Você está na página 1de 12

Técnica

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica Anexo I

PROJETO FIBRIA
AVALIAÇÃO DE RISCOS

Logística – MS e SP

Proposta Técnica

Proposta de Trabalho
ZDP2014/04 – Técnica – Projeto FIBRIALogística MS e SP
Agosto /2014

Contato e Responsabilidade:
José Eduardo Paccola – joseep@uol.com.br

O conteúdo desta proposta destina-se exclusivamente ao cliente FIBRIA, não devendo ser revelado fora de sua
organização. Não pode ser duplicado, usado ou publicado, no total ou em parte, para qualquer outro propósito
que não de avaliação da proposta ou para acompanhamento dos serviços contratados.
ZDP CONSULTORIA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página: 1 / 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

Índice

1 APRESENTAÇÃO ZDP CONSULTORIA............................................................. 3


1.1 DIFERENCIAL COMPETITIVO................................................................................ 3
1.2 SERVIÇOS OFERECIDOS ..................................................................................... 3
1.3 DIRETOR .......................................................................................................... 4
2 OBJETIVO ........................................................................................................... 5
2.1 OBJETIVOS ESPECÍFICOS (O QUE?) .................................................................... 5
2.2 RESPONSÁVEIS PELO TRABALHO (QUEM ?).......................................................... 5
3 MOTIVAÇÃO ........................................................................................................ 6
4 METODOLOGIA - AS ETAPAS (COMO?).......................................................... 6
5 ABRANGÊNCIA – A DEFINIÇÃO DO ALVO (ONDE ?) ...................................... 8
6 EXECUÇÃO E ENTREGA DOS RESULTADOS ................................................. 8
7 RESPONSABILIDADES .................................................................................... 10
7.1 DA ZDP ......................................................................................................... 10
7.2 DA FIBRIA ..................................................................................................... 10
8 OBSERVAÇÕES FINAIS ................................................................................... 11

ANEXO – CRONOGRAMA DOS TRABALHOS - SUGERIDO

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 2 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

1 Apresentação ZDP Consultoria


A ZDP Consultoria é uma empresa de consultoria e prestação de serviços que tem como
objetivo melhorar o resultado das empresas, agregando valor aos clientes, através da
utilização de metodologia comprovada com a participação da alta direção e da equipe
operacional, apoiando as decisões estratégicas e operacionais, com ética e
responsabilidade, profissionalismo e experiência.

1.1 Diferencial Competitivo


A ZDP Consultoria tem capacidade para executar serviços relacionados às atividades
Operacionais e de Gestão, abrangendo os processos de Colheita, Silvicultura, Manutenção,
no que diz respeito às atividades mecanizadas e manuais. Na área de Gestão Florestal
também desenvolve trabalhos voltados para a análise de processos e implantação de
metodologia gerencial comprovada, baseada no 5S e TPM, no PDCA e SDCA, que inclui
Gerenciamento da Rotina e da Melhoria, com definição de indicadores, metas, planos de
ação e ações corretivas.

1.2 Serviços oferecidos


GESTÃO:

• Revisão de processos, identificando pontos de melhoria;


• Revisão de estrutura organizacional;
• Definição das Metas, Análise do Estado Atual, Elaboração de Plano de Ação,
Acompanhamento e Correção. Implantação do Gerenciamento da Rotina.
OPERAÇÕES:

• Implantação de PMP – Programa de Manutenção Preventiva – revisão ou


elaboração de Planos de Manutenção para cada grupo de equipamentos.
• Implantação de 5S – treinamento para as equipes, implantação de auditorias.
• Implantação de Operador Mantenedor – treinamento para operadores para
identificação de anormalidades, Etiquetagem, Reunião de Pequenos Grupos,
lista de inspeção de início de operação, lista de pequenos reparos.
• Implantação de Manutenção Autônoma – preparação para as etapas de
implantação e introdução das ferramentas de melhorias: Gestão a Vista,
Lição Ponto a Ponto, Análise Porque-Porque.
PESSOAS:

• Formação e capacitação de Líderes para Operação e Manutenção de


equipamentos móveis, através do acompanhamento e orientação durante o
trabalho;
• Elaboração de Matriz de Habilidades – definição das áreas de conhecimento
necessárias para cada função e dos conhecimentos básicos, específicos e
complementares;
• Definição de grade de treinamento necessária baseada em levantamentos
reais realizados nas equipes.

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 3 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

PROJETOS:

Elaboração de projetos de mecanização agro-florestal – novos projetos ou


ampliações - dimensionamento de equipamentos e pessoal, definição de modelos de
equipamentos de colheita e de apoio, elaboração de memorial descritivo para
compra. Implantação de projetos de Colheita, Silvicultura e Manutenção.

1.3 Diretor
• José Eduardo Paccola – Engenheiro Mecânico com quase 30 anos de experiência
em grandes grupos nacionais (Duratex, Votorantim Celulose e Papel, Fibria),
atuando nas áreas de Manutenção Mecânica, Desenvolvimento Operacional,
Sistema de Gestão, Qualidade, Treinamento e Novos Projetos.

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 4 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

2 Objetivo
Apresentar a proposta técnica para elaboração de análise dos EQUIPAMENTOS utilizados
na carga e transporte de madeira e confecção de estradas e nos PROCEDIMENTOS de
manutenção realizados nestes equipamentos, nas atividades mecanizadas da FIBRIA, nos
estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, com foco na SEGURANÇA dos
funcionários envolvidos na operação e manutenção desses equipamentos, além de
apresentar sugestões de eliminação ou redução do risco para os principais itens
levantados.

2.1 Objetivos específicos (O que?)


- Avaliar estática e dinamicamente os equipamentos de carga e transporte de
madeira e também os equipamentos de abertura e manutenção de estradas,
identificando locais onde há risco de ocorrência de acidentes pessoais e sugerir
medidas para eliminar ou reduzir o risco para os principais itens identificados.
- Avaliar os procedimentos de manutenção para os principais serviços recorrentes,
identificando atividades potenciais de risco para ocorrência de acidentes e
apresentar sugestões para eliminar ou reduzir o risco para os principais itens.

2.2 Responsáveis pelo trabalho (Quem ?)


Os principais responsáveis pelos trabalhos neste projeto estão listados na figura 1.

Figura 1 Responsáveis pelos trabalhos

FUNÇÃO RESPONSÁVEL
Patrocinador Marco Aurélio – Gerente de Logística
Responsável FIBRIA Luciano Aparecido Venâncio – Sup. de Logística SP
Resp. Segurança Fibria
Responsável ZDP José Eduardo Paccola - Consultor
Outros Participantes Conforme demanda

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 5 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

3 Motivação
A busca constante por ações que garantam a segurança dos funcionários envolvidos nas
operações é uma prática frequente da FIBRIA, que conduz vários projetos simultâneos para
a redução da exposição ao risco de todos os envolvidos nas diversas etapas dos seus
processos.
As atividades detalhadas nesta proposta têm o intuito de completar e reforçar as demais
ações em curso, elevando a segurança das operações de carga, transporte e
movimentação de madeira no pátio.

4 Metodologia - As Etapas (Como?)


As análises para identificação dos locais e procedimentos de risco serão realizadas
simultaneamente quando assim for possível. Entretanto, para melhor entendimento dos
produtos que serão gerados, é possível separar essas tarefas em duas etapas distintas,
conforme mostrado na figura 2:

Etapa 1) Mapeamento dos Equipamentos e


Etapa 2) Mapeamento dos Procedimentos de Manutenção.

Figura 2 A estrutura do trabalho

A disponibilização, por parte da FIBRIA, dos dados históricos sobre os acidentes e/ou
incidentes ocorridos nos últimos meses irá contribuir para a análise tanto dos
equipamentos quanto dos procedimentos, pois poderá mostrar tendências importantes que
devem ser investigadas.
Se existirem informações que já foram levantadas pela Equipe operacional e pela área
de Segurança, estas também deverão ser disponibilizadas visando enriquecer o trabalho,
ampliar a sua abrangência e ganhar tempos importantes.

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 6 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

Por Mapeamento entende-se:


1) Identificação da parte (equipamento) ou tarefa.
2) Identificação do risco associado.
3) Sugestão de mitigação para os casos de maior risco.

A seguir, os principais itens a serem cumpridos em cada uma das etapas:

4.1 Etapa 1

Neste momento, o objetivo será identificar nos equipamentos os locais onde existe risco
iminente de ocorrência de acidente. Pelo menos uma unidade de cada grupo dos
equipamentos participantes do escopo será vistoriada, analisada e fotografada e será
emitido um relatório com os principais pontos prováveis para ocorrência de acidentes
pessoais.

OBS: no caso de transporte de madeira (tora e cavaco) o foco do trabalho será nas
atividades de ponta – engate, desengate, carga, descarga –. Não iremos analisar riscos no
transporte, no trajeto propriamente dito. (não serão analisados ‘riscos de trânsito’).

4.2 Etapa 2

Neste momento, serão listados os principais serviços de manutenção e cada um deles será
avaliado para identificar as possibilidades de ocorrência de acidentes.

Aqueles serviços que estiverem ocorrendo durante a execução dos trabalhos desta
proposta serão avaliados em tempo real. Outros que, porventura, não acontecerem durante
a duração desses trabalhos, serão avaliados teoricamente, aproveitando a experiência da
Equipe e do consultor. Na avaliação teórica, se o entendimento que o risco associado a
determinada tarefa for alto, na medida do possível a empresa irá programar a execução
desta tarefa para que seja avaliada em tempo real.

4.3 Etapa 3
Reunião com a Equipe operacional para discussão de todos os itens levantados e propostas
apresentadas, com ajustes e adequações visando atender às realidades operacionais.

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 7 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

5 Abrangência – a definição do ALVO (ONDE ?)


5.1 Local

Os trabalhos serão realizados nos pátios das fábricas de Jacareí e Três Lagoas, no campo
nas áreas de carga de madeira, nas sedes das empresas prestadoras de serviços, nas
regiões do Vale do Paraíba e Capão Bonito no estado de São Paulo e na região de Três
Lagoas, no estado de Mato Grosso do Sul.

5.2 Empresas participantes

As empresas e os respectivos equipamentos que fazem parte do escopo deste projeto


estão listados nas figuras 3 e 4.

Figura 3 Empresas e equipamentos participantes do trabalho - SP

FALTA COMPLETAR

Figura 4 Equipamentos participantes do trabalho - MS

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 8 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

6 Produtos

Serão entregues 3 produtos:

1. Planilhas com levantamento de riscos de todos os modelos de equipamentos, com


classificação de riscos para as principais tarefas utilizando a Matriz de Risco de
Morgado, conforme figura 5. Produto gerado no item 4.1 Etapa 1 conforme descrito
nesta proposta.

Figura 5 Matriz de Risco

2. Lista (planilha) de tarefas de manutenção e operação que oferecem riscos aos


profissionais, com análise crítica segundo LOCAL / LIGADO / VISÃO, que define
também a gravidade de um possível acidente e com sugestões de ferramentas ou
procedimentos para reduzir os riscos. Produto gerado no item 4.2 Etapa 2 conforme
descrito nesta proposta.

3. Um relatório descritivo (Word) com os principais riscos observados, com fotos e


comentários e também algumas sugestões para reduzir os riscos.

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 9 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

7 Duração dos trabalhos e Entrega dos resultados


Os trabalhos serão realizados durante o ano de 2014, conforme prazos citados na figura 4 e
cronograma sugerido de trabalhos que está no Anexo I.

Figura 6 Prazos sugeridos para execução dos trabalhos

TEMPO LOCAL VISITAR

1 semana Vale Pátio, carga no campo, sede Breda, sede Expresso

1 semana Capão Carga campo, cavaco, estradas

1 semana MS Pátio, carga no campo, sede empresas

3 semana Local Revisão / relatórios

TOTAL 6 semanas

8 Responsabilidades
8.1 Da ZDP
• Controlar todas as atividades necessárias ao desenvolvimento deste contrato;
• Estabelecer e acompanhar o cronograma de atividades dos trabalhos;
• Estabelecer que todas as atividades sejam realizadas dentro dos padrões de
qualidade da ZDP e conforme estabelecido no contrato com a FIBRIA.
• Assegurar o sigilo sobre as informações classificadas como confidenciais pelo
cliente.
• Devolver ao cliente todo o material de sua propriedade utilizado durante a execução
do serviço.

8.2 Da FIBRIA
• Monitorar todas as etapas e o andamento dos trabalhos;
• Definir os líderes dos Projetos;
• Garantir o cumprimento dos prazos estabelecidos em todas as atividades nas quais
os recursos do cliente estiverem envolvidos;
• Autorizar, juntamente com o responsável da ZDP, qualquer mudança no escopo ou
no cronograma deste contrato desde que a mesma não signifique alteração de
preços e/ou prazos. Caso haja alterações deste tipo, estas serão objetos de uma
nova estimativa de custo do atendimento;
• Fornecer todos os dados e definições necessárias à execução dos serviços;

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 10 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

• Disponibilizar local e a infra-estrutura adequada para a realização dos serviços com


execução no ambiente de trabalho da FIBRIA.

9 Observações finais
A proposta técnica aqui apresentada é uma sugestão da ZDP Consultoria e deve ser
analisada pela FIBRIA e ajustada de comum acordo, conforme as necessidades e
possibilidades de ambas.
A ZDP Consultoria agradece pela oportunidade e reafirma a intenção de ter a FIBRIA como
parceira neste importante projeto.
Estamos à disposição de vocês para esclarecimentos sobre esta proposta.

Cordialmente,
São José dos Campos,27 de agosto de 2014.

José Eduardo Paccola


ZDP Consultoria

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 11 de 12


Técnica
PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP

Proposta Técnica

ANEXO – CRONOGRAMA DOS TRABALHOS - SUGERIDO

PROJETO FIBRIA – Logística MS e SP Página 12 de 12

Você também pode gostar