Você está na página 1de 9

CURSO SOBRE

ORATÓRIA SACRA

VERBALIZAÇÃO
Objetivo

O principal objetivo da verbalização é levar o


orador (pregador) a falar bem em público das
coisas de Deus. O corpo e a voz precisam
anunciar e expressar a verdade da palavra viva.

Na verbalização é essencial o bom uso da:


Voz
Roteiro
Dramatização
Conteúdo

É necessário, antes de tudo, definir qual é o tipo


de oratória que será utilizada para que a
verbalização seja bem empregada.

Ensino Pregação
Razão Emoção
Catequese Querigma
Formar Transformar
Ensino
Razão: é uma apresentação lógica do conteúdo, que
procura convencer por meio de uma argumentação
fundamentada.

Catequese: é o ensino da fé, ou seja, a resposta


para pergunta: mas em que cremos? É fundamental
ter como base a apologética (defesa da fé).

Formar: é a prática de moldar o coração do


convertido para a vivência com Cristo e a busca de
santidade.
Pregação

Emoção: é uma apresentação mais ‘envolvente’ do


conteúdo, que procura atrair a atenção do ouvinte.

Querigma: é o primeiro anúncio de Jesus que tem


como objetivo levar a uma experiência pessoal com
Ele.

Transformar: a principal consequência da escuta da


palavra precisa ser a mudança de vida. Transformar o
coração de pedra em um coração de carne.
Verbalização
A comunicação que a Oratória Sacra transmite passa
pelas três vias de expressão: verbal, vocal e corporal.

Pesquisas apontam a importância da linguagem


corporal para a comunicação. De acordo com elas a
porcentagem se divide da seguinte forma:

Verbal: 15 %
Vocal: 25%
Corporal: 60%
Verbalização

Neste sentido, a aplicação da verbalização passa por


duas vias: o Corpo e a Voz (verbal e vocal). Cada
qual tem seu papel:

Verbal: é o conteúdo apresentado pelo orador, ou


seja, é o que falar.
Vocal: é o modo como é apresentado o conteúdo.
Ex.: a cadência e a imposição da voz.
Corporal: o corpo fala, portanto uma boa pregação
exige que o corpo esteja em sintonia com a fala.
Verbalização

Pontos que devem ser observados no momento


da pregação:
Corpo Voz
Olhos Tom
Rosto Volume
Mãos Dicção (Pronúncia clara)
Pés Impostação (Educar a voz)
Boca Cadência (Ritmo)
Conclusão

Em geral os elementos fundamentais da


verbalização são:

Parresia: ousadia (autoridade) profética

Eloquência: elocução expressiva e viva

Testemunho: viver o que se prega