Você está na página 1de 29

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.

737-78
[2]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia

Por Vanessa Majczak

2018

[3]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


[4]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Índice

Introdução .................................................................................................................................... 8

Um pouco da história da Fitoterapia ...........................................................................................11

As plantas e os princípios energéticos ....................................................................................... 13

Princípios energéticos e classificação ........................................................................................ 15

Guia de ervas e suas indicações .................................................................................................. 17

Redes sociais .............................................................................................................................. 27

Bibliografia ................................................................................................................................. 29

[5]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Dedico o presente trabalho
à todos os que estão interessados em
utilizar as propriedades das ervas
e seu potencial terapêutico.

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[7]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Introdução

A Fitoterapia significa literalmente “Terapia das plantas” consiste na arte de


utilizar domínios da natureza como terra, rios, mar, estações do ano, clima,
minérios e animais com o intuito de reequilibrar o campo energético. O meio mais
conhecido de utilização com fins medicinais é através das plantas.

Neste pequeno ebook reunimos alguns grupos de ervas que podem ser utilizados
para tratar desequilíbrios físicos e emocionais.

Este trabalho é somente uma pequena amostra do alcance potencial das ervas
com finalidades terapêuticas. Caso o leitor goste do que encontrou aqui, fica o
incentivo para a realização de novas pesquisas com o intuito de conhecer mais a
fundo a tradição milenar do uso dos chás de acordo com suas propriedades e
características, bem como o modo de preparo apropriado para cada erva.

[8]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[9]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[ 10 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Um pouco da história da Fitoterapia

A Fitoterapia é utilizada na Medicina Tradicional Chinesa há mais de 5000 anos. Há


registros de que o uso das plantas começou na Índia, sendo o conhecimento
levado depois para a a China, porém este país por ter se apropriado da arte
utilizando-a longamente acabou levando a tradição.

Em 2698 a.C. o imperador ShenNong deixou em registro cerca de 252 plantas


catalogadas em sua obra “Cânone das Ervas”, difundindo o uso das ervas.

Já na dinastia Ming, 1578, completou o Compêndio de Matéria Médica,


relacionando cerca de 1800 substâncias medicionais e 11000 receitas de
compostos.

. Na Babilônia as ervas também eram muito utilizadas, e os registros passam por


egícios, gregos e tomanos. Os egípcios se destacaram nesta arte, assim como os
babilônios.

Já na Américas as referências de uso surgem no Manuscrito Badanius, herbário


asteca do século XVI. No Brasil a tradição indígena sempre fez uso das plantas com
finalidades medicinais, desde que se tem conhecimento deste povo.

[ 11 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[ 12 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
As plantas e os princípios energéticos

A Medicina Tradicional Chinesa nos conta que assim como o ser humano, a planta
é composta por duas vertentes: Jing, correspondente ao princípio ativo e o Chi,
correspondente ao princípio energético.

O princípio ativo da planta é o composto químico com sua estrutura molecular e


atividade farmacológica, que por sua vez é cientificamente definida e conhecida.
Através da fotossíntese as plantas conseguem transmutar energia luminosa em
química.

Há uma simbiose natural entre as plantas, os animais, os humanos. Os animais


comumente ingerem instintivamente algumas plantas quando precisam
reequilibrar seu sistema digestivo. Em muitas culturas os temperos são utilizados
também com finalidade terapêutica.

As próprias plantas buscam sempre o estado de equilíbrio, entram em


competição e tem seu próprio sistema de defesa, como as pessoas. As plantas
também desenvolvem substâncias para sobreviver às variações climáticas, uma
vez que não tem condições de caminhar para procurar abrigos como humanos e
animais.

[ 13 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
As substâncias antibióticas desenvolvidas por algumas plantas representam seu
meio de sobrevivência à fungos, bactérias, protozoários e vírus. Os princípios
ativos podem ser diferentes de acordo com a parte da planta: raiz, caule ou folhas.
Muitos medicamentos farmacêuticos são produzidos a partir de plantas, porém o
consumo ao natural – em forma de chás, por exemplo – reduz significativamente a
chance de efeitos colaterais.

Os fitocomplexos representam a reunião de todos os princípios ativos da planta.


Algumas podem reunir de 30 a 100 substâncias! Os fitocomplexos podem ser
também a reunião de alguns tipos de chás para ampliar o potencializar
terapêutico, embora nem sempre o sabor seja agradável!

[ 14 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Princípios energéticos e classificação

Para a Medicina Tradicional Chinesa, a planta tem o Qi, ou seja, sua energia. Essa
propriedade tem a capacidade de penetrar nos meridianos do corpo humano, os
canais de Qi, por onde circula nossa energia. Nos pontos onde há maior
concentração de energia estão os pontos de acupuntura.

Portanto, o consumo do chá ajuda a absorver não só as propriedades terapêuticas


das plantas, como também sua energia, propiciando o reeuilíbrio energético.

Há vários tipos de classificação e métodos de escolha de ervas e utilização


registrados na história da Fitoterapia, porém deixaremos aqui a classificação de
acordo com o Qi:

- Amornantes: utilizados para combater doenças oriundas de friagem ou de


quanto o Jing deixou uma deficiência de energia, no qual as extremidades tendem
a ficarem frias, como anemia, pressão baixa, tontura;

- Sudoríferas: situações em que o Qi está bloqueado, geralmente por exposição a


lugares úmidos, friagens, ingestão de alimentos crus e bebidas geladas, causando
bloqueios e doenças como resfriados, reumatismo, dor articular;

- Purgantes: tratam doenças de obstrução, como retenção de líquidos, intestino


preguiçoso;

- Refrescantes: atuam em doenças de calor preiférico como aftas, herpes,


dermatites, rinites;

- Esfriantes: para pessoas com deficiências de metabolismo, casos de colesteral e


triglicerídeos, glicemia alta, ácido úrico, doenças autoimunes.

Outra classificação muito considerada é de acordo com o sabor:

- Doce: relaxa a congestão dos meridianos e descongestiona a circulação de Qi no


baço e pâncreas, portanto indicados para casos de má digeestão e seus
desdobramentos (camomila, funcho, erva-doce, tanchagem).

- Amargo: facilita o fluxo de Qi nos meridianos do coração e intestino delgado.


Devem ser utilizados quando há a sensação de nó na garganta ou nó na boca do

[ 15 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
estômago, sinal de que a energia parou de circular no pescoço ou abdômen
(carqueja ou alcachofra).

- Picante: estimula a circulação de Qi nos meridianos do pulmão e do intestino


grosso (gengibra e pimenta-malagueta).

- Salgado: remove o excesso de umidade nos meridianos das articulações, que são
doenças reumáticas (unha-de-gato,erva-baleeira).

- Azedo: controla o excesso de atividade nos meridianos do organismo (melissa,


manjericão, alecrim).

É muito importante, antes de optar por uma erva, investigar com calma a
patologia, pois uma mesma doença pode ter origens diferentes e tomar o chá
errado por causar efeitos desastrosos. Também vale ressalvar que uma mesma
erva pode aparecer em mais de uma indicação de patologia, uma vez que várias
plantas tem mais de uma propriedade terapêutica.

[ 16 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Guia de ervas e suas indicações

SISTEMA URINÁRIO

Ervas com ação diurética, combatem cistite, cálculo no rim, uretra ou bexiga.

Abacateiro – diurética, cálculos renais, afecções hepáticas, ácido úrico.

Abutua – inflamação do útero, mioma, rins e bexiga, cólicas renais e uterinas.

Alcachofra – diurética, hepática, icterícia, colesterol, digestivo, auxilia na secreção


de bilis.

Algodoeiro – infecção nos rins e aumenta a lactação.

Amoreira – diurética, reposição hormonal, problemas com a menopausa,


reumatismo, tosse, bronquite.

Aperta-ruão – mau hálito, infecções urinárias, banho para proplapso do útero,


hipermetrogia.

Aroeira – antidiarreia, limpa as vias urinárias, boa para vias respiratórias,


furúnculos, eczemas.

Assa-peixe – Bronquites catarrais e asmáticas, tosses, pedra nos rins, ácido úrico.

[ 17 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Bétula – infecções reumáticas e urinárias, artrites, psoríase.

Cana-do-brejo – Diurético, depurativo, anti-inflamatório, cistite, uretrite.

Cassaú – diurético e estimulante.

Cavalinha – Revitalizante, diurético, ácido úrico, inchaço, pressão alta.

Centella asiática – celulite, gordura localizada, sistema circulatório, varizes e


teleangioectasias.

Chapéu-de-couro – diurético, erupções cutâneas, gota, ácido úrico.

Cipó-cabeludo – cistite, uretrite, diminui a eliminação de albumina e colesterol


alto.

Cipó-prata – diurético, ácido úrico, cálculos renais.

Damiana – expectorante, incontinência urinária.

Douradinha – diurética, depurativa, infecções cutâneas, ácido úrico, cardiotônico.

Estigma-de-milho – diurética, ácido úrico, cólica renal, nefrite, cistite, pressão alta,
diabetes.

Jatobá – diarreia, cólica intestinal, infecção urinária, prostatite, bronquite.

Quebra-pedra – infecção nas vias urinárias, cálculos renais, hepatite B.

Uva-ursira – inflamação renal crônica, hipertrofia da próstata, incontinência


urinária, pressão alta.

Verbena – debilidade orgânica e infecções renais.

Zimbro – Diurético, balsâmico, estomático.

[ 18 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
SISTEMA RESPIRATÓRIO

Combatem a tosse e possuem ação expectorante. Ervas indicadas para faringite,


laringites, bronquites, infecções nas vias aéreas superiores.

Alcaçuz – bronquite, laringite, tosse, inflamação no ventre e vias urinárias, gastrite,


úlceras.

Alecrim – tônico, infecção das vias respiratórias, relaxante.

Alfavaca – digestiva, gastralgia, gases, estafa, afta, bronquite, gripes fortes.

Alfazema – calmante, para tontura, asma, rinite, enxaqueca, gases intestinais,


analgésica.

Aroeira – antidiarreia, balsâmica, vias urinárias e respiratórias, furúnculos.

Assa-peixe – bronquites catarrais e asmáticas, tosses, pedra nos rins.

Carobinha – depurativa, cicatrizante de feridas, inflamações na garganta.

Damiana – expectorante, incontinência urinária.

Efhedra – asma, rinite, urticária.

Embaúba – diabete, bronquite, tosse, é antiespasmódico e vermífugo.

Emburana – vias respiratórias, cólicas intestinais e uterinas.

Equinácea – infecções virais e bacterianas, gripes, resfriados, artrite reumatoide.

Eucalipto – expectorante, sedativo da tosse e desinfetante das vias respiratórias.

Guaco – expectorante, para tosse, bronquite, resfriado, inflamação da garganta.

Jaborandi – bronquite aguda, cólicas intestinais e hepáticas, ação expectorante,


artrite reumatoide.

Jatobá – diarreia, cólicas intestinais, vias urinárias, prostatite, bronquite, tosse


com catarro.

Lírio – expetorante, para bronquite, asma, dores abdominais e diarreia.

[ 19 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Lobélia – expectorante, para asma, tosse, bronquite, coqueluche.

Malva – inflamações da pele, boca e problemas respiratórios.

Mastruço – fortalecedor pulmonar, gastrite, com ação cicatrizante.

Mil-folhas – expectorante, adstringente, tônico amargo.

Poejo – expectorante, trata gripes, resfriados, tosse crônica, asma.

Sabugueiro – infecções catarrais, febres, resfriados, catapora, sarampo.

Tanchagem – bronquite, gengivite, úlceras varicosas, inflamações no útero.

Tomilho – antisséptico para vias respiratórias e intestinais, antiespasmódico,


vermífugo.

Thuia – expetorante, para verrugas e reumatismo, estimulante.

[ 20 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
SISTEMA GINECOLÓGICO

Abutua – inflamação no útero, rins, bexiga, cólica renal e uterina.

Agoniada – inflamação no útero, ovários e menstruações difíceis.

Algodoeiro – infecção no rim, aumenta a lactação.

Amoreira – diurética, reposição hormonal, problemas com a menopausa,


reumatismo, tosse, bronquite.

Aperta-ruão – mau hálito, infecções urinárias, banho para proplapso do útero,


hipermetrogia.

Arruda – menstruação escasssa, vermífuga e calmante.

Artemísia – nevralgia, cólica menstrual, vermífugo, auxilia o sistema circulatório.

Calêndula – cicatrizante, regula a menstruação e alivia dores.

Emburana – fortalecedora das vias respiratórias, trata cólicas intestinais e uterinas.

Louro – nevralgia, cólicas estomacais e menstruais.

Nogueira – problemas na bexiga, inflamações de útero e ovário.

Peônia – analgésico, antiinflamatório, antiespasmódico.

Rosa-branca – inflamações uterinas, problemas nos rins, laxante suave.

Tanchagem – infecções das vias respiratórias, bronquite, gengivite, inflamação


uterina.

[ 21 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
SISTEMA PSÍQUICO

Alecrim – tônico, infecção das vias respiratórias, relaxante.

Alfazema – calmante, para tontura, asma, rinite, enxaqueca, gases intestinais,


analgésica.

Anis-estrelado – relaxante, para insônia, gases, ação digestiva.

Alfafa – raquitismo, relaxante muscular.

Artemísia – nevralgia, cólica menstrual, vermífugo, sistema circulatório.

Barbatimão – fraqueza, diarreia, anti-hemorrágico.

Carqueja – tônico, diurético, depurativo, para anemia, colesterol alto e diabete.

Caçaú – diurético, estimulante.

Catuaba – energético, falta de memória, tônico em geral.

Cavalinha – revitalizante, diurético, ácido úrico, inchaço.

Erva-cidreira – insônia, palpitações, gases, dor de cabeça.

Jasmin – digestivo, relaxante, trata falta de ar, cólica, insônia.

Louro – nevralgia, cólicas estomacais e menstruais.

Lúpulo – para úlcera, insônia, ansiedade, taquicardia, com função calmante.

Maracujá – calmante, sedativo suave, para insônia, dor de cabeça, reumatismo.

Marapuama – esgotamento físico e mental.

Melissa – sedativa, diurética, dor de cabeça.

Mulungu – sedativa, insônia, asma, hepatite.

Noz-de-cola – tônica, adstringente, depurativa.

Pfaffia – energética físico e mental, icterícia.

[ 22 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Rauwolfia – sedativa, tranquilizante, regula a pressão arterial.

Sálvia – tônica, digestiva, trata debilidade nervosa.

Sucupira – tônica, úlceras, dermatoses, reumatismo agudo, diabetes.

Tília – antidepressivo, calmante, contra histeria, dores gástricas.

Valeriana – sedativa, histeria, insônia crônica, estresse.

[ 23 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
SISTEMA ORTOPÉDICO E REUMATOLÓGICO

Arnica – traumatismos, reumatismos, artrite, artrose, dores.

Bétula – infecção reumática, artrite, infecção do trato urinário, psoríase.

Cipó-cruz – reumatismo, diabete, ácido úrico, inchaço.

Cordão-de-frade – antiespasmódico estomacal, para cólicas, fraqueza, reumatismo

Equinácea – infecção viral e bacteriana, gripe, resfriado, artrite reumatoide.

Erva-baleeira – antiinflamatória, antirreumática.

Garra-do-diabo – reumatismo sanguíneo, esporão, gota, com ação desintoxicante.

Jaborandi – bronquite aguda, com ação expectorante, para cólicas intestinais e


hepáticas, infecções reumáticas.

Peônia – analgésico, com ação antiinflamatória e antiespasmódica.

Piti/guiné – imunoestimulante.

Sucupira – tônico, para úlceras, dermatoses, reumatismo agudo, diabetes.

Thuia – expectorante, para verrugas e reumatismo, estimulante.

Velame-do-campo – depurativo, para reumatismo e eczema.

[ 24 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
SISTEMA DERMATOLÓGICO:

Aroeira, barbatimão, bétula, cajueiro, calêndula, carobinha, centella-asiática, cipó-


suma, douradinha, equinácea, erva-baleeira, espinheira santa, guaçatonga, lúpulo,
malva, mastruço, salsaparrilha, sucupira, taiuiá, tanchagem, thuia, urtiga, velame-
do-campo.

SISTEMA METABÓLICO:

Alcachofra, bardana, boldo-do-chile, carqueja, cavalinha, chapéu-de-couro, cipó-


cruz, cipó-prata, douradinha, estigma-de-milho, garra-do-diabo, jambolão, noz-de-
cola, salsaparrilha, zedoária.

SISTEMA CARDIOVASCULAR:

Angélica, cactus, castanha-da-índia, centella-asiática, douradinha, ginkgo-biloba,


hamamélis, lúpulo, pau-d’arco, rauwolfia, sete-sangrias.

COMBATEM O DIABETE:

Cajueiro, carqueja, embaúba, jambolão, losna, pata-de-vaca,pedra-ume-caá,


sucupira.

COMBATE HEPATITE E TEM FUNÇÃO HEPATOPROTETORA:

Abacateiro, alcachofra, boldo-do-chile, dente-de-leão, jurubeba, losna, macela,


mulungu, pariparoba, pfaffia, picão-preto, quebra-pedra, verbena.

[ 25 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[ 26 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Redes sociais

Estamos nas redes sociais:

Blog: www.despertaluz.com.br

Portal de cursos: www.portaldespertaluz.com.br

Instagram: https://www.instagram.com/despertaluz/

Facebook: https://www.facebook.com/portaldespertaluz/

Pinterest: https://br.pinterest.com/despertaluz/

Email: portaldespertaluz@gmail.com

[ 27 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz

[ 28 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78


Fitoterapia – Portal Desperta Luz
Bibliografia

Franceschini, Sérgio Filho. Plantas terapêuticas.

Garner, Joy . Cura vibracional através dos chakras. Editora Pensamento, São Paulo,
2006.

Jin, Jou Eel. Coaching Holístico Shiou Hsing. Ícone Editora, São Paulo, 2013.

Morgan, René – Enciclopédia das ervas e plantas medicinais.

Quer, Pío Fonte. Plantas Medicinales.

Créditos de imagem:

Freepik. Disponível em br.freepik.com.

Pixabay. Disponível em pixabay.com/pt/

[ 29 ]

Licensed to Aline de Souza Leone - Email: alineleone.adv@hotmail.com - Document: 104.837.737-78

Você também pode gostar