Você está na página 1de 61

MÓDULO 2 – NÍVEL MÉDIO

http://osegredodateoriamusical.com.br/
O SEGREDO DA TEORIA MUSICAL COM O PROFESSOR ABIMAEL COSTA

Programa de estudo de teoria musical para instrumentos Melódicos e Harmônicos

MÓDULO 2 – MÉDIO
06 - Sinais de alteração
07 - Classificação de Tom e Semiton
08 - Comas
09 - Escala Diatônica e Cromática
10 - Escala Cromática no Violão
11 - Escala Diatônica no Violão
12 - Escala Diatônica no Teclado
13 - Escala Cromática no Teclado
14 - Enarmonia
15 - Escala Geral - Sobre Afinação (Diapasão)
16 - Cifragem
17 - Modos da Escala
18 - Graus da Escala
19 - Tetracorde - Escalas do Modo maior e Armadura de clave
20 - Escalas do Modo menor
21 - Como identificar uma musica em tom menor na partitura
22 - Graus modais
23 - Tons relativos
24 - Ciclo das quintas e quartas
25 - Intervalos
http://osegredodateoriamusical.com.br/
26 - Ligadura, Legato http://osegredodateoriamusical.com.br
27 - Síncope e Contratempo
28 - Quiáltera
29 - Compasso Composto
30 - Sinais de Repetição
31 - Staccato
32 - Fermata e Suspensão
33 - Andamentos
34 - Dinâmica e Sinais de Intensidade
35 - Ornamentos

Exer c íc io s sugeridos n o Ca n a l d o Y o u tu b e “ T eo r ia m u sic a l f á c il”

Exercícios: Leitura Rítmica com ligaduras (6 - Divisão rítmica fácil e descomplicada)


( https://youtu.be/92I0CnK0ubc?list=PLB9eleH8yzEV93SqDW15bbVsBhRpvEA23 )

- Exercícios: Leitura Métrica com Síncope (20 - Divisão rítmica fácil e descomplicada
( https://youtu.be/D6FNCzFZiGM )

- Exercícios: Leitura Métrica com quiálteras (14 - Divisão rítmica fácil e descomplicada
( https://www.youtube.com/watch?v=36KEIRiJfYQ&t=417s )
-
( https://www.youtube.com/watch?v=rK-uDmlrB54&t=23s ) (15 - Divisão rítmica fácil e descomplicada

Exercícios: Solfejos na Clave de sol


( https://www.youtube.com/watch?v=NkImA7X4eBo&list=PLB9eleH8yzEUPikFIrsKK-n-Ro8fOt6zs)

- Exercícios: Solfejos na Clave de sol


(https://www.youtube.com/watch?v=222bh7CCVyI&list=PLB9eleH8yzEU2xIxnaoD5JbKikPsxIsJ6)
Sinais de Alterações ou Acidentes
# Sustenido Eleva a altura da nota em 1 semiton
b Bemol Abaixa a altura da nota em 1 semiton
 Bequadro Anula o efeito de todos os acidentes
fazendo com a nota volte a sua altura

]
natural.

Dobrado Sustenido Eleva a altura da nota em 1 tom

bb Dobrado Bemol Abaixa a altura da nota em 1 tom


http://osegredodateoriamusical.com.br
Classificação de Tom e Semitom
SEMITOM - é o menor intervalo de som que o ouvido humano é capaz
de perceber e classificar.
TOM - é a soma de 2 semitons
Existem duas classes de Semitons:
SEMITOM CROMÁTICO – Formado por duas notas de nomes iguais e
com sons diferentes

SEMITOM DIATÔNICO – Formado por duas notas de nomes e sons


diferentes

http://osegredodateoriamusical.com.br
COMAS

1 TOM = 9 COMAS

Dó Dó # Ré

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Diatônica de Dó maior
A Escala diatônica é a escala composta por 2 semintons diatônicos do 3ª para o 4º graus e do 7º para o 8º grau
Superdominante Sensível Tônica
Subdominante Dominante
Mediante
Nome dos Graus Tônica Supertônica s.t
s.t

Nº dos Graus I II III IV V VI VII VIII

Escala Cromática
A Escala diatônica é a escala formada por semitons cromáticos

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Diatônica de dó maior
no teclado

Dó ré mi fá sol lá si dó

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Cromática no teclado

dó# ré# fá# sol#lá#

Dó ré mi fá sol lá si dó

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Cromática
no Braço do violão

Corda Solta
Dó Si Lá # Lá Sol # Sol Fá # Fá Mi
Ré # Ré Dó # Dó

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Diatônica de dó maior
no Braço do violão

Corda Solta
Dó Si Lá Sol Fá Mi
Ré Dó

Mi

http://osegredodateoriamusical.com.br
Enarmonia
Quando um mesmo som possui mais de um nome.

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escala Geral
Lá 3 – DIAPAZÃO – 440 HZ

Dó 5 Dó 6 Dó 7
Lá -2 Dó 4

Dó 3
Dó 2
Dó 3 é o dó Central
Dó 1
Dó -2 Dó -1

Dó -1 Dó 1 Dó 2 Dó 3 Dó 4 Dó 5 Dó 6 Dó 7
32,70 hz 65,40 hz 130.81 hz 261,6 hz 523,25 hz 1.046,50 hz 2093 hz 4.186 hz
Lá -2
27,5 hz Lá 3 – DIAPAZÃO – 440 HZ
Os pianos modernos têm 88 teclas do lá -2 que vibra a 27,5 Hz ao dó 7 que vibra a 4.186 Hz.
(7 oitavas mais 3 notas lá -2, lá # -2 e si -2). Os pianos mais antigos têm 84 teclas (7 oitavas do
lá -2 a lá 6 que vibra a3.520 Hz.
32,70 hz 65,40 hz 130.81 hz 261,6 hz 523,25 hz 1046,50 hz 2093 hz 4.186 hz

Dó -1 Dó 1 Dó 2 Dó 3 Dó 4 Dó 5 Dó 6 Dó 7

Lá 3 Diapazão
Lá -2
27,5 hz 440 hz

http://osegredodateoriamusical.com.br
Cifragem http://osegredodateoriamusical.com.br

Chamamos de Cifra as 7 primeiras letras do nosso alfabeto que representam os acorde musicais. As letras
substituirão os nomes das notas musicais. Esta letras poderão ser acompanhadas de símbolos e números e
será utilizada por instrumentos harmônicos, ou seja, instrumentos que executam várias notas ao mesmo
tempo como o violão, o teclado e piano etc...

Lá maior Si maior Dó maior Ré maior Mi maior Fá maior Sol maior

A B C D E F G
Estas letras poderão ser acompanhadas de símbolos e números
Dó menor Dó maior com sétima Dó diminuto Dó menor com sétima e quinta diminuta
Cm C7 C C7(b5)
As Cifras representam os Acordes musicais

C Dm Em F G Am B°
Modos da Escala http://osegredodateoriamusical.com.br

Modo é a maneira como os tons e semitons se distribuem entre os graus de escala. A escala recebe o nome da sua
tônica que é a primeira nota da escala
Cada povo no mundo tem sua musica com padrões e formas peculiares.
Cada povo escolheu seu Modo de escala
Os japoneses por exemplo adotaram a escala Pentatônica denominada também de “Escala in Sem”
De todas estas escalas os países ocidentais (Brasil, países da América do Sul, Estados Unidos etc..) adotaram apenas
dois modos que são: O Modo Maior e o Modo Menor com as escalas Menores Natural, Melódica e Harmônica.

Tipos de Escalas ( aqui estão apenas alguns exemplos existem muito mais)
ESCALA CROMÁTICA ESCALAS DOS MODOS GREGOS ESCALA HEXAFÔNICA
ESCALA DIATÔNICA MAIOR JONIO ESCALA OCTATÔNICA
ESCALA DIATÔNICA MENOR NATURAL DÓRICO ESCALA DOM-DIM
ESCALA DIATÔNICA MENOR HARMÔNICA FRÍGIO ESCALA “TONS INTEIROS
ESCALA DIATÔNICA MENOR MELÓDICA LÍDIO ESCALA DIMINUTA
ESCALA PENTATÔNICA MIXOLIDIO ESCALA BEBOP
ESCALA PENTATÔNICA MAIOR EÓLIO ESCALA CIGANA
ESCALA PENTATÔNICA MENOR LÓCRIO ESCALA ÁRABE MAIOR
ESCALA PENTATÔNICA "BLUES-NOTE ESCALA ÁRABE MENOR
ESCALA SIMÉTRICA ESCALA ALTERADA: Também
ESCALA EXÓTICA chamada de Escala Ravel
MODO MAIOR/ARMADURA DE CLAVE

1º Tetracorde
𝑻𝑬𝑻𝑹𝑨𝑪𝑶𝑹𝑫𝑬 2º Tetracorde

2º Tetracorde
1º Tetracorde
# #
Escala de
Sol Maior 1º Tetracorde 2º Tetracorde
s.t
s.t ##
#
# Escala de
Ré Maior
# # ##
# Escala Lá #
Maior

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escalas do modo maior Ordem dos Sustenidos- fá - dó – sol – ré - lá – mi - si
s.t
s.t
C

# Escala de # G
Sol Maior

Escala de
# D
# #
# Ré Maior

# # ##
# Escala Lá
Maior # A

Mi Maior E

Si Maior
B

Fá # Maior F#

Dó # Maior C#
http://osegredodateoriamusical.com.br
18
Dó Maior Ré Maior

Sol Maior Lá Maior

http://osegredodateoriamusical.com.br
Ordem dos Bemois: - Si - mi – lá – ré - sol – dó - fá
TOM ESCALA ACIDENTES FIXOS CIFRA

Fá Maior F

Si bemol Maior Bb

Mi bemol Maior Eb

Ré bemol Maior Db

Lá bemol Maior Ab

Sol bemol Maior Gb

Dó bemol Maior Cb
http://osegredodateoriamusical.com.b
FÁ Maior Si bemol Maior

Mi bemol Maior

http://osegredodateoriamusical.com.br
ESCALAS DO MODO MENOR
Escala menor NATURAL

Escala menor HARMÔNICA

Escala menor MELÓDICA

http://osegredodateoriamusical.com.br
Lá menor harmônico

http://osegredodateoriamusical.com.br
http://osegredodateoriamusical.com.br

Lá menor melódico
GRAU MODAL 3º e 6º graus
caracteriza o modo da escala
No modo Maior
Do 1º ao 6º grau tem 4 tons e 1/2

Do 1º ao 3º grau tem 2 tons

No modo menor
Do 1º ao 6º grau tem 4tons

Do 1º ao 3º grau tem 1 tom e 1/2 http://osegredodateoriamusical.com.br


Escalas Relativas

São as escalas que possuem a mesma armadura de clave em MODOS diferentes

DÓ MAIOR

VI GRAU

A escala relativa menor é encontrada no VI do relativo Maior ou uma 3ª menor (1 tom e 1/2)
abaixo da tônica do tom maior.
LÁ MENOR

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escalas Relativas

´RÉ MAIOR

VI GRAU

SI MENOR

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escalas Relativas
FÁ MAIOR

RÉ MENOR - NATURAL VI GRAU

RÉ MENOR - HARMÔNICA

RÉ MENOR - MELÓDICA

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escalas Relativas

´MI BEMOL MAIOR

VI GRAU
DÓ MENOR - NATURAL

DÓ MENOR - HARMÔNICA

DÓ MENOR - MELÓDICA

http://osegredodateoriamusical.com.br
Escalas Relativas

SOL MAIOR

MI MENOR - NATURAL

MI MENOR - HARMÔNICA

MI MENOR - MELÓDICA

http://osegredodateoriamusical.com.br
CICLO DAS QUINTAS
(6)###### (Nenhum)

Fá#
Dó maior
maior

(5)##### D#m Am (1)#


Si maior G#m Em Sol maior

C#m Bm
F#m
Mi maior Ré maior

(4)#### Lá maior (2)##

http://osegredodateoriamusical.com.br (3)###
CICLO DAS QUARTAS
(6)bbbbbb (Nenhum)

Sol bemol
maior
Dó maior

(5)bbbbb Ebm Am (1)b


Ré bemol
maior Bbm Dm Fá maior

Fm Gm
Lá bemol Cm Si bemol
maior maior

Mi bemol
(4)bbbb (2)bb
maior

http://osegredodateoriamusical.com.br (3)bbb
LIGADURA LEGATO

Ligadura Legato

http://osegredodateoriamusical.com.br
Fermata e Suspenção

Fermata

Suspenção

Estes símbolos são muito usados na escrita da partitura. Pode ser colocada abaixo ou acima de uma figura musical
indicando um prolongamento na duração do som além do valor original da figura.

A Fermata não possui um valor determinado ela varia em função da vantade do executante
ou do regente.

http://osegredodateoriamusical.com.br
O tempo se divide em 2 partes: parte fraca e parte forte

Sícope é quando um som se prolonga da parte fraca de um tempo


para a parte forte do outro tempo

http://osegredodateoriamusical.com.br
Contratempo

Contratempo é quando um som é substituído por uma pausa na parte forte do um tempo

- Exercícios: Leitura Métrica com Síncope e contratempo (20 - Divisão rítmica fácil e
descomplicada
( https://youtu.be/D6FNCzFZiGM )
http://osegredodateoriamusical.com.br
Quiáltera http://osegredodateoriamusical.com.br
tercinas, quintinas, sextinas septinas
Quiáltera http://osegredodateoriamusical.com.br
tercinas, quintinas, sextinas septinas
http://osegredodateoriamusical.com.br
Quiáltera
INTERVALO
É a distância (altura) entre duas notas.

Os intervalos são: Maior , menor, aumentado, diminuto e justo

2ª Maior 3ª Maior 4ª Justa 5ª Justa 6ª Maior 7ª Maior 8ª Justa

Os intervalos de 2ª, 3ª, 6ª e 7 podem ser:


Maior , menor, aumentado e diminuto

Já os intervalos de 4ª, 5ª, e 8ª podem ser:


Justo , aumentado e diminuto

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 2ª

2ª Maior (1 tom)

2ª Menor (1/2 tom)

2ª Diminuta = NULO (0 tom)

2ª Aumentada (1 e 1/2 tom)


INTERVALOS DE 3ª

3ª Maior (2 tons)

3ª Menor (1 e 1/2 tom)

3ª Diminuta (1 tom)

3ª Aumentada (2 e 1/2 tom)

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 4ª

4ª Justa (2 e 1/2 tom)

4ª Aumentada (3 tons)

4ª Diminuta (2 tons)

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 5ª

5ª Justa (3 e 1/2 tom)

5ª Aumentada (4 tons)

5ª Diminuta (3 tons)

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 6ª

6ª Maior (4 e 1/2 tom)

6ª Menor (4 tons)

6ª Diminuta (3 e 1/2 tom)

6ª Aumentada (5 tons)

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 7ª

7ª Maior (5 e 1/2 tom)

7ª Menor (5 tons)

7ª Diminuta (4 e 1/2 tom)

7ª Aumentada (6 tons)

http://osegredodateoriamusical.com.br
INTERVALOS DE 8ª

8ª Justa (6 tons)

8ª Aumentada (6 e 1/2 tom)

8ª Diminuta (5 e 1/2 tom)

http://osegredodateoriamusical.com.br
Compasso Composto

No Compasso composto o numerador é 6, 9 ou 12.


O denominador indica a figura que ocupa a terça parte da unidade de tempo.
A métrica do compasso é obtida quando dividimos o numerador por 3. exemplo: 6/8
pegamos o 6 dividimos por 3 que vai dar 2 – Binário Composto

Muitas vezes ele é confundido com o 3/4

A pulsação da musica é quem vai determinar seu estilo ou seu ritmo o compasso é que
irá dividir em grupos os sons musicais respeitando sua pulsação.

o compasso 6/8 é formado por 6 colcheias. Mas tem métrica binária, ou seja, dois pulsos
por compasso. Sua unidade de tempo é uma semínima pontuada.

http://osegredodateoriamusical.com.br
Compasso Composto

O numerador indica a quantidade de figuras dentro do compasso

6
8
Unidade de tempo Unidade de compasso
O denominador indica o número da figura será a MÉTRICA do compasso

http://osegredodateoriamusical.com.br
Compasso Composto

O numerador indica a quantidade de figuras dentro do compasso

9
8
Unidade de tempo Unidade de compasso
O denominador indica o número da figura será a MÉTRICA do compasso

http://osegredodateoriamusical.com.br
Compasso Composto

O numerador indica a quantidade de figuras dentro do compasso

12
8
Unidade de tempo Unidade de compasso
O denominador indica o número da figura será a MÉTRICA do compasso

http://osegredodateoriamusical.com.br
Marcção dos Compassos
Binário Ternário Quaternário

Binário Composto Ternário Composto Quaternário Composto


1 23 1 23 1 23

1 1 1
2 2 2
3 3 3

1 23 1 23 1 23
http://osegredodateoriamusical.com.br
Exemplo de compasso composto

http://osegredodateoriamusical.com.br
Exemplo de compasso composto

http://osegredodateoriamusical.com.br
http://osegredodateoriamusical.com.br
SINAIS DE REPETIÇÃO

http://osegredodateoriamusical.com.br
&
SINAIS DE REPETIÇÃO

4
4
Exemplo: Solfejo na clave de sol 16 – Canal Teoria musical fácil
(https://youtu.be/-WRThpapUNo?list=PLB9eleH8yzEUPikFIrsKK-n-Ro8fOt6zs)
http://osegredodateoriamusical.com.br

Staccato Simples

Staccato Martelato

Staccato Doce
Dinâmica
A dinâmica na música refere-se a intensidade exigida pelo
autor em momentos específicos da música está relacionada
a força que será empregada naquele momento.

Sinais de Dinâmica Sinais de Intensidade


  
 

crescendo diminuendo < >

 
sforzando

decres. 
Corresponde a diminuição gradativa do som
cresc.
Corresponde ao aumento gradativo do som
http://osegredodateoriamusical.com.br
Andamentos

Largo – Adágio – Lento 40-60 Bpm


Largueto 60 - 72 Bpm
Andante 72 – 84
Andantino, Alegreto 84 – 120 Bpm
Alegro 120 – 150 Bpm
Presto 150 – 180 Bpm
Prestíssimo 180 – 218 Bpm

http://osegredodateoriamusical.com.br
Ornamentos
Floreio Execução

Apogiatura Execução

Acciccatura Execução

Grupeto Execução

Trinado Execução
http://osegredodateoriamusical.com.br

Você também pode gostar