Você está na página 1de 4

Papai Noel V.S.

Jesus Cristo

(Parte 1)
Hey, galera! Fim de ano chegando! Férias da facul e da escola, Natal, ano novo! Eita clima
bom! O natal sempre foi minha data comemorativa preferida! Embora Jesus não tenha nascido
mesmo no dia 25 de dezembro*, é a data que usamos para comemorar o seu nascimento. O natal
comemora o nascimento da pessoa mais importante que passou pela terra: O próprio Deus em forma
humana!
Porém, acho interessante o fato da a primeira coisa que se lembra quando se fala em Natal é
do papai Noel. Não é para menos, a mídia não fala em outra coisa. Andei pensando e notei uma
coisa: do mesmo jeito que papai Noel toma o lugar de Cristo no natal, ele tem tomado o lugar de
Cristo como a imagem de Deus. A Bíblia diz que “ninguém jamais viu a Deus, mas o Deus
Unigênito, que está junto do Pai, o tornou conhecido” (Jo 1:18). Jesus disse ainda que quem o vê, vê
aquele que o enviou(Jo 12:45). A partir de Jesus pode-se ver quem é Deus. Porém, a maioria das
pessoas adoram a um “deus” que parece mais com papai Noel do que com Jesus Cristo. Criaram um
“deus” a sua imagem e semelhança mais parecido com papai Noel do que com o Deus da Bíblia.
Vamos provar em 3 justificativas que vale mais servir ao Deus da Bíblia do que ao deus criado à
imagem de papai Noel.

Papai Noel só nos serve para dar presentes. Deus é muito mais que isso.

Essa é uma visão muito comum de Deus na atualidade. Achar que Deus só nos serve quando
precisamos dos seus “presentes”. Tem um trecho de um música de Fruto Sagrado que diz muito
sobre isso:

“A humanidade já faz tempo que perdeu a trilha


Sem enxergar mais nada, continua andando na pilha
Sem entender a batalha, sem entender a guerrilha
Pensando que está tudo bem, que está tudo em cima
E Deus é só um cara
Pra gente chegar e pedir, pedir, pedir:
Me dá, me dá, me dá!”

(Fruto Sagrado – A sanguessuga Heavymix)

O deus à imagem de papai Noel faz pensarmos que nossa esperança em Deus é apenas,
entenda bem, apenas para suprir nossas necessidades materiais. O apóstolo Paulo já dizia que se é
somente para esta vida que temos esperança em Cristo, dentre todos os homens somos os mais
dignos de compaixão (1 Co 15:19).

• Dezembro em Israel é inverno. No inverno os pastores não saem com as ovelhas, do modo
descrito na Bíblia. Mais informações acesse: http://tempora-
mores.blogspot.com/2006/12/no-sou-totalmente-contra-o-natal.html

(Parte 2)
Papai Noel nos dá o que queremos. Jesus nos dá o que precisamos.

Uma boa definição de amor é dar ás pessoas aquilo que elas precisam. Amor não significa
dar às pessoas o que elas querem. Um exemplo disso seria o de uma pessoa viciada em drogas.
Uma pessoa viciada em drogas deseja que você dê dinheiro a ela. Porém, se você a ama, você não
dará o dinheiro a ela, pois se você o fazer, estará arruinando a vida desta pessoa.
As pessoas têm uma ideia errada de que são amadas quando os outros fazem o que elas
desejam. E tendem a querer que com Deus seja a mesma coisa. Jesus agiu (e ainda age) de forma a
dar às pessoas o que elas precisam, e não o que elas querem. Como exemplo, podemos ver a
passagem do jovem rico:

Eis que alguém se aproximou de Jesus e lhe perguntou: "Mestre, que farei de bom para ter a vida
eterna? "
Respondeu-lhe Jesus: "Por que você me pergunta sobre o que é bom? Há somente um que é bom.
Se você quer entrar na vida, obedeça aos mandamentos".
"Quais? ", perguntou ele. Jesus respondeu: " ‘Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não darás
falso testemunho,
honra teu pai e tua mãe’ e ‘amarás o teu próximo como a ti mesmo’".
Disse-lhe o jovem: "A tudo isso tenho obedecido. O que me falta ainda? "
Jesus respondeu: "Se você quer ser perfeito, vá, venda os seus bens e dê o dinheiro aos pobres, e
você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me".
Ouvindo isso, o jovem afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas. (Mt 19:16-22)

Esse jovem certamente queria ouvir uma palavra boa de Jesus. Imagino que ele quisesse
ouvir um “Muito bom! Continue assim! Você vai pro céu!”. Porém, Jesus pensou que ele precisava.
O coração dele estava nas riquezas, e não em Deus. Jesus simplesmente disse o que ele necessitava
ouvir. E é assim que Deus trata conosco. O problema é que muitas vezes achamos que o melhor pra
mim é o que nos desejamos. Preferimos confiar em nosso conhecimento limitado do que no
conhecimento ilimitado de Deus.
Mas afinal, do que precisamos? O livro de Romanos nos diz que todos pecaram e carecem
da glória de Deus (Rm 3:23). Precisamos urgentemente da glória de Deus. De sentir Deus, aprender
dEle, relacionar-se com Ele e principalmente Alegrar-se nEle. O objetivo maior da vida humana é
isso: glorificar a Deus ao alegrar-se nEle. Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na sua
presença com cânticos alegres, já diz o Salmo 100.
A alegria em Deus é a única que pode durar para sempre. Você pode colocar sua alegria na
sua família, nos seus amigos, num relacionamento, no dinheiro, em bens materiais ou em qualquer
outra coisa. Mas, essas coisas são passageiras. Você pode ser muito feliz, mas e se você perder a
razão da sua alegria. Será que um dia você vai recupará-la? Não digo que uma pessoa que se alegra
em Deus nunca vá se entristecer. Ela se entristece, mas em todas as situações, ela terá paz.
Deus é a única pessoa que a melhor coisa que Ele pode nos dar é a Si mesmo. Se ele der
outra coisa, Ele não está nos dando o melhor dEle. Portanto, muitas vezes Deus vai nos dar um não,
vai nos disciplinar como pais disciplinam seus filhos (Hb 12:8-12) e até vai nos fazer passar por
sofrimentos, mas no fim, tudo isso vai nos conduzir à alegria eterna que só Ele pode nos
proporcionar, a alegria que é nesta vida, e também é na vida porvir.

(Parte 3)
Papai Noel dá presentes só a quem merece. Jesus dá presente a quem não merece.

O natal realmente é um período onde as pessoas ficam mais “boazinhas”. Dão presentes,
ficam mais simpáticas umas com as outras, perdoam. Depois que o natal passa tudo volta a ficar do
mesmo jeito.
Papai Noel é uma figura que faz a gente acreditar na bondade humana. Um velho bonzinho
que dá presentes desinteressadamente às crianças que são boazinhas. Nos filmes sobre papai Noel
eu nunca vi uma criança malvada que não ganha presente. Prova que a bondade humana está
mesmo em alta nessa época.
O grande erro é achar que Deus se comporta dessa forma. Salva quem é bonzinho. Mas, no
fundo, todo mundo tem um lado bom, então Deus vai ser bonzinho e salvar todo mundo. Menos os
ladrões, estupradores e políticos (:D).
Mas não é isso o que está escrito na Bíblia. Inclusive, só no livro de Romanos, os 3
primeiros capítulos dedicados a mostrar que todo homem é pecador.
Voltando a Romanos 3:23: Todos pecaram e carecem da glória de Deus. Não só pecaram, como
também já nasceram pecadores.
Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte,
assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram; Rm 5:12
E o salário do pecado é a morte (Rm 6:23). A consequência do pecado é que todos atraíram a ira de
Deus para si. É! Deus se ira! Isso é realmente inconcebível para o deus à imagem de papai Noel. Lá
em Rm 1:18 diz que a ira de Deus é revelada do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens.

Veja o que diz o texto à seguir:

É justo da parte de Deus retribuir com tribulação aos que lhes causam tribulação,
e dar alívio a vocês, que estão sendo atribulados, e a nós também. Isso acontecerá quando o Senhor
Jesus for revelado lá do céu, com os seus anjos poderosos, em meio a chamas flamejantes.
Ele punirá os que não conhecem a Deus e os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor
Jesus.
Eles sofrerão a pena de destruição eterna, a separação da presença do Senhor e da majestade do seu
poder. 2 Ts 1:6-9

É difícil encontrar alguém que pregue isso hoje, mas é a mais pura verdade. A separação de
Deus significa a separação de tudo o que é bom, pois tudo o que é bom, foi Deus que criou e vem
dele (Tg 1-13-15) . Magine qualquer coisa que seja pelo menos um pouquinho bom. Separar-se de
Deus também implica ficar sem essas coisas. E é o que todos nós merecemos.
Nesse momento, alguém poderia perguntar: como Deus pode fazer isso, se Ele é bom? Na
verdade a pergunta correta seria, como Deus pode ser justo e salvar pecadores como nós?
A Bíblia diz que quem justifica o impio e quem condena o perverso, são igualmente
abomináveis (Pv 17:15). Logo, Deus não pode chagar assim e simplesmente nos perdoar.
Mas, Deus também é amor! Por isso, Ele resolveu punir nossos pecados em Cristo. Cristo
nos redimiu da maldição da lei quando se tornou maldição em nosso lugar, pois está escrito:
"Maldito todo aquele que for pendurado num madeiro".(Gl 3:13). Ele nos oferece essa salvação
gratuitamente, pela sua graça. Graça é um favor que não merecemos. Pois vocês são salvos pela
graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se
glorie. (Ef 2:8,9). Deus salva pessoas por sua graça, por meio da fé. A fé nasce do arrependimento
dos pecados. Logo, ninguém tem mérito por sua própria salvação. Dependemos de Deus. Jesus nos
dá o presente da salvação, a pessoas que não merecem. Já pensou no que isso significa? Não há
restrição! Qualquer pessoa pode ser salva, não importando raça, cor, classe social ou o tipo de
pecado que tenha.
Ah! vale lembrar também de uma coisa: Assim como papai Noel, o deus à imagem de dele não
existe.