Você está na página 1de 11

AEFUM

Associação de Estudantes Finalista Universitário de Moçambique

DELEGAÇÃO DE MANICA

PFDD

Programa Férias Desenvolvendo Distrito

Relatório de Estágio

Dados do Estudante:

Nome: Carimo Agostinho António

Curso: Administração e Gestão Hospitalar

Instituição de Ensino: Universidade Católica de Moçambique

Nível: Superior (Finalista)

Instituição de Estágio: Hospital Distrital de Catandica

Catandica,

Fevereiro 2020
Índice
1. Introdução.................................................................................................................................1

1.1 Contextualização Teórica..........................................................................................................2

1.2 Breve Apresentação de Administração Hospitalar................................................................2

2. Execução de Actividades do Estágio...........................................................................................3

2.1 Área de Recursos Humano.....................................................................................................3

2.2 Área de contabilidade.............................................................................................................4

3. Aspectos positivos referentes a realização do estágio no H.D.C.................................................5

4. Considerações Finais...................................................................................................................7
1.
2. Introdução
O presente relatório de estágio foi elaborado no âmbito do Programa Férias Desenvolvendo
Distrito (PFDD). O estágio desenvolveu-se no Distrito de Bàrué, particularmente no Hospital
Distrital de Catandica, em um período de um mês, (24 de Janeiro a 21 de Fevereiro).

Este estágio foi uma oportunidade de entrar em contacto com o mercado de trabalho, de forma a
complementar e aperfeiçoar as competências sócio-profissionais através de uma ligação entre os
sistemas Administrativos e o contacto com o mundo laboral.

Refiro, também, que o relatório de estágio destina-se não só a descrever as actividades


desenvolvidas ao longo do estágio mas também a apresentar um enquadramento do trabalho
realizado em todo conhecimento que se adquiriu durante a formação, no curso de Licenciatura
em Administração e Gestão Hospitalar, pela Universidade Católica de Moçambique.

Assim o tema deste relatório é: ʺO Desempenho da Área Administrativa no Hospital Distrital de


Catandica˝.

Procurei atingir alguns objectivos, tais como:

 Obter contacto com o mundo de trabalho, que é cada vez mais competitivo e exigente;
 Adquirir contacto com as diversas áreas Administrativa, e com os procedimentos
envolvidos nesse processo administrativo;
 Proporcionar um pouco da realidade da teoria e a prática no Hospital Distrital de
Catandica.

Este relatório está Dividido em três partes:

Na primeira parte é uma breve apresentação da área de Administração Hospitalar, bem como
uma contextualização teórico sobre a evolução do desempenho da administração no Hospital
Distrital de Catandica; Na segunda parte tem como finalidade apresentar e caracterizar a entidade
de acolhimento e quais as actividades realizadas ao longo do estágio

A terceira parte contém as conclusões e considerações finais do estágio.

1
1.1 Contextualização Teórica
1.2 Breve Apresentação de Administração Hospitalar
A moderna administração, no ramo empresarial, tem evoluído de forma notável nos últimos
anos. Percebemos que ela tem sido aplicada com êxito em todos os tipos de empresas. Seus
princípios e teorias são universais e se encaixam perfeitamente à gestão de organizações
hospitalares. No entanto, é necessário encarar e dirigir esses hospitais como empresas e deixar de
lado o empirismo e o amadorismo (Borba, 2006).
De acordo com Borba (2006, p. 32), podemos definir administração hospitalar como o “conjunto
de princípios e actividades que envolvem o planeamento, organização, direcção e controle das
acções praticadas por gestores de instituições de saúde das redes pública e privada”.
A partir da visão dos autores podemos considerar que, assim como em qualquer tipo de
organização, as funções da administração estão sempre relacionadas com seus conceitos gerais
que são aplicados ao ramo empresarial, nesse sentido se propõe a coordenar e normalizar
qualquer que seja o meio de trabalho. (Fontinele Junior, 2002).
Assim como uma empresa que possui vários sectores, em um hospital não é diferente. Divide-se
em muitos departamentos para que de forma coordenada execute os serviços que oferece.
Todavia, segundo Fontinele Junior (2002), um hospital não pode ser observado como uma
empresa qualquer, já que é detentor de uma multiplicidade de sectores e serviços.
As primeiras estruturas hospitalares eram vistas como instituições de caridade administradas por
médicos, enfermeiros ou pessoas da comunidade que tinham a responsabilidade de gerenciar os
recursos escassos, não existindo, porém, a figura do administrador tendem a ser mais exigente.
O papel social do hospital veio evoluindo junto com a medicina e os avanços tecnológicos, se
transformando em lugares de prevenção e tratamento de enfermidades, auxiliados por
equipamentos, máquinas e infra-estruturas que dão suporte ao cuidado com o paciente. A
complexidade da estrutura hospitalar está relacionada às características peculiares das
actividades desenvolvidas e à diversidade dos serviços prestados.

2
2. Execução de Actividades do Estagio
No âmbito da realização do estágio foram desenvolvidas diversas actividades nas seguintes
Áreas:
 Área de Recursos Humanos RH;
 Área de Contabilidade;
 Área do Património;
 Núcleo de Estatística e Planificação (NEP);
 Economato ou Armazém;
 Assistência Medica;

2.1 Área de Recursos Humano


Por se tratar de uma área de actuação mais importante no que diz respeito a vida, o HDC tende a
buscar aprimoramento constante de técnica e serviço oferecido directamente aos pacientes a
partir dos médicos, enfermeiros, agentes de serviço, e todos aqueles que estão ligados
directamente na reabilitação dos pacientes.
Entretanto, a partir da data do início das actividades no Hospital Distrital de Catandica, tive a
oportunidade de fazer o levantamento das fichas de avaliação de cada funcionário, para
posteriormente serem levados a direcção provincial de saúde.
Ainda na área de recurso humanos Rh, justamente SDMAS, no âmbito realização das minhas
actividades de estágio, na repartição de recursos humanos, engajei-me na organização dos
processos individuais.
Os processos indivíduas são pastas ou ficheiros que contem todas as informações relativas a vida
profissional do funcionário.
De facto, esta é uma regra mais importante: de acordo com a chefe de repartição os processos
individuais devem conter todos os dados e documentos que dizem respeito ao funcionário.
Importa referir que os dados do funcionário devem também constar no Subsistema de
informação de pessoal (SIP)
A organização dos processos indivíduas obedece 4 passos nomeadamente:
 Pessoais;
 Funcionais;

3
 Formacional;
 Outros.
De acordo com as disposições que regulamentam a organização e funcionamento do arquivo
(vide artºs. 90 e seguintes das Normas já citadas), o processo individual faz parte integrante do
arquivo corrente pelo que a segurança, ordem e actualização dos processos são cometidas à
responsabilidade não só do funcionário encarregado do arquivo mas também da entidade que
nele superintende. O exame do processo individual só pode ser facultado às pessoas que a ele
devem ter acesso em razão das funções que exerçam. O exame é feito mediante requisição
devidamente autorizada, garantindo-se desta forma a segurança dos documentos contra eventuais
extravios ou intencionais. Os processos serão numerados e descritos em ficheiros, por ordem
alfabética.
É esta a razão porque a lei exige a sua numeração e inscrição em ficheiro próprio por ordem
alfabética. O processo individual deve obrigatoriamente estar actualizado com todos os
documentos que digam respeito ao funcionário a que corresponde, de modo a que uma rápida
consulta faculte uma leitura tão completa quanto possível da sua vida funcional, informação esta
indispensável a uma adequada gestão de pessoal.
Ainda no âmbito da área de Rh, sobre tudo na repartição do processamento de salário, foi se
desenvolvendo algumas tarefas, como é o caso de cálculos de salários dos funcionários do
Hospital Distrital de Catandica.
 Fui registar um funcionário no sistema
 Estar apto a efectuar o processamento de salários, automático e manual, e emitir os
recibos
 Fui capaz de fazer o registo e gestão de férias, falta, horas e ausências
 Saber como efectuar o processamento dos subsídios a que o funcionário tem direito
 Saber como gerir o contrato de trabalho de um funcionário
 Ser capaz de efectuar o processamento de honorários e actividades a independentes
 Ser capaz de emitir as obrigações fiscais.

2.2 Área de contabilidade


Durante a realização das minhas actividades neste área que por sinal Administrativa, constatei
que existe 4 livros indispensável e obrigatórios na área de contabilidade, nomeadamente:

4
 Livro das Requisições de Fundo Permanente;
 Livros de Numeração de Requisições de Fundo Comum;
 Livro de controlo Orçamentário de Fundo Permanente;
 Livro de Controlo orçamentário de Fundo Comum;

No livro de Numerações das Requisições de Fundo permanente, neste livro fui capaz de fazer o
lançamento dos processos ligados as aquisições. Neste mesmo livro deve ser acompanhado com
despacho de aprovação pelo técnico da UGEA, que por sua vez deve ser acompanhado ao
tribunal administrativo para a sua aprovação, e as respectivas execuções.
Ainda no que diz respeito ao estágio que realizei durante um mês no Hospital Distrital de
Catandica, fui ministrando uma palestra com o tema ética e Humanização Hospitalar que findou
com muito sucesso, houve intervenções e contribuições por parte dos funcionários, e estagiários
que lá se encontravam, entretanto, ao abordar em torno do tema foi possível constatar que os
profissionais assim como os demais que lá estiveram, pude analisar que em torno do assunto
abordado, os profissionais saíram satisfeito, e que de alguma forma já tinham conhecimento do
tema abordado. Pois embora, mostraram um pouco de desconforto quando abordei em torno do
comportamento ético, ou seja, a deontologia profissional dotado de princípios e normas que
devem reger um profissional de saúde.

3. Aspectos positivos referentes a realização do estágio no H.D.C


Desde o inicio do estágio que realizei na presente instituição, constatei os seguintes aspectos
positivo:
 Dinamismo do serviço, sua resolubilidade, visão geral da rede de atenção;
 Oportunidade de exercerem funções assistências;
 Uma equipe jovem dotada de competências e habilidades que respondem a demanda dos
serviços de saúde;
 Prestação de Cuidados de Saúde de Qualidade
 Os profissionais prestam uma Assistência Individualizada ao Paciente;
 Controlo de satisfação dos clientes externos (pacientes e acompanhantes) e interno
(profissionais);

5
 Acreditação Hospitalar, em todos os sentidos: no âmbito administrativo tanto na
medicina;
 Implementação de resistência multiprofissional;

3.1 Aspectos Negativos referentes a realização do estágio no H.D.C


No âmbito da realização das actividades identifiquei alguns pontos negativos nomeadamente:
 Ausência de um departamento especializado de sistema de informação;
 Reformas de edifícios Hospitalares;
 Natureza Organização filantrópica;
 Falta de controlo adequado de matérias e medicamentos
 Número insuficiente de Pessoal nas diversas áreas;
 Falta de controlo equipamentos para informatizar os serviços hospitalares;
 Baixa capacidade de manutenção de contratos com convénios;

6
4. Considerações Finais
No âmbito da realização no meu estágio, no Hospital Distrital de Catandica, que teve o seu inicio
no dia 24 de Janeiro a 21 de Fevereiro, eu considero que a minha experiencia foi muito valida e
extremamente enriquecedora. Realizei varias actividades em diversas áreas do saber com o qual
eu não tinha muito contacto ate então, durante este tempo pude aprender muita coisa que eu tinha
curiosidade de saber.
Também conheci pessoas interessantes e divertidas durante esse tempo, que mi ajudarão a
aprender mais quando duvidas, e que transformaram o ambiente num lugar leve, de muita
responsabilidade e muito profissionalismo.
Esperava que durante o período em que realizei o estágio Hospital Distrital de Catandica
Surgissem mas dificuldades em que a instituição enfrenta, mas pude perceber que a direcção
todas assume uma responsabilidade ética, sabem lidar com os obstáculos organizacionais no
sentido de torna-lo mas eficiente, e garantir maior satisfação dos pacientes.
Em termos de satisfação, importa referir que estou muito feliz por ter compartilhado, momento
único de profissionalismo. De forma geral fiquei bastante satisfeito com o estagio, pude aprender
bastante, mas também pude aplicar bastante do que havia aprendido, aprendi a se relacionar com
o ambiente do trabalho, acredito que durante esse período eu pude obter um amadurecimento
tanto profissional quanto pessoal que será extremamente importante para mim no futuro.

7
Declaração de Originalidade

Eu Carimo Agostinho António, estudando do curso de Administração e Gestão Hospitalar, da


Universidades católica de Moçambique, declaro que esta relatório da minha total autoria, e as
actividades realizadas por me desenvolvidas.

Estagiário
___________________________________________
Carimo Agostinho António

Chefe de Repartição
___________________________________________
Carlos California

Administrador
__________________________________________
Manuel Samuel Mabalene