Você está na página 1de 3

O CARTEL DE MÍDIA E OS BONS seis meses e convocará novas eleições.

CORAÇÕES E que viu isso na TV. Peço a ela para


lembrar de Itamar Franco. E mostro que
Não falo dos que ontem publicavam na não é bem assim. Ela silencia. Depois
internet mensagens desejando "que os retoma, como quem admite: "Se
vermelhos morram de fome!". Eu falo acontecer isso, o povo tem que ir pra
dos que vou chamar, de forma simplista rua..."
mas ilustrativa, de "bons corações".
Aquelas pessoas que acreditaram na Já foi. Mas só os "vermelhos".
campanha goebbeliana do cartel de
mídia. Não sustentam ódio, não querem Fico pensando no grau de perversidade
a morte de ninguém, só mesmo viver de um cartel de bilionários empresários
suas vidas, de forma digna e honesta. de mídia que maquinam ludibriar tantas
Dois exemplos hoje numa simples ida pessoas, pobres, remediadas, que andam
ao mercado. na corda bamba da vida, mas não cedem
ao ódio. Tantas pessoas inocentes, um
Primeiro uma jovem da caixa e um pouco ingênuas, que querem o melhor
colega de trabalho. Ela afirma que para o país.
soube que Dilma iria "cortar até o
décimo-terceiro" (não é a primeira vez Com certeza uma página triste vai sendo
que ouço essa versão por aí). Eu digo escrita na história da mídia. Mas não na
apenas que o projeto de "tercerização" história de cada uma delas. Com relação
foi tocado por Cunha, e pode sim, sem a elas sempre hei de ter compreensão.
Dilma, ser aprovado por Temer, com a São apenas e tão somente bons
perda de direitos. Eles demonstram corações.
surpresa. Ele tenta reagir dizendo que
"Cunha também será cassado". Não
digo nada. Silencio. Eles ocupam a
pausa, entreolhando-se com surpresa. E Bem vindos à República das Bananas.
se calam, um pouco constrangidos.
O que aprendemos nesse processo? Que
Na volta, no elevador, uma senhora não se deve levar em conta eleições. Se
reclama do custo de vida. Comento que você perdeu a batalha eleitoral na sua
pode ser pior a partir de agora, se cidade, no seu estado ou no seu país, e
realmente houver perda dos direitos do tem maioria parlamentar, nada de
trabalhador. Ela diz que "isso não pode lamber as feridas e se preparar para a
acontecer" e que "Cunha vai ser próxima, conforme o calendário da
afastado". Desconfio que o cartel os democracia. Basta dedicar-se
convenceu de que Cunha é mais diariamente a impedir seu adversário de
próximo de Dilma que de Temer. E governar e depois dê um golpe. Se a
silenciou de forma esperta sobre o imprensa local estiver a seu lado melhor
modelo econômico que move o ainda.
golpismo.
Nesse meio tempo, os eleitores que
Digo que já há movimentações para esperem. E que paguem o pato.
livrar Cunha na comissão de ética. Ela
lamenta: "Ah, não pode meu filho, ele O que aconteceu no Brasil? Desde o
roubou!" Também não acredita no primeiro dia que os setores
projeto da terceirização. Acrescenta conservadores perderam as eleições,
que, se Dilma for cassada, Temer ficará dedicaram-se a sabotar e a derrubar a
presidente vitoriosa nas urnas. Os Criaram as cobras que lhe morderiam e
"analistas" da Veja falaram em ajudariam a solapar a democracia
impeachment assim que seu candidato brasileira. A verdade é que o petê
Aécio Neves reconheceu a derrota. demorou a entender a dimensão da
batalha.
Nesse processo, vamos reconhecer,
foram também ajudados pela presidenta O que acontece agora? Obviamente a
Dilma Roussef e por seu partido, o petê. lutra continua, nos patamares em que as
Dilma logo após eleita sinalizou para a coisas foram colocadas. O impeachment
turma que não votou nela. Adotou um precisará passar no Senado e esta é
ajuste nos meios termos do capital outra batalha. As ruas foram retomadas
financeiro, a receita defendida pela pelo movimento popular e a dita
direita brasileira. Talvez o tenha feito esquerda conseguiu se rearticular nesse
em menor intensidade que faria um processo. Será suficiente para salvar a
Aécio, que poria o país totalmente de democracia? Difícil dizer. Mas
quatro, mas a lógica econômica certamente é um player importante da
implementada por Levy nem de perto é política brasileira e um polo de poder.
o caminho do desenvolvimento que
marcou as gestões trabalhistas. A esquerda terá ainda o petê como seu
principal protagonista? Difícil de dizer
Ainda teve o falso republicanismo também, apesar de que a liderança de
petista, que no afã de serem aceitos, Lula continua sendo um imenso
nunca entenderam a luta que estava patrimônio. Mas outros grupos e
sendo travada. Durante 13 anos organizações estão tendo papel
injetaram recursos nas declinantes destacado e visão mais aguçada. É
emissoras de TV, principalmente a inegável o papel do PCdoB, que com
Globo, como se esta fosse um agente sua visão e sua dezena de deputados
imparcial da luta política e ideológica. aparenta ter mais que o dobro dos
Durante cinco anos não tivemos petistas. Jandira Feghali, Orlando Silva,
Ministro da Justiça e a Polícia Federal Luciana Santos, entre outros,
ficou sem comando, entregue ao mostraram-se gigantes. Ou o PSOL, que
seletivismo de quem só investiga um mesmo sendo oposição à Dilma, não
lado da moeda. As nomeações petistas vacilou em erguer os punhos em defesa
ao Supremo Tribunal Federal nunca da democracia (exceção feita à mimada
observaram critério político, o que é e rancorosa Luciana Genro). Mesmo
impensável em qualquer país do mundo. parlamentares abrigados na Rede, como
Alessandro Molon, ou Sílvio Costa
Uma situação que levou um juiz de (curiosamente no PTdoB), tem sido
primeira instância ser determinante na vozes de destaque.
instabilização da sociedade, sem que
nenhuma voz fizesse o contraditório, Entregou-se o país às bananeiras. Um
mesmo com as aberrações jurídicas golpe foi dado, conduzido pelos
cometidas. Até que se atingiu Lula, corruptos, pelos acusados, pelos
numa piada do absurdo, onde um ex- bandidos provados, que estão a um
presidente é acusado de ter um passo de assumirem a República. Mas
apartamento e um sítio que ele poderia ainda há espaço para os que lutam. E
comprar com apenas uma das dezenas que entendem que o Brasil só será mais
de palestras que fez. Notou-se assim justo e menos corrupto quando for
que o republicanismo petista era uma demolida a maior de todas as
espécie de arapuca para si mesmo.
corrupções, que é a injustiça e a progressistas tanto falavam. Bem-
desigualdade social. vindos à horripilante direita brasileira,
capaz de causar repulsa até nos
Sigamos em frente, fazendo a história. conservadores ingleses, franceses,
alemães, suíços, etc, etc, etc, estes
mesmos que por vezes vocês admiram.

AS NOVAS GERAÇÕES ESTÃO LEIA A MATÉRIA:


PRESTES A CONHECER UM
http://www.brasilpost.com.br/2016/04/17
GOVERNO VERDADEIRAMENTE
DE DIREITA. MAS AO ESTILO /bancada-evangelica-
BRASILEIRO temer_n_9712304.html

Para aqueles que nasceram nos anos 90,


não é tão fácil explicar o que é um
governo de direita - a direita do Brasil,
feudal, medieval, grosseira, repressora -
em nível federal. Até achavam que era
exagero, quando falávamos dela,
contávamos casos, e mostrávamos os
riscos. Acreditavam que por aqui
poderia haver algo suave, chique,
elegante, como uma direita alemã,
suíça, francesa, inglesa. Diziam que
talvez víamos bichos-papões demais. As
novas gerações progressistas até
levaram porrada de Cabral, de Richa e
de Alckimin; mas logo logo vão
perceber que é no comando do
Executivo Federal que o bicho pega.

A bem da verdade, o PT não foi


verdadeiramente um governo de
"esquerda", tendo transitado entre uma
centro-esquerda e uma centro-direita.
Mas aquela legítima, típica, arrepiante
direita, esta garotada nunca viu.

Pois é. Dando como certa a derrubada


de Dilma, empresários já pedem
"medidas antipopulares" (leia-se: fim
dos direitos trabalhistas). Da mesma
forma, a bancada evangélica quer o
direito até de fiscalizar o Supremo
Tribunal Federal. Adeus pautas cidadãs,
adeus pautas progressistas.

Bem-vindos àquilo de que seus chatos


tios esquerdistas, teimosos pais liberais
e insistentes amigos mais velhos e