Você está na página 1de 2

Guia de avaliação

Fonte: Magee, Gross

Exame subjetivo (história/sintomas):


 Quando o episódio começou?
 Traumático ou insidioso?
 Episódios prévios
 Localização, tipo e intensidade da dor (numera de 0 a 10, quanto é sua dor?).
 Dor constante ou intermitente? (natureza química ou mecânica)
 O que melhora, o que piora a dor?
 Melhora ou piora no fim do dia?
 Dor ao acordar (pesquisar sobre o sono também. Quantas horas dormidas/a
dor impede o sono?/posição para dormir/
 Dor pela manha que melhora com atividade (sugestão para osteoartrose)

Exame Objetivo:
 Inspeção:
o Exame estrutural (postural)
o Tônus
o Força
 Teste dos movimentos ativos (avalia estruturas contráteis; quando e onde
ocorre a dor, ritmo e qualidade do movimento)
o Padrão da ativação muscular (dominância muscular)
 Teste dos movimentos passivos (avalia tecidos inertes; quando e onde ocorre a
dor)
o ADM (goniometria)
o End Feel (sensibilidade final)
 Normais: osso com osso, aproximação de tecidos, alongamento
de tecido
 Anormais: espasmo, capsular (mole ou duro), osso como osso,
vazio, bloqueio em mola.
 Teste de movimentos isométricos (isola a unidade musculo tendinha como
causa da dor)
o Contração forte e indolor – musculo normal
o Contração forte e dolorosa – alteração no grupo contrátil
o Fraca e indolor – déficit neurológico ou musculo fraco por desuso
o Fraca e dolorosa – disfunção contrátil
 Teste de força muscular:
o Grau 0 – não sente contração nenhuma
o Grau 1 – esboço de contração
o Grau 2 (fraco) – produz movimento com a eliminação da gravidade
o Grau 3 (irregular) – consegue fazer o movimento contra a ação da
gravidade
o Grau 4 (bom) – consegue fazer movimento contra a ação da gravidade e
contra resistência externa moderada
o Grau 5 (normal) – consegue fazer o movimento contra a acao da
gravidade e contra maior resistência externa
 Teste de miótomos (C1-2, C3, C4, C5, C6, C7, C8, T1, L1-2, L3, L4, L5, S1, S1-2,
S3) – MANTER 5 SEGUNDOS
 Perimetria (trofismo)
 Testes especiais
 Teste de flexibilidade
 Teste de tensão neural adversa
 Teste dos reflexos tendinosos profundos
 Teste de sensibilidade
 Teste de mobilidade acessoria
 Exame palpatório (edema, coloração, temperatura, aderência, espamo, ponto
gatilho, tatuagens, etc
 Avaliação funcional ( AVDS, mobilidade (marcha e equilíbrio)
 Diagnóstico por imagem (anoto data e laudo).