Você está na página 1de 3

Revista da Graduação da Faculdade do Centro Leste

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE ÁCIDO


ACETILSALICÍLICO EM MEDICAMENTOS
COMPRIMIDOS
Evelyn Luize Toledo Cosme, Lorayne Costa Simões, Ludmilla Ventura Alves, Thayná Raider
Tavares

Faculdade do Centro Leste, Endereço, Rod. ES – 010, km 6, S/N, Manguinhos, Serra - ES

Resumo
Este estudo foi baseado em avaliação de comprimidos de ácido acetilsalicílico (AAS) com o objetivo de analisar o
teor do princípio ativo (P.A.) em apresentações comerciais disponíveis em Drogarias/Farmácias bem como aplicar
conceitos de química analitica. Sendo o estudo realizado no Laboratório de Química da faculdade do Centro leste,
através de análise titulométrica.

1. Introdução Visto que a probabilidade de adquirir remédios que


não estão de acordo com a regulamentação é grande e
O ácido acetilsalicílico (AAS) é um composto que seu consumo pode acarretar em sérios problemas
orgânico amplamente utilizado em medicamentos que à saúde do consumidor, já que a medicação prescrita
possuem ação antitérmica, na diminuição da não corresponde à utilizada, se faz necessário
temperatura corporal; analgésica, no alívio de dores; e comprovar a veracidade das informações contidas na
anti-inflamatória, no tratamento de inflamações. [1] bula de comprimidos de AAS com relação ao teor do
Essa substância é indicada para diminuir o ácido.
agrupamento de plaquetas, evitando a formação de A química analítica é o ramo da química que através
coágulos sanguíneos e consequentemente doenças do desenvolvimento de métodos visa identificar,
cardiovasculares. [2] Sua fórmula molecular é separar e quantificar certo composto dentro de uma
C9H8O4 e possui estrutura como segue na Figura 1. amostra. [4] A titulação ácido base, também conhecida
como volumetria de neutralização, é uma técnica
bastante utilizada dentro da química analítica para
quantificar bases ou ácidos em soluções. A reação que
rege esse método é a reação de neutralização:

H+(aq) + OH-(aq) → H2O(l) (1)


Figura 1. Estrutura do Ácido Acetilsalicílico
Para a determinação da concentração de soluções
O AAS também é popularmente conhecido como ácidas utiliza-se uma solução alcalina de concentração
aspirina e possui grande demanda mundial. Tal já conhecida (solução padrão), e para determinar a
demanda faz com que a adulteração e falsificação concentração de soluções alcalinas, utiliza-se uma
deste medicamento seja bastante comum. Segundo a solução padrão ácida. [5] No caso deste estudo, a
Organização Mundial da Saúde (OMS), práticas como substância que deseja-se quantificar é o ácido
essa tiveram aumento considerável não apenas em acetilsalicílico e o titulante que neutralizará o mesmo
território nacional, mas também mundialmente. [3] é uma solução padronizada de hidróxido de sódio
De acordo com a Agência Nacional de Vigilância (NaOH), utilizando-se o indicador ácido-base
Sanitária (ANVISA), dependendo do tipo de fenolftaleína (C20H16O4). A reação a seguir representa
adulteração da fórmula podem ser acarretados a reação de neutralização entre o AAS e o NaOH.
diversos efeitos colaterais, desde a intoxicação
causada pela ingestão de substâncias tóxicas, até a C8O2H7COOH(aq) + NaOH(aq) →
morte com o tratamento inadequado para a doença. [2] C8O2H7COOH(aq) + H2O(l) (2)
Revista da Graduação da Faculdade do Centro Leste

O trabalho tem como objetivo determinar o teor de 6. Titular as amostras com solução padrão de
ácido acetilsalicílico em comprimidos utilizando NaOH 0,3M até o ponto de viragem
metodologia de análise físico-química acessível, de caracterizado pela cor rósea.
7. Anotar o volume gasto do titulante.
baixo custo, baixa geração de resíduos e fácil
8. Repetir o mesmo procedimento por mais duas
execução, com intuito de aplicar os conhecimentos vezes para cada marca de medicamento.
adquiridos na disciplina de química analitica.
2.3 Método 2
2. Metodologia
1. Macerar separadamente os comprimidos de
® ®
O presente estudo tem como base a avaliação Melhoral e Aspirina com auxílio de um
quantitativa do teor de princípio ativo em pistilo.
comprimidos de ácido acetilsalicílico, de formas 2. Em um erlenmeyer de 250 mL, pesar 0,2 g de
farmacêuticas comerciais disponíveis em farmácias e cada comprimido macerado.
drogarias, a partir de doseamento experimental com 3. Numa proveta adicionar 20 mL de álcool
técnica de análise físico-química titulométrica. etílico e 15 mL de NaOH 0,3M ao erlenmeyer.
Para análise estatística a metodologia deve ser 4. Aquecer a solução a 80°C por 15 minutos.
desenvolvida em quintuplicata com amostras de 5. Esfriar a solução a temperatura ambiente.
comprimidos comerciais de diferentes fabricantes e 6. Agitar até a solubilização completa da amostra
apresentações. e, em seguida, adicionar 3 gotas de
As marcas escolhidas para serem testadas neste estudo fenoftaleína.
® ® 7. Titular as amostras com solução padrão de HCl
foram: Melhoral e Aspirina . A seleção de tais
marcas foi feita a partir do grau de solubilidade na 0,1M até que sua cor mude de fúcsia para
mistura hidroalcoólica (água e álcool etílico). incolor.
8. Anotar volume gasto do titulante.
9. Repetir o mesmo procedimento por mais duas
2.1 Preparo de Soluções vezes para cada marca de medicamento
2.1.1 Preparo da Solução de NaOH (0,3 mol.L-1) 3. Resultados e Discussões
1. Em um béquer de 100 mL pesar 3,0 gramas de
NaOH (P.M. 40,00).
2. Solubilizar com água destilada.
3. Transferir a solução para um balão volumétrico
de 250 mL e completar com água.

2.1.2 Preparo da Solução de HCl (0,1 mol.L-1 )

1. Em um balão volumétrico de 250 mL


adicionar uma pequena quantidade de água.
2. Pipetar 2 mL de HCl (P.M 36,46) (Teor 37%)
e adicioná-lo ao balão.
3. Solubilizar com água destilada até o volume
do balão volumétrico ser completado.

2.2 Método 1

1. Separadamente pesar um comprimido de


® ®
Melhoral e um de Aspirina . Tomar nota.
2. Macerar os comprimidos com auxílio de um
pistilo.
3. Transferir as amostras para um erlenmeyer de
250 mL.
4. Numa proveta adicione 20 mL de álcool etílico
e 20 mL de água.
5. Agitar até a solubilização completa da mistura
e em seguida adicionar 3 gotas de fenolftaleína.
Revista da Graduação da Faculdade do Centro Leste

Referências

[1] VARGAS, B. M; BRINHOL, M. Química


Analítica Experimental: Volumetria De Neutralização.
Curso de Engenharia Química, UNIPAMPA, 2014.
[2] AAS® PROTECT. Silvia Regina Brollo
São Paulo: Sanofi-Aventis Farmacêutica Ltda. [Lote:
L 7E8278]. Bula de remédio.
[3] AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA
SANITÁRIA - ANVISA. Cartilha: O que Devemos
Saber Sobre Medicamentos. Brasília - DF, 2010.
[4] Portal Educação: Conceitos em química analítica.
Disponível em: https://bit.ly/2oXfQhZ. Acesso em: 10
de Setembro de 2018.
[5] Laboratório de Química. Experimento 5:
Determinação do teor de ácido acetilsalicílico em
comprimidos. Disponível em: https://bit.ly/2N5DLKg.
Acesso em: 14 de Agosto de 2018.
[6] Desenvolvimento de Metodologia Analítica para
determinação do teor de ácido acetilsalicílico em
comprimidos. Disponível em:
http://www.annq.org/congresso2009/trabalhos/pdf/T5
4.pdf . Acesso em: 30 de Outubro de 2018.