Você está na página 1de 4

1.

Avalie os seguintes argumentos e os classifique em indutivos ou


dedutivos (0,2 pontos). Pró-Reitoria Acadêmica

Escola
a. Uma nova estratégia de Humanidades,
promissora para aNegócios
cura do ecâncer
Direito está surgindo. Uma
série de estudos mostrou que os portadores da síndrome de Down, que têm três
cópias do cromossomo 21, isto Curso de Filosofia
é, uma cópia a mais, têm probabilidade menor
de desenvolver determinados tipos de tumores. Recentemente, novos estudos
mostraram que camundongos Disciplina
com um Lógica
cromossomo triplicado conseguiam
combater esses mesmos tumores.

ARGUMENTO INDUTIVO

b. Se as pessoas são mamíferos, elas têm sangue frio.


Ora, as pessoas não têm sangue frio.
Logo, elas não são mamíferas. (RESTALL, 2006, p. 12)

ARGUMENTO DEDUTIVO

2. Nos trechos abaixo, verificar se


ATIVIDADE há ou não um argumento. Em caso
SUPERVISIONADA
positivo, identifique suas premissas e sua conclusão. (COPI, 1978) (0,2
pontos).

a. Bem-aventurado é aquele que nada espera, pois nunca será decepcionado.

NÃO EXISTE ARGUMENTO

b. José comprou um carro novo (PREMISSA). Portanto, Maria terá que comprar
frutas. (CONCLUSÃO)

EXISTE ARGUMENTO.
Aluno: Patrick Penedo Amaral
3. Colocar os silogismos seguintes em forma típica. Em seguida, identificar
o seu modo e figura (0,2 pontos): Professor: Marcos Félix

a) Todos os barcos que andam debaixo d’água são submarinos; portanto, nenhum
submarino é barco de recreio, visto que os barcos de recreio não andam debaixo
d’água.
TODOS OS BARCOS QUE ANDAM DEBAIXO D’AGUA SÃO SUBMARINOS.
VISTO QUE OS BARCOS DE RECREIO NÃO ANDAM DEBAIXO D’AGUA.
PORTANTO, NENHUM SUBMARINO É BARCO DE RECREIO.
MODO AOE
4º FIGURA

b) Nenhum criminoso foi pioneiro, pois todos os criminosos são pessoas ruins, e
nenhum pioneiro foi pessoa ruim.

TODOS OS CRIMINOSOS SÃO PESSOAS RUINS.


NENHUM PIONEIRO FOI PESSOA Brasília
RUIM. - DF
NENHUM CRIMINOSO FOI PIONEIRO.
2019
MODO AEE
2º FIGURA
4. Construa a tabela verdade e identifique a validade ou invalidade do
seguinte argumento (0,3 pontos):

a. P ↔ ~Q, P → Q ˫ ~P
P Q P ↔ ~Q P→Q ˫ ~P
V V V V F
V F F F F
F V F V V
F F F V V

5. Utilize a seguinte formalização (0,3 pontos):

i: Ilka é linguista.
c: Cristine é advogada.
p: Paulo é matemático.

Traduza as fórmulas de Lógica Proposicional para o português:


Exemplo: ¬ i
Ilka não é linguista.
a. ¬ i v p

ILKA NÃO É LINGUISTA OU PAULO É MATEMÁTICO.

b. ¬ i → c

SE ILKA NÃO É LINGUISTA, ENTÃO PAULO É MATEMÁTICO.

c. i →(c → p)

SE ILKA É LINGUISTA, ENTÃO CRISTINE É ADVOGADA, ENTÃO PAULO É


MATEMÁTICO.

6. Usando a mesma formalização, traduza as sentenças a seguir em


fórmulas da Lógica Proposicional (0,2 pontos).

Exemplo: Cristine não é advogada.


Resposta: ¬ c

a) Não é o caso que Paulo é matemático e Ilka é linguista.

¬p˄i

b) Ou Paulo é matemático ou Ilka não é linguista.

p˅¬i

7. Traduzir os seguintes enunciados para a linguagem do cálculo de


predicados.
Modelo (0,3 pontos):
Protágoras é infeliz.
Chave: Protágoras = p, ... é infeliz = I.
Tradução: Ip.
a. Todo sofista é infeliz.

CHAVE: É SOFISTA = S É INFELIZ = I


TRADUÇÃO: x (Sx → Ix)

b. Protágoras detesta Sócrates.

CHAVE: PROTAGORAS = p, DETESTA = D, SOCRATES = s


TRADUÇÃO: Dps

c. Todo sofista detesta a si mesmo.

CHAVE: É SOFISTA = S, DETESTA = D


TRADUÇÃO: x (Sx → Dxx)

8. Usando a interpretação abaixo das letras, traduza as seguintes frases


da LQ para o português (0,3 pontos).

Interpretações:
Aristóteles: a
Descartes: d
Francês: f
Grego: g
... é filósofo: F ...
... gosta de ... G ...
... sabe ... S ...

Modelo: Sag: Aristóteles sabe grego.

a. Sdf ∨ Sdg

OU DESCARTES SABE FRANCES, OU DESCARTES SABE GREGO.

b. Sag → ∃x(Fx ˄ Sxg)

SE ARISTOTELES SABE GREGO, ENTÃO EXISTE UM “x”, TAL QUE “x” É


FILOSOFO E “x” SABE GREGO.

c. ∀x(Fx → Sxg)

QUALQUER QUE SEJA X, SE “x” É FILOSOFO, ENTÃO “x” SABE GREGO.