Você está na página 1de 24

Justificativa da Adição em Quadratura

para p.d.f Gaussiana


• O problema de propagação do erro surge quando
medimos uma ou mais grandezas x, ..., z todas elas
com incertezas
• Com estas informações tentamos calcular alguma
nova grandeza através de uma fórmula geral: q(x,...,z)
• A questão principal é calcular a incerteza de q
• Se as incertezas x, ..., z estão sujeitas apenas a erros
aleatórios elas poderão ter uma distribuição
Gaussiana com parâmetros de largura x,... z
Justificativa da Adição em Quadratura
para p.d.f Gaussiana
 A questão central seria: conhecendo a distribuição (f.d.p)
das medidas de x,..., z o que podemos dizer sobre a
distribuição de q???

 Qual será a largura da distribuição de q???

 Para tanto definiremos 4 etapas (de I a IV)


Etapa I: Soma da medida de uma
grandeza a um número fixo
 Vamos considerar o caso simples de uma grandeza x onde desejamos
calcular:
𝒒=𝒙+𝑨
 Onde A é um número fixo sem incerteza (tal como A = 1 ou )

 Suponha também que as medidas de x seguem uma f.d.p


Gaussiana em torno de um valor verdadeiro X, e com largura x

 Então a probabilidade de se obter qualquer valor x em um pequeno


intervalo dx é: 𝑮𝑿,𝝈𝒙 𝒅𝒙
Etapa I: Soma da medida de uma
grandeza a um número fixo
𝑮𝑿,𝝈𝒙 𝒅𝒙

− 𝑥−𝑋 2
2
𝑃𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑥 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥

𝑭𝒂𝒛𝒆𝒏𝒅𝒐: 𝒙 = 𝒒 − 𝑨

− 𝑞−𝐴 −𝑋 2
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2

− 𝑞− 𝑋+𝐴 2
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2
Etapa I: Soma da medida de uma
grandeza a um número fixo
− 𝑞− 𝑿+𝑨 2
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2

O resultado mostra que os valores de q obedecem uma f.d.p


Gaussiana com centro em X + A e com largura x, como mostra a
figura...
Etapa II: Produto da Medida de uma
Grandeza por um número fixo
 Vamos supor que medimos x e calculamos o fórmula:

𝒒 = 𝑩𝒙

onde B é uma constante, tal como B = 2 ou B = 

 Se as medidas de x seguem uma distribuição Gaussiana temos:

𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑥 = 𝑞 𝐵

𝑞 2
− 𝐵−𝑋
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2

− 𝑞−𝐵𝑋 2
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝐵2 𝜎𝑥2
Etapa II: Produto da Medida de uma
Grandeza por um número fixo
− 𝑞−𝐵𝑋 2
𝑝𝑟𝑜𝑏𝑎𝑏𝑖𝑙𝑖𝑑𝑎𝑑𝑒 𝑑𝑒 𝑠𝑒 𝑜𝑏𝑡𝑒𝑟 𝑜 𝑣𝑎𝑙𝑜𝑟 𝑞 ∝ 𝑒 2𝐵2 𝜎𝑥2

Em outras palavras, os valores q = Bx obedecem a uma f.d.p Gaussiana


com centro em q = Bx e largura Bx
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
 Suponha que medimos duas grandezas e queremos calcular x + y

 Vamos supor que as grandezas x e y seguem uma f.d.p Gaussiana em torno


de valores verdadeiros X e Y e com larguras x e y

 Verificaremos que os valores de x + y seguem uma f.d.p Gaussiana, com centro


no valor X + Y e com incerteza igual à soma quadrática:

𝑙𝑎𝑟𝑔𝑢𝑟𝑎 𝑑𝑎 𝑑𝑖𝑠𝑡𝑟𝑖𝑏𝑢𝑖çã𝑜 = 𝜎𝑥2 + 𝜎𝑦2


Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
 Para simplificar a álgebra assumiremos que os valores verdadeiros X e
Y são iguais a zero

 Neste caso, a probabilidade de se ter qualquer valor de x e y é:

−𝑥 2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2

−𝑦 2
2𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑦 ∝ 𝑒

Conhecendo-se a probabilidade de se obter qualquer x e qualquer y


vamos enunciar a probabilidade de se obter qualquer valor x + y
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
Este enunciado nos diz que sendo x e y medições independentes, a
probabilidade de ser obter um dado x e um dado y é exatamente o
produto das probabilidades

−𝑥 2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 ∝ 𝑒 2𝜎𝑥2

−𝑦 2
2𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑦 ∝ 𝑒

1 𝑥2 𝑦2
− +
2 𝜎𝑥2 𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥, 𝑦 ∝ 𝑒
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas

𝑥2 𝑦2 𝑥+𝑦 2 𝐵𝑥 − 𝐴𝑦 2 𝑥+𝑦 2
+ = + = + 𝑧2
𝐴 𝐵 𝐴+𝐵 𝐴𝐵 𝐴 + 𝐵 𝐴+𝐵
Etapa III: Soma da Medida de duas Grandezas

1 𝑥2 𝑦2
− +
2 𝜎𝑥2 𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥, 𝑦 ∝ 𝑒

Usaremos a seguinte identidade:

𝑥2 𝑦2 𝑥+𝑦 2 𝐵𝑥 − 𝐴𝑦 2 𝑥+𝑦 2
+ = + = + 𝑧2
𝐴 𝐵 𝐴+𝐵 𝐴𝐵 𝐴 + 𝐵 𝐴+𝐵

Temos usado uma abreviação introduzindo o termo z2. Desta


maneira obtemos (substituindo A por x e B por y ):

𝑥+𝑦 2 𝑧 2
− −
2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2 2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥, 𝑦 ∝ 𝑒
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
𝑥+𝑦 2 𝑧 2
− −
2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2 2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥, 𝑦 ∝ 𝑒

Essa probabilidade de se obter valores dados x e de y pode ser vista com a


probabilidade de se obter valores dados de x + y e z (esse “e” significa produto,
disjunção lógica)

𝑥+𝑦 2
− 𝑧2
2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2 −
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦, 𝑧 ∝ 𝑒 𝑒 2

Essa probabilidade é obtida somando-se, ou melhor, integrando-se essa expressão


sobre todos os valores de z:
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas

Essa probabilidade é obtida somando-se, ou melhor, integrando-se essa expressão


sobre todos os valores de z:

𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦 = 𝑝𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦, 𝑧 𝑑𝑧
−∞

∞ 𝑥+𝑦 2
− 𝑧2
2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2 −2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦 = 𝑒 𝑒 𝑑𝑧
−∞

Mas nós sabemos que:


∞ 𝑧2
−2
𝑒 𝑑𝑧 = 2𝜋
−∞
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas

∞ 𝑧2

𝑒 2 𝑑𝑧 = 2𝜋
−∞

∞ 𝑥+𝑦 2
− 𝑧2
2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2 −2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦 = 𝑒 𝑒 𝑑𝑧
−∞

𝑥+𝑦 2

2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦 ∝ 𝑒
Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas

𝑥+𝑦 2

2 𝜎𝑥2 +𝜎𝑦2
𝑃𝑟𝑜𝑏 𝑥 + 𝑦 ∝ 𝑒

Este resultado mostra que os valores x + y obedecem a uma distribuição


Gaussiana com largura:

𝑙𝑎𝑟𝑔𝑢𝑟𝑎 𝑑𝑎 𝑑𝑖𝑠𝑡𝑟𝑖𝑏𝑢𝑖çã𝑜 = 𝜎𝑥2 + 𝜎𝑦2

A nossa demonstração está completa para valores verdadeiros iguais a zero: X = Y = 0


Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
Para valores de X e Y diferentes de zero, podemos proceder assim:

𝑥+𝑦 = 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌 + 𝑋+𝑌

 Aqui, os dois primeiros termos estão centrados em zero. Para entender isto,
lembrar que quando calculamos q = x + A assumimos que os valores de x
estariam envolta do valor verdadeiro de x (neste caso, X)

 As larguras desses dois primeiros termos são x e y


 Tendo em conta o resultado do passo III a somas desses dois termos segue
uma distribuição Gaussiana

 E sua largura será: 𝜎𝑥2 + 𝜎𝑦2


Etapa III: Soma da Medida de duas
Grandezas
𝑥+𝑦 = 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌 + 𝑋+𝑌

 O terceiro termo é um número fixo

 Portanto, de acordo com o resultado do passo I, simplesmente traslada o


centro da f.d.p para (X + Y) mantendo a largura inalterada: 𝝈𝟐𝒙 + 𝝈𝟐𝒚
 Em outras palavras os valores (x + y) dados pela equação acima obedecem a
uma distribuição Gaussiana em torno de (X + Y) com largura 𝝈𝟐𝒙 + 𝝈𝟐𝒚
Etapa IV: O caso Geral: q(x, y)
 Tendo comprovado a fórmula da propagação de erro para o caso especial de
uma soma x + y podemos comprovar a fórmula geral da propagação do erro
(vide slides sobre o tema no arquivo Aula 3 no Moodle).

 Suponha que medimos duas grandezas independentes x e y, cujos valores


observados seguem uma distribuição Gaussiana

 Vamos agora calcular uma grandeza geral, do tipo q(x, y), em termos de x e y

 A distribuição de valores q(x, y) é facilmente determinada usando-se a


fórmula de propagação de erro (vide aula correspondente) e os passos I a III

 A fórmula de propagação do erro pode ser reescrita como (uma série de


Taylor simplificada):

𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝑞 𝑥, 𝑦 = 𝑞 𝑋, 𝑌 + 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌
𝜕𝑥 𝜕𝑦
Etapa IV: O caso Geral: q(x, y)
𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝑞 𝑥, 𝑦 = 𝑞 𝑋, 𝑌 + 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌
𝜕𝑥 𝜕𝑦

 Esta fórmula é boa porque os únicos valores significativos de x e y geralmente


ocorrem próximos de X e Y

 As duas derivadas parciais são avaliadas nos pontos de aproximação (X e Y), sendo
números fixos

 A expressão mostra a grandeza desejada q(x, y) como a soma de 3 termos


Etapa IV: O caso Geral: q(x, y)
𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝑞 𝑥, 𝑦 = 𝑞 𝑋, 𝑌 + 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌
𝜕𝑥 𝜕𝑦

 O primeiro termo q(X, Y) é um número fixo. Assim ele meramente


traslada a distribuição (f.d.p) dos resultados

𝜕𝑞
 O segundo termo é um número fixo vezes (x – X) , onde este
𝜕𝑥
último tem uma distribuição Gaussiana com largura x

 Assim os valores de segundo termo estão centrados em zero, com


𝜕𝑞
largura: × 𝜎𝑥 (vide etapa II)
𝜕𝑥
Etapa IV: O caso Geral: q(x, y)
𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝑞 𝑥, 𝑦 = 𝑞 𝑋, 𝑌 + 𝑥−𝑋 + 𝑦−𝑌
𝜕𝑥 𝜕𝑦

 Similarmente os valores do terceiro termo estão centrados em zero,


𝜕𝑞
com largura: × 𝜎𝑦 (vide etapa II)
𝜕𝑦

 Combinando o três termos (acima) e considerando os resultados já


estabelecidos concluímos que os valores q(x, y) obedecem a uma
distribuição Gaussiana em torno a um valor verdadeiro q(X, Y) e com
largura:

2 2
𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝜎𝑥 = 𝜎 + 𝜎
𝜕𝑥 𝑥 𝜕𝑦 𝑦
Etapa IV: O caso Geral: q(x, y)

Fica provado que quando os


dados são Gaussianos (para x e y)
o erro de propagação (em
2 2
qualquer fórmula ) tem um 𝜕𝑞 𝜕𝑞
𝜎𝑥 = 𝜎 + 𝜎
formato Gaussiano com  na 𝜕𝑥 𝑥 𝜕𝑦 𝑦
forma de soma em quadratura

q (X, Y)