Você está na página 1de 6

Teste de Avaliação 2

TATeste de Avaliação 2

GRUPO I

1. No equilíbrio químico o quociente entre o produto da concentração dos reagentes e o produto da


concentração dos produtos de uma reação química, elevados aos seus respetivos coeficientes
estequiométricos, mantém-se constante ao longo do tempo, embora a reação continue a ocorrer.

Teoricamente, todas as reações químicas ocorrem nos dois sentidos: os reagentes transformam-
se em produtos e os produtos transformam-se em reagentes.

Estas reações são reversíveis.

Contudo, em certas reações, como a de combustão, praticamente 100% dos reagentes são
convertidos em produtos, e não se observa a reação no sentido contrário (ou pelo menos não em
escala mensurável); tais reações são
chamadas de irreversíveis. O conceito de equilíbrio químico restringe-se às reacções reversíveis.

1.1. Existem vários fatores que podem afetar o equilíbrio químico e/ou o rendimento de uma reação
química.

Selecione a opção correta.

(A) A alteração da temperatura apenas influencia o equilíbrio químico mas não altera o valor da
constante de equilíbrio.
(B) Alterações de pressão e temperatura alteram o valor do rendimento da reação e a constante
de equilíbrio.
(C) A alteração da concentração de um reagente ou produto da reação não altera o valor do
rendimento da rea- ção nem da constante de equilíbrio químico.
(D) Alterações na temperatura influenciam geralmente o rendimento da reação, alteram o estado
de equilíbrio químico e o valor da constante de equilíbrio químico.

1.2. Comente a seguinte afirmação:

“Reações reversíveis nunca podem ter um rendimento de 100%, ao contrário das reações de
combustão.”

1.3. O equilíbrio químico em que o tetróxido de dinitrogénio (N2O4) se transforma em dióxido de


nitrogénio (NO2) está apresentado na equação seguinte:

N O (𝑔) → 2𝑁𝑂 (𝑔) ∆𝐻 > 0


Teste de Avaliação 2

O tetróxido de dinitrogénio gasoso apresenta-se incolor e o dióxido de nitrogénio vermelho-


acastanhado.
Considere dois equilíbrios químicos alcançados, à mesma temperatura, em duas situações
diferentes.
No gráfico A, partindo de uma concentração inicial de 0,0500 mol/L de tetróxido de dinitrogénio e,
no gráfico B, partindo de uma concentração inicial de 0,1000 mol/L de dióxido de nitrogénio.

Fonte: “General Chemistry – principles, patterns and applications”, The Saylor Foundation

Em ambas as situações, a concentração no equilíbrio químico foi:


NO 2 e  0,0156 mol dm 3 e N2O 4 e  0,0422 mol dm3 .

1.3.1. Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte.

É possível concluir que…


(A) …o equilíbrio químico é atingido mais rapidamente quando no início da reação apenas existe o
reagente (N2O4).
(B) …o equilíbrio químico é atingido mais rapidamente quando no início da reação apenas existe o
produto da reação (NO2).
(C) …a constante de equilíbrio é a mesma quer apenas exista inicialmente reagente ou produto da
reação.
(D) …a velocidade da reação no sentido direto aumenta sempre com o decorrer da reação, até
que se estabeleça o equilíbrio químico.

1.3.2. Indique a relação que existe (maior, menor ou igual) entre o quociente da reação no início da
reação descrita pelo gráfico A e a constante de equilíbrio.

1.3.3. Selecione a opção que permite obter uma cor vermelho-acastanhada mais intensa.
(A) Aumento da pressão do sistema reacional.
(B) Diminuição da concentração do produto da reação (NO2).
(C) Aumento da temperatura.
(D) Diminuição da temperatura.
Teste de Avaliação 2

1.3.4. Selecione a opção que contém a expressão que permite determinar o valor da constante de
equilíbrio à temperatura considerada.

 0,0156 
2
0,0156
(A) (B)
0,0422 0,0422

0,0422 2
(C) (D) 
0,0156 
 0,0156 
2

 0,0422 

Grupo II
2. A reação de formação do amoníaco é uma das mais importantes da indústria mundial.
3H (g) + N (g) → 2NH (g) com |∆H| = 92kJ
Os valores da constante de equilíbrio do sistema em equilíbrio, a diferentes temperaturas, para o
equilíbrio apresentado surgem na tabela seguinte.
Temperatura (K) Kc

500 90
600 3
700 0,3
800 0,04

2.1. Justifique, com base nos valores da tabela, que a reação de síntese do amoníaco é
exoenergética.

2.2. Selecione a opção que contém o gráfico que melhor traduz a variação da concentração em
função do tempo de todas as espécies químicas presentes neste equilíbrio reacional, quando a
um sistema em equilíbrio químico se adiciona amoníaco.
Teste de Avaliação 2

2.3. A adição de ácido clorídrico ao equilíbrio químico leva à formação de cloreto de amónio de
acordo com a seguinte equação:
NH (aq) + HCl(aq) → NH Cl (aq)

Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte. A adição de ácido clorídrico ao
equilíbrio inicial…
(A) … faz diminuir o rendimento da reação de síntese de amoníaco.
(B) … aumenta o valor da constante de equilíbrio da síntese de amoníaco.
(C) … obriga a reação de síntese a evoluir no sentido direto.
(D) … aumenta a concentração de reagentes na reação de síntese de amoníaco.

Grupo III
3. O pentacloreto de fósforo (PCℓ5) é utilizado na química orgânica para substituir grupos hidróxilo de
álcoois por átomos de cloro. Este composto não deve ser exposto a elevadas temperaturas porque se
decompõe libertando “gás cloro” (Cℓ2) extremamente venenoso.

𝑃Cl (g) → PCl (g) + Cl (g) 𝐾 = 0,0420 a 250°C

3.1. Determine a concentração de tricloreto de fósforo (PCℓ3) em equilíbrio químico, quando num
recipiente fechado de 1,00 L de capacidade se introduzem, inicialmente, 52,0 g de pentacloreto de
fósforo e se aquece o recipiente até uma temperatura de 250 °C.

3.2. Selecione a opção que permite aumentar o rendimento da reação apresentada.


(A) Adicionar mais pentacloreto de fósforo à mistura.
(B) Aumentar a pressão dentro do vaso reacional por adição de um gás inerte.
(C) Diminuir a temperatura do vaso reacional.
(D) Diminuir a concentração de dicloro.

3.3. Determine a concentração em equilíbrio químico de pentacloreto de fósforo quando, numa outra
experiência, se adiciona inicialmente 1,00 mol de todas as espécies químicas da mistura, nas
mesmas condições de temperatura e volume da alínea 3.1..
M PC 5   208,24 g mol1

Grupo IV
4. Considere a reação entre o vapor de água e o monóxido de carbono:
𝐻 O (g) + CO (g) → 𝐻 (g) + CO (g)

Nesta reação elimina-se um composto altamente tóxico, o monóxido de carbono, e obtém-se


hidrogénio molecular, substância com elevado valor comercial.
4.1. Adicionou-se vapor de água a monóxido de carbono num recipiente fechado a temperatura
constante, com concentrações iniciais destes reagentes iguais a 36,0 g/L e 1,00 mol/L,
respetivamente. Atingido o equilíbrio químico, determinou-se o rendimento da reação, obtendo-se
o valor de 90%.
Comprove que o valor da constante de equilíbrio para esta reação, à temperatura considerada, é
7,4.

M  H2O   18,02 g mol1 M (CO)  28,01 g mol1


Teste de Avaliação 2
4.2. Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte.
Com base no Princípio de Le Châtelier, é possível prever que adicionando a reação vai
evoluir no sentido .
(A) … di-hidrogénio… direto (B) … monóxido de carbono… inverso
(C) … vapor de água… direto (D) … dióxido de carbono… direto

4.3. Ao sistema são adicionados todos os componentes da mistura, à mesma temperatura da alínea
4.1., de forma que as concentrações da mistura neste instante sejam as expressas na tabela
seguinte (em mol/L).

[H2O] [CO] [H2] [CO2]

10 10 2,0 2,0
Determine o quociente da reação para este instante e indique, justificando, em que sentido irá
evoluir esta reação até atingir um novo equilíbrio químico.

Grupo V

5. Para investigar alterações de equilíbrios químicos em sistemas aquosos por variação da


concentração de reagentes e produtos, um grupo de alunos resolveu alterar a concentração das
espécies químicas envolvidas no seguinte equilíbrio químico:
𝐹𝑒 (𝑎𝑞) + 𝑆𝐶𝑁 → 𝐹𝑒𝑆𝐶𝑁 (𝑎𝑞)
(Amarelo) (Incolor) (Vermelho)

Para cumprir com este objetivo, os alunos puderam utilizar as soluções aquosas, com iguais
concentrações, dos seguintes sais:
Nitrato de prata (AgNO3) Tiocianato de sódio (NaSCN)
Cloreto de potássio (KCℓ) Nitrato de ferro(III) [Fe(NO3)3]

Hidróxido de sódio (NaOH)

Começaram por colocar 4 gotas da solução contendo o tiocianoferrato(III), catião ferro(III) e tiocianato
em várias concavidades de uma placa de microescala, devidamente numerada, tendo o cuidado de
deixar como teste de controlo a concavidade 1.
5.1. Explique a necessidade da existência de uma concavidade de controlo. Identifique o conteúdo
desta concavidade.

5.2. Sabendo que:


A adição de nitrato de prata à solução em equilíbrio forma o tiocianato de prata:
𝐴gNO (aq) + SCN (𝑎𝑞) → 𝐴𝑔𝑆𝐶𝑁(𝑠) + 𝑁𝑂 (aq)
e a adição de cloreto de potássio à solução em equilíbrio forma o tetracloroferrato(III):
𝐹𝑒 (ag) + 4𝐾𝐶𝑙 (𝑎𝑞) → 𝐹𝑒𝐶𝑙 (𝑎𝑞) + 4𝑘 (𝑎𝑞)
selecione a opção que indica em que sentido irá evoluir o equilíbrio químico a estudar pela adição
de nitrato de prata e cloreto de potássio.
Teste de Avaliação 2
(A) A adição de ambos leva o equilíbrio químico a evoluir no sentido direto.
(B) A adição de ambos leva o equilíbrio químico a evoluir no sentido inverso.
(C) A adição de nitrato de prata leva o equilíbrio químico a evoluir no sentido direto e a adição de
cloreto de potássio leva o equilíbrio químico a evoluir no sentido inverso.
(D) A adição de nitrato de prata leva o equilíbrio químico a evoluir no sentido inverso e a adição de
cloreto de potássio obriga o equilíbrio químico a evoluir no sentido direto.

5.3. Os alunos verificaram que a adição das soluções de nitrato de ferro(III) e tiocianato de sódio
tornaram a solução mais vermelha. A adição de hidróxido de sódio tornou a solução final mais
amarela.
5.3.1. Escreva a reação de captura do catião ferro(III) que ocorre na solução contendo o equilíbrio
químico por adição de hidróxido de sódio.

5.3.2. Selecione a opção que contém os termos que completam corretamente a frase seguinte.
Por mudança da concentração dos reagentes, a cor mais vermelha resulta da evolução do
equilíbrio químico no sentido e a cor mais amarela da evolução do equilíbrio químico no
sentido .
(A) … direto… inverso (B) … direto… direto
(C) … inverso… inverso (D) … inverso… direto

5.4. Depois de refletirem sobre os resultados, os alunos preveem que a adição de um sal contendo
tiocianoferrato(III) iria tornar, no novo estado de equilíbrio químico, a cor vermelha da solução
ainda mais intensa do que antes da perturbação.

Elabore um texto onde explique se concorda ou não com esta conclusão, justificando
convenientemente.