Você está na página 1de 15

2019

Memoria descritiva –Drenagem de aguas

Cliente:
Marcela Bata

Eng.Hamilton Pedro
Projecto Residencial Tipo 3
17/11/2019

17 de novembro de 2019 1
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

Descrição Projecto de instalação de drenagem de águas


Número de pisos: 2 Número de
comércios/escritórios: 0
Entidade Nome: Marcela bata
requerente Morada: 25 de Junho B
Localidade:
Código postal:
Telefone:
Projectista Nome: Hamilton Pedro
Especialidade: Hidraulica
Morada:
Localidade:
Código postal:
Telefone: +258 849516584
Nº:
Data Maputo, 30 de Outubro de
2019

17 de novembro de 2019 2
ÍNDICE

1. - MEMÓRIA DESCRITIVA ......................................................................................................... 4


1.1. - Objectivo do projecto .................................................................................................... 4
1.2. - Titular............................................................................................................................. 4
1.3. - Localização ..................................................................................................................... 4
1.4. - Legislação aplicável ....................................................................................................... 5
1.5.- Descrição da instalação .................................................................................................. 5
1.6. - Características da instalação ......................................................................................... 5
2. - CÁLCULOS ............................................................................................................................. 5
2.1. - Bases de cálculo ............................................................................................................. 5
2.2. - Dimensionamento ......................................................................................................... 9

17 de novembro de 2019 3
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

1. - MEMÓRIA DESCRITIVA

1.1. - Objectivo do projecto


O objectivo deste projecto técnico é especificar todos e cada um dos elementos que
compõem a instalação de drenagem de águas, assim como justificar, através dos
correspondentes cálculos, o cumprimento do 'Regulamento Geral dos Sistemas Públicos e
Prediais de Distribuição de Água e de Drenagem de Águas Residuais'.

1.2. - Titular

Nome ou Razão Social: Marcela Bata


NIPC/NIF:
Morada: Bairro 25 de Junho B
Localidade: Maputo
CP: Distrito: Kamubukwana
Telefone: Fax:
1.3. - Localização
PLANO GERAL DA LOCALIZAÇÃO DO EDIFÍCIO

17 de novembro de 2019 4
1.4. - Legislação aplicável
Na realização do projecto teve-se em consideração a norma Regulamento Geral dos Sistemas
Públicos e Prediais de Distribuição de Água e de Drenagem de Águas Residuais, assim como a
norma de cálculo EN 12056 e as normas de especificações técnicas de execução EN 752 e EN
476.

1.5.- Descrição da instalação

1.5.1. - Descrição geral


Tipo de projecto: Habitação unifamiliar

1.6. - Características da instalação

1.6.1. - Tubagens para águas residuais

1.6.1.1. - Ramal de descarga


Ramal de descarga, encastrado no paramento, de PVC, série B, segundo NP EN 1329-1, união
colada com adesivo.

1.6.1.2. - Colectores
Colector enterrado de saneamento, sem caixas, através de sistema integral registável, de
tubo de PVC liso, série SN-2, rigidez anelar nominal 2 kN/m², segundo NP EN 1401-1, com
junta elástica.

1.6.1.3.- Ramal de ligação


Ramal de ligação geral de saneamento à rede geral do município, de tubo de PVC liso, série
SN-4, rigidez anelar nominal 4 kN/m², segundo NP EN 1401-1, colado com adesivo.

2. - CÁLCULOS

2.1. - Bases de cálculo


2.1.1. - Rede de águas residuais

Os diâmetros mínimos de sifões e ramais de descarga individuais são os estabelecidos na


seguinte tabela:

17 de novembro de 2019 5
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

Tipo de aparelho sanitário Caudal (l/min) Diâmetro mínimo para o ramal de descarga (mm)
Lavatório 30 40
Bidé 30 40
Chuveiro 30 40
Banheira (com ou sem chuveiro) 60 40
Autoclismo de bacia de retrete 90 90
Bacia de retrete com fluxómetro 90 90
Urinol com torneira temporizada 90 75
Urinol com cisterna 90 75
Lava-louça doméstico 30 50
Lava-louça industrial 30 50
Tanque de lavar roupa 60 50
Pia hospitalar 60 100
Fonte para beber 30 25
Máquina de lavar louça doméstica 60 50
Máquina de lavar roupa doméstica 60 50

17 de novembro de 2019 6
O caudal foi calculado através da seguinte formulação:

 Residuais (RGSPPDADAR)

sendo:
Qc: Caudal de cálculo (l/min)

Qa: Caudal acumulado (l/min)

Qc
As tubagens horizontais foram calculadas com a seguinte formulação:

Foi verificado o diâmetro utilizando a fórmula de Manning:

sendo:

Q: caudal (m3/s)

n: coeficiente de manning

A: área da tubagem ocupada pelo fluido (m2)

Rh: raio hidráulico (m)

i: inclinação (m/m)

17 de novembro de 2019 7
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

No dimensionamento foram considerados os factores que afectam a capacidade de


autolimpeza das tubagens, pelo que a velocidade mínima permitida é de 0.6 m/s para águas
residuais sem gorduras ou com teores destas reduzidos (utilização residencial habitação,
residencial público, administrativo, estacionamento) e 1.2 m/s para águas residuais com
significativos teores de gordura (utilização comercial, docente, hospitalar, pública).

Considerando:

Ramal de descarga

Inclinação

 1%  i  4%

Colectores

Inclinação

 1%  i  4% (colectores suspensos)

 i  2% (colectores enterrados)

Taxa de ocupação

 Y/D = 0.5

 Y/D = 0.75 (colectores mistos)

As tubagens verticais são calculadas com a seguinte formulação:

Foi verificado o diâmetro utilizando a fórmula de Dawson e Hunter:

sendo:
Q: caudal (l/s)

r: taxa de ocupação

D: diâmetro (mm)

17 de novembro de 2019 8
2.1.2. - Redes de ventilação
Ventilação primária

A ventilação primária tem o mesmo diâmetro que o tubo de queda desde o qual é
prolongado, independentemente da existência de uma coluna de ventilação secundária.
Mantém-se desta forma a protecção do fecho hídrico.

2.2. - Dimensionamento

2.2.1. - Rede de águas residuais


Ramal de ligação 1

Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
3-4 2.33 8.59 90 5.40 1.00 5.40 - - 84 90

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 2

Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
8-9 1.69 10.41 75 5.40 0.91 4.90 27.82 1.60 69 75
9-10 0.12 19.80 50 3.60 1.00 3.60 - - 44 50
9-11 2.38 1.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40
12-13 0.47 10.00 40 3.60 1.00 3.60 - - 34 40
14-15 0.40 5.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40
14-16 1.98 5.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40

17 de novembro de 2019 9
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 3

Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
19-20 0.97 20.64 90 5.40 1.00 5.40 - - 84 90

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 4

Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
24-25 0.32 10.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40
23-26 0.10 180.75 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40
26-27 0.14 1.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40
27-28 1.82 1.00 40 1.80 1.00 1.80 - - 34 40

17 de novembro de 2019 10
Ramal de descarga
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 1

Colectores
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
1-2 5.19 2.00 160 5.40 1.00 5.40 15.46 0.84 152 160
2-3 11.07 2.00 160 5.40 1.00 5.40 15.25 0.84 154 160

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 2

Colectores
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
5-6 5.03 2.00 160 12.60 0.61 7.71 18.39 0.94 152 160
6-7 11.95 2.00 160 12.60 0.61 7.71 18.14 0.93 154 160
7-8 11.33 2.00 160 5.40 0.91 4.90 14.55 0.82 154 160
7-12 0.64 2.00 160 7.20 0.79 5.72 15.68 0.85 154 160
12-14 1.93 2.00 160 3.60 1.00 3.60 12.54 0.74 154 160

17 de novembro de 2019 11
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

Colectores
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 3

Colectores
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
17-18 2.02 2.00 160 5.40 1.00 5.40 15.46 0.84 152 160
18-19 7.30 2.00 160 5.40 1.00 5.40 15.25 0.84 154 160

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

17 de novembro de 2019 12
Ramal de ligação 4

Colectores
Cálculo hidráulico
L i Dmin
Tramo Qb Qs Y/D v Dint Dcom
(m) (%) (mm) K
(m³/h) (m³/h) (%) (m/s) (mm) (mm)
21-22 1.50 2.00 160 3.60 1.00 3.60 12.71 0.75 152 160
22-23 4.53 2.00 160 3.60 1.00 3.60 12.54 0.74 154 160
23-24 0.77 2.00 160 1.80 1.00 1.80 9.01 0.60 154 160

Abreviaturas utilizadas
L Comprimento medido nos desenhos Qs Caudal com simultaneidade (Qb x k)
i Inclinação Y/D Taxa de ocupação
Dmin Diâmetro nominal mínimo v Velocidade
Qb Caudal bruto Dint Diâmetro interior comercial
K Coeficiente de simultaneidade Dcom Diâmetro comercial

Ramal de ligação 1

Caixas de visita
Ltr ic Dsai Dimensões comerciais
Ref.
(m) (%) (mm) (cm)
2 5.19 2.00 160 60x60x75 cm
3 11.07 2.00 160 50x50x50 cm

Abreviaturas utilizadas
Ref. Referência em desenhos ic Inclinação do colector
Ltr Distância entre caixas Dsai Diâmetro do colector de saída

Ramal de ligação 2

17 de novembro de 2019 13
Engo.Hamilton Pedro
Engenheiro Civil com habilitacaoes e Obras hidraulicas
Email:hamiltonPedro.hp@gmail.com
Cell: +258 849516584

Caixas de visita
Ltr ic Dsai Dimensões comerciais
Ref.
(m) (%) (mm) (cm)
6 5.03 2.00 160 80x80x100 cm
7 11.95 2.00 160 60x60x75 cm
8 11.33 2.00 160 50x50x50 cm
12 0.64 2.00 160 50x50x55 cm
14 1.93 2.00 160 50x50x50 cm

Abreviaturas utilizadas
Ref. Referência em desenhos ic Inclinação do colector
Ltr Distância entre caixas Dsai Diâmetro do colector de saída

Ramal de ligação 3

Caixas de visita
Ltr ic Dsai Dimensões comerciais
Ref.
(m) (%) (mm) (cm)
18 2.02 2.00 160 60x60x65 cm
19 7.30 2.00 160 50x50x50 cm

Abreviaturas utilizadas
Ref. Referência em desenhos ic Inclinação do colector
Ltr Distância entre caixas Dsai Diâmetro do colector de saída

Ramal de ligação 4

Caixas de visita
Ltr ic Dsai Dimensões comerciais
Ref.
(m) (%) (mm) (cm)
22 1.50 2.00 160 50x50x60 cm
23 4.53 2.00 160 50x50x50 cm
24 0.77 2.00 160 50x50x50 cm

17 de novembro de 2019 14
Caixas de visita
Ltr ic Dsai Dimensões comerciais
Ref.
(m) (%) (mm) (cm)

Abreviaturas utilizadas
Ref. Referência em desenhos ic Inclinação do colector
Ltr Distância entre caixas Dsai Diâmetro do colector de saída

O Técnico:

_________________

Hamilton Pedro (Engenheiro civil)

Maputo.Novembro.2019

17 de novembro de 2019 15

Você também pode gostar