Você está na página 1de 3

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VILA COVA

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VILA COVA


Ficha nº9: Tema Funções – Funções Racionais 11º Ano – Matemática A
Nome: _______________________________________________________________Nº ____ Turma: A

Parte I – Em cada uma das questões seguintes apenas uma das respostas A, B, C ou D está correcta. Indique-a
colocando um círculo à volta da letra correspondente.

1. Sobre uma função racional 𝑓 , sabe-se que:


 𝑥 = −1 é a equação de uma assíntota do seu gráfico:
 𝑓 é uma função ímpar.
Dos gráficos seguintes, qual é o que não representa o de 𝑓 ?

2. Sobre uma função racional 𝑓 , sabe-se que:


 o seu gráfico admite a assíntota de equação 𝑦 = 2;
 𝑓 é crescente em ]−∞, 0[.
Em qual das figuras seguintes pode estar a representação gráfica da função definida por 𝑔(𝑥) = 𝑓(𝑥 + 1) − 2?

(A) (B) (C) (D)

3. Em 1990, uma aldeia portuguesa tinha 8 mil habitantes, mas esse número foi diminuindo. Atualmente, o número de
habitantes dessa aldeia tem se aproximado dos 5 mil (nunca chegando a esse valor).
Nestas condições, apenas uma das expressões seguintes pode definir a função 𝑁 que dá o número de habitantes
(em milhares) da aldeia, 𝑡 anos decorridos após 1990.
15𝑡+16 15𝑡+16 5𝑡+16 5𝑡−16
(A) (B) (C) (D)
𝑡+2 3𝑡+2 𝑡+8 𝑡+2

4. A função 𝑔 é tal que 𝑔(3) é um zero da função 𝑔.


Qual das seguintes expressões pode representar a função 𝑔?
𝑥 2 −4 𝑥−3 3+𝑥 3−𝑥
(A) (B) (C) (D)
𝑥+2 𝑥 2 −9 𝑥+1 𝑥+2

5. Considere o gráfico da função 𝑓 . Pode afirmar-se que:

(A) o limite de 𝑓 à direita de 1 é −∞


(B) o contradomínio de 𝑓 é ℝ\{1}
lim− 𝑓(𝑥) = −∞
(C) 𝑥→1
(D) lim f(x) = 1
x→−∞

Página 1 de 3
6. Considere o gráfico da função 𝑓(𝑥) representado ao lado:
Uma expressão analítica, possível, para 𝑓(𝑥) é:

−1 1
(A) 𝑦 = −2 + (C) 𝑦 = −1 +
𝑥−1 𝑥+2
−1 −2
(B) 𝑦 = −1 + (D) 𝑦 = −1 +
𝑥−2 𝑥+2

−2
7. Considere a função 𝑓(𝑥) = 4 + 𝑥−1. Qual das afirmações é verdadeira?

(A) 𝑥 = 4 é a equação da assíntota vertical de 𝑓 .


(B) 𝑦 = 4 é a equação da assíntota horizontal de 𝑓 .
(C) 𝑦 = −2 é a equação da assíntota horizontal de 𝑓 .
(D) 𝑥 = −1 é a equação da assíntota vertical de 𝑓 .

Parte II – Resolva cada uma das seguintes questões, apresentando todos os cálculos que efectuar.

2𝑥+3 10𝑥+48
8. Considera, em ℝ, as funções definidas por 𝑓(𝑥) = e 𝑔(𝑥) = .
𝑥−4 𝑥 2 −16
8.1. Escreve as equações das assíntotas do gráfico de 𝑓 .
8.2. Determina os zeros da função 𝑔.
8.3. Resolve a condição 𝑓(𝑥) ≤ 𝑔(𝑥).

2𝑥+3
9. Considere a função 𝑓(𝑥) = .
𝑥−1
𝑏
9.1. Escreva 𝑓(𝑥) na forma 𝑦 = 𝑎 + 𝑐𝑥+𝑑, apresentando os cálculos efetuados.
9.2. Determine o domínio e o contradomínio da função.
9.3. Escreva as equações das assíntotas vertical e horizontal de 𝑓(𝑥).
9.4. Qual é o limite de 𝑓(𝑥) quando 𝑥 tende para +∞.
9.5. Indique o zero da função, apresentando todos os cálculos efetuados.
9.6. Estude o sinal da função.
9.7. Faça um esboço do gráfico de 𝑓 , atendendo às alíneas anteriores e indicando os pontos notáveis (intersecção
com os eixos).

10. Uma nódoa circular é detetada sobre um tecido. O comprimento, em centímetros, do raio dessa nódoa, t segundos
1+4𝑡
após ter sido detetada, é dado por 𝑟(𝑡) = , (𝑡 ≥ 0)
2+𝑡
10.1. Calcule 𝑟(0) e diga o significado físico deste valor.
10.2. O que acontecerá à nódoa quando o tempo aumenta indefinidamente?
10.3. Calcule, com aproximação à décima de segundo, o instante 𝑡 para o qual a área da nódoa é igual a 30 𝑐𝑚2 .
(Use a calculadora para resolver esta alínea)
Prova Modelo 1997

11. Uma empresa pretende lançar no mercado um novo tipo de sabonete. Durante a promoção o preço de venda de cada
36
sabonete, em cêntimos, é dado por 𝑃(𝑛) = 40 + , em que 𝑛 representa o número de sabonetes.
𝑛
11.1. Calcule 𝑃(1) e 𝑃(6). Faça um breve comentário que dê a justificação dos valores encontrados.
11.2. Quantos sabonetes serão necessário comprar para que o preço de cada um seja de 0,43€.
11.3. O que acontece a 𝑃(𝑛), quando 𝑛 aumenta indefinidamente?

12. No dia 21 de Março os alunos do 11º D resolveram plantar uma árvore no parque da escola. A árvore cresce de
24𝑥+4
acordo com a função 𝐶(𝑥) = em que 𝐶 representa a altura em metros e 𝑥 o tempo em anos desde que foi
𝑥+2
plantada.
12.1. Determine a altura da árvore quando foi plantada.
12.2. Quantos anos são precisos para que a árvore atinja 22 metros?
12.3. A árvore não pode ultrapassar certa altura. Qual é essa altura? Justifique.
12.4. As árvores do parque da escola têm alturas superiores a 10 m. A partir de quando a nova árvore as acompanha?
12.5. 86 anos depois de ser plantada a árvore foi cortada e substituída. Que altura tinha?

Página 2 de 3
12𝑥+20
13. Durante uma promoção, o preço de venda de determinado produto é dado por 𝑃(𝑥) = 𝑥
, onde 𝑃 representa
o preço em euros e 𝑥 representa o quilo do referido produto.
13.1. Calcule 𝑃(1) e interprete o valor no contexto do problema.
13.2. Se forem vendidos muitos quilos o que acontece ao preço? Justifique.

14. Um fabricante de bolas de futebol verificou que o custo médio, em euros, de uma bola para cada 𝑥 produzidas era
12+7𝑥
dado pela expressão: 𝐶(𝑥) = 𝑥
14.1. Qual é o preço de uma bola?
14.2. Quantas bolas tem de produzir o fabricante para que o custo de cada uma seja inferior a 10€.
14.3. Se a produção de bolas for em grande quantidade, o que acontece ao custo de cada bola? Justifique.

15. Segundo os testes de um laboratório técnico, a eficiência das pilhas M-ergy, quando são usadas num walkman, pode
780−10𝑡
ser expressa por 𝐸(𝑡) = , em que 𝐸 é a eficiência em percentagem (%) e 𝑡 é o tempo em horas de utilização.
𝑡+8
Resolva cada uma das alíneas seguintes sem recorrer à calculadora gráfica.
15.1. Qual é a eficiência das pilhas após 30 minutos de utilização?
15.2. O walkman só funciona em boas condições enquanto a eficiência das pilhas se mantiver acima dos 40%. Quanto
tempo podemos usar as pilhas nestas condições?
15.3. Se mantivermos o aparelho a funcionar mesmo em más condições, as pilhas continuam a dar energia até se
esgotarem. Quando acontecerá isso?
15.4. Qual é o domínio da função (no contexto do problema)?

16. Carlos Altis, um atleta que está a começar a sua carreira em salto em altura, arranjou um treinador. Este depois de
lhe fazer alguns exames e experiências, declarou que a altura a que conseguiria saltar se seguisse cuidadosamente
11𝑡+60
o seu novo método de treino, evoluiria de acordo com a seguinte função: 𝑎(𝑡) = 5𝑡+30
, em que 𝑎 é a altura em
metros e 𝑡 é o tempo em semanas desde o início dos treinos.
16.1. Que altura salta o Carlos no momento em que começa os treinos.
16.2. O grande objetivo do Carlos é bater o recorde nacional, que é de 2,16 metros. Justifique se será possível ele
alcançar os seus objetivos e, em caso afirmativo, quando é que isso ocorrerá?
16.3. O recorde do mundo está nos 2,30 metros. Será que o Carlos conseguirá lá chegar?

17. Uma avaria na central nuclear de Viladávila fez disparar o seu sistema de alarme. Os técnicos imediatamente ativaram
os procedimentos de emergência.
Suponha que a temperatura da água do sistema de refrigeração do núcleo da central evolui a partir daí de acordo
4𝑡2 +8𝑡+88
com a função 𝑇(𝑡) = , em que 𝑇 é a temperatura da água em °𝐶 e 𝑡 é o tempo decorrido em horas.
𝑡+1
17.1. Qual a temperatura da água quando se inicia o procedimento de emergência?
17.2. A sirene do alarme toca enquanto a temperatura da água for superior a 50 °𝐶. Quando é que a sirene esteve a
tocar?
17.3. O sistema de refrigeração explode se a água atingir os 100 °𝐶. Se os técnicos não fizerem mais nada, quando
é que isso acontecerá?

18. Uma mulher foi assassinada numa determinada localidade. A Polícia Judiciária sabe que a temperatura, t horas após
85
a morte, é dada, em graus Celsius (°𝐶), pela função definida por: 𝑇(𝑡) = 20 + 𝑡+5.
18.1. Determine qual era a temperatura da mulher quarenta e cinco minutos após a sua morte? Apresente o resultado
em °𝐶 arredondado às décimas.
18.2. O corpo foi descoberto às 3 horas da manhã de um certo dia e a temperatura do corpo da mulher marcava
24,6 °𝐶.
Sem recorrer à calculadora, determine a que horas, aproximadamente, foi assassinada a mulher. Apresente
o resultado em horas e minutos (minutos arredondado às unidades).
Nota: Se usar cálculos intermédios, conserve, no mínimo, três casas decimais.

Bom trabalho
A professora Cristina Alves

Página 3 de 3