Você está na página 1de 12

Curso: Administração

Disciplina: Simulação Empresarial – Grupo 4


Relatórios de Tomadas de Decisões e Estratégias da Empresa:

7ª Série
Caroline dos Santos RA: 7223564271
8ª Série
Bruno dos Santos Pereira R.A.: 8431873084
Daniela Dalchiero Pereira R.A.: 6448319709
Ednéia Francisco da Paz Ignácio Luiz R.A.: 6662370089
Marcel da Silva Andrade R.A.: 1347459748
Pamela Maiara Bianzeno de Souza R.A.: 6655371311

Prof.º Vinicius Rafael Bianchi


Novembro/2016
Sumário
INTRODUÇÃO................................................................................................................................3
1. Crise X Inadimplência – 7º Período...................................................................................4
1.1. Comercial..............................................................................................................................4
1.2. Recursos Humanos.............................................................................................................4
1.3. Finanças................................................................................................................................5
2. D.R.E. Negativa – 8º Período...............................................................................................6
2.1. Comercial..............................................................................................................................6
2.2. Recursos Humanos.............................................................................................................6
2.3. Finanças................................................................................................................................7
3. Diminuindo a Inadimplência – 9º Período........................................................................8
3.1. Comercial..............................................................................................................................8
3.2. Recursos Humanos.............................................................................................................8
3.3. Finanças................................................................................................................................8
4. Inadimplência Baixa – 10º Período....................................................................................9
4.1. Comercial..............................................................................................................................9
4.2. Recursos Humanos.............................................................................................................9
4.3. Finanças................................................................................................................................9
5. Diminuindo o Estoque de Produto Acabado – Último Período................................10
5.1. Comercial............................................................................................................................10
5.2. Recursos Humanos...........................................................................................................10
5.3. Finanças..............................................................................................................................10
CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................................11

INTRODUÇÃO

Em um ano e seis meses a empresa WORK obteve índices bons para o


crescimento de mercado, assim como enfrentaram o começo de uma crise
econômica. Assim, observamos que a cada período é uma surpresa, e que não tinha
como ter uma certeza de como seria o próximo período para a empresa WORK.
Não tivemos períodos perfeitos em valores, em cada período tivemos
destaques positivos e negativos, onde esses, nos próximos períodos, teríamos que
aperfeiçoar ou melhorar, e o dois fatores principais, que a empresa WORK vem
tentando melhorar e corrigir, é a diminuição do estoque de produtos acabados e do
percentual de inadimplência, que a cada período, esses valores e percentuais vem
se aumentando.
Através de muitas tentativas para podermos diminuir o percentual de
inadimplência e a quantidade de produtos acabados no estoque, deduzimos que, a
nossa inadimplência só iria diminuir, se abaixássemos o percentual de juros de
vendas a prazo, assim como teríamos uma diminuição de produtos acabados no
estoque. Entramos em uma crise econômica, onde, quanto menor fosse o percentual
de juros de vendas a prazo, melhor seria para podermos cativar o cliente.
Em época de crise econômica, vamos encontrar os preços altíssimos, onde o
cliente obviamente vai optar por parcelar uma determinada compra de um produto,
assim, para os próximos períodos, iremos trabalhar de acordo com o desejo do
consumidor, não fugindo dos preços altos de mercado, mas em compensação,
focando em prazos, e diminuindo os juros das vendas a prazo, assim, vamos
aumentar a demanda da empresa WORK, e consequentemente as suas vendas,
assim como diminuir os dois fatores principais sendo estoque de produtos acabados
e percentual de inadimplência.
Esperemos que ao final de conquistar os objetivos da empresa, possamos
entender o quanto gerar e manter uma empresa é desafiador, onde temos que
aproveitar ao máximo cada momento, e tendo a real consciência e o pé no chão de
que sempre teremos uma surpresa para trabalhar ou aperfeiçoar para garantir o
sucesso da empresa.

1. Crise X Inadimplência – 7º Período

Enfrentamos pela primeira vez a crise econômica, onde obtivemos índices


elevados no mercado em relação ao baixo crescimento econômico. Com isso, a
nossa inadimplência subiu rapidamente, e então pudemos descobrir que o aumento
drástico da nossa inadimplência, deriva-se, do aumento da taxa de juros de vendas
a prazo.

Índices Macroeconômicos – Período 7


Crescimento Econômico (%) 10
Inflação (%) 25
Juros Bancários (%) 22
Juros do Fornecedor (%) 20
Juros de Vendas a Prazo (%) 16,4
Fonte: Criação do autor.

1.1. Comercial por vários períodos, juntamente


com os prazos e propagandas,
Após o resultado desse
continuamos aumentando
período percebemos que fomos
produtos em estoque,
mais atacados por três regiões,
analisamos que o problema não
e como consequência, tivemos
estava nos preços, mas sim na
uma participação de mercado
taxa de juros de vendas que
mais baixa em nossa região.
teríamos que diminuir, assim
Como percebemos que essas
como o nível de produção.
três empresas se uniram para
atacar as duas empresas com
1.2. Recursos Humanos
maiores resultados,
estabelecemos uma estratégia Oferecemos 38% de
de preço na nossa região para treinamentos, pois diminuímos o
os próximos períodos. nível de produtividade dos
Nesse período as nossas operários para 62%, o qual, a
ações caíram para R$ 103,13 produção ainda foi alta, e por
que no período anterior estava isso o aumento de estoque,
em R$ 158,62. Ficamos com afinal, não precisávamos
mais de 23 mil de produtos em produzir se já tínhamos estoque
estoque acabado, resultando no de produto acabado. Nossa
valor de R$ 6.251.607,11. Com motivação se manteve ótima.
isso, vimos que mesmo
alterando os preços de vendas

1.3. Finanças

Tivemos um alto índice de inadimplência, com 91,33%, que comparado ao


período anterior, esse índice subiu em 38,90%. Com juros de vendas a prazo em
16,40%, estávamos abaixo da média de juros, e mesmo assim tivemos problemas
com inadimplência e estoque alto, portanto, teríamos que abaixar mais esse
percentual de juros a prazo, para podermos aumentar a nossa demanda e venda,
assim diminuiríamos a nossa inadimplência, que gira em torno dos juros de vendas a
prazo. Entramos no especial com R$ 76.714,50, por um erro nosso de lançamento,
com isso fechamos com atrasos bancários de R$ 1.230.681,88.

2. D.R.E. Negativa – 8º Período

Nesse período ainda estávamos aumento drástico da nossa


a crise econômica, onde obtivemos inadimplência, deriva-se, do aumento
índices elevados no mercado em da taxa de juros de vendas a prazo.
relação ao baixo crescimento
econômico. Com isso a nossa
inadimplência continuou subindo, e Índices de Mercado – Período 8
Crescimento Econômico (%) 10,50
então pudemos descobrir que o
Inflação (%) 25,75 Fonte: Criação do autor.

Juros Bancários (%) 22,66


Juros do Fornecedor (%) 20,60
Juros de Vendas a Prazo (%) 18,91

2.1. Comercial matéria prima. Com isso, vimos que


mesmo fazendo promoções e em

Após o resultado desse período algumas regiões, juntamente com os

percebemos que nossa região prazos e propagandas, continuamos

continuava sendo atacada pelas aumentando os produtos em estoque.

concorrentes, e como consequência,


2.2. Recursos Humanos
tivemos uma participação de mercado
mais baixa até o momento em nossa
Mantivemos o salário e
região. Como percebemos que essas
oferecemos 10% de treinamentos, pois
três empresas se uniram para nos
diminuímos o nível de produtividade
atacar, estabelecemos a estratégia de
dos operários para 35%, o qual, a
preço onde jogamos o preço lá
produção ainda foi alta, e por isso o
embaixo no pagamento avista e
aumento de estoque, afinal, não
parcelado. Nesse período as nossas
precisávamos produzir se já tínhamos
ações caíram para R$ 101,95 uma das
estoque de produto acabado. Nossa
piores. Ficamos com quase 20 mil de
motivação caiu de ótima para bom. E
produtos acabado em estoque,
não pagamos o PLR pela empresa ter
resultando no valor de R$
fechado no negativo.
6.063.581,58 e R$ 3.615.282,99 em

2.3. Finanças

Tivemos um alto índice de inadimplência, com 95,00%, que comparado ao


período anterior, esse índice subiu mais do que esperávamos. Mesmo trabalhando
com os juros de vendas a prazo em 17% abaixo do mercado que estava a 18,91%,
continuamos com problema da inadimplência e estoque alto, portanto, teríamos que
abaixar mais esse percentual de juros a prazo, para podermos aumentar a nossa
demanda e venda, assim diminuiríamos a nossa inadimplência, que gira em torno
dos juros de vendas a prazo. Entramos no especial novamente com um valor bem
baixo de R$0,39, com isso fechamos com atrasos bancários novamente de R$
66.903,32 e pela primeira vez com a DRE negativa em R$-2.640.326,79 isso nos
assustou um pouco e fez com que mudássemos nossas estratégias para a próxima
jogada, que o problema não estava nos preços, mas sim na taxa de juros de vendas
que teríamos que diminuir, assim como o nível de produção.

3. Diminuindo a Inadimplência – 9º Período

Nesse período apesar das crises econômicas, onde obtivemos índices altos
no mercado em relação ao crescimento econômico, a nossa inadimplência diminuiu
para 58,93%, porém, nossa motivação foi ruim.

Índices Macroeconômicos – Período 9


Crescimento Econômico (%) 13
Inflação (%) 24
Juros Bancários (%) 20
Juros do Fornecedor (%) 30
Fonte: Criação do autor.

3.1. Comercial e a participação de lucros para


2,50%, devido a isso
Nesse período foi muito
diminuímos nossa motivação.
satisfatório para nossa
empresa, nossas ações foram
3.3. Finanças
para R$ 126,45.
Nossa demanda foi de
Nesse período
7.487,00, conseguimos vender
conseguimos diminuir o índice
bem, porém ficamos com
de inadimplência para 58,93%,
bastante matéria prima em
que comparado ao período
estoque, além desses fatores,
anterior, esse índice estava em
também obtivemos uma
95,00.
participação de mercado em
Em relação ao caixa
nossa região, mais baixa.
nessa jogada, fechamos com
R$ 8.547.782,00, conseguimos
3.2. Recursos Humanos
manter um caixa positivo e com
um ótimo valor a receber para o
Nesse período
próximo período, iniciando
mantivemos o piso salarial,
assim com um total de R$
resolvemos aumentar apenas o
1.510.134,44.
índice de treinamento para 10%

4. Inadimplência Baixa – 10º Período

Índices de Mercado – Período 10


Crescimento Econômico (%) 17
Nesse período não tivemos
Inflação (%) 15
crise econômica, onde obtivemos
Juros Bancários (%) 15,5
índices moderados no mercado em Juros do Fornecedor (%) 16
relação ao crescimento econômico. Fonte: Criação do autor.
4.1. Comercial apenas o índice de treinamento para
25% e a participação de lucros para
Nesse período foi muito
3,50%, para motivar mais os
satisfatório para nossa empresa, pois
funcionários e conseguimos aumentar
as nossas ações subiram para R$
assim a motivação para bom, pois no
149,41 que no período anterior estava
período anterior estava ruim.
em R$ 126,45.
Em relação à demanda,
conseguimos atender e vender muito 4.3. Finanças
bem, mesmo com o preço alto.
Tivemos muita participação de Nesse período conseguimos
mercado na nossa região, a mais alta diminuir o índice de inadimplência para
de todos os períodos. 50,83%, que comparado ao período
O fator principal nesse período anterior, esse índice estava em 58,93.
é que conseguimos diminuir o estoque, Em relação ao caixa nessa
que sempre batemos em cima. Tudo jogada, fechamos com R$
isso aconteceu porque diminuímos os 7.318.805,72, conseguimos manter um
juros a prazos. caixa positivo e com um ótimo valor a
receber para o próximo período,
4.2. Recursos Humanos iniciando assim com um total de R$
14.601.006,13.
Nesse período mantivemos o
piso salarial, resolvemos aumentar
5. Diminuindo o Estoque de Produto Acabado – Último Período

Índices Macroeconômicos – Período


11
Nesse período obtivemos um
Crescimento Econômico (%) 21%
crescimento econômico bem superior Inflação (%) 10%
à inflação e índices e taxas favoráveis Juros Bancários (%) 10%
Juros do Fornecedor (%) 9%
ao mercado.
Fonte: Criação do autor.

5.1. Comercial Nesse período nossa


empresa teve uma queda das
ações de 149,41 para 124,32.
Quanto à demanda, Nesse período
conseguimos atender e vender mantivemos o piso salarial,
muito bem, mesmo com o preço índice de treinamento e a
alto. Por ser o último período, participação de lucros. Pois
nos preocupamos mais em assim conseguimos manter os
diminuir o estoque, com isso o funcionários motivados.
estoque de produto acabado
que no período anterior foi de 5.3. Finanças
10.233 produtos, neste período
fechamos com apenas 847 Nesse período o índice
produtos. de inadimplência foi de 82,45%,
Obtivemos muita que comparado ao período
participação de mercado na anterior, esse índice estava em
nossa região, a mais alta de 50,83%. Sendo um crescimento
todos os períodos. muito grande que interferiu na
Tudo isso aconteceu queda das ações da empresa.
porque diminuímos a Em relação ao caixa
quantidade de compra de nessa jogada, fechamos com
matéria prima e produção. R$ 7.814.986,03, conseguimos
Também são fatores que manter um caixa positivo. No
influenciaram os juros e os entanto era se esperado que
prazos. obtivéssemos um valor maior e
que a inadimplência não fosse
tão grande.
5.2. Recursos Humanos

CONSIDERAÇÕES FINAIS

BRUNO (AGUARDANDO).
_________________________________________
BRUNO DOS SANTOS PEREIRA
Presidente.

_________________________________________
MARCEL DA SILVA ANDRADE
Vice-presidente e Diretor de Estratégias.
_________________________________________
CAROLINE DOS SANTOS
Diretora Comercial.

_________________________________________
DANIELA DALCHIEIRO PEREIRA
Diretora de Finanças.

_________________________________________
EDNÉIA FRANCISCO DA PAZ IGNÁCIO LUIZ
Diretora de Marketing.

_________________________________________
PAMELA MAIARA BIANZENO DE SOUZA
Diretora de Pessoas.

Você também pode gostar