Você está na página 1de 4

PROCEDIMENTO

OPERACIONAL PADRÃO
Código:
Superintendência de Vigilância em Saúde POP-GVSAST -
Gerência de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Revisão:
002 01
Título: Data de aprovação
Em
Procedimento para pulverização de agrotóxicos em Ultra 31/10/2011 Junho de
Baixo Volume (UBV) – Motorista. Data de efetivação 2012
04/11/2011
ELABORAÇÃO REVISÃO e APROVAÇÃO

MARCELLO ROSA DANIELLA FABÍOLA DOS SANTOS


Subcoordenador de Apoio Administrativo às Ações de Vigilância Gerente de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
em Saúde Ambiental

1. OBJETIVO

1.1. Estabelecer normas e critérios a serem seguidos nas ações de pulverização


de agrotóxicos em Ultra Baixo Volume (UBV), na Central de UBV, nos
Núcleos de Apoio e Controle de Endemias – NACE’s e nas rotas de
aplicação.

2. ALCANCE / DISTRIBUIÇÃO:

2.1. Gerência de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador;


2.2. Coordenação de Vigilância e Controle Ambiental de Vetores;
2.3. Central de UBV e Central de Praguicidas;
2.4. Núcleos de Apoio e Controle de Endemias – NACE’s.

3. DESCRIÇÃO DE PROCEDIMENTOS BÁSICOS DE SEGURANÇA:

3.1. O uso dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s (respiradouros com


filtro classe 1 P3, luvas nitrílicas, botas de segurança, óculos de proteção, e
outros) é obrigatório, de acordo com cada atividade, sendo de inteira
responsabilidade do trabalhador seu uso;
3.2. O agente deverá assinar termo de recebimento dos EPI’s se
responsabilizando pelo uso, conservação e guarda dos mesmos;
3.3. O agente não deverá se alimentar, fumar ou ingerir líquidos durante os
procedimentos envolvendo a manipulação e aplicação dos agrotóxicos, peças

________________________________________________________________________ 1
Av. Anhanguera n.º 5.195 – Setor Coimbra – CEP: 74.043-011 – Goiânia – GO
Tel./Fax: (62) 3201-4121 – e-mail: gdtsa@visa.goias.gov.br
PROCEDIMENTO
OPERACIONAL PADRÃO
Código:
Superintendência de Vigilância em Saúde POP-GVSAST -
Gerência de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Revisão:
002 01
Título: Data de aprovação
Em
Procedimento para pulverização de agrotóxicos em Ultra 31/10/2011 Junho de
Baixo Volume (UBV) – Motorista. Data de efetivação 2012
04/11/2011
ELABORAÇÃO REVISÃO e APROVAÇÃO

MARCELLO ROSA DANIELLA FABÍOLA DOS SANTOS


Subcoordenador de Apoio Administrativo às Ações de Vigilância Gerente de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
em Saúde Ambiental

dos veículos e bombas ou outros trabalhos que envolvam risco de


contaminação;
3.4. Evitar o contato do agrotóxico direto com a pele, olhos e boca;

3.5. Em caso de inalação e/ou contato acidental com agrotóxico, retirar-se do local
contaminado indo para um ambiente arejado, lavar imediatamente o local com
água, os olhos devem ser lavados com soro fisiológico procurar assistência
médica imediatamente (SAMU: 192). Em caso de dúvidas procurar orientação
especializada no Centro de Intoxicação Toxicológica - CIT: 0800 646 4350.
Posteriormente registrar a Comunicação de Acidente de Trabalho - CAT;;
3.6. Após a jornada de trabalho o agente deverá proceder à limpeza dos
Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s e em caso de danos comunicar
imediatamente a chefia para a substituição;
3.7. A lavagem dos uniformes deverá ocorrer separadamente de outras roupas;
3.8. O agente após as tarefas diárias deverá tomar banho antes de deixar o posto
de trabalho e vestir roupas limpas.

4. PROCEDIMENTOS DE PULVERIZAÇÃO DE AGROTÓXICOS - MOTORISTA:

4.1. Chegar ao posto de trabalho uniformizado e munir-se dos EPI`s obrigatórios


(Máscara com filtro, Óculos de segurança, Protetor auricular, Uniforme e Boné
de brim);
4.2. Receber do supervisor a Ordem de Tráfego e retirar o veículo do local de
guarda e estaciona-lo no local de recarregar o pulverizador de UBV;

________________________________________________________________________ 2
Av. Anhanguera n.º 5.195 – Setor Coimbra – CEP: 74.043-011 – Goiânia – GO
Tel./Fax: (62) 3201-4121 – e-mail: gdtsa@visa.goias.gov.br
PROCEDIMENTO
OPERACIONAL PADRÃO
Código:
Superintendência de Vigilância em Saúde POP-GVSAST -
Gerência de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Revisão:
002 01
Título: Data de aprovação
Em
Procedimento para pulverização de agrotóxicos em Ultra 31/10/2011 Junho de
Baixo Volume (UBV) – Motorista. Data de efetivação 2012
04/11/2011
ELABORAÇÃO REVISÃO e APROVAÇÃO

MARCELLO ROSA DANIELLA FABÍOLA DOS SANTOS


Subcoordenador de Apoio Administrativo às Ações de Vigilância Gerente de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
em Saúde Ambiental

4.3. Não se alimentar, fumar ou ingerir líquidos durante a aplicação dos


agrotóxicos;
4.4. Encaminhar-se para o local definido como rota de pulverização, auxiliar o
operador a analisar as condições de clima e transito antes do procedimento;
4.5. Conduzir o veículo dentro da rota estabelecida na velocidade de 10 km por
hora, respeitando-se sempre o sentido da via e demais sinalizações;
4.6. Após finalizar a(s) rota(s) estabelecida(s), deverá retornar ao posto de
trabalho para receber novas rotas ou finalizar os trabalhos, encaminhando o
veículo e os equipamentos para serem limpos e guardados;
4.7. Finalizar o preenchimento da Ordem de Tráfego, encaminhando-a ao
Supervisor, relatar as condições do veículo (em check list) ao mecânico;
4.8. Em caso de problemas com o veículo comunicar ao Supervisor da UBV. Não
deixar o veículo sozinho em via pública. Não trafegar na contramão;
4.9. Tomar banho e trocar de roupa antes de deixar o posto de trabalho;
4.10. Caso ocorrer contato do agrotóxico com a pele, lavar imediatamente o local
com água;
4.11. Em caso de contato acidental com o agrotóxico lavar imediatamente o local
com água corrente, procurar assistência médica imediatamente e em caso de
dúvidas procurar orientação especializada no CIT: 0800 646 4350.
Posteriormente registrar a Comunicação de Acidente de Trabalho – CAT.

5. REFERÊNCIAS:

MINISTÉRIO DA SAÚDE, Fundação Nacional de Saúde. DENGUE - Instruções para


Pessoal de Combate ao Vetor - Manual de Normas Técnicas – 3ª ed. Brasília,
Ascom/Pre/FUNASA, 2001.

________________________________________________________________________ 3
Av. Anhanguera n.º 5.195 – Setor Coimbra – CEP: 74.043-011 – Goiânia – GO
Tel./Fax: (62) 3201-4121 – e-mail: gdtsa@visa.goias.gov.br
PROCEDIMENTO
OPERACIONAL PADRÃO
Código:
Superintendência de Vigilância em Saúde POP-GVSAST -
Gerência de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Revisão:
002 01
Título: Data de aprovação
Em
Procedimento para pulverização de agrotóxicos em Ultra 31/10/2011 Junho de
Baixo Volume (UBV) – Motorista. Data de efetivação 2012
04/11/2011
ELABORAÇÃO REVISÃO e APROVAÇÃO

MARCELLO ROSA DANIELLA FABÍOLA DOS SANTOS


Subcoordenador de Apoio Administrativo às Ações de Vigilância Gerente de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
em Saúde Ambiental

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de


Vigilância Epidemiológica. Diretrizes nacionais para prevenção e controle de
epidemias de dengue. Brasília: Ministério da Saúde, 2009. 160 p. – (Série A. Normas
e Manuais Técnicos).

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde. Nota Técnica Nº 040/03.


Brasília, 2003.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde – Diretoria de Gestão.


Nota Técnica Nº 165/2008 – CGLAB-CGPNCD/SVS/MM. Brasília, 2008.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretaria de Vigilância em Saúde – Diretoria de


Gestão.Nota Técnica N.º 231/ 2008 CGPNCD/DIGES/SVS/MS. Brasília, 2008.

SANTA CATARINA, Secretaria de Estado da Saúde. DENGUE – Orientações


Técnicas para Pessoal de Campo. 2007. Acessado em
<http://www.dive.sc.gov.br/conteudos/publicacoes/manuais_cartilhas/Manual_de_Ca
mpo_Dengue.pdf> data do acesso: 06 de setembro de 2011.

________________________________________________________________________ 4
Av. Anhanguera n.º 5.195 – Setor Coimbra – CEP: 74.043-011 – Goiânia – GO
Tel./Fax: (62) 3201-4121 – e-mail: gdtsa@visa.goias.gov.br

Você também pode gostar