Você está na página 1de 10

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE


PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA

Natal, RN, 25 de outubro de 2010

EDITAL No 07/2010

O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal


do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público o
presente Edital para Seleção de alunos para os Cursos de Mestrado para o período letivo
2011.1.

1- Das Vagas
Serão ofertadas 44 vagas para o curso de mestrado, distribuídas nas linhas de pesquisa do
programa, conforme disponibilidade de orientação (anexo 1).

2 Da Inscrição

2.1- Período de Inscrição: As inscrições deverão ser realizadas no período de 1 de


novembro de 2010 a 11 de fevereiro de 2011.

2.2 – Documentos para Inscrição


a-) Formulário de inscrição disponível no sitio
http://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?aba=pprocesso&nivel
=S e enviado eletronicamente;
b-) Duas fotografias 3x4 recentes
c-) Fotocópia do diploma de graduação ou documento equivalente;
d-) Fotocópia do Histórico Escolar da Graduação;
e-) Currículo cadastrado na Plataforma Lattes, acompanhado de DOCUMENTAÇÃO
COMPROBATÓRIA;
f-) Fotocópias da carteira de identidade e do CPF para candidatos brasileiros ou do
passaporte para candidatos estrangeiros;
g-) prova de quitação com a justiça eleitoral e com as obrigações militares, quando
pertinente.
h-) Projeto de Pesquisa conforme modelo disponível no anexo 2.
i-) Carta de aceite para orientação de professor vinculado ao Programa de Pós-
Graduação em História.

2.3 – Condições para Inscrição:


Poderão se inscrever portadores de diploma de curso superior em História ou áreas afins com
obtenção deste até a data da matrícula no período de 2011.

2.4 – A documentação de inscrição deve ser entregue na secretária do programa de Pós-


Graduação em História (sala 221 do CCHLA), durante o período de inscrição no Horário: das
8h às 12h e das 14h às 17h

2.5 – A documentação pode ser enviado por via postal expressa e registrada, dentro do
período de inscrição, para o seguinte endereço:

Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN


Centro de Ciências Humanas, letras e Artes – CCHLA
Programa de Pós-Graduação em História
Av. Sen. Salgado Filho, 3000, Campus Universitário
Lagoa Nova Natal/RN 59072-970

3 – Da Seleção
O processo seletivo ocorrerá em 2 etapas, a saber:

a-) Etapa eliminatória – Serão aprovados os candidatos que obtiverem NPE (Nota da
Prova Escrita) igual ou superior a 7,0.

3.1 – Prova Escrita – A ser realizada no dia 21 de fevereiro de 2011 (segunda-feira,


das 8 às 12 h) na Sala C5 do Setor de Aula II – CCHLA. - A prova escrita será
realizada por Linha de Pesquisa e constará de questão(ões) dissertativa(s), em língua
portuguesa, abordando aspectos teóricos e historiográficos que envolvem a relação
História e Espaços a partir das temáticas relativas à Linha de Pesquisa escolhida e
conforme a bibliografia indicada para cada Linha de Pesquisa. A NPE (Nota da Prova
Escrita) será o resultado da média aritmética das notas de cada membro da comissão
de seleção.

3.2 – Entrevista - Será realizada nos dias 24 e 25 de fevereiro de 2011, em local a ser
definido pela coordenação do programa. - Constará de argüição sobre o projeto de
pesquisa. A entrevista com o candidato será realizada pela banca de seleção, facultada
a participação do provável Professor Orientador, e seguirá ordem definida previamente
quando da divulgação do resultado da prova escrita. A NE (Nota da Entrevista) será o
resultado da média aritmética das notas de cada membro da comissão de seleção.

b-) Etapa Classificatória

3.3 - Avaliação de Currículo - Será realizada no período de 28 de fevereiro a 01 de


março, de acordo com a pontuação descrita no anexo 3 do presente edital. A Comissão
de Seleção atribuirá nota 10 (dez) à prova de currículo do candidato que obtiver o
maior número de pontos, na somatória dos pontos do anexo 3; e atribuirá notas
diretamente proporcionais a esta, aos demais candidatos.

A nota final do candidato será calculada de acordo com a seguinte expressão:

NF = [(NPE x 5) + (NE x 3) + (NC x 2)]/10


Onde: NF = Nota Final; NPE = Nota da Prova Escrita; NE = Nota da Entrevista; e NC = Nota
do Currículo.

4 – Das disposições Finais

4.1 – Os casos omissos serão resolvidos pelas comissões de seleção.

Prof. Dr. Henrique Alonso de Albuquerque Rodrigues Pereira


Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História
ANEXO I – Oferta de Vagas para Orientação

LINHA DE PESQUISA I: RELAÇÕES ECONÔMICO-SOCIAIS E PRODUÇÃO DOS


ESPAÇOS

Carmen Margarida Oliveira Alveal – 3 vagas


Douglas Araújo – 3 vagas
Fátima Martins Lopes – 2 vagas
Haroldo Loguercio Carvalho – 3 vagas
Helder do Nascimento Viana – 1 vaga
Juliana Teixeira de Souza – 3 vagas
Muirakytan Kennedy Macedo – 2 vagas
Raimundo Pereira Alencar Arrais – 3 vagas

LINHA DE PESQUISA II: CULTURA, PODER E REPRESENTAÇÕES ESPACIAIS

Durval Muniz de Albuquerque Júnior – 3 vagas


Flávia de Sá Pedreira – 1 vaga
Francisco das Chagas F. Santiago Junior – 2 vagas
Henrique Alonso de Albuquerque R. Pereira – 3 vagas
Márcia Severina Vasques – 3 vagas
Margarida Maria Dias de Oliveira – 2 vagas
Maria da Conceição Fraga – 2 vagas
Maria Emília Monteiro Porto – 3 vagas
Renato Amado Peixoto – 2 vagas
Raimundo Nonato Araújo da Rocha – 1 vaga
Sebastião Leal F.Vargas Netto – 2 vagas
ANEXO 2 – Modelo de Projeto de Pesquisa

O plano deve conter: Título; Tema e Problematização; Justificativa; Objetivos;


Fundamentação Teórica; Metodologia e Indicação de Fontes; Bibliografia; Endereço
residencial completo, e-mail e telefones do candidato. O projeto deve ter, no máximo,
dez páginas (fonte Times New Roman; tamanho 12; espaço 1,5). O projeto deve
corresponder às temáticas da Linha de Pesquisa escolhida, que deve ser identificada
na capa do projeto.
ANEXO 3 – CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DE CURRÍCULOS

SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O MESTRADO EM HISTÓRIA - 2010

Nome do candidato: ______________________________________________________

Itens a ser Avaliados PONTOS Pontos


atribuídos

GRUPO I – FORMAÇÃO ACADÊMICA

Observações:
a - Peso ponderado do grupo: 2
b - Pontuação máxima no grupo: 150 pontos
1. Curso de Especialização na área 60
2. Curso de Especialização em áreas afins 40
3. Curso de Especialização em outras áreas 20
4. Curso de Graduação na área 40
5. Curso de Graduação em áreas afins conforme definidas 20
no edital
6. Curso de Graduação em outras áreas 10

GRUPO II – ATIVIDADE DE DOCÊNCIA

Observações:
a - Peso ponderado do grupo: 3
b - Pontuação máxima no grupo: 200 pontos
1. Exercício do magistério em Nível Superior 5 pontos por
semestre
2. Exercício do magistério em Nível Médio 3 pontos por
semestre
3. Exercício do magistério em Nível Fundamental 2 pontos por
semestre
4. Participação registrada na IES em Projeto de Ensino 1 ponto por
semestre
GRUPO III – ATIVIDADE DE PESQUISA

Observações:
a - Peso ponderado do grupo: 4
b - Pontuação máxima no grupo: 500 pontos
1. Livros publicados
1.1. Na área de conhecimento 60
1.2. Em áreas correlatas 30
2. Livros Organizados
2.1. Na área de conhecimento 20
2.2. Em área correlata 10
3. Capítulos de Livros Publicados
3.1. Na área de conhecimento 10
3.2. Em áreas correlatas 05
4. Trabalhos publicados em periódicos especializados
4.1. Na área de conhecimento 8
4.2. Na área correlata 5
5. Trabalhos publicados na íntegra em anais de eventos
5.1. Internacionais 6
5.2. Nacionais 4
5. 3. Regionais 3
5.4. Locais 2
6. Resumos publicados em anais de eventos
6.1. Internacionais 4
6.2. Nacionais 2
6.3. Regionais 1
6.4. Locais 0,5
7. Participação em Eventos
7.1. Internacionais 3
7.2. Nacionais 1,5
7.3 Regionais 0, 5
7.4. Locais 0, 25
8. Atividades como Bolsista
8.1. Participação registrada na IES em Projeto de 1 ponto por
Pesquisa semestre
8.2. Participação registrada na IES em Projeto de 0,5 por
Extensão semestre
8.3. Apoio Técnico 0,25 por
semestre

GRUPO IV – ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS

Observações:
a - Peso ponderado do grupo: 1
b - Pontuação máxima no grupo: 150 pontos
Só serão consideradas atividades administrativas ligadas à
área da Educação.
1. Direção Escolar 1 ponto por
semestre
2. Supervisão Escolar 0,5 por
semestre
3. Coordenação da Área 0,25 por
semestre
ANEXO 4 - BIBLIOGRAFIA INDICADA PARA A PROVA ESCRITA:

Linha de Pesquisa I: RELAÇÕES ECONÔMICO-SOCIAIS E PRODUÇÃO DOS ESPAÇOS

ARRAIS, Raimundo Pereira Alencar. O Pântano e o Riacho: a formação do espaço público


no Recife do século XIX. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP, 2004. Introdução e Capítulo I,
p. 9-96.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos: decadência do patriarcado rural e


desenvolvimento do urbano. 14 ed. Ver. São Paulo: Global, 2003. Cap. 1, 2, 3, 4 e 5.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Caminhos e fronteiras. São Paulo: Companhia das letras,
2001. Parte I, cap. 1 (Veredas de pé posto), 5 (Caça e pesca) e 6 (Botica da natureza).

MARTINS, José de Souza. A vida privada nas áreas de expansão da sociedade brasileira. In:
NOVAIS, FERNANDO (dir.); SCHWARCZ, Lilia Moritz. História da vida privada no Brasil,
4. São Paulo: Companhia das letras, 1998.

PRADO JR., Caio. Formação do Brasil contemporâneo: colônia. 23 ed. São Paulo:
Brasiliense, 1994. Introdução e “Sentido da colonização” P. 9-32.

PROST, Antoine. Fronteiras e espaços do privado. In: PROST, Antoine; VINCENT, Gérard
(orgs.). História da vida privada, 5: da Primeira Guerra a nossos dias. São Paulo: Companhia
das letras, 1999. P. 13-153.

SCHORSKE, Carl. Viena fin de siècle: política e cultura. São Paulo: Companhia das letras,
1990. Texto: A Ringstrasse, seus críticos e o nascimento do modernismo urbano. P. 43-124.

VIDAL, Laurent. Mazagão: a cidade que atravessou o Atlântico. São Paulo: Martins Fontes,
2008.

WALLERSTEIN, Immanuel. O universalismo europeu: a retórica do poder. São Paulo:


Boitempo, 2007.

Linha de Pesquisa II: CULTURA, PODER E REPRESENTAÇÕES ESPACIAIS

ALBUQUERQUE JR., Durval Muniz de. A Invenção do Nordeste e outras artes. 3 ed. São
Paulo: Cortez; Recife: Massangana, 2006, p. 29-49; p. 78-194.

BRAUDEL, Fernand. O Mediterrâneo e o Mundo Mediterrânico. Lisboa: Martins Fontes,


1983, p. 32-169.

CARVALHO, José Murilo de. A Formação das Almas: o imaginário da República no Brasil.
4 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

CERTEAU, Michel de. A Invenção do Cotidiano I. Petrópolis, Vozes, 1994, p.169-220.


FREYRE, Gilberto. Nordeste. 5 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1985.

GRUZINSKI, Serge. A Guerra das Imagens: de Cristóvão Colombo a Blade Runner (1492-
2019). São Paulo: Companhia das Letras, 2006, p. 23-136.

HOLANDA, Sergio Buarque de. Caminhos e Fronteiras. São Paulo: Cia das Letras, 2001, p.
19-89.

PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. “A reinvenção dos territórios: a experiência latino-


americana e caribenha”. In: CECEÑA, Ana Esther. Los desafios de las emancipaciones en un
contexto militarizado. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales –
CLACSO, 2006, p. 199-222. Disponível em:
http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/grupos/cece/Carlos%20Walter%20Porto-
Goncalves.pdf

SCHAMA, Simon. Paisagem e memória. São Paulo: Companhia das Letras, 2000,
Introdução, p. 13-84.

TOTA, Antônio Pedro. O Imperialismo Sedutor. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.
Introdução, p. 9-40.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e Lugar: a perspectiva da experiência. São Paulo: Difel, 1983, p. 39-
57; 96-112.