Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


CURSO ENGENHARIA ELÉCTRICA

DISCIPLINA: TÉCNICA DE ALTA TENSÃO


TEMA: Medição de Altas Tensões

Aula prática no 04

Exercício Nº 1
Um divisor de tensão resistivo para a medição de tensões impulsivas tem uma resistência de 5
kΩ no ramo de alta tensão e uma resistência de 5 Ω no ramo de baixa tensão. Se um Osciloscópio
for ligado ao ramo de baixa tensão através de um cabo coaxial com uma impedância
característica de 75Ω e uma capacitância desprezível, calcula:
a) A resistência terminal;
b) A razão de transformação de tensões (U2/U1).

Exercício Nº 2
Um divisor capacitivo para a medição de tensão de impulso (1,2/50 µs) tem uma capacitância de
1000 pF no lado de alta tensão. À saída do divisor estão ligados, através de um cabo coaxial (ZC =
150 Ω, Cc = 26 pF/m) os seguintes instrumentos:
 Um Osciloscópio (CEO = 50 pF, REO = 2 MΩ);
 Um medidor da tensão de pico (tensão máxima de entrada UEM = 400 V, CEM = 100 pF,
REM = 2 Ω,).
Calcule:
a) O valor da capacitância do lado de baixa tensão do divisor para que o ponteiro do medidor
se apresenta no final da escala para uma tensão de impulso de 100 KV;
b) O mesmo da alínea a) para que o ponteiro do medidor se apresenta no meio da escala.

Exercício Nº 3
O braço de alta tensão de um divisor de tensão Ôhmico-Capacitivo consiste de um conjunto de
resistência série cujo valor total é de 25 KΩ com uma capacitância em paralelo de 400 pF. O braço
de baixa tensão tem uma resistência de 75 Ω. Calcular:

UZ-FCT-TEAT 2020, gimo.joaque@uzambeze.ac.mz 1 de 2


a) A capacitância necessária para a compensação correcta do divisor;
b) A tensão de saída do divisor para uma tensão de ensaio de 100 KV;
c) A relação do divisor para o impulso rápido.

Exercício Nº 4
Pretende-se projectar um sistema de medição com voltímetro de pico para ler valores até 100
KV (pico). Deverão ser usados os seguintes dados:
 Um divisor de tensão capacitivo com razão de transformação de 1000:1;
 Um amperímetro que lê valores de 0 - 10 µA;
 A contante de tempo do circuito (CS.R) é de 1 – 10 s;
Calcula:
a) A tensão no ramo de baixa tensão;
b) A resistência em serie com o amperímetro;
c) A capacitância para a compensação da tensão medida.

Bibliografias:

 E Kuffel, W.S. Zaengl & J. Kuffel “High Voltage Engineering”, 2nd ed. 2000 Butterworth, ISBN
0 7506 3634 3.
 K. Nowacki “ Técnica de Alta”, UEM, Maputo: 1995
 D. Gorgius, “ Técnica de Alta Tensão”, UEM, Maputo: 1984
 Kind, “ An Introduction to High Voltage Experimental Techniques, Vieweg, Braunschweig
 G. Kinderman, “ Descargas atmosféricas”, sagra-DC Luzzatto, Brasil
 D. Moura, “ Técnicas de Alta Tensão”, IST, Lisboa: 1980

FIM

UZ-FCT-TEAT 2020, gimo.joaque@uzambeze.ac.mz 2 de 2

Você também pode gostar