Você está na página 1de 6

LIÇÃO BÍBLICA DA CIÊNCIA CRISTÃ

Tema: A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 1
- A Bíblia
1. Gálatas 5:22 o fruto, 23
22 ... o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,
23 mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.
2. Eclesiastes 3:14
14 Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto
faz Deus para que os homens temam diante dele.
3. Romanos 12:2 não
2 ... não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que
experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
1) 468:16-17 A  A substância é aquilo que é eterno e incapaz de manifestar desarmonia e sofrer
deterioração.
2) 508:4-6  A única inteligência ou substância de um pensamento, de uma semente, ou de uma flor, é
Deus, seu Criador.
3) 268:5-9  A crença em uma base material, da qual se possa deduzir toda a racionalidade, está
lentamente cedendo à ideia de uma base metafísica, está desviando sua atenção da matéria como causa, e
vendo que a Mente é a causa de todo efeito.
4) 269:14-19  A metafísica explica que as coisas são pensamentos e substitui os objetos dos sentidos
pelas ideias da Alma.
Essas ideias são perfeitamente reais e tangíveis para a consciência espiritual e têm esta vantagem sobre
os objetos e os pensamentos do senso material — elas são boas e eternas.

Seção 2
- A Bíblia
4. Hebreus 11:1, 3
1 Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.
3 Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a
existir das coisas que não aparecem.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
5) 297:20  A fé é mais elevada e mais espiritual do que a crença. É o pensamento humano em estado de
crisálida, no qual a evidência espiritual, que contradiz o testemunho do senso material, começa a aparecer, e a
Verdade, sempre presente, vai sendo compreendida. Os pensamentos humanos têm graus de comparação.
Alguns pensamentos são melhores do que outros. A crença na Verdade é melhor do que a crença no erro, mas
nenhum testemunho mortal está fundado na rocha divina. O testemunho mortal pode ser abalado. Até que a
crença se torne fé, e a fé se torne compreensão espiritual, o pensamento humano tem pouca relação com o real
ou divino.
6) 96:26  À medida que o conhecimento material diminuir e a compreensão espiritual aumentar, os
objetos reais serão percebidos mentalmente, em vez de materialmente.

1
Lição Bíblica da Ciência Cristã – A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 3
- A Bíblia
5. Tiago 1:17
17 Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir
variação ou sombra de mudança.
6. Êxodo 15:22-25 (até doces)
22 Fez Moisés partir a Israel do mar Vermelho, e saíram para o deserto de Sur; caminharam três dias no
deserto e não acharam água.
23 Afinal, chegaram a Mara; todavia, não puderam beber as águas de Mara, porque eram amargas; por isso,
chamou-se-lhe Mara.
24 E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber?
25 Então, Moisés clamou ao Senhor, e o Senhor lhe mostrou uma árvore; lançou-a Moisés nas águas, e as
águas se tornaram doces.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
7) 124:26-27 (até 1º .)  O Espírito é a vida, a substância e a continuidade de todas as coisas.
8) 287:13 “Acaso  “Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso?” Visto que
Deus está em toda parte e inclui tudo, como pode Ele estar ausente ou sugerir a ausência da onipresença e da
onipotência? Como pode haver mais do que tudo?
9) 278:34-3  O que é que deveríamos considerar como substância — aquilo que erra, muda e morre, que é
mutável, e é mortal, ou aquilo que é infalível, imutável e imortal?
10) 390:6-9  É nossa ignorância a respeito de Deus, o Princípio divino, que produz aparente desarmonia, e
compreendê-Lo corretamente restaura a harmonia.
11) 273:21-22, 29-3  Deus nunca decretou uma lei material para anular a lei espiritual.
A Ciência mostra que as conflitantes opiniões e crenças mortais e materiais emitem a todo momento os
efeitos do erro, mas essa atmosfera da mente mortal não pode ser destrutiva para a moral e a saúde, quando se lhe
faz oposição pronta e persistente com a Ciência Cristã. A Verdade e o Amor são antídotos contra esse miasma
mental, e assim fortalecem e sustentam a existência.
12) 157:27-30  A Ciência Cristã influi na corporalidade inteira — ou seja, na mente e no corpo — e traz à
tona a prova de que a Vida é contínua e harmoniosa. A Ciência neutraliza e ao mesmo tempo destrói o erro.

2
Lição Bíblica da Ciência Cristã – A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 4
- A Bíblia
7. Salmos 55:1, 5, 6
1 Dá ouvidos, ó Deus, à minha oração; não te escondas da minha súplica.
5 temor e tremor me sobrevêm, e o horror se apodera de mim.
6 Então, disse eu: quem me dera asas como de pomba! Voaria e acharia pouso.
8. 2º Samuel 13:1, 6, 10-12 Tomou, 14, 15 (até 1º aversão), 17, 19
1 Tinha Absalão, filho de Davi, uma formosa irmã, cujo nome era Tamar. Amnom, filho de Davi, se enamorou dela.
6 Deitou-se, pois, Amnom e fingiu-se doente; vindo o rei visitá-lo, Amnom lhe disse: Peço-te que minha irmã Tamar venha e
prepare dois bolos à minha presença, para que eu coma de sua mão.
10 ... Tomou Tamar os bolos que fizera e os levou a Amnom, seu irmão, à câmara.
11 Quando lhos oferecia para que comesse, pegou-a e disse-lhe: Vem, deita-te comigo, minha irmã.
12 Porém ela lhe disse: Não, meu irmão, não me forces, porque não se faz assim em Israel; não faças tal loucura.
14 Porém ele não quis dar ouvidos ao que ela lhe dizia; antes, sendo mais forte do que ela, forçou-a e se deitou com ela.
15 Depois, Amnom sentiu por ela grande aversão,
17 Chamou a seu moço, que o servia, e disse: Deita fora esta e fecha a porta após ela.
19 Então, Tamar tomou cinza sobre a cabeça, rasgou a túnica talar de mangas compridas que trazia, pôs as mãos sobre a
cabeça e se foi andando e clamando.
9. Salmos 57:2 (até Altíssimo), 3 (até livra)
2 Clamarei ao Deus Altíssimo,
3 Ele dos céus me envia o seu auxílio e me livra;
10. Apocalipse 12:1, 3, 9, 14-16
1 Viu-se grande sinal no céu, a saber, uma mulher vestida do sol com a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na
cabeça,
3 Viu-se, também, outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete
diademas.
9 E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi
atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.
14 e foram dadas à mulher as duas asas da grande águia, para que voasse até ao deserto, ao seu lugar, aí onde é sustentada
durante um tempo, tempos e metade de um tempo, fora da vista da serpente.
15 Então, a serpente arrojou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, a fim de fazer com que ela fosse arrebatada
pelo rio.
16 A terra, porém, socorreu a mulher; e a terra abriu a boca e engoliu o rio que o dragão tinha arrojado de sua boca.
- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
13) 574:24-29  Pensa nisso, caro leitor, pois há de arrancar o “pano de saco” dos teus olhos, e verás descer sobre ti a pomba de
voo suave. Aquela mesma circunstância que teu senso sofredor considera ameaçadora e aflitiva, o Amor pode converter em um anjo
que acolhes sem o saberes.
14) 570:19-23  E se o antigo dragão lançar um novo dilúvio para afogar a ideia-Cristo? Ele não pode abafar tua voz com seu
rugido, nem afundar novamente o mundo nas águas profundas do caos e da antiga noite. Nesta época a terra ajudará a mulher; a
ideia espiritual será compreendida.
15) 170:28  A descrição do homem como puramente físico, ou ao mesmo tempo material e espiritual — mas em ambos os
casos dependente do seu organismo físico — é a caixa de Pandora, da qual saíram todos os males, especialmente o desespero. A
matéria, que toma o poder divino em suas próprias mãos e alega ser criadora, é uma ficção, na qual o paganismo e a luxúria são de
tal modo sancionados pela sociedade, que a humanidade contraiu seu contágio moral.
16) 567:27-1  A besta e os falsos profetas são a luxúria e a hipocrisia. Esses lobos vestidos de ovelhas são detectados e mortos
pela inocência, o Cordeiro do Amor.
A Ciência divina mostra como o Cordeiro mata o lobo. A inocência e a Verdade vencem a culpa e o erro.
17) 405:6-10, 18-20  A Ciência Cristã exige que o homem exerça o domínio sobre as propensões — que ponha freio ao ódio
por meio da bondade, que vença a luxúria por meio da castidade, substitua a vingança pela misericórdia e derrote a mentira
mediante a honestidade. ... O homem bom pode finalmente vencer seu medo ao pecado. Eis o que é inevitável ao pecado: destruir-se
a si mesmo.
18) 454:9  O ódio humano não tem mandato legítimo nem reino. O Amor está entronizado. A doutrina da Ciência Cristã
absoluta é que o mal, a matéria, não tem inteligência nem poder, e essa é a grande verdade que arranca todo disfarce ao erro.
19) 96:4-6, 20-22  O Amor há de finalmente assinalar a hora do aparecimento da harmonia, e a espiritualização virá a seguir,
porque o Amor é o Espírito.
O erro mortal se dissipará em uma quimicalização moral. Essa fermentação mental já começou, e continuará até que todos
os erros da crença cedam à compreensão.
3
Lição Bíblica da Ciência Cristã – A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 5
- A Bíblia
11. Mateus 4:17 passou
17 ... passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.
12. Lucas 9:38-43 (até Deus)
38 E eis que, dentre a multidão, surgiu um homem, dizendo em alta voz: Mestre, suplico-te que vejas
meu filho, porque é o único;
39 um espírito se apodera dele, e, de repente, o menino grita, e o espírito o atira por terra, convulsiona-
o até espumar; e dificilmente o deixa, depois de o ter quebrantado.
40 Roguei aos teus discípulos que o expelissem, mas eles não puderam.
41 Respondeu Jesus: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei convosco e vos sofrerei?
Traze o teu filho.
42 Quando se ia aproximando, o demônio o atirou no chão e o convulsionou; mas Jesus repreendeu o
espírito imundo, curou o menino e o entregou a seu pai.
43 E todos ficaram maravilhados ante a majestade de Deus.
13. Lucas 10:1, 17-20
1 Depois disto, o Senhor designou outros setenta; e os enviou de dois em dois, para que o precedessem
em cada cidade e lugar aonde ele estava para ir.
17 Então, regressaram os setenta, possuídos de alegria, dizendo: Senhor, os próprios demônios se nos
submetem pelo teu nome!
18 Mas ele lhes disse: Eu via Satanás caindo do céu como um relâmpago.
19 Eis aí vos dei autoridade para pisardes serpentes e escorpiões e sobre todo o poder do inimigo, e
nada, absolutamente, vos causará dano.
20 Não obstante, alegrai-vos, não porque os espíritos se vos submetem, e sim porque o vosso nome está
arrolado nos céus.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
20) 43:30  A Ciência que Jesus ensinou e viveu tem de triunfar sobre todas as crenças materiais quanto à
vida, à substância e à inteligência e sobre a multidão de erros que decorrem de tais crenças.
21) 399:11-15, 29-30 (até 1º .)  A chamada mente mortal envia suas mensagens ao seu próprio corpo,
mas essa mente, assim chamada, é ao mesmo tempo o mensageiro e a mensagem dessa telegrafia. Os nervos
são incapazes de falar, e a matéria não pode dar nenhuma resposta à Mente imortal.
A Mente única, Deus, não contém opiniões mortais.
22) 93:14-17  O bem não cria uma mente susceptível de causar o mal, pois o mal é o erro que se opõe ao
bem, não é a verdade da criação. A eletricidade destrutiva não procede do bem infinito.
23) 293:17  A eletricidade é o excesso violento da materialidade, a manifestação falsa da verdadeira
essência da espiritualidade ou verdade — com a grande diferença de que a eletricidade não é inteligente, ao
passo que a verdade espiritual é a Mente.
24) 332:9-16 O Cristo  O Cristo é a ideia verdadeira que proclama o bem, a mensagem divina de Deus
aos homens, a qual fala à consciência humana. O Cristo é incorpóreo, espiritual — sim, é a imagem e
semelhança divina, que dissipa as ilusões dos sentidos; é o Caminho, a Verdade e a Vida, que cura os doentes
e expulsa os demônios, que destrói o pecado, a doença e a morte.
25) 355:11  Que não seja mais ouvida a desarmonia, independentemente de seu nome e natureza, e que o
senso harmonioso e verdadeiro da Vida e do existir tome posse da consciência humana.

4
Lição Bíblica da Ciência Cristã – A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 6
- A Bíblia
14. 1ª João 4:1
1 Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque
muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.
15. Atos 15:40 Paulo
40 ... Paulo, tendo escolhido a Silas, partiu encomendado pelos irmãos à graça do Senhor.
16. Atos 16:16-18
16 Aconteceu que, indo nós para o lugar de oração, nos saiu ao encontro uma jovem possessa de
espírito adivinhador, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores.
17 Seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos
anunciam o caminho da salvação.
18 Isto se repetia por muitos dias. Então, Paulo, já indignado, voltando-se, disse ao espírito: Em nome
de Jesus Cristo, eu te mando: retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
26) 142:34  A Verdade é o remédio de Deus para o erro de toda espécie, e a Verdade só destrói o que não
é verdadeiro. Daí o fato de que hoje, como outrora, o Cristo expulsa os males e cura os doentes.
27) 95:6  Paulo disse: “O pendor... do Espírito [dá] para a vida”. Chegamos mais perto de Deus, da Vida,
na proporção de nossa espiritualidade, de nossa fidelidade à Verdade e ao Amor; e é nessa proporção que
podemos conhecer todas as necessidades humanas e somos capazes de discernir o pensamento dos doentes e
dos pecadores com o propósito de curá-los. Nenhuma espécie de erro pode se esconder da lei de Deus.
28) 403:15-21  Dominas a situação se compreendes que a existência mortal é um estado de autoengano, e
não é a verdade a respeito do existir. A mente mortal está produzindo constantemente no corpo mortal os
resultados de opiniões errôneas; e continuará a produzi-los até que o erro mortal seja privado de seus poderes
imaginários pela Verdade, que varre as teias de aranha da ilusão mortal.
29) 252:7-9, 17-22, 27-9 Mas  Quando as errôneas crenças humanas percebem, ainda que só um pouco,
sua própria falsidade, começam a desaparecer.
O senso material ergue a voz com arrogância, como se fosse realidade, e diz:
Sou inteiramente desonesto, e ninguém sabe. Posso enganar, mentir, cometer adultério, roubar, matar, e
evito ser descoberto, graças à infâmia de minha linguagem melíflua.
Mas um toque, um incidente, a lei de Deus, podem a qualquer momento aniquilar minha paz, pois
todas as minhas alegrias imaginárias são destrutivas. Como lava que irrompe, expando-me, apenas para meu
próprio desespero, e brilho com o resplendor do fogo consumidor.
O Espírito, dando testemunho em contrário, diz:
Eu sou o Espírito. O homem, cujos sentidos são espirituais, é minha semelhança. Ele reflete a
compreensão infinita, pois Eu sou a Infinidade. A beleza da santidade, a perfeição do existir, a glória
imperecível — tudo isso é Meu, pois Eu sou Deus. Eu dou imortalidade ao homem, pois Eu sou a Verdade.
Incluo e proporciono a felicidade suprema, pois Eu sou o Amor. Dou vida sem começo e sem fim, pois Eu sou
a Vida. Sou supremo e dou tudo, pois Eu sou a Mente. Sou a substância de tudo, porque EU SOU O QUE
SOU.

5
Lição Bíblica da Ciência Cristã – A substância (09 a 15 de março de 2020)

Seção 7
- A Bíblia
17. 1º Crônicas 29:11, 13, 14 2º Porque
11 Teu, Senhor, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos
céus e na terra; teu, Senhor, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos.
13 Agora, pois, ó nosso Deus, graças te damos e louvamos o teu glorioso nome.
14 Porque tudo vem de ti, e das tuas mãos to damos.

- Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (de autoria de Mary Baker Eddy)
30) 335:11-13 (até 2º .)  O Espírito é a única substância, é o invisível e indivisível Deus infinito. As
coisas espirituais e eternas são substanciais.
31) 249:7-12  Sintamos a energia divina do Espírito, que nos traz a uma vida nova e que não reconhece
nenhum poder, mortal ou material, capaz de praticar destruição. Regozijemo-nos por estarmos sujeitos às
divinas “autoridades que existem”. Essa é a verdadeira Ciência do existir.