social na idade da razão (5-57)
DELGADO, M; PORTO, L. O Estado de Bem-Estar social no século XXI (Cap. 1, p. 19-29)

Aula 5 – Globalização, as crises e as reformas do Estado - 27/06/2019


MORAIS, L. B. As crises do Estado e da Constituição e a transformação espacial dos direitos
humanos. (p. 23-58)
DELGADO, M; PORTO, L. O Estado de Bem-Estar social no século XXI (Cap. 3, p. 87-100)
PUCEIRO, Z. O processo de Globalização e a Reforma de Estado. In: FARIA, J. E. Direito e
globalização: implicações e perspectivas. (p. 105-125)

Aula 6 – Intervenção do Estado na Economia – 04/07/2019


GRAU, E. A ordem econômica na constituição de 1988 (p.14-59)
VENÂNCIO FILHO, A. Aspectos gerais da intervenção do Estado no domínio econômico (cap.
1, p. 3-19)

Parte 3 – Constituição
Aula 7 – (Neo)Constitucionalismo - 11/07/2019 (duas pessoas)
FERRAJOLI, L. Constitucionalismo principialista e constitucionalismo garantista. In:
FERRAJOLI, L. et al (org.). Garantismo, hermenêutica e (neo)constitucionalismo (p.13-58)
STRECK, L. Neoconstitucionalismo, positivismo e pós-positivismo. In: FERRAJOLI, L. et al
(org.). Garantismo, hermenêutica e (neo)constitucionalismo (p. 59-94)

Aula 8 – A Constituição Econômica – 18/07/2019


BERCOVICCI, G. Constituição econômica e desenvolvimento (cap. 1, p. 11-44)
SOUZA, W. P. Teoria da Constituição Econômica (p. 267-295)

Aula 9 - Custo dos direitos e a Constituição Dirigente invertida - 25/07/2019


BERCOVICCI, G. A constituição Dirigente invertida
CANOTILHO, J. J. Rever ou romper a constituição dirigente
TOLEDO, G. A. O direito constitucional econômico e sua eficácia. (cap. 3, p. 87-98)
NABAIS, J. C. A face oculta dos direitos fundamentais: os deveres e os custos dos direitos

Aula 10 – Direitos humanos e teoria intercultural da constituição - 01/08/2019


GALINDO, B. Teoria intercultural da Constituição.
ARAÚJO, J. M. Direitos humanos e solidariedade: entre o universalismo e o relativismo, por
uma teoria dialógica dos direitos humanos.

Parte 4 – Desenvolvimento
Aula 11 Conceito e conteúdo do (Sub)Desenvolvimento (08/08/2019) (duas pessoas)
OLIVEIRA, G. B. Uma discussão sobre o conceito de desenvolvimento. In: O desenvolvimento
sustentável em foco. (cap. 1, p.15-30)
OLIVEIRA, G. B. Elementos endógenos do desenvolvimento regional. In: O desenvolvimento
sustentável em foco. (cap. 2, p.31-43)
NUSDEO, F. Desenvolvimento econômico. In: SALOMÃO FILHO, C. Regulação e
desenvolvimento. (Cap. 1, p. 11-24)
FURTADO, C. Raízes do Subdesenvolvimento (cap. 3, p. 85-116)
WOLKMER, A. C.; WOLKMER, M. F. Direitos humanos e desenvolvimento.

Aula 12 - O papel do Estado para a promoção do desenvolvimento (15/08/2019)


BERCOVICCI, G. Constituição econômica e desenvolvimento (caps. 2 e 3, p. 45-86)
CARDIA, F. A. A. Estado, Desenvolvimento e Políticas Públicas. In: AMARAL Jr., Direito
Internacional e desenvolvimento (Cap. 3., p. 71-99)

Aula 13– Desenvolvimento como liberdade (22/08/2019)


DUPAS, G. O mito do progresso
SEN, A. K. Desenvolvimento como liberdade (Introdução, caps. 1 e 2, p. 17-71)

Aula 14 – Acepções e Futuro do desenvolvimento (29/08/2019)


RISTER, C. Direito ao desenvolvimento (p. 215-270)
LASTRES, H. M. M. et al. Condicionantes e requisitos ao futuro do desenvolvimento. In:
______. O futuro do desenvolvimento (p. 11-37)
LAPLANE, M. Globalização, crise e os novos requisitos do desenvolvimento. In: LASTRES,
H. M. M. et al. O futuro do desenvolvimento (p. 80-88)

METODOLOGIA:
Aulas expositivas e dialogadas com a turma, realização de seminários a partir do método
expositor/observador, com a realização de debates.

AVALIAÇÃO:
Efetivada durante todo o processo de crítico de ensino-aprendizagem, a partir das
contribuições dos discentes realizadas durante as aulas. Seminário de cada discente. Entrega
de paper ao final da disciplina.
Obs.: Os papers deverão observar as diretrizes para autores da Prim@Facie (entre 12 e 15
páginas).

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
ARAÚJO, J. M. Constituição, cidadania e trabalho: premissas para o reconhecimento de
uma racionalidade estatal pautada na solidariedade. Direito, Estado e Sociedade, 52, p.
134-158, jan.-jun. 2018.

ARAÚJO, J. M. Direitos humanos e solidariedade: Entre o universalismo e o relativismo, por


uma teoria dialógica dos direitos humanos, Revista de Informação Legislativa, Brasília a.
53 n. 212 out./dez. 2016 p. 155-179.

BERCOVICCI, G. Constituição econômica e desenvolvimento: uma leitura a partir da


Constituição de 1988. São Paulo: Malheiros, 2005

BERCOVICCI, G.; MASSONETO, L. F. A Constituição dirigente invertida: a blindagem da


constituição financeira e a agonia da constituição econômica. Boletim de ciências
econômicas XLIX, p. 57-77, Coimbra, 2006.

BONAVIDES, P. Do Estado Liberal ao Estado Social. 6 ed. rev. ampl. São Paulo:
Malheiros, 1996.

CANOTILHO, J. J. Direito constitucional e teoria da constituição. 7. ed. 4. reimp.


Coimbra: Almedina, 2003.

CANOTILHO, J. J. Rever ou romper com a constituição dirigente? Defesa de um


constitucionalismo moralmente reflexivo. Revista de direito constitucional e
internacional, v. 15/1996, p. 7-17, abr.-jun. 1996.

CARDIA, F. A. A. Estado, Desenvolvimento e Políticas Públicas. In: AMARAL Jr. (org.),


Direito Internacional e desenvolvimento, Barueri: Manole, 2005.

DELGADO, Mauricio Godinho; PORTO, Lorena Vasconcelos (org.). O Estado de Bem-


Estar Social no Sec. XXI. São Paulo: LTr, 2007.

DUPAS, Gilberto. O Mito do Progresso, Novos Estudos, 77, março, 2007, p. 73-89.

FERRAJOLI, L. Constitucionalismo principialista e constitucionalismo garantista. In:


Garantismo, hermenêutica e (neo)constitucionalismo. In: FERRAJOLI, L.; STRECK, L;
TRINDADE, A. K. (org.) Garantismo, hermenêutica e (neo)constitucionalismo: um
debate com Luigi Ferrajoli. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2012, p.13-58.

STRECK, L. Neoconstitucionalismo, positivismo e pós-positivismo. In: Garantismo,


hermenêutica e (neo)constitucionalismo. In: FERRAJOLI, L.; STRECK, L; TRINDADE, A. K.
(org.) Garantismo, hermenêutica e (neo)constitucionalismo: um debate com Luigi
Ferrajoli. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2012, p. 59-94.

FURTADO, C. Raízes do Subdesenvolvimento, 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização


Brasileira, 2011.

GALINDO, B. Teoria intercultural da constituição: contribuições para uma teoria e uma


metodologia de análise da justiça de transição. Direito, Estado e Sociedade, 52, p. 10-45,
jan.-jun. 2018.

GRAU, E. A ordem econômica na constituição de 1988: intepretação e crítica. 9. ed. São


Paulo: Malheiros, 2005.

KERTENETZKY, C. L. O Estado de Bem-Estar Social na idade da razão: a reinvenção do


Estado Social no mundo contemporâneo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

LAPLANE, M. Globalização, crise e os novos requisitos do desenvolvimento. In: LASTRES,


H. M. M. et al. (org.). O futuro do desenvolvimento: ensaios em homenagem a Luciano
Coutinho, Campina: UNICAMP, 2016, p. 80-88.

LASTRES, H. M. M. et al. Condicionantes e requisitos ao futuro do desenvolvimento. In:


LASTRES, H. M. M. et al. (org.). O futuro do desenvolvimento: ensaios em homenagem a
Luciano Coutinho, Campina: UNICAMP, 2016, p. 11-37.

MORAIS, L. B. As crises do Estado e da Constituição e a transformação espacial dos


direitos humanos. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2002.

NABAIS, José Casalta. A face oculta dos direitos fundamentais: Os deveres e os custos
dos direitos. Revista da AGU, Brasília, v.1, 2001. Disponível em:
<http://www.buscalegis.ufsc.br/revistas/index.php/buscalegis/article/view/15184/1474>.

NUSDEO, F. Desenvolvimento econômico. In: SALOMÃO FILHO, C. Regulação e


desenvolvimento. São Paulo: Malheiros, 2002, p. 11-24.

OLIVEIRA, G. B.; SOUZA-LIMA, J. E. Elementos endógenos do desenvolvimento regional:


considerações sobre o papel da sociedade local no processo de desenvolvimento
sustentável. In: OLIVEIRA, G. B.; SOUZA-LIMA, J. E. (org.). O desenvolvimento
sustentável em foco: uma contribuição multidisciplinar. São Paulo: Annablume, 2006.

OLIVEIRA, G. B.; Uma discussão sobre o conceito de desenvolvimento. In: OLIVEIRA, G.


B.; SOUZA-LIMA, J. E. (org.) O desenvolvimento sustentável em foco: uma contribuição
multidisciplinar. São Paulo: Annablume, 2006.

POLLACK, M. O alto custo de não ter direitos positivos, uma perspectiva dos Estados
Unidos. In: SARLET, I. et al. (org.). Direitos fundamentais: orçamento e “reserva do
possível”. 2. ed. rev. ampl. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2010.

PUCEIRO, Z. O processo de Globalização e a Reforma de Estado. In: FARIA, J. E. (org.)


Direito e globalização: implicações e perspectivas. 2. tiragem. São Paulo: Malheiros, 2010.

RISTER, C. Direito ao desenvolvimento: antecedentes, significados e consequências. Rio


de Janeiro: Renovar, 2007.

SEN, Amartya K. Desenvolvimento como liberdade. Trad. Laura Teixeira Mota. São
Paulo: Companhia das Letras, 2005.

SOUZA, W. P. Teoria da Constituição Econômica. Belo Horizonte: Del Rey, 2002.


TOLEDO, G. A. O direito constitucional econômico e sua eficácia. Rio de Janeiro:
Renovar, 2004.

VENÂNCIO FILHO, A. A intervenção do Estado no domínio econômico. Rio de Janeiro:


Forense, 2003.

WOLKMER, A. C.; WOLKMER, M. F. Direitos humanos e desenvolvimento. In: BARRAL, W.


(org.). Direito e Desenvolvimento: análise da ordem jurídica brasileira sob a ótica do
desenvolvimento. São Paulo: Singular, 2005, p. 61-72.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
ABILIO, Ludmila Costhek. Uberização do trabalho: subsunção real da viração, Passa
Palavra, 12 fev. 2017. Disponível em: <http://passapalavra.info/2017/02/110685>. Acesso
em: 27 ago. 2018.

ALBUQUERQUE, Roberto Cavalcanti de. Estratégia de desenvolvimento e combate à


pobreza, Estudos avançados, 24, 1995, p. 75-116.

ARAÚJO, Jailton Macena. Função emancipadora das políticas sociais do Estado


brasileiro: conformação das ações assistenciais do Bolsa Família ao valor social do
trabalho. 400f. Tese (Doutorado em Ciências Jurídicas), Universidade Federal da Paraíba,
Centro de Ciências Jurídicas, João Pessoa, 2016.

DENNY, D. M. T.; GRANZIERA, M. L. M.; RUDIGER, D. S. Direitos Humanos e acesso a


mercados Rev. Direito Econ. Socioambiental, Curitiba, v. 8, n. 3, p. 377-409, set./dez. 2017.

ENGELS, Friederich.; MARX, Karl. O manifesto comunista. Tradução de Álvaro Pina. 1.


ed. 4 reimp. São Paulo: Boitempo, 2005.

GONÇALVES, Ernesto Lima. Responsabilidade social da empresa. Rev. Adm. Empr. Rio
de Janeiro, 24, (4) p. 226-240.

GUILHON, Maria Virgínia Moreira, Algumas considerações sobre a noção de eficiência nas
políticas públicas, Rev. Polít. Públicas, São Luís, v. 6, p. 103-125, jan.-jun., 2002.

RIFKIN, Jeremy. Fim dos empregos: o declínio inevitável dos níveis de empregos e a
redução da força global de trabalho. Tradução de Ruth Gabriela Bahr. São Paulo: Makron
Books, 1995.

ROSAVALON, Pierre. A Nova Questão Social: repensando o Estado Providência.


Tradução de Sérgio Bath. Brasília: Instituto Teotônio Vilela, 1998.

SACHS, Jefrey. O Fim da pobreza: como acabar com a miséria mundial nos próximos 20
anos. São Paulo, Companhia das Letras, 2005.

SANTOS, B. S. Por uma concepção multicultural dos direitos humanos. In: Baldi, C. A.
(org.). Direitos humanos na sociedade cosmopolita. Rio de Janeiro: Renovar, 2004, p.
239-279.

STANDING, Guy. O Precariado: a nova classe perigosa. Tradução de Cristina Antunes,


Belo Horizonte: Autêntica, 2013.