Você está na página 1de 38

Aula 00

Curso: Arquivologia – Resumo e Questões – MPU


– Técnico
Prof. Leonardo Coelho 2 de 38
Professor: Leonardo Coelho
https://www.exponencialconcursos.com.br/
Opa, pessoas!
Bora dar início a mais um curso de altíssima qualidade aqui no
Exponencial!
Este é um curso pós-edital, com foco total na banca CESPE/Cebraspe
que está organizando o certame do Ministério Público da União (MPU).
Vamos a uma breve apresentação sobre mim e partimos para o que
interessa!

Meu nome é Leonardo Coelho, sou Auditor Fiscal da Receita Estadual


do Rio de Janeiro, aprovado em 4º lugar no difícil certame de 2013, no qual
7.700 candidatos disputaram 50 vagas e apenas 24 foram aprovados!
Estudei freneticamente por 14 meses e fui aprovado em 12 concursos
diferentes em 2013, dentre eles:
 9º lugar: AFRE – SEFAZ/ES
 4º lugar: APO – SEPLAG/RJ
 1º lugar: Oficial de Fazenda – SEFAZ/RJ
 1º lugar: Temporário ANS TI
 6º lugar: Analista de Negócios – SERPRO
Meu objetivo sempre foi o concurso de Auditor Fiscal do Rio de Janeiro,
mas usei como tática motivacional estudar para outros concursos um pouco
similares. Nestes 14 meses de estudo fiz 18 provas diferentes, incluindo 3 fiscos
estaduais (fui aprovado em dois deles!).
Foi um período bem interessante de minha vida, bastante edificante, ainda
que muito sofrido. E, sem dúvida, o apoio de minha esposa foi fundamental para
conseguir aguentar uma carga tão pesada, pois estudava todos os dias, sem
parar, durante uma média de quase 7 horas diárias, além de ainda trabalhar
dando aulas para manter a renda da família.
Se você quiser conhecer com mais detalhes a minha trajetória, eu fiz um
depoimento bem esmiuçado no site do Exponencial Concursos
(https://www.exponencialconcursos.com.br/depoimento-leonardo-coelho). Lá
você poderá ver um quadro esquemático de horas de estudo, a classificação de
matérias e como organizar-se na hora de estudar, além de diversas dicas de
materiais e técnicas para estudar com mais eficiência.
Eu tive uma vantagem boa na hora de estudar para concursos: dava aulas
em faculdades de Engenharia fazia um bom tempo e sempre fui um entusiasta
do aprendizado sobre o aprendizado. Isto envolve técnicas de estudo, maneiras
de assimilar ou até mesmo decorar as coisas que é preciso aprender. E isto me
foi fundamental para organizar a maneira de estudar eficientemente para
concursos. Boa parte destas técnicas são usadas por mim e nossa equipe nos

Prof. Leonardo Coelho 3 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
serviços de coaching/mentoria e nos materiais do Exponencial Concursos. Se
quiser mais detalhes sobre isto, visite nosso site ou fale diretamente comigo no
Facebook (https://www.facebook.com/leonardo.coelho.souza).
Ah, só pra fechar: em termos de formação, sou Engenheiro de Computação
(IME 2003), pós graduado em Gestão de Negócios (IBMEC 2007). Em termos
profissionais: trabalhei por 10 anos na iniciativa privada antes de entrar para o
mundo dos concursos. Trabalhei como programador, gestor de projetos,
consultor e professor. E fui sócio de 4 diferentes empresas de Tecnologia da
Informação.

Então vamos lá. Seguindo a didática do Exponencial Concursos, temos a


missão de oferecer para vocês este curso de Arquivologia para o cargo de
Técnico do Ministério Público da União contando com uma didática
diferenciada, com muitos esquemas e dicas de estudo. Trata-se de um curso
resumido e focado no edital.
Material focadão, atualizado e super objetivo, combinado? E se você
comprou este curso antes do edital, fique atento à validade do mesmo que você
provavelmente tem direito à sua atualização logo após o edital ter sido
publicado, ok? Na dúvida, pode entrar em contato direto comigo:
https://www.exponencialconcursos.com.br/site-do-professor/?aid=1
O curso será de Resumo e Questões comentadas. Vale repetir: serei
o mais objetivo possível, trazendo os assuntos devidamente
esquematizados, direto ao ponto. Vou abordar o suprassumo da matéria,
levando em conta a característica da banca examinadora e a ocorrência temática
das questões nos últimos certames.
Vamos lá, estou com você! Qualquer dúvida, estarei à disposição no
Fórum tira-dúvidas de nosso site.
Leia cada tópico com bastante atenção, principalmente os temas que
forem ressaltados nos esquemas. Faça os exercícios! Qualquer dúvida, estou à
disposição para ajudar.

Sobre o Edital

O edital publicado trouxe a seguinte estrutura:


 1 Arquivística: princípios e conceitos.
 2 Gestão de documentos. 2.1 Protocolos: recebimento, registro,
distribuição, tramitação e expedição de documentos. 2.4 Tabela
de temporalidade de documentos de arquivo.

Prof. Leonardo Coelho 4 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
 2.2 Classificação de documentos de arquivo. 2.3 Arquivamento
e ordenação de documentos de arquivo.
A organização de nosso curso não segue a ordem proposta pelo edital por
questões didáticas.
E claro, não deixe de praticar seu aprendizado em nosso Sistema de
Questões Online! Para você ter uma ideia, dentro do Sistema de Questões do
Exponencial temos mais de 6.500 questões da nossa matéria e que podemos
utilizar para treinar para a prova. Nossos professores já comentaram mais de
300 delas para seu estudo! Provavelmente você não fará todas estas questões,
considerando que ainda precisa se dedicar às demais matérias. Para visualizar
e treinar com estas questões, acesse nosso sistema de questões online aqui:
https://www.exponencialconcursos.com.br/sistema-de-questoes/
Lembre que você pode resolver até 100 questões por dia sem qualquer
custo!

Aula Conteúdo
00 1 Arquivística: princípios e conceitos.
01 2 Gestão de documentos. 2.1 Protocolos: recebimento, registro,
distribuição, tramitação e expedição de documentos. 2.4 Tabela
de temporalidade de documentos de arquivo.
02 2.2 Classificação de documentos de arquivo. 2.3 Arquivamento
e ordenação de documentos de arquivo.

*Confira o cronograma de disponibilização das aulas no site do


Exponencial, na página do curso.
Tudo certo até aqui? Bora então!!!
Abraços,
Leonardo Coelho

Prof. Leonardo Coelho 5 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Aula 00 – 1 Arquivística: princípios e conceitos.

Sumário

1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ARQUIVOLOGIA ........................ 7


1.1. Órgãos de Documentação ................................................................................................ 11
1.2. Definição e Função do Arquivo ........................................................................................ 13
1.3. Princípios da Arquivologia ................................................................................................ 15
2. TERMINOLOGIA ARQUIVÍSTICA E PROCEDIMENTOS ................. 19
3. QUESTÕES COMENTADAS .......................................................... 22
4. LISTA DE EXERCÍCIOS ............................................................... 33
5. GABARITO ................................................................................. 39

Índice de Esquematizações
Esquema 1. Definição de Documento ________________________________________________ 7
Esquema 2. Suportes Textuais e Iconográficos _________________________________________ 8
Esquema 3. Suportes Cartográficos e Micrográficos ____________________________________ 8
Esquema 4. Suportes Sonoro, Filmográfico e Digitais ___________________________________ 9
Esquema 5. Suporte, Informação e Documento ________________________________________ 9
Esquema 6. Documentos Simples e Documentos Compostos ____________________________ 10
Esquema 7. Órgãos de Documentação ______________________________________________ 11
Esquema 8. Funções dos Órgãos de Documentação ___________________________________ 12
Esquema 9. Biblioteca vs. Arquivo _________________________________________________ 12
Esquema 10. Arquivo ____________________________________________________________ 14
Esquema 11. Finalidade dos Arquivos _______________________________________________ 14
Esquema 12. Arquivologia ________________________________________________________ 15
Esquema 13. Princípios da Arquivologia _____________________________________________ 16
Esquema 14. Princípios menos cobrados ____________________________________________ 17
Esquema 15. Princípios da Arquivologia _____________________________________________ 17
Esquema 16. Fundo Fechado vs. Fundo Aberto _______________________________________ 18
Esquema 17. Fundo Maximalista vs. Fundo Minimalista ________________________________ 18
Esquema 18. Acervo, Acondicionamento e Anexação __________________________________ 19
Esquema 19. Apensação, Armazenamento e Arquivamento _____________________________ 19
Esquema 20. Arranjo, Autuação e Desclassificação ____________________________________ 20
Esquema 21. Desentranhamento, Desmembramento e Despacho ________________________ 20

Prof. Leonardo Coelho 6 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
1. CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ARQUIVOLOGIA

Para falarmos de arquivo, precisamos saber o que é um documento:


 Documento: registro de uma informação, independentemente da
natureza do suporte que a contém.
Dessa definição, temos 2 novos conceitos:

independentemente
registro de uma
Documento da natureza do
informação
suporte que a contém

Esquema 1. Definição de Documento

 Informação: noção, ideia ou mensagem contidos num documento


(elemento referencial). Ou seja, é aquilo que você quer passar, informar, com
aquele documento.
 Suporte: material físico no qual são registradas as informações.
Exemplos: papel, CD, DVD, pen drive, filme, filme fotográfico, tela de pintura,
microfilme.
Podemos ter diferentes tipos de suporte:

Prof. Leonardo Coelho 7 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Suportes Textuais

•Documentos com informações em formato de texto (documentos escritos)


•Exemplos
•Ofícios
•Memorandos
•Relatórios
•Certidões
•Atas
•Atestados, etc

Suportes Iconográficos

•Documentos que apresentam informações com imagens estáticas


•Exemplos
•Fotografias
•Negativos
•Slides
•Desenhos
•Gravuras, etc

Esquema 2. Suportes Textuais e Iconográficos

Suportes Cartográficos

•Documentos que apresentam, de forma reduzida, imagens que representam


áreas maiores
•Exemplos
•Mapas
•Plantas

Suportes Micrográficos

•Documentos que resultam do processo de microfilmagem


•Exemplo
•Microfilme
•Microficha

Esquema 3. Suportes Cartográficos e Micrográficos

Prof. Leonardo Coelho 8 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Suportes Sonoros

•Documentos que contêm informações na forma de som

Suportes Filmográficos

•Documentos que contenham filmagens, vídeos

Suportes Informáticos ou Digitais

•Documentos registrados em formato eletrônico

Exemplos

•CD
•DVD
•Flash drive

Esquema 4. Suportes Sonoro, Filmográfico e Digitais

Para que exista um documento, o suporte SEMPRE irá existir. Assim


como a informação.
Portanto:

Suporte Informação Documento

Esquema 5. Suporte, Informação e Documento

Existe uma classificação, não muito comum (mas que já caiu em prova),
entre documentos simples e compostos. Vejamos:

Prof. Leonardo Coelho 9 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Documentos Simples

originados por uma só ação surgem de um processo, ou


que já produz seus efeitos seja, de uma sucessão de
administrativos, sem atos distintos e produzidos

Documentos Compostos
depender de outros em uma sequência
documentos. cronológica, e referentes a
Ex: uma intimação para um mesmo procedimento
depoimento. (administrativo ou judicial).
Também se pode dizer que
um documento composto é
um conjunto de vários
documentos simples.

Esquema 6. Documentos Simples e Documentos Compostos

1. (VUNESP / Assistente Organizacional - Área


Administrativa PRODEST-ES / 2014) Documento é a unidade constituída
pela informação e o suporte que a contém. Os documentos podem ser simples
ou compostos. Assinale a alternativa que apresenta como exemplo o documento
composto mais comumente encontrado em arquivos públicos.
a) Coleção
b) Correspondência
c) Microfilme
d) Processo
e) Publicação
Comentário:
Não há dúvidas de que a resposta correta é processo, letra d). Esse é o
tipo de documento composto mais comum encontrado em arquivos públicos. Ele
é formado por um conjunto de vários documentos simples relacionados a um
mesmo assunto.

Prof. Leonardo Coelho 10 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Uma coleção (letra a)) não necessariamente é formada por documentos
que se referem a um mesmo assunto, mas sim documentos com características
comuns (Ex: coleção de fotografias). Além disso, não é o documento composto
mais encontrado na administração pública.
Correspondência e publicação (letras b) e e)) são arquivos simples.
Microfilme (letra c)) é um suporte, não um documento.
Gabarito: D.

1.1. Órgãos de Documentação

Nesse tópico, o que você precisa saber é o seguinte:

Órgãos de Documentação

Museu Biblioteca Arquivo

Esquema 7. Órgãos de Documentação

 Museu: Instituição de interesse público, com objetivo de conservar,


estudar e expor ao público objetos de valor cultural. Tem função cultural,
didática e, cada vez mais, de entretenimento. Percebam que esse conceito
atualmente é bem amplo, vide o exemplo do Museu da Língua Portuguesa, em
São Paulo e o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.
 Biblioteca: Instituição que conserva documentos, em sua maioria
impressos, com objetivos culturais. É um órgão colecionador de documentos
de fontes diversas, adquiridos por compra, doação ou permuta. Os documentos
normalmente possuem mais de um exemplar.
 Arquivo: Instituição, órgão, local ou departamento que conserva
documentos, em sua maioria impressos, com objetivos funcionais. Não é uma
coleção. Há uma significação orgânica entre os documentos, que provém de
atividades públicas ou privadas. Os documentos são únicos ou em um número
limitado de cópias.
TODOS esses órgãos de documentação possuem as funções de:

Prof. Leonardo Coelho 11 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Guardar

Funções dos órgãos


Preservar Documentos
de documentação

Dar acesso a

Esquema 8. Funções dos Órgãos de Documentação

Percebam que eu destaquei as principais diferenças entre uma biblioteca


e um arquivo. Isso pode ser importante para você acertar uma questão na
prova.
Vamos reforçar essas diferenças, mas antes disso, temos que entender
alguns conceitos:
 Objetivos funcionais: significam que os documentos têm uma utilidade
prática no ambiente em que foram produzidos. Ou seja, são necessários
no decorrer das atividades de determinado órgão ou empresa.
IMPORTANTE: esse conceito tem relação direta com o conceito de
significação orgânica.
 Significação orgânica: os documentos são produzidos por um
organismo ou órgão no decorrer de suas atividades, e têm muito mais
valor em seu conjunto do que quando desmembrados deste (organicidade
documental).
Principais diferenças
Biblioteca Arquivo
Objetivos culturais Objetivos funcionais
Coleção de fontes diversas Significação orgânica
Vários exemplares Um ou poucos exemplares
Método de classificação Método de classificação específico
predeterminados (biblioteconomia) para a instituição
Esquema 9. Biblioteca vs. Arquivo

Pergunta: Um arquivo não pode ter valor cultural?


SIM, um arquivo pode ter valor cultural, especialmente após
decorrido algum tempo, quando pode vir a adquirir um valor histórico. Vejam

Prof. Leonardo Coelho 12 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
o exemplo de interesse social, histórico e político dos arquivos da época da
ditadura do antigo DOPS (Departamento de Ordem Pública e Social).

2. (CESPE – Analista Administrativo – ANP – 2013)


Em relação às características dos acervos dos órgãos de documentação,
julgue os itens que se seguem.
As finalidades da biblioteca e do museu são didáticas, culturais, técnicas
ou científicas.
Resolução: Certo.
Museu: Instituição de interesse público, com objetivo de conservar,
estudar e expor ao público objetos de valor cultural.
Tem objetivos culturais, didáticos, científicos ou técnicos e, cada vez mais,
de entretenimento. Percebam que esse conceito atualmente é bem amplo, vide
o exemplo do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo e o Museu do Amanhã,
no Rio de Janeiro.
Biblioteca: Instituição que conserva documentos, em sua maioria
impressos, com objetivos culturais, científicos ou técnicos. É um
órgão colecionador de documentos de fontes diversas, adquiridos por compra,
doação ou permuta. Os documentos normalmente possuem mais de um
exemplar.

1.2. Definição e Função do Arquivo

O que precisamos saber, professor?


Isto: A palavra ARQUIVO pode ter vários significados:
 um conjunto de documentos;
 um móvel para guardar documentos;
 o local onde o acervo documental será guardado. Ex: arquivo central,
arquivo geral;
 o órgão, governamental ou não, cujo objetivo é guardar e conservar
determinada documentação. Ex: Arquivo Nacional, Arquivo Histórico de
São Paulo.
E principalmente isto:
“Arquivo é um conjunto de documentos produzidos e acumulados por
uma entidade coletiva, pública ou privada, pessoa ou família, no
desempenho de suas atividades, independentemente da natureza do
suporte1. “
Esquematizando:

1
Definição do Dicionário Brasileiro de Terminologia Arquivística, editado pelo Arquivo Nacional.

Prof. Leonardo Coelho 13 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
1- Conjunto de Documentos

2- Produzidos / acumulados por qualquer entidade


Arquivo
3- Durante suas atividades

4- Independentemente do suporte

Esquema 10. Arquivo

A principal finalidade de um arquivo é facilitar a consulta de


documentos por parte dos usuários.
As funções básicas de um arquivo, para cumprir sua finalidade, são

Facilitar a consulta de
documentos
Finalidade

por parte dos usuários


Arquivo
Guarda
Funções Básicas
(para cumprir sua Conservação
finalidade)
Disponibilização

Esquema 11. Finalidade dos Arquivos

3. (COPESE-UFT / Assistente de Defensoria Pública


DPE-TO / 2012) Sobre o conceito de arquivo é correto afirmar, EXCETO:
a) Arquivo é um conjunto de documentos que são reunidos por acumulação ao
longo das atividades físicas ou jurídicas, públicas ou privadas.
b) Arquivo pode ser definido como a entidade ou órgão administrativo
responsável pela custódia, tratamento documental e utilização dos arquivos sob
sua jurisdição.
c) Arquivo é uma unidade constituída pela informação e seu suporte, produzida
em decorrência do cumprimento de uma atividade.
d) Arquivo é o conjunto de atas, projetos, relatórios de atividades, prontuários,
entre outros.
Comentário:

Prof. Leonardo Coelho 14 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Aqui o examinador quer confundir o concursando colocando a definição de
documento no meio de definições corretas de arquivo. Portanto, é correto
afirmar o que dizem as letras a), b) e d).
A letra c) refere-se o conceito de documento.
Atenção para a letra d): A palavra arquivo pode ser usada simplesmente como
sinônimo para um conjunto de documentos (esse é um uso coloquial).
Gabarito: C.

1.3. Princípios da Arquivologia

Já sabemos o que é um arquivo. E o que é a Arquivologia?


“Arquivologia é a disciplina que estuda as funções do arquivo e os
princípios e técnicas a serem observados na produção, organização,
guarda, preservação e utilização dos arquivos. Também chamada
arquivística2.”

as funções do produção
arquivo e os
Arquivologia princípios e
é a disciplina técnicas organização
que estuda
a serem
guarda Arquivos
observados na

também preservação
chamada
arquivística
utilização

Esquema 12. Arquivologia

Fundo: conjunto de documentos de uma mesma proveniência.


o Os princípios mais relevantes da arquivologia são:

2
Definição do Dicionário Brasileiro de Terminologia Arquivística, editado pelo Arquivo Nacional.

Prof. Leonardo Coelho 15 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Proveniência

Organicidade

Princípios mais Indivisibilidade


relevantes da
arquivologia Unicidade

Cumulatividade

Respeito à ordem original

Esquema 13. Princípios da Arquivologia

 Princípio da Proveniência: mais importante de todos os princípios.


É o chamado princípio teórico-metodológico fundamental da
arquivologia. Segundo esse princípio, os arquivos devem ser organizados por
fundos de documentos, de forma a respeitar a origem dos documentos. Não se
pode misturar os fundos, ou seja, documentos de diferentes origens;
 Princípio da Organicidade: Os arquivos devem refletir a estrutura, as
funções e as atividades da entidade que os produz, em suas relações internas e
externas. Ou seja, as relações existentes na entidade são espelhadas nos
arquivos;
 Princípio da Indivisibilidade: Os arquivos devem ser preservados sem
dispersão, mutilação, alienação, destruição ou acréscimos indevidos ou não
autorizados;
 Princípio da Unicidade: O caráter único dos arquivos deve-se ao contexto
em que seus documentos foram produzidos;
 Princípio da Cumulatividade: O arquivo é formado de forma progressiva
e natural, decorrente das funções e atividades de um "organismo";
 Princípio do Respeito à Ordem Original: O arquivo deve conservar o
arranjo definido pela entidade produtora dos documentos.
Além desses, podemos acrescentar alguns princípios que são menos
cobrados:

Prof. Leonardo Coelho 16 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Princípios menos cobrados
da arquivologia

Pertinência
Reversibilidade Proveniência
(ou temático)

Territorial Funcional

Esquema 14. Princípios menos cobrados

 Princípio da pertinência (ou temático): os documentos deveriam ser


reclassificados por assunto, descartando-se a proveniência e a classificação
original;
 Princípio da reversibilidade: todo procedimento em arquivos pode ser
revertido, se necessário;
 Princípio da proveniência territorial ou Territorialidade: os arquivos
deveriam ser conservados no território no qual foram produzidos (exceto em
diplomacia ou operações militares);
 Princípio da proveniência funcional: os documentos (ou cópias)
deveriam ser transferidos em caso de transferência de funções, a fim de
assegurar a continuidade administrativa.
Para reforçar, vamos esquematizar os conceitos-chave dos principais
princípios, aqueles que vocês não podem deixar de saber:

Princípios da Arquivologia

Proveniência Formado por documentos da mesma origem (fundo)


Organicidade Arquivo reflete as estruturas, atividades e relações da
organização
Indivisibilidade Não dispersão, não mutilação, não alienação, não
destruição, não acréscimo indevido de documentos
Unicidade Caráter único do arquivo depende do contexto em que
foi produzido
Cumulatividade Arquivos se foram de maneira progressiva e natural
Respeito à ordem Deve conservar o arranjo definido pela unidade
original produtora
Esquema 15. Princípios da Arquivologia

Prof. Leonardo Coelho 17 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Para encerrar esse assunto, vocês precisam ainda saber que um fundo,
ou seja, aquele conjunto de documentos de uma mesma proveniência, pode
ser:

Fechado não mais produz

Fundo

Aberto continua produzindo

Esquema 16. Fundo Fechado vs. Fundo Aberto

 Fundo fechado: quando o órgão gerador da documentação não mais


produz ou acumula documentos. Ocorre normalmente com o
encerramento das atividades de uma instituição ou com o falecimento de
uma pessoa.
 Fundo aberto: consequentemente, um fundo aberto é aquele para o
qual o órgão gerador continua produzindo e acumulando documentos
arquivísticos.
ATENÇÃO, já caiu! Uma classificação menos comum dos fundos:

Maximalista fundo único

Fundo
menor nível funcional,
Minimalista
fundo diferente

Esquema 17. Fundo Maximalista vs. Fundo Minimalista

 Fundo Maximalista: considera que todas as unidades que compõem a


organização (departamentos, gerências, etc.) fazem parte de um mesmo
fundo, que seria um fundo único.
 Fundo Minimalista: reduz o fundo ao menor nível funcional da
organização possível (ex.: departamentos) e cada uma dessas unidades
seria um fundo diferente.

4. (CESPE – Arquivista – MPOG – 2015) Acerca de


princípios e conceitos arquivísticos, julgue o item que se segue.
Manter o documento autêntico é um dos objetivos do princípio da
territorialidade.
Resposta: Errado.
O princípio da territorialidade refere-se à ideia de que os arquivos
devem ser conservados no território no qual foram produzidos (exceto

Prof. Leonardo Coelho 18 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
em diplomacia ou operações militares). Também chamado Princípio da
Pertinência Territorial.

2. TERMINOLOGIA ARQUIVÍSTICA E PROCEDIMENTOS

Acervo

• Conjunto dos documentos de um arquivo

Acondicionamento

• Embalagem de documentos visando à sua proteção


• ver armazenamento

Anexação

• Juntada, em caráter definitivo, de documento ou processo a outro


processo, na qual prevalece, para referência, o número do processo
mais antigo

Esquema 18. Acervo, Acondicionamento e Anexação

Apensação

• Juntada, em caráter temporário, com o objetivo de elucidar ou subsidiar


a matéria tratada, conservando cada processo a sua identidade e
independência.

Armazenamento

• Guarda de documentos em depósito


• ver acondicionamento

Arquivamento

• Sequência de operações intelectuais e físicas que visam à guarda


ordenada de documentos

Esquema 19. Apensação, Armazenamento e Arquivamento

Prof. Leonardo Coelho 19 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Arranjo

• Sequência de operações intelectuais e físicas que visam à organização


dos documentos de um arquivo ou coleção, de acordo com um plano ou
quadro previamente estabelecido.

Autuação

• Abertura de um processo.

Desclassificação

• Ato pelo qual a autoridade competente libera à consulta, no todo ou em


parte, documento anteriormente sujeito a grau de sigilo.

Esquema 20. Arranjo, Autuação e Desclassificação

Desentranhamento

• Retirada de peças de um processo.


• Ver desmembramento

Desmembramento

• Retirada de peças de um processo para formação de novos processos.


• Ver desentranhamento

Despacho

• Decisão de autoridade administrativa em caso que lhe é submetido para


apreciação

Esquema 21. Desentranhamento, Desmembramento e Despacho

Dossiê: Conjunto de documentos relacionados entre si por assunto (ação,


evento, pessoa, lugar, projeto), que constitui uma unidade de arquivamento.
Item documental: Menor unidade arquivística materialmente divisível. Ex: um
memorando, uma fotografia, uma carta.
Juntada: União de um processo a outro ou de um documento a um processo.
Ver Anexação e Apensação.
Processo: Conjunto de documentos oficialmente reunidos no decurso de
uma ação administrativa ou judicial, que constitui uma unidade de
arquivamento.

Prof. Leonardo Coelho 20 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Protocolo: Serviço encarregado do recebimento, registro, classificação,
distribuição, controle da tramitação e expedição de documentos.
Tramitação: Curso do documento desde a sua produção ou recepção até o
cumprimento de sua função administrativa.
Unidade de arquivamento: Menor conjunto de documentos, reunidos de
acordo com um critério de arranjo preestabelecido. Ex: Dossiê, processo.
Atenção: uma unidade de arquivamento contém mais de um item documental.

5. (CESPE – Arquivista – FUB – 2015) Com relação a


princípios e conceitos concernentes à arquivística, julgue o item a seguir.
Recolhimento designa a formação progressiva, natural e orgânica do arquivo.
Resolução: Questão errada!
Segundo o Dicionário Brasileiro de Terminologia Arquivística (2005),
recolhimento pode ter dois significados:
• A "entrada de documentos públicos em arquivos permanentes"; ou
• A "operação pela qual um conjunto de documentos passa do arquivo
intermediário para o arquivo permanente".
Ou seja, em ambos os casos, a formação do arquivo já foi concluída,
aguardando-se apenas sua destinação final para um arquivo permanente.
A definição exposta na questão está mais relacionada com duas
características dos documentos arquivísticos. Segundo Luciana Duranti (1994),
em seu texto "Registros Documentais como Formas de Ação", tais
características são:
• Naturalidade: os documentos arquivísticos são acumulados de maneira
"contínua e progressiva" (grifos meus), a partir da execução de atividades
práticas.
• Inter-relacionamento (ou organicidade): refere-se ao
relacionamento orgânico entre os documentos, pelas relações que formam
entre si durante o processo de produção do arquivo.
Desta forma, a questão refere-se, na verdade, a características do
documento arquivístico, e não a uma operação (o recolhimento).

Prof. Leonardo Coelho 21 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
3. QUESTÕES COMENTADAS

6. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa / TRE-AL / 2010)


Sobre o ciclo vital dos arquivos de instituições públicas é correto afirmar:
a) Os documentos correntes se destinam à consulta de agentes internos e
externos, graças à divulgação de seu conteúdo em instrumentos de
pesquisa.
b) A avaliação deve ocorrer na fase permanente, quando os documentos não
mais interessam ao órgão produtor e podem ser facilmente descartados.
c) Os depósitos intermediários servem para armazenar documentos com mais
de cinco anos, quando deixam de ter qualquer valor probatório.
d) As ações de conservação e restauração de documentos, com vistas à sua
longa duração, são típicas da primeira idade.
e) A vigência e a frequência de uso determinam a permanência dos arquivos
correntes junto aos órgãos produtores.
Comentário:
Questão bem legal para uma revisão:
O ciclo vital dos arquivos é formado pelos arquivos CORRENTE,
INTERMEDIÁRIO e PERMANENTE.
O que define onde cada documento deve estar é a FREQUÊNCIA de uso pela
organização.
Arquivos CORRENTES são utilizados FREQUENTEMENTE e, por isso, devem
estar junto aos órgãos PRODUTORES.
Alternativa a) Os documentos CORRENTES não podem ser consultados por
agentes externos, a não ser por AUTORIZAÇÃO do órgão produtor;
Alternativa b) A AVALIAÇÃO é considerada uma etapa do ARQUIVO
CORRENTE, pois nesse momento deve-se decidir, com base na TABELA DE
TEMPORALIDADE3, se o documento deve ir para o
arquivo INTERMEDIÁRIO, PERMANENTE ou deve ser DESCARTADO;
Alternativa c) Os arquivos INTERMEDIÁRIOS servem para armazenar
documentos consultados esporadicamente. Os tempos de guarda são dados
pela TABELA DE TEMPORALIDADE;
Alternativa d) As ações de CONSERVAÇÃO e RESTAURAÇÃO são típicas
da TERCEIRA IDADE (arquivos PERMANENTES).
Gabarito: E.

3
Por enquanto, basta saber que ela é um instrumento que determina quanto tempo um documento deve
ficar em cada arquivo (corrente e intermediário) e se deve ser recolhido ao arquivo permanente ou ser
eliminado.

Prof. Leonardo Coelho 22 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
7. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa / TRE-AM / 2010)
No processo de avaliação, entende-se por transferência a passagem dos
documentos para o:
a) arquivo corrente.
b) arquivo permanente.
c) arquivo intermediário.
d) serviço de protocolo.
e) setor de descarte.
Comentário:
Relembrando:

Gabarito: C.

8. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa TRE-PE / 2011) O


processo de avaliação, a ser realizado pelo arquivista, deverá considerar a
função pela qual cada documento foi criado, identificando os valores a ele
atribuídos, segundo o seu potencial de uso. Terão guarda permanente aqueles
documentos que tiverem um valor:
a) terciário, quando as suas informações são consideradas importantes para
prova, informação ou pesquisa.
b) primário, a eles atribuído levando-se em conta a sua utilidade para
propósitos administrativos, legais e fiscais.
c) intrínseco, que possuem em razão de seu conteúdo, das circunstâncias de
sua produção e de suas assinaturas ou selos.
d) secundário, tendo em vista o seu interesse para fins diferentes daqueles
para os quais foram originalmente criados.

Prof. Leonardo Coelho 23 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
e) administrativo, no caso em que são reconhecidos como garantia e
fundamento de atos, fatos e acontecimentos.
Comentário:
Os documentos possuem 2 tipos de valor: VALOR PRIMÁRIO e SECUNDÁRIO.
O valor PRIMÁRIO corresponde à sua utilização intrínseca, com fins
administrativos, funcionais, legais, fiscais. São documentos que se
encontram nos arquivos corrente e intermediário.
O valor SECUNDÁRIO é o valor que o documento adquire (ou não), diferente
daquele para o qual foi criado, depois de perder suas funções administrativas.
Valor histórico ou cultural, por exemplo.
Somente aqueles que são avaliados como tendo valor SECUNDÁRIO são
recolhidos ao ARQUIVO PERMANENTE.
Gabarito: D.

9. (CETRO / Técnico em Arquivo / IF-PR / 2014) Sobre protocolo,


assinale a alternativa incorreta.
f) A elaboração de resumo do assunto do documento é uma das prerrogativas
do protocolo.
g) Chama-se distribuição quando o envio de documento se dá para outra
instituição. O envio interno se chama expedição.
h) Cabe ao protocolo o controle da tramitação dos documentos.
i) Os documentos de caráter confidencial só podem ser abertos por seus
respectivos destinatários.
j) Atuação e protocolização são vocábulos sinônimos.
Comentário:
Todas as alternativas estão corretas, com exceção da b).
As definições estão trocadas:
Distribuição = envio interno
Expedição = envio externo
LEMBRE-SE: Crie seus próprios mnemônicos. O meu seria EXpedição
= EXterno!
Gabarito B).

10. (CESPE / Técnico Administrativo / ANATEL / 2014) Acerca da


gestão de documentos, julgue os itens que se seguem. A classificação de
documentos de arquivo é utilizada para se permitir a organização desses
documentos e seu acesso rápido quando necessário. Na ausência de um código

Prof. Leonardo Coelho 24 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
ou plano de classificação, pode-se utilizar o modelo padrão existente nas
bibliotecas.
Comentário: A primeira parte da afirmação está correta: A classificação de
documentos de arquivo é utilizada para se permitir a organização desses
documentos e seu acesso rápido quando necessário.
Entretanto, as técnicas arquivística e as biblioteconômicas não se confundem.
Gabarito: Errado.

11. (IADES / Assistente Administrativo / MPE-GO / 2015)


Considerando a gestão de documentos e suas fases básicas, assinale a
alternativa correta.
k) O protocolo é atividade de produção.
l) A avaliação e a determinação de prazos dos documentos do arquivo são
atividades da utilização.
m) A produção, a utilização e a destinação são fases básicas da gestão de
documentos.
n) A produção e o arquivamento dos documentos em correntes e
intermediários são atividades da produção.
o) São fases básicas da gestão de documentos a produção, a utilização, a
tramitação e a destinação.
Comentário:
A alternativa c) traz as três fases da gestão de documentos: produção,
utilização e destinação.
Vamos analisar as demais:
a) O protocolo é atividade da UTILIZAÇÃO;
b) A AVALIAÇÃO e determinação de prazos são atividades da DESTINAÇÃO;
d) As atividades de PRODUÇÃO são (i) Criação e gerenciamento de modelos de
formulários e documentos; (ii) Racionalização dos recursos (não duplicar
documentação) e (iii) Garantir recursos para criação de documentos. O
arquivamento dos documentos é fase de UTILIZAÇÃO;
e) A tramitação não faz parte das fases da gestão de documentos.
Gabarito: C.

12. (UFF / Auxiliar em Administração / 2015) Sobre órgãos de


documentação, como ensina o livro “Arquivo: teoria e prática”, de Paes, é
INCORRETO afirmar que:
a) biblioteca é o conjunto composto exclusivamente de livros.

Prof. Leonardo Coelho 25 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
b) arquivo, biblioteca e museu têm objetivos diferentes.
c) museu é uma instituição de interesse público com peças e objetos de valor
cultural.
d) arquivo, biblioteca e museu têm a função de guardar.
e) arquivo é a acumulação ordenada dos documentos.
Comentário:
Pessoal, primeiramente, não se assustem se vocês nunca ouviram falar
de Paes. Fiquem calmos e verifiquem todas as alternativas, pois elas estarão de
acordo com o que aprendemos no nosso curso, independentemente do autor.
Se houver algum entendimento muito específico, eu deixarei claro.
Olhem na definição de biblioteca: “Instituição que conserva documentos,
em sua maioria impressos (...)”. Ou seja, não há somente livros em uma
biblioteca, tampouco somente documentos impressos, há também, filmes,
fotografias, CDs, DVDs ...
As outras alternativas refletem o que já vimos na teoria.
Gabarito: A.

13. (CESGRANRIO / Técnico de Administração e Controle Júnior


PETROBRÁS / 2015) Uma empresa deseja instituir um serviço encarregado
do recebimento, registro, classificação, distribuição, controle da tramitação e
expedição de documentos.
Com base na terminologia da Arquivologia, essa atividade é denominada
a) secretaria
b) protocolo
c) arquivo permanente
d) arquivo intermediário
e) centro de documentação
Comentário:
Essa é a definição literal de protocolo, cobrada de um jeito um pouco diferente.
Gabarito: B.

14. (CESPE / Técnico de Administração Pública / 2014) Julgue os itens


a seguir, acerca dos conceitos fundamentais de arquivologia.
O princípio da proveniência permite identificar o fundo a que pertence
determinado documento de arquivo.
Comentário:

Prof. Leonardo Coelho 26 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Se seguido corretamente, esse princípio permite identificar a que fundo
(origem) pertence determinado documento.
Relembrando: Princípio da Proveniência: os arquivos devem ser
organizados por fundos (origens) de documentos e não se pode misturar
os fundos.
Gabarito: Certo!

15. (CESPE / Técnico em Arquivos FUB / 2014) Acerca dos princípios e


conceitos arquivísticos, julgue o item que se segue.
Caracteriza o princípio arquivístico do respeito à ordem primitiva a conservação
do arranjo dado pela entidade coletiva, pessoa ou família que produziu os
documentos.
Comentário:
Princípio do Respeito à Ordem Original (ou primitiva): O arquivo deve
conservar o arranjo definido pela entidade produtora dos documentos.
Gabarito: Certo.

16. (FGV / Técnico Legislativo AL-MT / 2013) Com relação aos princípios
arquivísticos, assinale a afirmativa correta.
a) Os documentos de arquivo são produzidos em um único original ou em um
número limitado de cópias, e mantêm uma relação orgânica entre si.
b) A acumulação progressiva, natural e orgânica diz respeito ao princípio da
organicidade.
c) O princípio da organicidade preconiza o respeito à ordem dos documentos
na primeira e segunda idades.
d) O princípio da proveniência estabelece as relações dos documentos com o
órgão, refletindo suas funções atividades e estrutura.
e) O princípio de respeito aos fundos permite a mescla de documentos de
origens distintas.
Comentário:
Alternativa a): o documento único ou o reduzido número de cópias e relação
orgânica entre esses documentos são características do arquivo que o
diferenciam de outros órgãos de documentação, como a biblioteca e o museu;
Alternativa b): refere-se ao princípio da cumulatividade;
Alternativa c): não, o princípio da organicidade determina que arquivos
devem refletir a estrutura, as funções e as atividades da entidade, em suas
relações internas e externas;

Prof. Leonardo Coelho 27 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Alternativa d): refere-se ao princípio da organicidade;
Alternativa e): refere-se ao princípio da proveniência, que NÃO permite a
mescla de documentos de origens distingas.
Gabarito: A.

17. (FGV / Auxiliar de Documentação - FBN / 2013) O Princípio da


Proveniência sustenta as atividades teóricas e práticas do fazer arquivístico. Ele
pode ser efetivado em dois níveis, denominados
a) maximalista e minimalista.
b) de fundo e em série.
c) administrativo e jurídico.
d) fechado e aberto.
Comentário:
Questão difícil. Vamos entender:
Como falamos acima, essa é uma classificação de fundos que não é
comum, dividindo-os em maximalista e minimalista.
Simplificadamente, o maximalista considerar todo o arquivo da
organização (arquivos de todos os seus departamentos, por exemplo) como um
único fundo; enquanto o minimalista considera que cada uma dessas unidades
funcionais (departamento) é um fundo, e o agrupamento desses fundos pode
constituir um fundo maior.
Por que a resposta não é d), que também é uma classificação dos fundos?
Porque a classificação entre aberto e fechado não impacta em como o
princípio da proveniência irá se aplicar. Ou seja, o fato de um fundo ser aberto
ou fechado não influencia no seu agrupamento em relação à origem dos
documentos que o compõem, que é o que prega o princípio da proveniência.
Vejamos:
Princípio da Proveniência: Segundo esse princípio, os arquivos devem ser
organizados por fundos de documentos, de forma a respeitar a origem dos
documentos. Não se pode misturar os fundos, ou seja, documentos de
diferentes origens.
Gabarito: A.

18. (CESPE / Técnico Administrativo ANATEL / 2014) No que se refere


aos princípios, conceitos e legislação arquivística, julgue os itens a seguir.
A organicidade do arquivo produz vínculos entre os vários documentos de uma
mesma ação, processo de trabalho ou atividade.

Prof. Leonardo Coelho 28 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Comentário:
Vejamos o Princípio da Organicidade: Os arquivos devem refletir a
estrutura, as funções e as atividades da entidade (organicidade), em suas
relações internas e externas.
Esse conceito é muito importante!
O examinador pode explorá-lo de várias maneiras, mas elas sempre
tratarão: i) da relação ou vínculo entre vários documentos de uma
organização; ii) do fato de os documentos serem gerados dentro da própria
organização e, portanto, estarem relacionados com seus processos
internos.
Gabarito: Certíssimo!

19. (CESPE / Técnico Administrativo ANAC / 2009) Acerca das teorias


e dos princípios arquivísticos, julgue os itens a seguir.
A função primária do arquivo é funcional, isto é, ser instrumento da
administração. Em um segundo momento, considera-se o valor para a história
e a cultura de uma sociedade.
Comentário:
Funcional significa que os documentos são produzidos e acumulados no
desempenho das atividades da instituição ou da pessoa proprietária desse
arquivo. Essa é a função primordial dos arquivos.
Mas, em um segundo momento, com a passagem do tempo, um arquivo pode
passar a ter um valor histórico e cultural para a sociedade.
Gabarito: Certo

20. (CESPE / Técnico Administrativo ANTAQ / 2014) Julgue o item que


se segue, a respeito de arquivologia.
Ainda que tenham surgido novos suportes documentais, principalmente os
documentos natodigitais, o conceito de arquivo mantém-se inalterado.
Comentário:
Questão bem inteligente, como costumam ser as questões da CESPE.
Percebam que eles não cobram diretamente a definição de arquivo, mas fazem
o estudante ter que raciocinar sobre a definição que ele conhece.
Sabemos que arquivo é um conjunto de documentos produzidos e
acumulados por uma entidade coletiva, pública ou privada, pessoa ou família,
no desempenho de suas atividades, independentemente da natureza do
suporte.

Prof. Leonardo Coelho 29 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Ou seja, se esse conjunto de documentos é independente da natureza do
suporte, pouco importa se surgiram novos suportes documentais, não é
mesmo?
A propósito, natodigital é um documento que já começou digital, ou
seja, nunca existiu em um suporte físico. Ex: arquivo do Excel.
Gabarito: Certo.

21. (CESPE / Técnico – Suporte Administrativo SERPRO / 2013) Desde


sua origem, os documentos de arquivo são tratados, armazenados e
conservados por razões culturais e históricas.
Comentário:
As funções primordiais dos arquivos são armazenar, conservar e
disponibilizar documentos funcionais, ou seja, importantes para a consecução
das atividades de determinada entidade ou pessoal.
Gabarito: Errado.

22. (CESPE / Técnico Judiciário - Área Administrativa CNJ / 2013) O


arquivo do CNJ refere-se à acumulação ordenada dos documentos que surgem
como resultado da realização da missão ou dos objetivos dessa instituição.
Comentário:
Lembrem-se que a diferença de um arquivo para outras instituições é que
no arquivo os documentos surgem da realização das atividades do órgão que
possui o arquivo.
Vejam que a definição que estudamos diz que: Arquivo é um conjunto
de documentos produzidos e acumulados por uma entidade coletiva, pública ou
privada, pessoa ou família, no desempenho de suas atividades,
independentemente da natureza do suporte.
Atentem que podemos acrescentar à definição que essa acumulação é
ordenada!
Gabarito: Certo.

23. (ESAF / Assistente Técnico-Administrativo / 2012) Indique o que


distingue o arquivo do centro de documentação, da biblioteca e do museu.
a) O objetivo cultural.
b) O fato de seus documentos serem produzidos em papel.
c) A coleção feita por compra ou doação.
d) O conjunto orgânico de documentos.

Prof. Leonardo Coelho 30 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
e) A questão dos seus objetos serem produzidos pela natureza.
Comentário:
Letra a) O objetivo cultural pode ser comum a todos os três;
Letra b) Arquivos não são compostos somente por documentos que têm o papel
como suporte;
Letra c) e d) A coleção feita por compra ou doação é característica dos museus
e bibliotecas. Ao contrário, o arquivo é um conjunto orgânico de
documentos, ou seja, um conjunto de documentos que são criados por uma
instituição, têm uma certa relação entre si e um objetivo funcional.
Letra e) Não há nenhuma relação com produção de objetos pela natureza e a
existência de arquivos. Entretanto, um museu de história natural, pode, por
exemplo, colecionar objetos produzidos pela natureza.
Gabarito: D.

24. (FEPESE / Assistente em Administração UFFS / 2012) “


.........................é o conjunto de documentos criados ou recebidos por uma
pessoa ou instituição, no exercício de sua atividade, preservados para garantir
a consecução dos seus objetivos.
Já .........................é o conjunto de material, na sua maioria impresso e não
produzido pela instituição ao qual está inserido, de forma ordenada para estudo,
pesquisa e consulta. Normalmente é constituída de coleções temáticas e seus
documentos são adquiridos através de compras ou doações […]"
Assinale a alternativa que preenche correta e sequencialmente as lacunas do
texto.
a) O suporte; o arquivo
b) O museu; a biblioteca
c) A biblioteca; a biblioteca
d) O arquivo; o documento
e) O arquivo; a biblioteca
Comentário:
Esse exercício reforça as definições de arquivo e biblioteca. Revisando os
demais conceitos:
Suporte é o material físico no qual são registradas as informações.
Museu é uma instituição de interesse público, com objetivo de conservar,
estudar e expor ao público objetos de valor cultural. (Essa definição pode variar
levemente de acordo com o autor).

Prof. Leonardo Coelho 31 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Documento é o registro de uma informação, independentemente da natureza
do suporte que a contém.
Gabarito: E.

25. CESPE / Técnico – Suporte Administrativo SERPRO / 2013) Com


base em conceitos de arquivologia, julgue os itens seguintes.
Os documentos de arquivo podem ser elaborados em um único exemplar ou,
em casos específicos, serem produzidos em um limitado número de cópias.
Comentário:
A instituição que possui vários exemplares de um mesmo documento é a
biblioteca. Os documentos de arquivo normalmente são únicos ou em cópias
limitadas.
Gabarito: Certo.

Prof. Leonardo Coelho 32 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
4. LISTA DE EXERCÍCIOS

1. (VUNESP / Assistente Organizacional - Área Administrativa


PRODEST-ES / 2014) Documento é a unidade constituída pela
informação e o suporte que a contém. Os documentos podem ser simples
ou compostos. Assinale a alternativa que apresenta como exemplo o
documento composto mais comumente encontrado em arquivos públicos.
a) Coleção
b) Correspondência
c) Microfilme
d) Processo
e) Publicação

2. (CESPE – Analista Administrativo – ANP – 2013) Em relação às


características dos acervos dos órgãos de documentação, julgue os itens
que se seguem.
As finalidades da biblioteca e do museu são didáticas, culturais, técnicas
ou científicas.

3. (COPESE-UFT / Assistente de Defensoria Pública DPE-TO / 2012)


Sobre o conceito de arquivo é correto afirmar, EXCETO:
a) Arquivo é um conjunto de documentos que são reunidos por acumulação ao
longo das atividades físicas ou jurídicas, públicas ou privadas.
b) Arquivo pode ser definido como a entidade ou órgão administrativo
responsável pela custódia, tratamento documental e utilização dos arquivos sob
sua jurisdição.
c) Arquivo é uma unidade constituída pela informação e seu suporte, produzida
em decorrência do cumprimento de uma atividade.
d) Arquivo é o conjunto de atas, projetos, relatórios de atividades, prontuários,
entre outros.

4. (CESPE – Arquivista – MPOG – 2015) Acerca de princípios e conceitos


arquivísticos, julgue o item que se segue.
Manter o documento autêntico é um dos objetivos do princípio da
territorialidade.

5. (CESPE – Arquivista – FUB – 2015) Com relação a princípios e


conceitos concernentes à arquivística, julgue o item a seguir.

Prof. Leonardo Coelho 33 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
Recolhimento designa a formação progressiva, natural e orgânica do arquivo.

6. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa / TRE-AL / 2010)


Sobre o ciclo vital dos arquivos de instituições públicas é correto afirmar:
a) Os documentos correntes se destinam à consulta de agentes internos e
externos, graças à divulgação de seu conteúdo em instrumentos de
pesquisa.
b) A avaliação deve ocorrer na fase permanente, quando os documentos não
mais interessam ao órgão produtor e podem ser facilmente descartados.
c) Os depósitos intermediários servem para armazenar documentos com mais
de cinco anos, quando deixam de ter qualquer valor probatório.
d) As ações de conservação e restauração de documentos, com vistas à sua
longa duração, são típicas da primeira idade.
e) A vigência e a frequência de uso determinam a permanência dos arquivos
correntes junto aos órgãos produtores.

7. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa / TRE-AM / 2010)


No processo de avaliação, entende-se por transferência a
passagem dos documentos para o:
a) arquivo corrente.
b) arquivo permanente.
c) arquivo intermediário.
d) serviço de protocolo.
e) setor de descarte.

8. (FCC / Técnico Judiciário - Área Administrativa TRE-PE / 2011) O


processo de avaliação, a ser realizado pelo arquivista, deverá considerar
a função pela qual cada documento foi criado, identificando os valores a
ele atribuídos, segundo o seu potencial de uso. Terão guarda permanente
aqueles documentos que tiverem um valor:
a) terciário, quando as suas informações são consideradas importantes para
prova, informação ou pesquisa.
b) primário, a eles atribuído levando-se em conta a sua utilidade para
propósitos administrativos, legais e fiscais.
c) intrínseco, que possuem em razão de seu conteúdo, das circunstâncias de
sua produção e de suas assinaturas ou selos.

Prof. Leonardo Coelho 34 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
d) secundário, tendo em vista o seu interesse para fins diferentes daqueles
para os quais foram originalmente criados.
e) administrativo, no caso em que são reconhecidos como garantia e
fundamento de atos, fatos e acontecimentos.

9. (CETRO / Técnico em Arquivo / IF-PR / 2014) Sobre protocolo,


assinale a alternativa incorreta.
a) A elaboração de resumo do assunto do documento é uma das prerrogativas
do protocolo.
b) Chama-se distribuição quando o envio de documento se dá para outra
instituição. O envio interno se chama expedição.
c) Cabe ao protocolo o controle da tramitação dos documentos.
d) Os documentos de caráter confidencial só podem ser abertos por seus
respectivos destinatários.
e) Atuação e protocolização são vocábulos sinônimos.

10. (CESPE / Técnico Administrativo / ANATEL / 2014) Acerca


da gestão de documentos, julgue os itens que se seguem. A classificação
de documentos de arquivo é utilizada para se permitir a organização
desses documentos e seu acesso rápido quando necessário. Na ausência
de um código ou plano de classificação, pode-se utilizar o modelo padrão
existente nas bibliotecas.

11. (IADES / Assistente Administrativo / MPE-GO / 2015)


Considerando a gestão de documentos e suas fases básicas, assinale a
alternativa correta.
a) O protocolo é atividade de produção.
b) A avaliação e a determinação de prazos dos documentos do arquivo são
atividades da utilização.
c) A produção, a utilização e a destinação são fases básicas da gestão de
documentos.
d) A produção e o arquivamento dos documentos em correntes e
intermediários são atividades da produção.
e) São fases básicas da gestão de documentos a produção, a utilização, a
tramitação e a destinação.

Prof. Leonardo Coelho 35 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
12. (UFF / Auxiliar em Administração / 2015) Sobre órgãos de
documentação, como ensina o livro “Arquivo: teoria e prática”, de Paes,
é INCORRETO afirmar que:
a) biblioteca é o conjunto composto exclusivamente de livros.
b) arquivo, biblioteca e museu têm objetivos diferentes.
c) museu é uma instituição de interesse público com peças e objetos de valor
cultural.
d) arquivo, biblioteca e museu têm a função de guardar.
e) arquivo é a acumulação ordenada dos documentos.

13. (CESGRANRIO / Técnico de Administração e Controle Júnior


PETROBRÁS / 2015) Uma empresa deseja instituir um serviço
encarregado do recebimento, registro, classificação, distribuição, controle
da tramitação e expedição de documentos.
Com base na terminologia da Arquivologia, essa atividade é denominada
a) secretaria
b) protocolo
c) arquivo permanente
d) arquivo intermediário
e) centro de documentação

14. (CESPE / Técnico de Administração Pública / 2014) Julgue


os itens a seguir, acerca dos conceitos fundamentais de arquivologia.
O princípio da proveniência permite identificar o fundo a que pertence
determinado documento de arquivo.

15. (CESPE / Técnico em Arquivos FUB / 2014) Acerca dos


princípios e conceitos arquivísticos, julgue o item que se segue.
Caracteriza o princípio arquivístico do respeito à ordem primitiva a conservação
do arranjo dado pela entidade coletiva, pessoa ou família que produziu os
documentos.

16. (FGV / Técnico Legislativo AL-MT / 2013) Com relação aos


princípios arquivísticos, assinale a afirmativa correta.
a) Os documentos de arquivo são produzidos em um único original ou em um
número limitado de cópias, e mantêm uma relação orgânica entre si.

Prof. Leonardo Coelho 36 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
b) A acumulação progressiva, natural e orgânica diz respeito ao princípio da
organicidade.
c) O princípio da organicidade preconiza o respeito à ordem dos documentos
na primeira e segunda idades.
d) O princípio da proveniência estabelece as relações dos documentos com o
órgão, refletindo suas funções atividades e estrutura.
e) O princípio de respeito aos fundos permite a mescla de documentos de
origens distintas.

17. (FGV / Auxiliar de Documentação - FBN / 2013) O Princípio


da Proveniência sustenta as atividades teóricas e práticas do fazer
arquivístico. Ele pode ser efetivado em dois níveis, denominados
a) maximalista e minimalista.
b) de fundo e em série.
c) administrativo e jurídico.
d) fechado e aberto.

18. (CESPE / Técnico Administrativo ANATEL / 2014) No que se


refere aos princípios, conceitos e legislação arquivística, julgue os itens a
seguir.
A organicidade do arquivo produz vínculos entre os vários documentos de uma
mesma ação, processo de trabalho ou atividade.

19. (CESPE / Técnico Administrativo ANAC / 2009) Acerca das


teorias e dos princípios arquivísticos, julgue os itens a seguir.
A função primária do arquivo é funcional, isto é, ser instrumento da
administração. Em um segundo momento, considera-se o valor para a história
e a cultura de uma sociedade.

20. (CESPE / Técnico Administrativo ANTAQ / 2014) Julgue o


item que se segue, a respeito de arquivologia.
Ainda que tenham surgido novos suportes documentais, principalmente os
documentos natodigitais, o conceito de arquivo mantém-se inalterado.

21. (CESPE / Técnico – Suporte Administrativo SERPRO / 2013)


Desde sua origem, os documentos de arquivo são tratados, armazenados
e conservados por razões culturais e históricas.

Prof. Leonardo Coelho 37 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
22. (CESPE / Técnico Judiciário - Área Administrativa CNJ /
2013) O arquivo do CNJ refere-se à acumulação ordenada dos
documentos que surgem como resultado da realização da missão ou dos
objetivos dessa instituição.

23. (ESAF / Assistente Técnico-Administrativo / 2012) Indique o


que distingue o arquivo do centro de documentação, da biblioteca e do
museu.
a) O objetivo cultural.
b) O fato de seus documentos serem produzidos em papel.
c) A coleção feita por compra ou doação.
d) O conjunto orgânico de documentos.
e) A questão dos seus objetos serem produzidos pela natureza.

24. (FEPESE / Assistente em Administração UFFS / 2012) “


.........................é o conjunto de documentos criados ou recebidos por
uma pessoa ou instituição, no exercício de sua atividade, preservados
para garantir a consecução dos seus objetivos.
Já .........................é o conjunto de material, na sua maioria impresso e não
produzido pela instituição ao qual está inserido, de forma ordenada para estudo,
pesquisa e consulta. Normalmente é constituída de coleções temáticas e seus
documentos são adquiridos através de compras ou doações […]"
Assinale a alternativa que preenche correta e sequencialmente as lacunas do
texto.
a) O suporte; o arquivo
b) O museu; a biblioteca
c) A biblioteca; a biblioteca
d) O arquivo; o documento
e) O arquivo; a biblioteca

25. CESPE / Técnico – Suporte Administrativo SERPRO / 2013)


Com base em conceitos de arquivologia, julgue os itens seguintes.
Os documentos de arquivo podem ser elaborados em um único exemplar ou,
em casos específicos, serem produzidos em um limitado número de cópias.

Prof. Leonardo Coelho 38 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/
5. GABARITO

01 D
02 C
03 C
04 E
05 E
06 E
07 C
08 D
09 B
10 E
11 C
12 A
13 B
14 C
15 C
16 A
17 A
18 C
19 C
20 C
21 C
22 C
23 D
24 E
25 C

Prof. Leonardo Coelho 39 de 38


https://www.exponencialconcursos.com.br/

Você também pode gostar