Você está na página 1de 29

Pontes

Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017


Breves considerações e historia das Pontes, 0

Luanda, Angola
14, Agosto de 2017

Pontes
Prof. Herman Mendes Dumby
ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências
Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 1

NATUREZA
• PONTES RODOVIÁRIAS;
• PONTES FERROVIÁRIAS;
• PASSARELAS / PASSAGENS PEDONAIS;
• PONTES AEROVIÁRIAS;
• PONTES MISTAS.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 2

NATUREZA RODOVIÁRIA

COM OS SEUS 12,3 KM DE COMPRIMENTO, A PONTE VASCO DA GAMA É A MAIS


LONGA DA EUROPA E UMA DAS MAIS EXTENSAS DO MUNDO. LISBOA - PORTUGAL

TEM UM PERFIL TRANSVERSAL DE 3+3 VIAS QUE PODE SER ALARGADO PARA OITO,
QUANDO O TRÁFEGO CHEGAR A UMA MÉDIA DIÁRIA DE 52 000 VEÍCULOS.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 3

NATUREZA FERROVÍARIA

A PONTE DE SÃO JOÃO É UMA INFRAESTRUTURA FERROVIÁRIA QUE LIGA VILA NOVA
DE GAIA AO PORTO, SOBRE O RIO DOURO - PORTUGAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 4

NATUREZA PEDONAIS

PASSAGEM PEDONAL SOBRE A AVENIDA PEDRO DE CASTRO VAN-DÚNEM - LUANDA

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 5

NATUREZA AEROVIÁRIAS

UM EXEMPLO POPULAR DESTE TIPO DE PONTES É A PONTE ROLLBRÜCKE E1/OST


(TAXIWAY BRIDGE E1/EAST) SITUADA NO AEROPORTO DA CIDADE DE SCHKEUDITZ -
ALEMANHA

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 6

NATUREZA MISTA

A PONTE 25 DE ABRIL É UMA PONTE SUSPENSA RODO-FERROVIÁRIA QUE LIGA A


CIDADE DE LISBOA À CIDADE DE ALMADA - PORTUGAL.

POSSUI UM VÃO PRINCIPAL COM 1 012,80M E AS TORRES PRINCIPAIS POSSUEM UMA


ALTURA DE 190,47M – É UMA DAS PONTES MAIS ALTAS DA EUROPA.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 7

NATUREZA MISTA

Ponte D. Luís no Porto

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 8

DESEVOLVIMENTO

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 9

DESENVOVIMENTO PLANIMETRICO

O estudo do terreno e do traçado(greide) se faz necessário para obtenção de boa


solução viária e por conseqüência obras de arte mais econômicas.

Gabarito

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 10

DESENVOLVIMENTO PLANIMETRICO

Gabarito

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 11

DESENVOLVIMENTO PLANIMETRICO

Gabarito

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 12

DESENVOLVIMENTO PLANIMETRICO

Gabarito

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 13

DESENVOLVIMENTO PLANIMETRICO

• PONTES RECTAS

• PONTES CURVAS

A PONTE DO RIO KWANZA GARANTE A LIGAÇÃO RODOVIÁRIA ENTRE LUANDA E A


REGIÃO SUL DE ANGOLA. É UMA PONTE MISTA BETÃO COM 400 METROS DE
COMPRIMENTO, COM DOIS VÃOS EXTREMOS DE 70 METROS E UM VÃO CENTRAL DE
260 METROS.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 14

DESENVOLVIMENTO PLANIMETRICO

• PONTES CURVAS

A PONTE OCTÁVIO FRIAS DE OLIVEIRA É FORMADA POR DUAS PISTAS EM CURVAS


INDEPENDENTES DE 60º EM SÃO PAULO – BRASIL. É A ÚNICA PONTE ESTAIADA DO
MUNDO COM DUAS PISTAS EM CURVA CONECTADAS A UM MESMO MASTRO.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 15

DESENVOLVIMENTO ALTIMÉTRICO

• HORIZONTAIS

• RAMPAS

• TABULEIRO CONVEXO

• TABULEIRO CÔNCAVO

MALDONADO STRESS RIBBON BRIDGE - URUGUAI

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 16

DESENVOLVIMENTO ALTIMÉTRICO

• HORIZONTAIS

• RAMPAS

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 17

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 18

SECÇÃO TRANSVERSAL

EXISTEM CERCA DE DUAS DEZENAS DE TIPOLOGIAS DE SECÇÕES TRANSVERSAIS MAIS


COMUNS.

OS FACTORES FUNDAMENTAIS PARA A SUA ESCOLHA SÃO:

- SISTEMA ESTRUTURAL - MATERIAL - FUNÇÃO DA OBRA - PERFIL TRANSVERSAL - VÃO

NATURALMENTE O ENGENHO E A CRIATIVADE PODEM FAZER APARECER OUTRAS


TIPOLOGIAS, QUE NORMALMENTE RESULTAM DA COMBINAÇÃO DAS SOLUÇÕES MAIS
CLÁSSICAS.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 19

SECÇÃO TRANSVERSAL

• PONTE DE LAJE

• MACIÇA

• VAZADA

• PONTE DE VIGA

• SECÇÃO T

• SECÇÃO CELULAR OU EM CAIXÃO

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 20

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 21

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 22

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 23

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 24

SECÇÃO TRANSVERSAL

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 25

SECÇÃO TRANSVERSAL

EM OBRAS COM TABULEIROS DE GRANDE DIMENSÃO

TRANSVERSAL – SOLUÇÃO CADA VEZ MAIS ADOPTADA QUANDO

O CUSTO DE PILARES/FUNDAÇÕES É MUITO ELEVADO

– É FREQUENTE ADOPTAR SOLUÇÕES DE ESCORAMENTO LATERAL

– HAVENDO 3 TIPOLOGIAS MAIS CORRENTES.

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 26

SECÇÃO TRANSVERSAL

NO CASO DAS PONTES ATIRANTADAS A SECÇÃO TRANSVERSAL

REFLECTE O TIPO DE SUSPENSÃO ADOPTADO – SUSPENSÃO

CENTRAL (UMA LINHA) OU SUSPENSÃO LATERAL (2 LINHAS), OU

AINDA SUSPENSÃO EM 3 LINHAS (LATERAL E CENTRAL).

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 27

FASES E CONSTITUIÇÃO DO PROJECTO

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências


Pontes
Luanda, Angola – 14 Agosto de 2017
Breves considerações e historia das Pontes, 28

FASES E CONSTITUIÇÃO DO PROJECTO


• PROGRAMA PRELIMINAR

• PROGRAMA BASE

• ESTUDO PRÉVIO

• ANTEPROJECTO OU PROJECTO BASE

• PROJECTO DE EXECUÇÃO

ISPTEC - Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências