Você está na página 1de 100

ALVENARIA ESTRUTURAL

Aspectos de
projeto

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

O desenvolvimento de projetos em alvenaria


estrutural exige procedimentos distintos dos
projetos de outros tipos de estruturas.

Em projeto concebido para alvenaria


estrutural, uma das premissas principais é
que haja uma compatibilização dos projetos
arquitetônico, estrutural, elétrico, hidro-
sanitário e preventivo de incêndio para a
definição dos projetos executivos.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

➔ alvenaria estrutural → sistema construtivo


racionalizado → facilitar a tarefa de quem constrói →
grau de detalhamento elevado

➔➔ soluções para problemas específicos →


detalhadas a fim de se evitar improvisações → desenhos
retratem fielmente cada parede da edificação

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PLANTA DE PRIMEIRA E SEGUNDA FIADA

Mostram tipos e posicionamentos dos blocos para a


construção das diversas paredes de um determinado
pavimento → usar cores distintas → usar legenda

➔ melhor entendimento do projeto → plantas de fiadas


logo acima da janela

➔ plantas de primeira e segunda fiada → aberturas de


portas → modulação → portas 60, 70, 80 ou 90 cm →
marcos de 3 cm → vãos de 66, 76, 86 e 96 cm.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

➔A linha tracejada indica o ponto da parede, a partir do


qual obtém-se a modulação de 20 cm (no sentido da
direita para a esquerda), confirmada na pré-modulação

PAGINAÇÃO DE PAREDES

➔ indicações das vistas de paredes que serão


representadas nas elevações → detalhes de blocos
elétricos ou hidráulicos e detalhes de elementos
especiais, tais como vergas e contravergas → folhas A4
ou A3 → seqüência executiva das paredes

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PLANTAS DE LOCAÇÃO

➔ elaborar plantas de locação dos blocos-


chave → blocos de cantos de paredes e
aqueles adjacentes às aberturas de portas.
sistema de cotas acumuladas
sistema de locação por coordenadas polares

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

A NBR 10837/89 (item 4.3.4.1.1) diz que para o


cálculo das vergas só é necessário tomar como
carregamento o peso da parte da parede
compreendida no triângulo isósceles (ângulo de
45o) definido sobre esta. Da carga do pavimento
acima que atue sobre a parede, só é considerada
aquela parte compreendida no triângulo.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

P (carga
concentrada) g (carga distribuida)

60° 45°

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

a
g

45° 45° 45° 45°

L L

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

As vergas de aberturas de portas podem ser


executadas com blocos canaleta, ou
preferencialmente empregando-se peças pré-
moldadas de concreto. Quando são utilizadas
vergas pré-moldadas, a espessura da peça é de 4
cm para que se obtenha uma altura útil de 216 cm
permitindo-se instalar portas de 2,10 m, dimensão
esta disponível no mercado

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

Normalmente, os blocos que


limitam as aberturas de portas
possuem seus vazados grauteados
contendo uma barra de 8 ou 10
mm, para aumentar a rigidez das
paredes.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

Ainda para as portas e janelas, devemos cuidar


para que não aconteça de ao efetuarmos a
modulação, colocarmos a verga com junta a
prumo no bloco inferior.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

Para as janelas também se pode usar


contramarcos pré-moldados para efetuar o vão.
Estes contramarcos devem ser calculados em sua
parte superior e irão descarregar na parte vertical
do contramarco que também deve ser armado.
Para os vão de ar condicionado também é
interessante usar contramarcos pré-moldados.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ABERTURAS, VERGAS E CONTRAVERGAS

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

COXINS
Quando tivermos uma carga concentrada, provinda
normalmente de uma viga, apoiada na parede estrutural,
devemos evitar o aparecimento de fissuras pelo
esmagamento da alvenaria. Para tantos são utilizados
coxins, normalmente de concreto.

0,4.h máx

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

COXINS

USAR BLOCO
CANALETA PREENCHIDO

POSSIBILIDADE
DE FISSURA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES
Os projetos complementares em alvenaria estrutural devem
ser desenvolvidos em paralelo aos projetos arquitetônico e
estrutural, de maneira que ocorra a compatibilização deles,
sendo previstas, antecipadamente, soluções para eventuais
detalhes que dificultem a fase de execução.
Como os elementos portantes em uma edificação em
alvenaria estrutural são as próprias paredes, não são
permitidos rasgos na horizontal para a passagem de
eletrodutos, pois os mesmos comprometem o desempenho
estrutural dos referidos elementos. Em função disso, nos
projetos elétricos e telefônicos para obras em alvenaria
estrutural é comum empregar-se descidas de eletrodutos em
cada ponto de força/comando de iluminação ou ponto
telefônico

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES
Se os pontos estão próximos, pode-
se utilizar dois blocos “elétricos”lado
a lado e efetuar a ligação com
pequenos rasgos feitos nos blocos
para a ligação.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES
Para definir o projeto hidráulico o projetista deverá interagir
com o projetista arquitetônico. Nessa interação deverá ser
definido a quem caberá o detalhamento do projeto executivo.
Deve-se tentar, sempre que possível, passar as tubulações
verticais em shafts específicos para isto.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES
Para as passagens de tubulações de água, pode-se usar blocos
especiais hidráulicos, chamados de blocos hidráulicos.
Normalmente estes blocos hidráulicos permitem a passagem de
tubulações de até 40 mm.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

bloco 14 cm

bloco 9 cm

inst. água

corte aa bloco 14 cm bloco 9 cm

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES
QDL verga interruptores tomadas

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

e1

e2=2xe1

e1

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

PROJETOS COMPLEMENTARES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE CONTROLE
Nos prédios com estrutura aporticada de concreto armado os
construtores estão acostumados com a recomendação de utilizar
juntas de dilatação espaçadas a intervalos máximos de 30 m.
Contudo, o mesmo não ocorre com as juntas de controle ou de
movimentação. Estas são juntas verticais existentes somente nas
paredes de alvenaria, não necessitando interromper lajes ou vigas
sobre as quais as paredes estão construídas.

Porém a NBR 10837 coloca que em edifícios de alvenaria


estrutura as juntas de dilatação estejam a cada 20 m ou com a
finalidade de evitar fissuras devido a variação brusca de esforços
verticais (torre com 8 andares junto com torre de 4 andares, por
exemplo).

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE CONTROLE

Lajes

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE CONTROLE
Classificação das juntas de controle ou de
movimentação:
• juntas de contração ou retração → utilizadas na alvenaria
de blocos de concreto para acomodar movimentos devido à
retração das paredes

• juntas de expansão → utilizadas para acomodar as


expansões do material cerâmico pela incorporação da umidade
da chuva na face externa da parede

• juntas horizontais ou deslizantes → empregadas nas


uniões de lajes com paredes para permitir que as deformações e
movimentações das lajes não transmitam esforços para as
paredes nas quais estão apoiadas.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE RETRAÇÃO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE EXPANSÃO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE EXPANSÃO

Isolante
Separador

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS (Recomendações)
Certas regras básicas devem ser observadas para determinar a
localização de juntas em prédios de alvenaria, particularmente as
juntas verticais. Locais onde há concentração de tensões, tais
como cantos de aberturas, são passíveis de acomodar juntas em
suas proximidades. Torna-se difícil determinar exatamente a
localização ideal das juntas, porém, as recomendações à seguir
apresentadas constituem uma orientação para a sua localização.
a) Juntas de retração e expansão devem ser posicionadas em:
• Locais onde há mudanças significativas na altura ou
espessura de paredes;
• Ao lado de colunas ou de reforço de paredes;
• No encontro de paredes perpendiculares;
• Em locais onde serão embutidas dutos ou canalizações.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE EXPANSÃO
b) Não se deve confundir juntas de retração com juntas de
expansão. As juntas de retração são para a alvenaria de blocos de
concreto e freqüentemente não necessitam de materiais tão
flexíveis como selantes, plásticos e mastiques como as juntas de
expansão.
d) Não se deve pintar sobre juntas de expansão ou dilatação.
Juntas devem ser visíveis e destacadas na parede, de modo a se
deixar claro que aquela linha vertical foi feita propositadamente.
e) Deve-se deixar uma reentrância na superfície da junta para que
se possa dissimular alguma possível microfissura. Para isto é
importante que a junta seja salientada na parede com saliências e
reentrâncias.
f) As juntas de movimentação ou controle devem estar alinhadas
com as juntas estruturais da construção.

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

JUNTAS DE EXPANSÃO

Mudança
de altura
Mudança de
Enchimento espessura
compressível
Selante

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

EDIFÍCIO BELLA VITA

INCORPORADORA SM LTDA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

EDIFÍCIO DI CAVALCANTI

INCORPORADORA SM LTDA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

FOTOS VISITA OBRA

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

BLOCOS SÍLICOS-CALCÁRIO - PRENSIL

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

ALGUNS FABRICANTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

MUROS COM USO E


CONTRAFORTES

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ


ALVENARIA ESTRUTURAL

MURO COM BLOCOS DE CONCRETO

PROF. SILVIO EDMUNDO PILZ

Você também pode gostar