Você está na página 1de 5

1.

Agua flui para baixo ao longo de um tubo inclinado de 30o em relação `a horizontal conforme
mostrado na figura. A diferença de pressão PA - PB´e causada parcialmente pela gravidade e
parcialmente pelo atrito. Obtenha uma expressão algébrica para a diferença de pressão citada.
Calcule esta diferença se L = 5 pés e h =6 polegadas.

Dados:
Massa específica da água é de 1000 kg/m Massa específica do mercúrio é de 13600 kg/m³ 1 ft =
0,3048 m 1 in = 0,0254 m
h= 6 in=0,1524 m
L= 5 ft= 1,524 m
Resolução
O sentido está orientado de A para B, ou seja, aplicando a equação, temos:
PA + ρ H2O.g.x +ρ H2O.g.a +ρ H2O.g.h-ρ H2O.g.h-ρ H2O.g.a=PB
PA + ρ H2O.g.x +ρ H2O.g.h -ρ Hg.g.h=PB
Onde x é dada pelas relações trigonométricas do triângulo retângulo, constante da figura.
X 1 X L
Sen 30o = <=> = <=> X= ; substituindo a relação para x na equação, temos:
L 2 L 2
L L
PA + ρ H2O.g. +ρ H2O.g.h -ρ Hg. ρ H2O.g.h=0 <=> PA -PB + ρ H2O.g[ +h -ρ Hg.h]=0
2 2
L L
<=> PA -PB = ρ H2O.g[ρ Hg.h-h- ] <=> PA -PB = ρ H2O.g[h(ρ Hg-1)- ]
2 2
Substituindo os valores números das grandezas físicas, teremos:
1,524 N
PA -PB =1000g/m3.9,8 m/s2[0,1524m.(13,6-1) - m].
2 kg . m/s 2
PA -PB = 9800 (0,1524x12,6 -0,762) N/m2
PA -PB = 9800.1,15824 N/m2 <=> PA -PB = 11350,752 Pa <=> PA -PB = 11,35 kPa

2. Água escoa em regime permanente através do tubo de Venturi mostrado. Considere no trecho
mostrado que as perdas são desprezíveis. A área da seção (1) é 20cm² e a da seção (2) é 10cm².
Um manômetro de mercúrio é instalado entre as seções (1) e (2) e indica o desnível mostrado.
Determine a vazão de água que escoa pelo tubo.

Dados: Equação manométrica

Ponto A

PA =P1

Ponto B

Pn = ¿H2O.h) + P1

Ponto C

P=PB

Pc = ¿H2O.h) + P1

Ponto D

PD = −¿Hg.h) + ¿H2O.h) + P1

Diferença de pressão

P2 =PD= −¿Hg.h) + ¿H2O.h) + P1

P2 = −¿Hg.h) + ¿H2O.h) + P1

P1−¿P2 = h. (γ Hg −γ H2O)

Equação de Bernoulli

P 1 v 21 P 2 v 22 P1 v 21 P2 v 22 P1− P v 22−v 21
+ = + <=> + = + <=> = 2

γ 2g γ 2g γH 2 O 2 g γ H 2O 2 g γH 2 O 2g

Substituir agora, teremos:


Sabemos que:
Cálculo 1 = h - (Yhg- YH2O) = V2² - V1²
                          YH20                2 - g
Cálculo 1 = 0,2 - (136000 - 10000) =  V2² - V1²
                           10000                           20
Cálculo 1 = 2,52 = V2² - V1²
                                     20
Cálculo 1 = V2² - V1² = 2,52 * 20
Cálculo 1 = V2² - V1² = 50,4
Cálculo 2 ⇒ V1 * A1 = V2 *A2
Cálculo 2 ⇒ V1 * 2,5. A2 = V2 *A2
Cálculo 2 ⇒ V2 = 2,5 . V1
Cálculo 3 ⇒ 50,4 = (2,5 * V1 )² - V1²
Cálculo 3 ⇒ 50,4 = 6,25 * V1² - V1²
Cálculo 3 ⇒ V1² = 50,4 ÷ 5,25
Cálculo 3 ⇒ V1² = 9,6
Cálculo 3 ⇒ V1 = √9,6
Cálculo 3 ⇒ V1 = 3,1 m/s
Cálculo 4 ⇒ Q = V1 * A
Cálculo 4 ⇒ Q = 3,1 * 78,4 . 10⁴
Cálculo 4 ⇒ Q = 243,3 . 10⁴ m³/s
Cálculo 4 ⇒ Q = 0,0243 m³/s
Cálculo 4 ⇒ Q = 24,3 litros/s