Você está na página 1de 4

1 – O Mago

(O Arcano da Mística, da Concentração, do Impulso Criador)


Arcano da relação entre o esforço pessoal e a realidade espiritual. Domínio, poder,
autor realização, capacidade, impulso criador, atenção, concentração sem esforço,
espontaneidade.
O ser, o espírito, o homem ou Deus; o espírito que se pode compreender; a unidade
geradora dos números, a substância primordial. Ponto de partida. Causa primeira.
Influência mercuriana.

2 - A Papisa 
(O Arcano da Sabedoria, da Gnose, do Princípio Receptivo)
A Sabedoria, a Gnose, a Casa de Deus e do homem, o santuário, a lei, a Cabala, a
igreja oculta, a reflexão.
Fala também do binário, do princípio feminino, receptivo, materno.
Mistério. Intuição. Piedade. Paciência, influência saturnina passiva.

3 - A Imperatriz
(O Arcano da Magia Sagrada, da Força Mediadora, da Mãe)

O verbo, o ternário, a plenitude, a natureza, a fecundidade, a geração nos


três mundos.
Sabedoria. Discernimento. Idealismo. Influência solar intelectual. É o arcano
da Magia Sagrada, instrumento do poder divino.

4 – O Imperador
(O Arcano da Autoridade, da Paternidade e da Obediência)

O poder, o portal, o governo, a iniciação, o tetragrama, o quaternário, a pedra


cúbica ou sua base. Proteção paternal.
Firmeza. Afirmação. Consistência. Autoridade. Poder executivo. Influência
saturnina-marciana. Concretização, habilidades práticas, ordem, estabilidade,
prestígio.

5 - O Papa
(O Arcano da Transcendência, da Iluminação, da Pobreza)

É o arcano da bênção, da iniciação, da demonstração, do ensino. 


Dever. Moral. Consciência. Santidade.
Lei, simbolismo, filosofia, religião. Evoca os níveis mais altos de consciência.

6 - Os Enamorados
(O Arcano da Iniciação, da Castidade e do Livre arbítrio)

Envolvimento afetivo, disposição amorosa, sentimentos.


Matrimônio, ligação, união. Integração de ambos os sexos ao poder gerador do
universo.
Livre arbítrio, escolha. Maioridade. Prova.
Encadeamento, combinação, equilíbrio, enredo, abraço, luta, antagonismo.

7 - O Carro
(O Arcano do Domínio, do Repouso)
Contemplação ativa, repouso. Vitória, triunfo. 
O setenário sagrado, a realeza, o sacerdócio.
Magistério. Superioridade. Realização.

8 - A Justiça
(O arcano do Equilíbrio, da Imparcialidade)

Justiça, equilíbrio, ordem.


Capacidade de julgamento.
Conciliação entre o ideal e o possível. Harmonia. Objetividade, regularidade,
método.
Balança, avaliação, atração e repulsão, vida e temor, promessa e ameaça.

9 - O Eremita
(O Arcano da Busca do Conhecimento e do Iniciado)

O Iniciado, o buscador incansável. Sabedoria, iluminação, estudo,


autoconhecimento.
Meditação, recolhimento, saber desligar-se. Reavaliação da vida e dos
objetivos.
Concentração, silêncio. Profundidade.
Prudência. Reserva. Limites. Influência saturnina.

10 - A Roda da Fortuna
(O Arcano dos Ciclos de Ascensão e Queda)

Os ciclos sucessivos na natureza e na vida humana. As fases da manifestação, o


movimento de ascensão e de declínio.
A mobilidade das coisas, as Influências lunares e mercurianas.

11 - A Força
(O Arcano da Virtude e do predomínio da Qualidade)

Virtude. Coragem. Potência anímica. Integração harmoniosa das forças vitais.


Força moral, autodisciplina, controle.

12 - O Enforcado
(O Arcano da Fé, da aspiração Espiritual)

Abnegação. Aceitação do destino ou do sacrifício. 


Provas iniciáticas. Retificação do conhecimento. Gestação. Exemplo, ensino, lição
pública.

13 - A Morte 
(O Arcano das Transmutações e da Vida Eterna)

Grandes transmutações e novos espaços de realização.


Dominação e força. Renascimento, criação e destruição.
Fatalidade irredutível. Fim necessário
14 - A Temperança
(O Arcano da Inspiração e da Alquimia)

A elaboração cuidadosa das polaridades. A transmutação dos elementos e a


alquimia.
Renovação da vida, abertura às influências celestes, circulação, adaptação,
flexibilidade.
Serenidade. Harmonia. Equilíbrio.

15 - O Diabo
(O Arcano da Contra inspiração e da Sedução)

As provas e provações. As tentações e seduções.


    Magias. Desordem. Paixão. Luxúria. Dependência.
    Intercâmbio, eloquência, mistério, força emocional.

16 - A Torre
(O Arcano da Libertação e da Construção)

Rompimento das formas aprisionadoras, liberação para um novo início. Desafios


dos momentos de transição.
Destruição da rigidez e das cristalizações desnecessárias. Abertura. Conhecimento.
Desmoronamento e queda. Quebra dos limites de segurança.

17 – A Estrela
(O Arcano da Esperança, do Crescimento e da Geradora do
futuro)

Esperança, confiança. Idealismo. Imortalidade. Plenitude. Beleza. Natureza.


O céu da alma. Influência moral da ideia sobre as formas.

18 – A Lua
(O Arcano da inteligência instintiva, dos ciclos vitais)

A inteligência instintiva, os ciclos vitais e emocionais.


Os elementos da natureza, o mundo em sua aparência, a luz refletida, as imagens,
as formas materiais, as expressões simbólicas e as analogias.
Imaginação. Reflexão, reflexos e relances. Aparências. Ilusões. 
O momento de reavaliar a direção, de buscar inspiração no retorno à fonte.

19 – O Sol
(O Arcano da consciência, clareza e intuição)

Vitalidade, alegria. Ressurreição diária ao final da noite.


Intuição, clareza. O princípio celeste. Luz. Razão.

20 - O Julgamento
(O Arcano da Ressurreição)
Os julgamentos essenciais, a avaliação dos rumos da existência.
O despertar. Exame de consciência. Sopro redentor. 
Renovação. A promessa da vida eterna.

21 - O Mundo
(O Arcano da Alegria e da Celebração da Vida)

Finalização, realização. Recompensa. Apoteose. 


Encontrar o próprio lugar no mundo. Centralizar-se.
Alegria de viver. O sensível, a carne, a vida transitória. O equilíbrio
inspirado.

0 e 22 – O Louco
(O Arcano da Busca e da Peregrinação)

A busca e o Filho Pródigo. A experiência de ultrapassar os limites. 


Espontaneidade, despreocupação, admiração, saudade. Impulsividade.
Inconsciência. Alienação.

SIGNIFICADOS

SIMBOLICOS