Você está na página 1de 7

OBJETIVO GERAL: Ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades das crianças, diversificando e consolidando novas

aprendizagens, atuando de maneira complementar à educação familiar


CAMPO DE OBJETIVOS DE
EIXOS TEMÁTICO/CONTEUDOS ATIVIDADES
EXPERIENCIAS APRENDIZAGENS

 Agir de maneira 1- RELAÇÃO COM OS COMPANHEIROS  Brincadeiras nos


independente, com confiança em  Brincar, expressando emoções, sentimentos, espaços internos e
suas capacidades, reconhecendo pensamentos, desejos e necessidades; externos;
suas conquistas e limitações.  Estabelecer vínculos afetivos e de troca com  Rodas de histórias;
 Ampliar as relações adultos e crianças, fortalecendo sua autoestima e  Rodas de conversas
interpessoais, desenvolvendo ampliando gradativamente suas possibilidades de  Oficinas de desenhos,
atitudes de participação e comunicação e integração social; pinturas e
cooperação.  Organizar o ambiente e as rotinas, favoráveis a modelagens.
 Comunicar suas ideias e uma boa transição casa-escola e criação de  Desenvolver em sala
sentimentos a pessoas e grupos vínculos entre as crianças. de aula o hábito de
diversos. 2 - AUTOCONHECIMENTO E CUIDADO DE SI registros dos
 Demonstrar valorização das MESMO. acontecimentos
características de seu corpo e  Considerar preferencias, sentimentos e opiniões vivenciados no seu dia
EU, O OUTRO respeitar as características dos das crianças. a dia;
E O NÓS outros (crianças e adultos) com  Desenvolver uma identidade pessoal, um  Criar momentos de
os quais convive. sentimento de autoestima, autonomia, confiança convivências onde a
 Manifestar interesse e em suas possibilidades e de pertencimento a um familiar participe das
respeito por diferentes culturas e determinado grupo é tnico-racial, crença religiosa, aulas, seja para contar
modos de vida. local de nascimento etc. uma história, relatar
 Usar estratégias pautadas  Conhecer seu próprio corpo, suas informações sobre os
no respeito mútuo para lidar com potencialidades e seus limites. filhou ou até mesmo
conflitos nas interações com  Desenvolver e valorizar hábitos de cuidado com a fazer atividades
crianças e adultos. própria saúde e bem-estar. lúdicas pelo menos
duas vezes por mês.
CAMPO DE OBJETIVOS DE
EIXOS TEMÁTICO/CONTEUDOS ATIVIDADES
EXPERIENCIAS APRENDIZAGENS

 Criar com o corpo formas 1 - EXPERIÊNCIAS COM BRINCADEIRAS  Dança, jogo,


diversificadas de expressão de Utilização de expressividade intencional do movimento brincadeiras,
sentimentos, sensações e nas situações cotidianas e em suas brincadeiras como: práticas esportivas,
emoções, tanto nas situações do  Movimento: saltar, girar, cair, deslocar-se, etc.,
cotidiano quanto em gesticular etc.;
brincadeiras, dança, teatro,  Dinâmicas ou qualidades: rápido, lento, forte,  Uso de diferentes
música. leve, direto, flexível etc.; gestos, posturas e
 Tamanho: alto, médio, baixo, etc. expressões
 Criar movimentos, gestos,  Orientação em relação a aproximar-se ou corporais com
olhares e mímicas em distanciar-se de determinados pontos. intencionalidade.
brincadeiras, jogos e atividades
artísticas como dança, teatro e 2 - EXPERIÊNCIAS COM DANÇ A
música. Coordenação voluntaria dos grandes e pequenos  Brincar, jogar,
músculos através de: imitar e criar ritmos
CORPO,  Explorar diferentes  movimentos leves ou fortes, rápidos ou lentos, e movimentos.
GESTOS E qualidades e dinâmicas do
MOVIMENTOS  percorrer o espaço sozinha ou interagindo com
movimento, como força, parceiros,  Dramatizações.
velocidade, resistência e  imitar os movimentos de determinado animal ou
flexibilidade, conhecendo o jeito de andar de um personagem.
gradativamente os limites e as
potencialidades de seu corpo. 3- EXPERIÊNCIAS COM DRAMATIZAÇÃO
 Experimentações vividas pelas crianças
possibilitam: a leitura de histórias, a brincadeira,
a expressão plástica, a música, o movimento.
CAMPO DE OBJETIVOS DE
EIXOS TEMÁTICO/CONTEUDOS ATIVIDADES
EXPERIENCIAS APRENDIZAGENS

 Utilizar sons produzidos por 1 - LINGUAGEM MUSICAL  Escutar uma música,


materiais, objetos e instrumentos Identificação de qualidades como:
musicais durante brincadeiras de  Duração: sons curtos ou longos,  Explorar diferentes
faz de conta, encenações, criações  Altura: sons graves ou agudos, sons, ritmos, formas,
musicais, festas.  Intensidade dos sons: fracos ou fortes cores, texturas,
 timbre (que qualifica os sons a partir da fonte que objetos e materiais,
 Expressar-se livremente por os origina). construindo cenários
meio de desenho, pintura, colagem, para brincadeiras de
dobradura e escultura, criando 2- LINGUAGENS VISUAIS faz de conta,
produções bidimensionais e Desenvolver atividades com: encenações ou para
tridimensionais.  desenho, pintura, escultura, modelagem, festas tradicionais.
colagem, gravura, fotografia, visitas a museus e
TRAÇOS, locais de produção e divulgação da arte visual.  Interpretação de
SONS, CORES  Reconhecer as qualidades do  Datas Comemorativas: Carnaval, Páscoa, Dia músicas e produção
E FORMAS som (intensidade, duração, altura e do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos de gestos.
timbre), utilizando-as em suas Pais, 07 de setembro, Dia das Crianças,
produções sonoras e ao ouvir Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros
músicas e sons.
CAMPO DE OBJETIVOS DE
EIXOS TEMÁTICO/CONTEUDOS ATIVIDADES
EXPERIENCIAS APRENDIZAGENS

 Expressar ideias, desejos e 1 – LINGUAGEM ORAL  Ouvir, compreender,


sentimentos sobre suas vivências,  Ampliação do vocabulário; contar, recontar e
por meio da linguagem oral e  Exposição oral de ideias com clareza e criar narrativas.
escrita (escrita espontânea), de sequência lógica;  Repetição de
fotos, desenhos e outras formas  Interpretação de imagens, símbolos e sinais; estruturas simples
de expressão.  Desenho como forma de representação; (nomes próprios,
 Narrar, descrever, explicar, relatar, ouvir e colegas e família);
 Desenvolver percepções argumentar com outras crianças.  Leitura de imagens;
visuais, auditivas e coordenação  Discriminação auditiva;  Relatos de fatos
visomotora. vivenciados;
2 – LEITURA  Incentivar o
 Reconhecer e escrever o Trabalhar com a capacidade de observação e reconhecimento de
seu nome. representação despertando o interesse pela leitura e a rótulos;
escrita das vogais, consoantes e palavras através de:  Traçar linhas (retas,
 Recontar histórias ouvidas e  Práticas de leitura; curvas, sinuosas e
ESCUTA, FALA, planejar coletivamente roteiros de
 Discriminação visual; mistas),
PENSAMENTO vídeos e de encenações,
E IMAGINAÇÃO  Jogos verbais: modalidades de linguagem: trava-  Jogos pedagógicos
definindo os contextos, os
línguas, adivinhas, parlendas, quadrinhas, na escrita
personagens, a estrutura da
poemas e canções  Atividades de
história.
formação de
3 – LINGUAGEM ESCRTA palavras com
 Identificar as vogais e as
encontros vocálicos
consoantes.
 Apresentação do alfabeto cursivo (vogais e
 Levantar hipóteses em consoantes);
relação à linguagem escrita,  Estudo das vogais: reconhecer, ler, traçar e
realizando registros de palavras e escrever as vogais.
textos, por meio de escrita  Encontros Vocálicos: identificar, ler e escrever,
espontânea. palavras formadas apenas por encontros
vocálicos.
 Escrita do nome;
 Práticas de escritas individuais e coletivas
CAMPO DE OBJETIVOS DE
EIXOS TEMÁTICO/CONTEUDOS ATIVIDADES
EXPERIENCIAS APRENDIZAGENS
1 – EXPERIÊNCIAS EM RELAÇÃO AO ESPAÇO  Ligar números e
 Desenvolver noções de  Noções espaciais: estática (longe, perto, em descobrir figuras;
espaço e tempo cima, embaixo, dentro, fora) e dinâmica (para  Contar os dedos
frente, para trás, para o lado, para cima, para das mãos;
 Estabelecer relações de baixo, na mesma direção, para a direita, para  Utilizar diferentes
comparação entre objetos, a esquerda). estratégias para
observando suas propriedades.  Representação do espaço a partir de juntar, repartir e tirar
diferentes pontos de referência: situações quantidades, e a
 Desenvolver noções de exploração tátil e visual das propriedades avançar ou
geométricas e distinguir as (forma, tamanho, posição, direção) e das retroceder em uma
formas formas geométricas (planas e não planas) série numérica.
2 - EXPERIÊNCIAS EM RELAÇÃO AO TEMPO  Promoção de
 Desenvolver o conceito  Noções de tempo físico (dia e noite, brincadeiras para
numérico através das expressões estações do ano, ritmos biológicos); trabalhar noções
verbal e gráfica.  Noções de tempo cronológico (ontem, espaciais,
ESPAÇOS, hoje, amanhã; semana, mês e ano); temporais.
TEMPOS,  Desenvolver noções de 3 - EXPERIÊNCIAS EM RELAÇÃO À QUANTIDADE  Oficinas de
QUANTIDADES, grandeza, de posição, de  Contagem de objetos (brinquedos, livros etc.); desenho, pintura,
RELAÇÕES E capacidade de massa, de  Construção do número; modelagem e
TRANSFORMAÇÕES classificação, de sequência e de  Numerais de 1 a 50. música;
quantidade.  Explorar atividades
 Comparar a quantidade de grupos de objetos.
4 - EXPERIÊNCIAS QUANTO ÀS RELAÇÕES E com figuras
 Relacionar números às geométricas
TRANSFORMAÇÕES
suas respectivas quantidades e colorindo-as com,
 Observar elementos da natureza e de fatos e
identificar o antes, o depois e o tinta, cola colorida,
fenômenos sociais, como enchente, seca,
entre em uma sequência. colar papel picado,
hábitos de vida etc.
 Mover objetos de diferentes maneiras e etc.
observar seu resultado.  Criar momentos
com fotos, imagens
e registros de
transformações
ocorridas ao longo
do tempo;
DIREITOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL (BNCC)
 CONVIVER com outras crianças e adultos, em pequenos e grandes grupos, utilizando diferentes linguagens, ampliando
o conhecimento de si e do outro, o respeito em relação à cultura e às diferenças entre as pessoas.

 BRINCAR cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços e tempos, com diferentes parceiros (crianças e adultos),
ampliando e diversificando seu acesso a produções culturais, seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas
experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais.

 PARTICIPAR ativamente, com adultos e outras crianças, tanto do planejamento da gestão da escola e das atividades
propostas pelo educador quanto da realização das atividades da vida cotidiana, tais como a escolha das brincadeiras, dos
materiais e dos ambientes, desenvolvendo diferentes linguagens e elaborando conhecimentos, decidindo e se posicionando.

 EXPLORAR movimentos, gestos, sons, formas, texturas, cores, palavras, emoções, transformações, relacionamentos, histórias,
objetos, elementos da natureza, na escola e fora dela, ampliando seus saberes sobre a cultura, em suas diversas modalidades: as
artes, a escrita, a ciência e a tecnologia.

 EXPRESSAR, como sujeito dialógico, criativo e sensível, suas necessidades, emoções, sentimentos, dúvidas, hipóteses,
descobertas, opiniões, questionamentos, por meio de diferentes linguagens.

 CONHECER-SE e construir sua identidade pessoal, social e cultural, constituindo uma imagem positiva de si e de seus grupos
de pertencimento, nas diversas experiências de cuidados, interações, brincadeiras e linguagens vivenciadas na instituição
escolar e em seu contexto familiar e comunitário.
RECURSOS MATERIAIS:

 Espelhos, brinquedos, livros, lápis, papéis, tintas, pincéis, tesouras, cola, massa de modelar, argila, jogos os mais
diversos, blocos para construções, material de sucata, roupas e panos para brincar etc.

AVALIAÇÃO

A avaliação far-se-á mediante o acompanhamento e registro do desenvolvimento dos processos de aprendizagem das crianças;
para refletirmos sobre a qualidade das interações estabelecidas com outras crianças, funcionários e com o professor, auxiliando
no planejamento educativo, sem o objetivo de promoção.