Você está na página 1de 4

Exerc ícios de Revisão

Disciplina: Físico-Química  Prof(a).: Aquino




 Data: _____ de agosto de 2009


 Aluno(a): __________________________________________________ Nº:


 _______


 2ª Série do Ensino Médio ♦ Turma: _____ ♦Unidade: _________
01.
 (PUC‐RS)
A
velocidade
de
uma
reação
química
depende:



 I.
 do
número
de
colisões
intermoleculares
por
unidade
de
tempo.


 II.
 da
energia
cinética
das
moléculas
que
colidem
entre
si.


 III.
da
orientação
das
moléculas
de
colisão,
isto
é,
da
geometria
da
colisão.



 Estão
corretas
as
alternativas:


(A)
 I,
II
e
III
 (D)
 Somente
I

(B)
 Somente
III

 (E)
 Somente
I
e
II

(C)
 Somente
II



02.
 (UERJ)
 Quando
 se
 leva
 uma
 esponja
 de
 aço
 à
 chama
 de
 um
 bico
 de
 gás,
 a
 velocidade
 da
 reação
 de

oxidação
é
tão
grande
que
incendeia
o
material.
O
mesmo
não
ocorre
ao
se
levar
uma
lâmina
de
aço
à
chama.

Nessas
experiências,
o
fator
que
determina
a
diferença
de
velocidade
de
reação
é:


(A)
 a
pressão

 (D)
 a
concentração

(B)
 o
catalisador
 (E)
 a
superfície

(C)
 o
estudo
físico



03.
 (UERJ)
 Reações
 químicas
 ocorrem,
 geralmente,
 como
 resultado
 de
 colisões
 entre
 partículas
 reagentes.

Toda
 reação
 requer
 um
 certo
 mínimo
 de
 energia,
 denominada
 energia
 de
 ativação.
 Os
 gráficos
 abaixo

representam
diferentes
reações
químicas,
sendo:

R
=
reagente
e
P
=
produto





 Aquele
que
representa
um
processo
químico
exotérmico
de
maior
energia
de
ativação
é
o
de
número:


(A)
 1
 
 (B)
 2

(C)
 3
 
 (D)
 4




04.
 (UERJ)
A
sabedoria
popular
indica
que,
para
acender
uma
lareira,
devemos
utilizar
inicialmente
lascas
de

lenha
e
só
depois
colocarmos
as
toras.


 Em
condições
reacionais
idênticas
e
utilizando
massas
iguais
de
madeira
em
lascas
e
em
toras,
verifica‐se

que
a
madeira
em
lascas
queima
com
mais
velocidade.


 O
fator
determinante,
para
essa
maior
velocidade
da
reação
é
o
aumento
da:


(A)
 pressão
 (B)
 temperatura

(C)
 concentração
 (D)
 superfície
de
contato




05.
 (UNI‐RIO/95)
Em
cada
um
dos
recipientes
A,
B,
C
e
D
foi
colocada
a
mesma
massa,
em
gramas,
de
pérolas

de
 zinco
 e
 o
 mesmo
 volume
 de
 ácido
 clorídrico
 de
 igual
 concentração,
 nas
 temperaturas
 indicadas
 na
 figura.

Após
 um
 tempo
 t,
 observou‐se,
 em
 cada
 recipiente,
 desprendimento
 de
 gás
 e
 calor.
 Com
 base
 nos
 dados

apresentados,
a
única
opção
que
podemos
considerar
verdadeira
é:




(A)
 Não
há
aumento
da
energia
cinética
e,
consequentemente,
não
haverá
maior
número
de
choques
efetivos

entre
as
moléculas
reagentes.

(B)
 Há
liberação
de
cloro
gasoso
na
reação,
em
virtude
do
aumento
da
temperatura.

(C)
 A
 intensidade
 da
 reação
 será
 a
 mesma
 nos
 recipientes
 A,
 B,
 C
 e
 D,
 pois
 o
 volume
 de
 ácido
 clorídrico
 é

também
o
mesmo.

(D)
 A
 temperatura
 não
 interfere
 na
 velocidade
 da
 reação,
 sendo
 a
 taxa
 de
 desaparecimento
 do
 zinco

proporcional
ao
volume
do
ácido.

(E)
 A
taxa
de
desaparecimento
do
zinco
nos
recipientes
A
<
B
<
C
<
D.




06.
 (PUC.‐MG)
A
quantidade
mínima
de
energia
necessária
para
que
as
moléculas
possam
reagir
chama‐se:


(A)
 energia
de
ionização;
 (B)
 energia
de
ligação;

(C)
 energia
de
dissociação;
 (D)
 energia
de
ativação;

(E)
 energia
de
excitação.




07.
 (OSEC‐SP)
Em
uma
reação,
o
complexo
ativado:


(A)
 possui
mais
energia
que
os
reagentes
ou
os
produtos.

(B)
 é
um
dos
produtos.

(C)
 sempre
forma
produtos.

(D)
 É
um
composto
estável.

(E)
 Possui
menos
energia
que
os
reagentes
ou
os
produtos.




08.
 (MACK‐S:P)
 Dada
 a
 equação
 da
 reação
 elementar
 H2
 +
 Cl2
 
 2HCl,
 se
 reduzirmos
 simultaneamente
 a

concentração
de
H2
e
Cl2
à
metade,
mantendo‐se
constante
todos
os
outros
fatores,
a
velocidade
da
reação:


(A)
 Quadriplica.
 (B)
 Reduz‐se
a
um
quarto
da
inicial.

(C)
 Dobra.

 (D)
 Reduz‐se
à
metade.


09.
 Um
 dos
 trabalhos
 dos
 químicos
 é
 propor
 formas
 de
 tornar
 as
 reações
 químicas
 mais
 rápidas
 ou
 mais

lentas,
dependendo
da
situação.
Sobre
tal
propósito,
responda:



 Na
digestão
dos
alimentos
ocorre
uma
série
de
reações
químicas.
Explique,
levando
em
conta
a
rapidez

das
reações,
por
que
é
benéfico
mastigar
bem
os
alimentos.


______________________________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________________________



10.
 Um
estudante
mediu
o
tempo
gasto
ao
término
da
dissolução
de
comprimidos
efervescentes
em
quatro

testes
realizados,
nas
condições
específicas
na
tabela
abaixo:


Condições
do
 Condições
de

Teste
 Tempo
de
dissolução

comprimido
 temperatura

I
 inteiro
 temperatura
ambiente
 36
s

II
 inteiro
 gelada
 45
s

III
 inteiro
 quente
 27
s

IV
 triturado
 temperatura
ambiente
 13
s



 Analise
os
resultados
obtidos
e
mostrados
que
você
aprendeu
em
sala
de
aula.


______________________________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________________________

























GABARITO


01.
 letra
A


02.
 letra
E


03.
 letra
C


04.
 letra
D


05.
 letra
E


06.
 letra
B


07.
 letra
A


08.
 letra
B


09.
 Por
que
aumenta
a
velocidade
da
reação
de
digestão
dos
alimentos.


10.
 A
 velocidade
 da
 reação
 aumenta
 com
 o
 aumento
 da
 temperatura
 e
 com
 o
 aumento
 da
 superfície
 de

contato
dos
reagentes.