Você está na página 1de 27

LIPÍDIOS - SABÕES

COMO O SABÃO LIMPA?


REAÇÃO DE
SAPONIFICAÇÃO

A HIDRÓLISE BÁSICA DE UM TRIACILGLICEROL


PRODUZ O GLICEROL E OS SAIS DE ÁCIDOS
GRAXOS, CONHECIDOS COMO SABÕES.
• Devido ao caráter apolar dos óleos e gorduras, a remoção de
seus resíduos em pratos, panelas e outros utensílios de
cozinha é tarefa quase impossível sem o uso de sabões ou
detergentes. Esses agentes auxiliam na remoção dos resíduos
porque suas moléculas são formadas por duas partes
distintas: uma parte polar, que apresenta afinidade pela água
(hidrofílica) e outra apolar, que tem afinidade por óleos e
gorduras (hidrofóbica).
• A forma de atuação dos sabões e detergentes é a mesma; no
entanto, diferem um pouco quanto à estrutura. Enquanto os
detergentes sintéticos são formados por sais de ácidos
sulfônicos de cadeia longa, os sabões são formados por
ácidos graxos de cadeia longa.
CARACTERÍSTICA BIPOLAR DOS
SABÕES E DETERGENTES
•O uso desses materiais diminui a
tensão superficial da água,
fazendo com que seja possível a
adesão da gordura ao solvente e,
consequentemente, que ela
possa ser enxaguada.
TENSÃO SUPERFICIAL
• PROPRIEDADE QUE FAZ COM QUE O LÍQUIDO SE
COMPORTE COMO SE TIVESSE UMA MEMBRANA
ELÁSTICA EM SUA SUPERFÍCIE.
FORÇAS ATRATIVAS FORÇAS
APENAS
INTERNAMENTE, ATRATIVAS EM
ESSAS FORÇAS TODAS AS
“PUXAM” AS
MOLÉCULAS PARA DIREÇÕES
DENTRO.
A CONSEQUÊNCIA
DISSO É QUE A
SUPERFÍCIE DO
LÍQUIDO TENDERÁ A
DIMINUIR A
QUANTIDADE DE
MOLÉCULAS,
DIMINUINDO A ÁREA A FORMA ESFÉRICA É A QUE GARANTE MENOR ÁREA DE
SUPERFICIAL. CONTATO.
• As moléculas da superfície
formarão uma espécie de
“pele” que será mais
resistente a perturbações
moleculares.
• A força que deve ser
realizada para quebrar esta
estrutura coesa e,
portanto, aumentar a área
da superfície é chamada
de Tensão Superficial.
•OS SABÕES E DETERGENTES SÃO
SURFACTANTES OU AGENTES
TENSOATIVOS, OU SEJA, ELES
“QUEBRAM” A TENSÃO SUPERFICIAL
DA ÁGUA.
CLASSIFICAÇÃO DOS TENSOATIVOS
• PARTE HIDROFÓBICA • PARTE HIDRÓFILA (POLAR)
(APOLAR) • ANIÔNICOS;
• CADEIA DE 8 A 18 • CATIÔNICOS;
CARBONOS;
• ANFÓTEROS;
• NORMALMENTE LINEAR
• NÃO IÔNICOS
• EM ALGUNS CASOS – ANEL
BENZÊNICO SUBSTITUI
ALGUNS ÁTOMOS DA
CADEIA.
ANIÔNICO – CARGA NEGATIVA - ÂNION
• MAIOR CLASSE DE TENSOATIVOS;
• MAIS USADA PELA INDÚSTRIA;
• SABÃO, SABONETE, DETERGENTE, XAMPU
• MAIS USADOS: (DETERGENTES) SULFATOS,
SULFONATOS, FOSFATOS;
(SABÕES) SAIS DE ÁCIDOS GRAXOS.
•CARACTERÍSTICAS:
•ALTA POLARIDADE
•MUITO SOLÚVEIS EM ÁGUA
•MUITO SENSÍVEIS À ÁGUA DURA – PODE
OCORRER PRECIPITAÇÃO E
NEUTRALIZAÇÃO
CATIÔNICO – CARGA POSITIVA - CÁTION
• POUCOS TENSOATIVOS
• SAIS DE AMÔNIO QUATERNÁRIO
• PODER DETERGENTE FRACO:
• N É MAIS ELETRONEGATIVO QUE C: NEUTRALIZA PARTE DA
CARGA POSITIVA
• REDUZ A SOLUBILIDADE EM ÁGUA
• NÃO É USADO COMO DETERGENTE DOMÉSTICO: ADITIVOS
DE LUBRIFICANTES, AMACIANTES E ANTICORROSIVOS
• CATIÔNICO E ANIÔNICO NÃO
SÃO COMPATÍVEIS;
• OCORRE NEUTRALIZAÇÃO DE
CARGAS E FORMAÇÃO DE
PRECIPITADO;
• SÃO MAIS TÓXICOS;
• MAIOR CAPACIDADE DE
ADESÃO À SUPERFÍCIES
SÓLIDAS;
• PROPRIEDADES GERMICIDAS –
DESINFETANTES;
NÃO IÔNICO – NÃO APRESENTAM
CARGAS ELÉTRICAS

• INTERAGE COM ÁGUA POR LIGAÇÕES DE


HIDROGÊNIO.
• OBTIDOS A PARTIR DE ÁLCOOIS DE CADEIA
LONGA OU FENÓIS ALQUILADOS EM REAÇÕES
COM EPÓXIDOS
• DETERGENTES EM PÓ E LÍQUIDOS
• EM ASSOCIAÇÃO COM ANIÔNICOS
• COSMÉTICOS – ALTO CUSTO
• JUNTO COM ANIÔNICOS: MAIS ADEQUADOS PARA
REMOÇÃO DE SUJEIRA;
• EM ÁGUA: SUJEIRA E FIBRAS CARREGADAS
NEGATIVAMENTE;
• LIVRE PARA INTERAGIR COM GRUPOS HIDROFÓBICOS
FORMADORES DE SUJEIRA;
VANTAGENS EM RELAÇÃO AOS CATIÔNICOS
• FACILMENTE REMOVIDOS NO MEIO AQUOSO;
• REAGEM COM GRUPOS HIDRÓFILOS DE CARGA
NEGATIVA;
• NÃO INTERAGINDO COM O GRUPO HIDROFÓBICO DA
SUJEIRA;
• TAMBÉM PODEM INTERAGIR COM A CARGA NEGATIVA
DA FIBRA;
• FICA ADERIDO: IMPRESSÃO DE TECIDO SUJO.
ANFÓTEROS – POSITIVA E
NEGATIVA JUNTAS
• EM SOLUÇÃO A CARACTERÍSTICA
ANIÔNICA E CATIÔNICA DEPENDE
DO pH;
• ÂNION CARBOXILATO (NEGATIVA);
• AMINA OU CÁTIONS QUATERNÁRIO
DE AMÔNIO (POSITIVA);
• PALMITATO DE TRIETANOLAMINA